Anda di halaman 1dari 13

A ORAÇÃO SÁBIA - LIÇÃO 3 – 17 DE outubro de 2010

Objetivos:
Conhecer o contexto familiar de Salomão antes de ascender ao trono como rei de Israel.
Explicar as características do coração de Salomão.
Conscientizar-se de que precisamos de sabedoria para a eficácia de nossas orações.

INTRODUÇÃO
Os efeitos de uma oração sábia

Orador – caráter / sinceridade / intenções


Oração – o teor da oração (se tem adoração, egoísta, materialista, intercessória, se glorifica ou
não o nome do Senhor, se é alem do que necessitamos, se é segundo a vontade de Deus ou
não e etc..).
Seus objetivos (para satisfação pessoal, exaltação pessoal, fúteis e etc..)
Retorno de Deus – a resposta de Deus se será positiva ou negativa
A experiência – sempre somos marcados quando fazemos oração sincera e com coração
quebrantado.
“É através da oração que experimentamos e conhecemos o nosso Deus” – Os 6. 3.

I. VIVENDO A DIFERENÇA
1. O lar de Salomão.
Origem dos conflitos – 2 Sm 12.9,10. ver. Lc. 12.48.
Problemas:
Morais – 2 Sm 13. 1-17;
Assassinato – 2 Sm 13. 23-29;
Usurpação – 2 Sm 15. 1-8 e
Prostituição – 2 Sm 16. 20-23.
Rivalidade entre irmãos – 1 Rs

2. Salomão e o altar de Deus.


Filhos de Davi
(2 Sm 3.2-5); nascidos em Hebrom.
(1 Cr 3.5-8), nascidos em Jerusalém.
Salomão era pacifico calmo – 1 Cr 22.9.
A promessa de Deus se cumpre em Salomão – 2 Sm 7.12-13, 1 Rs 2.4.
Outros exemplos de homens que fizeram a diferença.
José – Gn 39.7-21;
Daniel – Dn 1.8-9;
Misael, Hananias e Azarias – Dn 1.7.
3. A oração de Salomão na inauguração do Templo.
Observações da oração
Oração pública – 6.12
Orador – sinceridade, bondade, boas intenções.
Oração – o teor da oração – santificação do templo, arrependimento, súplicas, intercessões,
adoração, e reconhecimento do poder de Deus.
Seus objetivos - Glorificação do nome do Senhor e o bem – estar espiritual e
social do povo, proteger a nação das calamidades causadas pelo pecado – 6.28.
Retorno de Deus – positivamente, aprova a oração e recebe como cheiro suave - 2 Cr 7.1
A experiência – Inédita e marcante – não dá pra esquecer.
Atributos que são frutos de uma verdadeira confiança em Deus.

II. AS CARACTERISTICAS DA ORAÇÃO DE SALOMÃO


1. Salomão confessou que Deus é único (2 Cr 6.14).
Reconhece o Senhorio de Deus – Adoração
Qual a importância de Salomão enfatizar esse reconhecimento? A oração era pública e os
israelitas deveriam ter isso em mente, em face da idolatria das nações vizinhas. 1 Rs 9.6.
Só Ele é Único, Principio e Fim. – Rm 16.27.

2. Salomão proclama a fidelidade de Deus (2 Cr 6.14,15).


Essência do caráter de Deus, ou seja, Deus É.
Fidelidade, Bondade, Amor, Justiça, Perfeição, Imutável.
Salomão exalta a Deus pela sua fidelidade em cumprir suas promessas – (1 Cr 22.9, 0)
Deus é sempre fiel – 2 Tm 2.13.
Confiança na fidelidade de Deus é necessária para recebermos a benção.
Essa confiança reflete em toda família

3. Salomão era sensível ao bem-estar de seu povo.


Salomão preocupa-se com o bem-estar social e espiritual do povo – os que estavam presentes
(v.21), ausentes (v.36)e os estrangeiros (v.32).
Diferente de muitos lideres religiosos hoje – preocupa-se com o social e esquecem do espiritual.
III. A ORAÇÃO INTERCESSÓRIA
Um intercessor, toma o lugar ou suplica pelo caso de outro.
Intercessão exercitando o amor ao próximo.
1. No Antigo Testamento.
Salomão demonstra sensibilidade espiritual vista em:
Abraão – Gn 18.22-33;
Moisés – Ex 6. 1-10; 14.15; Hb 11.24-26.

