Anda di halaman 1dari 640

BLACKBOOK PEDIATRIA

CIRCULATORIO TUMOR CR.o\NIANO 366 1


INSUFICitNCIA CARDIACA CONGESTIVA 179 MORTE ENCEFÁLICA 369
CHOQUE 187 ENDOCRINOLOGI.A, NUTRIÇÃO E EQUILÍBRIO H.E.
DOENÇA REUMÁTICA 196 DIABETES E CETOACIOOSE OIABETICA 375
REFERtNCIAS DE ELETROCAROIOGRAFIA 200 OISTURBIOS HIDROELETROLITICOS 383
ARRITMIA COMO EMERGtNCIA 201 NUTRIÇÃO DO PACIENTE GRAVE 398
TAQUICARDIA SUPRAVENTRICULAR PAROX 205 ALEITAMENTO MATERNO 404
HIPERTENSÃO ARTERIAL 208 ALIMENTAÇÃO DA CRIANÇA NO PRIMEIRO ANO 406
OISLIPIOEMIA E FAT DE RISCO DE O CV 217 NUTRIÇAO PARENTERAL ,t 409
PARADA CARIDORRESPIRATÓRIA 223 OBESIDADE 415
FOLHA DE PARADA 230 I HEMATOLOGIA
DOSES PRt·CALCULADAS POR PESO
ENOOCAROITE INFECCIOSA
232
235
ANEMIAS
TRANSFUSÃO DE SANGUE E HEMODERIVAD
4231
428
A CRIANÇA COM SOPRO CAROiACO 237 LEUCEMIAS 430
PóS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDIOV240 NEONATOLOGIA
RESPIRATORIO E OTORRINOLARINGOLOGIA ASSISTtNCIA NA SALA DE PARTO 439
IVAS • INFECÇ VIAS AEREAS SUPERIORES 245 CUIDADOS COM O RN INSTÁVEL 443
FARINGITE E AMIGDALITE 249 TESTE DO PEZINHO 457
OTITE 252 RN DE EXTREMO BAIXO PESO 458
SINUSITE 256 APNEIA NO RECÉM NASCIDO 475
HIPERTROFIA DE AMIGOALAS E ADENÓIDES 258 ASFIXIA PERINATAL 477
RINITE ALÉRGICA 259 ASPIRAÇÃO MECONIAL 480
LARINGITE. LARINGOTRAQU . EPIGLOTITE 261 PERSISTÊNCIA CANAL ARTERIAL RNPT 482
PNEUMONIA 263 DOENÇA DA MEMBRANA HIALINA- SARI 484
ASMA 273 DISPLASIA BRONCOPULMONAR 488
INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA 281 HIPERTENSÃO PULMONAR PERSISTENTE 492
VENTILAÇÃO MECÂNICA 284 SEPSE NEONATAL 495
VENT. ALTA FREOUÊNCIA E ÓXIDO NITRICO 294 ENTEROCOLITE NECROTIZANTE 501
MONITORIZAÇÃO RESPIR E ÁCIDO-BASICA 298 INFECTOLOGIA
OXIGÊNIOTERAPIA E CPAP 304 VACINAS 504
INTUBAÇÃO ENOOTRAQUEAL 308 BACTEREMIA E SEPSE 507
PNEUMOTÓRAX 312 MENINGITE 511
GASTROENTEROi..OGIA AIDS 515
OIARRtiA E DESIDRATAÇÃO 315 CALAZAR - LEISHMANIOSE VISCERAL 520
PARASITOSES INTESTINAIS 323 DENGUE 522
CONSTIPAÇÃO INTESTINAL 326 MALÁRIA 525
REFLUXO GASTROESOFÁGICO 328 DIAG. DIFERENCIAL HEPATESPLENOMEGA
INSUFICitNCIA HEPÁTICA 330 LIAS. ADENOMEGALIAS E FEBRE PROLONGADA 527
HEPATITE VIRAL AGUDA 333 CONTROLE DE INFECÇÕES HOSPITALARES 537
COLESTASE NEÇ)NATAL 334 OTIMIZAÇÃO DO USO DE ANTIMICROBIANOS 548
NEFROLOGIA OUTROS
INFECÇÃO URINÁRIA INTOXICAÇÕES E ENVENENAMENTOS 550
INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA 341 ANAFILAXIA E REAÇÕES ALERGICAS 566
GLOMERULONEFRITE AGUDA 337 1
344 SUPORTE AO PACIENTE ONCOLÓGICO 567
SINOROME NEFRÓTICA 346 QUEIMADURAS 571
INSUFICIÊNCIA RENAL CRÓNICA 348 DERMATOSES COMUNS NA CRIANÇA 574
NEUROLOGIA ANALGESIA E SE DAÇÃO 580

~· I
CON\AJLSÕES E EPILEPSIA REFERÊNCIAS PARA ADOLESCENTES 586
CRANIOESTENOSE 359 DESENVOLVIMENTO NEUROPSICOMOTOR 588
HIPERTENSÃO INTRACRANIANA 360 DENTIÇÃO E SONO 593
COMA 362 CRESCIMENTO- GAAFICOS DE PERCENTIL 594
TRAUMATISMO CRANIANO 363 LABORATÓRIO- VALORES DE REFERÊNCIA 601

Remissivo
CID
MEDICAMENTOS

ANALGÊSICOS E ANTIPIRETICOS 3
ANALGÊSICOS POTENTES 6
ANALGESICOS PARA ENXAQUECA 9
ANTIÁCIDOS MINERAIS 11
ANTIÁCIDOS INIBIDORES H2 12
ANTIÁCIDOS· INIBIDORES DE BOMBA PROTÓNICA 13
ANTIARRITMICOS 14
ANTIMICROBIANOS SISTÊMICOS 17
ANTIMICROBIANOS TÓPICOS 44
TÓPICOS OFTALMOLÓGICOS 47
ANTIFÚNGICOS SISTÊMICOS 50
ANTIFÚNGICOS TÓPICOS 53
ANTIVIRAIS E ANTI-RETROVIRAIS 55
ANTICOAGULANTES - HEPARINAS 59
ANTICOAGULANTES ORAIS E ANTIPLAOUETÁRIOS 60
ANTICONCEPCIONAIS 61
ANTICONVULSIVANTES 63
ANTAGONISTAS. ANTÍDOTOS, EMETIZANTES 67
ANTIDIARRÊICOS E INIBIDORES DE PERISTALTISMO 68
ANTIEMÊTICOS E PROCINETICOS 69
ANTIESPASMÓDICOS E ANTICOLINÊRGICOS 72
ANTI-HIPfi.RTENSIVOS 74
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES 88
ANTI-HISTAMiNICOS 94
ANTILIPEMIANTES 98
ANTINEOPLÃSICOS E OUIMIOTERÁPICOS 100
ANTIMALÃRICOS 106
ANTI PARASITÁRIOS 107
ESCABICIDAS E PEDICULICIDAS 111
ANTIDEPRESSIVOS 112
ANTIPSICÓTICOS 115
TROMBOLITICOS 117
ANTITUSSiGENOS E SEDATIVOS DA TOSSE- 118
MUCOLITICOS E EXPECTORANTES 119
DROGAS PARA ASMA 121
CORTICOESTERÓIDES SISTÊMICOS 126
CORTICÓIDES TÓPICOS 129
CURARES - BLOOUEADORES NEUROMUSCULARES 130
SINTOMÁTICOS NA GRIPE E RESFRIADOS- ASSOCIAÇÓES 131
DIGIT ÁLICOS E OUTROS INOTRÓPICOS 132
DIURÊTICOS 133
DROGAS PARA EMERGÊNCIAS E PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA 136
FERRUGINOSOS 142
IMUNOSSUPRESSORES 143
SOROS HETERÓLOGOS ANTIOFÍDICOS E ANTI TOXINAS 145
INIBIDORES DO APETITE 146
INSULINAS 147
HORMÔNIOS E DROGAS EM ENDOCRINOLOGIA 148
IMUNOGLOBULINAS HUMANAS 150
LAXANTES E CATÁRTICOS 151
RELAXANTES MUSCULARES NÃO PARALIZANTES 152
SEDATIVOS E ANSIOLITICOS 153
TÓPICOS NASAIS 157
TRATAMENTO TÓPICOS PARA FERIDAS- CURATIVOS 159
VACINAS 160
VITAMINAS 164
DROGAS DIVERSAS 169
INTERAÇÓES MEDICAMENTOSAS E INCOMPATIBILIDADES 170
DROGAS NA AMAMENTAÇÃO. GESTAÇÃO E NA INSUFICIÊNCIA RENAL 172
LISTA DE MEDICAMENTOS POR TIPO DE CONTROLE DE PRESCRIÇÃO 176

CONTINUA NO VERSO DA CONTRACAPA


r' -3-
ANALGÉSICOS E ANTIPIRÉTICOS
Droga• Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ÁCIDO Aspirina Bayer Crianças: Náusea, diarréia, vômitos,
Compr. efervescente: 320- 500 mg [20) Febre: dor gástrica (10-30% ), hemorragias
ACETILSA- Compr: 100 mg [2Q-30-10Q-200J
30-65 mg/kg/dla + 4 ou ocultas (até 70%), hemorragia· agu-
Compr: 500 mg [20-32-100-200- 240-500] 10-15 mg/kg/dose da grave, úlcera péptica, alergia,
. ,....... LICÍLICO Compr PREVENT: 100 e 300 mg [30] A ntiinflamatórla: broncoespasmo, angioedema, dis·
Compr BUFFERED: 500 mg [100] 65-130 mg/kg/dia -c 4 - 6 função plaquetária, agravamento de
Analgésico, anti- Doença de Kawasaki: insuficiência renal. nefrite interstici-
térmico, antiinfla- AAS SanofiSynthetabo, Aasedatil V•tapon, 80- tOO mg/kg/dia -c 4 na fase al, aumenta transaminases.
matór1o, antiplaque- Aceticil eazi, Acetin Millc!Aoux, Analge- febril e depois 5-1O mglkg/dia Síndrome de Reye risco se usado
tárlo (profilaxia de pela manhã. em < 16 anos com gripe por vírus
infarto) sin rou<o, Antifebrin Rov""', Ascedor Glo- Antlplaquetárl o: lnfluenza ou quadro clfnico compa-
bo Asetisin Phannalltb Dorstop IMA Hi- 3-20 mg/kg/dia + 1 tivel (gripe forte com febre e reper-
p~termal 0 0
SanvaJ, SaÍicil ""' , Salitil c"
Adultos:
500 a 1000 mg /dose x4
cussão importante sobre o estado
geral) ou varicela.
fatma., Sifass SimerepiOo
Profilaxia do infarto e trom- Teratogênico no primeiro trimestre
Compr: 100 mg [1O-Jo-100-200) bo ses : de gestação e retarda trabalho de
Compr: 500 mg [1 0-20- 100-200-500) 75 a 300 mg/dia + 1 parto no final da gestação.
CAAS E.M.S. Compr: 500 mg Infarto agudo miocardio: lnteracões:
Bufferin BnstotMyersSQulbb, Ecasil Bioiab Imediato: 160 a 325 mg (mas- acetazolamida, acidificantes uriná-
tigar). rios, anticoagulantes orais, antiin-
Compr. tamponados: 500 mg [100) [Jo-200] [20]
A seguir: 80-160 mg/d 1/amatórios. corticóides heparina,
Endosalil Elotar, Dose máxima: hidantoína, hipoglicemiantes, me-
Gotas: 200 mg/30 gotas(1 ml) [10) 4 g/dia p/ febre e dor totrexato e probenecida, volproato.
Melhorai infantil S•dncvAoss 8 g/dia p/ D.Reumática Risco de hemorragia gástrica é
Comp: 85mg maior se associado a áfcool, antiin·
Cardio AAS S'!}maPharma Nlvel terapêutico: flamatórios, mesa/azina , indometa-
30-50 11g/ml como antipirético cina, corticóldes
Compr. 85 e 325 mg [30)
e t50 a 300 11g/mt como anti- Contra mdicação: Antecedente de
Somalgin SlgmaPhamla tnflamatório. anafilaxia com sallcitatos ou crise
Compr. tamponado: 100, 325 e 500 mg [20) Preços: de asma pela droga, último trimes-
Compr. CARDIO: 85 e 325 [30] Compr toa mg: AS 0.05 a 0,20
Compr 500 mg: RS 0,08 a 0,30
tre da gravidez. pré-operatório, gas-
trile e úlcera péptica attva. tesão
Ácido Acetil Salicl1ico
G~
hepáttca grave, hemoftlla, trombocl-
Compr: 500 mg [20-200-240] EMS, GteenPhanna topenia uso de anttcoagutantes e
Ácido Acetil Salicl1ico suspeita de dengue. cnanças com
Compr: 100 mg (200-500] GreenPharma tnfluenza ou varicela

ÁCIDO Ponstan Pfizor, Ponstin Ho.al Crianças: Diarréia (interromper), hemorragias


Compr: 500 mg [24} 20-25 mg/kg/dia + 4 ocultas, constipação, náuseas, dis-
MEFENÂ- Adultos:
pepsia, dor abdominal, vômitos,
convulsões, anemia hemolítica, a-
MICO Preço: RS 0,65 por comprimido 250 mg/dose x 4 granulocitose, cefaléia, sonolência,
Anatgés. antranmco Primeira dose: 500 mg vertigem, exantema (interromper)

CLONIXINAT O
Dolamin Fannoqulmica Crianças> 10a. e adultos: Náusea, vômitos, dor epigástrica e
Compr: 125 mg {16-30) 125 mg/dose x 3-4 pirose, hemorragia digestiva
DE USINA Amp (4 ml): 200 mg [6] Dose máxima: 750 mg/dia

FENO PRO- Trandor B•olab Adultos: A n algé s ico: Dispepsia, náusea, vômito, úlceras
na boca, flatu lência, constipação,
Compr: 200 mg [10-11)()] 200 mg/dose x 4 -6
FENO Antiinllamatório: tonteira, sonolência, vertigem, ano-
Preço: AS 1,35 cornpnmido 300 a 600 mg/dose x 4 -6 rexia, cefaléia, dist. hepát.e renais.

IBUPRO- Actiprofen SanofiSyrtrMtabo1 Advil Crianças:


WMehau, Geralmente é bem tolerado.
An titérmico: Náusea, vômito, dispepsia, azia,
Algiflex E.M.s , Doraplax Lupa•, k 1
FENO Compre Compr revestido: 200 mg {20-100·200] 5 a 1 O mg/ 9 dose
constipação ou diarréia, dor abdo-
minai, hemorragia digestiva, diar-
AINH derivado do DalsyAbbo" até de 6 em 6 horas réia, constipação, gastrite, tontura,
ácido propiônico. Compr: 400 mg [10} I Susp.: 100 mg/5 ml (100) Dose máx.: 40 mg/kg/dia delirio, cefaléia, ladiga, meningite
Analgésico, antiin- Sol. gotas: 200 mg/ml (tO mg/gota) 115] Analgésico: asséptica, rash, prurido, aumento
flamatório , antitér- 4 a 1O mglkg/dose x 3-4 de transaminases, microproteinúria
mico (demora 60 a Algy-Fianderil Vitapan, Artril Fa<masa Anti inflamatório: tubular e glomeru lar, insufic iência
100 minutos para Compr: 300 mg e 600 mg 1201 renal aguda, edema, neutropenia,
começar e dura 6 a Doretrin NovaniS 30-50 mg/kg/dia + 3-4 anemia, inibição plaquetária
8 horas). Dose max: 2,4 g/dia Slndrome de ativação de macrófa-
Cáps: 400 mg [30) I Susp.: 100 mg/5 ml (200)
Em metanálise re- F ibrose cística: go: CIVD. disfunção hepática
cente mostrou-se Benotrin EMS , Da.n ilon AJiergan, 20-30 mg/kg/dia uso con- Interações:
mais eficaz como lbuprofan """"'', Motrin PharmacoaBrasu, unuo, retarda progressão da doença Os antiinflamatórios não hormonais
antitérmico. similar lt . reduzem o efeito dos natridiuréticos
comoanatgéstco, e Uniprofen un.Oulmica Ad
~- _ Contra Indicação:
com nível de ris- Compr: 600 mg [30) 1200 a 24 00 mg/dta + 4-6 Htpersensibilidade ao ibuprofeno. à
colsegurança sim1- S -d f Zsmbon Dose máxima: 3 ,2 g/dia aspirina ou a outros antiinllamató-
laraoparacetamot pl u en Preços: nos não hormonais, úlcera pép11ca
"""''''"'',.""'""'""" ,.., Gotas: 200 mg/ml (30gotas) (18] Compr 600 mg: AS 0,63 a 0,84 aiJva
"''· 2004 Envelope de granulado: 400 mg (6-20-100] Compr 300 mg: AS 0,26 a 0.40
Envelope de granulado: 400 e 600 mg (6·20-100] Compr 200 mg: RS 0.28 a 0,53
Susp. (Sml): R$ 0,42
AdviiWhhehall, Susp.: 200 mg/5 ml 1100 e 2001
ScherlngPiough
n I I I 1
-4-

ANALGÉSICOS E ANTIPIRÉTICOS
Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
DIPI- Dipirona sádica: ~: Freqüentes: náusea, vômitos,
Novalgina VO: 1O a 25 mg/kg/dose x 4 dor abdominal, diarréia, rash.
RONA A"""'.sl'hsnn.t
Gotas: 25 mglgota (500mg/ml) 110-201 lnfregüentes: Anafilaxia, as-
Compr: 500 mg {30-100·240) Lactente: 1O mg/kg/dose x 4 ma, edema angioneurótico,
Solução oral: 50 mglml fiOOJ
ou Amp. (2 e 5 ml): 500 mglml {5 e 50) Pré-escolar:
Crise transitória de hlpotensâo
Suposit. infantil: 300 mg {5)
15 mg!kg/dose x 4 Raros e muito graves :
META- Baralgin °1
"'", Findor Cbmax,
Depressão medular. neutro-
Escolar: 25 mg/kg/dose x 4 penla. agranulocitose, anemia,
MIZOL Compr: 500 mg 120-50-200) plaquetopenia.
Gotas: 25 mglgota (500mglml) (ID-20) Os pacientes devem ser aler·
Amp. (5 ml e 2 ml): 500 mglml )50) Adolescentes e adultos: tados quanto ao risco da a·
Analgésico e an- Suposit. infantil: 300 mg Adultos: 1000 mg {5] 500 a 1 000 mg/dose x 4 granulocltose e de seus sinais
titérmico pirazo- (dor e edema na garganta.
lõnico. Analgesil K"""'' Difebril 01"""" sensibilidade e aftas na boca)
Dorpinon Alfslon: Dipirona FuRP: Dorona Duc- EV: 15 mglkg/dose
Uso como anal- 10 Choque anafilático, Stevens
, Findar co.max, Nevralgina Clima<, Termo- = 0 ,03 mllkg/dose
gésico é quesito· Johnson
nável por existir pirona NOOOulmk:a 1 (das ampolas com 500 mglml)
outras drogas e- Compr: 500 mg Distúrbios renais transitórios
ficazes e com Gotas: 25 mglgota (500mglml) (ID-201 Fabricantes sugerem não com anúria, proteinúria, nefrite
menos riscos. Amp. (1-2·5 ml): 500 mg/ml u sar em menores de 3 me- intersticial
ses ou abaixo de 5 Kg de
°"
Único antitérmico Apiron 113, Algirona Bunl<er, peso Piora distúrbios hemorrágico
nas deficiências de protrombi·
~ uso_parenteral Anador BoellrinQor Analgex um•oOulmic•
d1spomvel. ' . • O cálculo simplificado usado na. Hemorragia gastrintestinal.
Dip-ima "'\ Dipimax Cimo<~, Dipiran ...,..,..,
1

Dipironax Royton, Doran 1F, Maxiliv Aché'° correntemente de 1 gota lkg


lnterac~: clorpromazina:
°'
Novagreen 60111'1>"""", Nofebrin Legland, Pi-
/dose da preparação
GOTAS ou 0,5 m l da SO- (hipotermia grave), álcool (i
ralex Fa'"''" 0 , Pirogina r...o LUÇAO por Kg/dose corres- efeito do álcool), barbitúricos: (
Compr. 500 mg )10Q-120-20o-SOOJ pende a 25 mglkg/dose, o
J. seu efeho), ciclosporina (J.
Gotas: 25 mglgota (500mg/ml) )10·16-201 nível sérico desta)
que é uma dose considera- Aumenta nefrotoxidade de
Hynalgin Hypororma da alta, sobretudo para lac- outras drogas
Amp. (1-2-5 ml): 500 mglml tentes e quando repetida
Gotas: 25 mglgota (500mglml) quatro vezes ao dia. Entre-
tanto, tem se mostrado se- Contra tnd!Çi!çâo: na gravidez
Conmel 58""''Synthólabo Dorilan '"- e na lactação, nefrites crôni-
Doril p 0"', DorostiÍModtc, DSSOO rNo, gura quando usada em do-
cas, discrasias sangumeas,
Londor Osório de M0<31s ses mais espaçadas sobre- alerg•a grave a aspirina e anti-
tudo em crian ças maiores. inflamatonos não hormonaJs.
Gotas: 25 mglgota (500mg/ml) [1().201

Doralex v.'"""" Pirofebran Globo Dose máxima das prepara-


. . Jermonal ssn:.U, Termoprin c.zl: ções em gotas :
40 gotas 4 vezes ao dia
Çómpr: 500 mg [10().20Q-300-SOOJ
Cqronel SonolfSynll>llabo, Dipirona IMA
COITll/~ ;)gQ mg )4·24 ·120·200-240·5001

; Q~rriàr•'lngo• Preço aproxtmado:


Compr 500 mg AS 0 .35 (0.2<>-0.46)
Coml!r: 500 mg Susp 5 ml: R$ 0.42
Gotas: 25 mg/gota (500mglml) Golas (1m!): AS 0.40
Xarope: 50 mglml 11001 Supos1tooo: R$ 1.50

·ô;p.irona maqnesiana:
Toloxin Bklldb
Compr. 500mg
Gotas: 20 mglgota (400mglml) fiO) (i
Amp. (2 e 5 ml): 400mglml
Magnopyrol Fannass
Compr: 500 mg
Gotas: 20 mglgota ( 400mglml) J1OJ
Suposit. infantil: 300 mg
Solução oral (xarope): 50 mglml 11001

- -·

. Dlpirona sádica
Sol. Oral (gotas).: 500 mglml Abboll. BlosmtétJta, Dueto, é.MS. Eurofarma, Green Pharma, Lafepe, Medloy,

G MediCJmtnto.
Genêrico compr: 500 mg
Ampola 2ml e 5 ml: 500 mglml
Ne.oQuimlca, Prat1 Donaduzzl , Theodoro FS ,Teulo
E.M.S.. Green Pharma. NeoOuimk::a. Prati O. Medley
E.M.S.. N600vlmrca
-5-
ANALGÉSICOS E A NTIPIRÉTICOS
Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
PARACE- Tylenol Jansse..Citag Crianças: Rash cutâneo em 1% dos ca-
sos.
Compr: 500 mg (4-200! 10-1 5 mg/kg/dose x 4 a 5 doses
TAMOL Cáps. AP.: 650 mg (241 (em RN não usar Intervalos < 6 horas) Hepatotoxidade sobretudo
Compr: 750 mg [4-20-200] com doses altas, disfunção
ou Compr. mastigável infantil: 160 mg 1121 hepática tardia, náusea e vô-
Cálculo aproximado: mitos, cansaço. tontura, seda-
ACETAMI Bebê:5 mg/gota (1 OOmglml) [10!
Soluções com 200 mg/ml: ção, dor de garganta lnexpii-
Gotas:10mg/gota (200 mg/mi)[ISJ
NOFEN Criança Liq.Susp: 160 mg/5 ml (60-120! 1 gota /kg/dos e cada, febre.
Soluções com 100 mg/ml: Urticária, angioedema e anafi-
Dôrico SanoliSynlhé!abo 2 gota /kg/dose laxia
Co':'pr: 125mg, 250mg. 5?0 mg e 750 mg _ Dose por faixa etária e correspon- Risco de hepatotoxidade au-
Cha: sache 500 mg (maçã/canela e melll•mao) dente em gotas das diferentes a- menta com o jejum e com a
Gotas: 5 mg/gota (100 mg/ml) (10} - ingestão de álcool.
Gotas:10 mg/gota (200 mg/ml) 1151 presentaçoes e m gotas
Analgésico e an-
Gotas/dose
tipirético sem e- Acetofen Medley, Cefabrina NeoOurm.ca, 1-- - + - - -+ - ---,--...,---I Nível tóxico: 200 ~tglml 4 ho-
feito antiinflama- 'Idade Dose-+----+-12_0_I_m-'l
- - - + -- 100/ml ,_
2_00_/_m-11 ras após ingestão ou 50 11Qiml
tório Paracen Gre;,nPh.rma, Pacemol Gemballa, r0-3m 40mg 8
7 4 12 horas após ingestão.
Tylidol Teuto, Tilekin Klnde•, Antfdoto: Acetil cistefna
4-11 m 80mg 16 13 8
Compr: 500 mg
Compr: 750 mg 1-2 a 120mg 24 21 12
Gotas:1Omglgota (200 mglml) 2-3 a 160mg 32
f--'-'--+--'-'--"-t--=--t--'=-=6-r-~t6=---J Interações: aumento o efeito
2

Anatyl 5""'aJ, r4-Sa 240mg --=-'--t--'


c-- t-::-cc--"-t 48 2--t_2_4-1 de anticoagulantes orais, he-
4-,
Compr: 325 mg 6-8 a 320mg 64 52 32 patoxidade aumenta com uso
Compr: 500 mg 1--- -t-- - - " -t - -- + -- --+-- --i de álcool, barbitúricos, carba-
9·10a 400mg 80 66 40
Gotas: 5 mg/gota (tOO mglml) [10] 1----t-- - - = - t - - - + - - + - - - 1 mazepina, hidantoina, rifampi-
111-t2a
- - - t -480mg 96
-- -=-t---+- 8_0--+_ 4_8--l cina e sullimpirazina. A absor-
Dorfen cazt, > 12 a SOOmg 100 84 50 ção oral é diminuída pela co-
Compr: 750 mg [100] 1---'----=-'-----'---- ' - ---l lestiramina e metoctopramida.
Gotas:10mglgota (200 mglml) [15} Aumenta em 5 vezes a meia
Compr. mastigável infantil: 160 mg 1121 Dose da susp ensão de 160 mg/ vida do cloranfenicol. Aumenta
5ml por faixa de peso: toxicidade dos salicllatos.
Gripotermon Prodoru, Trifen Hertz Associado a AZT aumenta o
12 a 15 Kg: 5,0 ml
Compr: 500 mg (12, 1201 risco de neutropenia.
Gotas: Smg/gota ( 100 mg/ml) 120] 16 a 21 Kg: 7,5 ml
22 a 26 Kg: 10,0 ml
Tylaflex MedQulml<:a,
27 a 32 Kg: 12,5 m l Contra indlçação relativa:
Compr: 500 mg
Gotas:10mglgota(200 mglml) 33a43Kg:15ml Deficiência de G6PD (causa
hemóhse apenas quando dose
Cetafrin Lup••, Cyfenoll C•'•""', Dose máxima: alta é usada),
Paracemil s'"'"'""~oo, Paralgen Leg<and, 65 mg/kg/dia ou Contra Indicação: hepatopati-
as graves.
Termo! Un15oOulmlca Thylom Os<irioMorals
1
4 gramas I dia
1

Tyflem Sras/eróplca, Tylephen 108

Tyramol caresse,
Compr: 750 mg
Gotas:10mglgota (200 mg/ml)
Adultos:
750 m g x 3 o u 4 doses/dia
Dose máxima: 4 gramas I dia
-
Termo-ped srie181, Em suspensão: advertir ao paciente para
Gotas:10mglgota (200 mglml) sempre agitar bem antes de usar
Gripeonil Faria r
Compr: 325 mg 120-2001
Preço aproxrmado;
Paracetamol FUNEo, Compr 500 mgc AS 0,25 (0,04 a 0.60!
Compr 750 mg: AS 0.42 (0.38 a 1.061
Compr: 500 mg (4, 20, 100. 2001
Analgisen rKs, Paratermoi 'N°,
Compr: 750 mg (20-200!
Calpol GlwroSmrthKflne
Suspensão Pediátrica : 120mg/5ml (50!
Paracetamol
Gotas:10mglgota (200 mglml) [15! E.M.S.. Biosínlética, Eurotarma, GreenPh, Hypolabor, Medley, Merk, NeoQulmlca,

G Medicamento,
Genérico Compr: 500 mg
Compr.revestido: 500 mg
Pra1i Donaduzzl, Prodo~ti, Theodoro F$, Tooto. UniãoOu1mK::a
Aporex, Green Pharma. Klnder. Hlpolabor, NeoQulmlca, Teulo
Pratf Donaduzzi
Compr. 750 mg Apotex, Bunker, Eurofarma, E.M.S. , GreonPhanna, Hipolabor, Medley, NeoOuimica, Pratf Donaduzi, Teuto, UnlãoOulmlca
Compr.revestido: 750 mg E.M.S. , Medley, Prab Donaduu1

NAPRO XENO ver página 89 em antiinflamatórios


-6-

ANALGÉSICOS POTENTES
li
Droga• Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ALFENTANILA Rapifen JonssenCUag Procedimentos de curta duração:
Bolo de 7 a 15 11g ll<g (lento 3-5 min)
Depressão respiratória , hipoten-
são leve e transitólia, vasodilata-
Amp.(5 ml): 0.55 mg/ml l25l
Anestesia: ção, rigidez muscular, bradicar-
Analgésico, anestésico dia, aroitmias, náusea, vômito
20-40 11g ll<g p/cirurgia de 1O a 30 min
geral opiácido, cinco a Alfast cnslá l<a 40-80 1'9 ll<g p/cirurgia de 30 a 60 min Incomuns: broncoespasmo, la-
1O vezes mais potente ringoespasmo, rigidez torácica,
Amp. (5 ml): 0,554 mwml 110.25! Sü-150 11g ll<g p/ cirurgia > 60 min
que o fentan ll e duração cefaléia, calafrios, urticária.
Amp.(10 ml): 0,554 mwml 110.25] Indução anestéslca:
de ação muito curta (15 Associada a dlazepam pode causar va-
a 20 mlutos). Dose deve 120 11g ll<g em 3 min.(proced >45 min) sodilataçào e hlpotensão.
ser titulada. INFUSÃO CONTINUA: t 119 ll<g /min. até 5 Antagonista: naloxona
minutos antes do fim da anestesia. Fliii!<Q: ~ pressão ~ntracramana

BUPRENOR- Temgesic SciJcnnoPtougli Dose para crianças não estabelecida. Depressão mental e respiratória,
Amp. (1 ml): 0,3 mg I ml (100) euforia, constipação, náusea e
FINA Compr sublinguais: 0 ,2 mg (48)
Maiores de 12 anos: vôm itos, sudorese. bradicardia,
Analgésico e sedativo VO: 0.2 a 0.4 m\Vdose x 4-6 hipotensão, tonteira, sonolência.
opiácido 25 a 30 vezes EV-IM : 0,3 a 0,6 m\Vdose x 4-6 Dependência é rara.
Preço aprox•mado: Ação rápida por via IM. Contra-1nd!Cacão: grav•dez, lac-
mais potente que a mor- Compr.· AS I ,OOcada
fina. taçào, onsuhoênc.a hepática, h1·
Ampola: AS 1.00 cada
pertensão 1ntrac ramana

CETAMINA Ketalar ..,;,.. Sedação c onsciente: Alucinações auditivas e v isuais e
Frasco (10 ml): 50 mg/ml (5) BOLO ISOLADO EV: 0,25 a 2,0 mg/1<\V do- pesadelos, disforia (12%). O pe-
Anestésico dissocia~vo , se em intervalos de 1,5 a 2 horas. rlodo pós recuperação pode ser
hipnótico e sedativo com BOLO + INFUSÃO CONTÍNUA EV: conturbado pelas alucinações.
ação broncodilatadora.
Ketamin Crislálla
0,5 a 1,0 mgll<g em 5 minutos seguido de Arritmias (sensibilização a cate-
Ação curta: 10 a 15 mi- Frasco (10 ml): 50 mwml 151 infusão de 1,0 a 2,5 mgll<g/hora (equivale a colaminas), aumento de secre-
nulos em bolos. Mantém 15 a 50 mlcrogramasll<wminuto). ções, hipersalivação, laoingoes· (
reflexos protetores de vi- Ketamin S c rtstálla 15·50) Analgesla IM: 2 mgll<g (até7 mg/Kg) pasmo (raro). Nistagmo, apnéia,
as respiratórias e quase Frasco (10 ml): 50 m\Vml lntubação e adaptação a ventilação: aumento da pressão intracrania-
nunca provoca deteriora- BOLOS de 1 a 4 mgll<g seguidos de infu- na, hipertensão, taquicardia, de· (Í
ção hemodinãmica e por são continua de 5·20 J.IQ/kwminuto pressão respiratória com dose
Isso é multo usado em Anestes ia geral: 2 a 4 mgll<g alta ou infusão rápida.
procedimentos fora do ~: EV: 1 a 4,5 mgll<g Depressão respiratória em RN
bloco cirúrgico. IM:3-8mgll<g Pode ocorrer tolerância. Depen· (!
Opção para intubação. Não misturar com barbitúricos e diazeplni- dência e abstinência não ocorre.
Não usar para procedi· Preço aprruumado: Contra-indica~Q· hipertensão In
cos na mesma seringa ou linha. Diluindo 1
mantos que exigem imo- Amp. 500 mg A$ 60,00 tracramana. ps1cose ICC grave.
ampola de 10m/ (500 mg) em 500 m/ de
bilidade com TC e RM. SG/5% ou SF: 1 mglml. lnjeçAo EV lenta ang1na, aneunsma llreotoxicose
(máximo 0,5 mglkg!mínuto)

CODEÍNA Codein Cnsl;ll;a Analg esla: Sonolência, dependência, de·


Amp. (2ml): 15 mg/ml (25] ~: VO: 0,5· 1,0 mgll<g/dose x 4-6 pressão SNC e respiratóoia, eu·
Analgésico narcótico e ou 2,5 a 5 mg/dose x 4·6 ( máx: 30 mg/dia) tona, disforia, miose
supressor da tosse Solução oral: 3 mg/ml (120)
Compr: 30 mg e 60 mg 130) o
Acima de 6 anos: VO: 5 a 1 mwdose X 4-6 P alpitação, bradicardia
(
(máximo de 60 m\Vdia) Náusea, vômitos, constipação.
Preço aproxrmado: Tosse: VO: 1,0· 1,5 mg/l<\Vdia + 4 - 6 Espasmo de trato urináoio
Amp 30 mg. AS 7,00 ~: Uso EV provoca grande libera·
Comr 30 mg: R$ 2,80
SoluçAo oral 15 mg/Sml; AS 1.50/ 5 ml
Ana lgesia: VO: 30-60 mwdose X 4-6 ção de histamina (Í
IM: 15 a 30 mg cada 2 ou 4 horas ~: anticolinérgicos, anti·
Tosse: VO: 10-20 mg/dose x 4·6 (M ax 120) depressivos
Não usar como antltussfgeno em < 2 anos. (Í
ASSOCI;AÇÃO Tylex J•nssonCilag Compr: 7 ,5 mg de Codeina e 500 mg de Paracetamol
ANALGESICA Codex Uno.>oDtHmoca Compr: 30 mg de Codeina e 500 mg de Paracetamol

DEXTROPRO- Doloxene A ABL Só maiores de 12 anos:


2-3 m\Vk\Vdia .,. 4-6
Sedação, tonteira, vômitos ,
dist.visuais, cefaléia, eulolia, de·
(com 325 mg AAS)
POXIFENO Cápsulas de 77 mg Dose máxima: pendência, constipação
Preço aproximado: R$ O, 70 por cápsula 100 mg/dose até de 4 em 4 horas Efeito reversfvel com naloxona

MEPERIDINA Dolosal Cr1s1áka 1-1 ,5 mg/kg/dose cada 3 a 4 horas - Sonolência, sedação, euforia,
depressão mental e respiratólia,
EV lento- 2 a 3 minutos, sem diluir
Dolantina "'""""'""""""
ou PETIDINA Amp. hlpotensão, bradicardia, lnotro-
(2ml): 100 mg ou d iluída em S F ou SG.
pismo negativo, taquicardia, a-
Exepcionalmente pode ser usada lergia, piora hipertensão intra·
Opióide sintético dez ve·
zes menos potente que a
por via o ral.
Evitar uso IM em crianças pois elas vão o·
craniana.
Provoca bem menos constipação

morfina e bem mais tóxi- mitir a dor para evitar a injeção. que a morfina e não bloqueia
ca que esta (deveria ser O fablicante recomenda não usar em me· tosse.
usada morfina em seu nores de 1 ano. Metabólito normeperldlna provo-
lugar, não fosse o lnjusti- Co ntrol e de tremores: ca mioclonias, tremores e con-
ficável dificuldade da 0.25 a 0,5 mwk\Vdose vulsões.
maiooia dos médicos pa-
ra prescrever morfina).
Ad ulto: 50-150 mgfd ose IM o u EV em
intervalos d e 2 a 4 h oras
Não usar cronicamente.
Evitar o uso em RN com propen·
(
Inicio de ação: são à convulsões ou com disfun-
2 a 10 minutos Máximo de 500 mg/dia
Pico de ação: 1 hora Nã · I d' (EV) ·
o m un "
· fi/í b ' ção renal.
JUnto com ammo ' na, ~- Associação catastrófica com ini· (
carbona to, dlazepam, lemtolna, (enobarbl· bldor de MAO
tal, furosemfde, heparlns, hidrocortlsona, A ntrrtn'tn · I\Jolnvo··....., 1 n ..... tr~ .....,
-~~ ~~- ~~-·- -
-7-
ANALGÉSICOS POTENTES
Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
FENTA- Fentanest cnSiâlia Analgesia e adaptação à VAP em te rapia Broncoespasmo, hipersecre-
Amp. (2 e 5 ml): 50 ~g l ml in ten s iva (Anand, 2001) ção brônquica, confusão men-
NILA Frasco Amp. (1 o ml): 50 ~g l mi Recém nascido: tal, agitação, rigidez torácica,
BOLOS: 0,5 a 3 J.lg/kgldose cada 2 _4 hs bradicardia, hipertensão ou
Fentanil Ja,.seneilag INFUSÃO CONTÍN.: 0,5 a 2 ~glkg/hora hipotensão arterial. Constipa-
Analgésico opi- Fr. amp ( 1O ml): 50 J.lg/ ml (Dose média necessária: 0,64 em < 34 semanas e 0_75 em ção e distensão abdominal.
óide 100 vezes Amp. {5 ml): 50 ~·gimI (clconserv.) maJores de 34 semanas) Rash, eritrodermia difusa. Mi-
mais potente que Amp. (2 ml): 50 ~tglml (slconserv.) Dor intensa no RN: 2 a 3 J.LQ/kglhora ose. Liberação de hormônio
a morfina, de a- RN maiores e lactentes: antidiurético
ção curta e inicio Fentabbott Abbon BOLOS: 1 a 4 ~g/kgldose Risco de depressão respirató-
rápido , e causa Frasco Amp.(2, 5 ml): 50 )lg/ml INFUSÃO CONTÍN.: 1 a 2 !tg/kg/hora ria e apnéia (risco maior se
menos hipoten- Criancas de 1 a 12 anos: associada a sedativos e em
são que morfi- Durogesic J•nssene;~ag BOLOS: 1 a 2 ~g/kgldose até de 111hora meno_resde 3. meses).
na/meperidina. Adesivo transdérmico INFUSÃO CONTÍN . . . . 1 I kg/h rt - Toleranc•a ex•gmdo aumento
f-c-- -.- - , - , --,-- . - --,---1 . . ·· IniCiar com J.lg ora e 1u progressivo das doses.
2
Indicado em para Área 10 20 30 40 cm tar.Dose habitual. 1 a 3)tg/kg/hora (até 5) Risco de abstinência e de de-
procedimentos ln:~:l-;;-;j--;;-t;";j-;-;;l---;:;--j
Dose 2,5 5 7.5 10 mg
!M!!taí!]•.Q
o~re~s;Jd~eL1!J21..ai!Jnruo~Sl!euas!dul.!!l!!lto~
s:: . pendência. Evite retirada
de analgesia e 0,5 a 1 J.Lg/kgldose ou 25-50 ~gldose em Intervalos brusca sobretudo se foi usada
sedação, pré- Efeito 25 50 75 100 J.lg/hora de 'h a 1 !)ora ou Infusão continua na mesma dose. dose aita e prolongadamente.
operatório, adju- TRANSDER_MICO: Uso apenas em adolescente e i pressão intracraniana
vante de aneste- adultos. lmc•ar semp~e co~ a menor dose . . Injeção muito rápida pode
sia local, dor Nilperidol Cnstãl>a (25J.Lg/hora ou 1_? em ). Efe1~0 dura 3 dias. E um s1s- causar rigidez torácica e mus-
crônica persis- (associado com droperidol) tema de~tberaçao lenta e na~ pode ser_ c~rtado. cular (inclusive lari ngoespas-
tente (uso trans- Amp.(2ml) :50 1•9/ml lntubaçao e outros procedimentos rap1dos: mo) com Insuficiência respira·
dérmico) Fr.amp(10ml): 50 ~tg/ml Cnanças:_ 2 a 5 J.LQikg tória grave de difícil tratamen-
Se assoc1ar m1dazotam (0, 1 a 0,2 mglkgld ose) usar to (curarizar com pamcurõnio
Para uso por uma dose menor do fentanil (2 ou 3 J.l9 lkg). e dar naloxona).
tempo prolonga- Maiores de 12 anos e adultos: Deve ser suspenso 24 horas
do deve-se pre- BOLOS: 25 a 50 J.l9 por dose que pode ser repetida antes da extubação pois induz
ferir a morfina em 5 minutos. Doses de 25 J.l9 podem ser repetidas apnéia.
que é mais segu- até 4 vezes em intervalos de 5 minutos Injeção espinhal apenas de
ra e mais barata. Anestesia geral adj vant.e: 10-40 J.lg/kQ ampolas sem conservantes.
Anest.geral (isolada): 50-100 J.Lg/kg Contra indicação: crise asmá-
É uma droga ca- Usar sempre bolos lentos de cerca de 3 minutos. tica e hipertensão lntracrania-
ra Oosas altas (> 5pglkg) devem ser feitas ao longo na, pohtraumatizados com hi-
de 5-10 minutos. Pode ser misturada na mesma se- povoiemia.
ringa com midazolan, atropina, hidroxizina, droperl- Antfdoto: Naloxona
doi. Não misturar com fenobarbital.
Exige ajuste na 1nsuficiencía renal:
75•. da dose plctearence de 10-50
50% da dose p1 clearence de < 1O
MORFINA DimorfCnstãlia Analgesia: Mais comuns: Depressão res-
r Protótipo do
Compr: 10 mg e 30 mg [SOJ Lactentes e criancas:
Sol.oral: 10 mglml (lmt=26 gotas) 1601 BOLUS (EV-IM-SC): 0,1 a 0,2 mg/kgl dose em In-
piratória e apnéia (maior se
associado a diazepinicos e em
tervalos de 2 a 4 horas. (máximo: 15 mg/dose) menores de 3 meses) náusea,
analgésico nar- D i morf LC Cristãl;a (Lib.cronograma- ORAL: 0,3 a 0,6 mglkgldose vômitos, retenção urinária,
cótico e sedativo da) Atencão para a dilutcão da ampola usada tontura. vertigem. Broncoes-
potente. Cápsulas 30 - 60 e 100 mg [60! Recém nascidos: BOLUS (EV-IM-SC): 0,05 a O, 1 pasmo, sonolência, confusão
mg/kgldose em intervalos de 4 a 8 horas mental, sedação.
Opióide de esco- i pressão intracraniana.
Dimorf Sem Conservante CMtã- Sedação em terapia intensiva:
lha para a maio-
lia (Sulfato de morfina sem conservantes Pode-se usar bolus como descrito acima ou: Depressão prolongada da
ria das situações Lactentes e criancas: resposta à hipercarbia.
de analgesia cll- para uso peridural e intratecal)
Ampola (1m!): CUln9lm! [50! INFUSÃO CONTÍNUA: iniciar com 20 J.Lg/kglhora e Vasodilatação (efeito histami-
nica para dor aumentar de acordo com a resposta. As doses mé- nico): hipotensão e taquicardia
moderada e in-
Dimorf SP CnSiaUa (sulfato) dias habitualmente necessárias são: reflexa (sobretudo em hipovo-
tensa.
Ampola de 2 mt com 1 mqlml Analg. procedimento: 5-10 J.lg/kg/hora lêmicos) ou bradicardia.
Alivio da disp- Ampola de 1 ml com 10 mg/ml Dor da drepanocitose: 20-30 ~glkg/hora Euforia. miose, alucinação,
néia na insufici- Câncer terminal: 40-70 ~glkg/hora c~nstipação, distensão abdo-
MS Long JanssenCitag Pós-operatório: 10-40 J.Lg/kg/hora mtn~t, ~udorese, h1perer;ua
ência cardiaca
r esquerda e ede-
ma agudo de
Cáps: 10-30-60-100 mg [60! Aumentar as doses em 5 ou 1O J.l91 kg/hora de cada
(Ação dura 12 horas) vez, seguindo uma escala de dor (ver página 580),
até máximo de 1OOJ.Lglkg/hora
conjuntiva!, espa~mo bthar ou
veslcal. Convulsoes em RN.
Tole rânc~a ~xtgtnd~ ~ da do~e
pulmão.
MST Continus Asta Médica Recém nascidos: Dependenc1a (absttnencla) e
Inicio de ação: 1 Compr.retard:10-30-60-100 mg [60! INFUSÃO CONTÍNUA: iniciar com 10 ~gl kg/hora freqüente no uso prolongado e
minuto (a t d 515 1· 30 /kglh) pode ser resolvtda com rettra-
Máximo: 30 mi-
Sol. inj. Cloridrato
de Morfina Gtanad<>
N~~~nn~o :entit~~ artil:~alme~te tentar manter ~~~e~~a~~i~~~g~o~ec;;~s3
nulos dose d~ até 1 O J.Lg/kg/hora. . Adiccção ou v fcio são raros.
Duração: 6-7 ho- Ampola de 1 ml com 1O mg [SOJ Adu lto~. EV. 2,5 a 15 mg lento (4-5 _m•n) Contra tndicacão: crise asma·
ras para dor 1 a Ampola de 1 ml com 20 mg [SOJ ORAL. 10-30 mgldose x6 {máximo. 75 mgldose) ~ca e hipertensão tntracranta-
3 horas para se- IM ou ~L: tO mg/70 Kg na, tumor intracraniano, poli-
dação Preço aproXImado para 1O mg: RETAL. 10 a _20 mg_cada 4 horas . tramumatizados c! hlpovote-
R$ 0.45 /compt; AS 0,80/compr retard , lnfarto do m1~cárd 1o: 2 a 5 mgldose, repelida uma mia. convulsões, dislunção
RS 3,00 /ampola
vez após 15 mmutos, se prec1so. . respira!. grave (não lntubado)
Começar sempre com a menor dosa precomzada e Antídoto: Naloxona o,o 1mglkg
aumentar a dose conforme necess<frlo, de acordo
com a resposta.
-8-

ANALGÉSICOS POTENTES
•Drogo Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
META- Metadon c""ália Na abstinência iatrogên lca (VO, IM ou SC): inicar
com 0,05 a 0,2 mglkg/dose a cada 6 horas e au-
Semelhante aos da morfina.
Amp. (1 ml): 10 mg (10) Sintomas de liberação hista-
DONA Compr: 5 mg e 10 mg )20) mentar a dose em 0,05 mglkg a cada dose até ob- mínica.
Opióide analgé- ter o controle dos sintomas de abstinência. Após Hipotensão, bradciardia, va·
sico com eleilo 24-48 horas começar a retirada: aumentar o Inter- sodilatação.
sedativo útil so- valo de 6 para 8-->12 -->24 horas e depois reduzir a Constipação mais intensa. 11
bretudo no I ra· dose em 0,05 mglkg a cada dia até a retirada final. Anorexia, náusea, vômitos,
lamento da abs· Analgésico (VO, IM,SC): 0,1 mglkg/dose cada 4-6 nervosismo, irritabilidade, tre-
tinência. Inicio de horas nas primeiras 3 doses; depois a cada 6·12 hs mores e insônia.
ação em 30 mi- Adultos: Anal gésico: 2,5 a 10 mg/ dose- SC ou IM Dependência.
nulos (VO), 10· - cada 3 ou 4 hora s. Desintoxicação: 15·40 mg/dia Hipertensão intracraniana
20 minutos (EV). A duração da ação inicial por via oral é de 6 a 8 ho- libera hormônio antidiurético
ras e, com uso contfnuo, aumenta para 24 a 48 hs.
Crianças de 1 a 14 anos:
NALBU- Nubain Novart.s
0,1 a o, 15 mglkg/dose x 4 a 8
Sedação, sudorese. náusea.
Vômito, tontura, vertigem, bo-
Amp (1 ml): 10 mg/ml (1 0)
FI NA Amp (2 ml): 10 mg/ml (5) Adulto de zo Kg: ca seca, miose, cefaléia, aler-
~ se. IM, IV: 1o mg/dose cada 3 a 6 horas gia, dependência, hipotensão,
~anestesia Dose máxima: 20 mg/dose e 160 mg/dia taquicardia.Antie'< !1): naloxona

O X ICO- Oxycontin Zodiao ~ Risco de abuso e dependên·


Compr. llber.control.: 0.05 a 0,15 mglkg/dose x 4 a 6 para preparações ela. Depressão respiratória,
DONA 10-20-40mg normais (não as de liberação lenta) hipertensão intracraniana, li-
Analgésico Máximo: 1O mg/dose beração de histamina, consti·
narcótico ~: 5-10 mgldose x 4·6 pação, náusea, vômito, reten·
ção urinária, miose

RAMIFEN Ultiva GJaxoSmilhKiine A n e s t esia e m a dultos: Iniciar com 0,5 mcg/kg Náusea, vômitos.
Fr.amp.: 1 mg /minuto e ajustar pela resposta Rigidez muscular, depres.
TANILA Fr.amp.: 2 mg Dose máxima habitual: 2 11glkg/minulo respiratória, apenéia, calafrio
Analg. opióide Fr.amp.: 5 mg Anal gesla (respir. espontânea): 0,1 11glkg/minuto Hipotensão, bradicardia,
Anest. geral de Diluir em ABD ou SG ou SF. estável por 24 hs á Constipação
ação ultracurta. temperatura ambiente.
Sufenta JanssenCilsg Sedação ou p re-sedação para proced imentos:
SUFEN- EV ou lntra-nasal: 1,5 a 3 11g/ kg
Depressão respi ratória, rigidez
muscular e torácica (injeção
Fastfen Crisullla
TANIL Amp. (1 ml): 50 11g/ml (25)
Anestesia geral: rápida), ! FC, arritmia, hipo·
Analgésia anest. EV em criancas: 1O a 20 f.lg/ kg tensão Náusea, vômito.
Amp. (5 ml): 50 11g/ml (10] Convulsão, cefaléia, calafrio.
geral, opióide. EV em adultos: 0,5 a 5,0 )lg/ kg
Amp.(2 ml):5~ig/ml(intra-espinal) Laringoespasmo, broncoesp.
Diluir em SG ou SF. estável por 24 hs.
Trama I Phtumócla e,.sll Qrirulc,M:
TRAMA- 5 mglkg/dia ~ 2 a 3
Náusea, vômito, boca seca,
Cápsulas: 50 mg (10) sonolência, hipotensão, sudo-
DOL Compr. Retard: 100 mg )1 0) 1 a 1,5 mglkg/dose até 8/8 horas rese.
Gota:100mg/ml)2.5 mgtg1) )1 0) A nalgesla em queim ados:
Suposit. adulto: 100 mg (51 VO: 0,6 a 1 gota/Kg/dose x 3 Mínima depressão respiratória
Analgésico opl- Amp (1 e 2 ml): 50 mg/ml (6) (da preparação com 2,5 mg/gota) e central com doses habituais.
óide agonista Sylador SanotrSyml>i!.>oo ~:
parcial com efei- Compr: 50 mg Dose inicial: 50 mg x 2 Pouco potencial de depen·
1101 Ajustar de acordo com a resposta , entre 50 a 100 dência
tos cardiovascu- Gota: 100mg/ml(2•5 mgtg1) 1101
mg /dose x 2·3
lares e respirató· Suposit. adulto: 100 mg (5)
RETAL: 50-100 mg/dose x 2 1!! : naloxona
rios mínimos e Amp (2 ml): 100 mg 161
baixo potencial Dose máxima: 400 mg/dla ou 100 mg de 6/6 horas.
de induzir de· Dorless uni6o0. , Trabilin Me- Essa dose equivale em efeito a cerca de 60 mg de Contra ondtcacão: uso de tntbt·
pendência. P"•, Tramadon cnstAII•, sen si- morfina oral de liberação lenta dores da monoaminooxldase
(IMAO)
Mesma potência tram um, Zamadol s.,gamo Preço aproxunado:
que a codeina RS 2.50 a 4.00 cada compnm1do de 50 mg
mas com menos Cáps.: 50 mg 1101 AS 3.00 a 6.00 cada comprimido de 100 mg
efeitos colaterais. Gota: 100mg/ml(2.5 mgtgt)( tO) AS 6.00 cada ampola de 50 mg IÍ
Amp (1 e 2 ml): 50 mg/ml(6) AS 37100 por frasco de 10 ml da sol .gotas ( 100 mglml)
É cerca de dez Anangor Brosmtárrca
vezes mais caro Cãps.: 50 mg 11OJ
que morfina em Amp (1 e 2 ml): 50 mg/ml(6)
doses equivalen -
Ti mase n -
tes e um pouco
Compr: 50 mg (10)
mais caro que IÍ
Caps SR: 50 e 100 mg (10)
codeina oral.
G ota:100mg/ml(2.5 mgtg1))101
Amp (2ml): 100 mg (6)

Cloridrato de Tramado/ Scl.oral (goats): 100 mg/1 ml (40 gotastml) Mepha. Natura PluS

G
CETORA
Mod'"""!••• Cáps. gelatinosa: 50 mg
Genérico Amp (1ml): 50 mg

Toragesic s.gmaPhanne
(1o-1001 Hexal
EurolafTJ1a. Mepha. Unlào OIJ omica
Comprimido revestido (retard): 100 mg EM s

~:IM: 1 mglkg/dose única


Amp (2ml]: 100 mg Eurolarma

Ulcera e hemorragia gástrica e


Compr Sublingual.: 10 mg (1 0) EV: 0.5.mg/kg/dose única • . melena, dispepsia, náusea,
LAGO DE Amp (1 ml):10 e 30 mg RS 4 ,00 8 6_00 ~- IM. 60 mg/dose ou EV: 30 mg/dose umca vômito, diarréia, constipação
lROMETAMINA Amp (2 ml): 60 mg AS 12.00 ou 15 mg/dose IM· EV cada 6 hs (Max. 60 mg/dia) Tonteira, sonolência, cefaléia
Deocil "'~ V(}: 1o mg/dose cada 6 hs (Max. 40 mg/dla) (17%), eufona, alucinação
• ,...._ ...... • .. Nao usar por ma1s de 4 d1as em arlulto1=;. RPrl11'7 ~ti\firl~rl.o nlanoo.ftt ~,.;!ll
-9-
ANALGÉSICOS PARA ENXAQUECA
,. ·~·.-
"'· Apres. Comercial Dose Efeitos colaterais
ERGOTA- Migrane &sJmaPtwma , Migrai atF AdQieg;entes e adultas: Náusea, vômito, mal estar, dor
Compr: Tartarato de ergotamina 1 mg + AAS Tomar 1 a 2 mg inicialmente abdominal, dor anginóide, poli-
MINA (Tartarata) 300mg +cafeína 100 +homatropina 1,2mg) 1201 e 1 mg a cada hora, máxi- dipsia, sonolência, paresteslas,
ASSOCIAÇÕES Cafergot Novams cáimbras, mialgia, fraqueza nas
ma de 4 na dia. pernas
Drágea: ergotamina 1 mg + cafeína: 100 mg INALATÓRIA: O uso em excesso pode provo-
Vasoconstrltor por 0,36 a 0,45 mgldose
bloqueio alfa e anta- Ormigrein Otganon car claudicação intermitente, pa-
gonista da serotonlna Compr: Tartarato de ergotamina 1 mg + para- resteslas, cáimbras até necrose
cetamol 220 mg + cafe ína 1OOmg + atropina de extremidades (ergotismo)
12,51'9 + hioscinamina 87,5 mg) (10] Formigamento nas extremidades
ou qualquer s inal de lsquemia:
~:
ERGOTA- Gynergene - - interromper imediatamente
1 mg sublingual ou oral, repetido Não usar ergotamina nas enxa·
Amp. (1ml): 0,5 mg de ergotamtna
MINA Dihydergot Novarus a cada 30 minutos até 3 doses quecas complexas (raras) asso-
(D ihidraergatamina Spray nasal: amp. 1 ml = 4 mg + pulverizador (pura ou associada à cafeína). ciadas a hemiparesia, oltalmo-
Dose máxima de 6 mg por crise plegia, diplopia. perda de consci-
e a ss ociaç ões) Cefalium AchtJ e 10 mg por semana ência e síndrome da arténa basi-
Compr. «:'llhklroergotamina 1 mg +paracetamol450 mg &IQLQ~centes !! ªdultQ§:
Vasoconstritor por +eafe(na 75 mg + metocloprarmida 10 mg 1121
lar. Não usar durante a aura.
VO ou RET AL: 2 mg/dose Cefaléia de rebole é freqüente.
bloqueio alfa e anta- Cefaliv AcM EV, IM, SL ou NASAL:
~onista da serotonina. Compr. dlihidroergotamtna {1 )+diptfona+ca.felna ~: Evitar assoc iação
1121 0,25 A 1 mgldose com eritromicina e anticoagulan-
mais eficaz e veloz Migraliv Si9maP"'""" Cefaléia intratável : 0.5 mg, IV. tes orais.
e tem menos efeitos Repetir em uma hora, e depois, 1 Contra indicapão: Gravidez. lac-
Compr: diihldroergotamlna 1 mg + dipirona 350 mg-.
colaterais do que o cafe(na 100 mg + metodopramUda 10 mg (12] mg de 818 horas por 2 a 3 dias.
tartarato de ergotami- tação, vascutopatias penféncas,
na
Parcel -.n~s Compr: diihidroergotamlna 1mg + Associar anti-emético EV. úlcera pépt1ca, hlpertens3o não
paracetamol 450 mg + cafeína 40 mg (20) Preço aproximado: R$ 0,60 por controlada, coronanopallas. insu-
Tonopan - compr. com 1 mg de dtihidroer- ficiência hepática ou renal, des-
Drágeas· diihk:lroergotamina 0.5 mg + propifenazona gotamina nutrição, infecção não controla-
125mg + calelna 40mg 116] da, doenças febns
-
Neosaldina Abbon, Cefaldina tMA, ~: 6 a 16 mglkg/dose x 4 Depressão medular pela dipirona
ISOMETEP- (cerca de 1 gotall<gldose) Anafilaxia
Dorsedin EM5 ,Migranette 5 lfl'"""""""", 8!!Y!!Q§: 1 a 2 drágeas ou 20 a
TENO Sedalgina Tewo
Çontra ingi~!i!'"ªQ: c rise hiperten-
Vasoconstrltor 40 gotas/dose x 4 síva, d1scrasias sanguíneas
Drágea: 30 mg+dipirona 300 + cafeina 30 Preço aproximado:
Sol.oral (gotas) : lsomepteno 50 mg+dipirona AS 0,40-(),60 por dn)gea
300 mg + cafeína 30 mg /1 ml (30 gotas I ml)
Neomigran Hexat, Doralgina NeoOulm
Drágea.: 30 mg + dipirona+cafeína. [20]

METISER- Deserila ,.,.,..,.. ~: Não indicada Mais comum: Vômitos


Drágea:: 1 mg 8!!Y!!Q§: 1-2 mg no 1° dia, 2-4 Fibrosa tecidual, parestesia, ata-
1251
GIDA mg no 2° dia e 2-6 mg nos sub- xia, insônia, euforia, dist. de sono
Profilaxia. Preço apro1umado: R$ t,10 por drágea seqüentes. Apenas por 1 mês de te de comportamento.
Não age na crise. cada vez. ÇQntra indtcação: Gravidez, lac-
lnfcio de ação: 1 a 2 dias tação, cardiopatia. nefro/hepat

NARATRIP- Naramig or.xos""rhKiine &MIQ: 1 comprimido por dose Dor torácica, sen sação de o-
Compr:: 2 ,5 mg (4] que pode ser repetida uma vez pressão no peito ou na garganta,
TANO após 4 hora se a crise persiste. parestesia. formigamento, hipo-
Enxaqueca: na crise Preço aproximado; AS 3 por compnmtdo Máximo: 5 mgldia tensão, hipertensão, arritmia
Çonlra-fndic.: coronariopatia, hl-
pert.ensão desconlr .. 1squem1a

PIZOTIFENO Sandomigran - ·"'- Adultos: 0,5 mg no primeiro dta, Sonolência, sedação, náusea,
aumentando 0 ,5 mgldia até o vertigens, i peso por aumento do
Profilaxia da enxaque- Drágea: 0,5 mg 120)
ca. Não age na crise. máximo de 6 mg/dia + 3 doses apetite, alterações humor.
~: i efeito de sedativos
Preço aprOllmadO; AS 0,90 por drágea Çontra-•nglcação: Glaucoma AF,
obstrução urinária
Maxalt Mo,kShmpDhom• Criancas:dose não estabelecida Náusea, boca seca, parestesla,
RIZATRIP- Ml!IJQ§: 10 mgldose (eventual- dor torácica, tonteira, sono, fadi-
Cáps.: 5 e 10 mg (2]
TANA Discos de dissolução rápida sub-lingual: mente 5 mg é eficaz). Pode ser ga, arritmia, hipertens, angina
Agonis1a serotoninér- 10mg (2] repetida após um Intervalo de 2 Não associar com IMAO
glco potente. Para cri- horas. Máx.: 30 mgldia CQnlrª-•ndicaçãQ: coronariopatia,
se aguda. Alívio em Preço aproxamado R$ 20 por comprimtdo ou disco Usar apenas se tiver certeza do hipertensão não controlada, is-
30 minutos. diagnóstico de enxaqueca quemias

~dose não estabelecida Sensação de calor, formigamen-


SUMATRIP- lmigran GIAxoSimi>Kiino AgQI!!~nte~ !! ag~I!Q§: to, peso, rubor, vertigem, fraque~
Compr. revestido: 50 e 100 mg (2)
TANO Sol.injetável: 6 mg I 0,5 ml (uso subcutâneo) Dose inicial o mais rápido possf- za, fadiga.
Spray nasal de 20 mg em dose única vel: 25mgldose VO ou 6 mgl do- Hipertensão. taquicardia
Tratamento da crise se se ou 20 mg/dose nasal. i transitório de transamlnases
Agonista seletivo de Sumax Ubbs Se não há melhora em 2 horas: Dor transitória local da Injeção
receptor 5 HT 25 a 100 mg por dose oral cada Não associar com ergotaminlcos
Compr. 25 mg 14}
Compr. revestido: 100 mg [21
2 horas, máximo 300 mg por dia e iMAO.
Sol.injetável: 6 mg I 0,5 ml vo: 12 mg se ou 40 mg nasal. QQO!!l!·inºlca~ãQ: coronariopatia,
Preço aproximado~ AS 20 pot compr hipertensão não controlada
Aerosol nasal: 20 mg/dose [2 doses] 100 mg e R$ 35 por dose lnjelá,el
- 10 -

ANALGÉSICOS PARA ENXAQUECA


r~',!~ _.~J~1 Apres. comercial Dose Efeitos colatera is
ZOLMITRIP- Zomig As/noZ.,..,. ~Dose não estabelecida Muito caro. Dor precordial, tontu -
Compr: 2.5 mg Iniciar com 2,5 mg/día. ra. angioedema, sonolência, fra~
121
TANO p/ crise Dose habitual 2,5 ou 5 mg/dia
Preço aprox.mado: RS 15 por compr
queza, complicações cardfacas.