2. No período interbíblico.
Período entre os últimos acontecimentos do V.T e o inicio dos acontecimentos registrados no
N.T.
Período de 400 anos – sem registro de profecias.
Eventos históricos importantes.
Havia oração e intercessão

3. Em o Novo Testamento.
Ana – profetisa viúva de 84 anos, a oração central que ela fazia era a redenção em
Jerusalém. Lc 2.36-38.

A base bíblica para o ministério de oração de intercessão do crente do Novo


Testamento é nosso chamado como sacerdotes de Deus.
Somos reis e sacerdotes (1 Pedro 2:5), um sacerdócio real (1 Pedro 2:9), e um reino
de sacerdotes (Apocalipse 1:5).

Oração sacerdotal.
Sacerdotes do Antigo Testamento.
Ele estava de pé perante Deus para ministrar a Ele com sacrifícios e ofertas.
E estava de pé entre um Deus Justo e Santo e o homem pecador reunindo-os no
lugar do sacrifício de sangue.
Hoje somos sacerdotes espirituais, o véu do templo foi rasgado de alto a baixo –
temos acesso livre ao Santíssimo lugar.
Podemos interceder por varias pessoas, inclusive pelos inimigos.

CONCLUSÃO
Ler.
2Cr 7:1: “E, acabando Salomão de orar, desceu fogo do céu e consumiu o holocausto e os
sacrifícios; e a glória do Senhor encheu a casa”.
Leitura Bíblica em Classe:
2Cr 6:12,21,36,38,39
2Cr 6:12. E pôs-se em pé, perante o altar do Senhor, na presença de toda a congregação de
Israel, e estendeu as suas mãos.
21 Ouve, pois, as súplicas do teu servo, e do teu povo Israel, que fizerem neste lugar; e ouve tu
do lugar da tua habitação, desde os céus; ouve pois, e perdoa.
36 Quando pecarem contra ti (pois não há homem que não peque), e tu te indignares contra
eles, e os entregares diante do inimigo, para que os que os cativarem os levem em cativeiro
para alguma terra, remota ou vizinha,
38 E se converterem a ti com todo o seu coração e com toda a sua alma, na terra do seu
cativeiro, a que os levaram presos, e orarem para o lado da sua terra, que deste a seus pais, e
para esta cidade que escolheste, e para esta casa que edifiquei ao teu nome,
39 Ouve, então, desde os céus, do assento da tua habitação, a sua oração e as suas súplicas,
e executa o seu direito; e perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti.

Glossário.
Um “homem sábio” por exemplo: um rabbi ou outra pessoa extremamente versada na Torah e
no Talmud é chamada Talmid Chacham, denotando uma pessoa muito estudiosa no Torah -
literalmente, “um sábio estudante do conhecimento da Torah”.

?????, “sofía” - A ‘sophia‘ é o conhecimento verdadeiro.


“Sabedoria prática”, ou a habilidade para agir de maneira acertada”.
Para “sophia” há conceitos diferentes: muitos fazem distinção entre a “sabedoria humana” e a
“sabedoria divina” (teosofia - ???????? (Theosophia)). A palavra ????, em grego significa um
deus.

INTRODUÇÃO.
A-O Valor da Sabedoria.
Ec.7.11,12. Tão boa é a sabedoria como a herança, e dela tiram proveito os que vêem o
sol. Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a excelência
do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor.
A Bíblia tem vários relatos sobre a sabedoria.
Sabedoria na Bíblia é uma qualidade única, em ter conhecimento do como viver uma vida sob a
inteira dispensação divina.
Na Bíblia encontramos alguns importantes traços das personalidades bíblicas e do homem.

Tg. 1:5 - E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá
liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
A ‘sofia‘ ou sabedoria humana, pode ter várias origens, entre elas:
1-Sabedoria Natural
É o conhecimento geneticamente [não estou afirmando como transmissão, mas como formação,
segundo salmo 139] inato.
É diferenciado em áreas de uso do cérebro humano, uns são sábios em sabedoria espacial,
sabedoria social, sabedoria relacional, sabedoria numérica, etc.
2-Sabedoria mística ou sobrenatural.
Efésios 3.10. “Para que, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus se torne conhecida,
agora, dos principados e potestades nos lugares celestiais”.
A Sabedoria de Deus nos revela, em sua multiforme forma, de maneira que seja útil para todo o
bom propósito de Deus.