CAFEÍNA Excedrin BrlSloiM)'ersSquobb 1 a 2 comprimidos por dose até


de 616 horas
Tylenol DC Jansene;~ag' Cefadrin Cdarma
Associada Compr. 65 mg + paracetamol 500 mg 120-1OOJ
Pr&QO aproxuMdo· Dorex ea~amense Outras drogas úteis na (lro filaxia da enxªgueca:
AS 0.25-0,40 pOr compr
Compr: 25 mg + paracetamol 500 mg (200] ~-bloqueadores:(atenol ol, metropolol, nadolol, propranolol, tímolol);
Alicura c... -= Bloquead. do cálcio: (cinarlzina, tlunarizina, nifedipíno, verapamil);
Antidepressívos: (amílriplilína, titio).
Compr. 50 mg + AAS 400 mg (4-200]
Aspirina forte ea,.., Fontol M•"" Antiinflamatórios: Acido tolfenâmico (Ciotan '"), ibuprofeno, napro-
Compr: 65 mg + AAS 650 mg (4-1 00] xeno, diclofenaco.
Outros: flupirtina (Katadolan" ): levomepromazina(Neozine A'""·
Dorll DM, Melhorai Adulto SydneyRoss
.,;viminol (Divido! ,.), ácido valpróico, ciproheptadine, pizotifeno e
Compr. 30 mg + AAS 500 mg (4-100]
ciproheptadfna

ANESTÉSICO TÓPICO DE CONTATO


res. comercia l

Medicaina a 5% CnSiá!ia
(j
Pomada com 25 mg de prilocafna e 25
mg de lidocafna por grama Pode-se colocar a pomada com uma es-
5 bisnagas e 5 gramas e cobrir a área com um fi lme plás-
(enrolando a extremidade) ou com
Preço aproximado: curativo Impermeável.
RS 13.00 po< bl"""ga dO 5 g com 2 ades•vos
RS 9.00 1)01 dosco

r
li


r--
- 11-
ANTIÁCIDOS M INERAI S
I'
•Droga Apres . come rcial Dose Efeitos colaterais
HIDRÓ- Ver quadro abaixo Antiácido: Constipaçao, encefalopatia, depleção de
f' Compr: 300-310 mg Crianças: 330 a 1000 mg/dose a cada 3-6 ho- fósforo. Acúmulo de alumínio se há insu-
XIDO DE ras, até de hora em hora. ficiência renal. Hipofosfatemia em caso
~: 600 a 3000 mgldose x 5 a 6 de dieta pobre em fósforo
At,_UMÍO
r Sangramento Gl :
Criancas: 330-1000 mg/dose
Prematuros: 50 mg/kg/ dose cada 1·2 horas.
Interações: Altera a absorção oral de di·
goxina, indometacina, ferro, anticolinêr-
gico, barbitúrico, quinina, quinidina, war-
Hiperfosfatemia: 50-150 mg/kg/dia + 4-6 farina, tetraciclina, vitaminas...
{'
HIDRÓ- Leite de Magnésia Crianças: Antiácido: 2,5·5 ml/dose x 4 Efeito laxativo. Acúm ulo de magnésio se
Solução padrão ; 400 mg/ml Laxante: há insuficiência renal.
XIDO DE Ver quadro abaixo < 2 anos: 0,5 mVkg/dose da ~ Allera a absorção oral de vá-
(' ~: 5 a 15 ml/dia soluç5ode rias drogas como digoxina, indometaci-
MAG- 6-11 anos: 15 a 30 ml/dia 400mg!ml na, ferro, anticolinérgicos, barbitúricos,

r--,
NÉSIO > 12 anos e adullo: Antiácido: 5·15 ml!dose x4
Laxante: 30 a 60 ml/dla
quinina, quinidina, warfarína, tetraciclina,
vitaminas e outras.
Nome comercial e Apresentação Hidróxido Hidróxido Carb. Outro mineral Dimeti- Outros Volume
laboratório unidade dose alumínio magnésio cálcio cana
r--
~ Compr 200 mg 200 mg 200mg [10Q-200]
Alca-LuftaJ ""''"'-• Susp. 5 ml 330mg 200 mg 80mg 1120]
Algedrox ""....,., Compr 200 mg 200 mg 70mg [30]

r Algedrox ""Ma"'
Alkagel ...,"
Susp. 5 ml
Susp. 5 ml
600mg
200mg
300 mg
150mg
70mg
25mg
[240]
1240]
Aludroxil '""'""' Susp. 5 ml 310mg [100·200]
Aludroxil .:xrnvm Compr. 300mg
r Aoacidron H -
Andursil NavattJs
Susp. 5 ml
Susp. gel 5 ml
310mg
200mg 200 mg Carbonato Mg 150 mg Hldrotalclta
[24-450]
[150·200]
1240]
Andursll No../Jm. Compr. Mastig 200mg 200mg 250 mg Hldrotalclta [20]

r Asllone ..,.,..•.,.,.,.,
Asilone :;artt~tJ-b"Yntei8DO
Compr.
Susp. 5 ml
500 mg
420mg 100 mg 1- -
270 mg
135 mg
[12]
[240]
Aziran Ulli~Ut.mn/c.la Susp. 5 ml 310mg [150]
Droxaine U4UOI: OIIVe:rn
,..--,. Ductogel """"
Susp. 5 ml
Compr.
300mg
300 mg
100 mg Oxetaca ina 10mg [240]
[24]
Espasmacid - Compr. 184mg 116 mg 25mg [30]
Espasmacid - · Susp. 5 ml 200mg 72 mg 25 mg [250]
r Estomagel N""'"""""' Compr 200mg 200mg 20 mg [30]
Estomai el ~"""";,""" Susp. 5 ml 200 mg 150 mg [150]
Fluagel "·"" Susp. 5 ml 330mg [240]
,..-..,. Gastran JON'ISOnJOMson Compr. Mastig 200mg 200 mg 20 mg [20]
Gastran Jont'IScln JOnhson Susp. 5 ml 200mg 200 mg 20mg [150]
Gastri-VY.r ""' Susp. 5 ml 178mg 185mg 232 mg [150]
Gastrox ú'msn',..Mrma Compr. 300mg [2().250]
Gastrox &oenfAhonrta Susp. 5 ml 310mg
f Gaviz UD!doUi.lfrnlca
[100]
Susp. 5 ml 200mg MgC03 - 200 mg [240]
Gaviz - Compr. 160mg Mg~OeSiy200 mg [1 2]
Gelmax NQVMJua Susp. 5 ml 178mg 185mg 238 mg [240]
r--, Gelmax NOVameo Compr. Mastig 178mg 185mg 230 mg [24)
Gelusil M """" 5 ml -gel 650 mg 350 mg 30mg [240]
Kolantyl DMP "'"'"" 5 ml - gel 200mg 150 mg 25 mg [200]
~ Kolantyl ..,....., Compr. 240mg 144mg Mg,00Si3-9omg Metilcelul. [30]
Leite Magnésia W••"'"' Susp. 5 ml 400mg
Maalox Plus A,.,... Compr. 200 mg 200 mg 20m"g [30]
Maalox Plus A....,.. Susp. 5 ml 600mg 300 mg [240]
( Magnésia Bisuradawn Pastilhas 520mg MgC0,-67 mg Sut5c;Bismuto [40]
Mylanta plus ""'" Susp. 5 ml 400mg 400 mg 30mg [240]
Mylanta Qlus "'"" Compr. Mastig 400mg 400mg 30mg [36]
~ Natusgel N""'""' Compr. 225 mg 200 mg 250 mg [30)
Neutran Prot~oru Compr. 225mg 200 mg I10Q-200]
Neutran Proctotu Susp. 5 ml 356 mg 370 mg [20·30)
Neutraforte ""'"'" Susp. 5 ml 400mg 400 mg 30mg [240]
Pepsamar ~""""' •Y 5 ml - gel 308 mg [2401
~..\t)'nlflel. Compr.mastig. 230mg 1- [30-100]
Pepsogel Susp. 5 ml 200mg 150mg 25mg [240]
Pepsogel r..egmr>a
r Peptigel '""'" .
Compr.
Susp. 5 ml
333mg
310mg
160mg 25 mg [20]
[150]
Peptobismol """"""''"',... Susp. 5 ml Salic.bismuto [116]
Siligel ~~ml® Susp. 5 ml 200mg Mg:O, Si:J-400 mg 80 mg [100]
Siligel ""'"..., Compr. 100mg Mg:z04Si~-200 mg 40mg [20]
Siludrox tumhllma Susp. 5 ml 200mg 72mg 25mg [240]
Siludrox t:UJ"CCrBm'lc!J Compr. Mastig 184mg 116mg 25 mg [30)
r- Simeoo ~s •"""•""" Susp. 5 ml 600mg 300 mg 35mg [240)
Stongel Compr. 400 mg 400 mg
Hidr de Aluminío ...-.... Comer. 600 ma 300 mg 35ma [30]

,..-.....

,-.....
- 12-

A NTIÁ CIDOS: INIBIDORES H2


res. comercial
VO-IM-IV (mesmas doses): Diarréia, cansaço, tonteira.
Compr: 200 mg [10.20.40-100) Recém-nascidos: psicose, agitação, confusão
Compr. 400 mg e 800 mg (16 e 8 respect) 5-1O mg/kg/dia + 2-3 mental, cefaléia, náusea, vO·
Sol.oral: 200 mg/Sml [1SOJ Lactentes: mito, diarréia leve, mialgia, ra-
Amp. (2ml): 300 mg (6] 1D-20 mg/kg/dia + 2-4 sh cu tâneo, ginecomastia.
Criancas: bradicardia, hipotensão, arrit-
Cintidina Groor>l'llarrna 20-40 mg/kg/dia + 4 mia, trombocitopenia, neutro·
Compr. 200 e 400 mg penia, leucopenia, agranuloci-
Amp. (2ml): 300 mg tose, aplasia medular, hepati-
Cimetin Cnslá,., , Duomet uniãoowm~a~, Tratamento da úlcera péptica: te, aumento de transamina-
200 a 400 mg/dose x 4 ses, nefrite intersticlal, aumen-
Stomakon Biolab Ulcimet Fsnnasa por até 8 semanas to de creatinina, febre, pan-
Ulgastrin Cibmn ' ' Profilaxia da úlcera duodenal: ' distúrbios da fala,
Compr. 200 mg 400 a 800 mg ao danar convulsão, broncoespasmo.
Amp. (2ml): 300 mg Estados hlpersecretórios:
C imeti I onfalxa Ulcedine SanoliSynli>Mabo 300 a 600 mg/dose x 4
EV: bolo inicial de 150 mg segui-
Ulcinax ,.,Q,,...,., Ulcerase ....,..101 ' de Infusão contfnua de 1 a 4 Múltiplas interações medica-
Compr: 200 e 400 mg [10a 100 ] mg/kg/hora ajustada para manter mentosas por inibição de en·
Cimetidan CJmed Clmetina Funed PH gástrico acima de 5, o que zimas hepáticas, induzindo

Climatidine 0"~. Cimetival S..:va~,


significar uma infusão de aumento do nível sérico de
60 a 600 mg/hora no adulto. outras drogas.
Pristonal Cilatmo Stomet Fa,.,_'"*"'
Ulcumex ca.......:...
, ' Para lnlusllo EV diluir para 15
mg/ml em SGI ou SF e Infundir
Compr. 200 mg [20 a 100 1 em 15 minu1os (inlusllo muito rá-
Stomet Fatmoqulmlca, Ulcerase Heralds, pida pode causar hlpotensão e
arritmia). tnjeçAo IM 6 dolorosa.
Sol.oral: 200 mg/5ml [120·150]
Proteger contra luz.
Cimex 9aldacci : Compr.retard: 300 mg (24) Não associar por via oral j unto
com antiácidos
C/oridrato de Clmetidina
Amp. (2ml): 300 mg (6) EM s Touto Preços aprounadoa:
Compr 200 mg RS 0.50-0.86
Clmetidlna Ampde300mg. RS 1.10-1.50
Abbon. Hoxal
NeoOulmlco. Touto

FAMOTI- ~: Semelhantes ao da clmetldina


Ulcera: 0,5 mg/kg/dia em dose mas causa menos ginecomas-
DINA única ao deitar ou + 2 doses. Re- tia e Impotência.
lnibidorH2 fluxo: 1,O mg/kg/dia + 2 apro>umados'
~: 20·40 mg/dia X 1 20 mg RS 0.75-0.89

NIZATI- ~: 6 a 1O mg/kg/dia +2 Ver clmetidina. Menos gine·


[10-20] ~: 300 mg/dla x 1(ao del- comastia e impotência. Taq. lí
DINA ou 150 mg/dose x 2 ventricular, rinite, sinusite, ur-
aprox. Comp150 mg: RS 1.80 ticária
Diarréia, cansaço, cefaléia, lí
Compr: 150 mg 11 o-201 rash cutâneo, eritema multi-
Compr: 300 mg (8-15-20-321 forme, constipação, náusea,
Compr. eferv: 150 e 300 mg [10) vOmito, dor abdominal, mal
Compr: 400 mg (16) tar, fonteira, sedação, insônia,
Xarope: 75 mg/5 ml 11201 confusão mental, alucinações.
Amp.(2ml): 50 mg ansiedade, taquicardia ou
bradicardia, artralgia, hepato- /Í
Antidin 7 - , Label Asle, toxidade, ginocomastia, pan-
logat lbbs, Zylium Farmasa, creatite (rara), trornbocitope-
Compr. 150 mg e 300 mg nia, anemia aplásica (rara),
Amp.(2ml e 5 ml): 50 mg neutropenia, leucopenla, au·
Antagon AI>YUS, Neosac NeoClulm.ca , mento de creatlnina
r_ios. Profilaxia da Radan Ma<ían, Ranidina Bunker,
ulcera de estresse: Ranidin ur~oOulmlca, Raniclor ara""", inlus!J.o EV use diluição de
Ma1s potente e ma1s • . E.M s . . SanvaJ
tolerado que a Ramt1l , Ramt1on , 2,5 mglml em ABD,
SF e mlundlf em 5 minu·
Ulcoren Medey, Zadine uct-Famoa mais (injBÇao rápida pode
Compr. 150 mg Compr: 300 mg bradicardia).
Label Asle, Radan MarJan
Liquido: 75 mg/5 ml [120) Ex1ge correçao na Insufle. renal
Preços aproximados; Compr. 150 mg; AS 0,66 - 1.60
Ampola de 50 mg: AS 1.60

Cloridrato de Ranitidina
Amp. (2ml): 50 E.M.S , Eurofarma. Hypofarma. Teulo. União Oufrroca
- 13 -
ANTIÁCIDOS : INIBIDORES DE BOMBA PROTÔNICA
~r,OfW,
p.-.;...;.;..........,:o..;...;_-'-+- - Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ESOME- Nexium Ast..z.noca Adultos: Cefaléia. astenia, febre, artratgia, náu-
Es ofagite de reflux o: sea, vômito, dor abdominal, diarréia,
PRAZO L Compr. 20-40 mg 17·14]
40 mg/ dose x 1 I 4 semanas constipação, rash, urticária, broncoes·
lnibidor de bomba Pr9QOS aproxunados: Compt 20 mg. RS 4.20 Pro filaxia e Heticobacter : pasmo, tosse, sonolência, hiperten-
protõnica 20 mg/ dose x 1 são, taquicardia

LANZO- Ogastro Abbott, Alkazoi Legll!nd, ~= Diarréia, xerostomia, constipação, dor


Lanz SJgmaPnsrma, < 10 Kg: 7,5 mg/dose x 1 abdominal, descoloração das fezes,
PRAZOL 10-30 Kg: 15 mg/dose x 1·2 náusea, anorexia ou excesso de apeti-
Cáps.: 15 mg 114/15) Adultos e> 30 Kq: te, melena, colelitíase, dispepsia, des-
lnibidor de bomba Cáps.: 30 mq 171141151281 15 a 30 mg/ dose x 1- 2 antes coloração das fezes. cefaléia, insônia,
protõnica Anzoprol UCI-Fanna , Lanzol Ache' das refeições. tontura, fadiga, rash, prurido, anemia,
Lanzohexal Hoxe~, Prazol .,_ Tempo máximo: 2 semanas leucopenia, eosinofilia, hipotensão ou
Cáps.: 30 mg • para úlcera duodenal e 8 se- hipertensão, palpitação, aumento de
17 141 manas para úlcera gástrica e TGO/P.
Lanzoprazol esofagite. QQrura-jndicaçáo: ínsufiC. hepátiCa.

G Mtdicamento
Genérico
Caps.gelatinosa de lfber. lenta: 15 e 30 mg
EMS. Naturo, SigmaPharma
Caps.gelatinosa dura: 15 e 30 mg
Preços aprmomados:
C.ps 15 mg: A$ 1.05-1,70
30
Medley--+CáDs--·-_mg_·A_s_,_.n_-3_.1_o_ __ -i-- - - - -- - -- -- -
OMEPRA- Losec AstraZoneca ' Victrix Fannasa ~: iniciar com 0,7 mg/ Náusea, diarréia , cólicas abdominais,
Cáps.: 10 mg 114·28) I Cáps.: 20 mg (7·141 kg/dia + 1-2 (peta manhã, se constipação,
ZOL Cáps.: 40 mg (71 dose única). Parestesia, cefaléia, tontura, fraqueza,
Fr. Amp.: 40 mg Dose simplificada para boca seca, sonolência, insônia, ansie·
lnibidor de bomba Gastrium - , Klispel Lozap Aliw•, maiores de 2 anos: da de
protõnica. São mais F ~: 10mg/dla + 1 Exantema, rash , leucopenia. neutro-
eficazes(> fndice ..._.moca,
Omeprazin EM.s , Orne- ~: 20 mg/dia + 1 penla. trombocitopenia, anemia, leu-
de cura e cura mais protec Hexal , Peprazol l.l>Oo' Es ofagite de refluxo: iniciar cocitose,
rápida) para úlceras Cáps.: 10 - 20- 40 mg (7·1H8J com 1 ou 2 mg/kg/dia mas a Taquicardia, bradicardia, palpitação,
dose varia muito individual· Pele seca, hipoglicemia,
gástrica e duodenal Bioprazol IGnge• Estomepe Buoker
e esotag1tes que os cttarma ' L , mente e pode chegar a 3,3 Hepatite, aumento de tra nsaminases,
1nibidores H2. Eupept , Losaprol "~"", mg/kg/dia ou mais. icterlcia.
Loprazol Tovro, Omep ucworma ' Pro f ilaxia de úlcera e es- Hematúria, piúria, proteinúria,
tresse: 1,5-2.0 mg/kg/dia + 3 Tosse, dor na faringe, epistaxe,
Omepramed C•m* , Omeprazime"'s, Tremores musculares, artralgia, pa-
e ajustar para PH gástrico> 5
Pepsicaps Hortz, Prazonil Sanv•1, ~: restesia, dor nas costas, dor torácica
Uicevit v.,.,.,
Ulcozol "'""'!lagó 20 mg/ dia pela manhã Contra-tndiçação: rnsufic. hepatica

Uniprazol ~mies Dose máxima: 60 mg/dia


ICáps.: 10 mg e 20 mg
'
(7-14-28)
Tempo máximo: 2 semanas
para úlcera duodenal e 8 se-
P<eço& a~
C.ipS 1Omg. AS 0.95-4,60
mo
c:.tps. 20 AS 2.1G-S.Ail
Gaspiren - , Oprazon A"""" manas para úlcera gástrica e Amp 40mg: AS21.ll0- 44.00
Cáps.: 20 mg [14] esofagite grave.
Fr. Amp.: 40 mg Cápsulas devem ser engolidas inteiras e antes das refeições. Para
Gastrocimet Brastenlplca administrar por sonda nasogástrica, abrir a cápsula, esmagar os grã-
Cáps.: 20 mg 17-14-28] nulos e misturar em água com uma pitada de bicarbonato.

Losar BlochlmJco Fr. Amp.: 40 mg

Omeprazol Fr. amp.: 40 mg Crisláila, Eurofarma


Caps.gelatinosa: 10, 20, 40 mg lloosK>teuca. EMS.ubbs. Medley. Nature·s
Caps.gelatinosa: 20 Cinfa. Mepha. TeUio

PANTO- Pantozol Mana, Pantocal """""""", Crianças: Diarréia. dor ábdominal, náusea, hali-
Compr: 20 e 40 mg rr- 14-28] ~: 0,5-1,0 mg/kg/dose tose, glossile, xerostomia, flatulência,
PRAZOL Fr.amp.: 40 mg &U!!l!1li: anorexia, disfagia
lntbidor de bomba 40 mg/ dia peta manhã Cefaléia, tontura,
protõnica. Ziprol - , Zurcal -·"' Dose máxima: BO mg/dia + 2 Prurido, exantema, edema, febre
Compr: 20 e 40 mg rr- 14..281 Tempo máximo: 2 semanas Distúrbios visuais. Potaciúria
para úlcera duodenal e 8 se- Dor torácica, taquicardia, palpitação,
Noprop Farmasa' Pantrat Ciranna' manas para úlcera gástrica e hlpotensão ou hipertensão,
Pantonax MedOurm"", Peptovit v""~'"" esofagite. Leucopenia, trombocitop., anemia
E V: diluir para 1O m/ com SF e PlliÇOS aptOidmados;
Compr: 40 mg (7-14-28]
rediluir para 0,4 a 0,8 mgl ml e ~- 20 mg- AS 1.40-3.20
infundirem 15 minutos ~.cO~~2.~~.20
c__c;.=-=-==~----

G Mtdi<aonento
Genérico
Pantoprazol

Pariet .Janss<>nCJiag
Fr. amp.: 40 mg Eurofarma
Compr. revestido: 20, 40 mg

~:
Mana. EMS. Medley. Nature·s
Astenia. vertigem, neuralgia. convul-
RABE- Úlcera: 20 a 40 mg/ dia +1 são, alteração de libido
Compr: 10mg [14]
PRAZOL Compr: 20 mg (7-14-28) Refluxo: 10 a 20 mg/ dia +1 Febre, alergia, fotosenslbiliz., albumi-
lnibidor de bomba Dose máxima:100 mg/dia +2 núria, dislipidemia,i transaminases
protõnica Tempo: 2 semanas para úlce- Dor torácica, hipertensão, Infarto, alte-
ra duodenal e B semanas para rações no ECG (BAV, i QT, taquicar-
úlcera gástrica e esofagite. dia). angina,
Preços aprox mados Dor abdominal, diarréia, vômito, mele-
Compr tomg A$2,70 na, anorexia, colelitíase, glossite. es-
~ 20mg A$5.10 tomatite, esofagite,
-1 4-

ANTIARRÍTM ICOS
•Droga Apres. co mercia l Dose Efeitos colaterais
ADENOSINA Adenocard l.ib/1$ Primeira dose: Vermelhidão, rubor facial, disp·
néia, hiperventilação e dor torá-
Amp (2ml): 6 mg/2 ml 12-50) O,1 mg/kg em bolo muito rápido e
seguido de um llush com 3· 5 ml de SF (5·1O ml s e cica transitórios, broncoespas-
Pentose biológica de cateter periférico). mo, apnéla, torpor, bradlcardia
meia vidà ultra curta Em caso de falha, repetir imediatamente uma vez fugaz, formigamentos (somem
(9 segundos), primeira com dose dobrada. em t ou 2 minutos).
escolha na cardiover- Máximo de 6 mg/ dose em crianças e t 2 mg/dose Após a cardioversão pode ocor-
sã.o de TSVP em pa- em adultos. rer um curto período de bradi·
ciente estável ou no cardia e ectopia ventricular ou
Instável quando a car- assistolla.
A droga não é usada para tratamento de
dioversão não esta Pode ser ineficaz se o paciente
manutenção ou profilaxia, apenas para con· está recebendo aminolilina
disponível, ou mesmo
versão da crise Contra-lndLc;_~: BAV de 2° e 3°
antes desta, se devido
a WPW. Eficaz em grau sem marca-passo. Pacten-
70% dos casos. tes usando carbamazeplna ou
dipindamol. Asma grave í
.._ ~~ Seqüéncia da administração: instalar um sistema com dois tree-ways em série bem junto à entrada do cateter ou
~" "'-- outra forma de acesso (preferir, sempre que possível, um acesso central ou o mais próximo do coração posslvel).
~ .nos~ Adapte a seringa com a dose calculada de adenosina ao tree-way mais próximo à veia e uma seringa com 3 a 10 fi
_ . m/ de soro fisiológico na entrada seguinte. Feche o c/ampe do equipo para ev#ar refluxo da droga na direçAo con-
trária. Abra o sk;tema de tree-way direcionando o fluxo de ambas as seringas para o acesso venoso. Injete a ade-
nosina o mais rápido posslvet e, imediatamete a seguir, injete o soro fisiológico, empurrando a adenosina cateter e
"""' ___...,. veia acima. Mantenha o ECG ligado com gravação em papel, para registrar a card10versão. Se não há resposta
...._ ~ com a primeira dose, repffa com a dose dobrada (0,2 mgllcg) cerca de 2 minutos depois.
ADRENALINA ver página 136
AMIODA- A tlansil s.oo~Synthólabo Fibrilaçào ou taquicard ia ventricular sem p ulso Hipotensão por vasodilatação
Compr: 100 mg refratárias a duas tentativas de defibrilação:
(20) (1 0-20% no uso EV), inotropismo
RONA Compr: 200 mg 5 mglkg EV em bolo rápido antes da próxima tenta-
(20) negativo (leve e incomum por
Antiarrltmlco Amp. (3 ml): 150 mg tiva de defibrilação. A dose de 5 mglkg pode ser VO), ICC, bradicardia e BAV,
Classe 111: repetido até completar 15 ou 20 mg/kg/dia. fraqueza muscular, tonteira. pa-
prolonga potencial de Anco ron Libbs VO: tO a 20 mg/kg /dia ou 400·600 mg/ 1,73m 2/dia restesla, incoordenação, foto-
ação e perfodo refra - Compr: 100 mg 1201 por 7 a tO dias + 1-2 doses e depois baixar a dose sensiblliz.(filtro solar), anorexia,
tário. Compr: 200 mg 1201 P.ara a dose de manutenção. náusea, vômitos, constipação.
Profilaxia e tratamento Gotas 1 ml = 200 mg 1301 E melhor Iniciar a droga com o paciente internado. i OT, pode induzir torsldes de
de arritmias ventricula- Amp.(3 ml): 150 mg ~: ataque de 800 a 1600 mg/dia por 1 a 3 pointes. Não associar com pro·
res graves (FV recidi- A , Baldaeo semanas cainamida (mesmo efeito no QT)
vante, TV) TSVP, m1obal , Manutenção : Hioo ou hipertlreoidismo (monito·
TSVP associada a Am ioron Geo<ao VO: 5-10 mg/kg/dia ~ 1 ou rizar), fi brosa pulmonar (rara e li
WPW e resistentes a Cardico T:.,,. 200-400 mg/1 ,73m2/dia (no 1° dia: dobrar a dose). em adultos), depôsitos cornea-
drogas menos tóxtcas. ron Depois que a arritmia for controlada pode-se tentar nos assintomáticos levando a
Compr: 100 mg 1301 reduzir a dose para 5 dias a cada semana (2 dias I micro-opacidades (fazer exame
Emergência: na fibri- Compr: 200 mg f30J semana sem a droga) ou reduzir a dose diária até a de luz de fenda), disfunção hepâ·
!ação ou taquicardia menor dose eficaz ou mínimo de 2,5 mg/kg/dose tica, pele de cor azulada.
ventrluclar refratária à Amiodex Leg"""' IV: 3-1o mg/kg/dia ~ 1 Checar função hepática e lireoi-
defibrllação ou cardio- Angiodarona Cazr, Efeito pleno após 1O semanas diana a cada 6 meses.
versão. Infusão continua EV: 5·15 mcg/kg/minuto ~:múltiplas (checar)
Cor Mio Hexal,
É o mais potente anti- Nivel sénco: t a 2,5 mg/lttro Aumenta nível sérico da digoxi·
arrítmico como droga Miocor UCI-F.,.. No tratamento longo a meia vida é de t 3 a 52 dias. na: reduzir dose dessa em SO"k.
isolada mas, pela sua Miocoron cnstãlia Adulto: 600·800 mg/dia por t mês e depois: 400- ~tca~ BAV 11 ou 111
toxicidade, não deve Miodarid NeoOvlmica, ' 600 mg/dia ou distúrbio de condução trifasci·
ser considerada droga EV: preferir fazer em bolo direto, lento (5 minutos), cular em pacientes sem marca
1
de 1 escolha
Compr: 200 mg 1201 e evitar correr em equipo (libera substãncia poten- passo OT longo, choque cardto·
cialmente tóxica em contato com plásticos) gênico ou htpotensão grave. do·
Preços aptoximados· ença ltreótdiana, dJsfunção seve-
ComP< 100 mg: AS 0.50 Nivel sérico: 0,5·2,5 11g/ml
compr 200 mg: RS 0.70.1.10 O ideal é que apenas especialistas em arritmias ra do nodo s•nusal ou bradrcaróta
prescrevam essa droga. slnusal.

Cloridrato de Amiodarona Compr: 200 mg (SOJ Bioslntébea


/i

ATENOLOL Ver página 81 em Antihipertensivos.

Ver página 136 em Emergências e Parada Cardiorespiratória. fi


ATROPINA
Só importado ~.võmito,~(S0-
BRETILIO Fibrilação Taq uicardia v e nt r icu-
75%), vertigem, síncope, hípe·
Frasco de 1O ml com 50 refr atár ia , sobre- lar e na manutenção
Classe 111 útil na fibri· mg/ml ou em seringas pré- remia (flush), rash, bradicardia,
tudo por hipoter- após fib rilação:
tação ventricular e ta- preparadas diarréia, dor abdominal, confu-
mia: 5 m~g EV em 5 a 1O mg/kg/dose x 4 são, letargia, ansiedade, disp-
quicardia ventricular
bolo seguido de defi· Dose máxima: 30 néia, sudorese, congestão nasal,
resistente a desfibrila·
brifação. Se persiste mg/kg conjuntivlte, disfunção renal.
ção, lidocalna e adre-
fazer tO mg/kg cada Expenência rest.•t~ em pe- i senslbilid. ao digital e aminas.
nalina
5·15 minutos até uma diatrta lntoxicaç. simula morte cerebral
dose total de 30·35 Exige ajuste na lnsufiCJen· Contra·tndjcaçào: QT longo e ar-
mg/kg. era renal. ritmia da tntoxicação dtgttàllca
- 15-

ANTIARRÍTMICOS
""""' Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
DISOPIRA- Dicorantil Aventi<Pnarma Manutenção : Náusea, vômito, boca seca, rash,
Compr: 250 mg [16] ~: ~ 10-30 mg/kg + 4 mal estar, cefaléia, nervosismo,
MIDA Amp (10 ml): 100 mg ~ 10·20mg/kg .;.4 psicose, visão borrada, constipa-
Classe IA 4-12 a.: 10-15 mglkg + 4 ção, retenção urinária, diarréia, dor
Supressão e preven· 12-18 a.: 6-15 mglkg + 4 abdominal, hipotensão, ICC (efeito
ção de ESV uni, multif. Dose máxima: 1,2 g/dia . Tomar em jejum lnotrópico negativo significativo),
ou bigeminada. fibrila- ~: 100-150mgx4 OU 200-300 mg X 2 dispnéia, edema, hipotensão, sín-
ção ou flutter atrial, Nível sérico: 2 a 5 11g/ml cope, piora taquiarrilmias, BAV.
1aqu ventricular,TSVP Exige a,uste na insufrctilncia renal QQntrª·tndr~o: BAV, choque
cardiogãnrco, QT prolong ., WPW

DIGO XINA Ver página 132 em Emergências e Parada Cardioresplralórta.

ESMOLOL Ver página 82 em Antihipertensivos.

FENITOÍNA Ver página 64 em Anticonvulsivantes.

Não disponível no Brasil ~: iniciar com 1-3 mglkg dia ou 50 a 150 Piora da arritmia. Piora da ICC.
FLECAI- (Nos EUA: Tambocor) mg/ m /dia + 2-3 (máximo 300 mg/dia) Parada cardíaca irrecuperável.
NAMIDA ~: Bradicardia, BAV, dispnéia, rash,
Classe IC útil no tra- 50 a 400 mg/24hs .;. 2 leucopenia, febre, distúrbios visu-
lamento de taquicar- Nfvel sérico:200-1000ftg/ml ais, disfunção hepática
dia ventricular. fibrila- Contra-rndrcação: miocárdite recen-
ção ventricular, TSVP te, BAV, ICC grave

ISOPROTE- Não disponível no Brasil Em ergência: 0,05-0, 111g/kg/minuto Taqurcardia, hipotensão, hiperemia,
(Nos EUA: lsuprel) Manutenção: ansiedade, náusea, vômito. Risco
RENOL Solução com 1 mg de isoproterenol em 500 ml de arritmias graves.
Agonista p adrenérglco pu- de SGI (21'g/ml) e infundir a 0,05 a 2 Não usar em pacienles com h iper-
ro, potente lnotróplco e ftg/kg/minuto . Começar com a dose menor e titu- tensão ou falência cardiaca grave
cronotrópico. Bradkardla lando de acordo com a resposta a cada 1o minu- ou parada cardíaca.
do coração denervado e Comra-lnd•~o . amtmra ventricu-
BAV e na Torside de Poln- tos
tes refratárl8 ~: 2 a 20 11g/minuto lar prévta, BAV p1 intoxrc. drgrtálica

LIDOCAÍNA Xylocaína .-.z.nec. Emergência: 1 mglkg EV, intraóssea Dose alta: Agitação, convulsões
Xilestesin cnst.átia Pode repetir a cada 5 minutos até o máximo de 3 parciais, perda da consciência, tre-
doses ou até obter o resultado desejado. mores, disartria, alteração do esta-
Anestésico local Hypocaina Hyporarma (Ver folha de parada na página 230) do de consciência, nistagmo, dlplo-
Antiarritmico classe IB ENDOTRAOUEAL: Usar dose dobrada. pia, visão borrada, bradlcardia, hi-
Droga de escolha no Lidoc abbott Abbolt
Diluir p/20 mg/ m/ c/ SF para bolo EV. potensão. Náusea, vômitos,
tratamento da taqul- Lidocaína"-" Manutenção : 1 - 2 mglkg/hora ou Usar doses baixas na insufle. hepá-
cardia ventricular, fibri- Fr.(20 ml): 10 mg/ml (1% ) tica e choque.
20 a 50 11g lkg/min (diluir 120 mg em 100 ml de
lação ventricular (as- Fr.(20 ml): 20 mg/ml (2%) Doses muito alias: Depressão mio-
SGI e correr de 1 a 2,5 microgotas/kg/minuto)
sociada à cardlover-
são elétrica) e extra Hypocaína ~única. Diluir para 20 mg/ml com SF para bolo EV. Não cárdica, choque, depressão respira-
Infundir (EV) junto com ampicilina, anfotericina. tórta, BAV, assitolia
sístoles ventriculares Lidocaína FURP CUidado para não usar preparações
bicatb, diazepam, epinefrina, fenltofna
sintomáticas lidoston Arlston Epileps ia refratária: Bolo de 1-2 mglkg e infu- com adrenalina por vra EV.
Fr(20 ml): 20 mg/ml (2%) são de 2· 4 mg/kg/hora ou 0,02 mg/kg/min Nfvel sérico: 1,5 a 5,0 JJg/ml
·-Cloridrsto de Lidocsíns N fvel lóxico: > de 6 ,0 11g/ml

Gr:~
QQnlra-tndic.: BAV s/marca-passo
Frasco(20 ml): 20 mg/ml (2%) Abbon. Hopolabor. Hypotarma

~:
MEXILETINA Mexitil -.mvo< 1.5 a 5 mg/kg/dose x 3
Náusea, vômito, diarréia, pirose,
mal estar, rash , tremor, tontura, a-
Cáps: 100 mg [20]
Antiarritmico classe IB Cáps: 200 mg [3llj MW!Q: 200-300 mg x 3 taxla, confusão, incoordenação, vi-
Profilaxia e tratamento com alimentos ou antiácidos. Máximo: são borrada, hepalile, bradicard ia,
das arrrtmias ventricu· 1200mg/dia. flbrilação atrial, taqularritmlas ven-
lares, ESV e taquicar- Ajuste de dose deve ser feito a cada 3 dias. triculares (até torsades de pointes).
dia ventricular Preços umfárkJs aproxtmados: Contra-md,cação: BAV. choque
Cãps 100 mg RS 0,70 N fvel sérico: 0,75-2,0 11g/ml
Cãps200mg R$0,60 cardiogênrco. bradicard•as

Náusea, vômito. anorexia, diarréia,


PROCAINA- Procamlde z..- Emergência:
~: Ataque de 15 mglkg EV para correr urticária, prurido, febre medlcamen-
Compr: 300 mg [201
MIDA Amp (Sml): 500 mg [31 em 30 minutos sob vigilância da PA e ECG. In- tosa, confusão, desorientação. a-
Antiarritmico classe 1- terromper se a arritmia cede ou ocorre hipoten· granulocitose, trombocllopenia,
A de efeitos seme- são ou alargue o QRS (> 50% do que estava). sfndrome lupus-like, hipotensão,
lhantes à quinidina,
M.!.!!l2: EV: 50-100 mg/dose (inf. lenta), repetir a taquicardia, depressão miocárdica,
melhor para uso pa- cada 10 minutos até efeito ou J.PA ou TORS. BAV, arritmias vemtriculares, au-
renteraf. Flbr llação v entricular refratária: men to da resposta ventricular à FA,
Extra-sístole ventricu- 30 mg/minuto EV máximo de 17 mglkg. prolongamento do QT e do QRS,
lar, taquicardia ventri- Dose máxima: 2 g/dia EV e 4 g/dla VO. Mülliplas interações medicamenl~
Manutenção: sas. Não usar junto com amiodaro-
cular e TSVP, fibrila-
~: VO: 15-50 mg/kg/dia .;. 4-6 na
ção atrial
Substituta da lidocafna EV: 5-15 mg/kg/dose em 30minutos x 4-6 Nlvel sérico: 4 a 10 jolg/ml
na taquicardia ventri- Manutenção em infusão continua pós cardiover- çontra-rnd1cação: BAV sem marca-
colar se ela falha ou Preços unttános aproximados: são de taq. ventricular: 20 a 80 11g/kg/minuto . 1
Ccmpr300mg R$0,25
passo. OT prolongado prevramente
não pode ser usada. MYUQ: VO: 250-500 mg x 4-8
Amp com 2500 mg. RS 1.3ll EV: manut. 3-4 mg! minuto
-16 -

ANTIARRÍTMICOS
•Drogo Comercial Dose Efeitos colaterais
PROPAFE- Ritmonorm Abb<lrr Crianças: Náusea, vômito, diarréia, constipação,
Compr: 300 mg (20] Emergência: dose de ataque de 1 - 2 mglkg tontura, ataxia, ansiedade, fadiga,
NONA Amp (20 ml): 70 mg (6] em 3 a 5 minutos. Repetir a dose em 90 dispnéia, parestesia, alterações do pa-
Antiarrftmico classe 1- minutos se necessário. ladar, cefaléia, visão borrada, exan-
C com leve efeito ino- Manutenção: 200 mglm2/dia (ou 8 a 1o tema, lipotimia. bradicardia, BAV, blo-
trópico negativo. mglkgl dia) + 2 pode ser aumentada em queios intraventriculares, arritmias
Tratamento de ESV, 100 mglm /dia a cada 3 dias até o máximo ventriculares, piorar TV. piorar ICC
arritmias ventriculares Preços u- aproxwnedos:
de 600 mg 1m 2/dia (ou 20 mglkg/dia). Contra-Jnd•cacão: BAV sem marca-
eTSVP. COmpr 300 mg; RS:!.t() passo, ICC descompensada. choque
Amp com 140Qmg Adultos: Inicia com 150 mgldose e aumenta
Profilaxia de TSVP da R$4 ,60 não causado pl arntmia
até 300 mg x 2-3. Tomar com alimentos ou
Wolf-Parkinson-Whlte antiácidos
PROPRANOLOL Ver página 83 em Antihipertensivos.
~:
OUINIDINA Qu inidine duriles Astraz Oral: nas 3 primeiras doses usa-se 3 a 5
Diarréia, náusea, vômito. dor abdomi-
nal, cefaléia, vertigem, zumbidos, psi-
BISSULFATO
Antiarritmico classe IA Compr. 200 mg (20( mglkgldose a cada 3 horas (doses teste) cose, dellrio, desorientação, anemia
com efeitos antimus- Depois usa-se: 15-60 mglkgldia + 4-6 hemolftica, agranulocitose, púrpura
carínico, deprime au- A forma injetável não é dispo- Dose máxima: 2,4 g/dia não trombocltopênica, urticária. fotos-
tomaticidade, reduz nlvel comercialmente EV: 2-1O mg/kg/dose x 4-8 sensibilização, angioedema, dermall-
velocidade de condu- no Brasil. te, febre, prurido, hipotensão, síncope,
ção, aumenta período Ml!!IQ: choque. BAV, arritmias, fibrilação ven-
refratário. Preços ......... ~. 100 a 600 mgldose x 4 a 6 tricular, prolong. OT/QRS, torsides de
Profilaxia e tratamento RS O 75 "fiS 1.60 ._.,.,..""""" peites
de TV, ESV. flutter a- Nível sénco: 3 a 7 pglm f Contra--inc!tçaçã,Q< BAV na intOXICa-
trial, ESA, tibrilação ção diQi t.aloca impulsos aberrantes
atrial, ritmo juncional, Exige aJuste na lnsuf. renal dev!<!o a escape, defe1tos de condu-
taquicardia ventricular ção &ntraventricular, OT klngo
sem BAV

SOTALOL Sotacor 8
""""M)'e"Sq- Crianças > 2 anos: iniciar com 90 mglm2 Efeito inotrópico e cronotrópico nega-
Compr.120mg (30) /dia + 3 e aumetnar gradualmente a cada 3 tivo , bradicardia, hipotensão, sfncope,
dias até resposta ou l OTe ou bradicardia. dor torácica, palpitação, edema, ladi-
Antiarrltmico classe 111, Compr.160mg [20) Dose habitual: 2 a 8 mg/Kg/dia + 2. Do- ga, tontura, náusea, vômito, diarréia,
eleito ~ Bloqueador se média eficaz: 4,3 mglkgldia rash cutâneo, dispepsia, náusea, vô-
não seletivo (~ 1 - ~). Dose máxima: 80 mgldose. mitos, flatulênc ia, distensão abdomi-
Alguma ação tipo 11. Criancas < 2 anos: usar nomograma de re- nal, cefaléia, febre, hemorragias, tos-
Tratamento de ESV e dução de dose por i dada (bula). se, asma, fraqueza, dor nas cos1as,
taquicardia ventricular. Adultos: inicia-se com 160 mg + 1-2 e ajus- parestesias. Prolonga PR, QT, QTc,
Profilaxia de alguns ta-se a cada 2-3 dias de acordo com a res- BAV. Pode piorar a arritmia para torsi-
tipos de TSVP e libri- posta, para 240 -+ 320 mgldia. Dose mãxi- desde pointes que pode evoluir para
fação atrial. Preços ...:anos ..,.,._, ma: 640 mgldia. Usar a menor dose possí- fibrilação ventricular e morte
Tratamento da angina Compr t20mg AS 0.92-1,<10 vel. Evitar aumentar a dose se o QTc sobe Contra~!Jdgcão: asma ICC grave
Compr1 60mg AS 1.40-2.10 acima de 0,50-0,55 (cuja causa não seja a amtm•a). bra-
Arritmia em coronariopatia: dicardia s.nusal, d . do nó sinusal BAV
VO: 40 a 160 mgldose x 2 de 11 e 111 s/ marca-passo, •ns. renal,
Ex1ge ajuste na msuficrência renal síndrome do OT longo, h•popotasse-
- mia, 1nsuf.renal grave

G~
Cloridrato de Sota/ol
Compr: 120 e 160 mg (30. 20) &os!ntéhca
Compr: 160 mg (20.30] Hexal. Merl<. Rambax•

TOCAINIDA Não disponível no Brasil ~: Náusea, vOmito, diarréia, tonteira,


10 a 30 mg!Kgldia + 2 ou 3 confusão, tremor, ataxia, cefaléia, pa-
restesia, piora arritmias ventric.. palpi-
Antiarritmico classe 18 tação, bradicardia,
Contra·•ndcacão· BAV sem marca-
passo
~:sem referência Bradicardia, hipotensão, arritmia, cela-

TIMOLOL Preparações orais não
~: A rrltmias: inicia com 1O mg x 2 e léia1 rash, náusea, diarréia, asma
Antiarrítmico classe 11 disponíveis no Brasil , só ajusta a até uns 20-40 mgldia. ~~ asma brónqU&ca
(f'l-bloqueador não se- existe m colírios no mer- Arritmia em coronariopatia: ICC desconpensada, bradteard!a.
letivo) cada VO: 10 a 15 mgldose x 2 BAV
Dose máxima: 60 mgldia
Ver pagina 80 em Antlhlpert-:nsivos.
VERAPAMIL
Todo tratamento de arritmias deve ser feito sobre monitorização eletrocardiografica e hemodinâmica continua sob su-
pervisâo médica. Evitar doses altas e associações de d rogas em m iocardiopatias.

r
-17-
ANTIMICROB IANOS
~or:oga Apresent. comercial Dose Sensib./resist. Efeitos colaterais
ÁCIDO Wintomylon SanofiSymhéJaao Crianças: Sensívei s: Alergia, rash, urticária , prurido,
Susp: 250 mg/5 ml 160! ITU: 50 -55 mg/kgldia + 4 E.Coli, Proteus, Kleb- artralgia, náusea e võmitos,
NALIDÍXI- Compr: 500 mg 1561 Tratamento profllãtico siella. Enterobacter, pseudo tumor ce rebral. fotosen-
co Naluril caz~
prolongado: 30 mglkg/dia
+ 2 em caso de tratamento
Shigel/a, Salmonel/a, sibilidade, sonolência ou insônia,
Brucel/a tontura. vertigem, alucinações.
prolongado Resistentes : depressão, cefaléia, febre, miai-
Quimioterápico do Compr: 500 mg [56)
Não usar em < 3 meses. gia, mal estar, convulsão, hepati-
Pseudomonas
grupo quinolona útil te, colestase, eosinofilia, leuco-
nas Infecções do
Ac. Nalidíxico Neo(MmiCd Adullos:
500 a 1000 mgldose x 4 penia, trombocitopenia, hemóli-
trato urinário baixo Compr: 500 mg [56]
ProfiláUco: 500 mg x 4 se, fotosensibilização
e diarréias invasi- Evitar na ;nsufiC. renal Contra-JndicaçiQ: convulsões,
vas menores de 3 meses

ÁCIDO Pl- Pipram Rhoo'• , Sensíveis: Fotosensibilidade


Balurol Baldaa:l, E.Coli, Proteus. Kleb- Alergia Cutânea, náusea. dor e-
PEMÍDICO Adullos: siel/a, Enterobacter. pigástrica.
Quimioterápico do Elofuran EJor"' , 400 mgldose x 2 Shigella. Salmonella,
grupo quinolona Uroxina Fam>alab por 10 dias Brucel/a
usado em infecção Caps: 400 mg [16·201 Resist entes:
urinária de repeti· Pseudomonas
ção em adullos Pipurol zamlx>n
Cáps: 200 mg 120)
Cáps: 400 mg 1201
Xpe: 200 mgl5 ml [120)

AMIGA- Novamin Bnsra/Myar.Squibb Criancas: Sensíveis: Nefrotoxidade: aibuminúria. he-