B-Salomão -
Sabedoria charismatica - concedida.
A sabedoria concedida por Deus a Salomão foi utilizada para:
-Justiça
-Governo
-Descobertas
Em toda a modalidade de ciência, provérbios e afins.
1-seu relacionamento com a Oração;
É necessário entendermos, que toda a sabedoria disponível a Salomão só pode ser usada por
ele na Oração, pelo reconhecimento da ‘charis‘ celeste em sua vida.
Desta forma o seu coração se amoldou a sabedoria divina, não só em benefício próprio, mas em
saber pedir, e transferir esta sabedoria na oração, para todo o benefício de toda a Nação de
Israel.
Esta é a sabedoria buscada na fonte divina, para nós a única e exclusiva fonte da veradeira
sabedoria, aquela que pode ser buscada em Deus triúno, Pai, filho, Espírito Santo, fonte de toda
a sabedoria, mesmo a natural, pois Ele é o doador da vida.
C-A Origem da Sabedoria Salomonica:
De quem Salomão adquiriu sabedoria?
Um segredo de alma.
A Bíblia narra, que no início do seu governo o rei Salomão recebeu uma visita de do Senhor
Deus, em Gibeon.
A visita da Santidade foi particularmente objetiva, no sentido de colocar-se à disposição do Rei
para qualquer coisa que ele pedisse ao Senhor.
De maneira correta Salomão não teve ousadia em pedir ao Senhor, nesta visita, nenhum bem
material, ou sequer a destruição de seus inimigos, ou poder extremo.
Tal ação, foi agradável ao Senhor, que lhe deu da sua sabedoria ou entendimento, da qual
nenhum homem jamais teve na face da Terra.
A inferencia é necessária, para podermos, entender porque Salomão orou com tal sabedoria.
C-1-O espírito de Salomão orou bem, pois ele naturalmente era sábio e era
espiritualmente dotado da Sabedoria divina.
E o seu coração não mudara, e estava tal qual, à época da visitação do Senhor em Gibeon.
C-2-Oração Sábia.
Eis a questão, como podemos orar de maneira sábia?
Orar é uma forma comum de comunicação com a divindade.
1-Por que a nossa oração é eficiente e como a de Salomão deve ser sábia?
O rei Salomão teve a oportunidade, na qual soube pedir a Deus entendimento, conforme trecho
acima.
Salomão recebeu o que pediu, de Deus - A Sabedoria -, por faze-lo de maneira sábia.
D-Linha Mestra do Subsídio.
Conforme a Lição, gostaria de conduzir o pensamento do leitor, através da inspiração do
Espírito Santo.
Há parametros bíblicos, que nos fazem andar dentro do objetivo em busca de falar com Deus.
Muitos vivem uma vida espiritual sem plenitude, por que desconhecem o verdadeiro caminho da
oração sábia.
Tg. 1:5 - E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá
liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
A ‘sofia‘ ou sabedoria humana, pode ter várias origens, entre elas:
“A inteligência e a capacidade humanas são de grande valor, mas quem não as sujeita ao
Senhor e não as coloca a Seu serviço, perde a bênção que poderia receber e não alcança o
alvo proposto“. Burkhard Vetsch
Comer da árvore do conhecimento do bem e do mal não trouxe a sabedoria divina.
Resultou, sim, em culpa, medo e na separação de Deus. Assim, quando Adão e Eva ouviram
que Deus se aproximava, esconderam-se entre as árvores. Mas Deus os viu e perguntou:
“Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses?”
(Gn 3.11).
O homem foi engodado e roubado, por Satanás no Éden e, além de perder o direito à Salvação,
não conquistou o que o enganador de nossos pais, e irmãos, insinuou, conquistar a sabedoria,
na colocação dos argumentos satânicos, a Sabedoria estaria disponível, a nossa mãe Eva e ao
nosso pai Adão.
Assim mesmo, Deus concedeu mandatos de conhecimento, que são hoje conhecidos como
sabedoria natural, mas impeditórios de alcançar o conhecimento inesgotável, chamado
Sabedoria, traço pessoal o qual só o Deus triúno possui.
Por isto, orar é fundamental, na relação homem-Deus.
Por isto, orar bem é um dos fundamentos da vida do crente.
Por isto, a Oração sábia de Salomão é um dos destaques bíblicos e nos ensina sobre nosso
relacionamento com Deus, como devemos orar, como devemos até mesmo proceder.
E-Oração Sábia.
1-Revendo posição em Orar.
1 Rs.8.54,55. Sucedeu, pois, que, acabando Salomão de fazer ao Senhor esta oração e esta
súplica, estando de joelhos e com as mãos estendidas para os céus, se levantou de diante
do altar do Senhor.E pôs-se em pé, e abençoou a toda a congregação de Israel em alta voz…
“Quem se humilha diante de Deus, pode estar de pé diante do povo”. Osvarela
Lendo o texto e o contexto próximo, ao texto principal da lição vamos encontrar no final da