Amicilon Arislon 15 a 22,5 mg/kgldia + 3 Gram negativos matúria, cilindros granulosos, .J.
C INA IM-IV(correr em 30-60 min.) E.Coli. Pseudomonas, ou i K, ! Na, .J. Mg, .J. Ca.
Aminoglicosídeo Aminocina 8 1"""""'00 Dose Max: 1500 mgldia Proteus, Klebsiella, Ototoxidade: zumbidos, ton teira ,
com menor fndice Bactomicin EMs, Diluir: 6 mg!ml (SF ou SG/) Enterobacler, Serratia, surdez.
de resistência , indi- Amp (2 ml): 100 mg (Pode usar em dose única Salmonela, Shigella, Alergia, rash, angiedema, febre,
cado nas infecções Amp (2 ml): 250 mg diária em pacientes acima Citrobacter i: anafilaxia, prurido, náusea, vômi-
graves por gram Amp (2 ml): 500 mg de 1 ano, estáveis, não i- Enterococâ, Yersinia to, bloqueio neuromuscular. tre-
negativos. munodeprimidos, sem lnsu- enterocoli/ica mores, cefaléia, tonteira, ataxia,
Amicacina Teu/o, ficiência renal ou hepática Eficaz mas não 1ª es- lremores, parestesla. vertigem.
C<lnsidere sempre o Ver: Balley et ali. Clin lnfec Ois
uso de gentamiclna, Amp (2 ml): 100 mg colha para: S aureus e Anemia, netropenia, trombocito-
24:786, 1997) S.epidermidis penia. Disfunção hepática, hepa-
bem maiS ba.rata e de Amp (2 ml): 250 mg
efkacia comparável na Recém-nascidos: pág 500. H.influenzae. tomegalia, esplenomegalla ,
maioria das slluações Adultos: 15 mglkgldia + 2-3 Apesar de eficaz, não Perda de peso, fibrosa pulmonar,
clínicas exceto quando
Amicalin Roytoo, Dose máxima: 1500 mg/dia deve ser usada como hipertensão, artralgia.
a CCIH local Informa Amikin Cibran, Pode ser diluída em SG, droga isolada para Furosemida aumenta toxicidade
um índice> 10% de
gram negativos resís- Aminax c oflorann, SF, Ringer, ABD, bicarbo- gram positivos pois os Indica~ de moni!Qrar níyel sé-
tentes a genlamicfna e Amp. (2ml): 100 mg nato. Correr cada dose EV ~ lactâmicos são mais rico: tratameoos com mais de 5
sensfveis a gentamici- Amp (2 ml): 500 mg em 30 minutos. Não pode eficazes dias, menores de 3 meses, dis-
na. ser mislurada com anfoteri- Resi st entes: função renal, resposta terapêuti-
cina 8 , ampicilina, cefaloti- Anaerôbios ca ruim , peso atípico (edema.
Emisgenta E.M.s. na, ceftriaxona, heparina, obesdiade etc), uso de doses
Algumas cepas de
Amp (2 ml): 80 mg nilrofurantofna, hidantoína.
gram negativos princi- mais altas, uso de ou1Jas d rogas
Amp (2 ml): 160 mg tetraciclina, tiopenta/. palmente Klebsiella, nefrotóxicas, sinais de toxicidade
Amp (2 ml): 280 mg Ajustar na msufictência re- Enterobacter e de Nfvel sérico: dosar no 6" dia e
na/ usando o n{ve/ sérico Pseudomonas depois de 5/5 dias.
Preços aproXimadoS: como referênda. Basal: 5-1 O mcg!ml
AI11P de 1001119: R$ 4,Q0-8,50 Pico: 20-30 mcg!ml
AJnp de 2501119: RS 6.30-14,00
AJnp de 500 nvij: R$ 9,D0-20,DQ Nível persistente > 35 provoca
nefro e ototoxidade

G= Sulfato de Amlcaclna
Amp. (2mt): 100 e 500 mg
Amp. (2m!): 100, 250 e 500 mg
Eurofatma
E.M.S. Teuto
.........
-18-

ANTIMICROBIANOS
Apresent. comercial Dose Sensib./resist. Efeitos colaterais
AMOXI- Crianças < de 20 Kg: Sensíveis: Alergia cutânea, anatilaxia, ra·
Amoxifar z.""""' 25-50 mg/kg/dia .;. 3 Gram positivos sensíveis sh entre o 3° e 14° dia inician·
CILINA M áximo: 100 mg/kg/dia à penicilina sobretudo do no tronco (10"k). dermatite
Amplamox - Pneumococo, estoliativa e Stevens Johnson
Para cálculo rápid o:
Penicillna semi- Hiconcii Bnsto/MyorsSqWbb Streptococcus do grupo náusea, vômito, diarréia, te· '
A dose de 40 mglkg/dia e·
quivale a 1 ml para cada 4 A, bre, collle pseudomembrano·
sintética (amlno- Penvicilin Go-tJa
Susp:125 mg/5 ml [15~. 90.801 kg de peso por dose da Shigella ± (ampicilina é sa
penicilina). Anti- melhor) Anemia, neutropenia, eosinotl·
blótloco mais u- Susp:250 mg/5 ml [150. 90} suspensão de 250mg/5ml.
Gonococo lia, trombocitopenia.
sado em pedia- Susp:500 mg/5 ml [150} S. tiphy Anatllaxia. vasculite
Iria. Cãps: 500 mg [16-21-30} Quando há suspeita de
Algumas cepas de Hae- Exantema maculo-papular em
Primeira escolha Amoxil BD GiuoSmit~>K>rw pneumococo resistente (oti-
mophitus influenzae cerca de 90% dos casos de
na otite ~édia Susp BD: 200 mg/5 ml [1001 te, sinusite, penumonia)
Algumas cepas de E.colí, mononucJeose, cil omegalia ou
ag~da. Ut1l nas Susp Bd: 400 mg/S ml 11001 deve ser usada a dose de
Proteus, Enterococcus nos casos de leucemia linto-
fannglte, sin~stle, Cãps: 875 mg 90 mglkg/dia + 3
1141 faecalís blastica.
pneumonia, 1n- N __ A&M
tecção urinária e ovoc1hn Preparações lrihidratadas
profilaxia da en- Susp: 250 mg/5 ml [1501 ou cobertas por filme (BD):
docardlte bacte- Susp BD: 400 mg/5 ml 11001 mesma dose diária -. 2 Resistentes:
riana Cáps: 500 mg
Compr: 875 mg
[301
[14-201
Estafilococos resistentes
à penicilina (praticamen-
(i
RN e < 3 m eses:
Amoxi-Ped '"' <~ 5 1
20-30 mg/kg/d ia .;. 2
te todos atualmente)
Susp:125, 250 e 500 mg/5 ml
Profilaxia de endocardite:
Klebsiella lí
Pseudomonas
Amoxidil c.tonna, 50 mglkg uma hora antes Enterobacter
do procedimento (máximo:
Amoximed Qmod' 2000mg)
Serra/ia. li
Proteus,
Amoxitan - , Gonorréia: Bactetóides fragil/s
Em maiores de 2 anos usar A maioria das cepas de
Camoxin Klonge<'
50 mglkg + 25 mg/l<g de Salmonela, Shigel/a,
Cibramox C<t>..n probenicide (dose única)
Susp: 125 e 250 m~/5 ml
E.Coli,
Cáps: 500 mg Crianças > d e 20 K g : Pelo menos 1/3 das ce-
Amox-ems E.M 5 , 250-500 m g/dose x 3 pas de Haemophilus in-
1/uenzae são resistentes
Uni Amox lln<lcOu'""" Adultos:
Farmoxil Elo(or '
500 mg/dose x3 Pneumococos resisten-
tes à penicilina e deriva-
Susp: 250 e 500 ,;,g/5 ml Gonorréia: dos no Brasil são 24,9%
Cáps: 500 mg 3000 m g + 1g d e pro- (16,7% de resistência in-
b e nicid em dose única termediária e 8,2% de
Amoflux Botpomo' resistência total)
Amoxibron KJnde• Suspensão oral é estável à í
Amoxina Ho"" ' temperatura ambiente por
Polimoxil L~,;nd 14 dias mas é preferrvel
AJuSte na rrrsuf1cllncl;J nm11l
manter na geladeira.
Neo moxilin ,.'oo.tmlca C1e> J0.30:! rnrorvalo8 ~12h
Preços unitários aproxrmados: Cio < tO'; tmorva/ol-24 h&
Susp: 250 mg/5 ml
Compt 500 mg RS 0,60·2,00
Cáps: 500 mg Susp 125mg RS0.25.0,75/5ml
Susp 250 mg. RS 0.36-1 ,1O15ml
Duzimicin Pratl Oonac~u.,; Susp 500 mg RS 0.55·1.80 / 5ml
Novoxil " - Uso de medicamentos em suspensão:
Amoxicilina F""'
Susp: 250 mg/5 ml
para preparar~ ~~:=~~~~ ~
9
\~Yr--.ç
,-/ ~\ - ) ', é

f
fomec1dodentrodofrascopara
Amoxipen Blochi"""' ser dtlufdo com água. Nesse ca- ~~.
Ariproxina Arl-. so, acrescentar água no vidro até '
, /_ _ d:.~ ~~..:ll_11 I
Licilon 54""'' o nível indtcado pelo fabricante. =~
Cãps: 500 mg
T ampar e agitar bem o vidro. ~/ - --
Completar noyamente com água J ;...- f
Velamox SigmaPM,. até o nlvel indicado. Outras ve- -
Compr: 500 mg [181 zesoliquidoparadlluirvemem
no frasco e o pó em um envelo- ~
--o ~. ~ í
~
Compr. Pylori: 1000 mg [141 1
Compr BD: 875 mg [141 pe. Neste caso basta acrescen- •· - • V(
tar o pó ao liquido do frasco e a·
Compr BD: 1000 mg [121
Susp: 250 mg/5 ml gitar vem. Para administrar usa-
Susp: 500 mg/5 ml se uma medida padrão (forneci-
Fr.amp.(5ml): 1000 mg da pelo fabricante) ou uma se-
ringa plástica.

Amoxicillna
GGenêricOi
Nodkomento.
Susp: 125, 250 e 500 mg/5 ml Apotex, Eurofarma, Modloy
Susp.250 mg/5 ml Abbon, E.M.S. , Na1um's, NeoOulmica, Prau Donaduzz1• Rambaxl, União OulmiCa
Susp:200 e 400 mg/5 ml EMS. Ewotanna
Caps. Gelatinosa dura: 500 mg Abbotl, Apotex. Bralnfamoa Cinta. E.M.S, Eurofanna. Lu r M M
'-------'-----------.'::Na~1ure's, NeoOutmtca, Rambaxi, Sanval. po ' odley, epha,
- 19-
ANTIMICROBIANOS
•Droga Apresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
AMOXI- Clavulin G/JvroSmimKhn• ~: Sensíveis: Alergia cutânea, rash, urti-
Dose oral (calculada pela Principal indicação : cária, náusea, vômito, cefa-
Clav-a ir e.cct1omoco
CILINA + Susp: t 25+3 t ,2mg/5ml (75]
amoxicilina): Haemophilus resistente a léia, mal estar, diarréia (9%:
30-50 mglkg/dia + 3 amoxicilina e Moraxela mais frequente que com
CLAVU- Susp:250+62,5mg/5ml f75) As apresentações BD, BID amoxacilina isolada). colite
Compr.rev.. :SOO+125 mg (12-181 e 2x: dividir em duas doses
LINATO diárias.
Efic az m as não pseudomembranosa. tontu-
Clavulin-IV - primei ra escolha: ra, anemia, tromboeitopeni-
Recém nascidos:
Penicilina semi· Clavicin ~""" Gram positivos inclusive es- a, .
30 mglkg/dia + 2 tafilococus resistentes a Aumento de transam1nases,
sintética + inibi- Amp 1Oml: 500+ 100 mg
Dose por idade: penicilina fosfatase alcalina e bilirru-
dor da!>- Amp 20ml:1000+200 mg 3 m-1 ano: 62,5 mg x 3 binas.
lactamase Todos os anaeróbios inclu-
Clavulin-BD s.-.1111<-.n 1 a5anos: 125mgx3 sive 8 . fragilis
6a 12anos:250mgx3 Rash morbiliforrne em 90%
Não usar como Clavoxil-810 Halle< Adultos: 500 mg x 3 Gonococo resistente (dose dos casos de mononucleo-
primeira escolha
em otites e slnu-
Betaclav-BD - . Dose venosa (calculada pe- única oral) se.
Compr.revestidos.:875+ I 25 mg la amoxicillna): Enterobactérias produtoras Raros: dermatite esfoliativa
sijes em que o 25 mglkg/dla + 3
de ~ lactamase e Stevens Johnson, anafi-
tratamento Inicial Susp:200+28,5mg/5ml [75) Q uando há suspeita de
deve ser com Susp:400+57,0mg/5ml !751 Alternativa em tuberc ulose laxia, doença do soro, vas-
pneumococo resistente (otl- resistente culite
amplcilina ou Clavoxil Hallar te, sinusite, penumonia)
amoxicillna deve ser usada a dose de
Resistentes:
Susp: 250 + 62,5mg/5ml
90 mg/kg/dia + 3 Salmon91a :t
Compr: 500+125 mg
Em pneumonias Shlg911a :t
a eficácia desta Novamox
associação,
•elo• Ad ultos: E.Coli i:
Susp:250+62.5mg/5mll105l 250 a 500 mg/dose x 2-3 ou Klebsiella, Serratia Pro-
mesmb EV, para 500 a 875 mg/dose x 2 teus,
Compr.rev.:500+125mg 1211
estalilococo é in- Sinusite, pneumonia: 8acteróid9s Fragilis
ferior à da oxaci- Novamox 2x AcM
2000 mg/dose x 2 por 7 a
lina Compr.rev.. :875+125 mg 114-411 10 d1as. A associação não é melhor
Susp:400+57,0mg/5ml f75) que a amoxicihna Isolada
Sigma-Ciav BD S,gnal'hanna Para uso venoso d11uir cada para Pseudomonas,
PoliclavumoxiiE...s 500 mg em 50 mt de SF pa- Enterobact er e
ra correr em 30 minutos Serra/la
Susp:250+62,5mg/5ml l75)
mas pode-se lazer em bolo
Susp:400+57,0mg/5ml 175 e 70) A1uste , . rnsvlrc. renal:
na seringa em 5 minutos
Compr.rev.. :500+125 mg (12-18) Clc. 10-30. 75'\. da dose e
sem diluir. Após di/uido u-
Compr.BD.:875+125 mg (12) mtervalo de 12 horas
sar por no máximo 4 horas.
Preços UManos apfO)(Irnado$;
Tende a precipitar em pre· Clc < 10. 75'\o da dose e
Compr 500 mgo RS 3,50-4 40 intervalo de 24 horas
Compr 875 mg RS 3 80-7.20 sença de glicose ou bicar-
Susp 125 mgo R$0,95-1.50 / Sml bonato
Susp250mg RS 1,7Q-2,8015ml
Susp 200 mg RS -2 50 I 5ml
Susp 400 mg RS -4 30 I Sml
Amp SOOmg RS 18.00-24.00
Amp 1000mg RS 24,0Q-40.00

Amoxicilína + C/avulinato de potássio


-
GGenérico
Mtdlumento
Susp. de 125+31 ,2 mg/5ml e susp de 250+62,5mg/5ml E.M.S.. Mopha Aambaxi
Susp: 250 + 62,5mg/5ml Bralnfatma
Susp BD de 200+28,5mg/5ml e Susp BD de 400+57,0mg/5ml Rambaxi
Compr. rev.:500+125mg Brainfarma, E.M S. Mepha. NOVanls, Aamba"
Compr.revestldos (60).:875+125 mg Novanis
Amp 1O ml: 500+ 100 mg e Amp 20mi: 1000+200 mg Merl<

AMOXACI Trifamox IBL .......BagO ~= Sensíveis: Náusea, vômitos. diarréia,


Susp. : 125 +125 mg/5mt [50) Dose calculada pela amo- S. aureus, S a/bis, Streptococcus dispepsia, epigastralgia, a-
LINA + Susp.: 250 +250 mg/5ml (50) xacilina: faecalis, pneumoniae, pyogenes
e v;ridans, C<>rynebacterlum sp.
lergia, rash ,
Compr.rev.: 250+250 mg (6-16) VO: 50 mg/kg/dia da amo-
SULBAC- Compr. rev. : 500+500 mg (81 xacilina • 2-3 Preços Ul"tt.tai'10S aprox.mados
Listeria. E. col/, Citrobader. Aô·
Compr 500 mg; RS 3.20
netobactor. H. ii'IHuenzae. Klebsl-
TAM Fr.amp.(5ml): 500 + 250 mg IV ou EV: 60-75 mglkg/dia e/la, Proleus. 5almonella, S/1/gel-
Compr 1000 mg RS 6 30
Fr.amp.(5ml): 1000 + 500 mg da amoxacilia + 2-3 las, B. peffussi, Brocella, f'J. go-
Susp. 250 mg· RS 2.00I Sn-.
Trifamox IBL Bo - ·Bagó Dose máx.: 150 mglkg/dia notmocao. N. meningltldis, M013· Susp 500 mg: RS 3.401 s.-.
KO/Ia catarrt>alis Amp Jso
mg RS 22,00
Compr. rev.: 875+125 mg[&-16) Resistentes: alguns Amp 1500 mg. RS 42.00
&. -;}8 ~ .JSI~ · 3 '15
Susp.: 1000 +250 mg/Sml aa e, S. auraus, S. pneumon~ae. Pseu-
domoi'uls

AMPICI- Unasyn Pt•m ~: 50-100 mglkg/dia Sensíveis:


da ampicitina + 4 IM ou EV StraptococaJs, Staphytooococ-
Náusea, vômito. diarréia,
exantema. rash, urticária,
Susp.: 125 + 125 mg/5 ml (501
LINA + Compr.rev.: 187+187 mg f10) Infecções graves: cus, Pneumococo
Haemophllus
anafilaxia, colite pseu-
Fr.amp.(5ml): 1000 + 500 mg 100 a 200 mglkg/dia + 4-6 domembranosa, Stevens
SULBAC- Fr.amp.(5ml): 2000 + 1000 mg Bhanhamelfa catarralis
Neisseria Johnson, dor local, flebite,
TAM Sulb&cter ecrlol•= Adultos: Aclnetobacter i transaminases, anemia,
1 a 2 gramas/dose x 4 Proteus. Klet>sio/Ja, Citrobacter, trombocijopenia, leucope-
(Sultamicilina) Fr.amp.(5ml): 1000 + 500 mg Máximo: 8 gramas I dia Morganella, E.coll nia, eosinofilia, candidíase
Fr.amp.(5ml): 2000 + 1000 mg Bacteroldes
Streproc taocalis Proços un1tános aproXImadOS·
Sulbactam sádica + ampicilina sádica Algumas cooas de Pseudomonas Compr 37S mg: AS 7.00
Fr.amp.(5ml): 1000 + 500 mg Eurofarma e Staphylococcus e pneumoco- Susp 250 mg: A$4.20/Sml
cos resistentes
Fr.amp.(5ml): 2000 + 1000 mg Eurofarma
-20-

ANTIM ICROBIANOS
r
~
Apresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colatera is
AMPICI- AmRiaçilina Euro~a.... Via oral: Sensíveis: Alergia culânea, rash ma-
Susp:250 mg/5 ml (60) Crianç;!~ <l!!ll1Q Kg: Gram positivos sensíveis à culopapular, urticária, ana·
LI NA Cáps: 250 mg (12) 50·100 mglkg/dia + 4 penicilina fliaxia, prurido, vômito, diar-
Cáps: 500 mg (12) Crianças > de 20 Kg: Meningococo réia (20%), náusea, glossi·
Compr: 1 000 mg (6) 250·500 mg/dose x 4 Streptococcus te, eosinofil ia, trombocito·
Penicilina semi·
sintética (amino-
Fr.amp.: 500 e 1000 mg Pneumococo penia, neutropenia, hemóli· (
Recém·oascidQ~: Enterococo se, collte pseudomembra-
penicilina) Ampícil Medley' Ver página 500. nosa, febre medicamenlo·
Bacilos gram +
Ampicilina FU<P, Anaeróbios ± sa, convulsões em doses
Câps: 500 mg Via venosa: muito altas, netrite intersli-
Shígella±
Susp: 250 mg/5 ml (60) 1oo - 200 mglkg/dia cial.
Proteus ±
Fr.amp.: 500 e 1000 mg Ver doses para RN no qua-
Gonococo
dro da página 500. Rash é mais freqüente em
Listeria
Amplitor Cibrao, S. Típhy pacientes com mononucle-
Mening ite: ose, com citomegalia ou
Gramcilína """ley, 400 mglkg/dia + 4
Haemophífus ±
com LLA ou recebendo a·
Cáps: 250 e 500 mg Máximo: lopurinol.
li
Susp: 125 e 250 mg/5 ml 12 g/dia e 2 g/dose Resistentes:
Fr.amp.: 250. 500 e 1000 mg Todas as bactérias produto·
Raros: dermatite esfollativa
Ampifar ...moqurm~u ras de beta-lactamases:
e Slevens Johnson, anafi-
Estafilocos resistentes a
Cáps/Compr:250. 500 e 1OOOmg Adultos: laxia, doença do soro, vas·
250 a 500 mg/dose x 4 penicilina. culile
Susp: 125 e 250 mg/5 ml
Máximo: 14 gramas I dia
Ampiciflam a..n~<or, A maioria das cepas de
Contém 3 mEq de Na por
Ampicilil a,...,,....., Por via oral é melhor tomar Haemophilus inftuenzae grama
com água e 1·2 horas antes
Ampicimax Royton' das refeições. Kfebsielfa
Ampicinal Gk>bo, Dlfwção para uso EV: 100 Pseudomonas
°
Amplacin 1"""", mg/mf em SF e Infusão em
3 a 5 minutos.
Enterobacter
Serratia,
Amplofen Me"", Não inlundrr EV junto com: Proteus,
Ampigran Legrond, adrena/rna, amicacfna. an· B. fragilis Salmonela :t
Cilipen EIOI•r, folericina, bicarbonato, e/in· Shigelfa±
damicína, c/oranfienco/, de- E.Co/1 ±
Neo ampicilin Nooaurm, xametasona, difemóramina. Enterococos ±
Respicilin "•"", dopamina. dobutamina, te- Mycoplasma
Cáps.ICompr: 500 mg nobarbitaf, 1/uconazo/, gen· Chlamydia
Susp: 250 mg/5 ml tamicina,heparina, htdrafa·
zina, hidrocortisona, ínsuft-
Bi notal saye, na. fidocaina, metilpredni- Algumas cepas de Strepto·
Compr. 500 e 1000 mg so/ona, metronidazo/, mida· coccus do grupo B
Fr.amp.: 500 e 1000 mg zolan. netifmictna, ondasn-
trona, tobram;cina e vera-
Ampicilase reu••,
pamif
Bacterinil Luper,
Cáps: 250 e 500 mg Ajuste na tnsufic renal
Susp:250 mg/5 ml Cfer 10·30. t rntervalo de 6
pam 8-72 horas
Ampitrat v''DP<I",
Cler < 1O. f mtervafo de 6
Ampicilin &>rpomo, para 12 horas.
Emicilin E.,s.
Preços Uflltâ1106 aptOXJmados
Cáps: 500 mg
Caps. 500 mg AS I.!KH.90
Susp:250 mg/5 ml Susp. 250 mg AS 0.60-1 4015m1
Ampiespect rin atF Amp500mg AS240-3.SO {
Amp IOOOmg RS 3.20-4.90
Cáps: 250 e 500 mg
Ambezetal c"""",
Ampic ler ".,•.,.,,
Ampival s."'",
Makrocilin MaJ<roo,
Natuscilin Noovlta,
Cáps.ICompr.: 500 mg
Amplocilln Cellol•""
Cilinon ""-
Compr. 500mg
Fr.amp.: 500 e 1000 mg
Ampiflex ,..,.,.
Fr.amp.: 500 e 1000 mg

Ampicl/lns
GGenérico Caps.gelatinosas 250 e 500 mg Luper
Modkamtn1o Caps.gelatrnosas de 500
Cornpr.: 500 mg
mg Abbot1, Eurofanna, Novartls
E.M.S.
Susp: 250 mg/5 ml EM S., Eurolarma. NeoOulmtca
Fr.amp.: 500 e 1000 mg EM.S., P m d n l l . - TelliQ
- 21-
ANTIMICROBIANOS
Apresent. comercial Sensib./resist.
Zitromax ..... Sensíveis:
Compr: 500 mg (2-3) Faringite, elite, p neu mo- S. pyogenes
Cáps.: 250 mg 14-6) nia:
Susp: 200 mg/Sml (15-22,5) 10 a 12 mg/kg/dia"' 1 no
Fr.amp: 500 mg primeiro dia e 5 mg/kg/dia Palpitação, dor torácica,
nos dias seguintes arritmia ventricular, hipo·
Azimix Atlvuo, Azitron Citanna, (máximo 500 mg/dia) tensão, cand idiase oral
tem meia vida Azitromicil G,..nPhann•, por 3 dias na laringite e 5 Raros: alergia, angioe-
muito longa (até Azitroxil DeMayo, Clindai-AZ dias nas otites, sinusHes e dema , analilaxia. colite
pneumonias pseudomembranosa, ce-
76 horas) e é "'"'"', Zitamax lt.tarma
conduzido por Micobactéria atípicas: laléia, tonteira, vaginile.
mac rólagos aos Compr: 500 mg (2-3) 20 mg/kg/dia "' 1 rash, aumento TGO.
tecidos permHin- Cáps.: 250 mg (4-6) (máximo 1200 mg/dia) e CPK, colestase,
do tratamentos Susp: 200 mg/5ml (10-15-22.5] Cólera: dose única de 20 pancreatite, anemia, leu-
de 3 dias para Azi &Qma,.,.,.,Azidromic Aayton' mg/kg (opção à sulla- T. gondi copenia, trombocltopenl-
trimetoprin ou eritromicina) C. trachomaris a, nefrite. Insuficiência
e~~~~:= e Azítrax Fannoour.....' L. pneumophifa renal aguda
OSSA. Mais efi- Compr: 500 mg (3) e 1000 mg [2-3) 8. pertussis
caz para H. influ- Susp: 200 mg/5ml (22,5-37,5) 500 mgldia + 1 no 1° dia e Campylobacrer
enzae e Moraxel- Atromic in Tou•o, Azomicin Bras- 250 mg/dla a partir do 2" H.pifori
la Cararrha/ís ··~ , Azitromin Farmasa dia por 3 a 5 dias.
que a eritromici- EV: 500 mgldla Resistentes:
na e a claritromi- Cáps.: 250 mg I•·BI Gonorréia: Nenhum macrolfdeo é ú-
Susp: 200 mg/5ml (15-22.5]
cína. dose única de 2 gramas para S. aureus resis-
Astro Eurotarma, Azitrogran ._.. Cancrólde e C. trachoma- à oxacitina.
- . Azitromed ......auJm~c:a, tls: dose única de 1 grama
AzitronaxPharlab, EMS-MaxE.vs prática o maior proble· Algumas cepas de S. au-
ma da szirromieina é que é reus sensfvel à oxacilina
Novatrex - . Zimicina - . freqOente que a criança são resistentes
Compr: 500 mg (2-3) vomita a dose dada (cada
Susp: 200 mg/5ml (10-15) dose de 200 mg custa qua-
Selimax L""'•, Octavax N...,.. se R$ 10,00). Como as a-
Compr: 500mg [2-3) presentaç6es vem com
Cáps: 250mg (4· 6) poucas doses, uma dose
Mac-Azi SJgmaPttanna perdida prejudica todo o
tratamento ou obriga a
Compr: 600 e 1200 mg [B e 4)
outro vidro, o que
' "zorn.,n c.nc.1, Azitrosol Luper
(15)

Sensíveis:
Gram negatívos aeróbi-
resistentes ou como
opção às celalosporinas
de terceira e aminogli-
cosideos (mais caro)
Serraria, Pseudomonas
Enterobacter
K/ebsiefla, E. co/i
Citrobacrer
Proreus mirabilis
Neisserias
H.influenzae
Resistentes:
Pseudomonas (8.)
Cepácea e S. maltophilia
Gram positivos
Anaeróbios
Características:
Eurofamla Boa penetração no SNC

Sensíveis: rush, prurido, ur-


Algumas cepas de Pseu- dlstúrbio
domonas, Enterobacter, C0<'1.9ltlal;ao, depres-
Proteus +, Proteus mira- 1 , plaquetose,
bilis, E. co/i, Salmonella, trombocítopenia, neutro-
Shigelfa. Para Gram + é penia, eosinofilia, con-
pior que ampiclllna vulsão. dor tocai
-22-

ANTIMICROBIANOS: CEFALOSPORINAS DE PRIMEIRA GERA ÇAO


'.~~Droga~·:~ A presenta ção Dose Sensibilidade e Efeitos
..". comerc ial resistência colaterais
~: 80-160 mglkg/dia +4·6
C E FALO- Keflin ABL Recém-nascidos: pág. 500
Sensfvels:
Gram positivos:
Alergia e hipersensibili-
dade, urticária, prurido
Arecamin ...,.
TINA Cefalin E" s
~ 1 -2gramasx4 Estreptococos. pneu- Náusea, vômito, anore-
Casos graves: até 12 gldia mococos, estafilococo xia, diarréia, dispepsia,
Cefalotil UnJ.§oOuimiCl> Diluir para 100 mg/ml para uso éV pa· Inclusive estafilococo colite pseudomembrano-
Cefalosporina de ra evitar 1/eblte (até 250mg/ml). Correr resistente a penicilina. sa.
primeira geração Cefalotlna Furp em 5 minutos ou correr mais lento pa- desde que sensível a Tonteira. cefaléia, febre
e entre estas a Cefariston - - ra evitar 1/ebite. Inje ção IM: é dolorosa oxacillna. Dor no local da injeção
mais resistente mas pode ser usada. M .catarma/1s IM, flebite, tromboflebite
Cefle n ~
ãs betalactama- ~ff!flSufic. renal. Aeromonas sp Risco de superlnlecção
ses dos estafilo- Kefalotin BoochimJco Clc- t0-50: • mtervato de 6-..,;8 horas. Bacilo diftérico, ( Candida, Pseudomonas,
cocos. Cl~< 10: r ,ntervalode6 •12horas Listaria, énterococos)
Não penetra bem Fr.amp.: 1000 mg Hemodjaltzavef· 60"0. Penton ai: 24°o T. palidun,
noSNC. Nilo m1stursr com anrinona. cálcio. a- Leptospira Raros:
Preços Uflltc\nos llPfOXJmados· drenalina, amtnontina, cloranfentcol. Actinomyces Anemia hemolítica, neu-
Fr.Ampdo 1000 mg R$ 4.90-6.20 difenldramina, h/dantofna. mtrofuranto- B .pertussis tropenia e trombocitope-
fna, penicilina. ranltldina sulfa. tetrac•· Alg umas (cada vez nia, eosinofilia.
c//na. tlopental, vancomiclna menos freqüentes) Anafilaxia
cepas comunitárias de Convulsões
Cefalotina sódica
G~
E Co/i, Proteus mirabi-
Fr.amp.: 1000 mg AS Farmoquimica. E:.M S , Eurofacma. Teuto lis, Klebsiella. éntero- Podem piorar a função
bacter. Salmonella. renal em urêmicos e au-
Qrian~§ io!Qimª de 1 m~s: menta nefrotoxic!ades de
C EFAZO- Kefazoi ABL 40-100 mgfkg/dia +3·4
Shigella. Yersini-
a,Vibrio outras drogas sobretudo
Duocef eergamo
UNA Fr.amp.:1000 mg
Dose habitual: 50mg/Kg/c!ia Neisséria aminoglicosfdeo.
Dose máxima: 6 g/dia
Fr.amp.: 500 mg Contém 48 mg (2,1 mEq)
Diluir para 50 a 100 mg/ml em SF ou Resistentes: de sódio/grama de cela-
Cefalosporina de Fr.amp.: 250 mg ABD para uso E'V e correr em 3-5mln. Estafilococos resisten- zollna e 2,8 mEq ! grama
primeira geração Injeção IM tl dolorosa: usar dilulda a
Cezolin ~~ooc~M"""' tesa oxaclllna e de cefalotina.
com melhor bio- 330mg/ml pneumococo resisten-
disponibilidade e Ceftrat UniàoOuun,.. Recém-nascjdos: pág.500 te ã penicilina Falso positivo de subs-
meia vida e eii· Cellozi na Cellorann ~: 500· 2000 mg x 3-4 S. faeca/is, Pseudo- tâncias redutoras na uri-
minação mais Graves: 1 grama x 3--4 monas aeruginosa.
longa e melhor
Fazolon Anstoo Dose máxima: 12 g I dia
na.
Enterococos, Haemo- Positivação de Coombs
tolerada IM que a Zolin ,._ Profilaxia cirúrgica. 500 a 1000 mg phylus. Enterobacter. direto.
cefalotina Fr.amp.:1000 mg 30 min. antes e a cada 8 hs por 24 hs Proteus indol Prolongamento do tempo
~o na msufiCJencta r~nal" +,Serrana, de protrombina.
Preços uMéfiOS aprox1mad0s Clc, 10-30: 'Intervalo 8--'12 horas
Fr.Amp de 1000 mg: AS 6.40-8,90
Providencia, i transitório de transa- ri
Cb < 10· f mterva/o 8 ~24 horas Bacteróides, minases.
HemOdiaT•zável (50°o} Actlnobacter

G~
Cefazollna sódica Número crescente de
Fr.amp.: 1000 mg AB Farmoquima. Eurotarma . Novararma cepas de ECo/i, Pro-
teus mlrabilis, Klebsi- ·-
CEFA- Cefamox an.'""'""""""lb/J ~:
e/la,
Alergia . rash, eoslnofllia,
Cáps: 500 mg (8-48) 25 -30 mg/kg/dia + 2-3 febre. prurido, edema,
DROXILA Compr: 1 grama (101 (0,5 mVkg da suspensão+ 2-3)
M~rorganismos intra-
fadiga. tontei ra
Para ITU e amigdalite pode ser usada Sintomas digestivos (1 a
Susp: 250 mg/5ml (80) celulares: micobacté- 2%):
Cefalosporina de em dose única diária.
primeira geração,
Cedrox il tllfi'OIId, Cefa- Dose máxima: 2 g/dia rias. brucelas e clami- diarréia, náusea, võmi-
dias
melhor absorvida droxon s.nva~, Cefadrox Adolescentes e adultos: tos, dor abdominal
1 a 2 gramas I dia + 1-2 (Máx. 4 g/dla) Raros: trombocitopenia,
por via oral (sem "'cdq"'"!""',Celocortin EM.s ~.=lo~... msulic. renal· Características: neutropenia tra nsitória, e
interferência de Cáps: 500 mg (8-48)
alimentos) e C/c. 10-25: ' •nuwatode 12p 24/ls Não penetra bem no i transaminaes, vaginite,
Susp: 250 mg/5mt (80-100}
meia vida longa. C/ < 10 mtervalo de 12 p, 36 horas SNC e por isso não collte pseudomembrano-
o que permite
Neo cefadril NeoOuJmoc.t D~a/iz.ave/ (hemodiálise e d pet,ton~a/1 deve ser usada em sa. candidíase
Caps: 500 mg (Si meningites. Falso positivo de subst.
uso em duas do- Pmços unnános aproxrmacJQs:
ses diárias. Susp: 250 mg/5ml (80] Cêps 500 mg R$ 3,2Cl-8.oo redutoras na urina.
Celoxin v""""" Compr 1000 mg. A$ 9,30
Susp: 250 mg/5ml (100} Susp 250 mg R$ I.IG-3.00 / 5ml
Susp 500 mg R$ 2.90-4.90 / 5mt

Cefadroxil

G~
Susp: 250 mg/5ml Abbon
Susp: 250 mg e 500 mg/Sml Brolnfarma. E.M.S . Medloy, Novartos, RambaXJ
Caps. gelalinosa dura: 500 mg Abbott, Apolox. Braonlorma. E M.S , Eurolanna , Medlay Mopha. Novartls, AambaJc
As celalos porlnas são antibióticos beta-lactâmicos bactericidas classificados como de primeira geração (cefalolina, ce-
fazolina , cefalexina, cefadroxila), de segunda geração (celaclor, cefoxitina, cefurox1ma) e de terceira geração (cefotaxima, cefotazldi·
ma, ce»riaxona. cefoperazona, cefetemete, cefixima, cefodizima) e de quarta geração (cefepime). De uma maneira geral, a medida
que se "sobe" no nível de "gerações" aumenta a eficácia contra bactérias gram negativas (sobretudo as resistentes). reduz a eficácia
contra gram positivos (exceto as de 4 1 geração. tão eficazes contra estafilococos quanto as de 11 ) e aumenta o custo do tratamento.
São geralmente bem toleradas mas seus efeitos colaterais incluem flebite. alergia, rash, pirose, anorexia, náusea, vômi-
tos, diarréia, glossite, dor abdominal, dispepsia, eosino!illa. neutropenia transitória, linfocitose, leucocitose, leucopenia, trombocitope-
nia, anemia hemolltica, hipotensão, febre, dispnéia, pneumonia intersticial. aumento transitório de transaminases. Assim, como a am- r
picilina e a cllndamicina, todas as cefalosporinas podem causar colite pseudomenbranosa por B. lragilis (tratável com metronidazol ou
vancomicina oral). Continua na página seguinte...
-23-

Cefaléia, fadiga,
Drágea: 1000 mg 18·401 Gram positivos: Tonteira,
Drágea: 500 mg 18·401 Estreptococos, pneumoco- Náusea, vômitos, diar-
Susp: 250mg/5ml 160-1001 cos, estafilococo inclusive réia, cólicas, colite
Gota: 5mg/gota (151 estafilococo resistente a pseudomembranosa,
penicilina, desde que sen- Alergia, rash, febre
Ceflexinl.upper, Cefagran"'-"" sível a oxacilina. Neutropenia transitó-
Cefanal -"', Ceflex in L..-, M.catarrhalis. Aeromonas ria, anemia, eosinofili-
FalexinH"'""'',Primacef aerg•mo, Bacilo dlftérico, a, i transaminases,
Listaria, T. palldun, Leptos-
Uni cefalexin uniAoOIJrmlco . Actinomyces, 8

500 mg 181
25 e 250mg/5ml
l :l'oTAIAlCtna FVRP
500 mg [81 ~!lillnsufic. renal;
t 2515mi Ch 10-40. ; Intervalo de 6
para 8-12 horas
Cefalexin Unoãoauomoca Cb< 10: fmtervalode6
Cefex ina Greenf'hatmll para 12-24 horas.
Cefaporex Ha"'" Dtalizavel (20 e 50%) tanto
por hemodliilrse como diáli-
Susp: 250mg/5ml (1001
se pentomal
Betacef Boochlmoeo Cefaben ea.~
Cefaxon - , Cefacimed C: PteQOS unitànos aprox•mados:
Céps 500 mg RS 1.oo-3, 1o
Número crescente de ce·
pas de E. Co/i, Proteus mi-
"""', Cellexina C.JJofnrm, Keforal ~~:~ ~ ~~ ~i 1,;~2~/ 5ml rabilis, Klebsiella.
ABL, Ceporexin GfBxoSmlthKI•ne,

Valflex s.nvo~

Eurofarma. E.M.S.
Medloy
Apotex. AS FarmoquimiCB. E M.S.. Bra•nlarma. Eurotarma. Mepha. Novams, Rambrud, Tevto

Continuação...
As cefalosporinas de 1' geração são ativas contra a maioria dos cocos gram positivos inclusive os
estafilococos sensíveis a oxacilina e a grande parte dos gram negativos. Por via parenteral (cefalotina e cefazolina)
são tão eficazes quanto a oxacilina para os estafilococos sensíveis a oxacilina. Os estafilococo resistente a oxacili-
na pelo antibiograma devem ser considerados resistentes a todas as cefalosporinas, mesmo que o antibiograma
diga o contrário. As cefalosporinas de 1 ~ geração ativas por via oral como a cefalexina (Keflex, Cefalexin, Cefalen,
Cefalexina, Cefaporex, Ceporexin) e o cefadroxila (Cefamox, Cefadroxil, Drocef) são úteis sobretudo em infecções
respiratórias, dermatológicas e urinárias (não como primeira escolha empírica) e na complementação de tratamen-
to venoso (terapia seqüencial). A cefadroxila tem a vantagem de poder ser usado em duas doses diárias e ser me-
lhor absorvido por via oral, considerando este fato, ter custo relativamente menor.
As cefalosporinas de 14 geração são ativas contra muitas cepas de enterobactérias (Eco/i, Klebsiella.
Yersinia, Bordetella, Pasteurella, P. mirabilis) mas o número de cepas resistentes é crescente e por isso não de-
vem ser usadas em terapia empírica visando infecções graves ou hospitalares por bactérias gram negativas pois
existem outras alternativas mais eficazes (com a possível exceção da pneumonia por Klebsiella). São geralmente
ineficazes contra Pseudomonas aeruginosa, S. faecalis, Enterococos, Haemophy/us influenzae, Enterobacter, Pro-
teus indol +, Serratía, Bacteroides fragilis, Actinobacter.
As cefalosporlnas de 2' geração conservam a eficácia das de 1 ~ geração e acrescentam ação contra
Haemophilus influenzae e Moraxe/la catarrhalis. São mais resistentes a cefalosporinases produzidas por gram ne-
gativos (Proteus indol +, Enterobacter, Citrobacter, Providencia resistentes à cefalotina). O Cefaclor (Ceclor) e a
cefuroxima (Zinnat, Zinacef) são ativas por via oral e úteis como drogas de segunda linha em otites (após
SMZ/TMP ou amoxlcilina). Dessas, a cefuroxima tem a vantagem de poder ser usada em duas doses diárias e ter
boa penetração no SNC e a desvantagem do sabor ruim.
Já a cefoxitina é uma cefalosporina de 2"' geração útil apenas por via parenteral e que deve ser usada
apenas em profilaxia pré-cirúrgica e no tratamento para anaeróbios. Para gram negativos, a droga é forte indutora
de resistência e não deve ser usada mesmo que o antibiograma Indique a sensibilidade do germe.
As cefalosporinas de 3• geração são mais ativas para bactérias gram negativas e menos eficazes con-
tra gram positivos. De uma forma as cefalosporinas de primeira e segunda gerações não são primeira esco-
lha ser tão eficazes mais baratas. Continua à frente...
- 24 -
('
ANTIMICROBIANOS: CEFALOSPORINAS DE SEGUNDA GERAÇAO
- ~ "".:hÁ;."' .
Apresent. co meroal Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
CEFA- ~ s.gm..Pharma Crianças: 20 mglkg/dia + 3 Sensíveis: Alergia, urticária. rash, pru-
Cáps: 250 mg e 500 mg (10-48 ( Caso grave: até 40 mg/kg/dla Gram positivos em geral rido. eosinofilia. colite
CLOR Susp: 250 mg/ 5ml (80) Dose máxima: 2 gramas/dia sobretudo estreptococos e pseudomenbranosa, diar-
. Susp: 375 mg/5ml (80) Adultos: 250-500 mg x 3 pneumococos réia, náusea, vômitos, neu-
Cefalosponna ~e Cáps AF: 375, 500 e 750 mg Bronquites: Maioria das cepas de: tropenia , colestase.
segunda geraçao F
oral útil em oti- ac 1or
-•ms 500 mg x 2 por 7 dias H. influenza e
Faringite, amigdalite, pele: M. catarrhalis Falso positivo de testes de
les, smusites Reflax Merck 375 mg x 2 por 10 dias Staphylococcus aureus gllcose na urina.
como droga de Cáps: 500 mg [1 o) Máximo: 2 gramas I dia sensfveis a oxacilina, Teste de Coombs +
segunda linha. Susp: 250 e 375 mg/5ml (80) As apresentações "AF", "AP" e Streptococcus grupo 8 Aumento de transaminases.
Evenlualmenle Drágea AP: 375 e 750 mg ( 10) LP permitem intervalos de 12
usada em pio· Shefel horas entre as doses. Gram negativos: Reação do tipo doença do
dermites e lnfec- Clorcin-Ped
Qorrecão na insulic renal: E.Co/i, soro, com rash e artralgia,
ção urinária.' Susp: 250 e 375 mg/5ml 11001 em menos de 1% dos ca-
Clc. < 10: dar 50% da dose Proteus m lrabilis,
Plecor Towo Hemodiálisável em 30% Klebsiella, sos1geralmente em meno--
Não atravessa a Preços unitários ap1oKtmados: Enterobacter, res de 5 anos com v árias
barreira hemato- Cáps: 500 mg [ 10) Clips 250 mg· A$ 2,00·2.80 Sa!monella, exposições à droga.
encefálica sufici- Cáps 500 mg· A$ 4,20·5,60
Susp 250 mg; A$ 2 ,00·2 ,60 15ml
Shigella,
entemente Yersin;a,
Susp 375 mg: AS 2.60-3.6015ml
Citrobac ter,
Cefac/or Providencia,
Cáps: 250 e 375 mg/5ml E.M.S., Madley Morganella,

G Genérico
Modl..,..nlo Cáps... 250 mg
Compr.: 500 mg
f-=--==--:-::--tC:-o=:m::ps;r~.l:l=be
~ra;:,!ç=
Apor~x. E.M.S.. Mepha, Aarnb<l"'
E.MS.. Medley, Mepha. NovaniS. Aambaxl
ão.rp.:;rol:;ong
:::.:;-=a=da=:.:;3r7=5~mg:.=..e:....:.7:.
50:..:.:mg
:.!!....:--.:;A=•mba>d
Aeromonas
Vibrlo
.=::...-l B.pertussis ±:
('

CEFURO- C EFUROXIM A ACETIL Crianças: Faringite, otite, si- Meningococo, Alergia: rash, febre, cefaléi-
Zjnnat GJaxoStr>rhKfiflo nusite, p lodermlte: Gonococo a,
XI MA vo 15 30 g/kg/d' 2 Mais eficaz para gram ne- Rash, prurido, urticária, eri-
Comp: 125 - 250 · 500 mg ftO) : - m 'a + gativos e anaeróbios que
Cefalosporina de Susp: 125 mg/5ml ISO) 3
,: meses: 125 mg x 2 as de 1' geração. tema multiforme.
segunda gera- Susp: 250 mg/ 5ml (SOJ > 2 anos: 250 mg x 2 Náusea, vômito. diarréia,
ção, com mesmo Pneu monia cólicas, sangramento diges-
espectro que o C EF U ROXIMA SÓDICA EV/IM: 75-150 mg/kg/dia .;2-3 tivo. estomatite
cefaclor com a Cefunorth "aca, RN: VO: 20-60 mglkg/dia ,. 2 Resistentes: Colite pseudomembranosa
vantagem da po- Keroxime - , EV-IM: 50-100 mg/kg/dia + 2 Todos os estafilococos re- Anemia, eosinofilia, neutro-
sologia de duas Zinacef GJoxoSmllhKiine Ossos e articulações: sistentes a oxacilina e penia e leucopenia transitõ-
doses diárias.
Sabor ruim. Medcef Bergamo
• 150 mg/kg/dia + 2
Meninge:240-300mg/kg/dia+2 à penicilina
pneumomococo resistente rias, tromboc~openia, Verti·
gem, tonteira, convulsão r
É a única cefa- zencef Cellof""" ' Adultos: Pseudomonas Aumento de transaminases,
lospooina de se- Fr.amp.: 750 mg EV: 750 a 1500 mg/dose x 3 Actinobacter hepatite, colestase
EV-IM Dor no local da injeção e
gunda que pene- Preços unitários aproximados· VO: 250-500 mg/dose x 2 Enterococos
tra bem no SNC Compr 125 mg: AS 2,80 ITU: 125-250 mg/dose x 2 Serratia flebite
Compr 250 mg: AS 5 .60 Gonorréia: 1 g -dose única 8. fragilis Anafilaxia.
Compr 500 mg: AS 6.90 VO: melhor com alimento/leite Coombs falso +,
Susp 125 mg: R$ 3.70 / 5ml Dor local (IM) e flebite (EV).
Susp 250 mg: R$ 6.30 / 5ml
EV: diluir 100 mg/ml (ABD·SF- É crescente o número de
Fr.amp. 750 mg· AS 16 .00·27.00 SGI-RL), infundir em 5 mln. cepas resistentes de E.Coli, Contém 2,4 mEq de Na por
CQri8CàO na lnsufiç, reosl: Proteus mfrabilis, grama
Acet/1 cefuroxlma Ciç, t0·20. T lntflfV.6-; t2 hs. Klebs/e /la
C/c,< 10: finterv. 6-;24 hs. '

G ModlaloofiiiG. Compr: 250 e 500mg Aamba>d A hemocMIIse reduz o nfvel ~nco


Genérico Susp: 125-250 Mepha. Aambaxl em 80% e a peritomal em 40'!-ó
Fr.amp.: 750 mg ABFarmoqufm,
Eurofarma, Novams

CEFPRO- Cefzil Bristo/M~ Crianças: Ca racterístl ~as : Alergia, rash, prurido,


Fari ngite: 15 mg/kg/dia + 2 Como as demar_s cefalospo- Cefal éia, hiperatividade, in-
ZIL Compr: 500 mg 11 01
Otite: 30 mg/kg/dia + 2 nnas tendem a rnduzrr pro- sônia, confusão
Susp: 250 mg/ 5ml (1001
Cefalosporina Máximo: 1 g I dia dução de ll·lactamase Diarréia, náusea e vômitos,
de segunda Preços unitános aproJtlmados· M: 500-1000 mg/dia .;1-2 dor abdominal
Compt 500 mg: R$ 7,80 Correção na msufic renal: Leucopenia, trombocitope-
geração Susp 250 mg: AS 7.80 / 5ml CICr < 30: dar SOO-' da dose nia, eosinofilia

CEFOXI- Mefoxin Meld<SNupOohmo Crianças: IM ou IV


Infecção leve e moderada:
Cefalosporina mais ativa
contra Bac teróides frag ilis e
FleMe em 32%
Eosinofilia 16%
Cefocsin habonna
TINA Fr.amp (2ml) IM: 1 grama
80-1 00 mg/kg/dia + 3-4 alguns anaeróbios. Útil em IM é dolorosa.
Infecções mais graves: infecções graves (sobretu- Disfunção renal
Cefalosporina de Fr.amp (2mI) IV: 1 grama
100-160 mglkg/dia do abdominais) por E. co/i e Cefaléia, náusea, vômito,
segunda gera- Fr.amp (2ml) IV: 2 gramas
ção. Induz resis- Máximo: 200 mg/kg/dia Klebisiella, Enterococos, diarréia, colite pseudom., i
tência bacteriana Cefton Arlsron, Foxtil Uni- Adullos: 4 a 12 grl dia .;3-4 sempre associada a ami· transaminases, trombocito-
facilmente. Ge· loOulmico Kefox ABL Diluir: 100mg / mlemABDe nogllcosfdeo. Induz resis- penia, leucopenia transitó-
ralmente usada Prop~ten Bloch;mkx> ' infundir em 5 minutos. tência rapidamente com ria, anemia. Rash, dermati-
f)/ anaeróbio. Correção na insufic. renal: Enterobacter, P. aerugino· te grave, febre, prurido,
Utilem profilll>da Gamacef Berr;amo C/., 3().5(): T!nterv. do6p/8· 12hs sa, Serratia, Proteus, A cti· Induz resistência.
~~:~=~~~~ 8 Fr.amp.:1 grama
Clc> 10-30: t tnterv do 6 p/ 12·24 hs. nobacter, B. fragills (20%)
Cio< lO: f mrsN. d8 6p/24-48 hs. N.io usar !solad a para Gram ne-
dose única ou. no Preços unitários aproximados; gativos aeróblcos, mesmo que o
máximo, 3 doses Amp 1000 mg: R$ 18,00·24,00 anliblog rama Indique: a emer-

r~ G':lk~
gência de res istência é rápkia.
Cefoxltlna s6diCII
~I Fr.amp: 1000mg l!uftlforma
- 25 -
ANTIM ICROB IANOS : CEFALOSPORINAS DE TERCEIRA GE
Apres. comercial
Criancas:
50-100 mg/kg/dia + 3-4
Ceforan u"'."0 '"m""' Pneumonia:
Cefotamax c.nor""" 150 a 200 mgll<g/dia + 3-4
Clafordil Ms""' e meningite:
mgll<g/dia+4 doses.
Kefaxim ABL fazer uma dose de ataque I A19romconas. da injeção.
Losporin rouro antes. Coombs + (6%);
· 1000 mg descartado pneumo 30% das cepas de Plaquetopenia (4%), ieu-
pode·se reduzir a dose Ps.eu<ionoorlas. Para S. aureus copenia e neutropenia,
mgll<g/dia depois do 3° sensíveis= oxacilina. eosinofilia.
por t4 a 21 dias. Para outros Gram + (estafl to- Aumento transitõrio de
I B.fl~D.:ill~·~: pág . 500 estreptococo, menln~ uréia e creatinlna, tran-
x3-4 saminases e eosinófilos
de 12 gramas/dia Candidíase genital.
Cada grama contém 2,2
Diluir a 200 mglml com ABD e agi-
Resistentes: mEq desõdio
tar até dissolver completamente,
Listeria, Enterococcus, Infiltração provoca ne-
depois rediluir com 40 mg/ml com
crose tedidual.
SG/-SF-RL e Infundir em 3 a 5 mín. P. aeruginosa, Enterobacter
Não infundir somuffaneamente com cloacae, 8 . Fragilis (50-60%),
aminofilina, anrinona, bicarbonato, Mycolplasma
nuco-
difenidramina, fenobarbital. Chtamydia, Legionella
Ftavobacterium
nazo, gentamicina, hidantoina, la-
beta/o/, pffidnisolona, netilmicina. Staphitococcus oxacilina resis-
vancomicina. tente e pneumococo penicilina
Por via IM usar concetração de resistente. ± Acnetobacter
230-330 mglml, máximo de 2 g por Emergência fácil de resistên-
sítio de injeção. cia durante o tratamento para :
Cefotaxima
G Mfdlcamt nto, sádica
Genérico Fr.amp: 500 e 1000 mg Ch<20
~na~
ddJSO"diJdose
Enterobacter. P. aeruginosa
Serratia , Citrobacter, Actino-
n.tlsa: ~~-dO nivVJ set1co bacter. Proteus indol +
AB Far.,Eurolacma. Rambaxl NID ciA!IzaVIII ptJ( ~ pentor:tBI (associar aminoglicosídeo)
Continuação...
As cefalosporinas de 3' geração podem ser divididas em dois grupos: o da cefotaxima (Ciaforan). ceftriaxona (Roce-
fin) e celodlzima (Timecef), com espectro e padrão de sensibilidade semelhante e pouco ativas contra Pseudomonas. O outro grupo,
o da ceftazidime (Fortaz), cefoperazona e cefixima são ativas contra Pseudomonas e menos ativas contra estafilococos.
Muita atenção deve ser dada à Interpretação dos antibiogramas em relação à sensibilidade de cepas de Klebsrella. En-
terobacter, Cltrobacter. E. coli, Serrstis, Acinetobacter, Providencia e Morganella às cefalosporinas de terceira geração. Se o serviço
de bacteriologia não tiver capacidade técnica para identificar cepas produtoras de beta lactamases de espectro extendido ou detectar
atividade de fl-lactamases amp-C induzlveis pela presença do anllbiõ~co, será freqüente que cepas de foram consideradas sensíveis
às cefalosporinas e se revelem resistentes ao tratamento, colocando em risco a vtda do paciente.
A ceftazídime é considerada a cefalosporina de escolha para Pseudomonas peta sua eficácia e por tnduzir menos resis-
tência, sendo freqüentemente eficaz contra gram-negativos produtores de ~-lactamases cromossômica e plasmidial (exceto as plas-
midiais de espectro amplo mais freqüente em cepas de Klebsiella). Também a celepime (4° geração) é eficaz contra Pseudomonas.
No tratamento de infecções por Pseudomonas as cefalosporlnas não devem ser usadas isoladamente. Geralmente são usadas asso-
ciadas a aminogllcosídeos e, alternativamente (dependendo do padrão de sensibilidade da cepa isolada ou prevalente no Hospital),
às quinolonas ou aztreonan ou ticarclllna ou carbenicllina ou imlpenem.
Tanto a cefotaxima quanto a ceftriaxona nas doses habitualmente usadas, além de sua utilidade clínica principal contra
gram negativos, são eficazes contra S. aureus sensível a oxacilina, apesar de menos eficazes que as cefalosporinas de 11 geração.
Esta menor eficácia srgnifica que são necessárias CIM (concentrações inibotõrias mínimas) maiores e não que a droga se1a ineficaz,
pois quase sempre estas CIM maiores são facilmente obtidas com as doses terapêuticas habituais. Este conceito é útil apenas quan·
do a cefotaxima ou ceftriaxona foi prescrita primariamente para cobertura de gram negativos e se cogita em associar outra droga para
cobrir gram positivos, sobretudo S. aureus sensí vel a oxacillna. Neste caso sua atividade contra gram positivos pode ser considerada
suficiente, sendo discutível a associação com oxacillna para ampliar a cobertura para estafilococo. Obviamente, caso haja motivos
consistentes para se cogitar na possibilidade S. aureus resistente a oxacllina estará Indicada a associação com vancomicina ou teico-
plamina. Contra estafilococos coagulase negativos a atividade da cefotaxima/celtriaxona pode não ser tão confiável e é melhor usar
oxacilina/cefalotlna ou vancomicinaltelcoplamina dependendo da sensibiltdade ou resistêncfa à oxacilina.
Não usar cefotaxlma/ceftriaxona para tratamento empírico de infecções por gram positivos (se a cobertura de gram ne-
gativos é desnecessária). As outras alternativas (oxacilina, cefalotina. clindamtcona) são mais eficazes, mai s baratas e mais seguras.
As celalosporinas de 31 geração tem boa penetração e atingem bons níveis terapêuticos em pulmões, vias respiratórias.
pleura, rins e vias urinárias, músculos, coração, ossos. meninges rnflamadas. abscesso cerebral, pele, subctâneo, músculos, peritô-
nio, bile e humor aquoso. A ceftriaxona (Rocetin) deve ser preferida para tratamento de meningites na Infância (eficácia semelhantes
à associação amplcllina + cloranfenlcol). A cefotaxima (Ciaforan) é igualmente eficaz para esta Indicação. Também a cefotaxima e
ceftriaxona são Indicadas nas sepse genitourinárias; nas infecções de cateteres venosos e em Infecções osteo articulares (exceto se
há indícios de Pseudomonas). Nas sepse abdominais a associação de Ceftriaxona + metronidazot é bastante eficaz. As cefalospori-
nas de 3' geração não devem ser usadas no tratamento empírico para infecções respiratõrias ou urrnárias em pactentes ambulatoriais
e nem em profilaxia pré-operatóna.A cetoperazona (Cefobid) é a que apresenta maior concentração em vias biliares sendo boa esco-
lha para colecisthes e colangites.
O uso freqüente de cefalosporina de 31 geração para tratamento empfrico de sepse em unidades fechadas (sobretudo
CTI) implica em rápido aumento das cepas de enterobactérias resistentes na unidade. Em RN quando se usa uma cefalosporina de 3'
geração para tratamento emplrico de meningite deve-se sempre associar ampicrhna para ampliar a cobertura para estreptococo do
grupo B e para Listaria. Sempre que a bactéria se mostrar sensfvel aos amrnogllcosldeos estes devem ser preferidos às celalospori-
nas pois são mais seguros, mais baratos, mais eficazes e ao contrário das cefalosporinas têm baixo potencial de induzir resistência
em ambiente hospitalar. Além disso os aminoglicosideos têm um efeito pós-antibiótico: bactérias expostas conUnuam morrendo por
várias horas apõs a exposição mesmo que o nlvel sérico da droga tenha caído.
-26-

ANTIMICROBIANOS : CEFALOSPORINAS DE TERCEIRA GERAÇÃO


I"f• Apres. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
CEFTRIA- ~ - Recem-nª!>Çir;!Qli: pág. 500
~:
Sensíveis: Rash, prurido, eosinofilia,
alergia, (
Fr.amp.IV: 1000 mg Melhor cefalosporina para
XONA Fr.amp.IV: 500 mg 50-80 mglkg/dia + 1 (ou2) N. meningitidls, H. influen- Diarréia, colíte pseudo-
Fr.amp.IM: 1000 mg Caso grave, sepse, meningite: zae, N. gonontloeae membranosa, náusea, vô-
Fr.amp.IM: 500 mg ao oo
a 1 mglkg/dia + 2 Muito eficaz contra entero- mitos, estomatite.
Cefalosporina de Máximo: 4 g /dia bactérias (énterobacter, Formação de "lodo biliar"
Fr.amp.IM: 250 mg
terceira geração Fazer uma dose de ataque de com colestase (reversível)
Serratia.t:, Klebs1ella. E. coli,
com mesmo es- 100 mglkg no início. Nas menin- Salmonela, Shlgella. Provi-
Ceftriax s.gm.,l'tla""' e colecistite
('
pectro que a ce- gites é obrigatório usar de 12/12 dencia, P mirabilis, Morga-
fotaxtma (Ciafo- Fr.amp.IM: 1000 mg
horas exceto em RN. Pode-se nel/a. Yersinia, Pasteurella, Distúrbios de coagulação
ran) mas meia Fr.amp.IM: 500 mg
usar uma dose maior (de 160 Arizona, Eikinella, Aeromo- Depressão medular com
Fr.amp.IM: 250 mg
vida maior. Per· mglkg) nos 2 primeiros dias. No nas), Haemophi/us ducreyi leucopenia, anemia, trom~
mite até dose Ú· F• .amp.IV 1000 mg
tratamento empírico de meningi- (cancro), Moraxe/la catar- bocitopenia ou trombocito-
Fr.amp.IV· 500 mg
nica diária.
Boa opção em
Fr.amr IV 250 mg
te neonatal, associar ampicilina rhalís r
se, transaminases,
para cobrir Listeria. Febre (0,7%), calafrio, cela-
sepse, pneumo-
Resistentes: (
Celltriaxon cm1orarm Otite media aguda: dose única léia, tonteira
nia. meningite (a- Pseudomonas, Listeria,
de 50 mglkg IM Colelitíase,
té a Idade pré· Fr.amp.IV: 500 e 1000 mg énterococus, B. fragilis.
Profilaxia em contatos com Flebite e dor no local da in-
escolar). Na me· Fr.amp.IM: 500 e 1000 mg Acinetobacter.
ningite neonatal
meningococo: 125 mg IM em
Campylobact er, jeção (
Prodoxin Prodonl dose única (Adultos: 250 mg).
Legionella. Chlamydia,
associar a ampi· Muitos: 1 a 2 g/dose x 1-2 Cuidado na insuficiência
cilina para au- Fr.amp.IV: 500 e 1000 mg Mycoplasma
Máximo de 4 gramas/dia hepática e nos pacientes
Fr.amp.IM: tOOO mg Staphylococcus resistentes
menta r o espec- Gonorréia não complicada ou com obstrução ou cálculo
tro para Lisl~ria e a oxacilina e os coagulase
Estreptococo do
Triaxon TouiO violênc ia sexual: dose única de negativos. biliar.
125mg IM.
grupo B. Fr.amp.IV: 500 e 1000 mg
Infecção gonocóccica grave: Boa parte dos pneumococo
Em pediatria a Glicocef 8efgamo 1 a 2 g/dose x 2 por 7 dias resistente à penicilina Cada grama contém 83 mg
ceftriaxona deve Fr.amp. IM: 1000 mg Insuficiência rena f· manter mes- (3,6mEq) de sódio
ser preferida à Fr.amp. IV: tOOO mg ma dose ate 2 g'd'a Emergência fácil de resis-
cefotaxima exce- Diluir a 100 mglml com ABD ou tência durante o tratamento Contra-indicação: ictericia
to em RN meno- Amplospec - SF e agitar até dissolver compl&- para: neonatal I!Tlponante pelo
res de 15 d1as; Bioteral 'uoca lamente, depois rediluir com 40 Enterobacter aumento do risco de Ker·
prematuros, icté- mglml com SGI-SF-RL e mfundir P. aeruginosa mcterus (elevada ligação
Keftron ABL em 5-30 minutos. Se usar a a- proté1ca)
ricos, na colesta- Serratia,
se intensa e em Triaxton Ms10n presenlação IV para injeção IM Citrobacter.
casos de abs- Trioxina U>.loOulmlca diluir com tidocaína a 1% sem Aclinobacter
cesso cerebral vasoconstritor numa diluição de Proteus indo! +
Fr.amp.: 1000 mg
ou ventriculites 250 a 350 mglml. Não infundir (associar amlnoglicosídeo)
Preços un1tános aproJOmados:
Amp 250 mg AS 8.00·21,00 junto com amrinona, cálcio, dite-
Amp 500 "'9' RS 9,00-33,00 nidramina, dobutamina, lfucona·
Amp 1000 mg R$ 15,00·57,00 zol, hldantoína, labetalol, metro-

Ceftrlaxona
nidazof, gentamicina
- r
G~= Fr.amp: 500 e t 000 mg AB Farmoq.,Eurolarma, Neoqufmlca, N0\18r1ls. Prodom. Ramba•i
Fr.amp: 250, 500 e 1000 mg E.M.s.

CEFTAZI- Fortaz G/axoSmlfhKime Criancas:


EV-IM: 100-1 50 mglkg/dia + 2-3
Sensíveis: Alergia, rash , prurido, anafo-
Ceften TO<Jto Melhor cefalosporina de 3ª laxia.
DI MA Fr.amp.: 1000 mg
Casos graves e meningites : geração para Pseudomo- Diarréia. náusea, vômitos,
150 a 200 mglkg/dia + 3 nas aeruginosa e outros dor abdominal, colite pseu-
Cefalosporina de Fr.amp.: 2000 mg
Dose máxima: 6 g I dia gram negativos produtores domembranosa
terceira geração
Recém-na!>Çigos: pág. 500 de ~ lacatamase: Entero- Dor local, flebite
e, entre elas, a Betazidim c.uorann Cefaléia, parestesias, mio-
melhor para Adultos: 1 a 2 g/dose x 2-3 bacter :t, Seffalia :t, Klebsi-
Pseudomonas
Cefazima - Infecção u rinár ia: e/la , E. co/i, Salmonela , clonias,
Ceftanorth .... Shigella, Providencia, P. Febre (0,4% )
aeruginoasa ou 250-500 mg/dose x 2
Aumento de transaminases,
P. cep/lcea (ge- Ceftazidon Anston Infusão em bolo, diluição de t 00 mirabílls, Morgane/la. Yer-
sinia, Legionella, Listeria cofestase
ralmente assoei- mglml, em 3-5 mln. Se há dor ou
ada a amtnogli·
Cetaz llrl<'oOU....,. 1/ebite, diluir para 40 mglmf e in- Neisserias
Aumento de uréi·
a/creatinina, (6% );
cosídeo pelo lntracef 8efgamo fundir em 20 minutos. Haemophilus
Eosinofilia (7%), leucopenia
menos nos 5 Kefadim ABL Não infundir simunaneamente Resistentes:
transitória, trombocilose.
primeiros dias). amicacina, anrinona, dobutami· B.fragilis. S. faecalis, Ente-
Fr.amp.: 1000 mg Coombs positivo (4%),
Produz menor na, fluconazol, gentamicina, hi- rococos, Listeria, C. dificile,
Hemólise
indução de resls- dantoína, midazolam, nefílmicma, Campylobacter, Acineto-
Candidíase
tência que as ou- tobramicína, vancomiclna. bacter
tras. Deve ser Preços unrtanos aproxmados Não deve ser indicada para
Amp 1000 mg· AS 16.00·30,00 Corre~Q Qê msufic. r~nª{. Cada grama contém 54 mg
preservada para estafilococos.
Amp 2000 mg. RS 62.00 C/c, 30-SO· • rnleNalo 8 •12 hs (2,3 mEq) de sódio
as infecções por Pior que outras cefalospori-
Pseudomonas e C/c, 10-30: f mteNalo 8->24 hs na de 3ª- geração para a-
no tratamento Clc, <: 10· ÍinteN. 8 -> 24-48hs naeróbios
empírico do ne· A drállse pentcxual reduz. om 70"- a
Contra Pseudomonas, En-
dro:{}a Circulante e a hamod1Jl1se 90'\
tropênico febril Fazer dose extra após a dia!ISB. terobacter. Cilrobacter e
Seffalia é prudente assoei-
Ceftazldlma
G~~"'tc:;
ar aminoglicosfdeo.
Fr.amp: 1000 mg AB Farmoqulmoca, Eurolarma Características:
Boa penetração no SNC.
- 27-
ANTIMICROBIANOS: CEFALOSPORINA ORAL DE TERCEIRA GERAÇ Ã O
..i)t()UO; Apresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
Orelox Avenr<SP~~.~m~a QrillnC>!§ i!I~ 12 i!nQ~ : Sensíveis: Diarréia, dor abdominal,
CEFPO- 8-1O mg/kg/dia + 2 náusea (4%), colite, au-
Susp: 40 mg/5ml ]50-100] S. pyogenes,
DOXIMA Compr.rev: 100-200 mg (1 0] Adui!Qs: 100-400 mgfdose x 2 Pneumococo. menta de transaminases,
Cefalosporina Dose máxima: 800 mgfdla H.lnfluenzae, Eosinofilia , trombocllose ou
oral, 3" geração Preços uMános apro)Umado&· 8 . calarralis. penia , leucopenia.
Comp< 100 mg AS 5.00 N. gonorrhoeae, Prolongamento de TP-PTT
Susp 40 mg AS 1.80 Vaginite por cândida
E. coli,
Klebsielta, Raras: reações alérgicas,
rash, Stevens Johnson
G r=;iê:i Cefpodoxima proxetil
P. mirabilis :t
Susp: 40 mg/5ml Aamt>axl Produtores de 13 lactamase
plasmidial Diarréia , vômito e náus~
Plenax "•'"' Crianç~~ ii~lé 12 anos:
CEFIXI- 8 mgfkgfdia + 1 ou 2 Resistentes: (10 a 15%), co llte, dor ab-
Cefix Har"'
MA Neo Cefix Nooowrva
Máximo 400 mgfdia S. aureus oxacili na resis· dominai, náusea,
ITU : usar dose dobrada no tente, Cefaléia, febre . tonteira , l a-
Celalosporina
Susp: 100 mg/5ml ]50] primeiro dia. Psudomonas, diga.
oral de 3 1 gera-
Compr.: 400 mg [5] Enlerobacler. Eosinofilia, trobocitopenia,
ção. Pior para Adultos: 400 mgfdia + 1-2 Aclinobacler, leucopenla
gram negativo Cefnax reu~o Morganelta. Alergia, rash, prurido,
que as cefalos- Boa aceitação pelo sabor.
porinas parente-
Cáps.: 400 mg ]5]
~Q1111 ÍflSvfrc. renal:
S. marcescens, i transaminases e uréi·
Preços únltatios aproxlmaOos Cilrobac ter, a/creatinina
rals . Menos efl· Cl., 2 1·60:dar 75'1ó da dose
Compr400 mg AS 11,0Q- 13.00
caz que as cel a- Susp250mg AS4 .00 Cio ~ 20 dar so•.
da dose E nrerococci
Anaeróbios
losporinas de 1°
nas ITUs. Produtores de lllactamase
cromossômica

ANTIMICROBIANOS: CEFALOSPORINA ORAL DE QUARTA GERAÇÃO


·. •ÓtpgQ "· Apr.comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
---- !l~s=-e-n..:s:..:í~v:..:e.:;:is
.:..::
: .::....:....::.==:.:..:..=::....-~-;C:;-e"f'
faléia (2%), náusea e
CEFE- Maxcef 811""'MY"" Crian®s até 40 kg·
Fr. amp.: 500 mg 50 mgfkgfdose x 2-3 EV-IM E. co//, Proteus, E.netrobacter. Ci- vômitos (2%). dispepsia
PIMA Fr.amp.: 1000 mg Máximo: 2 gramas/dia trobacler, Serratia marcences, (2"/o), exantema (2%) ,
Fr.amp.: 2000 mg Neutropênico febril e na fibra- Pseudomonas aerougmosa. Hae- rash (2"/o), prurido, urti-
se cistica: 50 mgfkgfdose x 3 mophílus influenzae. Neisserias cária, diarréia (2%), ton-
Cefalosporina de Cefep en ~"" ~: S taphylococcus sen síveis à oxacili- teira, Nebite (3% ),
quarta geração C Biochlmk:o 1 a 2 grl dose x 2 (x3 para pseu- na . (Melhor que ceHazidime para
um pouco mais emax domonas e neutropénicos) Pseudomonas na fibrosa c istica) Coombs positivo (15%).
resistente a beta- Cefepitax /lalomiB
ITU: 500 mgfdose x 2 Resistentes: aumento transitório de
lactamase que Fr.amp.: 500 mg Infusão em bolo, diluição de 40 Estatilococos ox acilina resistentes. transaminases
as de 3' geração Fr.amp.: 1000 mg mglml em SF ou SG, em 20-30 B. fragilis e C. difficile. Xantomonas i u~éia e creatí~ina .
e tão eficazes Fr.amp.: 2000 mg minutos. Não misturar com ami- maltophilia , Clostridium perfrigens, M_a1s raras: prundo, urti-
para estaflloco- Fusogacterium sp, Veilloella. Pep- ®na,.'ebre, dor aoom,.
noglicosideos.
cos quanto as de Preços Wll1. aprox11nados Correcao na tnsvt,... ren,at toestr9ptococcus nal, dispepsla. taqUicar-
primeira geração. ~:~~~51~~ C/"' 30-60: aa r 500.~ da dose e - Aigu~as cepas de: Pseudomonas, dia, tosse , insônia, pa-
restesia. ansiedade, en-
Amp 2000 mg. AS 69·97 mlervalo para- 24 ns E.colt, Kl~bsrella, Enterobacter, Pro- cefalopatla, anafilaxia,
Cfc. 10-30: dar 25~. da dose •
rntervalo para 24 t>s :~~~~~~n~~';:~f,~b~~;~~~":e%C:!· visão oorrada
Ctc, < t O: dar 12.s•. da dose . philus, Salmonela , Shigella, Serra-
lr:1ervalo pa1 24 hs tia

-~··· Cloridrato de cefepima


GGenérico
~
CEFPI-
Fr.amp.: 500, 1000 e 2000 mg

Cef p im ax 11" 8
'""'
Eurofarma
----------~~~~--------------~
Sensíveis: Alergia, prurido, febre,
Fr.amp.: 1000 mg E Co/'. Proteus Enet•obacte· Cr' anafilaxia, náusea, võmi-
· · · " '• • to, d,·arre··,a, dor abdomi-
ROMA Fr amp · 2000 mg trobacter, S erratia marcences, Mor-
. .. ~: nal, colite pseudomem-
gane/a morganii. Staphylococcus
Preços unu. aproxtmadOs 1 a 2 g de 12 em 12 hs sensíveis à oxacilina. branosa, aumento de
Cefalosporina Amp tOOOmg AS80 transaminases, LDH e
Pseudomonas, Aeroug inosa, Hae-
de quarta gera- Amp 2000 mg. AS 140 .CC.tr~"' "~ ~<:t ' · f( !S mophilus influenzae Ne1sserias
bilirrubinas, nefrite inters-
ção de espectro Cb 2o-5C:dar'óO'io 1/a dose Resistentes: ' ticial (rara). trobocitope-
semelhante à ce- Cfc < 2Õ: dar so•,.
da dose de 24 Estafilococos oxacilina resistentes. nia, eosionofilia, anemia
fepima mas me- em 24 horas . B. fragil/s, C. difficile, Enterococcus hemolftica (rara) , gran u-
nor eficácia an- Parclalment9 hemodJaltsavel faecium, Lisleria monocutogeen~Js, locitopenia (rara)
tlpseudomonas.
Xantomonas maltophi/ia, Fusobac-
terium varium
Algumas cepas de: Pseudomonas,
E.coli, Klebsiella. Enlerobacter, Pro-
teus, Actinobacler, Aeromonas, Ci-
OBS: não existe mais
trobacter. Campilobacter, Haemo-
a mar® CEFROM
philus. Salmonela, Shige/la, Serra-
tia
-28-

ANTIMICROBIANOS
--- -
•Drona Aoresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
C IPRO- Ci pro sayo., ~: Sensíveis : Vômito, náusea, diarréia,

FLO- Floxen ~""",


VO : 20-30 mg/kg/dla + 2
o
EV: 1 mg/kg/dia + 2
Pseudomonas
Opção para: E.Coli, Pro-
dispepsia, dor abdominal,
hemorragia digestiva, llatu- r
Quiflox '""'0 , Dose mâx. VO: 1500mg/dia teus, Klebsiella, Enterobac- lência, anorexia, colite
XACINO Compr: 250mg (6·14] Dose máx. EV: 800 mg/dla ter. Serratia, Salmonela, pseudomembranosa, icterf-
Compr: 500mg (6·14] Recém "ª~Qid Q§: Shigella, Campylobactar, ela,
Solução para Infusão EV: 7 a 40 mg/kg/dia + 2 Pseudomonas Cilrobacter, Hiperglicemia, hematuria
Bactericida do
200 mg/1 00 ml Fibrosa cístlc a: Aaromonas, Actinobacter Tontura, cefaléia, insônia,
grupo das quina-
400 mg/200 ml 30 mg/kg/dia EV ou Providencia, Morganala, tremor, convu lsões, conlu-
lonas e que dite-
40 mg/kg/dia-VO Yersínia são, surto psicótico, de-
re das demais do
Ciflox Medloy' ~: Eficaz mas não 1• escolha pressão, alucinações, agi-
grupo (perfloxa-
Cinoflax """", VO: 250-750 mg X 2 para: S. aureus sensível a fação, alteração do paladar.
cin e olloxacin)
EV: 200-400 mg x 2 oxaciflna, S. epidermidis, S. Rrash, alergia, urticária, lo-
apenas por sua Ciprobiot H•.a~,
Pneumo nia: faecalis. S. viridans. S. tosensibilização, analilaxia
melhor eficácia
para Pseudomo- Ciprocilin - . EV: 400 mg X 2 / 7-14dlaS pneumoniae. Chlamydia, Flebite e dor no local da in-
nas. Ciprodine 5 '""a1, ITU: Mycoplasma, N. gonor- jeção (ardor, edema, hlpe-
(i
VO: 250-500 mg x t rhoeae, M. catarrhalis, remia)
Ciprofar EJolar, por 7 a 14 dias Haemophilus Anemia, eosinofilia, neutro·
Associada a pe-
Ciproflan He"'ld', EV: 200-400 mg x 2 Tuberculose penia
Ciproflonax Ph..,., , por 7 a 14 dias Haemophilus ducrayi (can- T endinite de tendão de A-
nicllina crlstalla-
Diarréia: cro) quiles, artrite
na é uma boa ai- Ciproflox H•~>ron, VO: 500 mg x 2 /5-7 dias Descoloração esverdeada
ternativa em Resistentes:
pneumonias gra- Ciprofloxil Grocnptwrma, Gonorréia: Bacteróides e Anaeróbios
de esmalte dentário em re-
Dose unica 500 mg cém nascidos.
ves (CTI) em a- C iprofloxatrin 01otx>, Staphylococcus sensfveis
Aumento de transaminases
dultos por cobrir desenvolvem resistência
Ciprolasa wa, As quinolonas são tão efi- rapidamente Nelrite intersticial
Gram positivos e
gram negativos Cipromizin Boolanna, cazes por viB oral que esta Streptococci são apenas
via deve ser preferida tão moderadamente sensfveis
(inctus1ve Pseu- Cipronal Cazl, logo for possí vel, preferen- Ureaplasma, NoctJrriia, Os danos da cartilagem de
domonas), Legi-
anel/a, Myco-
Ciproxan R""""', cíalmente longe das refeí- T. palidum crescimento observadas
em animais de laboratório
plasma Ciproxen c'18""" , ções. Ao passar de EV para Algumas cepas da:
VO pode se usar uma qui- Pseudomonas. S. maltophi- não foram comprovadas em
Nas Infecções u-
Ciproxil Haller, nolona mais barata, desde lia, Listeria, S. agalactiae humanos. A droga pode
rinárias usar a- Ductocina 0""10, que a infecção não seja por Características: ser usada em crianças em
penas se for a Proxacin N..ourmrca, Pseudornonas. infecções graves em que os
Baixa penetração no liquor
única opção. Já vem diluída. Infundir em (usar pelloxacin se preciso beneficios superem este
Compr: 250mg (6-14] risco teórico. Recomendar
60minutos.
Em Infecções os- Compr. 500mg (6-14) para meningites)
Proteger contra luz intensa. farta ingestão de líquidos.
teo-articulares Cifloxtron ""''"" Não associar com cJindami-
por S. aureus ou F r. (100ml): 200 mg cina, dexametasona, hepa- (ver: SCHAAD et ad Use of
gram negativos tluorquinolones in pediatra .
Compr. 500mg (1001 rina, hidantoína, hidrocorti-
são muito efica- oonsensus reporl .Pedtatr lnfea
sona, metilprednisolona, Ois J 14:1-9. 1995).
zes mesmo por Bactoflox BoOChlmrco nutrição parenteral. Não
v1aoral. Fr. ( 100m!): 200 mg usar oral com antrácidos.
Em otites supu - Evitar em pacientes rece· ~:
radas crOntcas e Proflox &gmaPn•rms, bendo aminofilina/teofilina Relato de reações graves a
resistentes a ou- Nixin Mapha, CQ~Q aalrJS.V.l c~naJ· mesmo fatais quando asso-
tros tratamentos C/0 < 30. ~ •ntervalo de 12 ciada a aminofilina/teofili na
Compr: 250, 500 e 750 mg
para 18 ou 24 horas
Procin Schrlntlfll'loullh,
Compr. 250-500 mg Preços urwlános aproxunados. ('
Fr. ( 100m!): 200 mg ComPf250 mg RS 2.80-6.70
Comprsoomg RS3.1G-11.70
Hifloxan ......151" Fr. EV 200 mg- AS 24 Q0-94 00
F r. (100rnl): 200 mg
Fr. (200m!): 400 mg

Quinoflox -
Compr: 250-500 mg
Amp.(tOml) 100 mg
Cifloxan v;,.,..
Compr: 500mg (14 1
Ciprofloxacino
G Mtdl<arotn1o Frasco EV 100 e 200 ml com 2 mg/ml Eurolarma. Ha19JIIstar, Rambal<i
Genérico C/oridrato de ciprofloxacino
Gomar. 250-500 mo AS Farmoau; oca, Arrow C1nfa E.M.s Hexel, .leoha. NeoQu,mlca, Rambaxr
--
CLOFA- Clofazimina a . - . Não usar em c rianças. Especifico para tratamento Cora a pele, urina, lágrima
Neov!ta Adultos: 100 mg/dla duran- da hanseníase lepromatosa em vermelho-marrom. Dist.
ZIMINA COmpr: 100 mg
te todo o tratamento (ge- (M. leprae) junto com ou- digestivos, fotosensibiliza-
Quimioterâpico ralmente 1 a 2 anos). troas drogas (dapsona- ção, ictiose, náusea, vôml-
para tratamento rilampicina) to, dor abdominal e diarréia.
Otst•íbuição gratuita na rede Doses altas - > J.perlstaltis-
da hanseniase
pú.túicadesaUde
mo e dor abdominal (falso
abdõmen aoudo)
. 29.
ANTIMICROBIANOS
Apresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeit.colaterais
Klaricid - ~;
CLARI- Sensíveis:
Otite, amigidalite, sinusite, Gram positivos e negativos:
Cefaléia, dispepsia,
pirose, náusea, võmi·
Compr: 250 mg (8· 121
TROMI- Compr: 500 mg (10·14-20) p neu m onia, pioderm ite e de Pneumococo, Streptococ- to, diarréia, dor abdo·
Compr. UD liber.prolongada: pele: cus pyogenes, Staphylo· minai, hepatite, colite
CINA 500mg [6·101 VO: 15 mg/kg/dla + 2 por 7 a coccus sensfvel a oxacilina pseudomembranosa,
Susp: 125mg/5ml rso- 1OOJ 14 dias. H.influenza e, Moraxella, Sintomas gastrintestl-
Susp: 250mg/5ml (30-50·100) Gonococo. Menlngoco. nais são menos fre-
Fr.amp. (10m!): 500 mg Profilaxia de endocard lte: Campylobacter, Ch/amydia qüente que com ert-
Derivado da entro- 15 mglkg/dose uma hora an- tracomatis. Mycoplasma, tromicina (13 versus
micina (macrolfdeo) Clamicin - tes do procedimento Helicobacter pilori, 32%)
quatro vezes mais Ciaritron Collolann Legionella.
potente para es- ~; B. pertussis e parapertussis Rash, prurido,
treptococo e estafi- Karitril """""" 250 a 500 mg/dose x 2 Toxopiasma Trombocitopenla
lococo sensível a Compr: 250 mg (8·12) por 7-14 dias Mycobacterium avium Aumento de tran saml-
oxacilina e mais Compr: 500 mg [10-14) nases. Au mento de
bem tolerada que uréia e creatinina
Clatorin A01'"'", Bronquites e sinusites: Resis tentes :
ela. 500 mg/dose x 2 por 7-14 dias Nenhum macrolfdeo é util
Clabiosin "'"'•'ma,
para S. aureus resistente à
O sabor ruim preju- Compr: 250 mg 18-12·30) Hellcobac ter: oxacilína (os macrolídeos ele·
dica a aderência ao Susp: 125mg/5ml (50·60) 250 mg/dose x 2 vam os níveis séricos
tratamento. até 500 mg x3 de digoxina, varfarina,
Clar itab Ac"*, Algumas cepas de S. au-
teofilina e ciclospori·
Helicocid sf!lmaPha~m• reus senslvel à oxacilina
Ajuste na msufiC. renal: são resistentes na)
Compr: 500 mg (1~14·20] C/c, < 30: dar 50~• da dose
Clarineo NoaOumoca Nunca associar a ler·
Preços un1tano& apr~mados fenad1na, aztemisot e
lnobac Sotpamo Comp< 250 mg. AS 2 30-4,40 etsapnda (QT longo,
ComP< 500 mg AS 6.00·8.80
Claritromax P""""' Susp t25 mg AS I Sml2. 1 ~3 10
arritmias)
Compr: 250 mg (8-1~121 Susp 250 mg. AS I Sml4 10·5.90
Amp de 500 mg AS 19.00·25,00

Clarltromlcina
Susp: 125mg/5ml e 250mg/5ml (50·60) Abboll. E.M S.. Aambaxi
Compr: 250·500 mg Abbott, E.M.S . Mopha Medloy, Ramoaxl
Compr: 250-500 mg Morei<. Novartis
Fr.amp. (10ml): 500 mg Eorofarma

CLINDA- Dalacin C Pr""''Ptwmaaa ~: Sensív eis: Freqüentes:


Amp. (2m!): 300 mg VO: 10-30 mg/kg/dia + 3-4 Indicação principal: Náusea, vômito, diar·
MICINA Amp. (4ml): 600 mg Máximo: 2000 mg/dia Anaeróbios ( 8 . fragilis e réia aguda (7% ). eso-
Uncosamina (ma- Fr.amp.: (6ml) : 900 mg EV: 25-40 mg/kg/dia + 3-4 Bacteróides sp. Propioni- fagile, anorexJa, azia,
crolfdeo) útil sobre- Cáps: 150 mg 1201 bacterium, Clostridium, Alergia (rara): rash, ur·
Recém-oa5~iQQ~: pág. 500.
tudo nas infecções Cáps: 300 mg (16) Peptpcocos, Peptoestrep· ticária, prurido, lebre,
por anaeróbios (ce- ~: tococos), Streptococcus S. Johnson,
lulites necrozantes,
Clindarix AJ<ston VO: 150-450 mg/dose x 3·4 microaerolilus. Hipotensão, arritmia,
abscessos da boca Amp. (4ml): 600 mg EV: 1200 a 1800 mg/dia + 2-4 EfiQª~ Qll!~ oão gri rn~l[i.! f OTc no ECG
e l aringe, sinusites Amp. (6ml): 900 mg Dose máx VO: 1800 mg/dia escolha gara: S. pyogenes, Disfunção hepállca
crônicas, pneumo- Clindabiotic limAo Ou•mtca Dose máx EV: 4800 mg/dia S. viridans, S. pneumoniae. Leucopenia, tromboci-
nias de aspiração, Malár i a falci paru m : S. aureus, S. epidermidis, topenia, eosinolilia
abscessos hepáti·
Hyclin Hypo<am>O associada a cloroquina ou ar- C. diphtheriae, Nocardia. Prolonga eleito de cu-
cos, pulmonares e Amp. (2mt): 300 mg tesunato/artemater : Actinomyces. Fusobacteri- rares.
sublrênicos. perito- Amp. (4ml): 600 mg 20 mg/kg/dla + 2 por 5 dias um, Veil/onel/a, Dor no local da inje-
nites, apendicije Profila xia de e ndocard ite em Pneumocystis, Toxoplas- ção e flebite
Clindacin c.tJo/snn alérgicos a penicilina:
supurada, aborto ma, Ma/ana Parada cardíaca por
Amp. (2ml): 300 mg 20 mg/kg/dose (máximo 600 injeção EV rápida
séptico, osteomieli- Resistentes :
te crônicas, sepse Clidamin-C mg/dose) 1 hora antes do pro- Risco de coll!e pseu-
TIHIIO Enterobactérias, Enteroco-
por anaeróbios etc) cedimento. domembranonosa: O, 1
Cáps: 300 mg (15) co. H.inf/uenzae, C.diflicile
geralmente assoei- Para uso venoso, diluir para 6 Meningococo, Gonococo, a 1 O% dos casos (po-
ada a um aminogli- Proços uMarios aproximados mg/ml em SF-SGI-RL e correr Bordetella. Chlamidia, de ocorrer semanas
cosídeo ou celalos- CompriCáps 300 mg AS 2,00·3.70 em cerca de 30 minutos (má- Nocardia, Mycoplasma após o fim do trata·
porina Boa concen- Amp de 300 mg AS 6,20·7.80 ximo de 30 mg/mlnuto) mento)
Características:
tração em absces- Não infundir junto com amino- Acumula na insulicl-
filina, ampicílina. anfotericina, t:Jão penetra no SNC
sos e ossos. Esqui- ência hepática mode-
E eficaz p/ S. aureus de o-
zon11cida na malá- anrinona, fenobarbital, hidan- rada.
rigem comunitária resisten-
ria. torna, midazolan, lionenbutaf, Raro: disfunção renal
tes à oxacilina ( Pediarr lnfect
gluconalo de cálcio, ranitidina,
{);s J. 22:593·599. 2003)
sulfa/o de magnésio, vitami- Tem ação intracelular (Ex.: Contra-ingil<;!~Q: d1ar-
nas. Por via oral é melhor tole- ação bactericida contra S. réia previa ou colrl e
rada após com as refeições e aureus já fagocitado por crõmca
com multa água neutrólilos).
Clorldrato de Clindamicina
G M•di<-nto Caps 300 mg 110·16·20·100) Hexal. Rambax.l
Genérico Fosfato de Cllndamicina
' Amp (2 e 4 ml) e Fr.amp. (6 mt): 150 mg/ml Eurotarma. Hipolabor UmãoQutm~ea

...........
-30 -

ANTIMICROBIANOS
Apresent. comercial Dose Sensib ./resistência Efeitos colaterais
CLORAN- Ouemicetina "'""""Phamacia Criancas:
50-100 mglkg/dia 7 4
S ensíveis: Náusea, vômito, diarréia,
estomatite, alergia , rash.
Drágea: 250mg 1201 Indicações principais:
FENICOL Drágea: 500mg 1201 Meningi te: Anaeróbios (8 acteróides), enterocolite
Xpe: 156 mg/5ml 11001 75-100 mg/kg/dia 7 4 Meningite bacteriana entre Febre, confusão mental, ce-
Recém nascidos:
Anfenicol (mes-
mo grupo que o
Fr. amp: 1000 mg
< 7 dias ou até 2 Kg:
2 e 5 anos (associada a
ampicilina)
faléia, pasadelos . í
Cardiotoxidde com depres-
lianfenicol), bac- Cloramed _ ..... 25 mglkg/dia 7 1 H.inl/uenzae, meningococo, são ventricular aguda.
tericida para a Susp: 125 mg/5ml (601 > 7 dias:
Risco de depressão medu-
maioria das bac- Drágea: 250 e 500 mg (24] 50 mglkg/dia + 2 Bacteriostático eficiente lar reversível. anemia a-
térias sensfveis e Nível sérico ideal: mas não primeira escolha plastica e agranulocitose
bacteriostática Farmicetina o.,._ Pico: 15-25 ng/ml. para: Depressão medular transi-
para estaliloco- Susp: 125 mg/5ml (1001 Basal: 5-1 O ng/ml. Salmonella, Shigella, E. co· !2!il! e dose dependente
cose diversos Neo fenicol NooOu'"""" li, Serraria, Enterobacrer, sobretudo com nível 'serico
Gram negativos Profenicol P•odoru ~;50 mglkg/dia + 4 Ricketislas, Gonococo, S. > 25 ng/ml e melhora com a
Dose máxima: aureus e S. epidermidis, suspensão da droga
Sintomicetina """'oy 100 mg/Kg/dia ou 4 g/dla Pneumococo,Ch/amidia, S- Aplasia fatal: em 1 :20.000 a
Cáps: 250 mg J1 0·1 OOJ A via oral dá níveis equiva- treptococcus A,B,C e G 1:40.000 (frequência de
Fr. Am p.: 1000 mg lentes à EV que só é usada Esplroqueta, Mycop /asma, óbitos semelhante a por
Amplobiotic •••maco em infecç/!es muito graves anafilaxia à penicilina) in-
Para Infusão EV diluir 100 Em portadores de febre ti- depende da dose e é mais
Cáps: 250 mg [100] fóide preferir ampicilina ou freqüente com a via oral
mglml ou maís e infundir
Arifenicol •••ton em 5 minutos. amoxicllina ou SMZ+TMT que EV.Em geral é tardia e
Fr. amp: 1000 mg Não infundir junto com a- ocorre 3 semanas a 12 me-
drenalina, ampicill- ses após a exposição.
Cloranfenil 58""'" na,cartJenicilina, fenolizina, Síndrome cinzenta em re·
Caps/compr: 250 mg 1101 hídanroina, hrdrocortlsona, cém nascidos (colapso cir-
Capslcompr: 500 mg (10·201 gentamicina, metoclopra- cu latório, cianose, hipoter-
Preços un11ânos aprolt1mados mida, neli/micina, penicilina mia, acidose, depressão
Susp 125 mg AS 1.20 / 5 ml
Caps 500 mg AS 1.Q0.1.30
G, tobramiclna, vancormci- miocárdica, coma e morte)
Amp 1000 mg AS 3.80-5.40 na, vítamina 8 e C. Hepatite medicamentosa
É prudente fazer um hemo- com pancitopenia
grama de controle umas Neurite ótica
duas vezes por semana. Rara: anafilaxia

COLIMI- Colis-tek Oponl'hannaceubes Criancas e Adultos: Sensíveis: Distúrbios neurológicos re-


Fr. Amp.: 150 mg 2, 5 a 5 mg/kg/dia 7 2-4 Indicações principais: versíveis, parestesia perio-
CINA Em obesos calcular pelo Pseudomonas aeruginosa rat, formigamentos, verti-
Colistimetato peso ideal. multiresistente gem, ataxia, corlfusão, con-
Dose máxima: 160 mg/dose Eficaz para: vulsão, disartria, fala arras-
Polimixina E Fibrosa cística: E. co//, Klebsiella, Enrero- tada, sinais meníngeos, mi- í
EV: 5 a 8 mglkgfdia 7 3 bacter, Salmone/la, Shig el- astenia, paralisia
Antibiótico do lnalatória: 75 mg em 4 ml la, Haemophilus, 8 . pertus- Prurido, rash, urticá ria
grupo das poll- de SF 2 vezes ao dia. sls, Pasteurella , Citrobac- Nefrotoxidade í
mixinas. Multo Para uso EV diluir o frasco ter, Acinetobacter Eosinofilia, leucopenia
nefrotóxlca e em 2 ml de ABD (75 mg/ml) Resi s tentes: Apnéia, broncoespasmo,
neurotóxica e Injetar em 3 a 10 minutos Proteus, Nersseria tosse
í
DAPSO- Dapsona Noav>oa . r•.,,. Han seníase: 1 a 2 Mycobacterlum leprae Metahemogloninemia, ta-
Compr. 100 mg mglkg/dia+ 1 (máx: 100 mg/ quicardia, dist. psiquiátri·
NA
Sulfona de ação
dia); por 6 meses a vários
anos (associado a rifampl-
cina mensal ou ctofazimina)
cos, cefaléia, nervosismo,
náusea, cansaso, febre,
dermatite, S.Johnson, eri -
r
prolongada útil Profilaxia P. ca rlnii o u to- tema multiforme , colestase,
no tratamento da xo plasm ose: hepatite, neuropatia, dist.
hanseníase (em 1 a 2 mglkg/dia digestivos, hemólise teve
associação), máximo de 50 mg/dia + 1 (grave na def de G6PD),
derrname herpe-
tiforme
~:
Hanseníase: 100 mgldla
depr. medular, nefrite, he-
patite r
durante todo o tratamento.

DOXICI- Vibramicina P112e< Crianças: Só em maiores Sens íveis: Descoloração de dentes em


Ciordox r.... , Ciclisan de oito (12) anos de idade: Chlamydia trachomatis, mi- < 8 anos
LINA sanvar, Doxilegrand Legmnd,
5 mg/kg/dia no 1° dia e cobactérias atípicas, Anorexia, náusea, vômitos,
2-4 mg/kg/dia 71 -2 depois Actlnobacter sp. diarreia. secura na boca,
Dox ilina Vi!.,.,, Neo do- Malária fa lciparum assoei- Actinomyces sp, Bacterói- glossite, fotosensibilização. í
Tetraclina sintéti- ada a cloroqulna: des sp, Bartonella, 8rucella. rash. urticária, Stevens
ca de ação lon- x icilin Necawm~co, Tiocicli-
3,5 mglkg/dia 7 1 por 5 dias Campy/obacter fetus, Cios- Johnson, fotosensibilização
ga. na Bo>gamo' Uni doxicilin Prof ilaxia de malár ia: tridlun sp, Enrerobacter, E. Anemia hemolítica, depres. (
Bacteriostático. UnidQOu,miCa
2 mg/Kg/dia + 1 (crianças) e co/i, Francisella, Ustérla, medular, eosinofilia,
É a mais cara Drágea/Compr: 100 mg [3-15-20] 100 mg/dia (adultos). Mycop lasma, Gonococo, Hipertensão craniana
das tetracicllnas Adultos e> 40 Kg de peso: Shigella, pn eumococo, Hepatotoxidade
Protectina s,,nor.syn<M~aoo (
1 00-200 mgldla + 1-2 V.cholerae, Yersinia, Doxocilina e minoclclina
Drá gea: 100 mg [151 (duas doses apenas no H. /nfluenza. Legionella são as duas únicas tetracl-
Drágea: 200 mg !5-10)
Proços un~~anos aproximados:
Compr 100mg AS 1, 10-1,90
prlmelro dia) Malária falc iparun resisten-
te, Doença de Lume, Ricke-
ti sioses •
c linas que podem ser usa-
das nà insuficiência renal
Çontra-lndicação: gestantes
r
Modi<a_,.,.,. Cloridrato de doxicilina e menores de 8 anos. lnsu-
-31 -
ANTIMICROBIANOS

r gastrintesti-
nais ocorrem em um ter·
r ço dos casos.

Dor epigástrica, náusea,


vômito. diarréia.

Disfunção hepática
(0,2%), hepatite colestá-
tica (só estolato).

Colite pseudomenbrano-
sa, pancreatite,

Alergia, rash, prurido,


urticá ria, eosinofil!a, ana·
r Eritroben Herakfs
filaxia Flebite no local da
Injeção, Ototoxidade
Susp: 125mg/5ml [60! (EV)
Ericloran Prodotti
Febre
Eritax Luppe<
500 mg [211 Arritmia ventricular, au·
250 mg/5ml 1601 mento do QTc, bradicar-
llotrex UnrOOOulrrnca
dia: suspenser a droga e
EAITAOMICINA admnistra_r magnésio.
LACTOBIONAT
O (USOEV) NA
PÁGINA
SEGUINTE
r

ERITRO-
MICINA
(LACTOBI
TO)
IErltromic:ina de
-32-

ANTIMICROBIANOS
Sensib ./resistêncio
Sensíveis:
S. aureus. Streptococcus. Pneu-
mococo, E. coli, H.inlluenzae, ltono "~~'""
Klebsiella. Moraxella, Proteus.

Tequin Bnslo/Mywsso•-
Compr: 400 mg [7-42) 14110 •nlli'dia
Fr.amp.(40 ml): 400 mg
Bolsa (200 ml): 400 mg

urut&rio aprox•mado
400 mg. AS 15.00
400 mg. AS 135,00

Garamicina Crianças: Nefrotoxidade: albuminuria ,


SchBrlnQPiough EV-IM: 6 a 7,5 mg/kg/dia +1-3 hematúria, cilindros granu-
Amp (1 ml): 20 e 40 mg • Pode-se usar em dose única losos, .!. ou i K, .!. Na, J.
diária e 5 a 7,5 mg/kg; exceto Mg, .!. Ca. 1' escórias.
Amp (1.5ml): 60 mg
no choque, neutropênlcos e Ototoxidade: zumbidos, ru-
Amp (2 ml): 80 mg
lmunodeprimidos e na insufi- idos, tonteira, surdez.
Aminoglicosfdeo Amp (1 .5 ml):120 mg ciência renal ou hepática. Sal-
(aminociclitol) Amp (2 ml): 160 mg ley Clln lnfec Ois 24:786. 1997 e Ml·
Amp (2 ml): 260mg Alergia, rash, angioedema,
Pedtatr lnf Ois J 20: 1169, 2001)
anaflfaxia. prurido
1-2 mgldose x 1 Nãusea, vôm1to, anorexia r
Gentamicil R!!l;~m nascidos: pág. 500
Bloqueio neuromuscular,
G-nna Adultos: Febre, tremores, vertigem,
3-5 mg/kgldia + 1-3 cefaléia, parestesia, es-
Amp.: 20-8Q-280 mg
Dose máxima: 300 mgldia pasmo, convulsões.
Gentamii Oucto Concentração sérica:
Amp.: 20-1!0-I 60-280 mg 6 a 1O (lg/ml no pico Anemia, neutropenia, trom-
Diluir: 2 a 6 mglml em SF ou bocitopenia,
Gentaron Ans!On SGI e mfundir em 30 minuros. Algumas cepas de gram negati- Disfunção hepática, hepa-
Amp.: 20-60-60 mg Não infundirjunto com: ampi- vos principalmente Klebste/la e tomegalia, i transamina-
Amplomicina c...... cilina, anfotaricina, bicarbona - de Pseudomonas ses, esplenomegalia
to, cefotaxima, cefotazidima. Perda de peso, fibrosa
Gentax L"- cloranfenicol, dexametasona, Não usar como droga isolada pa- pulmonar,
NeoGentamin """"" digital, furosemide, heparina, ra gram positivos pois os lllac- Hipertensão, artralgia,
hidantal, hidrocorlisona, 1/pi-
Vitromicin v""""" des, magnésio, oxacifina, pi·
tãmicos são mais eficazes. Tromboflebite
Amp.: 80 e 280 mg peracifina, penicilina, ticarcili~ Preço uniláno aproldmado: Nível sérico persistente-
Gentamicina ruRP na, lionembutal Amp 40 mg; AS 3.50 -5,20 mente acima de 10 mcg /m/
Amp.: 80 mg Nlvel sérico: dosar no 9o dia e Amp 80 mg: AS 3.50 - 11,00
Amp 180 mg: R$ 5, 10 - 9.70 --7 nefro e otototoxidade
depois de 5/5 dias.
Geramin P"""'m Basal : < 2 mcg/ml
Amp.: 80 mg Pico: 5-10 mcglml r
-..,...,. Suffsto de Gentsmlcfns Amp. (2ml): 80-
Amp. (2ml): 40 e 80
- 280mg E.AI.S..
. 33.
ANTIMICROBIANOS

Alucinações, confusão
mental, convulsões (so·
bretudo em crianças com
meningite), tonteira
Candidiase, febre, hipo·
tensão. taquicardia,
Para uso EV dtluir para 7
Náusea. vômito, diarréia,
mg/ml ou mais e correr em
manchas nos dentes, co·
15 a 30 minutos. Não in·
lite pseudomembranosa,
fundir junto com: aminogli-
hepatite.
cosldeos, ringer /actato. A
formulação I M não pode oo•·l L•90l·oni91/a Eosinofilia, leucopenia,
usada por via EV.
agranulocitose, anemia
uso concomitante "slnér·
de aminogllcos fdeos Aumento de transamina-
nos primeiros dias não tem ses, disfunção renal, po·
respaldo cientifico. sitivação de Coombs.
Exige ajuste na msuf. renal Cada grama de lmipe-
nem contém 3,2 mEq de
sódio.

insônia, febre ,
fadiga, convulsão, confu-
são, nervosismo, irritabi·
!idade, ansiedade, aluci-
nação.
Neutropenia, trombocito·
penia,
Vaginite
Aumento de transamlna-
ses.