Oração Salomão de joelhos e mãos elevadas aos céus em Adoração, por isto tudo a Oração
Sábia move os céus e o lugar físico, que não pode conter a Glória do séqüito de Deus, Ele
próprio está n Templo! Aleluia!
II- MODELOS DE SABEDORIA.
1-Sabedoria natural
É o conhecimento inato geneticamente.
É diferenciado em áreas do cérebro humano, uns são sábios em sabedoria espacial, sabedoria
social, sabedoria relacional, sabedoria numérica, etc.
2-Sabedoria mística ou sobrenatural.
1Rs 10:24 - E toda a terra buscava a face de Salomão, para ouvir a sabedoria que Deus tinha
posto no seu coração.
Esta é a sabedoria buscada na fonte divina, para nós a única e exclusiva fonte da veradeira
sabedoria, aquela que pode ser buscada em Deus triúno, Pai, filho, Espírito Santo, fonte de toda
a sabedoria [ A Palavra de Deus transcende a sabedoria humana], mesmo a natural, pois Ele é
o doador da vida.
Para conhecimento do uso desta arma única dos que servem a Deus devemos buscar conhecer,
formas, uso, e maneiras de utilizá-la.
A oração também tem e ou pode ter suas formas de uso ou forma de ser erigida pelo que ora.
Desta forma o que ora deve ter conhecimento do ato em si.
A- A Oração Sábia, deve se moldar a oração de Salomão.
Tem que ter no mínimo:
a-Oração com propósito
b-Oração objetiva
c-Oração impessoal
Quando Salomão terminou o templo, pediu as bênçãos de Deus com uma oração de dedicação
(8:22-53).
Em sua oração se encontram sete circunstâncias específicas, quando o povo de Deus havia
necessitado a ação misericordiosa, d’Ele.
Ao povo de Deus hoje, se necessita da ajuda do Eterno;
1-quando há pecado que resulta em injustiça (v. 31-32);
2-quando o povo se sente derrotado pelo inimigo (v. 33-34);
3-quando o céu está fechado e não recebemos as bênçãos de Deus (v. 35-36);
4-quando ocorre um desastre (v. 37-40);
5-quando alguém que não é do povo de Deus se chega a seu templo (v. 41-43);
6-quando o povo se prepara para a batalha (v. 44-45);
7-e quando a desobediência aliena o povo de Deus (v. 46-51).
B- Oração com Humilhação.
O grande rei Salomão se humilhou ao Eterno para pedir o perdão, o cuidado e as bênçãos.
Igualmente receberemos bênçãos se nos humilharmos e o reconhecermos como o Senhor.
2-Propósitos E Pontos Importantes da Oração Sábia.
21 Ouve, pois, as súplicas do teu servo, e do teu povo Israel, que fizerem neste lugar; e ouve tu
do lugar da tua habitação, desde os céus; ouve pois, e perdoa.
36 Quando pecarem contra ti (pois não há homem que não peque), e tu te indignares contra
eles, e os entregares diante do inimigo, para que os que os cativarem os levem em cativeiro
para alguma terra, remota ou vizinha,
38 E se converterem a ti com todo o seu coração e com toda a sua alma, na terra do seu
cativeiro, a que os levaram presos, e orarem para o lado da sua terra, que deste a seus pais, e
para esta cidade que escolheste, e para esta casa que edifiquei ao teu nome,
39 Ouve, então, desde os céus, do assento da tua habitação, a sua oração e as suas súplicas,
e executa o seu direito; e perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti.
III- Pontos Principais -
a-Reconhecimento do Poder de Deus.
Reconhecer o poder daquele a quem oramos, a Santidade, é o caminho inicial para obtermos os
resultados da Oração, para que a mesma alcance o nível da Oração salomonica.
Necessitamos saber, que Ele nos ouve.
Muitos oram em dúvida, se estão ou não sendo ouvidos, a minha experiencia pessoal me
ensinou a orar sem perguntar ou duvidar se estou ou não sendo ouvido.
Lógico, que se trata uma maneira geral de afirmar o nosso pensamento sobre o poder da
oração, não a minha expressão dela, mas a audição dela pelo Senhor.
“Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente,
e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; pois
o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. Não suponha esse
homem que alcançará do Senhor alguma cousa” (Tg. Cap. 1.5-7).
Improperar (lat improperare). vtd - 1 Dirigir impropérios a. -2 Censurar, vituperar.
Quando Salomão orou ele expressa muito a palavra - ouve - há dois sentidos nesta expressão
nesta oração.
IV- Etimologia de ouvir.
O verbo ouvir é citado vezes, na oração de Salomão, isto me chamou a atenção, pois a Bíblia
nos ensina e fala sobre ouvir, dar ouvidos, quando precisamos apreender, ou aprender algo de
Deus.
Procuro neste texto apresentar algo ao entendimento do aluno sobre: Ouve!