Cefaléia. náusea, diar-


l.<:tR.-.twlr,nrr•oc resistentes a ré ia, vômitos. dor abdo·
minai, colite, constipação
monilíase
febre, flebite
insônia, pares·
I tonteira
rash, hiper-

rombocitopenia, anemi-
a, leucopenia
Neuropatia, neurite ótica
i transaminases, glice-
mia, lípase, amllase, bilir-
rubinas. Acidose latica
-34 -

ANTIMICROBIANOS
"'~"·;;;;.!, A ., Dose
·" present. comerc1a Sensib./resistêncio Efeit.coloterois
LINCOMI- Frade micina Pfize<ll'twm Crianças: Sensív eis: Dor epigástrica, náu-
Lincoflan Bunke. 10 mg/l<g/dia + 1-2 Gram positivos sea, vômito, estomati·
CI NA Cáps: 500 mg 1121 Infecções graves: Estafilococos oxacilina sensí- te. colite pseudomem-
Macrolldeo. pou- Xarope: 250mg 1 5ml [60J 20 mg/l<g/dia + 2 vel branosa, diarréia, a-
co usada atual- Pode ser usada mas é pior tola- Bacteróides lergia, Stevens John-
mente (obsoleta) Amp. ( 1 e 2 ml): 300 mg/ml rada por via oral que outros ma- Anaeróbios son
pois quase sem- Hylinc Hypo'"'"'" , Linco- crolídeos
pre ~de ser mirai Ovc•o, Lincota x Luper ~:
s~bstttufda pela Lincovax Delta 600 mgidose IM x 1-2 (i
chndamte•na e ou- . • G<Hfll'ha Infecções graves: Preços UflllâtiOs aproK1mados
tros macrotfdeos Lmdem1cina n7IJ EV: 600 a 1000 mg Cáps 500 mg AS -4 50
J<atope250mg RS 1.60 15 m1
com vantagem Amp. (1 e 2 ml): 300 mg/ml por dose x 2-3 Amp 300 mg. RS !>-1Q-5,70
Amp 600 mg AS 6.50-9.40
Cloridrato de lincomicina
G
MEROPE-
Modia..,nto
Genérico Amp. (1 e 2 ml): 300 mg/ml EM.S . NeoOu!truca.Teulo

Mero nem IM Asl..z.,... Criancas > de 3 meses: Sens íve i s : Eritema e dor no local
Fr amp· 500 mg IM ou IV: 60 mg/l<g/dia + 3 Cocos gram positivos exceto da injeção (0,5%), fle-
NEM · Diluente: 2 ml Meningite e Infecções graves: S.aureus oxacillna resistente e bite (i
Betalactàmico 80 a 120 mg/Kg/dia +3 EnterocCtCCus faecium Rash alérgico (1-2%),
carbapênico de Recém nascidos: Pouca referên- Quase todos bastonetes gram urticária, S. Johnson,
largo espectro do cia para uso em <de 3m. A do- negativos (exceto Legionella e anafilaxia,
mesmo grupo do Meronem IV As..z.,..,. se preconizada varia de 40 a 80 S. maltophilia) Febre, confusão men- IÍ
IMIPENEM e Fr.amp: 500 mg mg/l<g/dia dependendo da idade Todos os anaeróbios. tal, convulsões
mesmo espectro Fr.amp: 1000 mg gestacional e peso. Para menin- Pseudomonas (até multiresist) (<0,5%), cefaléia, in-
contra gram +, gite: doses maiores. Ver pág.500 S. aureus oxa sensível, Ente- sônia, agitação
gram - e anaeró- Preços unot.lr.os aproximados Adultos: 500 a 1000 mg/dose x 3 robacter, Serratia, Klebsiel/a Náusea e vômito (0.4-
bios e boa pene- AmpSOO mgo AS 121 _ 00 Meningite: 2000 mg/dose x 3 Para anaeróbios tem atividade 1%), diarréia (1-4%),
tração no SNC. Amp 1000 mg R$ 79.00 121 .00 Dose máxima: 6 g/dia. comparável a clindamlcina, candidiase oral ou pe-
lnduz resistência Diluir com SF ou ABD entre 2 ,5 e metronidazol e cloranfenicol. rinea t (0,5%), glossite
(desrepressão 50 mglml e infundir em bolo em Resi stentes: ( 1%), manchas nos
gênica) e deve 3-5 minutos ou infusão lenta de Legionella, Pseudomonas ce- dentes, colite pseu-
ser reservado 20-30 minutos .. Após dílufda e pacia (algumas cepas) domembranosa,
para infecções estável por 18 horas sob refr/ge- Clostridlum difficlle Hipotensão
resistentes a to- ração. Não infundir junto c/ ami- Stenotrophomonas maltophllia Eosinofilia, leucopeni-
dos os demais nog/icosídeos. é intrinsecamente resistente e a, anemia
antibióticos. Po- &ustr na insuf;.c~ tende a ser selecionada Aumento de transami-
de ser usado em Cl_. 25-50 • "''ervarlodtl8-+t2 Características: nases, LDH e fosfata-
monoterapia em C/Q to-25. 50'1. ds elo...,, ••urv 8 ·12 Penetra bem no SNC (< risco se alcalina, bilirrubina
infecções graves. ~~~=doS<!. 'lntor~ B- .2
4
de convulsão na meningite Hepatite, disfunção
renal ,
r
que 0 imipenem. Produz menos convui-

GGenérico
Modia"!"'" Meropenem
Fr.amp: 500 mg Eurofarma
E mais eficaz contra os gram
negativos e menos contra
gram positivo que o lmipenem
sões que 0 lmipenem
na meningite
3 _9 mEq de Na /grama
Flagyl
METRO- AvenUsPham•• Anaerob ic ida: Sensíveis: Náusea, vômito, ano- r
Helmizol TDU1o Criancas e M uitos: EV ou VO Anaeróbios: rexia, gosto metálico,
NIDAZOL Compr: 250 e 400 mg [1 o-121
7,5 a 10 mg/l<g/dose x 2-3 Peptococcus. Peptoestrepto- estomalite, xerostomi-
ou 20 a 30 mg/l<g/dia .;. 2-3 coccus, Veillonella, C/ostridi- a, diarréia
Susp: 200 mg/5 ml [120)
Anaerobiclda de Dose máxima: 4000 mg/dia umsp, Cefaléia, ataxia, con-
Frasco (100 ml): 5 mg/ml
primeira escolha; Casos graves: começar com C. diffici/e, Fusobacterlum e fusão, convulsão, alu-
amebicida, giar- Canderm topnc~ dose de ataque de 15mg/l<g. Bacteróides sp cinação, insônia, pa-
dicida e tricomo- Candifen Gr_,,_,. Helicobacter: (em associação) B. fragilis restesia
nicida. Flagimax Bel1ar, Metro- 15-20 mg/l<g/dia + 2 (4 semanas) Gardnerel/a vaginalis, Flebite, tromboflebite
H. py/or/, Urina vermelho escu~
Boa concentra- nide P·-"',M e trotix e.ot Antipara sitário: Gampylobacter fetus ra, ardor uretra!
ção no llquor e Compr: 250 e 400 mg Amebíase: Alergia r
em abscessos. Susp: 200 mg/5 ml 180·100) 35-50 mg/kg/dia + 2-3 (5-10dias) Resistentes: Leucopenia, neutro·
Flazol ModQu'"""" Glemin Adultos: 500·750 mg x3 (10 dias) penia
Todas as bactérias aeróbicas
A droga é muito osorioMo<aas M t ' . Cozi Repetir após 20 dias Anaeróbios do gênero: Efeito dissulfiram (vô- r
eficaz por via o- • e ront 1 • Giardíase: Eubacter/um mitos intensos, con-
ral e esta via po- Metroval s.nvlll, Minegyl 15-20 mg/l<g/dia + 2-3 (7-10dias) Propionibacter/um, Lactobaci- gestão generalizada,
de ser usada em ,_..,., Metronin cn""" Adultos: 250 mg x 3 por 5 dias lus Actinomyces cefaléia, confusão
infecções por ·'h . Heraldo ' Repetir após 20 dias PoUtCO eficaz em abscessos mental e estado psicó-
anaeróbios. T riC Omtn Tricomoniase: pulmonares tico) se associado a
Compr: 250 mg 2 gramas em dose única ou bebidas alcoólicas.
Susp: 200 mg/5 ml 180-100) 250 mg x 3 por 5 dias Dose alta e prolong.:
Dazolston..,.,on, ldazol EV: Diluição < 8 mglml em SF ou Preços unltarioo aproXImados· neuropatia periférica
Haie>r/Siar,Metroniflex a...,., SGI ou RL. Velocidade máxima Comp, 2somg·Aso,35.0,90
Frasco ( 100 ml): mg/ml de infusão: 5 m/ I minuto ou 0,25 Comp< 400 mg: AS 0,35- t ,oo Cada grama contém
5 mg/kg/hora. Susp 200 mg: AS 0,30·0.50 / 5ml 28 mEq de sódio.
Metronidazo/ Não exrge correçao na lns.renal. Amp de soo mg: AS B,40-2o.oo
Susp: 200 mg E.M s. Nooqulmlea E hemodializável r
Mod~n1e>
G Genérico
Comp: 250 mg Nooqulmlea
Comp: 250- 400 mg EMS
Frasco (1 00 ml): 5 mg/ml
-35-
ANTIMICROBIANOS
•Df.Ç9<1, Apresent . comercia l Dose Sensib ./resistência Efeitos colaterais
Minomax """'"' ~: Só em maiores de Se n sív eis : Descoloração de dentes em
MINOCI- oito anos de idade: Neisserias, Listeria, Pneu- menores de 8 anos, Náu-
Compr. 100 mg [9·30]
CLI NA Minoderm 51"''BI
4 mg/kg/dia +2 mococo, Mycoplasma etc sea, vômitos, diarréia, eso-
T etraciclina sin- ~: 200 mg/dose x 1 Opção na hanseníase fagite
tética. Compr. 100 mg (10.30) Dose máx: 400 mg/día Alergia, rash , fotosensibilí-
Resistentes:
Bacteriostátíco. Acne: 50 mg/dose x 1-3 zação, anafilaxía,
Proteus, Providencia,
Não tomar junto com alimen- S.Johnson,
Pseudomonas, Senatia, S.
G Mod,c-n1~ Compr.
Minocilclina tosou /e/te
(10) Rambaxi Preços uOitános 8pfOlC&mados
sureus, Streptococco sga-
lnsuf. renal, disf. hepatica,
Eosínofilia, trombocitopenia
Genérico 100 mg
Compr 100 mg R$ 1,80-4,30 lactidae, C/ostridium

MOXIFLO Avalox BBv•• ~:


Sinusite: 400 mg/dia+1 (10 d)
Se n sív e i s : Pneumococo,
H.lnfluenzae, Moraxel/a, S.
Náusea (7%), dia rréia (6% ),
cefaléia, tonteira (3%), con-
Compr: 400 mg (5·7]
XACINO Bronq ulte:400 mg/dia+t (5 d) sureus, C/hamydia pneu- fusão, convulsão
Fluorquínolona Preços umtar.os apro'llunados Pneumonia com unltaria: moniae, Mycoplasma, Legi- Alergia, anafilaxia
Compt400 "'ll' AS 7.00 400 mg/dia +I (7-10 dias) onel/a, S. pyogenes, E.coli, Taquicardia, hipoten~o ...
Klebsiel/a, Proteus

Macrodantina Crianças: 5-7 mglkg/dia + 4 Tonteira , cetaléia, calafrios,


NITRO- Schln"'!!Piov(ih junto com as refeições
S ensíveis:
Klebsiel/a, E.coli, Entero-febre , vertig em, neuropatia.
FURAN- Urogen r..,,.
Dose máxima: 400 mg/dia bacter, Shigel/a, Sa/monel-Alergia, rash, urticária,
Profil axi a da ITU: la, Enlerococos, Enterobac-Náusea, vômito, anorexia,
TOÍNA Cáps: 100 mg (24) 1-2 mglkg/dia + 1 ter, Proteus. Enterococcl, pancreatite, colite, dor ab-
Dose máxima: 100 mg/dia dominai, colestase
Antibacteriano de Hantina - Adultos: Leucopenia, eosinofilia , a-
Resistentes :
uso restrito às in- Susp: 25 mg/5 ml (120) 50 a 100 mg/dose x 4 nemia megaloblastica, tro-
Proteus (maioria), Pseudo-
facções urinárias Profilaxi a: 100 mg/dose x 1 bocitopenia.
monas. S. aureus, Senatia
(barato, sabor ru- Preços unrtanos apcoxunados Pneumonlte/fibrose interst.
Câps 100 m~c A$ 0.30 Não usar na d1s função renal
im) Urina escura.
Susp 25 mg: AS 0 .70 /5m1 com clearence < 40
N ão exis te preparação Oral na insufle. hepática grave Ototoxidade e toxidade tu-
NEOMI- com encefalopatia: bular renal.
comerc ial para via o ral
C INA 50 a 100 mglkg/dia + 1-2

NETILMI- Netromicina ~ ~:
6 a 7,5 mglkg/dia + 2-3
P ri n cipal i ndicação : Como os outros aminogli-
Gram negativos aeróbicos. cosídeos: ver em amicacina
Amp.(1 .5ml): 150 mg
C INA IM-IV(correr em 40-60 min.) Pseudomonas na página 17.
PreQOs unitários apro,umados: Diluir: 6 mglml SF-SGI-RL Ativa contra Staphilococcus
Aminogllcosídeo Amp de 150 mg A$ 20,00 Ver doses para RN no quadro aureus oxacilina sensfvel
(aminoclclltol) da página 500.
~: 6 mglkg/dia + 1-3
Dose máxima: 300 mg/dia
Concentração sérica:
6 a 1O ,.gtmt no pico
Criancas: (uso restrito) Náusea (4%), pirose, cóli-
NORFLO- Floxacin "'- -. 3Q-40 mglkg/dia + 3
Sensíve is:
Infecções urinárias por: cas, dor abdominal, a nore-
Floxinol MilletRou• ,
XACINA Máximo: 800 mg/dia xia, diarréia, colite, xeros-
E. Co/i, Proteus, Klebsiella.
Norfloxil G<oonP""'""', Adultos: Enterobacter, Serraria, temia,
Bactericida do Respexil "'•"'SI!arpDohm•,
Infecção uri nária: Salmonela, Shigella, Cefaléia (3%). tonteiras
(3%), fraqueza (1 %), dis-
grupo das qui no- Uritrat uoo., Uroflox Far- 400 mg I dose x 2 por 3 dias Campylobacter. Citrobacter.
lonas e usado na IT U simples e até 21 dias Aeromonas, Actínobacter, túrbios do sono, depressão,
principalmente """", Uroplex Somv , nas complicadas. Providencia. Morganela. ansiedade, nervosismo, eu-
para infecções Uroseptal ......~~ago, Diarréia: 400 mg I dose x 2 Yersinia, Pseudomonas faria, irritabilidade, zumbi-
urinárias não por5 dias. Cocos gram positivos do, ataxia, convulsões
Compr: 400mg (6·14}
complicadas do Enterococcus Rash, anafilaxia, dermatite
Gonorréia: 800 mg em dose
adulto. Pode ser
Androfloxin Touro, única
estoliativa, urticária, foto-
útil também em Flox H""'',
Norxin eaz., Prostatlte: 400 mg/dose x 2 Resistentes:
sensibilização
Artralgia, artrite, tendinite
enterites e na
Floxanor 0 '",. , por 4 semanas. Anaeróbios Leucopenia, eosinofilia,
profilaxia de sep-
se em neutropê- Floxatom T...,..,
Staphylococcus resistentes neutropenia, tromboc~ope-
Melhor tomar longe das ralei-
nia, hemólise
nicos. Floxatrat .._, Floxilin ções e com água.
Disfunção renal aguda
Hemkf•,Fioximed MedQumoca, Hepatite
A droga pode ser usada em
Floxin erasronlpocd, Neoflo- crianças em infecções graves
Guillain-Barré
xin Neoau.m""', Norfloxan em que os beneffcios superem
o risco teórico de danos á car-
v'"'""",Norfloxasan s."""', tilagem de c rescimento (ver
Noflurin c-""", SCHAAO et ali Use of fluorquinolo-
nes in pedJatOcs: consensus report
Quinoform E.M 5 , .Pediatr lnfeclOisJ 14:1-9, 1995)
Uni-Norfloxacin Ur...ou ,
Urobaccid &tpomo, Preços vn•tártos aproximados;
Compr de 400 mg: AS 1, 10.2,30
Uroxazoi-N 8 " "'0' ,
Compr: 400mg (141
'- ·~

G~é~~
Norfloxacino
Compr: 400 mg (6-14] AI>Oiex. Blosintébea. Bnun1arma. EM.S Medley. Mepha, Merd<, Naluro·a. NOYBrtJS. Aarnbaxi
-36 -
r
ANTIMICROBIA NOS
Apres. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
Floxstat Janslsen Cdag , ~:(uso restrito)
OFLOXA- EV: 5 mg/kg/dia + 2
Opção para: Náusea (3-10%), vômito,
Compr: 200 mg (20] E.Co/1: Proteus. Klebsiella, Enre- diarréia. dor abdominal. a-
CINA Compr: 400 mg ( 10] VO: 7,5 mg/kg/d1a + 2 robacter, Serratla. Salmonela, norexia, azia, dispepsia e
Fr.amp.(10 mt): 400 mg Adultos: :~~aA~=~~!:~:rsr. estomat!te; _
Quinoxan Touro 200 a 400 mg/dose x 2 Provídancia, Morganera, Yers(nla Rash (1 Yo), prundo, erup-
Bactericida do
Bronqu ite, pneumonia, plo- Efica z mas não 1' escolha ções, S.Johnson
Grupo das qul- Compr: 200 mg (6- 10]
nolonas e que di- Compr: 400 mg ]10)
dermlte, celulite: para: S. aureos OSSA, S. epJ- Aumento transitório das
400 mg/dose x 2 por 1O dias OOrmidis, S . taecalis.S. viridsns, transaminases
fere do ciproflo- Fr.amp.(10 ml): 400 mg S. pneumoniae. Chlamydia, My· Dor torácica ( 1-3%)
Infecção urinária:
xacin por ser ine- Oflocin """""' coplasma. N. gonorrhoeae. M. Vasculites, lendinite
200-400 mg/dose x 2 por 3 a 1O
ficaz para Pseu- catarrhalts, Hocmofilus, Tubereu· Cefaléia (1 -9%). tonteira (1-
Compr: 200 mg dias Jose, Haemop/1. ducreyi (cancro)
domonas. 5%), agitação, distúrbios do
Preços unitarioe aproxwnados Prostatite: 400 mgldose x 2 por
Opção secundá - COmpr de 200 mg RS 5.20 Resistentes: sono, visuais, gustativos, e
ria na hansenia-
6 semanas Pseudomonas
COmp• de 400 mg RS 8.60-9.80 olfatórios, insônia (3-7%).
se. Amp 400 mg RS 42.0Q-65.00 Bacteróides
Para infusão venosa diluir com Febre (1-3%)
Anaeróbios i o risco de convulsão
G Modlc-nto, Ofloxacíno ABD-SF-SG/ ou diluente próprio
Ureaplasma, Nocardia Leucopenia, lrombocitope-
Genêric~ Compr: 200 mg Rambaxl a 4 mglml ou menos e infundir T.palidum nia, eosinofilia.
Fr.amp.(10ml): 400mg Toulo em 60 minutos. Baixa penetração no liquor Hepatite, Nefrite intersticlal

OXACI- Staficilin-N 8 """'Myors Crianças: Indicada: S. aureus ou S Alergia, rash.


Bactoc ilin c..ttotann EV-IM: 100-150 mg/kg/dia + 4 epidermidis sensíveis (raros Febre medicamentosa,
LINA Infecções graves: atualmente). Age contra S- Diarréia, náusea, const ipa-
Penicilina semi· O xac i I B<x:h"noco EV: 150 a 200 mg/kg/dia + 4 rreprococcus. pneumococo, ção, vômitos, eslomatite,
sintética beta- Oxanon Ans~en Dose máxima em crianças· C. diphteriae, Clostridium, colite pseudomembranosa
factamase resis- 1000 mg /dose x 6 Listeria (algumas cepas) T rombofleMe
Oxapen _, Recém-nascidos: pág 500 Preferir penicilina ou ampi- Aumento de TGO/P, coles-
tente indicada
especificamente Prodoxacilina P - Adultos: 2 a 12 g /dia + 4 - 6 cilina para estreptococos e tase (rara), hepatotoxidade
para estafiloco- Fr.amp.: 500 mg Para uso EV diluir para 100 pneumococos Depressão medular, eosi-
cos resistentes à mg/ml ou mais e correr em 10 Resistentes: 30-60% nofilia, neutropenia leve,
penlcillna e sen· Preços un1tános apro~e1mados: minutos. Apresenraçilo oral não das cepas de s.aureus hemólise
sfveis a oxacilina Amp de 500 mg R$ 2 ' 10 - 7 ' 50 é ma.s dtsponlve/ no mercado. hospitalares. Maioria das Nefrlte intersticiaJ, hematú-
1- Usarm~nor dose precontzada na s
cepas de epidermldis. ria, albuminúria e disfunção
Oxacílína S6díca msuftctencta renal grave. Enlerococcus. Llsterís e renal (risco maior em RN

G ~ Fr.amp.: 500 mg
Eurofarma . Prodofi.J , Teuto
Não é dialtzável.

~:
anaeróbios
Todos os Gram negativos
recebendo dose alta)
Con1ém 3,1 mEq de Na I g

PEFLO- Peflacin """"""""",.


15-25 mg/kg/d1a + 2
Sensíveis: E. co/i, Kleb- Cefaléia e insônia
P.efloxidina Teufo sierta. Enrerobacrer, Serra- Fotossensibilização;
XACINO Cotnpr: 400 mg (2- I OI
Máximo: 800 mg/dia tia, Proreus mirabllis, Pro- Mialgia. artralgias, tendinite,
Adultos: teus indo/(+), Citrobacter. ruptura do Tendão de Aqui-
Amp.(Sml): 400 mg 200 a 400 mg I dose x 2
Ouinolona usada Salmonel/a, Shigerta, Hae- les;
em infecções Floxinon ....,, mophi/us, Staphytococcus. Trombocitopenia
graves e com Amp. (Sml): 400 mg Neissen·a gonorrhoese, Le· ~sq~::::;a~m~~:s ~~:
boa penetração gione/Ja, Pseudomonas. vas em que os benefícios super·
noSNC Preços umtános aprox•mados· Resistentes: Algumas em o risco teórico de danos à
Amp de 400 mg: AS 2.10-7.50 cepas de Pseudomonas. cartilagem de crescimento {vor:
Compr 400 mg RS I 5.00-36,00
Ureaplasma, Nocardla, A - SCHAAD et ali. Pediatr lnlect Ois
naeróbios J 14: 1-9 ' 1995>

PEN ICI- Pencii-P P<odoto Criancas: 100 mil a 300 mil Sensíveis: Alergia. rash, urticária, pru-
Fr.amp.: 1.000.000 U unidades/Kg/dia + 4-6 Gram positivos: rido, edema angioneurótico,
LINA Fr.amp.: 5.000.000 U Dose máxima: 400.000U/Kg/dia Estreptococos ( grupo A. B,laringoespasmo, broncoes-
G Fr.amp.: 10.000.000 U Sífilis congêni ta: c. G), pneumococos, me- pasmo, anafilaxia (hipoten -
RN: 50mil U/Kg/dia + 2 p/14 dias ningococo, gonococo são, colapso vascular e (
CRISTA- Megapen Euro~arm.t
~:200mil U/Kg/dia+ 4-14d Diversos anaeróbios morte), dermatite esfoliati -
Adultos: varia amplamente com a Sífilis va, eritema multiforme,
LINA Fr.amp.: 1.000.000 U doença e gravidade Gram negativos: Proreus Reação semelhante a do-
Fr.amp.: 5.000.000 U 1,2 milhões até 24 milhões de mirabilis ença do soro (lebre. calafri-
Penicilina natural unidades por dia x 4-6 Resistentes: os, edema, artralgia e mial-
útil em tratamen- Cristalpen 13/o/ab Diluições oadrão inicjat: Maioria das cepas de Sta- gia)
to de pneumonia, Aricilina Msto" (A) 5.000.000 de unidade com philococcus aureus Diarréia, võmito
meningite, endo- F U 3,2 m/ de ABD = 5 m/ de solução Bacreroides fragilis, Miocardite
5 000 000
cardlte, sepse, r.amp.: · · com 1.000.000 U / ml Enterobacteriaceae. Pseu- Febre e eosinofilia. hemóh-
pericardite. sífilis (B) 1.000.000 de unidade com domonas se, neutropenia
1,5 m/ de ABD = 2m/ de solução Dist. coagulação
com 500.000 U I m/ Um percentual crescente Nefrite intersticial
Correlação:
500mg =800.000 Unidades Diluição final (rediluir) para dos pneumococo são resis- Dor, equimose, trombose e
10!J.OOO a 500.000 UI/m/ para tentes ou, mais frequente- hematoma no local de inje-
cnanças e para 50.000UII ml para mente são tolerantes exi- ção. Flebije e tromboflebite.
neonaros. Não infundir (EV) junto glndo doses maiores. Dose muito alta: hlperpo-
com anfoter;cina, bicarbonato. tassemia, convulsões
cálcio, cetrazidime, c/oranfenicol, Cada milhão de
~r Benzílpenícíllna fenitoína. fenobarbirar, heparina unidades contém 1, 7 mEq

GGenérico
•..u caaent o .,.
potassíca
Fr.amp.: 5.000.000 U
Eurotatma
Awsle na msuf. renal.
C/c, 1G-30: • ínterv. 6 --.8 a 12 hs
C/c, < 10: f mterv. 6 12 a 18 hs
de K e 0,3 mEq de Na.
-37-
ANTIMICROBIANOS
~ Apres. comercial Dose Sensib./resistência Efeitos colaterais
PENICI- Despacilina Brfs1a/Myets Crianças: Sensíveis: Risco da anafilaxia: vigiar e
Benapen BrlsiOIMye.. Pneumonia, faringite, pioder· Gram positivos: estar preparado para tratar.
LINAG m ite: 25 mil a 50 mil Ullkg/dia Estreptococos ( grupo A. B. Alergia, rash, urticária, pru-
Penkaron AtlSion Geralmente usa-se: C, G). rido, edema angioneurótico.
PROCAÍ- Wycillin-R Euroforma 400 mil UI/dose IM x 1 - 2 mas pneumococos, laringoespasmo, broncoes-
NA Fr.amp.: 300.000 U essa dose pode ser pequena em
caso de ce pas tolerantes de
meningococo, pasmo, anafilaxia (hlpolen-
(+100.000 de cristalina) gonococo são, colapso vascular e
ASSOC.À
pneumococo. Diversos anaeróbios morte), dermatite esfoliati-
PENIC ILINA
Sífilis congênita: Sífilis va, erilema multiforme,
CRISTALINA Benzilpenicilina G 50.000 U/kg/dia + 1 por 10-14 di- Gram negativos: Reação semelhante a do-
Penicilina de Benzatina •uRP as (se falhar mais de um dia, re- Proteus mirabilis ença do soro (febre, calafri-
depósito IM que começar do dia zero) os, edema, artralgia e mial-
Fr.amp.: 300.000 U
mantém nível sé- Dose max.: 1,2 milhões U/dose gia)
(+100.000 de cristalina)
rico por 24-36 em crianças e 4,8 em adultos. Diarréia, vômito
horas Adultos: 0 ,6 a 4,8 milhões de u- Miocardite
Resistentes:
nidades/dia + 1-2 doses Maioria das cepas de Sta- Febre e eosinofilia. hemóll-
philococcus aureus se, neutropenia
Preços un.tanos aproximados:
Fr de 400000U AS 5,50-5 80 Aplicar IM profunda fazendo ro- Bacteroides fragilis. Distúrbio de coagulação
dízio dos sítios de aplicação Enterobacteriaceae. Nefrile interslicial
Pseudomonas Dor, equimose, trombose e
hematoma no local de inje-
PENICI- Benzetacil Eurorarma, Faringite estreptocóclca e im-
ção.
peti go: Um percentual crescente
Benzetron Mston Benzalina: Dor prolongada
LINA G 25 mil a 50 mil Ul/kg/dose em dos pneumococo são resis-
e abscesso estéril no local
Benzecilin r..., ' dose única. tentes ou, mais frequente-
BENZA- Fr.amp: 600.000 U Criancas até 20 Ko: 300.000 a mente, são tolerantes exi· de injeção da benzallna (ra-
gindo doses maiores. ramente atrofia do subcutâ-
Fr.amp: 1200.000U 600.000 UI por dose IM
TINA Crianças> 20 Kg e adullos:
neo no local da injeção dei-
Longacilin -.. , xando marca permanente)
1.200.000 a 2.400.000 UI por
Penicilina de Procaína: depressão mio-
Fr.amp: 600.000 U dose IM
depósito IM que Fr.amp: 1200.000 U cárdica, convulsões. arril-
Profilaxia da doença reumáti-
mantém nível sé- Fr.amp: 2400.000 U mias, vasodilatação, poslli-
ca: É melhor usar a dose de vação da prova de Coombs
rico por até 30
1.200.000 U para qualquer peso,
dias
Pencil-8 P•odonr de 15 em 15 dias nos primeiros
Fr.amp: 1200.000 U 2 anos e de 21 em 21 dias a se-
Penei l-E PI"OdoUJ guir. Alguns recomendam
600.000 UI para crianças com
Fr.amp: 600.000 U
menos de 30 Kg.
Síf ilis congênita: 50 mil UI/ kg
Benzilpenicilina G /dose semanal / 3 semanas
Benzatina FURP Adultos:
Fr.amp: 600.000 U Sífilis adquirida recente:
Fr.amp: 1200.000U 2 400.000 UI, dose única, (dividir
em 2 injeç.).
Preços urutanos aproximadOS Sífilis adquir ida antiga: mesma
Fr 600 OOOU AS 3.30-7.50
Fr 1200.0000· AS 3,70- 8,80 dose repelida semanalmente por
3 semanas.

·-
G
PENICI-
Medlcam!nto
Genérico
Benzi/penicilina Benzatina
Fr.amp.: 600.000 e 1.200.000 U

Pen-ve-oral Eurotorma
Eumtarma

Farin gite estreptocócica e lm- Sensíveis: Alergia, anafilaxia,


Pen-ve-cil c.ratmo petigo: Gram posil1vos, Eslreplo- Náusea, vômito, diarréia,
LI NA V Criancas até 12 anos: cocos ± , Pneumococos febre medicamentosa, coli-
Compr: SOO.OOOU (12) 40 a ao mil UI!Kg/dia + ;1 le pseudomembranosa
ou Sol.oral.: 400.000/Sml [601 ; 25 a 50 mglkg/dia + _:l Convulsão, hemólise. nefrl-
FENOXI- (o uso em três doses diárias é Preferir as parenterais para te lnlerstic ial
METIL Meracilina ...., tão eficaz quanto em quatro do- os casos mais graves
ses diárias)
PENICILINA Pencilin V Teuto
Penicilina oral Compr: SOO.OOOU [121 Resistentes:
Criancas > 12 anos
Quadros leves Maioria das cepas
e adultos:
de faringite, pio- Penicigran V LDfl"""', 400 mil a 500 mil UI/dose x 3-4
de S. aureus
derm~e. profila- Compr: SOO.OOOU (12)
xia de doença Compr: 1.200.000U 1121 Profilaxia doença reu mática e
reumática e de profilaxia de infecção pneu-
infecções pneu- mocócica:
mocócica em i - Preços Ol'lllalloS BptOXJmaaos < 5 anos: 200 UI/dose x 2
munOdeprimidos Comp 500 OOOU AS 0,80 - 1.30 > 5 anos: 400 UI/dose x 2
Susp 400.000 AS t 20 1.50
Melhor tomar em jejum.

od. Fenoximetilpenicilina Potássica


G ~ Compr: SOO.OOOU Eu•ofarma
Susp: 400.000/Sml [60) EM.S, Eu•ofam10
-38-

ANTIMICRO BIANOS TUBERCULOSTÁTICOS


• Droga Apresent. comercial Dose Sensib./resist Efeitos colaterais
PIRAZI- Pirazinon s.nw• Tuberculose pulmonar. Principa l indica- Hepatotoxidade, hepato-
Pirazinamida Lalepe 35 mg/kg/dla dose + 1 nos pri- ção : M. tubercu/osis megalia, icterícia, hepatite r
NAMIDA Compr: 500mg [10-20-500)
meiros 2 meses. Máximo:2 g/dia TBC pulmonar e ex·
fulminante. Nefrite interstic.

Susp: 150 mg/5ml (1 50)


Adultos: Ver quadros abaixo trapulmonar exceto na Hiperuricemia (crise de go·
Tuberculostático Tornar todas as drogas juntas meníngea. ta). P artiria. Febre. disúria
bactericida, ação
Pirazinamida FURP em dose única diária. Usada sempre em as-
Trombocitopenia
Intracelular. Compr: 500 mg 15001 Os tuberco'<M>táhcos sAo d•stnbu•dos Anorexia, náusea, vômito,
graturtamente nos postos de saUde es- sociação (ver quadro Mal estar, artralgia, mialgia
pecializados no tratamento da TBC. abaixo)

RIFAM- Rifaldin Avont•sPOsnns 10 a 20 mg/Kg/dia + 1-2 Pri n c ipa l indica- Anorexia, náusea, vOmito,
Cáps: 300 mg [4-100) Profilaxia de meningi te: ção : M. tubercu/os/s, anorexia, cólicas, pacreatlte
PICINA Susp: 100 mg/5ml [60· 100) Devem ser submetidos a profila- M. Leprae Mal estar, dor abdominal
Gotas: 150 mg/mi (5) xia contatos prolongados (mais Micobact. Atípicas Dor muscular, dor articular,
de 20 horas na última semana) Profilaxia de contato fraqueza
Apesar de seu
Monicil SanvaJ' Rifamp ,_. RN: 20 mg/kg/dia + 1 ou 2' Cefaléia, alt eração do
com meningococo e
bom espectro é ''".-, Rafanil r..... Crianca: 20 mg/kg/dia+1-2· H. /nfluenzae comportamento
reservada para Cáps: 300 mg Adulto' · : 600mg/dose Eficaz para diversos Leucopenia, eosinofilia
uso como tuber- Susp: 100 mg/5ml [50·60·1001 x 1-2 · por 2 dias para Rash, eritrodermia difusa,
gram positivos e nega-
culostâtico e pro· Rifamp NeoOulmlca menin gococo e 4 dias edema, urticária, conjuntivl-
tlvos Inclusive pneu·
filaxia de contato p/ Haemophilus mococo, te. alteração de visão.
de meningite Rifampicina FUAP • usa -se o Intervalo de 24 em 24 horas Streptococcus A e B Hepatite, icterícia (suspen·
pa ra Haemophilus e 12 em 12 hs p/ der ante qualquer sinal)
Cáps: 300 mg [100-500)
A~sociaQão c/ isoniªl:iªda:
meningococo.
•• Alternativa pJ aduttos: Ctprofloxacin
± Staphilococcus au-
reus e epidermidis
Cor avermelhada na urina,
suor, tezes. lágrima, escar-
r
FUAP 500 mg em dose única. Legionella
lsoniazi ada + Rifamp. ro. cora tente de contato
Caps: Rifamp 150 + tsoniaz. 100 Na tuberculose todas as drogas
Caps: Ritamp 300 + lsonlaz. 200 devem ser tomadas
dose única diária.
juntas em gelatrnosa,
Checar hemograma e tun-
r
lsoniaton s.nvat Preços unlrârios aproximadOs: ção hepática periodica-
lsoniazi ada + Rifamp.LAFEPE Caps 300 mg RS 1.70 mente
Caps: Rilamp 300 + lsoniaz. 200 Susp 100 mg R$ 1.20

ISONIA- lsoniazida FUAP. LAFE'E TBC pulmonar e profilaxia: Mycobacterium tuber· Hepatite 3 a 1Oo/o (rara-
Compr: 100 mg 1O mg/kg/dia dose única diária
(10-100·5001 cu/osis mente fatal), fadiga, sono-
ZIDA ~ssocia~o c/ rifamgicina :
por 6 meses. Máx.: 400 mg/dia Micobactérías atípicas lência, fraqueza. anorexia,
FUAP TB C m eningea e óssea: mal-estar, náusea, vOmito.
Tuberculostático lsonlaziada + Rifamp. hemóllse, deficiência de pl·
20 mg/kg/dia dose + 1 por
multo eficaz, Compr: 100 + 150 de nfampiclna ridoxína. ginecomastla, aci-
6 meses seguida de 1O mg/
menos tóxico. Compr: 200 + 300 de rifompiclna kg/dia por mais 6 meses. dose, febre, icterícia, con-
Único usado iso· lsoniaton san"'" Os lubercUIOslâUcos são vulsão, neurite
Adultos: Ver quadros abaixo
ladamente nas distnbuidos gralu11amants
lsonlaziada + Rifamp. LAFEPE Tomar as drogas juntas em dose
fases de consoti- nos postos de saUde as~
Compr: 200 + 300 de rifampicina única diária. Alertar p/ retomar se ciatizados no tratamento
dação de trata-
apresentar smtomas de hepatite. daTBC
menta

ETAM- Etambutol FUAP Tubercul ose men ingea: Vômito, anorexia, náusea,
Compr: 400 mg 25 mg/kg/dla dose única dor abdominal
BUTOL Ver quadros abaixo Cefaléia, confusão. desor.
Tuberculostático OS tuberculostãbcos são d1stnbufdos Tomar todas as drogas juntas Neurite ótica (suspender)
usado na menin- grmuiramente nos poslos de saUde es- em dose única diá ria, se posslve/ Hlperuricemia (gota)
pec~ahzados no tratarMnlo da TBC sob supervisão. Alergia, rash. anafiliaxia
gite tuberculosa

ETIONA- Etionamida • Tuberculose resistente:


~: 25 mg/kg/dia + 1
Náusea, vômito, diarréia
Neurite periférica, hepatite,
Compr: 250 mg
MIOA Ad ultos: Ver quadros abaixo lcterfcia, estomatite ...

Esquemas de Droga até 20 kg I de 20 a 3~:Di35 a 45 Kg I > 45 kg


tubérculos- Prim eiros Rifampicina_ 10 mg/kg/dia 300mg 450 mg 600 mg
t áticos na doi s l soniazida 1O mg/kg/dia 2oomg 300mg 400mg
tuberculose meses Pirazinamida 35 mg/kg/dia 1000mg 1500 mg 2000 mg
pulmonar Meses Rifampicina _ 1O mg/kg/dia 300mg 450mg 600mg
3, 4, 5 e 6 lsoniazida 1o mg/kg/dia 200mg 300mg 400mg IÍ
Esquemas de Droga Menores de 15 anos I acima de 15 anos
tubérculos- Prim eiros R ifampicina _ 20 mg/kg/dia 600mg
táticos na dois lsoniazid_a _ _ 20 mg/kg/dla 400mg
tuberculose meses Etam butol 25 mgikg/dia 1600 mg
meningea e Meses ~mpicina_ 20 mglkg/dia 600mg
óssea 3 , 4, 5 e 6 lsoniazida 20 mg/kg/dia 400mg
r
Meses 7 a 12 lsoniazida 1O mg/kg/dia 400mg
Esquemas se Dr~a até 20 kQ I de 20 a 35 Kg.LJ:!.é 35 a 45 K g I >45kQ, _
falha o t r ata· Primeiros EstreJ;Jtom icina 20 mg/kg/dia 500 mg 1000 mg 1000mg
mento três E tionamida 12 mglkg/día 250 mg 500 mg 750 mg
Baciloscopia po- meses E lambutol _ · 25 mglkg/dia 600mg 800 mg 1200 mg
sitiva no 6• mês
ou posiüvação
Pirazinam ida 35 mg/kg/dia 1000mg 1500 mg 2000-~
a s erí Meses Etionamida 12 mg/kg/dia 250mg 500mg 750 mo
-39-
ANTIM ICROBIANOS
~ Apresent. comercial Dose Sensib./resistência Efeito s colaterais
PIPERA- Tazocin - Neonatos: Sensíveis:
< 7 dias: 150 mg/kg/dia + 3 Algumas cepas multlresis·
Alergia, rash. dermatite es·
foliativa, er~ema mullifor-
Tazoxii HaJJe'
C ILI NA Tazpen C..Notaon
> 7 dias: 200 mg/kg/dia + 4 tentes de Pseudomo· me, anafilaxla
~: IMouEV: nas,Kiebsiella, Enterobac· Hipertensão, hipotensão,
+ tazobac- Fr.amp: 2000 mg 200 a 300 mg/Kg/dia + 4-6 ter, E.coli, Acinetobacter. edema
tama Assoe: 250 mg de tazobactama
Fr.amp: 4000 mg
Fibrose cfslica: Citrobacter, Proteus, Provi- Flebite e dor local
Ureidopenicilina 35Q-500mg/ kg/dia + 4 (má- dencia, Xantomonas. Sal- Diarréia, vômito, náusea,
Assoe: 500 mg de tazobactama ximo 24 gr./ dia) monella. Shigella, Haemo·
associado a ini· dispepsia, colite
bidor de betalac- ~: 2 a 4 g/dose x 3-6 philus inl/uenzae e outros
Máximo: 24 gramas/dia gram negativos. Cefaléia, tonteira, convul-
tamase usado são, fadiga, insônia, agita-
sobretudo para Anaeróbios (8./ragilis)
Diluir no mfnimo para 1 g ra- Resistentes: ção, confusão. febre
infecções por Preços IJI'\Jtários aproXimados· ma/Sml (idea/ 20 mglml) Staphylococcus aureus e Leucopenia, neutropenia,
Pseudomonas e Fr. 2000+250 mg R$ 39,()().64,00
em A80-SF-SGI e fazer E V epidermidls resistente à o· tromboc~openia, eosinofilia.
outros gram ne· Fr. 4000+500 mg R$ 63.()().100.00
em 30 mln. Para uso IM di· xacilina anemia
gativos multi-
resistente luir para 400 mg/ml. Ni!lo in- Algumas cepas de 8 . fragl- Hipopotassemia, t transa-
fundir junto com aminogli- tis e Clostridia. minases, positiva Coombs.
cosfdeo Algumas cepas de gram colestase
~a lnsulic renal: negativos listados acima. Nefrite intersticial. hepatite
Clc, 20·40: t mterv 6-->Bhs Contém: 2,4 mEq de sódio
Clc, <20. • tnlerv. 6 -. 12hs por grama

Piperacilina sádica + Tazobactam sádico


Gr:-lêl.,; Fr.amp: 2000 mg + 250 mg
Fr.amp: 4000 mg + 500 mg
Eurolarma
Eurotarma

RIFAMI- Rifocina A_,.Photrna Uso EV é desaconselhado, Principais indi cações: Náusea, vômitos, diarréia
Amp. (1,5 ml): 75 mg usado raramente em infec- Profilaxiz dos contatos com Rash, alergia, edema de
CINA Amp. (3, ml): 150 mg ções graves por germes re- meningococo, H.lnfluenzae. glote, anafilaxia
Amp. (10,0 ml): 500 mg sistentes. S. aureus (em associação Cor avermelhada na urina,
Bactericida Amp. (IM): 250 mg Uso tópico em feridas. com outro antibiótico). suor, fezes, lágrima, escar·
Preços unitários aprox•mados· M. tuberculosis ro
Amp. 150mg R$3,20 Aumento de transaminases
Amp 500 mg: AS 12.00 e bilirrubinas
RIFAM I- Rifocina M ..._..-,.,.. ~:
Amp.: 75 mg 1O a 30 mg/kg/dia + 2-3
DA Amp.: 150 mg ~: 150 mg/dose x 2-3

ROSO- Eradacil Sllnof.synth618bo Principais indicações:


Cáps: 150 mg Adultos: 300 mg/dose unica Gonococo (resistente) e
XACINO Preços unitànos 8pfoxtmados: ITU por E.coli, Klebisiella,
Caps 150mg· R$12.50 Profeus, S. aureus
Rulid A....,.. , Roxina eaz;' ~:
ROXI- 5 a 1O mg/kg/dia + 2
Sensíveis: Dor de estômago, náusea,
vômitos, diarréia
Roxitrom - , Streptococcus, pneumoco·
TROMI- Compr: 150-300 mg
Posologia simplificada: co,meningococo 8ordetella , Alergia, rash. urticária, an-
Qri~o~aª < 2Q Kg: Listaria, Clamydla, Legio- gioedema, anafilaxia
C INA Floxid SoiYByFarma, Roxina 50· 200 mg/dia + 2 nella, Campylobacter. My- Aumento de transaminases,
Macrolfdeo. Cazl, Acima de 20 Kg: coplasma pneumoniae colestase, pancreatlte,
Bacteriostático
Ritroxin Vitapon, 100·300 mg/dia + 2 Resistentes: Cefaléia, vertigem, tontura,
de espectro e e- Compr: 300 mg lraqueza
Enterobacterias
ficiência similar a Rotram ...._,, Adultos: 300 mg/dia + 2
Pseudomonas, Acinetobac-
eritromicina mas Compr: 50-100·300 mg Preços umtános aprox.imados: ter, Mycop/asma hominis,
que pode ser u- Compr 150 mg. AS 2.30·3,20 Noca rdia, 8acteroides
sada em duas Roxid ' """', Compr. 300 mg: R$ ~.60-6,60 Alguns: Haemophilus,
tomadas diárias Compr: 150 mg Sfaphylococcus

Gr:-lêliê~
Roxitromicina
Compr: 150·300 mg Navattis

SULFA- Sulfadiazinac CalaMenSG Criao~~ > ~ ~ses: Principais indicações: Náusea, vômito. anorexia
Sulfadiazina FURP 75-150 mg/kg/dia .. 4-6. Nocardiose, profilaxia de Alergia grave, rash. prurido,
DIAZINA Compr: 500 mg
~ 2a 4g fdia+3-6 doença reumática, auxiliar Stevens Johnson,
Sullonamida de Máximo: 6 gramas/dia na toxoplasmose, malária e Cansaço, fraqueza, cefaleia
ação intermediá- Preços umtárlos aproximados: Blastomicose: 65 - 100 blastomicose. Hepatite, icterlcia, hepatite
ria COmpr 500 mg AS 0 ,25 mg/kg/dla + 6 (dia e noite) R esistentes: Algumas fulminante,
Toxoplasmose congên ita: cepas de: Bacilus antracis, Febre, artralgia, mialgia
fi!':!: 100 mg!kg/dia + 4 8rucela, Pseudomonas, Depressão medular, agra-
~: 1 OQ-200mg!kg/dia + 4 H.influenzae, Yers;nia, nulocitose, anemia aplásica
(associar pirimetamina) Chlamidia Nefropatia aguda e nefrite
ASSOCIAÇÃO Sulfadiazina + trimetropina: intersticial
Profilaxia da d. reumática:
Triglobe AsttaZ.,..,.
~: 500 mg\dia + 1
Compr: 41O + 90 mg {20) ~: 1000 mg\dia + 1
Compr: 820+ t 80 mg 1201 Suplementar ácido fólico,
Susp. 205+45 mg/5mii100J tomar bastante líquido, e vi-
ta r tomar sol ou usar prole-
tor solar adequado.
- 40 -

ANTIMICROBIANOS
.::.~W~' Apresent. comercia l D ose Sensib./resist. Efe itos colaterais
SULFA- Bactrin R-• Criancas: Sensíveis: Nâusea, vômito, anore-
Compr: (400+80)mg (20] 40 I 8 mg/Kg/dia 7 2 Gram negativos: xia, glossite, eslomatite,
METO- Compr F: (800+160)mg [20) Para a suspensão oral esta do- diarréia, colite pseudo-
E. co/i, Proteus mirabi-
se equivale a membranoas, pancreati-
tis, Safmoneffa, Shiget-
XAZOL+ Susp: (200+40)mg /5 ml [100]
Susp.F: (400+80)mg /5 ml [too] 1 ,O mi/Kg/dia 7 2 te, esplenomegalia
la , Citrobacter, Kfebsi-
TRIME- Amp. (5ml): (400+80) mg EV: 40/8a 50/10 e/la, Morganeffa mor- Rash, uticária, prurido,
Bac-sulftrin Dueto mg/Kgldia 7 2-4 ganii, Proteus indo/+, dermatite, eritema multi-
TOPA IN Compr: (400+80)mg [20] Duração do tratamento: Serratía marcenses, forme, Stevens-Johnson,
Bronquites: 10-14 dias Pseudomonas cepa- anafilaxia, reação do ti-
Susp: (200+40)mg /5 ml (50·100)
lnfec.urinária: 7-14 dias cea Enterobacter :t, po doença do soro , foto-
Amp. (5ml): (400+80) mg
Associação bac- Otite: 7 a 1 Odias Providencia :t, Hae- sensibilização.
Bacteracin Teuto, Agranulocitose, aplasia
teriostática útil
sobretudo nas
infecções uriná-
Benectrin Ú>gramt,
Shigelose: 5 dias
Pneumocysti s e infecç ões gra-
mophifus,
Yersinia, V. Cholerae.
Actinobacter,
de medula, eosinofilia,
anemia hemolitica, trom-
r
rias, otites, sinu- Duoctrin HaJJ• ', ves : 75/15 a 1 00/20 mg/Kg/dia
B.pertussis, bocitopenia, neutropenia.
7 3·4 por 14 dias
sites, bronquites Espectrin GtBNoSmithKNne, Gram positivos: Agrava deficiência de to-
e pneumocisto- Profilaxia pneumocis to se: lato com anemia mega-
se.
lnfectrin Boehringer, 750 / 150 mg por m' I dia ou 50
Menlngococo
loblástica
± S. aureus,
Tri mexazol SanofiSynth4/abo, /1O mg/kg/dia + 2 por 3 dias por Confusão, depressão,
± S. epidermidis,
semana
Compr. (400+80)mg [20) S. pyogenes (não ga- convulsão, alucinações,
Compr F: (800+160)mg (20) Profi l axi a ITU : ataxia, calafrios, febre,
rante a erradicação),
Susp: (200+40)mg /5 ml (100) 1O /2 mg/Kg/dia 7 1 S. faecalis, meningite asséptica,
Síndrome lúpica 1 vasculi-
Medtrim Modqu•m~•, Có lera: te, Hepatite, colestase,
Compr:(400+80)mg e (800+160)mg 5011 O mg/Kg/dia 72 (3 dias) Nocardia, Chlamidia,
Nefrite intersticial, IRA
Susp: (200+40)mg e (400+80/5 ml Pneumocystis carinii
Miocardite alérgica
Adultos: Dor no local da injeção
Assepium G"'..., ITU, bronquit e : Resistentes: venosa.
Bac metrim B<ostemp~cs, VO: 800/160 mg/dose x 2 por 1o Bacteróides Hiperpotassemia (dose
a 14 dias Fusobactérias
Bacprotin Ptodo'", alta), hiperglicemia , au-
Sepse: Pseudomonas aerugi- menta de transaminases.
Bacfar Ek>f• ', EV: 100120 mg/kg/dia + 4 nosa Artralgia, mialgia
Bacris Cristálla, Profilaxia pneumocisto se: Micobactérias Precipitar kernicterus em
VO: 800/ 160 mgf dose x 1 por 3 T. Pallidum RN
Bactrisan sanvaJ,
dias cada semana. Mycop/asma Melhor evitar em pacien-
Bactropin °"""", Tratam. pneumoclstose: Algumas cepas de tes com AIDS pois a in-
Batrox ae=•, EV-VO: 100/20 mg/kg/dia + 3-4 gonococo, meningo· cidência de efeitos cola-
por 14dias coco e estafilococo terais é maior.
Belfactrin Belfar,
Cólera:
Binoctrin caz~, EV-VO: 800/ 160 mg/dose X 2
Biotrin Sin<e<áplco, por 3 dias Evitar o uso em menores
de 2 meses
Ectrin E-M.s. ,
Dientrin SanofiSynthétabo,
lmuneprim 1·0 ·8 ·, Na inlusâo venosa: diluir cada m/
em 25 m/ de SGI, agitar bem e
Lupectrim Luper, correr em 60 a 90 mintJtos. Se Contra-•nd!!;a!<Sig:
0
Metoprin """" ', for necessário restrição hídrica porfiria, deficiência de lo-
Neotrin NeoOurm~ca, diluir cada 1m/ em 15 mf de S G/. lato, insuficiência renal
Qiftrim Hexa~,
e
Por via oral melhor tomar longe severa, insuficiência he-
das refeições. pãtica grave. grav1dez
Septiolan Cllmax,
Selectrin Citanna, Nª ia.~ufici8ncia renal:
C/c. 10-30: 50% da dose
Teutrin Teuto, Cfc-< 10: 50% da dose e
Tricban Gnl<lnPhanna, r tnlervalo de 12 p/24 hs
Trimezol Blolanna, mas é melhor evitar
Compr: (400+80)mg Preços unitános aproximados:
Susp:(200+40)mg /5 ml Compt. 400 mg: AS 0,40-1,40
Susp. 200 mg: AS 0,40.0160
Clotrizol CeJiolann Amp. 400 mg: AS 1,5().1 ,90
Compr:(400+80)mg e (800+160)mg
Baczin Vi"'pa",
Quimio-ped Stlolol,
Susp:(200+40)mg /5 ml

Sulfametoxazol + Trimetoprima
Compr: (400+80)mg

G~
Apote)(, Teuto
Compr: (800+160) mg Apot&x
Susp:(200+40)mg /5 ml Nature's, NeoOuimica, Teuto
Amp. (5ml): (400+80) mg E.M.S
· 41 -
ANTIMICROBIANOS
Apresent. comercial
Targocid AventisPIIBrma
Bactomax crisullta
Teiconin Btochlmlco

Fr. amp. (3ml): 200mg


Fr. amp. (3ml): 400 mg

Preços unftànos aproximados


Fr.amp 200 rng: AS 2t5,tl0-230,00
Fr.amp 200 rng: AS 430,00-460,00

/"""' Ambra-sinto T Medtey


Susp: 100 mg/5ml [30·60]

,--.. Aureciclina Sanval


Telexin Biolaona
Tetraclin Teu/o
/"""' Tetragel B•aSkap
Tetraciclina FUAP
Cáps: 250 e 500 mg
r-
Tetraciclina LAFePe.
Cáps: 250 mg
,....._
Biotrex Sintenlplco
Cinatrex Gitarma
('\ Combitrex Hornlds
Multigram Pmt!Donadu22i
Parenzyme Medtey
r- Prociclina Ptodottl
Statinclyne cw
r--. Teraciton Ansron
Tetracilil G,.anPt>arma
Tetracima sunJ<or
r- Tetraklin KRnge•
Tetramax Luper
Tetramed Modqulmi<a
r-
Treciclin Vitapan
500
,.--...

r-

Terramicina P~tze•
,--.. Cáps: 500 mg [100]
Xpe: 125 mg/5ml [120]
Amp.: 100 mg (IM)
,.......,. • A forma injetável é associada a
lidocaína
Glitisol Zamt>om As mesmas do cloranfe-
,.-.. Cáps.: 500 mg [20] nicol.
Env.com granulado: 2500 mg [2] Depressão medular tran-
é mais freqüente
Preço unrtano apro)Cemado:
aplasia mais ra ra
r-- Caps 500 rng: RS 1.40
clo ranfenicol
Env 2500 mg; FtS 11 .00
- 42-
r
ANTIMICROBIANOS

Exantema, prurido, anafila-


xia
Mialgia, artralgia,
Febre, calafrios. cefaléia,
tontura, lrritabilidade neu-
romuscular, convulsões.
Estomatite, náusea, vômito,
diarréia, dor epigástrlca, co-
Para infusão EV diluir para 100 lite pseudomembranosa,
mg/ml (em RN preferir 50 mg/ml) ITrc>mbocnope:nia,.!. agre-
com ABD e Infundir em 30 minu- plaquetária, neutro-
tos. I Arlaerób,ios
I P"açouni>:ár~a aprOJ"'nado: N~o misturar com bicarbonato
de 3000 "'9 AS 48.00 com aminoglicosfdeo (dar um
tempo de 30 minutos entre ticar- 1Stapl>ylclCOcetrs
cilina e o aminoglicosfdeo). Após
di/ufda é estável por 72 horas
sob refrigeraçlo.

Otc>to>cidéide, nefrotoxidade,
Neurotoxidade: vertigem,
alteração equilíbrio. ataxia,
febre, fraqueza muscular,
febre, cefaléia.
Flebite, alergia.
Neutropenia, trombocitope-
nla, eosinofilia
(Ver lista mais completa de
efeitos colaterais dos ami-
cepas de gram nega- nogllcosídeos em •amicaci-
principalmente Klebsie/la na" na página 17 .)
Pseudomonas

Alerg ia cutânea 5%, erite-


ma multifonme, febre, cala-
Ines durante a infusão (po-
de exigir associação de
ticóide), "red men syndrom•
1 , ru bor, angioe-
. prurido e calor difuso
no pescoço: suspen-
dar anti-histamlnico. IÍ
a desaparecer em 1

mrrl mll A,pesa.r da penetração no li-


não ser boa a droga é e- lí
na meningite desde que
em dose para obter nr-
em tomo de 30

de S.aureus (ra- Concentração inibitória


occmllncia< no mundo, mini ma necessária: 1 a 5
no Brasil até hoje) 11g/ml. Algumas cepas exi- .r
cepas de Enteroco- gem 10 a 20 llg/ml.
um sério problema N lvels persistentemente
hospitalar no acima de 90 mcg/ml --> ne-
e estão presentes em frotoxldade e ototoxldade
nosso meio)
Bacteróides fragilis, B. mela-
ninogenicus e Fusobacterium) .r
- 43 -
ANTIMICROBIANOS TÓPICOS- DERMATOLÓGICOS
Droaa Comercial Associação
Ácido fusídico Verutex Roctte Creme a 2%
Verutex 8 Roche Creme Betametasona

Clindamicina Clinagel Sllote~, Clindacne The<aSkln Gela 3%


Dalacin T Ptire<!Phannada Solução tópica (30J
- -- -Lauroguadina -
Cloranfenicol Farmicetina P7 PliztN/PIIBII'niJCia pomada
Fibrase Pfizer pomada Fibrinolisina, desoxirribonuclease

lruxol Abbolr , Kollagenase Cristália pomada Colagenase


1--
Eritromicina llosone rCN, Pantomicina - .
Solução tópica a 2% (20 mg/ml) (60-120]
Stiemycin - . Eritrex A AcM
Cremelgel a 2% e solução tópica a 2%
1- -
Eryacnen aa~<~o<ma Gela 2% e a 4% (30gJ
I--
Gentamicina Garamicina Sc~Jonngl'lough, Gentamicina CrisO!Ra Creme 130g1
Diprogenta Scl>orinoPtough Betametasona
Gentamicina+Betametasona Medley creme e pomada
Cauterex AdJé ungüento {10g] Fibrinolisina, desoxirribonuclease

Quadriderm Schonngf'lough' Poliderms uniáoau;miCB, Dermatisan Betametasona, tolnaftato, iodo-


E.M.S. c lorohidroxiquinina
, Quadrihexal He'"", Quadrineo llírapan, Qualiderm 6 ""'nP-
ha""", Tetraderm r.... Creme e pomada
Vai.Betamet.+ Sulf.gentamicina ... Bramfarma, EMS, Evrotarma
Mupirocina Bactroban ariVIOSmlthKJJne' Bacrocin rcN, Bactroneo Neoautm~ca,
Dermoban c.,;, Muoirocina cnstália Creme a2%
f--- --- -
Neomicina e Nebacetin Mana pomada, spray
bacitracina Bacidermina 6 """'Phatma, Bacigen c.,;' Bacineo '-"Per, Bacto-
derm Henz, Cutderm P<Odo<ti, Demacetin-ped Sllele~, Dermase
&>nva~, Katrizan vitnpan, Nebaciderme ....,irab, Nebacitrin Neoaulmica,
Neobac aorer, Neobacina HeJCar, Neocetrin eun• ••, Neotop Medley ,
Neotricin Legrnn<~, Teutomicin Touto Pomada
Neomicina-bacitracina Medley Pomada
Cicatrene G<axoSmi!hKrine C reme Cisteína, ác. aminoacético, DL·
treonina
Omc ilon-AM BrlstoiMyo..sor- Creme e pomada Acetonitrianci nolona , gramidina,
nistatina
Acet. Triancinoi.+Sulf.Neomicina+Gramidina+Nistatina
E.Ms. Eu"""nna Londerm Klndc•, onci~lus P""""" pomada
Dermomicin Biotarma, Lomicina OsdrioMoraes, Nemicina eu"""', Ne-
--
Neomicina
odermicina a,..nPh•""", Neomed CimerJ' Neomicon Cilsmra, Neo-
mina arastemp;ca, Pomicina Beirar pomada 0,5%
Betnovate N GraxoSmithKime pomada Betametasona
Valera to de Betametasona +Neomicina EMs. Prallf
Drenison N BilBb Creme e pomada Flurandrenolida

Esperson N AvenlisPhsm>s pomada Desoximetasona

Locorten Nov"""' c/ neomicina Creme, pomada Flumetasona

Novacort Adr6, Betazol-cort De"•, Celocort Legrand, Cetobete Cetoconazol, betametasona


eunker, Cimecort cmrer1, EMScort E.M.s, Trok N ErKO/arma,
Cetoconazoi+Betametazona+Sulf. neomiclna... EMS, Euro-
Jarma, MOdley
Creme e pomada
Novaderm Fannasa. Trofodermin Prizer Creme Clostebol

Neocina H•""' Óxido de zinco

Polimixina B Anaseptll pô Fsrmesa, Triseptil aras~sn~p~ca Neomicina. bacitracina, peróx.Zn

Terramicina c\ pollmix ina PliZ<>< pomada O xitetraciclina

Predimicin E.M.s. pomada Prednisolona. benzoc ., clioqulnol


f-- -
Rifampicina Rifocina A>IMiisPhanna Ampolas e Spray
Rifamicina Rifocort M - pomada Prednisolona
I-- --
Tetraciclina Combitrex He<aJcr•, Tetraben c.z; pomada
Prefere cremes em les- úmi I . s~
-44-

ANTIMICROBIANOS TÓPICOS - OTOLÓGICOS


~. Droga Comercial Associação -
18
Ciprofloxacin Biamotil otológico ' ' 'gan, Ofoxin ZamOOm,
Ciloxan otológico """"' ~otas auriculares
I-=- - - -
Cioranfenicol Auridonal Duelo gotas
Oto-biotic Farm,.. gotas auriculares Sulfacetamida, tetracaina -
Otofenicol D Fanrwa gotas auriculares Dexametasona, Lidocaína

Otomicina Mo<tey ' Ouvidonal NeoOuimka Udocaina


-NeOmiCina
-.- . - * + Otosyna Iar Rocho gotas
~ - - - - --
auriculares Fluocinolona, lidocaína, ac.cftrico, propi-
lenoglicol
Polimixina Acetonldo Flucinolona+Suffato de neomlclna
+Pollmixlna+Lidocalna EMS
Elotin Elofar, Otomixyn E M.s. , Otenol Sln,....,k:o Fluocinolona, lidocaina
-
OtoloneHe<ald"s Fluocinolona
Fludrocortisona
-
Otodol Fannlon gotas auriculares
Otosporin Fa nnoq"'"""' gotas auriculares Hidrocortisona

Panotil ZBmboo gotas auriculares Nitrofurazona, fl udocortisona, lidocaína

Otocort Gombalta gotas auriculares Fluocinotona, lidocaina


- fudocaina, hialuronida~ -
Neomicina Oto-xilodase...,.., gotas auriculares
-
Lidocalna
Polimixina 8
Procaína, acido sat1cílico, acido bórico
Trrotricina
• Não usar neom1c1na ou gentamicina tópica se o t1mpano não estiver rntengro

TÓPICOS OTOLÓGICOS - NÃ O ANTIMICROBIANOS


~ Gru o Droga Comercial
Anestésicos Procarna Auditol sanottSyntMIBIJo (+ fenazona), Otolóide ctme<J,
- - -- Otonax sanva'J impanol 0 'F (+ fenol)
Emolientes de Borato de hidroxiquinolina Cerumin """"', Oto-cer AI'"'~~""
-- - r
- - - - - - - -- ---
cerume Hiperol Oticerim oauc~~

ANTIMICROB IANOS TÓPICOS DE USO GINECOLÓGICO ti


1-=- DrQQL -+-:-~ Comercial _ Associação
Clindamicina Daiacin V Creme vaginal
Pflw 1Ph8nnacia
~ - - =---
Cioranfenicol Procutan
- -- - - - -- -
Creme vagianal
Sank)'oPt!anna Fibrinolislna, desoxirribonuclease

Gyno-lruxol Allbon Pomada ginecológica Coíagenase

Dexaclor Heomn Gel ginecológico + aplicadores Dexametasona

Gino-Fibrase P1;, ., Unguento ginecológico+ aplicador Fibrinolisina + Desoxiribonuclease


Naxogin composto Pha- e r Compr vaginal + aplicador Nimorazol
B entamicina - rcauterex khff ungüento [30g + s aplicadores) - - Flbrinolisina, desoxi rribonuclease
r:--:--:- - - - r.:-- - - · - - - - -- --
Metronidazol Canderm Legrand, Metroval sanval Gel vaginal + aplicador
Neomicfila Novaderm Fa.......,Trofodermin - - Creme ginec 1409 + B apl] Clostebol
Pollmixina + Nistatina, Tinidazol,
ti
Poliginax SolvoyFanna Creme e óvulos+ aplicadores
Dlmeticona
c . -- - 1-:-: --. -Anana- - --- - -- -
PohcresulenO Albrocres11 Creme e óvulos+ aplicadores- Solução 36%
Tetraciclina - 'Talsut in Brislo/MyersSquJób' Anfoterin r.-, Fungitrin - . - Anfoteric•na B
Novasutin Blausiegot Tericin ATAtlvus Tricocilin B E M.s
Vagiklin k~n<~er, Tetraclcllna + Anf~terlcina B AtNus, eM§ Medley
Creme + aplicadores
Tricangine A .... creme vaginal Mepartricina
Vagi-sulfa Jans~re~
1
SulfafulZoi- --;;;-- -- - -- SüilãCeiãm!da +Suliõibenzamida
Na criança a necessidade de aplicaç ão de creme vaginal é incomum e o aplicador convencionar que acompanha a maioria das apresenta-
ções comerciais pode ser Inadequado. Nesse caso recomenda-se colocar o creme dentro de uma seringa descartável de Sml (retirar o êm- r
bolo para colocar o creme) e adaplar uma sonda de nelaton. Geralmente o tralamento com anhbiótico tópico é mantido por 7 a 1O dias e as
associações com tinidazol ou metronidazol para tricomoníase e Gardnerella também oor 7 a 1o dias.
- 45 -
ANTIMICROBIANOS E TÓPICOS DE USO PROCTOLÓGICO
Comercial Modo de usar
Ultraproct ScMriti9Br pomada e supositório ::_::- --+.
A-c:
plccicar uma fina camada
na região penanal e ca-
Xilodase Apssn pomada nal anal de 3 a 6 vezes
ao dia e após cada deje-
Anuzol HC Pllzer pomada e supositório ção. A quantidade de
Claudemor Sani<>o pomada e supositório pomada aplicada deve
ser cuidadosamente con·
Xy_!oproct AstraZeneca pomada,~sitório trotada quando contem
lidoca>na ou benzocaína.
Proctyl A/lana pomada e supositóno
==- +P
=r-octo-glyvenol Novaoos pomada, supos.

ANTIMICROBIANOS TÓPICOS OFTALMOLÓGICOS

Clorafenil r....., Feniclor L-, Fenicloran - nnan


Cloranfenicol Allorgan colfrio
Dexafenicol Alkngan colirio e pomada Dexametasona

Epitezan Allorgan pomada vitamina A, aminoácidos

Fenidex Al>ergan collrio RS5.70 uexarnetascma. telrazolina

Sulnii AJ~<roan collrio e pomada


Biamotil Alléiõa"; Ciloxan AJoon colírio e pomada
Biamotil D Allergan, Cllodex AJooo colírio e pomada
Zymar ""•roan colírio a 0,3%

Gentamicina Anergan collrio e pomada

Neomicina
Fluoromelolona

Fluocinolona, nafazollna, sulf zinco

Polimixina, Dexametasona, Hiprom

Pohm>x>na, Predinisolona

--ICiill~c•xifiAiiiiii"Siiã;;lo.>~>me collrio
- ' - -- - --oiiéiia c ínoAioon. Allorgnn

micina c/ poiomixina f>fiz•r collrio

A eficácia e segurança da ciproftoxacino e da tobram1cina em crianças


parecem ser similares (Gross et ai. A comparison ot ciprolloxaclln and tobramicin in bactertal eon·
junllvitis In chUdren Clin Peidai r (Phlla) 36: 435·44, 1997.)
Preparação de colírios em farmácias de manipulação: o arsenal terapêu-
tico de anlimicrobianos de uso oftalmológico disponivel comercialmente e descnto
acima é Insuficiente para algumas situações de conjuntivites por germes resistentes.
Nestes casos manda-se fonnular ou d>luir artesanalmente em soro fisiológico ou á -
gua destilada ou Lacnl ® ou Lacrima ® os antimicrobianos exigidos. As concentra-
ções destas soluções para uso em lorma de colírio deve ser de: entromicina: 0,5 a
1,0%; imipenem: 0,5%; norfloxacin: 0,3%; rifampicina: 1% ; vancomicina: 5%, anfote-
ricina B: 0,25 a 1 ,0%. Para a vancomjcina diluir 500 mg (1 ampola} em 10 ml de soro
fisiológica e desta diluição rediluir 2 ml em 8 ml de soro fisiológico para obter um so-
lução com 1mg/0, 1 ml.
Fonte: Lima AAS & Batistuzzo JJO. Manipulação de drogas em oftalmologia. In: Se-
Ocular, 1999.
. 46 .

(:

11
li

r
vezes ao por
Antiinfla- semanas começando 1 dia após o
matórios ho
rlli
ic::"jl;:;
o:f.te;n;;-a
;C;:::O
;::;--It\h~~~~~~~~~~----1 procedimento cirúrgico (catarata, cirurgar
refrativa de córnea, trabeculotomla à laser)
não es-
- 47 -

Enterobacter
Escherichia co/i
Flavobacterium mening~ticum~~
Francisella
Helicobacter py_lori
Klebsiella

Anaeróbicos
- - ---
Bordetella Francisella
- ~-
tularensis
--- Actinobacilus
c. granulomatis _ _
. 48.

Escolha do antibiótico com base na bactéria identificada ou suseeitada


-
Primei ra escolha Alternativas principais
lmipenen/M eropenen Amicacina/Gentamicina, Ciprofloxacino, SMZ+ TMT, Ticaroilina,
Piperacilina-sulbactam, Ceftazidima, minociclina, doxicilina
Penicítina ou ampicilina Eritromicina, Tet raciclina, Clincamic!na í
SMZ+TMP Gentamicina/AmiCacina, ~ Fluorquinolona, Tetraciclina
Penicilina ~omicina,
CiRrofloxacin E Cloranfenicol, Tellil~
Vancomicina lmipenem/Mero penem, Clindamicina _ __
Clindamicina ou Cloranfenicol, Cefoxitina/Cefotetam, lmipenem!Meropenem, Amo-
MetronidazoI xacilina+ clavulinato, Ticarcillna+Ciavullnato, Piparacill·
na+tazobactam, Gatifloxacin/Moxifloxacono
Azitromicina Eritromlcin!!._ SMZ+ TMT, Ciprofloxa~tamicina , Aifamplcina
Erltromicina Azitromicina/Ciaritromicina, §MZ+TM=T""',_-,--,-
Doxicllina o u Amoxicillna Tetracicllna, Eritromicina, Ceftriaxona, Azitormicina. Claritromicina
Doxicilina Eritromicina, penicilina - --- (
Amoxacilina+Ciavullnato ou SMZ+TMP, Tet racilcina
Entromicina+Sulfixazol
Doxicilina + Rifampicina '(sMZ+TMP+gentamicina), (Tetraciclina+estreptom.), (Tetracicti·
n'!:':l)entamicina), Rifampicina. Cloranfenlco
. ,l- .= c : - - - -
Burkho/derfa (Pseudomonas) c cea Cefotazidima, Cloranfenicol, lmipenem, Minocecic,l..,_
ln,a' - - - -
' i =-+7""~""""" ina + tetracicllna
Burkholderia (Pseudomonas) '!J.B'::'I"Ie!, (Estreptomicina + cloranfenicol), lmipenem
Burkho/derla (PseudomJ pseudomallei eftazidlma Mel_(>penem, (CIO@nfenicoi+Doxicicllna+SMZ+TMP), Amoxa-clav.
Ca/ymmatobacterium gran"'u!.,o:é<
m~a"'ti~
s--+T"T="'"'"""· ~oxiciclina, (C ip rofloxacino+Gentamicina)
Campylobacter fetus empenem Gentamicina
Campylobacter jejuni . Azitrom icona Fluorquinolona, Tetraciclina. Gentamlcina, Clindamic., Claritromic.
capnocytophaga canimorsus,__ _ _+:=.= Cetotaxima/Ceftriaxona. lmipenem!Meropenem, Vancomicina, Ou.
Chlamydia psittaci Cloranfenicol
Chl"'!l}'dia trachomatls (traco~~c-----11-'A=-zitormicina T~fll<:ilcina (tópica e o@!), Sulfonamida ttópica~e_,.o,_ra.,IL
) _ __
C~>Pia trachomatis (~neumonia Eritromicina Sulfonamida
Chlamydia trachomatis (Urelrite-cervicHe) Azitromlcina , Doxicillna Eritromicina· Ofl oxacino; Amoxacilina
Chlamydia pneumonias Eritromiclna/Claritromicina/ Fluorquinolona
Azitromicina, Tetracilcina_ _
lmipenem!M eropenem Fluorquinolona, Amicacina, Tetraciclina, SMZ+TMP. Cefotaxima/
Ceftriaxona/Celotazidime/Cefe.,pi::.;m::.;e:;__ __
MetronidazoI oral Vancomicina orai
Penicilina G ou Clindamlcina Metronidazol, Imipenem/Meropenemc Cloranfenicq!,
MetronidazoI Penicilina G, Eritromicina, Tetracicl~ Vancomicina, Clindamicina
Eritromicina Penicilina G, ceJ!!losporina, Cloranfenicol, Clindamiclna, Rifam ic.
Vancomicin a Penicilina G + Gentamicina; Eritromi,_, cicn"!
-a _ _ __
Penicilina+aminogl, Vancom. Rifampicina + P enicllina
Doxiciclina Cloranfenlcol ( E.chaffeensis); Aifampicina (E.phagocytophila)

,.
Ampicilina Eritromicina, Tetracichna, Amoxa-clavulinato, Ampicilina-sulbactan
lmipenem/Mempenem Gentamicina/Amicacina, SMZ+TMP, Tocarcilina+Ciavulinato; Ci·
profloxacina, Piperacilina ou Mezlocillna, Aztreonam, Cefotaxima/
Ceftriaxona/Cefotazidime/Cefepime
Erysipelothrix rhuS19f>hath.,ia
00e
" -- - - Penicilina G Eritromicina, CefalosPQrina, Cloranfenicol, Fluorquinolona
Escherichia co/i Ampicilina associada ou não Cefotaxima/ Ce ftriaxona/Cefotazidime/Cefepime; Gentamici·
à Gentamicina na/Amicacina, SMZ+ TMP, Ticarcllina+Ciavulinato; Fluorquinolona.
Piperacilina ou Mezlocilina, lmipenem/Meropenm, Carbenicilina,
Cefazolina, Amoxa+ Clavulinato, Ampicllina/Sulbactam, Ticarcilina
/clavulinato; Cl oranfenicof, Az~eonan. Ciprofloxacina, Tetraciclina
F/avobacterfum meningosepticum Vancomicina SMZ+TMP, Aif ampicina
Fraooselta tularensls (Tularemia) EstreptomicinaL.._Gentamicina Cloranfenicol, tetracolcina, Ciprofloxacin
Fusobactenum Penicilina C lindamicina Metronidazol, C loranfenicol, Cefoxitina'"'.-:e""ri"'tr-,.o""
m~ic"inc-ac­
Gardenella vaginaf:is' _ __ __ Metronidazoi oral Clindamicina o u Metronidazol tópico, Clindamicina oral (Í
· Haemophilus ducrey1 7 Azltromicina . Ceftriaxona Eritromlcina Ciprofloxacino, SMZtTMP, Tetraciclina, Cloranfenicol
Haemophilus mf/uenzae SMZ+TMP Cefuroxime, Ce faclor, Cefotaxima/Ceftriaxona, Cefixima, Eritromi-
(infecções respiratórias) Amoxacilina +Ciavulinato cina+ Sulfisox azol, Claritromcina , Azitromicina, Tetrac icllna, Fluor-
91Ji!lolona, Amoxicilina, Ampicilina,__ _ _ __
Ceftriaxona Cetoíãxima Mero_penem. Cl oranfenicol
(Amoxaci lina + claritromicina (Tetraciclina + claritromicina + subsalic ilato de bismuto)
I) (Am_9xacilina + metronidazol + subsalicilato de bismuto)
Klebsie/la pneumomae Ceftriaxona/ Cef· - - - -penem, Amicacina/Gentamicina, Amoxacillna+ ela·
lmipenen/Mero
fepime vulinato, tlcarcilina +elavulinato, Ampiclllna +sulbactam, plperacill·
na +tazobacta m, Aztreonam; Mezlocillna, SMZ+ T MP, outra cela·
IO!l[lorina, Cloranfenicol, Tetracicllna
r
Legione/la pneumophila (Azltromicin a ou Fluorquino- (Doxicilina + rifamplcina), Ctaritromicina; SMZ+TMP, Perfloxacin,
lona) + rifam ~icina
Leptospira Penicilina T etraciclina
Leptotrichia buccalis Penicilina Clindamicina, Eritromiana;Tetraciclina, Metronidazol
Listeria monocytogene ::Cs,__ _ _ Ampicilina ± g antamicina SMZ+TMP,Eritromicina, Cloranfenicol
Mora anel/a morganii Cefotaxime,Gentamlcina Outra cefalosporinã'êie3a;Eritromicina
Moraxella{Branham~ el;;,
la-,)c"a'-=-ra,r-'"
rh:-:a"'
lisc- Cefuroxima ou Am oxacill· Cefalosporina 3a oral, SMZ+TMP; eritrom "'~ic"in,-at
"ccclc:-
a-.-
rlt"o-
' rmicina/ azi·
na+Ciavulinato tromicina, tetra ciclina, fluo~quinolona
Mycobactenum avium complex Claritromicina/Azitromicina +
Etambutol ± Rifamplclna
Ciprofloxacin, Amicacina, Aifampicina
Profilaxia: Clari tromicina/Azitromicina + Rifampicina
r
Mycobacterium tubercutos'"is - ::-----t-;lsoniazida+Rifampicona (lsoniazida+Aifampicina+Etambutol); (Rifampicina+Etambutol +
+Pirazinamida±Etambutol Estreptomicina) ; Fluorquinolona; Etionamida
-49-
Esco/Flaáo antibiótico com base na bactéria identificada ou suspeitada
Microrganismo Primeira escolho __ - = - Alternativos principais --
Mycobacterium Leprae Mlnociclina; Ofloxacino; Ciaritromicina __ ·---
Mycoel.asma pneumoniae -~icina, Claritromicl~. outra Tetraciclina. FluorquinoiQ_f!J!
Neissena gonorrhoeae Clprofloxaclna-Ofloxacina-gatifloxacina, Cefotaxima, SMZ+TMP, Pencillna
(penicilina resistente) G
Neissena meningitid1s Cefotaxime, Ce"naxona, Cefuroxime, CloranfenÍCol, Moxalactam - , --
SMZ+TMP, Cloranfenicol, Fluorguinoio"ª---.. _ _ _ _ _
Sulfisoxazol, Amlcacina, Eritromicina, Minociclina, Cicloserina, lmipenen,
Amoxiciiína+Ciavulinato , Linezolida
Pasteurella multocida
_ _ __ Ampicilina/Sulbactam, Ceftriaxona, Ampicilina/Amoxicilina, Cloranfenicol,
Tetraciclina,
Peptostregtococcus _99ranfenicol _Cllndamicina, Cefalosporinª-(Celazoll"ª),_l{_ancom.
Pneumocyst/s carinii Trimetrop.r\rl.._Dapson_a+fllndamiç_ina, primaquina, Pentamidina __
Proteus mrrabliis Cefalosporinas, Tocarcilina. Mezlocilina, Gentamlcina/Amlcacina, SMZ+
TMP, lmipenem/Meropenem, Cloranfenicol, Aztreonam, Auorquinolona
Proteus indo/ + (P. vulgaris~ lmipenem/Meropenem, Gentamicina/Amicacina, Carbenicilina, Ticarcilina,
morgani; Providencia rottgeri) Mezlocilina, Amoxa-clavullnato, Ticarcilina-elavullnato, Piperacilina·
tazobactam, 1\!!!~na-sulbactan, Aztreonam, SMZ+TMP, Fluorquinolona
ProVIdenciB stuartii - - - lmipenem/Meropenem, Ticarcilina-clavulinato, Piperaciiina-Tazobactan,
Gentamicina/_Amicacina, Aztreona '!!.t_SMZ+TMP, Fluorguinolona
Levofloxacino, Carbenlcllina, Ticarcllina, Piperacilina, Ceftazldime, Ceie·
ime, l~em, Meropenem, Aztreonam_ _ _ _ _ __
(Tocarcilina-Ciavulinato ou Piperacilina-Sulbactam lmipenem) + (Amicaci-
na ou tobramicina); lmipenem/Meropenem; (Cefepime + Tobramici·
na/Amicacina); Clprofloxacino
Pseudomonas malfey _ Es~micina+Cioranfenicol _ __ _ __ ___
Pseudomonas pseudomalley lmipenem, Cloranfenicol; SMZ+TMP: Ceflnaxone/Cefotaxima;
(Burko/dena f!§!'Udomalf§'j_ Amoxicilina+Ciavulinato
Rickettsia Cioranfenicol Tetr~ciclina, doxicilil}!l, Fluorquinolona, Rifamplclna ~c/ a es~ie)
Rhodococcus aqur Vancomic.+Fiu""J!!ir1olona Rifampicina; lmipenem/MeroJ)enem: Amicacina; Entromicina _ _
Salmonells typhi (febre tifóideL Ceftnaxona, Cioranfenicol SMZ+~ Fluor~ona, Ampicillna/Amoxicillna, Azitromici"ª----
Salmone/18 (outras) Cefotãxima/CeMaxona ou SMZ+TMP, Cloranfenicol, Fluorguinolona
Ampicilina/Amoxacilina
Serra tia lmipenem/Meropenem Gentamicina/Amicacina. Cefotaxime/Ceftriaxona/Ceftazidime/Cefepime,
Aztreonan, SMZ~. Carbenicillna, Ticarcilina, ~acillna, Fluorqulnol.
Sh1gella _ __ __ _ Fluorquinolona SMZ+TMP Azitromicina,Ampicilina. Celotriaxona _ _
Spirillum minus .(r!l!>rdida de rato) Penicilina Estreptomicina, Tetraciclina__ _ __
S. aureus, S. epidermidis, Vancomicina ou (pode-se associar Rlfamplclna ou Gentamicina)
oxacilina resistente Teico lamina Linezolida, Ouinopruslin, Tetraciclina, Fluorquinolona, SMZ+TMP
S. aureus. S. epidermldrs- .- - Oxacilina - - - Cefazolina/Cefalotina, Ciindamicina, Vancomicina, Amoxa-clavulinato, TI·
oxacilina sensfvel carcilina-elavulinato, Piperacllina-tazobactam, Ampicilina-sulbactan, lmipe-
nem, M.!l~em, Fluoruinolonas
Stenotrophomonas (Xantomonas) SMZ+TMP Minociciina, Fluorquinolona
maltgpjlills __ _ _
Streptobacifus monlfiformis_ __ Penicilina EstreP!Q!!!icina, Tetraciclina _ _
Streptococcus agalactidae Penicilina, Ampicihna (Associar com gentamicina no caso de meningite), Cefalosporina (Cefazo-
~poBL__ _ _ llna) , Vancomicina. Eritromicina
St~ptococcl (anaeróbios) _ _ Penicilina Cllndamicina, Metronidazol
Streptococcus faecalrs Vancomicina + gentamici- Ampicilina+Gentamicina, Vancomicina+Gentam1cma, Linesulida
iÉ!!!BfOCOCCi) na/amicacina Infecção urinária não complic~da: ampicilina ou amoxacilina _ _
.r- Streptococcus faeCJum PenicilinaGou ampicillna + Vancomicina + lmipenem\Meropenem , Linesulida
(.Enterococc! J . . _ gentamiclna/amicaclna Infecção urinária não complicada: ampicilina ou amoxacilina_ _
Streptococcus bovis Penicilina Cefalosporina d~eração, vancom icina __ _ __
Streptoccous pneumonlae Peõiêilina, ampicilina ou Cefalotlna/cefalexina/cefadoxil, Cioranfenicol, Eritromicina/azitro·
Sensível amoxacllina micina/claritromicina, Vancomicina, Clindamiclna, Fluorquinolona,
Meropenem!imipenem, SMZ+TMP, tetraciclinas
Meningite: Penicilina, Ce"riaxona, Cefotaxima
Streptoccous pneumonias Penicilina ou ampicilina Penicilina G em altas doses, Clindamicina, Cloranfenicol, SMZ+ TMP, ri·
Resis1entência intermediáira (dose~' Cefalospor. 3' ~mpicin~moxicilina+ciavulinato. lmipenem, celpodoxima _ _
Streptococcus pneumon1ae Vancomiclna + Ceftriaxo- Linezolida, Meropenemllmlpenem,Qulnuprostin ·
Resistentência afta na/Cefotaxima
Sttptococcus pyogenes Penicilina, amoxacilina Eritromicina, Cefalosporina de 1a geração. cloranfenicol, cllndamicina,
(G.!!!J!O A, C, .§.:.P·hemoliti<:9) falosporina, claritromicina, azitromicina, vancomicina
Streptococcus Vlndans Cefalosporina de 1a geração, vancomicina -
(cx-hemoiltico) _ _
Tre~ma pallidum Tetraciclina, Eritromicina, Ce"naxona, Aztreonan, Claritromicma
Treponema pert~ Tetracicl1na - -
Ureaptasma ure_alyt!cum Eritromlcina Tetraciclina, Ciaritromicina/Azitromici~tloxac'no
Vibrio cho/erae Tetraclclina _ _ SMZ+TMP, FIUQLQI!inolona, Cloran fenicol
Yersima enterocolltica SMZ+TMP - - __ Gentamiclna/Amicacina, Fluorguinolona. Cefotaxima, Ci9ranfeni~
Ye~tis -= _ ~tomicina+Tetraciclina Cloranfenicol, Gemamicin<!, SMZ+TMP, Ciprofloxacino
Essa tabela é apenas uma referência: nem tOdas as drogas listadas serão eficazes e drogas não listadas podem ser adequadas.
As bactérias listadas em letras vermelhas são mais Ire üentemente resistentes e à rudente se basear nos resultados das culturas.
Fontes: (1) BENITZ,W.E. & TATRO. D.S. The Pediatric Drug Handbook. 1992 (2) CHAMBERS H.F. & SANDE, M.' Antimicrobial agents.
In: HARDMAN et ali. Goodman & Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics. 9'" Ed., p.1029, McGrawHill, 1996 (3) Carvalho,
PRA et ai. Sepse e slndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica. In: Piva JP; Carvalho P & Garcia PC. Terapia Intensiva Pediátrica. P.321-
346. Medsl. R.Janeiro. 43 Ed., 1997. (41 The choice of Anl!mir.rnhi~l nntnc;: Mori I ~ti n .... , e Thnr .A•N:n "70 "'tf\1"1~
-50 -

Dose inicial de 0,50 mg/kg/dia (0,25 mglkg em re-


cém nascidos) em infusão lenta (2 a 6 horas) e au- r
mentar progressivamente (0,25 mglkg cada dia) até
1,O mglkg/dia. Na manutenção pode-se usar doses
de até 1,5 mg/kg cada dose em dias alternados.
Uma dose teste de O, 1 mg/kg, usada antigamente
no iníco do tratamento, foi abandonada.
Em casos muito graves em imunodeprímidos pode-
se começar já com a dose de 1 mglkg/dia já no
primeiro dia. Na maioria dos casos isto tem de-
monstrado ser seguro. Não ultrapassar 1,5
mg/kg/dia ou 100 mg/dia.
Dose total acumulada preconizada depende da do-
ença e varia de 1O a 40 mglkg ou 1 a 3 gramas em 1aructJ!ares.
6 a 12 semanas
Candidíase esofágica: 1O mg/kg de acumulada
i cardiovascular e arritmi-
' hipotensão, hipertensão,
r
Anafilaxia, reações anafilactóides.
Sepse fúngica (só hemocultura positiva): Náusea, vômitos, anorexia, diarréia,
1O a 20 mg/kg de acumulada dispepsia, mal estar, perda de pe-
lnfecção fú ngica com comprometimento vi se&- so, dor no local da infusão, flebite.
ral (ultra-so m, raio X ou TC): Distúrbios neurológicos, cefaléia,
Usar no mínimo de 30 mglkg de acumulada mal estar, convulsão, parestesia
Calazar resistente: 30-50 mg/kg de acumulada Anemia normocitica e normocrõm.
Blastomicose disseminada ou resistente a sul- Hipopotassemia, hipomagnesemia,
l as: mínimo de 30 mg/kg de acumulada tubular renal.
Durante a Infusão (sobretudo na primeira vez) Nefrotoxidade, albuminúria, hema-
efeítos adversos e monitorar temperatura, FC, pu/- túria (reversível), acidose tubular
so, pressão arterial. A Infusão junto com lipídios a menor se usar hiperhidratação pré-
lO ou 20% (1 a 2 mg de anfotericína por m/ de 1/pi- com soro fisiológcio. Não usar
de a 10 ou 20%) e reduz os efeitos colaterais. comum se a creatinina
Não exige correção na insufíclêncla renal mas não
usar anfoten'cina comum se a creatinina é> 3
mg/dl. É eliminada na urina até 7 semanas após o
- - - -- - -- --l fim do tratamento.
manter rafrigeraÇào. Diluir o pó do frasco ampola apenas com
soro glicosado a 5 ou 10% (não usar soro fisiológico) para uma solução 6'nal com O, 1 mg/ml periférica) ou
0,2mg/ml (veia central). Infundir preferencialmente pera manhã para evitar que os efeitos colaterais ocorram á noite.
Proteger contra luz. A proteÇào contra a luz durante a infusão não altera a potência significativamente. Usar a soluÇào
no mesmo dia. Como é incompatível (infusão na mesma linha) com a nutrição parenteral, se só existe um a-
venoso disponfvel, calcule a parenteral para correr em 20 horas ou menos para dar tempo de correr a anfoteri -
em 3-4 horas sem atrasar a parenteral. Deixe claro na prescrição que é necessário suspender a parenteral e la-
linha com 12m/ de soro ante_s== =:-::..- -

Candldlase, aspergllose, criptococose:


3-5 mglkg/dia .,. 1
Calazar resistente: Existem vários esquemas: (A)
4 mg/kg/dose - 6 doses c/ intervalo de 3 dias.
(B) 1 a 2 mg/kg/dia por 21 dias.
(C) 3 mg/kg/dia por 1o dias
Agitar o frasco suavemente até desaparecer todo o
sedimento do fundo. Infundir em um mínimo dedu-
as horas. Díluir em SGI para 1 a 2 mg/ml ou 0,2 a

ANFOTERI Wi --~~~!~~~~~
CINA B
COMPLEXO
LIPÍDICO

+ 1 no primeiro dia (dose máxima de


e 50 mg/m2/dia.,. 1 no primeiro dia (dose
r
máxima de 50 mg) a partir do segundo dia.

70 mg/dia ~ 1 no primeiro dia e 50 mg/dia + 1 a par·


tir do segundo dia.

Não precisa correção na insuficiéncia renal


Díluir em SF para 0,5 mg/ml e infundir em 1 hora.
Não infundir junto com glicose ou qualquer outro
-51 -
ANTIFÚNGICOS SISTÊMICOS
~oga _..... _ Apres. comercial Dose Efeitos colatera is
CETOCONA- ~ Jtln5SOnCilag Cdancas > 2 anos: 3·6 mg/kg/dia.; 1 ou:
- Náusea, vômito, dor abdo-
C an d ora I
AGM c' < 20 Kg: 50 mg/dose X 1 minal, diarréia
ZOL • etocona 20-40 Kg: 100 mg/dose x 1 Cefaléia, tontura. sonolên-
Hn<ald's, Cetohexal Hexat, Ce- > 40 Kg: 200 mg/dose x 1 cia, letargia, febre
Anmúngico oral para tomed Omed' Cetomizol Profilaxia de candld iase na AIDS: Redução da libido, impo-
micoses superficiais, GreooPhlfrma Cetonax JanssenCilag 5-1 Omg/kg/dia .; 1-2 (Maximo de 800 mg/dia) tência, otigoespermia, gine-
candidíase oral resis- • • ~: 200-400 mg 1 vez ao dia comastia
tente, esolágica. Cetoneo Noo0v''"""'-, Cetonil Em casos mais graves usar 400 mg/dla Urticária, rash, pele seca,
Complementação de 51""'", Cetonin cn.m~a, Ceto- Não usar por mais de 4 semanas anafilaxia
tratamento de infec- zaz Biofarma Cetozol Cal! Blastomlcose, hlstoplasmose, candidíase sis- Hemólise, leucopenia,
ções sistêmicas. Inefi- ' , têmlca e paracoccldloidomlcose: trombocitopenia
caz para C~ndida tro- Fungonazol Med,qulmlcll, Complementação do tratamento com anfoterici- ide transaminases (5-10%)
picalis, Aspergllus e Ketacon C4llolarm, Ketomicol na: 3 a 15 mg/kg + 1 por 3 a 6 semanas. Principal risco: Hepatotoxi·
mucormicose. " -, Ketonan Ma<Jan, Lozan Por via é melhor absorvida se tomada/unto cem dade (geralmente após 4
Não usar em dermato- sucos ácidos ou refrigerantes cela. semanas de uso).
filose devido a toxlci- r"""', Minconan """"", Hepatite tóxica aguda
dade maior que outras Micoral EJotar, Noriderm Preços unolálios. aprcxunados. (1: 15000) pode ser fatal.
drogas eficazes. Compr. 200 mg: AS 1.40·2.50 Não associar com terfena-
E.M.s , Tonazox TO!Mus, dina ou crsaprida ( nsco de
Compr: 200 mg [1 0·30] , _____ arritmia cardlaca que pode

G~
Cetoconazol ser fatal)
Compr. 200 mg Apotax. E.M.S. Medtoy
rr=LlJCONA- ~ , _, Triazol Bloiab Crianças aoós 14 dias de vida 'Náusea, vômito (5%), d~
Frasco-infusão: 200 mg/100ml Dose EV é a mesma usada por via oral. abdominal (3%). diarréia
ZOL Cãps.: 50-100-150 mg Vsar dose dobrada no prime(rp dia (2%), flatulência
Candldiase orofarfngea e esofágica: Cefaléia (2"k), convulsões,
Antifúngico oral ou Flunal B<otarma 3 mgll<g/dia+1 (14 e 21 dias respectivamente) Dermatite, rash (2%), sín-
parenteral de baixa Candidiase slstemlca: drome de Stevens Johnson
toxicidade (comparati- Câps.: 50, 100 e 150 mg
6 a t1 mg/kg/dia+1 por Hepatotoxidade (hepatite,
va aos demais) para
tratamento da candi- Flucozen eaz',Fiuotec Betpamo Adultos: (14 e 21 dias respectivamente) colestase, i transaminases,
Meningite criptocócica: i fosfatase alcalina)
diase oral resistente e Helmicin 58"""', 6 a 12 mg/kg/dia até 12 semanas depois da Eosinofilia, trombocitopeni-
gastrintestinat, cutâ- Câps.: 100 e 150 mg normalização do liquor. a, leucopenia
nea, vaginal, cistite ou
Btastomicose: 2 a 7 mg/kg Anafilaxia
sistêmica menos gra- Flunal Biofanna
Máximo: 150 mg/dia
ve ou complemente- Câps.: 50, 100 e 150 mg Crianças e reçém nascidos > de 14 dias: A segurança dos antlfúngi-
ção do tratamento . Ac/18
com anfotericina (blas- Candrzol , 6 a 12 mg/kg/dia por 28 dias. cos sistêmicos em crianças
Máximo: 150 mg/dia estã mal estabelecida: pe-
tomicose, coccidiose, Farmazol Fartat>
Prematuros de IG de < 29 semanas: sar risco/benefício.
histoplasmose, para- Flolt G...,PM.:na 5 a 6 mg/kg/dose a cada 72 hs
cocctdtotdtase. asper- ec_ EMs '
Prematuros de IG de 30-36 semanas:
gilose e mucormlco- Flucoctn · ,
3 a 6 mg/kg/dose a cada 48 hs
se). Flucodan Anow Profilaxia sepse fúnglca em < 1000 g: Contra lndicacão:
É eficaz para as Can- ~
didas c .slblcsns. Flucomed , 3 mg/kg/dose a cada 3 dias nas primeiras 2 se- disfunção hepática
C.troplcalls, c. para- Fluconal Llbbo' manas. cada 2 dias na 31 e 41 semana e a cada
dia na 5° e na 6' .
psllosls. É Ineficaz pa- Fungnon MSion
ra as Cândidas: Necd..Jifnica
AllU.I.tlla: 200 a 400 mg/dta por 26 dias
C.Krusel e C.glabrata Fluconeo , Candida orofaringea: 100 a 200 mg/dia (14 d)
Candida esofáglca: 200 a 400 mg/dia (21 d)
Também é Ineficaz Fluconazon MedQuwnica
para Cryptococcus, Cal< '
Candidiase sistêmica: 200 a 800 mg/dia (28 d)
Hlstoplasma Blasto· Flucozen • Candidíase vaglnal:150 mg, dose única
myces. Para~occldlol- Flucozix L- , Por via venosa a lnfusáo deve ser feita ao longo
das. Aspsrgllus. Glyflucan Lllfl'8nd' de 2 horas. Máximo: concentração de 2 mglml e
velocidade de 200 mg/hora.
Bom nlvel no SNC. Pantec C/fsrma Ajustar dose na msuttciéncta renal:
Pouco eficaz em neu-
tropêmcos. imunode-
Riconazol a.:,,••, Clcr.· 20-50: usar metade da dose
Clcr: 10-20: usar um quarro da dose
primidos e na AIDS Unizol F""""'lUimoc:e
Hemodtáltse: nova dcse apos duiltse.
(preferir anfotericina) Zelix AIMIO '

Zolanix s,:.,., Preços untta.rios aproximados:


Compr. 150 mg. AS t3.00·33.00
Zolmic o.,., ' Fr.amp 200 mg:· AS 50 &130,00
Zolstatin Bloc:htm.
Câps.: 150 mg {1 -2]
Zoltren reu~o
Cáps.: 150 mg' (1-2)
Frasco-infusão: 200 mg/100ml
Zolstatln -
Frasco-infusão: 200 mg/100ml ,_
Fluconazol
Cáps. 150 mg E.M S. Medley. Natule's, Teuro
Cáps. 50, 100 e 150 mg Rambaxt
Frasco-infusão: 200 m!ÍÍ1OOml Eurotanna. l1alextstar
- 52 -

ANTIFÚNGICOS SISTÊM ICOS


DrQg~ Apres. comercial f._,.-,--~~...,...::::
D~o~ se~-~~--!'~Efeitos colaterais
GRISEO- Sporostatin
ScherfngPlough
Criancas: 10-30 mglkg/dia .;. 1-2
Crianças entre 15-25 kg: 125 a 250 mg/dia
Alergia, rash cutâneo. urticária
Náusea, vômitos, diarréia. Cela-
FULVINA Compr: 500 mg 120] Crianças com mais de 25 kg: 250-500 mg/dia léia, tontura , insônia. fadiga, con-
Antlfúngico oral de es- Duração do tratamento: 4 a 6 semanas para tineas fusão mental, parestesia de
colha para tineas de capitis ou ungueum, 2 a 4 semanas para tinea capi- mãos e pés, pseudotumor, neuri-
cabelo, pele e unha Fulcin AstmZeneca tis e 4 a 8 semanas para tinea pedis. te. Fotossensibilização. Lupus li-
causados por Micros- Compr: 500 mg (20]
porum, Epidermophy-
Adultos: 500 mg/dia para tinea corporis e _cruris e ~eH~~~~~i:x~~a~d~a~~:::\~~~~
750 a 1000 mg/dta para onroomtcoses e trnea pe- h áf h
ton ou Tricophyton e dis.Dose máxima: 1000 mg/dia ep tca e rena1e emograma
que não respondem a r, pós ~ . - . . d urante o tratamento.
Preços unltános aprox1mados: omar a as re erçoes. 0 nentar para evilar tomar lnteracões: Pode ser inativada
tratamento tópico. Ine- Compr 500 mg: R$ 9,00 o 16,00
sol (ou usar protetor fator> 20) e evrtar álcool du- pelo fenobarbital -----
ficaz para cândida e
não dennatófitos rante 0 tratamento Contra tndtcacão: lesão hepato-
-~------~~==-- - -- - - - - r . :c :'lular, I'!P~estação. porfiria
ce
ITRACO- Sporanox JanssenC/Ja ,
9 Criancas: Náusea. dor abdominal em cóli-
Blastomicose, candidíase oral resistente, can- cas, constipação, dispepsia (2%)
Biotrazol Biotanna,
NAZOL didiase esotágica; complementaçã o de t rata- Cefaléia, tonturas, fadiga ( < 1%)
Antifúngico oral para Estiranox G'"""""'"""', mento de histoplasmose, esporotricose, asper- Em tratamentos > 1 mês:
micoses superficiais e lconazol arssrempico, gilose, candidíase sist, criptococose; profilaxia Fraqueza muscular, icterícia, a-
profundas (mesmo em ltrahexal Hexar, de Aspergilus na doença g ranulo matosa crôni- lergia, urina escura. edema, al-
imunodeprimidos) e ca: buminuria, disfunção hepática
menos tóxica e mais
ltraconol E.Ms . 5 a 1O mglkg/dia+1 (m fnimo 3 semanas) reversível. rash,
bem tolerado que o ltraspor SigmnPnanna, Profilaxia na AIDS: 2-5 mg/kg/dia A segurança dos antitúngicos
cetoconazol e eficaz Dermatotitose: 3-5 mglkg/dia (diárias ou em dias sistêmicos em crianças não foi
ltrazol Biolab bem estabelecida: pesar risco/
Miconal o;"~"""
contra Aspergillus, alternados por 4 a 6 semanas)
Cândida, Cryptococ- Adolesc.: (20-40 Kg): 50-100 mg/dia x1 beneficio.
cus. Histoplasma, '
Neo itrax NooOutm~ea, Adultos: 100 a 200 mg/dia " 1 ou 2 lnteracões: não associar com te r-
Blastomicis dermatiti- Micoses sistêmica s: 100-200 mg/dia fenadina, aztemizol. cisaprida,
Traconal AcJJ•,spozol Candidiase oral: 100 mg/dia /15 dias quinidina, proclnéticos e dlazepf-
dis, Coccidioides, Pa-
racoccidioides. o.na, Tracozol v~a""", Candidiase vag inal: 200mg 2 x/dia/2 d nicos (risco de arritmias graves e
Não é uma opção de Tranazol Famwsa Ptiriase versicolor: 200 mg/dia p/ 5 d morte). Existem várias outras in-
primeira escolha em Dermatofitose: 100-200 mg/dia terações
crianças
Tratzol eazt, '
Tinea u ngeum: 5 mglkg/dia + 1 por 2 meses para
Cápsulas.: 100 mg (4.10.15] mãos ou 3 meses para pés.
Preços unitanos aprox1rnados:
ltraconazo/ Compr 100 mg: AS 5.00 e 9,50
Cáps: 100 mg (4 . 10, 151 Brnlnfarma, Mepha, Aambaxi

NISTATINA Micostatin BristotMycts Candid iase oral: Não é absorvido por via oral.
Prematuros: 100.000 U (1 ml) x 4 Praticamente atóxica. ·
Albistatin cazo, ' Lactentes: 200.000 U (2 ml) x 4 Diarréia, náusea e vômitos em
Antitúngico para uso Nistatin Prodotu, Crianças: 400.000 U (3 ml) x 4 doses altas
tópico (pele e muco-
Drágeas: 500.000 U metade em cada canto da boca
sas) e oral para ação
Susp. Oral:100.000 U/ml durante 10 a 14 dias
dentro do TGI (não é
Canditrat Teuto Fun- Candidiase Intestinal:
absorvido)
usar dose dobrada ou triplicada
gistatina MedQu1m., Neo
Mistatin Nooau;,mca Adultos:
Nicostat G ,eenP,..,;., 500.000 a 1.000.000 (5 a 1O mt) I dose x 4
Nidazolin Bunkcr Nifa-
tin Bialarma, Nist~cina Para preparações tópicas ver tabelas à frente
Jarrel, Nistagen v.rapan,
Nistanil Oucro, Nista-
val San""', Nistax Lupa' ,
Tricocet Legranct,
Susp. Oral:100.000 U/ml
--
GJ
r--- - - -
TERBINA-
Meóttal!ltlnto
Genérico
Nistatina
Susp. Oral:100.000 U/ml
Lamisil ovart's,
Crislália, Duelo, E.M.S, Nf!CJ(Juimfce. PrattiOonaduzzl
Crianças pequenas: 3 mg/kg/dia Dispepsia, náusea, vômrto, dor
Compr: 125 mg [14-28] A segurança em crianças pequenas não foi estabe- abdominal, anorexia
FINA Compr: 250 mg [14-28) lec1da: evitar ou pesar risco/ beneficio. Alopecia,
Antifúngico oral para Criancas até 20 Kg: 62,5 mg/dia + 1 Rash, prurido. dermatite esfolia-
micoses de unha por Funtyl CfJSiálla Crianças (20 a 40 Kg): 125 mg/dia + 1 tiva, anafilaxia
Tricopyton, Microspo- Compr: 250 mg [14-28) Adolescentes e adultos: 250 mg/dia + 1 Cefaléia, tonteira, vertigem.
rum, Epidermophyton Tempo de tratamento: 6 semanas para onimicose Linfopenia, neutropenia, tromba-
e Cândida. Opção pa- de mãos e 12 meses para pés. nnea captis:4 a 6 s c itopenia
ra micoses sistêmicas. Micos es sistêmicas: 250-500 mg/dia + 1-2 por Aumento de transaminases, dis-
até 16 semanas. função hepática

G~
Cloridrato de Terbinafina Contra indicacão: hepatopalia ou
Compr 125 e 250 mg E.M.S, Medley, Aarnbaxl - Compr 250 mg Apolex. EuroJarma nefropatia pré-existente.
V7-:t"'
e-n-d7Pfi,ziiie;,=- I A;;d:;:_;ole~sce
::.~n;:;te:;s;;.,C;m
:.:..=c.::=:::+ ::,;=r:;u.o,::r;de
~1;2;.:..an:.:;o'!,s"'l-e.:a:t::d:;:u;;:lt;o.:;.
;. s:::::::.:.:;~q=Fo_t_o7lobia. visão borrada (3Õ•/,;)."
VORICO-
Compr: 50-200 mg r141 Pnmelfo dta: 12 mglkg/d1a + 2 ali.visuais. Febre (6%), calafrios.
NAZOL Fr.amp: 200 mg Dep?is do segundo dia:~ mglkg/dia + 2 ou Vomito (5%). ~efaleia ~3%).
. . i r n
. 53 .
ANTIFÚNGICOS TÓPICOS- DERMATOLÓGICOS
Comercial Associação
Andriodermol unt•oOulmlca Liquido, pó Ãc.propiônico,
hexllresorcinol
Loceryl ~rma Creme, Esmalte
Mycospor Bayer Creme e spray --

Nizoral .iaJw«>Ci/ag, ArcolanGii"idõõna, Cetoconalab Mu'lilab, Cetomed Omed,


Azólico Cetomizol 6 '"""""'"'"", Cetonax JanssenCrlag, Cetoneo Nooaurm~ca, Cetonil
sr;.,ret Cetonin crrannn Cetozol eaz; Fungoral Fa.- Ketomicol Luper Ke-
ton~n Marta•' Lozan'r...., Minco~an Aovus, MicoraÍ Elo/ar, Noriderm 'E.M 5 ,
Tonazox romnus, Zanoc 0or1a,
Cetoconazo/ Cnstália. EMS. Modley. Rambaxi.AaUOI!hann. Teuto Creme (20 mg/g) e xampu
Candiderm AdM!, Cetozaz Brofarma, Cetoconazol N""""""""PrantloMà= routo
Creme 20mglg [15·30]
Fungonazol Me<!iqulmica, Ketonazol 8""""', Tiracaspa H•xai, xampu 20mg/ml
Betanazol carosse, Candicort AdM!, Cetocort Touto, Cetocorten Cilanna Betametesona
Trok Eurotarm•, Pomada e creme
Ciclopirox Loprox A"""rsPh., Fungirox uct-Fanna Creme, solução, esm~·, Micola-
,.-, Hidroxipiridona mina TheraSlun Esmalte, Cic/ol?_/rox olamina ProlbOonaduui Solução tópica
Clotrimazol canesten Bayor Creme, solução e pó ' Clotrimix Everlil --c;:;me, Spray e pó
Azólico Dermobene Logr.rn<t Creme e solução 1% , Micosten He:r.ar Creme e Spray a 1%
Clomazen CJn~MJu•mics, Clomazol cnarma, Clotigen v...,..,
Clotren TtWtO,
Clotriderm G,..,Phann•, Dermazol s.nva~, Kinasten Klnttor, Miclonazol CatJ,
,.,...... Micotrizol Eurotarma, Neo Clotrimazyl NeoOu1'"""',
Clotrlmazol E.M .s.. GraenPh.. Medley. NOOOu. Parod. Aa..,.,, Creme 1%
Clotrizan Prodotti, Clotrlmazol Rambaxl Solução a 1%
!"'"' Baycuten n eayor, C/otrimazoi+Acetato Dexametasona - -Pa""' Dexametasona

Econazol AzõliCo Um pele Oovano Creme, Emulção, Sabonete, Micostyl 5 ''" 161 Creme, Loção cr., Pó
r- lcaden Sct>omQBn~s;t Creme, Solução, Spray- -
lsoconazol
Azólico lsomax P-.r Creme, Solução
,...... Nitrato de lsoconazol 0""01''"· E.MS Medloy creme a 1-.,
Miconazol Daktarin J~ Gel oral 2%, loção cremosa - -
Azólico Vodol UnliloOurmlca, Ginotarim Bunker Loção, creme, pó
,---,.
Ciconazol Cimeri, Dakgran Logr.rn<~, Daktozol NooOulmb, Micofim EJotsr, Mi-
cotarin urWir>Ouinnca, Micozen routo, Mycosin ProdoiiJ
Nitrato de Miconazo/ Cnstâlla. E.M s. Modloy, Naruro·s. Noooumrica. P••«•Oonoduut. SlgmaP·
banna TOU1o Loção cremosa a 2"k
Nitrato de Mlconazol E M.s. N..,..,.•.&gmoPharma Pó a2%
DenDodex BtlstotM;i.rsSQuitib, Benzevit E/o/ar, Dermokin Ktn®r - - Óxido de zinco -
Nistatina
Polieno Nistatina + Oxido de Zinco E.Ms - - Nalurn SlgrMPharma pomada
Omcilon-AM 8 _,..,..,.5Qulbb Neomicina, acetoni-
triancinolona, gra-
Acet. Triancinolona+ Sulf. Neomicina+ Gramidina + Nistatlna micidina
e M.S. Eumt;,nna Londerm ~. Onciplus ProdoO< Creme e pomada
Nistazol HobiM' Bio-va9!!!_ EIOI•r _ _ __ Metronidazol
Micotin s.nvat, Oceral R""'"', Oxitrat ICN Creme e solução
Zalain PiiiiidPtra""""" creme, solução, pó e shampoo
Lamjsil Novarti• creme, gel, solução e spray (tudo a 1%)
Binafin v._,, Finex SolvayFarma, Funtyl crtstM~a , Micosil To"'", Creme a 1%
C/oridrato de Terblnafina E MS.. Eurofanna Mod<ey, PronrOot>aduur Creme 1% e Protll-
Oooaduur sol o a 1%

Tioconazol Tralen "'~"' , Tioconax Delta Creme. Loção, Sol. pl unhas 28%. pó, spray
Azólico Neo Tionazol NeoOurmk:a Creme, Tionazen Cozi Creme, Sol. p/unhas
.Tioconazo/ E.M s.. EurolanM.'-oy. PrattrO Creme, f"' s ••oc~oy Prs..o. Loçã<2 E., s Pó

Tolciclato Tolmlcol PtiiiiiPiiilrmaCJa- -Creme. Loção e Pó -- --

Quadriderm Sche/fngPfough' Poliderms Un!AoOu"'""", Dermatisan Betametasona,


Tolnattato E.M.s ,
gentamrcrna. iodo-
Quadrihexal H•""', Quadrineo v.._, Qualiderm GreenPhanna, clorohidroxiquinole-
Tetraderm Touro ina, Clioouinol
- 54 -

ANTIFÚNGICOS TÓPICOS- GINECOLÓGICOS


Droga Comercial A ssociação
C lotrimazol Gino-canesten Boyef' Clotrimazol ~ Creme vaginal
-
G_in_o Loprox ~""'"'', Micoliv F.,.., Creme vaginal
D clopi.r...:o::..:xc:_-:-+= --
Fenticonaz o l Fentizol ...., Lomexin Altan8 creme vaginal a 2% e óvulo de soo mg
lsoconazol Gyno lcaden~, Ginotrax ~"""' Creme vaginal, óvulo de soomg
Ginecol v""""", Gino lsomax - . Glno Mycel Bio1ab
--:-- --+::=c.==-:= Nitrato de /soconazol """""· - · NooOvlmJca - Creme vaginal
M iconazol Gyno-daktarin ~. Anfugitarin 918- , Gino-daczol
_ _ Cil'onno, Micogym - , Micozen 1"""' Creme vaginal
Nistatina Micostatin ~. Albistatin c.z., Canditrat r ...., li
lnofungin s..pomo' Kandistat ...-, Neo mistatin NeoOulmial'
Nicostat a.-Pr>o""", Nidazolin Bunket, Nifatin Blolanna '
Nistagen ~. Nistatin - , Nistaval - , Nistax '"-,
Tricocet Lognv>d,Vagimax _ ,
Nistatina Cnot.llio. E.M.s.• Eu""""""- G•eenPtwma. ~~-. ProdoUI. - · P•attlilo-
-.u..TouiO. Creme vaginal
-
Gino candifen "'-"""'""", Vagimax Prodoel• Creme vaginal Metronidazol
·-
Biovagin - . Colpatrin r...., Colpist MT A ,...,., Colpistar Metromdazol + Benzalconio
F~, Colpistatin khll, Fungimax NooOIImca, Vagi Biotic
amoo Creme vaginal
Colpagex M - , Creme vaginal Neomicina, Tirotricina

Gynax AINus Creme vaginal Neomicina. dexametasona, tirotrici~


na, proptonato sádico, ácido bórico
Sertoconazol Gyno Zalain Pf~ creme vaginal e aplicadores
Terconazol Ginconazoi.Helxal c reme vaginal
~no-fungix Js~ crem_e e óvulos
Gino Pletil Pflz«, Amplium G Fannasa, Anfugine - . Miconazol
Tinidaz ol
Facyl M ~ . Trinizol M IJCI.F111m11
Tinidazoi+Nitrato de M~onazo/ Clldo ~ Pn~~~~ o. Crem e vaginal
Tioconazol Cartrax Pflz«, Ginomax Formoqwnca' Seczol ~ . Tiotrax E.Ats., Tinidazol
Travogyn ......., Tioconazo/ + Tinidazol """'.. a.os.-.f>niii>D
creme vaoinal e aplicadores
Na criança a necessidade de aplicação de creme vaginal é incomum e o aplicador convencional que acompanha a maioria das apresenta-
ções comerciais pede ser inadequado. Nesse caso, recomenda-se colocar o creme dentro de uma seringa descartâvel de Sml (retirar o
êmbolo para colocar o creme) e adaptar uma sonda de nelaton. Geralmente o tratamento com nistatina, cetoconazol, miconazol ou clotri-
nazol é mantido por 3 a 7 dias e o tratamento com tioconazol pode ser leito em t a 3 dias.
-55 -

~ .....,......... ~~ Apres. comercie:~ Dose Efeitos colaterais


ABACA- Ziagenavir GJaxoSmttnKimo Crjancas de 1 a 3 meses: ainda sem referência. Hloersensibilldade arava, (fatal em até
Em pesquisas tem sido usado 8 mg/kg/dose x 2 5%): começam com febre. rash, tadi·
VIR Compr. revest: 300 mg [60)
Crianças de 3 m a 12 anos: 8 mg/kg/dose x 2 ga. laringite e sintomas gastrorntesti-
Sol. Oral: 20 mg/ml [240)
Anti-retrovtral, i- com seringa dosadora Dose máxima: 600 mg I dia nais (náusea, vômitos. diarréia ou dor
nibidor da trans· Ml!Jm: 300 mg/dose x 2 abdominal). Suspender imediatamente
Preços umtanos aprolt.lmadoa; e não reiniciar nunca mais . Reações
criptase reversa, Compr 300 mg AS 1O.<O
para uso em as- SoluçêO 20 fnQ. RS 0,80 •ml Insufle. hepática: efeito desconhecido (evitar) benignas são: náusea. vômito, diarréi·
sociação com Não exrge correção na lnsuficrêncra renal a, pancreatlte, queda do apetite, cela-
ASSOCIAÇAO:
outras duas ou O paciente deve receber informações escritas léla e insônia. Edema. acumulo cu-
Triovir GJaxoSmimKiino sobre os sintomas de alarme que devem levar à shingõide de gordura. Acidose tática e
mais drogas
~cavir..famivudina+zidovlJ!. ~ediala suspensão do medicamento e retomo. _ hepato~alia (esteatosel__
A CICLO- Zovirax GJaxoSm/tt!Klino Crlancas: Geralmente bem tolerado
Frasco (solução IV): 250 mg VO: > 2 anos: 200 mg/dose x 5 Precipitação da droga nos túbulos re-
VIR Compr: 200 mg 1251 < 2 anos: 100 mg/dose x 5 nais com insuficiência renal aguda
Compr: 400 mg (70J Adultos: 200 mgldose x 4 por 10 dias (prevenção: aumentar hidratação)
Antiviral sistêmi~ Creme : so mglg Absorção oral variável: cerca de tO a 30% Hematúria (em altas doses), sfndrome
co, inibidor com- Pomada oftálmica a 3% EV: 30 mg/kg/dia em menores de 1 ano ou 1500 hemotitica·urêmica.
2
petitivo da sinta- mg/m 1dia em > 1 ano + 3-5 EV: ftebite e dor tocai. dermatite vesi·
RNPT: 10·20 mg/kg/dose x 2 cuia r se infiltrar.
s~ do DNA virat. Uni vir !JniAoOufmlca•
811 vo contra Her- Frasco (solução IV): 250 mg Dose máxima oral pl crianças: 80 mg/kg/dia + 5 Encefalopatl a (obnubllação. anorexia.
Herpes em lmunossuprimidos, herpes neona- náusea e vômito). cefaléia, vertigem.