2-PERDÃO.
Isto torna esta oração diferente de todas, pois é messianica no sentido de obtenção de perdão,
em primeiro lugar.
V- Sabedoria Passada de Pai Para Filho.
Esta lição nos leva a entender, que como pais ou pastores, podemos transmitir este
ensinamento aos quais são objeto de nossa assistencia espiritual, como pais e como pastores.
V-1-O Exemplo do Pai.
Davi - Salomão.
Ex. A ajuda à Davi, nunca veio tarde demais, pois Davi testemunha: “No dia em que eu clamei,
tu me acudiste, e alentaste a força de minha alma” (Sl 138.3).
Davi ensina a termos uma dependência humilde, afim de que possamos viver felizes e
protegidos!
Salomão aprendeu com seu pai a fazer o mesmo, que sei pai Davi fez: “Davi se reanimou no
Senhor seu Deus” (1 Sm 30.6b).
Que nós também possamos aprender e ensinar, com nosso exemplo, a todos que nos cercam
como orar a Deus.
-Na oração quando o céu se fecha e não temos chuvas em nossa vida - Quando houver fome na
terra, quando houver peste, quando houver queima de seara, ou ferrugem, gafanhotos, ou
lagarta, cercando-a algum dos seus inimigos nas terras das suas portas, ou quando houver
qualquer praga, ou qualquer enfermidade,
-Nos desatres - oação de cunho nacional - Quando os céus se fecharem, e não houver chuva,
por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem teu nome, e se converterem
dos seus pecados, quando tu os afligires,
-Nas batalhas - oramos para não termos batalhas, mas salomão sabia que a vida do home é
uma batalha a cada dia.
-Nos desvios espirituais da Igreja - povo de Deus
-Quando a Igreja é assediada por gente sem conversão
2 Pe. 3.3. Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando
segundo as suas próprias concupiscências…
2Tm. 3.1-8. SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque
haverá homens amantes de si mesmos, […] profanos, Sem afeto natural, […] sem amor para
com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos
de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque
deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias
carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; […] sendo homens corruptos de
entendimento e réprobos quanto à fé.
Conclusão.
Esta lição nos traz conteúdo apropriado para reconhecer, que temos uma arma letal contra o
inimigo, as mazelas da vida, as perdas, os enfrentamentos diários, chamada Oração.
Devemos concluir neste aprendizado que a eficácia da oração, e sua sabedoria se estende de
geração a geração.
Uma oração sábia como a de Salomão toma o aspecto e posição distante das potestades
celestes, com valor pactual - Um Pacto para a vida de um povo.
Por isto, a Oração sábia é aferida no Novo Testamento com os mesmos valores, na oração
ensinada por Cristo.

Lc. 11.1. Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.
Mt. 6.8.ss Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário,
antes de vós lho pedirdes. Portanto, vós orareis assim:
Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal;
Porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre.
Amém.
Compare com a oração de Salomão e você irá encontrar os parâmetros de identificação entre a
Oração no Antigo Testamento, com a mesma Intensidade no Novo Testamento.
Deus é santo
Dono de toda vontade
Fornece nossa subsistência
Perdão
Livra
É Rei
Vive cercado de Glória e majestade
Reconheça a soberania e que Deus está com seus ouvidos atentos a tua Oração, você pode
orar que será ouvido.