-
pes_srmptes I e 11, Ccmpr: 200 mg 1251
Vancela Zoster e tat, encefatlte por herpes: delfrio, convuslões, coma,
Citomegaiovirus. Anclomax st.••-', Avi- Qualquer idade: IV (correr em 60 min): Dlaforese. hipotensão,
250-500 mglm~ /dose (5-10 mg/kg/dose) x 3 ini- aumento de transamlnases, artralgia.
ral Mo<loy• Exavir uci-F•nna ciar o mais precoce possível, até 96 horas de- Farmacoderrnia. erupções, urticária,
Compr: 200 e 400 mg pois de instalada a doença. Manter 14 dias. atopecia, dor de garganta
RN e tactente: 10-20 mglkg/dose x 3/14 dias Depressão medular, neutropenia
Acibio Biofanna, Aciclor Herpes simples neonatal: Hepatotoxidade, aumento de transa-
....,. A · I He<ald'a RNPT: 20 mg/Kg/dia EV + 2-3 por 14-21dras minases, icterícia, hepatite.
• CIC ovan • RNT: 30 mgll<g/dia EV + 2-3 por 14-21dias Uso oral: náusea, vômito (3% ). ano-
Aciveral ounker, Acivirax Varicela ou zoster em lmunodeprimido: rexia. diarréia, constipação, cefaléia
Ciltrtm~, Antivirax E.M.s., EV: 30 mg/Kg +3 por 7-10d (0,6%). obnubilação. tontura
2
Aziclovir Phatlab Cicia- (Em> 1 ano u"'l.r 1500 mg/m /dia)
, L ' Ca%1 VO: 250·600 mg/m /dose x 4-5
VIX - . Clovlr , É essência! iniciar precocemente. no máximo até
Ductovirax Dueto 96 horas das primeiras tesões.
E TOUIO H ' . Varicela em crianças nor mais :
H z?pen Ô. erpest 1 80 mg/kg/dia + 4. vo. Iniciado até
.,.. , Verac rrow 48 horas das primeiras tesões, por 4 a 6 dias
Ccmpr: 200 mg (251 Prolltaxla de varicela em i munossuprtmldo:
40 mg/kgldia+4-VO do go a 14• dia do contato
Zoylex - ' Prolltaxia para CMV em lmunssuprimtdos:
Frasco (solução IV): 250 mg VO: 80 mg/kg/dia + 4, durante todo o período
EV: 1500 mg/m2/dia +3 por todo período
Pmços un.tários apro:dmado6. Herpes-zoster:
ComP< 200 mg· AS 1,70-5,10
Fr.amp 250 mg RS 41.00-71,00 ~: 1O mg/kg/dose x 3- EV
Acima de 1 ano: t 500 mg/m2 /dia + 3-EV
Aciclovir Ml!Jm: ORAL:
o
G Modlc•mtnto Compr: 200 mg
Genérico Apotex. Mepha. NeoOulmíca
Compr: 200 e 400 mg
Hexat. Mer1<. Rambaxi
Herpes simples: 800·1200 mg/dia +5 por 5·1 d.
Herpes zoster: 800 mg/dose x 5
Tópico: 6 a 8 vezes ao dia por 7 dias.
Não infundir junto c/ dopemina e dobutamina
Frasco (EV): 250 m9...§!rola~ _
AMANTA- Mantidan Euro~>vma Crjancas de t -9 anos: Convulsões
Ccmpr: t oo mg (2<HlOJ 4·6 mg/kg/dia + 1-2 (máximo de 150 mg por dia) ICC. hipotensão ortostática, edema
DINA Prolltaxia: por pelo menos 1O dias dos pés e tornozelos
Tratamento: Iniciar o mais precoce possível e Dlst. psiquiátricos, alucinações, ansie·
Antlvlral sistémi· Preços unltàrcos aproxunadoS dade, irritabitidade. tremores, dilicul·
manter até 48 horas após fim dos sintomas.
co. Tratamento e Compr 100 mg. AS 0,55 9 anos e adultos: 5 mg/kg/dia ou 1oomg/dla x2 dade de concentração,
profilaxia da in· Anorexia, náusea, vômito, constipa-
Máximo: 200 mg/dia + 2
fluenza A. ção. boca seca.
Ooença de Parklnson: 200 mg/dia + 2
Parklnsonismo. Retenção urinária.
AJUStar dose na rnsufrciência renal
AMPRE- Agenerase G/axOSmitt!IOinO Cóanças acjma de4 anosaié 50 Kg de peso: Náusea, vômitos (30%), diarréia (50%),
Cáps.: 50 mg 40·45 mg/kg/dia + 2·3. Dose máx.: 2800 mgldia dor abdominal, rash tardio (22%}, exan·
NAVIR Cáps.: 150 mg Adolescentes > 50 Kg e adultos: tema, Stevens Johnson (1%), paraste·
Antiretroviral ini- Sol.oral: 75 mg 15 ml 1200 mg/dose x 2 sia, dislipidemia (10%), hemólise, diar-
bidor de protease Ajustar na Insufle. hepática (Child-Pugh score) réia , hiperglicemia (50%)
Proços unitários aprox•rnados: Depressão (1Oo/o)
Cops 50 mg· AS 1.25 Múltiplas interações: rnampiclna, con·
So. 75 mg: ASB.oo 5ml traceptlvos orais, estatinas
ATAZA- Reyataz Gl.!xoSmdhKine - Cefaléia (15%, tontura, delírio, insô·
Cáps.: 150 mg (SOl Adolescentes e adultos: 400 mg/dose x 1 nla. febre (5%). Depressão (4%)
NAVIR Cáps.: 200 mg (801 Diarréia, náusea (16%), vômito. dor
Antiretroviral ini· abdominal. Rash (1 O"k). Precipitar di·
bidor de orotease abates. lcterica
·56·

hepatite, pancreatite, amilase, .!.K,


hiperuricemia, anemia, granulocitope·
nia, leucopenia, plaquetopenia, febre,
calafrios. prurido, erupção, hiperpig-
mentação da retina, convulsões, Insô-
nia, mal estar, irritabilidade, ansieda-
de, diarréia (18%), náusea, vômitos,
200 mgfdose x 2 ou mg/dose x 1 dor abdominal, estomatite, hiperglice -
Administrar sempre longe das refeições (antes e mia, diabetes, mialgia, artrite, fraque-
depois). Mastigar ou dissolver o comprimido. za muscular.

Dose única diária


ao deitar.
Para crianças pode-se
abrir a.s cápsulas e
diluir o conteúdo em
il,;i;iij~~;üibis----jj5f.~~;-"'===--/íqu~do ou alimento. _j~~~l.J@!l~'!ili!l!§~
"""'-'-'-"''-"-'-'-

Não associar com AZT (efeito pobre)

reti nite:
com 180 mg/kg/dia + 3-4 durante 14 a 21
e manutenção com 90 a 120 mg/kgfdia + 1
Herpes simples resi stente a aciclovir:
120 mg/kg/dia+3 até 21d. ou melhora das lesões
f---:;Al\irl:'-t~m~;ell;-Rocner---i~;,~;,:
aJ~-u;s,;ti:
e cuidadoso na insuficiimcla renal
lt Cymevene grave: 7,5 mg/kg/dia + 3 p/ 14 dias constipação, anorexia,
Cáps: 250 mg Congênita: 12·15 mgfkg/dia + 2 EV p/6 semanas boca seca, náusea, vômito, pancreati-
Fr.amp. (1o ml): 500 mg Retinite: ataque de 1O mg/kg/dose + 2 EV por te, diarréia.
14 a 21 dias e depois manutenção prolongada Astenia, cefaléia, flebite, mal estar, a-
Ganciclovir Lalepe EV com 5 mg/kgfdose EV x 1. A manutenção o- faxia , euforia, sonolência, coma, con·
Fr.amp.: 500 mg ral pode ser feita com 30 mg/kgfdose x 3. vulsão, encefalopatia
Profilaxia de CMV pós transplante: iniciar com Celulite,
Preços unitários aproldma.dos 10 mg/kg/dia + 2 por 14 a 21 dias e depois uma Febre, rash, acne, fotosensibllização,
Caps. 200 mg: AS 19,00 manutenção EV com 5 mg/kgldla + 1 (7 di· alopecia, de:colamento de retina,
Fr .amp SOO mg: AS 64,00 - 273,00 as/semana) ou 6 mg/kgldia + 1 (5 dias por se- perd_a de vtsao -
mana) por mais 100 dias. Arnttma, hJpertensao,ede~a,tromb?se
manutenção vo com 3000 mgfdia + 3 plaquetopen1a, anem1a
H,,,.,,,,,,n.., na lnsuf. renal e nas leucopenias.

G Medl<am,nto
Genérico
Ganciclovir Sód/co
Fr.amp.: 500 fll9 Eurofarma
EV: diluir em 50 a 100m/ de SF e correr em 1 a
2 horas. A via oral só é usada para manutenção
que doseEV.
-----Jc:eT:>iéi~de!;cQfíiC;rta-;abdominal, nãu-
x3
gosto metálico
i i , faringite
renal (30%), disúria
Hiperglicemia, diabetes
Linfadenomegalla, mialgia, artratgia.
de lndinavlr Preços unilános ap,ro~mados: Aash, urticária, paroni uia
. 57 .
ANTIVI RAIS E A NTI - RE
=-T:..;.R.;.,;O;....V;.,;,I;,.;.
RA ;..;,;,;:
I S,_~--,..---.
A~come.:.:rc:::_io~
l ---k-~~- Dose Efeitos co laterais
LAMIVU- Epivir - , Crianças acima de 3 meses: _ _ _ _ _ _ Cefaléia (6-1 1%), fadiga, insônia, dls-
Vudirax Ellausoege/ 4 mg/Kg/dose x 2 (máx: 150mg/dose) túrbios psicomotores (1Cl-15%), tentei-
DINA 1 Recém nascidos: 2 mg/Kg/dose x 2 ra, depressão
Lamivudina l.alepe Adolescentes até 50 Kg: Náusea, vômito, desconforto abdomi-
(3TC) Compr: 150 mg (601 2 mg/Kg/dose x 2 nal (12%). pancreatite (14%). diarréia,
Anti-retroviral Solução oral: 50 mg/5 mi(240J Adultos acima de 50 kg: estomatite. Tosse, sibilos.
análogo de nu- Lami Crist!lia 300 mg/dia + 1 ou 2 Rash, prurido, urticária, alopécia
cleosideo, inibi-
Compr: 100 mg (60(
dor da transcrip· Solução oral: so mg/5 ml
~=~'::"~~·;;;;·~~o ~ Aumento de transaminases. i bilirru-
tase reversa 12401 Sol 50 mg AS 2_20 ~d;l ~ mt binas, i amilase, acidose tática. es-
Zefflx ~ teatose hepática, hepatomegalia

G-mo.
Neutropenia, anemia, plaquetopenia
Compr: 100 mg (14-281
Parestesia, dor osteomuscular (1 0%).
Lamivudina neuropatia periférica
Genérico Compr: 150 mg (60) Eutolanna. Ramba>u

N ELFI- Viracept'""RõCiiO Recém-nascidos: 40 mglkg/dose x 2 Diarréia (30%). náusea. dor abdomi-


Compr: 250 mg (270] ~: 20-30 mglkg/dose x 3 (mãx: 750/dose) nal, hiperglicemia, hipertensão, rash,
NAVI R Pó com 50 mg/g (com medida) Adolescentes e a_dultos: 2~ mg/dia + 2·3 fraqueza, depressão, dist. emocional
Anti-retroviral ini- para ser acrescetado direto Tomar preferenCialmente JUnto com alimentos. A Depressão medular. Lltiase renal..
bldor de protease aos alimentos. (144 g] preparação em pó, cada dose deve ser mistura- Múltiplas Interações: não usar com
- --- da~ com água.~ite ou pudins.. azólicos, diazepinicos e cisapnda.
N EVI RA- Viram une Boehlingiii Menores de 3 mese\: iniciar com 5 mg/kg/dose x Grande risco de Steven Johnson fatal
Compr: 200 mg 1601 1: depois 120 mg/m /dose x 2 por 14 dias; de- ao longo das primeiras 6 semanas de
p INA pois 200 mg/m 2/dose x 2 tratamento. Aumentar dose devagar e
Anti-retroviral Neviral CnstáJia Criancas acima de 3 meses: iniciar com 120 mg/
2
interromper se aparece rash suspeito
não nucleosideo Compr: 200 mg 1601 m /dose x 2 por duas semanas e aumentar para com febre, edema, conjuntivite.
2
inibidor da trans- Xarope: 50 mg/5 mlt240J 200 mg/m / dose x 2 Cefaléia, sedação, sintomas gastrin-
criptase reversa Adultos: 200 mg/dose x 1 por 14 dias, se tolera-

-
testinals, náusea, diarréia, hepatite,
do aumentar até 200 mg/dose x 2 neutropenia, eosinofilia
Nevirapina
G GenéR:Q
OSELTA-
Compr: 200 (601
mg
~im.ca Eurotanna. Raml>oJd
Tamiflu Roi:liif
ABFar- ~7~,:;~a:.::::~"'M
T ratamento: (iniciar até o 22 dia de sintomas)
Obesidade com distribuição anomala
Febre,

Tonteira. fadiga, Insônia, cefaléia


Criancas até 15 Ko: 2 mglkgldose x 2 por 5 dias
MIVIR Cáps: 75 mg (10]
Criancas 15 a 23 Kg: 45 mg/dose x 2 por 5 dias
Edema ocular, conjuntivlte
Anorexia, náusea. vômito, diarréia, dor
Antiviral (trata- Criancas 23 a 40 Ko: 60 mg/dose x 2 por 5 dias abdominal, colite pseudomenbr.
mento e profila- Preços urutanos ap.roximadoS: Adultos: 75 mg/dose x 2 iniciado até 48 horas do Arritmia, piora angina.
xia da influenza) Cáps. 75mg R$14.10 lõi!!;l inicio dos sintomas de gripe Rash, Stevens Johnson
Profilaxia: 75 mg/dose x 1 Iniciado até 2 dias Agrava ou precipna diabetes. Bronqui-
, - - - - - !após a exposição e mantida ~ 7 a 42 dias. te. e istaxe. Hepatite. Anemia
RIBAVI- Virazole t.O-F..... ~: Cefaléia, fadiga, insonia
Xarope: 50 mg/5ml 7-10 mglkg/dia + 4 Rash, alergia, irritação de pele
RI NA Cáps: 100 mg 1201 Adolescentes e adultos: Conjuntivite,
Virostático para Caps: 250 120·601 500 mg x 4 por 7 a 1Odias Hipotensão, parada cardiaca
V.sincicial respi· Rebetol Sd>emgPiough Hepatite C crônica (associada a interferon alia): Anemia
ratório, lnfluenza < 75Kg: 400 mg pela manhã e 600 mg à tarde Broncoespasmo leve
A e B, adenovl· Cáps.: 200 m~60~ .> 75Kg: 600 mg pela manhã e à tarde Irritação nasal e da garganta
rus Ribavirin us Preços unhárlos aproxunados·
Hepatite Cs Cáps.: 200 mg (120] g:: ~ ~· ~ :~ 6.00

RITONA- Norvir Aliõo<r Crianças até 12 anos: 250 mgtm'ldosex2 Cefaléia, confusão, náusea, vômito,
Cnstália A dose deve ser aumentada progressivamente diarréia, hepatite, t transaminases.
VI R Ritovir de acordo com a tolerância em 50 mg 1m 2/dose gosto muito ruim, irritação gastrintesti-
Antiretroviral ini- Solução: 400 mg I 5 ml até 400 mg /m•tdose x 2. nal, alergia, broncoespasmo
bidor pro~ Cáps.. 100 mg [841 Adultos: 600 mg/dose x 2 Multlplas interações (inibldor CYP3A)
1- ASSOC.: Kaletra (ver~ _
SAQUI- lnvira~ Crianças: Doseaindaemestudo Hipotensão ou hipertensão, sopro,
Cáps.: 200 mg 12701 Fortovase: 50 mg/kg/dose x 3 náusea, vômito, diarréia, estomatite,
NAVIR (MESILATO DE SAOUINAVIA) Adultos: ataxia, con fusão, cefaléia, fadiga, agi-
Antiretroviral ini- Fortovase Rache Fortovase. 1200 mg/dose x 3 tação, convulsão, lebre, hemólise, di-
bldor de protease Svir CrisláiJa ( SAOUtNAVtA) lnvirase. 600 mg/dose x 3 abetes, depressão med ular, i transa-
As doses de lmvirase e Fortavase não silo bioe- mlnase
Cáps.: 200 mg (1801 quivalentes. Recomenda-se iniciar o tratamento
~~n..-5RS~.:S'; comFortovase

VALACI- Valtrex - - . . ~nteseadultos: Cefaléia (25%), tonteira, depressão.


Compr: 500 mg (te>-421 Herpes zoster em imunocompetente: Náusea (10%}, vômito {4%), dor ab·
CLOVIR 1 grama/dose x 3 por 7 dias dominai (7%).
Antiviral (varice- Herpes labial. 2 g/dose x 2 só um dia (2 doses). Dlsmenorréia, artralgia
la zoster e her- Herpes genital. Sindrome hemolitico urêmica,
pes e profilaxia Episódio Inicial: 1 grama/dose x 2 por 10 dias Leucopenia e trombocitopenia
doCMV) Reconência: 500 mg/dose x 2 por 5 dias Aumento de transaminases
P~ 500 a 1000 mg uma vez ao dia

VALGAN- Valcyte - Adolescen tes e adultos:


Retlnlte por CMV em l munodeficientes:
Febre (30%), cefaléia (16%), diarréia
CICLOVIA Compr: 4so mg 1601 (30%), náusea e vômito (20%), dor
Indução: 900 mg/dose x 2 por 21 dias abdominal (15%), neutropenla ou a-
Antiviral (retinne Manutenção: 900 mg/dose x 1 nemia (30%).
porCMV} =~,:~~~ Tomar preferencialmente junto com alimentos. Çontra~ndrcação: neulropelua. pla-
tuJAkvlAnia N l ;t~ Mr.:lUO
. 58.

ANTIVIRAIS E ANTI-RETROVIRAIS
DI'Óitt:i' Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ZALCITA- Zalcitabina Lãtepe Criancas:
0,005 a 0,01 mg/kg/dose x 3
Neuropatla periférica (20-35%)
Estomatite, náusea, esofagite, dlarrél-
Compr: 0,375 e 0,750 mg
BINA(ddC} Adultos: a, vômitos, pancreatite (1 %), faringite
Anti-retroviral 0 ,750 mg!dose x 3 Hipertensão. edema, arritmia, ICC
análogo de nu- Havid (retirado do mercado) Tomar preferencialmente longe das refeições. Cefaléia, tonteira, fadiga. Miosite.
cleosideo AjuStai dUW •n~ul"'-'1encta renal Alergia, rash. Acidose tática, hipergli-
cemlafaringite. Epistaxe. Hepati~
ZIDOVU- Ãetrovir GlaJu>Sn>"'""'" USO ORAL: Dor abdominal. náusea, vOmites, ano-
Neonatal: 1,5 mg!kgfdose x 2 até 14 dias de vida rexia, diarréia,.
Cáps: 100 mg [100] li
DI NA Cáps: 250 mg [40] e 2 m9fkg/dose x e após 14 dias de vida. Hepatite, colestase, esteatose com a-
Sol. Oral {200 ml): 50mg I 5ml Çriªnçª s d~ ~ a 1g ªnQ~: cidose tática grave, alterações de pro-
(AZT) 90 a 180 mg trlí' /dose x 3 - 4 vas de função hepática.
Produvir Prooonl Mal estar, tonteira, confusão, mania,
Dose máxima: 600 mg/dia
Antiviral sistêmi- Fr.amp. (20ml): 10m9fml convulsão. cefaléia intensa, insônia,
Adolescente e adulto: 600 m9fdia + 2-3 doses
co anti HIV (não a stenia
cura nem reduz o Revirax Blausiegel USO ENDOVENOSO: Mialgia, fraqueza. tremor, miosite
risco de conta· Cáps: tOO mg [100] Atrofia muscular, mialgia , miostte, fra-
Neonatal: 1 ,5 mg!kg./dose x 2
minação) Cáps: 250 mg [40] Çnanças: 120mg/m2/dose a cada 4·6 horas queza, confusão. mania, convulsões,
Adolescentes ª dultos: cefaléia. insOnia, mialgia,
Zldovudina Lafepo Rash, hlperpigmentação das unhas
1 a 2 mglk9fdose a cada 4 horas
Cáps: 100 mg Venoso: infundir cada dose em I hora dilulda em em a zul
Xarope (200 ml): 50mg I 5ml
SGI para 4 mg/ml ou mats dilufda. Reduzir a do- Anemia, granulocitopenia, leucopenia
ASSOCIAÇÃO COM se em 30% em caso de anemia com Hb <8. (in terromper até recuperação se neu-
Preços uru1a:noa apro~t~mados· trófilos < 500/mm'l, plaquetopenla ,
LAMIVUDINA: ver abaixo
c~ toomg· AS 1.J0·2.00CJ>>!i
~- 240 mg AS 3.25·3,40 ~

~~~~.:s~~~f~~~'lll

ASSOCIAÇOES DE ANTI-RETROVIRAIS
Droga Al2_1'eS.COJ!lercia I Dose Efeitos colaterais
> 12 ilnQ~ 11 ªl!~lt~ Nâu"sea, vOmito, dor ou desconforto abdominal (12%). pan-
Lamivu- Biovir GJaxo.Smit1J/Gne AQQiescentes
Vir Complex Cr!sláfia 1Profilaxia
cápsula/dose duas vezes ao dia crealite (14%), diarréia, anorexia, estomatite
dina + Compr com 150 mg de
pós exposição ou após Cefaléia (10%), fadiga, insônia, distúrbios psicomotores
acidente (ex.:agu lhas): (10-15%), tonteira , depressão, Atrofia muscular, mialgia,
Zidovu- lamlvudlna e 300 mg de 1 cápsula/dose duas vezes ao dia miosite, fraqueza, confusão, mania, convulsões, cefaléia.
Zldovudina (Iniciar até 2 horas após o acidente) Rash, prurido, urticária, alopecia, pigmenta unhas em azul
di na N eutro~nia (interromper até recuperação se neutrófilos <
500/mm 3) , anemia, plaquetopenia. Parestesia, dor osteo-
muscular (10%), neuropatia periférica. Tosse, sibilos. Hepa-
Zidovudina+Lamivudina
G~~ Compr Zidovudina 300 mg + Lamivudina 150 mg
- --
tite, colestase, esteatose,acidose tática grave, hepatomega-
Rambaxi lia, icterícia, alterações de provas de função hepática.
- ~
Lopina- Kaletra l<bOon Çrlanca 7-15 Kg: 24/6 m9fk9fdia
Qdí!DCil~ de 1 ~-~Q !Sg:
+ 2 Cefaléia, insônia, astenia. Náusea, vômito, diarréia, dor ab:-
dominai. Rash (3%). Hiperglicemia, dislipidemia , hlperu ri ·
Caps: 133 mg (lopinarvlr)
vir + + 33 mg de ritonavir 20/5 mg/k9fdla + 2 cemia , precipitar ou agravar diabetes, hlponatremia, hipo-
t\!;!Ql!!sc!!ntes ~ i!I!~IIQ~: fasfatemia, acumulo e distribuição anômala de gordura,
Ritonavir Sol.oral: 80 mg (lopinar-
vir) + 20 mg de ritonavir 400f 100 m9fdose x 2 aumento de amilase, aumento de transaminases e bilirnubi·
por1 mt Usar dose 10"-' maior se o paciente nas, neutropenia, plaquetopenla,
usar Evavirenz ou Nelllfapma

ANTIVIRAIS PARA USO TÓPICO DERMATOLÓGICO


Droga -=-
-~
. Comercial Modo de usar
ACICLOVIR Zovirax Gtaxo&n.rh"'"", Aciblo s.o~a~Tna, Aciclomed a- Herpes sim ples: passar na lesão a cada IÍ
3 horas por 7 dtas
mect, Aciclovan - ·, Aciveral au"k"',Acivirax 018,...,
Antivirax e.Ms. , Aviral .._, Aziclovir - , Ci-
clavix t._, Clovir = , Ductovirax 0uc1o, Exavir uc•- IÍ
0
Farma, Ezopen '""' , Herpesil - , Verac a.....,
Ziclovir v.ra,.n Creme dermatológico a 5%
Aciclovir Allbon. c nsw... E M.S Medley, NOO</Uim~a~. Prsn.Oonaduut,
As.,_,, Teuoo. Creme dennatol~co
f fNCICLOVIR Famvir Nova~ls, Vectav iÍ~ovartis, Herpigran L.egra~ Herpes simples: aplicar sobrea lesão de
6 a 8 vezes ao dta (cada 3 horas) por 4
Penvlr Labia ~ Creme dennatológico a 1% dias.
-Herpex gel Pt""''
.- - - --- - Herpes si mples ou zos ter: cobrir toda a
TROMANTADINA Pharmacio Gel a 1o/o
lesão e friccionar suavemente no minimo
3 vezes ao dia
-59 -
ANTICOAGULANTES - HEPARI NAS
g1~ij~.Apres. comercial ~-· Dose Efeitos colat.
HEPA- Liquemine Roc1>o Profilaxia de_trombose venosa e manutenção: -~rragias. -
Heparin Crlstállo Cnanças _abatxo de 1 ano: ataque de 50-75 U/Kg em 10 minutos e manu- Equimoses e úlceras
RI NA . tenção !metal c/ 30 U!Kg/hora. AJustar p/ manter PTT entre 60·85 seg. na pele no local da in-
Fr.amp.(Sml). 50~0 U/m\ Criancas acima de 1 ano: ataque de 50·100 U/Kg em 10 minutos e ma- jeção. Não usarintra-
Anticoagulan- Amp.(0,25ml) SC. SOOOU nutenção inicial com bolos de 50-100 U/Kg/hora cada 4 horas ou, prefe- muscular.
te potenciador rencialmente, Infusão continua com 20 Ull<g/hora e ajustar para manter o Náusea e vômitos.
da antitrombi- Cellparin ~""" PTT entre 60-85 segundos (ver abaixo). Alergia e febre, anafi-
na til (inati- Manter a linha da PIA e PAE em Infu são contrnua: laxia, exantema, hi·
Disot ron - Usar de 0,5 a 2 U/ml. Preferir 0,5 U/ml em neonatos. persensibtlidade,
vando assim a
trombina) com Heptar Eurota,.. Para " flushs" em cateteres centrais e periféricos: usa-se 1 a 3 ml trombocilopenia
duração da Parinorth 1tacs com diluições com 1O U/ml em menores de 1 ano e 100 U/ml em adultos. Cefaléia, formigame n-
ação dose de- Fr.amp.(Smt): 5000 U/ml Usar apenas um equivalente um pouco maior que o volume (prime) do to, vasoespasmo. dls-
pendente. cateter. Para aumentar a durabilidade, repetir o f\ush a cada 4 a 8 horas túrbio respiratório.
Efeito imedia- nas linhas periféricas (Jelco) e 24hs nas centrais (cateteres). Quando trombocitopenia.
to por via EV. não estiverem sendo usados os cateteres devem ser heparinizados f de transaminases
Via se o efei- (preenchidos) com uma solução com 100 U/ml. Essa solução deve, se Teratogênica. parto
to inicia em possível, ser aspirada na hora que o cateter for ser usado novamente. prematuro.
20-60 minu- Acréscimo à nutrição parenteral: 1 Ulm\ de solução. RN: 0,5 U/ml Não dialisável
tos. Em diálise per\tonlal: 500 U por litro de solução (se liquido turvo) Em RN usar heparina
~: Profilaxia de trombose venosa e manutenção: sem preservativos
Preço urutario eproKimado: bolo de 5000 U (ou so-100 Ull<g) seguida de manutenção com 75 a 125 (como diluente).
Estimula a li- Fr amp. 25000 U: Ull<g/dose EV cada 4 horas ou infusão contrnua de 20000 a 40000 uni- Risco de hemorragia
beração de li- A$ 4.90-12.00 dades/24 horas diluldas em 1000 mt de SGUSF. Geralmente usa-se aumenta se existe:
pase lipopro- 1000 Uihot'a ou 18Uil<glhora EV e ajustar para um PTT entre 1,5 e 2,5 u so de aspirina ou an-
teica aumen· vezes o do contrOle. tlinttatnatórios, cortl-
tando o clea- Esquema de manutenção em baixa dose (adultos): cóides, outros antico-
rence de trigli· 5000 Uldose, via subcutânea, a cada 8- 12 hs. .-:==:---- agulantes.
cérides do AJ~A DOSE DE HEPARINA PELO P_!L EM CRIANÇAS História de úlcera, ci-
plasma. P~ Ajuste de dose ~ Repetir PTT rurgla oftalmológica ou
< 50 ~50 U/Kg e i infusão em 1O% ~ horas - neurológica frequente.
50·59 Aumentar a infusão em 10% Em 4 ho~ ~
60-85 ~fusão Ota ~uinte Protamina ICN (amp. 5
86-95 Reduzir a infusão em 1O % ~4 horas' - ml; cada ml neutratoza
96-120 ~~nder 30 mine .L a infusão 10% ~~horas_ 1000 U dehepanna).
~- ~spender 1 hora e .L infusão 15% Em 4~ !:&nl!ll:in~: ht·
: PTT em segundos pertensao grave. cho-
lnfarto agudo do miocárdio: Dose inicial de 80 ulkg, seguida de 8 que ou htpotensão
ulkg/min ajustada para manter um TTP entre 1,5-2,5 vezes o normal. grave, hemorragia In-
Profilaxia p/ cateterlsmo cardíaco (arterial): 100 a tso U/kg tracraniana. tromboct-
Por via venosa preferir Infusão contínua em vez de botos. Diluir em SGI topenia, lnsulictêncta
ou SF. Cuidado com as ampolas de diferentes concentraçOOs (varia de supra renal, aneuns-
1000 a 25000 U por ml). Cuidado pera n4o confundir t U de heparina mas. endocardtte su-
com o volume equivalente a 1 unidade de uma seringa de Insulina (para baguda
a apresentaçAo de 5000 Ulml, cada unidade na sennga com escala de
-=:-:-=-c 100 corresponde a 50 U de heoarinal. ___ _ _ _
ENOXA- Clexane A..,q,P/wm8 Profilaxia de trombose venosa e manutenção: (VIA SUBCUTÂNEA) - Hemorragia, tromboci-
PROFILAXIA Crianças abaixo de 2 meses: topenia (interromper o
PARI NA Seringa 0.2 ml: 20 mg Profilaxia: 1,5 mg!Kg/dia + 2. Tratamento: 3 mg!Kg/dia + 2 tratamento se p\aque-

~=:ri;!.,de ~~~~~:''' w;:;l~a.~a~~~o':;K~dla +a~o\ratamento:


8
40
mg 2 mg!Kg/dia + 2 ~~e~~;~~~m'l
molecular de Seringa 0,6 ml: 60 mg ~: 30 mg cada 12 horas (durante o perfodo de risco allo) ou 40 mg Osteoporose (prolong)
ação inibidora Seringa 0,8 ml: 80 mg uma vez ao dia (durante a fase de risco menor). Ao fazer a translçio de Local: irritação, dor,
do fator Xa. Seringa 1 ,O ml: 1oo mg enoxaparina para warfarin usar ambas juntas por 5 a 7 dias. hematoma, equlmose,
Efeito mais PI9ÇO unrtá1lo aproxomatlo. Uso exclusivamente por via subcutAnea. NSo friccionar o local após a in- eritema, necrose
estável e pro- Sermga 20 mgo AS 19.00 jeção. O ajuste é feito pela dosagem do antifator ,l(Sl 4 a 6 horas após a A!l!!l!QlQ; Protamina:
longado. Seringa 60 mgo AS 63.00 injeçAo. com o objetivo da mant~·lo entre 0.5 a umdad91ml. A atividade cada t mg neutrohza 1
mgc As 94·00 de p_rotrombin~TT n4o são par.lmetros ~usres. mg de enoxapa~rla-
100
_ _ _ Sennga
DALTE- Fragmin Pfizer!PIY..._ Crianças: dose não estabeteci~a. - Hemorr~gia (4%),_
Seringa 0,2 ml: 2500 u ~: Profilaxia em sltuaçoes de risco moderado: trombocttopema (Inter-
PARI NA Seringa 0,2 ml: 5000 u 2500 U uma a duas horas antes e 2500 U por dia por cerca de 7 dias romper o tratamento
Heparina de Profilaxia em situações de risco alto: se plaqueta <100.000)
baixo peso PI9ÇO unotãrio aproJOmado 5000 U uma a duas horas antes e 5000 U por dia por cerca de 7-10 dias Dor tocai, necrose da
molecular. Semga 2500 u. AS 1.20 Uso exclusivamente por via subcuMnea profunda. Não é necessário mo- pele. Febre, prurido
~ar x~ Sennga 5000 u AS 12.40 nitorar AP ou PTT. 8!Jlli!Q!Q; Protamtna
NADAO- Fax ipari na S.noliSynm ~:dose não estabelecida. Hemorragia, tromboc!-
Seringa 0,3 ml: 2850 U ~: topenia (interromper o
PARINA Seringa 0,4 ml: 3800 u Profilaxia em situações de risco moderado ou grave: tratamento se plaque-
Seringa o 6 ml: 57oo u Usar 0,05 ml para cada 10 Kg de peso 2 a 4 horas antes do procedimen- ta <100.000)
Heparinade Seringa o:8 ml: 7600 u to ou situação de risco e depois 0,07 mt para cada 10 Kg de paso uma Dor local da injeção e
baixo peso Seringa 1.0 ml: 9500 u vez ao dia por cerca de 1O dias necrose da pele.
molecular de F • • TX Sono(( Tratamento da trombose venosa profunda: Febre, prurido
ação inibidora axtparma Usar 0,05 ml para cada 1o Kg de peso a cada 12 horas nos primeiros di· ~ Protamlna
do fator Xa. Ser~nga 0,6 ml: tt400 U as e depois usar 0,1 ml para cada tO kg de peso em dose única dlárla. (cada 0,6 ml de pro-
Sennga 0,8 ml: t 5200 U Uso exclusivamente por via subcutAnea profunda. Não é necessário mo- tamina neutrahza 0,05
~efln~~ :~ :c: U
s=.
s..m!ía
2650 uP AS , 8 80
9500 u A$ 32.30
nitorar AP ou PTT. Note que a apresentaçAo TX tem o dobro de concen-
tração que a comum o que permite usar a metade do volume das doses
descritas aCJma.
ml de nadroxtpanna)

-
-60-

AVC o u o bstrução arteri al recente : 75 mg/dose x 1-2


Ir:r.rn'n"•·•n.~••" aguda: Ataque de 300 mg e manutenção com
aspirina)
IP • e v<>n<•lin de obstrução de ponte de safena (alérgic os a AAS):
r
300 mg (6 horas após a cirurgia) e manutenção com 50
dia

de obstrução de shunts artificia is e de p róteses car- queza.


2 a 5 mg/kg/dia + 3 (associar anticoagulante oral)
75 a 400 mg/dla + 3-4 doses.
Náusea, vômito, diar·
réia, dor abdominal.
r
de tr omboses: 100 mg/dose x 3-4 Rash, prurido
(cerca de 1O mg/hora) Vasodilatação, rubor,
em coronariopatas: 50 mg/dose x 3. hipotensão, , síncope.
'o'"""'=-=.!'--"-"'-'7--""c~_ l mg/m/ com SG/ ou SF.. ~-~---
pela ativ. protrombina (Quick): manter
Hemorragias
a 25% abaixo do normal (RNI: 2,5 a 5,0). Dose de ata-
Rash, alergia, alopé-
no 1• dia e 9 mg no 2• dia para os que estão com AP
cia. Osteopenia
a 100%); 15 mg no 1• e 6 mg no 2" dia se estiver em
Náusea, vômitos
no 1• e 5 mg no 2• se estiver em 60%. Hepatite
n~ ~~'C'...-....U~~!_nçllo: 1,5 a 6 mg/dia com,.·,':"',...::='--"'=""--=-'-" " - -+ -- - - -
: ser referências precisas. E xperimental: 20 mg/kg/dia +
Pentox F"'"""" ' 400 mg I dose x 3 . Reduzir para duas doses diárias se tação, visão borrada
eleitos colaterais neurológicos ou gastrintestinais. Hipotensão lev e,
Compr: 400 e 600 mg {20]
angina
Amp (Sml): 100 mg {5]
Náusea, vômito
Peripan _.., Tren-
tofii UCt, Vascer Uniloau.
Compr: 400 mg 1201

G~ Pentoxifilina Apolex Blosinlélica. E.M.S. Nalure·s


E.M .S.. He.<at, Nalure·s

VARFA- pelo RNI


o nível da atividade de protrombina) com o objetivo de
RINA o RNI entre 2 e 3. Iniciar com 0,2 mglkg (máximo 10 mg) no
i e repetir o RNI no dia seguinte. Do dia 2• ao 4° dar a mesma
se o RNI for de 1,1 a 1 ,3; 75% da dose se RNI de 1,5 a 1,9;
Anticoagulante da dose se RNI de 2 a 3; 25% da dose se RNI entre 3, 1-3,5.
oral RNI > 3,5, suspender a droga até cair abaixo desse nivel e vai-
Compr.: 1 ,O mg (30) com um quarto da dose.
Compr.: 2,5 mg (30) Dose hab~ual de O, 1 mg/kg (varia de 0,05 a 0,34
Compr.: 5,0 mg (30) e ajustada pelo RNI. Aumentar a dose em 20% se RNI en-
a 1,3; aumentar 10%da dose se RNI de 1,5 a 1,9; manter a
entre 2 a 3; reduzir a dose em 1O% se RNI entre 3,1-3,5.
> 3,5 suspender a droga até cair abaixo desse nível depois
dose em 20%. Usar como objetivo um RNt de 2,5 a 3,5
Preços unllanos aproXImados: com válvula cardíaca artificial e RNI de 1,4 a 1,9 em
Compr. 5 mg: AS 0.50-1.00 cada com trombose anterior já resolvida ou com trombofilia.
15 mg no primeiro dia e 1O mg no segundo e terceiro dia. Múltiplas interações
manutenção habitual é de 2 a 1O mg/dia e deve ser ajus- medicamen tosas (che-
RNI da mesma forma descrita na •manutenção" acima. car sempre)
primeiro episódio de trombose, tratar pelo menos 3 meses
o paciente a vigiar sinais de hemorragia (gengiva, hematú-
~~~~-~~~~~~o, m~l_______
Sano/ISynlhfllsbo
TICLO- de AVC i squêmlco: 250 mg/dose x 1
i náu-
Drágea 250 mg 1201 sea. dispepsia (7%),
PIDINA Plaketar 8io1ab do mi ocárdio: 250 mg/dose x 1-2 vômito. Hipercoleste-
Antiagregante
Compr. 250 mg {20-30]
de obstrução de stent: 250 mg/dose x 2 (+aspirina) rolemia (10%). neu- r
plaquetário junto com as refeições para reduzir efeitos gástricos. tropenia (2%), i tran-
Ticlobal Batdacci saminases
Drágea 250 mg (30) Rash (5%), púrpura.
Depressão medular
r
Cloridrato de ticlopi'din1a Artropatia. Bronquioli-

f=;::;:;;~;:-;:-;;--~+=-::-::-:-::-::-...;;;:;;-----r;::::;:::=~:-=~~~~~:;:-:;::-::=:7:~:-::'~:::--::-::==:-::-lte obliterante ... r


auxiliar do infarto do
depois da clnecoro narfogralia e ang iopfastia:
de 0,4 )lg/kg/minuto por 30 minutos seguido de 0,1
-61-
ANTICONCEPCIONAIS

Modo de tomar
Tomar 1 comprimido por dia durante 21 dias começando no 1• dia do cicl~o"'(e"v""e""n~tu-a~lm_e_n~t-e-a-té~o~s::•-d~la-:)-.7'1n.,.te- r-ro_m_p_e_r- por 7-d~ia_s_e--:-:-:-~
nova cartela após essa pausa de 7 dias mesmo que a menstruação ainda não tiver cessado.
Para efeito de uso de anticoncepcionais orais o ciclo menstrual é de 28 dias e o primeiro dia da menstruação é o primeiro dia do ciclo.
Tomar o comprimido sempre no mesmo horário, preferencialmente após o jantar ou ao deitar. Nas carterlas que têm marcado os dias da
semana, iniciar pelo comprimido marcado com o dia da semana correspondente. Se começar na quarta feira iniciar com o comprimido
marcado com ·ou
A• e a cada dia tomar o correspondente. seguindo a seta. Isso ajuda a não esquecer se já tomou ou não.
Se esquecer de tomar 1 comprimido, toma-lo assim que perceber o esquecimento, desde que não tenha ultrapassado 12 horas do horá-
rio escolhido para ser o padrão. Se o esquecimento for maior do que 12 horas, continuar tomando os comprimidos restantes, excluindo a
drágea não tomada por esquecimento ou tomar os dois comprimidos juntos. Nesses casos é importante tomar precauções adicionais (u·
sar condom por exemplo) para evitar a gravidez durante 14 dias seguintes ou até ocorrer a próxima menstruação.
Se võmitar ou apresentar diarréia no período de 4 horas após a tomada do comprimido, o efeito pode ser prejudicado. Continuar tomando
os comprimidos diariamente mas adotar também proteção contraceptiva adicional até o término deste ciclo.
Normalmente ocorre um durante a semana da pausa após o término desta cartela. Se não ocorrer o sangramento é prec iso
I

Bofll"l Tomar 1 compnmido por dia durante


28 dias, a partir do 1• dia do cic lo, na
Anacyclin - ordem definida na cartela. Terminada
uma cartela continuar com uma nova
Magestran s;gmãl'llãima cartela sem interrupção.
-62-

ANTICONCEPCIONAIS
r

Fase 2 Modo de tomar


Tomar 1 comprimido por dia durante 22 dias come-
çando pelos azuis no 1° do ciclo. Interromper por 6 di-
as e reiniciar nova cartela após essa pausa de 6 dias

O comprimido é Introduzido na vagina com o dedo. Assim como com os anticoncepcionais o-


rais, é importante que a administração seja feita todo dia no mesmo horário, começando no 1'
dia do ciclo. interromper por 7 dias e reiniciar nova cartela após essa pausa de 7 dias mesmo
que a menstruação ainda não tiver cessado.

Tomar o primeiro comprimido o mais rápido


possfvei após a relação sexual (98% de efi-
çacia em 24 horas; 95% até 72 horas) e o
segundo comprimido 12 horas depois. ("

1 sob a pele pelo médico com um aplicador descartável sob anestesia locai. Con- r
dições de estrita assepsia. E eficaz por cerca de 3 anos quando deve ser removido. Marcar o
local da inserção que deve ser 6 a 8 em acima da prega do cotovelo. Anestesiar com cerca de
2 mt de lidocaJina a 1% do ponto de inserção e ao longo do canal de inserção entre o biceps e
o triceps. A agulha com o implante dentro é inserida completamente imediatamente sob a pe-
r
le. paralela à pele. Completar a operação de retirada da cânu la mantedo fixo o suporte do ob-
s•
turador. O implante deve ser feito entre o 1° e o dia do ciclo menstrual.
-63-
ANTICONVU LSIVANTES
'"'' f?)(pao "; A res. comercial.:.._~,.-- Dose Efeitos colaterais
ACIDO Depakene Abl>oO Crianças: Freqüentes: anorexia, vômito, hiperfa·
Compr. revest.: 300 mg 1251 Epife~~i~ (apenas pro!Haxia): gia e ganho de peso, azia, diarréia,
VALPRÓI- Cáps: 250 mg 1251 Dose tn!C!ai: 15 mglkg/dra + 2·3 alopécla
Xarope: 250 mgl5ml 11001 Au.mentar.a cada semanal em 5-10 mglkg/dia Menos comuns: aumento de transa·
CO Comp.(iib.entérica): soomg (SOl ate o máx.rmo de 60 mg I kg I dra + 3 minases, disfunção hepática, distúrbio
Profilaxia das crises ns hél bo Dose habitual: 30 a 60 mg/kgldra + 2-3 coagulação, cefal éia, ataxia, dist. vi·
tônico-clõnicas ge- Valpakine 5 8 " 01 ynr • Dose máxima: 100 mg/kg/dia suals. tremores, tonteira, depressão,
neralizadas, ausên· Compr.: 200 e 500 mg (40( VIA RETAL: 10 a 20 mg/kg/dose cada 8 horas agressividade, tremor, incoordenação,
cia simples, ausên- Sol.oral: 200 mg/mi [40] diluída em água 1:1 para ser administrada insônia, polaciúria, trombocitopenla e
cia atlpica, convul· . 8/olob como enema de retenção. disfunção plaquetária , diplopia, visão
sões mloclônicas, Epflenil ~: borrada
espasmo infantil. E- Càps.geiat.: 250 mg (25] Epilepsia: Iniciar com 15mg/kg. Aumentos Raros e graves: Síndrome de Reye·
frcaz em grande Xarope: 250 mg/5ml 11001 semanais em 5-10mg/Kg. Máx. 60 mglkg like e hepatotoxidade grave (risco
numero de tipo de Man ia: iniciar com 750 mgldia+3 e ajustar pe- maior quando se usa vános anticon·
epiiepsias. funciona DIVALPRaAT O DE SÓDIO: la resposta. Máx.imo de 60 mglkg. vulsivantes e em < 2 anos): começa
como um anticon- Depakote Abbotl Profilaxia de enxaqueca: iniciar com 500 com vômitos, dor abdominal e perda
VUisivante "de am- Compr.: 250 - 500 mg (20] mg/dose X 2. Se 1 para 1000 mg/dose X 2. de peso --. edema, icterícia.
pio espectro". Preço unll.éno aproxomado. Nível sénco: 50·1 00 pg I mJ Hiperamoniemia isolada-. encefalop.
Compr 250 mg. R$ 0,33-0,JB (Tempo de equillbrio: 1-3 dias) Pancreatite
Xarope 250 mg R$ 0,28·0,44 Alguns estudos recomendam suplementação Coma por alterações do metabolismo
de camitina (50- 100 mgll<gldia durante o uso da carnitina
Valproato de sódio da droga). O dtvalproato pode ser usado em CoO!ra·todocaçáo: drsfunção hepélrca
Comp. 250 mg (301 Apotex duas doses dlánas. Preferir o divalproato nos grave, erro rnato do C1clo da uréia
Xpe: 250 mg/5ml B<olab. E.M.S.. pacientes em dieta cetogénica e para Jralta·
Natun~·s. &gmaPflanna mento oroli/á/Jro da enx~ueca.

ACTH Não tem no Brasil ~: Existem vários esquemas: Hiperglicemia, Cushing, hipertensão,
Cortrosyn EUA 20 unidades (5 a 40) IM/dia por 2 semanas. distúrbios hidroeletrolíticos, retenção
Corticotropina . Se não melhora, aumenta-se para 30 e depois hidrosallna, cefaléia. pseudo-tumor
Tetracosactida Fr.amp.. 0,25 mg 40 unidades/dia por mais 4 semanas. Se não Sintomas gastrointestinais. úlcera
melhora tenta-se predrnisona por mais 2 se- péptica, pancreatite
Tratamento does·
Synacthen Europa manas. A droga é usada por 3 meses ou até t Alergia. anafilaxia. Atrofia de pele, hi·
pasmo infantil Fr.amp.: 0,25 mg mês após ceder as crises. Não usar por tempo perpigmentação, acne, estrias, hirsu-
(West), Lennox-G e Fr.amp.: 0,50 mg mais prolongado. Em um terço dos casos os tismo
outras convulsões espasmos voltam após a suspensão. Infecções: tuberculose, herpes, tungos
lntratáveis Dose máxima: 160 Uldia por 1 ano. CP.nt111~: psicose. tCC. Cu-
Uso exclusiVamente intramuscular. Usar corti· shrng, TBC. úlcera péptrca. herpes
coterap/a na hora da~tirada lenta ocular, 1nfecç_ão IOngrca h1pertensli_ L
ACETAZOLAMIDA Ver página 133 em DIURETICOS
BARBEXA- Não tem no Brasil Crianças:
Epilepsia (apenas para p rofilaxia):
'Siffiiiãres ao fenobarbital com menos
sedação.
CLONA 5 a 8 mg/kg/dia Irritação, inquietação, astenia.
Até 1ano: 25·50 mg I dia Raro: perda de peso
Barbutúrico. Maliasin não é mais produzido De 1-2 anos: 50-100 mg/dia Melhoram após algumas semanas
Prolilaxla das crises
tônico clônicas ge- De 2-5 anos:100·200mg/dla
neralizadas e parci- De 5-12anos:200-400 mg/dia G.Q.ntra·ln~: hepatopaua, cardlo·
ais simples. acima de 12 anos: 400-800 mg/dia patla ou nefropaua grave
=-- - -1-"A""" durlll"""-'
os:: 200 a 400 mg/dia (Máx._: 600 mg/dia)
CARBA- Tegretol N"ovaniS Epilepsia (dose inicial): 'L!,..,
H-e p
- a'""to.....to
- x'""id.,.a"'
d-e '""
(f.....
az_e_r.,.
h- em-og- r-
am
_ a _e-4
Compr: 200 mg (20-60( Criancas < 20 Kg: 1Omg/kg/dia + 2·3 função hepática mensalmente nos pri-
MAZEPINA Compr: 400 mg 1201 Pode serem dose única n~s emergências melros 4 meses)
p fi . d . xarope: 100 mg/5ml 11001 Acrma de 20 Kg: 200 mg/dra + 2 - 3 Arritimias, BAV, edema. ICC,
ro 1axta as cnses . . Novart Epilepsia (dose Inicial): Sudorese, tonteira, sedação, sonotên-
parciais e secunda- Tegretol CR 01Vrtabs Qllimca§: 10·20 mglkg/dia + 2·4 cia distúrbios visuais. diplopia. ataxia,
riamente generafi-
zadas. Crises Compr.lib.prog: 200 mg (20-601 (até 35 mglkg/dra) mstagmo, ve rt'1gem, con fusão, neunte ·
tônico-clõnlcas ge- Compr.lib.prog: 400 mg (20] Posologia simplificada: Eosinofifia, leucocitose. depressão
neralizadas e par- Tegretard Cnstáha Crianças < 6 anos: 100 mg/dia + 2 medular com leucopenia anemia a·
Cnancas 6-12 anos: 200 mg/dra + 2 plásica (raro), trombocitopenla.
ciais simples. Seu Compr.: 200 mg [201 Coancas > t 2 anos: 400 mg/dia + 2 Alergia, Stevens Johnson, rash, foto·
derivado (oxicarba- Compr.: 400 mg (20) (Alguns admitem o uso de dose única diária) sensibilização
zepina) parece ser
mais bem tolerado. Convulsan 5anva1 Ajustar as doses com interv~los de uma ou Dor abdominal, eslomatite, náusea,
T t t d T NooOu''"""' duas semanas até o nfvel senco adequado ou diarréia, vômito, pancreatite
ra .amen ~ a neu- egrex atingir a dose máxima de: Albuminúria, disfunção renal, hipona·
;:::~~~ d~:~~a':ti~ Tegrezin Cazt 1000 m~dia (até 15 anos) e 1200 mg/dia tremia, hipocalcemia.
ca P Compr.: 200 mg (201 Nfvel sénco: 4-12 1'9 I ml Em pacientes com encefalopatia pode
· Tempo de equrlfbrio: 2-6 dias piorar crises atõnlcas, de auséncia ou
Carmazin Teuto Se usar a suspensfJo é melhor dividir em 4 tônlco-ctõnicas.
Compr: 400 mg 1201 doses diánas. Para usar a posologia de duas ~: Fenobarbital, valproato,
doses por d.a é melhor usar as preparaçóes primidona e fenrtóina reduzem o nível
Preço uort.t"o aproXImado de liberação prolongada. E comum que a mu- sénco da carbamazepina. Prora alerto
Com~r 200 mg: R$ 0,24-{),55
dança de uma marca para outra com ames- de quimioterapia p/leucemia-leucoses
Compr 400 mg: R$ 0.55·1 10
Xarope 250 mg RS 0.35-().58 ma doso produza nlveis sélicos diferentes. Contra·tnd!cacão: Depressão medular,

......
GGenérico
Carbamazepina
Comp. 200 mg (20] Bioslmétlca, Eurolarma
Come. 200 e 400 ma 1201 Abbou, E.M S., Nature·s
glaucoma, uso de lric fchco, BAV
Não associar com enlrom!cina ou lnr·
bldores da MAO
-64-

ANTICONVULSIVANTES
~~ Apres. comercio I f.:::-:.---=--=--~"--c:D
~o~se~=---~-~+--=Ec:.:fe::.:.it~o:.:::s~c~o:_;;lo~t~e.:.::ro::.:.i:s:__--1
CLOBA- Frisium A__...,. ~ 0,5 a 2.o .~g/kg/dia + 2-3 . Anorexia, náusea, vômito, hipoten-
Compr: 10 mg 1201 Entre 3 e 15 anos: onocoar com Smg por doa. A manu- são, fadiga, amnésia, vertigem,
ZAM compr: 20 mg 1201 tenção pode ser feita com 0,3 a 1 mg/kg. Procurar a tremores digitais fibrilares .

Benzodiazepfnico
U b
r ant
-1 A......,.., menor dose efocaz.
~: Ansiedade: 10 a 40 mg/dia + 2- 3
Sedação e sonolência importantes
mas bem menor que com os outros
útil como coadju- g~~~;: ~g ~~ ~~~: Epilepsia: 1O mg/dose x 2-3 (Máx. 80 mg/dia) diazeplnicos.
vante em crises mi- Nfvei sêrico: pouco valor Ação paradoxal: agitação, hesita-
oclônicas e parciais 6:,':,"~~~~: ·~~~~=37 Retirada deve ser lenta. ção, insOnia
~cil contr~ Com!>< 10 mg: AS 0,54.(),70
CLONA- Rivotrii - Criancas: - - - --- - Comuns: Ataxia, distúrbios de com-
VO: Iniciar com 0,01-0,03 mg/kg/dia + 2-3 e aumentar portamento/personalidade (maior
ZEPAM Uni Cl~ax a dose a cada 3 dias no máximo em 0,5 mg/dia cada nos sequelados neurologicamente),
vez até o controle ou efeitos colaterais. sonolência. fadiga
Diazeplnico de a- Clopan Crisláfa Manu1enção habitual: lnfregüentes:
ção prolongada
od . útil Compr: 0,5 mg [Z0.30J 0,1 a 0,2 mg/kg/dia + 2-3 (até 0,3 mg/kg/dia) Vertigem, hipotonia muscular, tre-
1
em t a_s as epo ep- Compr: 2 mg [Z0.30I AduHos: mores, movimentos coreiformes, ta-
soas resostentes. Gotas· 2 5 mg 1 mt ou Epilepsia: Iniciar com 1.5 mg/doa + 3 e aumentar 0,5 la arrastada, fadiga, distúrbios visu-
P~ofilaxo.a das cris:s · 0 •1 mg 1 gota 1201 mg/dia a cada 3 dias até controle ou efeito colateral. ais, confusão mental, depressão
mtoclômcas ou ato- ' Manutenção habitual: 4 a 1O mg/dia respiratória (só EV),
nicas ou epilepsias Clonotril T....,... Ansiedade, pânico: 0,5 a 4,0 mg/dia + 1 - 2 Rash, alopecia
fotossens(vels e cn- Hoc>Ou.cnca ENDOVENOSA (não disponfvel no Brasil): Anorexia, vômito, diarréia, boca se-
ses de ausência Navotrax < 15 anos: 0,25-0,5 mg/dose (bem lento) ca. hipersalivação, constipação
(pequeno mal), es- Compr: 0,5 mg [Z0.30J Adofesc. e adultos: 1,0 mg/dose (mufto lento) Hipersecreção brônquica.
pasmo infantil A retirada da droga deve ser multo lenta para evitar Disúria. Hepatotoxidade
(West} e da S. Len- Proço uMI'Ino aprox:.mado: convulsões, no máximo 0,04 mg/kg a cada semana. Palpitação, hipotensão.
nox-Gastaut Compr 0 .5 mg: RS O, 15-0.21 Injeção venosa muito lenta. Depressão medular, trombocitope·
Compc 2 mg RS 0,37
Gola" R$ 0.25.(),46 I m1 Nfvel sérico: 20-75 119 , ml nia, eosinof!lia•• l~ucope~ia .
(Dosagem de anticonvulsivante deve ser colhida logo Dependêncoa fosoca e_psocológoca
G:;'.;c:; (comum a todo_s ~~ doazeplnocos).
G
___ __
C/onazepam
Compr. 2 mg Apo~eo<
_L~--------'
antes de uma dose, não é necessário jejum. Dosar
clonazepam é pouco útil)
___ __ _ _ __ Co~tra-ondocacao. onsuficoêncoa he-
pátoca severa _ _
DIAZEPAM Ver página 154 em SEDATIVOS -
"Erosuxi~..:..:_ zaront~ - Epilepsia: iniciar com 15 mg/kg/dia + 2-3 e ajustar a ' 'Náusea, vômito, anorexia, d.;;:--
(Fora do mercado) cada 7 dias em cerca de 5 mg/kg/dia cada vez até o Ataxia, tontura, sonolência, seda·
Ml DA suspensão: 250 mg/ 5 ml efeito desejado ou efeitos colaterais importantes. ção, cefaléia, distúrbios visuais.
Dose habitual: 15-40 mg/kg/dia + 2 dist. de comportamento, euforia, a·
Até 6 anos: 250 mg/dia +2 gilação, soluço. Alopecia. Miopia.
Profilaxia das crises Acima 6 anos: 500 mg/dia +2 Piorar convulsões tônico clónicas
de ausência e epi- Dose máxima: 1500 mg/dia Rash, urticária, S. Johnson,
iepsia mioclônica e Nível sérico: 40-100 119 / mi Distúrbio de coagulação, hiperme-
crises acinéticas Tomar com alimentos ou leite para reduzir sintomas norréia. hematúria. Leucopenia, eo-
- -- , _ f-- ____ _ __ gastrintestinais.___ _ _ _ _ _ _ _ sinofilia , anemia, plaquetopenia
FEN ITOI NA Hidantal A-...... Status convulsivo refra1ário a diazepín icos: Ey:_ hipotensão e choque (injeção
Compr: 100 mg 1251 Neonatos: a!aque de 15 a 20 mg/kg EV rapoda), depressão SNC, arntmos.
Anticonvulsivante Amp. (5 ml): 50 mg/ml (Dose máxoma 30 mg/kg) Uso crónoco VO: nostagmo, ataxoa,
•. Criancas e adultos: ataque de 15-18 mg/kg EV discinesla, diplopia, confusão men-
uto n~ statu~ e e-
1
• Pfizeo' Anticonvulslvante (dose Inicial fora da crise): tal, irritabllidade. insônia, tonteira,
~~~g ncoas.
:no('o de a:o Epehn
~ l~n- Líquido: 100 mg/5ml [120)
da ':.'a a r 0 po- Cáps: 100 mg [30!
1• dia: 15 mglkg/dia + 1-2
2° dia: 10 mg/kg/dia +1 -2
3° dia: 5-8mg/kg/dia + 1-2
dist. visuais, fala arrastada, contra-
turas, cefaléia, depressão medular,
anemia megaloblástica, ~
a. oazep nocos . Cazi Anticonvufsivante manutenção: gengiva!, vômito, constipação, !in-
devem s~r us~dos Dantaltn EVou VO: 4-10 mg/kg/dia +2-3 fadenomegalla, alergia, polineuro-
~:~~) ~~a/~~~opal Fenitoina FUNED. FUAP (excepcionalmente em dose única diária} . palia. Stevens Johnson, rash (sus-
g • r....., ~: 5 mg/kg/dia + 2 ~ ~: 7-8 mg/kg/doa pender se ocorrer qualquer rash),
causar ~epressão Femton ~: 8_10 mg/kg/dia ~: 5 mg/kg/dia hepatite tóxica, sindrome lúpus like,
~es~orat. na_/?u ~- Compr: 100 mg [100-1000) AduHos· 300 mg/dia + 2 _3 hiperplasia gengiva!, hiperglicemia,
p~~~'::;~~o~C::rise~s Pcoço oollollio aproxomadO: Anliarrftmlco: dose de ataque de 5-15 mg/kg para alte~ações do metabolismo das Vl-
tônico-clônlcas ge- Compc 100 mg RS 0.20 correr em uma hora (5 mg/kg cada 30 minutos). tamonas De K (r~quotlsmo), hlrsu-
neralizadas e par- Amp de 250 mg: RS 2.60 Opção: 1,25 mg/kg repelido a cada 5 minutos se ne- tos mo, acne, flebote, trombollebote
ciais simples ou cessário até um total de 15 mg/kg. Quando não é efocaz osoladament; fi
complexas. Manutenção VO ou IV: 4-8 mg/kg/dia + 1-3 pode ser as~ocoada a acodo valproi-
A0 ti • · Cl Nivel sérico efetivo: 10-20 l'Q /ml para >3meses ~· f~nobarbotal. carbamazepona ou
tB ú~~~~:~~rit~i~~e 6-14 119 /ml para < 3meses pn~~dona. _ .
atriais e ventricula- Tempo de equollbrio longo e muito variável: 6 a 50 di- MultoOias lnteraçoes, evitar ?m pa-
. d 'd as. E grande flutuação de nfvel sérico em menores de coentes usando quomloterapoa para
res tn uzt as por . leucemta
digitálicos sobretu- 6 anos. Absorção oral é ruim no recém-nascodo. _ _ _ · _ _ _ _ __ _
do nas arritmias as- Não infundir (EV) Junto com glicosa, amicacina. aminofifina, bicarbonato, cimetidina, clin-
sociadas a BAV damicina. ctoranfenicol, dobutamina, câlcio, heparina, hidrocortisona, insulina, lidocalna.
meperidina, morfina, penicilina G, tobramicina.. vancomicina, verapamil, vitamina B e C.
Para uso venoso diluir em SF para 1 a 10 mg/ml (precipita e é lnaUvada em SGI), tem que
diluir para evitar flabite, não usar a veia umbilical e não infundir em cateter epicutáneo (obs-
trui). Após o Infusão, fazer um flush com SF para evitar obstrução e f/ebite. Precipita se re-
frigerar. Usar em uma hora após diluição. Infundir em 20 a 30 minutos. Velocidade máxima
da infusão: 0.5 mg/Kg/minuto. Uso IM t em absorção imprevislvel pode provocar abscesso
asséotico.
. 65 .

~---~~j_Q~~
~ AtNtT~IC~O~N~VU LSIVANTES---::---~~~~~~
Apres. comercial Dose .:-::- Efeitos colaterais
FENOBAR- Gardenal , . _ , _ , Interromper convulsão e status epilepticus: Sonolência, vertigem, ataxia,
compr: 50 mg Dose de ataque EV ou IM: 20 mg/kgldose dividida em
1201 hiperatividade, excitação, irri·
BITAL Compr: 100 mg uma dose de 15 mg/kg e outra de 5 mglkg 12 horas
1201 tabitidade, distúrbios de com·
Ampola IM (1ml): 200 mg depois (ou duas doses de 10 mg/kg) portamento, redução da aten·
Profilaxia e trata- Em RN usar 20 a 30 mglkg de doses de ataque total
Gota:40 mg/mi (20] (1 mglgota) ção-aprendizado e cognição,
mento das crises fracionadas em doses de 5·1 O mglkg/dose em interva· distúrbio do sono, cefaléia
tõnico-clôntcas ge- Edhanoi S<MyFanna los de 20 a 30 minutos até que as convulsões cedam. Depressão respiratória, apnéia
neralizadas, crises Adu~os: dose tnicial de 300 a 500 mg seguida de dose (injeção EV rápida).
parciais simples. Ccmpr: 100 mg (20( adicional de 100 a 200 mg a cada 30 minutos até con· Hipotensão ( EV rápida)
Casos especiais de trote das crises ou dose máxima total de 1 a 2 g. Vômito,
convulsões lebris. Fenocris CrisWa Dose anticonvulsivante de manutenção: Rash maculopapular _, das-
Crianças: IM: 3-4 mglkg/dia + 1-2 camativo com febre. Stevens
Compr: 100 mg (20)
Gotas: 40 mglml 1201 VO: 3-5 mg/kg/dia + 1-2 Johnson.
Status e emergên· Ampo la IM e EV: 200 mg/2ml RN < 2 semanas: 2 a 4 mglkg/dia + 1 Hepatite medicamentosa
ctas como droga de RN > 2 semanas: 4-5 mg/kg/dia .. 1 Hipoprotrombinemia, , dist. vi-
segunda linha ou • r..,., Lactentes: 5 a 6 mg/Kg/dia + 1·2 tami ~a D e defic. !~latos (a-
de primeira linha Carb1tal Preferir 2 doses/dia. Dose única diária pode ser eficaz nemta megaloblásbca) .
quando usado por Fenoba rbital FURP. FUNED Criancas de 6-20 Kg: 4 mg/kg/dia Osteoporose, htpocal_ cemta,
via venosa. Compr: 100 mg Criancas de 21-35 Kg: 2,5 mg/i<g/dla osteomalacta, dor arttcular.
Criancas de 36-50 Kg: 2 mg/kg/dla Pode ptorar cnses mtoclôm-
Barbitron SanvaJ Adultos: 50 a 100 mgldose x 2-3 c~s, ~tônica~ e de ausência.
Compr: 100 mg (20) Sedação: Qr@nw: VO: 2·3 mg/kg/dose x 2-3 lnfeçao artenal ou extavasa·
Gotas: 40 mg/ml 120] Adolesc. e adultos: 30 a 120 mg 1 dia mente po.de levar a grave ne-
Hipe<billrrubinemia:~: 3·8 mglkg/dla crose tectdual.
Proço un!tano aproXImado:Nfvel sérico efettvo: 15-40 119 I ml (Nivels > 40 = po-
Compr 50 mg: AS O, 18
Seu uso em escolares é ques-
tencialmente tóxico; > 50 = coma: > 80 pode ser fatal) tionado. Alguns autores suge-
Compr 100 mg: AS 0.15-0,22
O tempo de equilíbrio é longo (3 a 4 semanas). A do-
~tas 40 mg. AS 0.22 a 0.30 I ml rem que é melhor usar outra
fAmp do 200 mg: R$ 1,20 sagem de anliconvulsivante deve ser colhida logo an- droga que não prejudique a
tes de uma dose, não é necessário jejum. cognição e o aprendizado.
A infusão venosa deve ser lenta. velocidade máxima lnteracões:
de 1 mg/Kglmrn. Pode diluir em qualquer tipo de soro. Aumenta metabolismo hepáti-
Ao usar doses de ataque maiores que 20 mglkg deve- co de várias drogas: ctoranfe-
se estar preparado para dar suporte respiratório em nicol, dmetidina, etc.
caso de apnéia. Actdo valpróico aumenta o nf-
Verifique se a apresentação é pera uso venoso. Não vel sérico do fenobarbilal com
usar a apresentação intramuscutar por via venosa. risco de tnloxicação.
Não infundir (EV) junto com ampicilina, amicacina, bi- Reduz eftcácia de quimiotera-

G=-b;
carbonato, cefatosporina , cicfosponna. cimetidina , pia (trocar por outno)
complexo B, dexametasona, difenidramma, dobutami- Contra indtcação: Insuficiência
Fenobsrbitsl na. hidrafazina, hidrocortisona. insulina, rsoproterenol, hepática ou renal grave e por-
Compr. 100 mg UnoAoOuonica meperidina, morfina, midazolan, ondasentrona, SMZ+ fina, tnsufte. respiratona grave
'== -~~~-~o-~----+T!.!MP, tobramicina, vancomicina, vitamina C. s/ ventilacão asststlda
FELBA- Não tem no Brasil Lennox-Gastout: iniciar c/ 15 mglkg/dia .. 3-4 e ajus- Anorexi a, vômitos. insônia, ce-
EUA: Felbatol tara cada semana até 45 mg/i<g/dia (mâx:3,6 g/dia) faléia, fadiga, ansiedade, hi-
MATO Compr: 400 e 600 mg Crises parciais, gerallzadas scundariamente e a- perplasia gengiva!, disfunção
Crises parciais, Susp.: 600 mg/5ml tônicas: Dose habitual: 1200 mg/dia. hepática (até casos fatais)
Lennox-Gastaut Monitorizar nível sérico de outros anticonvulsivantes. Contra-lnd•cacão: discrasta
sanouinea, dtsfuncão heoáttca
Crianças< 12 anos: (se posslvel. evitar nessa Idade) Sonolência, fadiga, ataxia, nis-
GABAPEN- Neurontin , _
lniciar com 5-15 mglkg/dia + 3 e ajustar até 40-50 tagmo. tremor, nistagmo, võ-
Cáps: 300 e 400 mg (30]
TINA Cáps: 600 mg (27) mglkgldia + 3 mitos, diarréia, cefaléia e fadi·
Auxiliar na profilaxia Progresse - Crianças acima de 12 anos e adultos: ga, hipotensão, agressividade
de cnses parcia•s e Câps: 300 e 400 m9 Epilepsia: Iniciar com 300 mg/dia + 3 e aumentar até (5%), labilidade emocional
1301 300 mg/dia a cada 3 dias. Dose habitual: 900-1 200 (6%), dificuldade de ideação e
parctats complexas
com generalização Preço Ullllâno aproxtmado· mgldia. Dose máxima em adultos: 3600 mg/dia pensamento, hiperctnesi-
secundária cõmP, 300 mg: RS 1,70-2,so Dor de origem neuropática: Iniciar com 100 mg x 3 e a(5%), boca seca, dispepsia,
aumentar até 1800-3600 mg/dia + 3 leucopenia.
Gsbspentlns É pnxlenre não atrasar as doses dando mais de 12 Ao suspender, retirar lenta-
Ccmpr. 300 e 400 mg horas de intervalo entre as doses. mente ao lomgo de uma se-

L AMOTRI- ~--
Lamjctal -
-­ Exige.!!JUS/e na msufrcrêncta renal
Crianças < 12 anoS: Iniciar com 0,15 mg/kgldia + 1·2
mana ou mais
Rash e dermatite (8%) à va-
por 2 semanas e aumentar para 1,2 mglkgldia por zes grave, Stevens Johnson
GINA Lamjtor r...- mais 1 ou 2 semanas; depois titular a dose lentamente tardio (0,8%). Tonteira, seda·
Nova classe de an- Compr: 25 mg 1301 em cerca de 1,2 mg/kg/dia a cada 2 semanas até uma ção, cansaço, irritabilidade,
Compr: 50 mg (30)
ticonvulsivante (In· Compr: 100 mg dose de manutenção eficaz entre 1 e 5 mg/kg/dia .. 1· agressividade,
1301 2 (dose máxima de 200 mg/dia). Diplopia, visão turva, cefaléia,
azinico). Crises re-
fratárias parciais ou Neurium S<>NayFarma Adultos e maiores de 12 anos: sintomas gastrointestinais.
tônico-<:lõnica gene- Compr: 50 mg (30] Iniciar com 25 mg em dias alternados por 2 semanas Anemia megaloblâstica por in-
rallzadas, West, Compr: 100 mg !301 e aumentar para 25 mg/dia por mais 2 semanas e de- terterência no metabolismo
Lennox-Gastaut, pois titular com aumentos de 25-50 mg/dia a cada 2 dos foiatos. Neutropenia.
ausências Preço unilàno aprox1mad0: semanas até efeito. Dose habitual: 100 a 400 mg/dia Sindrome c om edema, linfa-
Compr 25 mg• AS 1,30- 2,20 Usar dose menor se associada a acldo valpróico denomegalia, febre, hepate e
Compr 100 mg. AS 3,90- 6 ,60
Nlvel sérico efetivo: 1-4 11Qim! (3,9- 15,6 11molll). disfunção multiorganica.
Evite fracionar o comprimido {limita uso em factentes) Retirado súbita pode causar
LBmotrlglns Risco de reação grave à droga {pele e sistémica), ta r- rebole
Compr 25 - 50 - 100 mg AmNt dia e potencialmente fatal, maior auando assoâada a
á · ao i I te n R m r~ín I
-66 -

A NTICONVULSIVA NT ES

,_.~=~;:..:....:..::.c..APres . comerc::.:i.::
a.:.~.l--7":---~~-=
D~o~s.:::
e~~-----'- Efeitos colatera is
Ver página 15 em ANTI-ARRITMICOS
Ver pági na 154 effiSEDATIVOS
- - - Verj:,ágina 155 - -
emSEDATIVOS
nna Cfiãn~enõreS di1oãnos: - Sedaçào, sonolência, hipotonia,
1,25 a 2,5 mg/dose x 1 siatorréia, depressão respiratória ,
Anticonvulsivante: sensação de embriaguez, irritabi-
Diazepínlco, ação lon- Dose básica de manulenção: 0,2-0,3 mg/kg/d1a + 2 lidade, alterações de comporta-
ga. Hipnótico, sedat•- Criancas acima de 1O anos e adultos; mento, confusão "onfrica".
vo, miorrelaxante. An- Ansiedade e insô nia:
ticonvulsivante (West, Iniciar com 2,5 a 5 mg ao deitar
do· Suspensão abrupta pode levar a
Lennox-Gastaut e mi- Dose habitual: 5 a 10 mg ao deitar.
-0.53 convulsão.
ociõnicas. Nível sélico tem j)<>UCO valor para ajuS1e de doses.
OXICARBA- rileptal Nova n" Criancas acima de 4 anos: Fadiga, vertigem, sonolência, ve-
Compr: 150 mg (10-20] iniciar com 8 a 10 mg/kg/dia + 2 (max.: 600mgldia) e ligam, cansaço, fadiga, distúrbio
ZEPINA Compr: 300 mg ji0-20-60) aumentar a dose, se preciso, após 2 semanas. de memória, cefaléia, tremores,
Dose de manutenção habitual: 6 e 50 mg/dia. ataxla, dist. sono, parestesla. ins-
Derivado da carbama- Compr: 600 mg 110-20-60)
zepina útil no trata- Solução: 300mg/5mt 11001 A dose máxima por peso é: tabilldade psíquica, tinido, de- I'
De 20-29 Kg: 900 mg/dia + 2 pressão, dist. visuais, labilidade
mento das crises par- Auram Aché
ciais De 30-39 Kg: 1200 mg/dia + 2 emocional
Compr:30Q-600mg (201 Acima de 39 Kg: 1800 mg/dia + 2 Náusea, vômito. dispepsia
Preço unllilno aprox•mado: Adultor inicdeqiar codam :??_':"g/dosede x 2 e aumentar até
2400 mg/dia.
~:~~g~!.tr~~~~ ~~~=n~2Í~nson,
1150 mg: AS 0.65 respos a a ua .....,.,mo
pr 300 mg: AS 1.33 Nível sélico: 15-45 1agiml Leucopenia, trombocitopenia
SOI~o 300 '!'li;__AS 1.50 /5 m1
éJ5!!1e Bj[JSie na.J!ISUIICIª(Icia r'fl.!!al Não suspender abruptamente.
PRIMIDONA Mysollne Ast<aZ""""" Recém nascidos: Iniciar com 10 mg/kg/dia + 2 e au- Sedação, ataxia, mstagmo, di-
Compr: 250 mg 11001 mentar até 12 a 20 mg/kg/dla + 2-3 plopla, vertigem, sonolênc ia, a-
Antlconvulsivante bar- Criancas < 8 anos: começar com 50 a 125 mg/ dia ao gressividade, psicose aguda, ta-
bitúrico útil na profiia- deitar e aumentar a cada 3-7 dias até a dose eficaz. diga,
xiadascrisestõnico- Primidon - Dose habitual final de 15-25 mglkgldla + 3-4. Anorexia, vômito, dor gengiva!
c lônicas generalizadas Compr: t 00 mg (100) Criancas > 8 anos e adultos: começar com 125 a 250 Rash. doença "lupus like"
e parciais simples Compr: 250 mg 1201 mg/dia ao deHar e aumentar em 125-250 mg/dia a ca- Anemia megaloblástica (d.folato),
(focais) ou complexas. da semana até ?SQ-1500 mg/dia + 3-4 leucopenia, hemólise
Nas parciais é menos Preço un1táno aprox1mado:
Nfvel sérico efetivo mal estabelecido. Estima-se em U nfadenomegalia. Hepatite.
eficaz que a carbama- ~: ~: =~ g:~ cerca de 15 119 /mi de primidona ou 20-40 11g /ml de Doença hemorrágica no RN,
zeptna e fenitoína. fenobarbHal. O melabolismo hepálico da droga produz Suspensão abrupta pode levar
f"!!ob3rbital e fenilelilmaJonamidª' _ _ _ g'usar convulsão. __ _ _
TIONEM- h iopentax Crislália Anttconvulslvante: Dose de ataque: 0,5-1 mg I kg Depressão respi ratóri a, hipoten-
Tiopen Proootti EV em bolo lento (2 minutos) seguida por infusão con- são grave (dar volume e suporte
BUTAL Abboll ti nua de 1-2 mglkg/hora ou 0,015 mg/kg/minuto inotrópico se ocorrer anafiiaxia),
(Tiopental) Thionembutal Dose máxi ma: 5 mg/kg/hora = 0 ,08 mg/kg/min depressão cardíaca e redução
Fr.amp.: 500 e 1000 mg Alterna tiva: bolos de 2 a 3 mg/kg quando preciso. do débito
Sedativo barbitúrico Induç ão anestésica: Flebite, cuidado para não deixar
de ação curta útil em Recém nascidos: Ataque de 3 a 4 mglkg extravasar ou infiltrar (risco de
sedaçãolanestesia e do: ~: Ataque de 5 a 6 mg/kg. Manutenção com 1 necrose tecldual).
tratamento de convul- .oo a 6 mg/kg/hora conforme necessário. Anafilaxia.
sões rafratárias. Adultos: Ataque 3 a 5 mglkg.
Manutenção com 25 a 100 mg/dose
Controle de hipertensão intracranlana:
~: 1,5 a 5 mg/kg/dose (até 30 mg/kg quando
se que induzir coma barbltúnco.
Sedação por via reta!: ~: 5 a 10 mg/kg/dose
Para USQ venoso, diluição minima de 20 mglml em
ABD ou SF ou SGI e injeção lenta (2-10 minutos)
~sérico: Hi~:~g/ml. Coma:~100J!g/mL_ _ _ _
TOPIRA- Topamax JanssonCilog Criancas de 2 a 16 anos: iniciar com 1 a 3 mg/kg/dia + Ataxia, distúrbios da atenção,
Compr. revest.: 1-2 (máximo 25 mg) ao deitar e ajustar a cada 1 a 2 confusão mental, tontura, fadiga ,
MATO 25 - 50 - too mg 1601 semanas em 1-2 mglkg por vez até a resposta ade- parestesia ou formigamentos,
Anticonvulsivante Cáps sprinkie: quada ou efeitos colaterais. A dose habitual de manu- dist. emocionais, de memória, vi-
bioq. canal de sódio 15-25 mg (60] tenção ê de 5·9 mg/Kg/dia + 2 suais e de fala . perda de peso.
para crises parctais Preço urutáno aproxtmado; Adolescentes e adultos: iniciar com 25 mg ao deitar e Urotitfase (dose alta), polaciúria,
simples e complexas. aps 15 mg· AS 0.90 aumentar 25 mg a cada 1-2 semanas até a resposta hiperuricemia, gota. ,J. Na, .J.K
pr Z5 mg: AS 1,35 A manutenção habHual é de 400 mg/dia + 2 Náusea, diarréia, xerostomia
Lennox-Gastaut, 50 mg. AS 2 .70 Dose máxima em adultos: 1600 mg/dia Dor nas costas, perda de peso.
P' 100 mg: AS 5,40
Nível sérico: Não é útil clinicamente. Rash, exantema. Agra nulocitose
Tomar c/ bastanfe_Agua. Evite p;lrtlf os ~midos '::l_lpercarbia, acidose respiratória.
VI GABA- Sabrii A.......,.nna Criancas de 3 a 9 anos: Neurite ótica e dlminuicão per-
Compr: 500 mg )60) A dose de manutenção habitual é de 1 grama por dia manente do campo visual 140%\.
TRINA (varia de 40 a 200 mglkg/dia) Sonolênc ia e sedação (diminui
lnibidor da GABA tran- Criancas acima de 10 anos e adultos; com o tempo), fadiga, tontura,
samlnase. Eficaz em Dose habitual: 2 gramas I dia nervosismo, agressão, excitação,
metade dos casos de Dose máxima em adultos: 4 g I dia. agitação, psicose, distúrbios de
síndrome WeS1 (es- EJagto •1uste na msufiCiéncla renal memória, alterações visuais, di-
pasmos infantis) Pteço unJtário aproximado· plopia, piora das crises em vez
500 mg: AS 2.60 de melhora, aumento de peso,
. 67.
ANTAGONISTAS , ANTÍDOTOS, EMETI ZANTES
~}-'"''"'~~'c 'é~:;;,~,~··~:j Apr. comercial Dose Efeitos colaterais
Azul de Metahemoglobinemia: 1 a 2 mglkg/dose ou 25 a Náusea, vômito, tonteira, cefaléia, su-
AZUL DE 50 mg/m 2 EV em 5 minutos. Repetir em 1 hora. dorese, dor abdominal, cora pele, uri-
Metileno Musa
METILENO 60ml
Ml.!IJ.Q§: Metahemoglobinemia crônica: na e fezes. Risco aumentado na defi-
Meta-hemoglobinemia 100 a 300 mg/dia por via oral. ciência de G6PD e na insufic. renal.
Urolltiase crônica: 200 mg/dia + 3- via oral Hipertensão. Cianose.

DEFEROXA- Desferal Novan,. Intoxicação aguda (ferro): 15 mg/kg/hora EV para


intoxicação grave (clínica+ RX +nível sérico > 500
Catarata, disfunção visual ou auditiva.
Alergia, urticária, rash ,dor local, SARA
Fr.amp.: 500 mg
MINA mcg/dl) até melhora cllnica e 24 horas depois que a Desconforto abdominal, dispepsia, di-
Intoxicação por ferro cor vinho da urina normaliza. Dose Max.: 6 g/dia. arréia, disúria, lebre, .1. PA , 1' FC, eri-
Intoxicação crônica (ferro): 0,5·1 g/dia i M-SC trodermia, câimbras, plaquetopenia.

NALOXONA Narcan cnslália No RN na sala de parto (se a mãe recebeu analgé-


sico narcótico até 4 hs antes do parto): Preconiza-
Nao tem efeito agonista mesmo em
dose excessiva.
Antagonista de esco- Amp. (1 ml): 0,4 mg
se 100 ~tg/Kg (0,1 mg/kg) ou 25UE100 (!A da am - Náusea, vômito e sudorese 1 nervo-
lha de narcóticos opi- sismo, inquietação, irritabilidade
pala do Narcan 0,4 mg/ml) por Kg de peso, diluído
óides. Efeito lnstantã- Narcan em SF ou SGI. Repetir até de 3/3 min. Cuidado ao usar em pacientes com
neo, mas curto. Não
produz depressão
neonatal Crlstálla Dose pelo tubo traqueal: 2 a 1o vezes maior. uso crônico de opiáceos ou com sin-
Amp. (1 mt): 0,02 mg Reverter efeito depressor respiratório ou do drome de abstinência. Pode ocorrer
respiratória mesmo se crise aguda de abstinência com vômi-
o paciente não tiver SNC em Intoxicações ou sedação: bolo inicial de
0,2 mg (qualquer peso e idade). Repetir 0 ,1 mg a tos, taquicardia, hipertensão ou hipo·
recebido opióide (po- tensão, taquipnéia, aumento dos rui-
Preço unilãrio aproximado: 0,2 a cada 2 minutos até o efeito.
de ser usada para tes- dos intestinais, piloereçáo, midriase.
Amp 0,4 rng· AS 8,10 Para reverter depressão respiratória sem rever-
te terapêutico). Amp 0,02 rng: AS 3.60 Raramente: arritmia, fibrilação, parada
Reversão de depres- ter analgesla e fora de emergências:
usar doses baixas como 1 mcg/kg/dose, repetida a em pós-operatórios.
são respiratória na sa- Como o eleito é mais curto que opíói-
la de parto por uso de cada 2 minutos até o efeito desejado.
Reversão completa do efeito: o,1 mglkg/dose des, pode ser preciso repetir as doses
opiõides na mãe. ou usar ínf. contínua 0,05 mg/kg!hora.
Qrianças > 5 anos até adultos: 2 mg/dose

FLUMA- Lanexat Ra<~>• Crianças: 0,01 a 0,02 mg/kg por dose EV rápida em Náusea e vômitos, sensação de trio,
intervalos de 1 a 2 minutos entre as doses até atin- cefaléia, agitação, euforia, ansiedade,
Flumazil cnstáua
ZEN IL Flumazen unr~oou
giro nível de consciência desejado. visão borrada. Arritmias, bradfcardia,
Antagonista de benzo- Dose máxima: 0,2 mg/dose ou 1 mg acumulada hipertensão, dor torácica.
diazepínico. Age em 1 Amp. (5 ml): 0,5 mg Coma hepático: 0,1 mg/dose de 1/1 hora Risco de convulsões se usado como
a 3 minutos. Encerrar (máximo 1 mg) teste para intoxicação diazepinica se
anestesias, intoxica- ~: Iniciar com doses de 0 ,2 a 0 ,3 mg segui- a intoxicação for por triciclicos, a mino-
coes, afastar intoxi- Preço unltáno aproximado: das de doses de 0,1 a 0,2 mg a cada 60 segundos filina, carbamazepina, hidrato de elo-
Amp 0,5 mg: AS 99-155 até o máximo de 3 mg em 1 hora.. ral, 1soniazida. Também pode precipi·
cação por diazepfnico
Infusão continua: 0,1 -o,4 mglhora tar convulsões em epilépticos em tra-
lamento prolongado com benzodiaze-

G~
Flumazenil pínicos. O efeito do diazepinico pode
Amp. (5 ml): 0,5 mg Eurofarma reaparecer exigindo doses adic ionais

NEOSTIG- Prostigmine ICN Reverter curarização: 0,01 a 0,05 mg/kg/dose Crise colinérgica: broncoespasmo, hi·
Amp. (1 ml): 0,5 mg Associar 0,4 mg de atropina para cada mg de neos- persecreção brõnquica, salivação,
MINA tigmina bradicardia, hipotensão, assitolia, BAV
Antagonista: curares Myastenia gravis: 0,01-0.04 mg/kg IV a cada 2-4 Anorexia. võmito 1 diarréia, miose. su-
não despolarizantes horas (manter atropina preparada em uma seringa dorese, fasciculação muscula r, micção
(tubocurarina, pancu· em caso de reação: 0,01 mglkg) e defecação involuntária. Agitação.
rõnio) ~: EV/IM: 0,5·2,5 mg/dose a cada 1-3 horas fadiga, fraqueza, confusão.
A dose oral é muito maior que a dose parenteral. Alergia, rash, urticária, anafilaxia.

Contrathion Críancas: (Sempre associado a atropína) Ê essencial manter vias aéreas livres
PRALI DO- AventisPharma Primeiro dar a atropina em doses de 0,02 mg/kg a aspirando bem as secreções.
XI MA Fr. amp.: 200 mg
cada 5-1 O minutos até que cedam os sintomas de Ton tura, díplopia, acomodação preju-
Reativador da função hipersecreção ou surjam sinais de intoxicação atro- dicada, cefaléia sonolência, náusea,
da colinesterase {lnto· Preço umtãrio aproximado: pfníca. Depois: 20 a 50 mg/kg/dose da pralidoxíma taquicardia, hipertensão, hiperventila·
xicação por organo- Fr.amp 200 mg : AS 8,00 dilufda em SF em 30 minutos. Se preciso (persiste çào, fraqueza muscular, rigidez mus-
losforados) fraqueza muscular) repetir a dose após 1·2 horas. cular, laringoespasmo

PENICILA- Cuprimine Qriancas: 5-20 mg /kg/dia 7 2


MercJ<s. Alergia , febre , estomatile, exantema,
Cápsula: 250 mg (50] Intoxicação por chumbo: 30-40 mg /kg/dia 7 3·4 agranulocítose, anemia aplásica fatal ,
MINA O. Wilson: 20 mg /kg/dia _,. 2·4 (máximo: 1 g/dia) trombccitopenia, linfadenopatia, prote·
Quelante de metais Intoxicação arsênico: 100 mg/kg/dia7 6 / 5 dias inúria, anorexia, hipoglicemia1 bron-
pesados (arsênio, Artrite reumatóide juvenil: iniciar com 3 mglkg/dia quiolite obstrutiva, Icterícia, s. lúpus
Preço unitário aproximado: like, polimiosite, dennatomiosite, neu-
chumbo, ferro, cobre, Cáps 250 mg: RS 2,50 (3 meses) -> 5-1 O mg/kg/dia 71 ·2. Max: 250mg/dia
mercúrio). Considerar Adultos: 1 a 1,5 g/dia + 3-4. Iniciar com !4 da dose. rite, neurite ótica, pancreatite, pênfigo,
outras opções Não tomar com alimentos ou leite. miastenia, ladiga, febre, edema, defl·
Associar 25 a 50 mgldia de piridoxina. ciência de ferro, hipoglicemia ...

Não existe prepa- Criancas: 6 a 12 meses: 5 a 1O ml Bem tolerado. Raros: cardiotoxicidade


XAROPE DE 1 a 12 anos: 15 mVdose seguida de 20 mVkg de e miopatia por uso repetido, letargia,
rado comercial.
IPECA Mandar formular água. Uma segunda dose pode ser repetida em 30 vômitos e diarréia, feb re. sonolência.
Emetizante. Para ali- minutos. Se falhou: lavagem gástrica. Contra indiçacão: comatosos ou ín-
4

com 70 mg/ml (7%) Adultos: 30 mVdose + 300m! de água. conscientes (tossir e proteger as vias
minação de droga e
tóxicos ingeridos re- Cuidado: extrato fluido de ípeca é 14 vezes mais aéreas), convulsão.
centemenle. Efeito em concentrado que xarope de ipeca.
15·20 minutos. Não usar na ingestão de corrosivos, derivados de
petróleo, subst oleosas ou estimulantes do SNC
Emetizante doméstico rátlco ara s itua ões de emer ênc ia: Mistura de cerca de 30 ml (3 colheres randes de deterQ ente li uido de
- 68 -

ANTIDIARRÉICOS E INIBIDORES DE PERISTALTISMO


Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
DIFENOXI- Lomotil -..nnoc~a Criancas acima de dois anos: Atroplnismo: pele seca, sede, febre, ta-
Compr: 2,5 mg (+ 0,025 mg 0.3 a 0,4 mglkg/dia + 3-4 quicardia, retenção urinária, flush.
LATO + de atropina) (10J Preparação liquida, mais adequada para Taquicardia, sedação, euforia. cefaléia,
crianças. o que dificulta o fracionamento. febre, prurido, náusea, võmilo, dor ab-
ATROPINA Mli112li: 2,5 a 5.0 mg/dose x 3-4 dominal, lleo, pancreatite, fraqueza, vi-
lnibidor de peristaltis- A primeira dose pode ser 2 a 4 vezes maior são borrada, retenção urinária. Risco
mo Preço unnano aproxlffiéldo: maior em crianças com sfndrome de
Compr 2.5 mg; A$ 0,50
(ver quadro abai~o) Down. Depressão respiratória.
Conlra-.ndicacão: hepatopalla grave, co-
lestase. menores de 2 anos. glaucoma
Criancas e Adultos: 5 ml por dose 2 vezes Não absorvido. Não foi relatado efeito
Lactobacillus Floren AIMJS
aodlapor2a3 colateral significativo.
Saché: 14.3 mg
acidophilus Tornar com pouca água no intervalo das re-
feições.
Probiótico: Bactéria Leiba ~
viva. Profilálico e tera- Capsulas
pêutico em diarréias Floconete: I O ml
~: 0,05 mglkg/dose Sedação, fadiga, tonteira
LOPERA- lmosec JonssdnCllag
2 a 5 anos: 1 mg/dose x 3 Rash, alergia.
Closecs Euro~anna
MIDA 6 a 8 anos: 2 mg/dose x 2 Náusea. vômito, constipação. cólica In-
lnibidor de peristaltis- Diafuran Cozi 8-12 anos: 2 mg/dose x 3 testinal, boca seca.
mo Dlarresec F•"""'" ~: 2 mg após cada dejeção liquida Não tomar álcool durante o uso.
até o máximo de 16 mg/dia. Usar dose do-
Dlasec ...,... brada na primeira dose.
Disteran ~go~anna Diam!la do viajante: 1 mg/dose após cada
100 diarréia até o máximo de 4 mg/dia e no má-
Furaleina
ximo por 2 dias. Dose dobrada na 11 dose.
Comp'r; :l!;O mg [12]

RACECADO- Tiorfân~ ~: sem referência, recomenda-se Cefaléia. sonolência, vertigem, constipa-


não usar em menores de 15 anos. ção, náusea e vômitos.
TRILA. ,~._. ~~~ Cáps.: 100 mg (91
Existe ainda pouca experiência e infor-
~: 100 mg/dose a cada 8 horas até mação sobre a droga.
lnibidor da secr'eQãb-~"' Pfeço Ún~tano aprox,mado que ceda a diarréia
Intestinal (inibidor de
encefalinase) "Gompr 100 mg. R$ 2, 70

Sacchflrrf!.my~ _Fior~til -.:.,._ Crianças e Adultos: 100 a 200 mg 2 vezes Não absorvido. Não foi relatado ef91lo
ao dia por 2 a 3 ( máximo 5 dias). Dose In- colateral significativo.
ces bou/ardii Lacttpan depende de idade e peso.
Probló1ico: levedura Repoflor -
viva éqm,alg'!m efeito Caps.: 100 e 200 mg Evite abrir ou mastigar as cápsulas. lomar
profilátioo e terapêuti- Saché/Envelope: 200 mg com pouca água e longe das refeições.
co em diat.réias Florazin -
Preço un~tá!lO aproXImado
Caps.: 100 mg Câps 100mg A$1 ,40-2.00cada
Env.pó: 200 mg Sache/Env 200 mg· RS 2.70 • 4,20 cada
Florent Qt.,.
Caps.: 100 mg

Saccharomy- Flor ax ,_., Criancas e Adultos: 5 ml por dose 2 vezes Não absorvido. Não foi relatado efeito
ao dia por 2 a 3 colateral significativo.
ces cervisiae ~~~~t~~~d=5 ml
Tomar com pouca agua no intervalo das re-
feições.
Problótico: Levedura Floconete pediátrico: 5 ml
viva com algum efeito
Preço unitário aproximado
profilático e terapêuti· Sache/Env: A$ 3.50 - 6.20 cada
co em diarréias

A diarréia aguda é uma doença autolimitada e a base do seu tratamento é a reidratação (ver página 315
para diarréia aguda, hidratação oral na pág. 317 e venosa na página 320. Os antidlarréicos e inibidores de peristal-
tismo não devem ser utilizados nas diarréias agudas infecciosas. Os inibidores de peristaltismo apenas retardam a (Í
eliminação nas fezes os líquidos e sais que já saíram do plasma e interstício para dentro da luz intestinaL Isto não
impede a desidratação e acaba retendo toxinas e bactérias que precisam ser eliminadas. Uma possível exceção é o
uso de loperamida (0, 1 a 0.2 mg/kg/dia) em pacientes com diarréia durante viagens e na diarréia secretória por atro-
fia vilositária idlopática (rara). O dlfenoxilato ou a loperamida também podem ser eventualmente usados para redu-
zir as perdas em colostomia ou ileostomia e na diarréia das doenças inflamatórias crônicas intestinais e síndrome
do intestino curto.
Os probióticos são medicamentos freqüentemente prescritos e que ainda precisam de melhor comprova-
ção científica sobre sua eficácia e segurança. O assunto é controverso, existindo vários defensores do seu uso na
profilaxia em pacientes sob risco aumentado como imunodeprimidos ou pacientes em antibioticoterapia e mesmo
como auxiliar no tratamento da diarréia como alternativa a antimicrobianos. Probióticos são bactérias vivas (Exem-
plo: Lactobacil/us acidophi/us, Lactobacil/us casei, Bifidobacterlum bifidum e Bifidobacterium longum) ou leveduras
(Exemplo: Saccharomyces boulardii, Saccharomyces cerevisiae). Ao contrário do que se acredita, esses agentes
raramente colonizam e se multiplicam no Intestino, exercendo algum efeito apenas durante seu trânsito pelo intesti·
no. A maioria desses produtos são apresentados como alternativas para "melhorar'', "restaurar" ou "equilibrar" a flo-
ra intestinal
. 69 .
ANTIEMÉTICOS E PROCINÉTICOS
Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ALIZAPRIDA Superan ~ Criancas acima de 6 anos: Sonolência, manifestações extrapiramidais
Compr: 50 mg [201 VO: 0 ,5-1 ,5 mg/l<g/dose x 3 (espasmos faciais, movimentos involuntâ·
IM ou IV: 0,03 mg/l<g/dose x 3 rios , torcicolo), aumento de prolactina, hlpo-
Antidopaminérgico Amp.(2 ml): 50 mg
Não usar por mais de uma semana tensão ortostática, tremor, cefaléia , insônia,
com efeito antiemético Gotas: 12mg/ml(=0,6mg/gota)[301
Pfeço un.~áno aproximado: ~: 100-200 mg/dia + 3 vertigens, dispnéia, diarréia, discinesias tar-
e neurotéptico. VO, IM ou EV. dias.
Campt 50 mg, AS 1.20
Amp 50 mg· R$ 6.10 Não usar por mais de uma semana Çootra-ind!Caçáo: gravidez. lactação,
Gotas AS 0.45 ml feocromocitoma

APREPI- Emend ~ ~: 125 mg na primeira dose 1 Confusão, cefaléia, depressão, tontura, in-
Um comprimido de 125 e hora antes da QT e 80 mg por dia sônia, ansiedade, anorexia, perda de peso
TANTE dois comprimidos de 80 mg nos dois dias seguintes. Usar em Diarréia, constipação, dor abdominal, gas-
Antiemético pl vômitos assoctaçlio com dexametasona e lrite. dispepsia, disfagia , faringite.
por quimioterapia Preço aproiOO\IIdo. ondansetrona. Taquicardia. hipertensão, hipotensão, arrit-
RS 525.00 oa Uêa cornpnmldos Náo preasa BJUstar na lf!SUf. renal mta . Rash. urticária. Stevens Johnson
f - - - - -- - -+ -- - -.,--,- -,-- - - + - - - -- -- - - - -- + H_i:...
pe -rglicemia,
' ! K, J. Na. Disfunção renal .

BROMO- Digesan ~-, .Qlliln.w: Sonolência, cefaléia, astenia, calafrios. dis-


Piamet UObs Ant lemélico: túrbios de acomodação ocul ar
PAI DA VO: 0,5-1 ,O mg/kg/dia -;- 3 Espasmos musculares localizados
Cáps.: 1O mg [20] IM ou IV: 0,03 mg/kg/dose x 3 Hlpotensão
Cáps. retard: 20 mg [20 e tOI Evitar uso EV em crianças Diarréia, cólicas intestinais
Antlemélico e regula-
Gotas:4 mg/ml (O, 17mg/gota)[20J Sintomas exlrapiramidais (dose alta)
dor da motilidade gas-
Gotas: 8 mg/ ml [20] (só o Plamet)
Ref luxo gastroesofágico:
trintestinal, procinético
Sol oral: 5 mg/ 5 ml [1201 0,2 a 0,3 mglkg/dose VO x 3 C ontra-tndtcacão: hemorragia gastnntestí-
Amp.(2 ml): 10 mg Da apresentação em gotas nal, lleo mecámco (obstrviNo), feoci'Q!J'I()ci-
Pangest F.,.,..., (4mg/ml) em geral usa-se uma go- toma
Cáps.: 1O mg [20) talkg/dose x 3 e da solução (5
Gotas:4 mg/ml (0. 17mg/gota)[201 mg/5ml) usa-se 1 ml para cada 5 kg
Sol oral: 5 mg/ 5 ml (1201 por dose x 3
Bromopan UCI-Farma
~: 10 mg/dose x 3
Bromoprid reuro VO,IMouEV
Di gecap S/pmsP1>anna Dose mâxima: 60 mg/dia
Digesprid Nt/C{)uómlca Preço uM ârlo aprox•mado·
Pridecil Farmalab Capo 1O mg· RS 0.60 · 0.90
Compr/Cáps.: 1O mg 1201 Gotas' RS 0 .45-0.90 I ml
Sol Oral 5 mgi5ml: AS 0.45 · 1 .20
Gotas:4 mg/ml (0,17mg/gota)(201 1\mp 1o mg AS 2.90 - 5,20
Digestina ~
Compr/Câps.: 1O mg [201
Gotas:4 mg/ml (0, 17mg/gota)[20J
Amp.(2 ml): 10 mg

Bromoprids
Compr/Cáps.: 1O mg [20) Medley
Gotas:4 mg/ml (0,17mg/gota) 1201 EM$.• Medley, PrafiDona<luZZí, TeuiO
Sol oral: 5 mg/5 ml [1201 Medley, Pfli1•DonaduzzJ

BUCLIZINA Buclina s.noliSyniiH!Ia C lnetose: usar 30 minutos a duas Sonolência, cefaléia, neNosismo, inquieta-
Klizin Clmed horas antes da viagem: ção, insônia.
Anticoiinérgico com ~: 5mgx2 Visão borrada, secura na boca, nariz e gar-
efeito antiemético e Postafen A_,.,. ~: 5 mg X 4 ganta,
anli cinetose. Compr: 25 mg [20] ~: 25 mg x 3 Constipação. retenção urinária.
Orexigeno ~: 25 a 50 mg/dose x 2-3

Em 2001 a ANVISA retirou do ~: Cólicas, barbarismos, diarréia, cefaléia,


CISAPRIDA mercado diversas marcas (Cime- 0,2 a 0 ,25 mglkg/dose x 3-4 convulsões, manifestações extrapiramidats,
Procinético: aumenta tic, Cinet/c, Cisapan.Cisapride. Prematuros: 0,15 mglkg/dose x 4 vômitos, anorexia, taquicardia, trombocito-
e coordena a ativida- Cisafec, Klneprid, Normotil) por não ultrapassar 0,8 mglkg/dia. penla, leucopenia, a rtralgia, rinite , sinusite,
de propulsora redu· julgar que os fabricantes não ti- apnéla.
zindo estase e os epi- nham esrrutura para monitorar os ~: 1O mg/dose x 4
sódios de refluxo. Me- efeitos colaterais cardíacos. Em Se necessário: 20 mg/dose
lhora o esvaziamento setembro 2004 a Janssen Ci/ag
gástrico. Reduz tempo parou de comercializar no Brasil Contra-lndícacáo. OT longo. BAV amtrnlll
de fleo no põs- o Prepulsid que era a marca de ventnc. grave. ICC grave, tnsut•c. renal
operatóno. referência.

CLORPRO MAZINA Ver página 115 em ANTIPSICÓTICOS

DOLASE- Anzemet A _ , . Crianças de 2 a 16 anos: Fadiga, cefaléia, agitação, insônia, confu-


Amp.(5 ml): 100 mg 1,8 mg/l<g dose única meia a uma são, ansiedade, pesadelos. febre, calafrios
TRONA hora antes da quimioterapia Arritmia, proionagmento do QT, hiperten-
Antiemético p/ vômitos Dose máxima: 100 mg/dose são, hlpotensão, síncope, edema,sudorese
por quimioterapia e do ~~i~~ ~r~~~o'!,~da ~: VO: 100 mg/dose única
Rash, urticária, hipersensibilidade
Diarréia, constipação, anorexia, dispepsia,
pós-operatório
EV: 1 ,8 mglkg dor abdominal, pancreat~e
Retenção urinária, disfunção renal
Aumento de transaminases
- 70-


oi
~: 5 mglkgldia + 4 ou
1,0 a 1,5 mg/kg/dose x 4 í
Para profilaxia da cinetose tomar 30 mi-
a duas horas antes da situação
Anti-hlstamínlco H1
com efeito antiemé-
tico antivertigem
por cinetose, dis-
túrbios labiríniticos
do SNC, enjôo . 100 mg (4-100]
vômitos 50 mg (86 1O mg) [201
ml): 50 mg (B6 50 mg)
(i
Gotas: 1 mg/gota [201
Neodrin N..ourm~ca
Compr: 100 mg (4-100]

DEXAMET ASONA Ver página 127 em

DOMPE- Motllium J•nssanC.I•g Sonolência e sedação.


Compr: 1O mg [~:JO.GOJ mglkgldose x 3-4 Manifestaçôes extrapiramidais
RIDONA Susp.oral: 1mg/ml [1001 (2,5 ml da suspensão para cada 1O raras, aumento de prolactlna, gi-
(com pipeta medidora) kg/dose x 3- antes das refeiçôes ) necomastia (doses altas e tempo
IM: 0,1-0,2 mglkgldose prolongado), alergia.
máximo: 1 mglkg/dia Arritmlas cardfacas (dose alta,
O uso EV deve ser evitado. bolo EV).
~: 10-20 mg/dose X 3-4
Não administrar junto com antiácidos ou 1~~~~~~~:
lníbidor H2. Usar antes das referções. I'

Kytril Rocn• Cefaléia, agitação, ansiedade,


cefaléia, insônia, sonolência. fra-
Neosetron 0UNa1
pia. Pode repetir 2 ou 3 doses a cada 8 queza, tonteira, febre.
Ampolas (3ml): 3 mg horas, se preciso. Alternativa: dose única Constipação, diarréia, dor abdo-
Ampolas (1m!): 1 mg de 40 l'g/Kg. Dose máxima: 3 mg/dose e minai,
Compr: 1 mg 121 9 mg/dia Hipertensão, hipotensão, sfnco-
Preço unnário aproxunado: &ll!!!Ql;: Dose habitural: 1 mg /dose EV arritmias, BAV, fibritação atri-
Compr 1 mg RS 36,00 cada Infundir em 5 mln. 1 hora antes da QT.
Amp 1 mg: R$ 72 VO: 1 mgldose x 2 ou 2 mgtdose x 1 aumento de transamlna-
Amp 3mg· R$ 143 X3
--~--- -------------~==~~~~~------_J·--------~------~
Ver página 95 em ANTI-HISTAM fNICOS
Meclin .._, Crianças maiores de 12 anos e adultos: Sonolência, tontura. fadiga, cefa-
Compr: 25mg (15]
Clnetose: 25-50 mg uma hora antes da léia, alucinações visuais ou audi-
viagem. Repelir após 24 horas, se preci- tivas, inquietação, ansiedade,
so. nervosismos, insôma.
Vertigem: 25-100 mg/dia + 2-4 doses Taquicardia, hipotensão, hiper-
tensão, hipotensão, palpitação
Anorexia, náusea, vômito, diar-
réia, aumento de apetite.
Colestase. hepatite.
Alergia, rash. Broncoespasmo
r
I'Í
Os antieméticos não devem ser
prescritos de forma continua exceto nos pa-
cientes com refluxo gastroesofágico. Usar
apenas se necessário, em caso de vômitos
repetidos, incoercíveis. Crianças com infec-
ções agudas, com um ou dois vômitos por
dia provavelmente não se beneficiam do uso
de antieméticos.
.
-71-
ANTIEMÉTICOS E PROCINÉTICOS
Apres. comercia l Dose Efeitos colaterais
Pias iI AvcnllsPnam>a Vômitos em geral, do pós-operatório, re- Reações extrapiramidais fre-
METOCLO- fluxo gastroesofágico: qüentes em crianças até 48 hs
Compr: 10 mg [20]
PRAMIDA Amp. (2ml): 10 mg C rianças menores de 6 anos: depois do inicio do tratamento
Gotas Ped: 4 mg/ml [lO] VO-IM-EV: 0,1-0,2 mglkg/dose x 3-4 (principalmente EV): distonia
Antíemético e esti- Solução: 5 mg/5ml [100] ou 0,4 a 0,8 mglkg/dia 7 4 muscular, triismo, protrusão
mulante do peristal- Dose máxima: 0,8 mg/24 horas rítmica da língua, espasmos,
Eucil Fannasa Criancas maiores de 6 anos: distúrbios da fala, espasmo
tismo, facilitador de
Compr: 10 mg (20) 0,5-1 mglkgldia 7 3-4 musc. culares, posições bizar-
passagem de son-
da transpilórica, ga- Amp. (2m!): 10 mg Adultos: 1O a 15 mgldose x 4 ras da cabeça e ombros, opis·
Suposit Ped: 5 mg 151 Vômitos por quimioterapia: lótono, hipertonia
lactogogo
Suposit Ad: 1o mg [SJ 1-2 mglkgldose a cada 2 a 4 horas associ- Convulsões. alucinações, so-
Gotas adul to: 1O mg/ml [10] ada a difenidramina para reduzir efeitos ex- nolência, sedação, lassidão,
Gotas Ped: 4 mg/ml (10) trapiramidais. fadiga, contusão mental, agi-
Xarope: 5 mg/5 ml (120) Facilitar passagem de sonda enteral: tação, irrilabilidade.
Pramil GreenPI>anna 0,1 mglkg em< 6 anos e 2,5 a 5 mg em Diarréia, secura na boca,
maiores de 6 anos e 1O mg em adultos. constipação
Metoclopramida FuRP Atenção para a existência de apresenta- Rash, urticária, hipersensibili-
Metoclopramida LAFEPE ções gotas com 10 mg!ml e gotas pediãtri- dade.
Compr: 1O mg [20] cas com 4 mglml Risco de convulsão em epilép-
Gotas Ped: 4 mg/ml [101 Por via oral. administrar 30 minutos antes ticos.
Amp. (2ml): 10 mg das refeições, sobretudo p/ refluxo. Hipertensão, hipotensão, ta-
Uso venoso: diluir para 0.2 mglml como ro- quicardia supraventricular,
No-vomit IMA BAV, bradicardia.
tina. Concentração máxima: 5 mglml. In-
Compr: 1O mg (20) fundir lento: 5 mglminuto. Injeção EV rápida Meta-hemoglobinemia em RN
Gotas 4 mglml e 10 mglml [101 provoca extrema sensação de mal estar e {dose alta).
Plamivon aunker ansiedade no paciente. Neutropenia, leucopenia.
Compr: 10 mg [20) Não misturar ou administrar na mesma li- Ginecomastia, galaclorréia,
Gotas adultos: 1O mg/ml JlO! nha com anfotericina, ampicilina, anrinona, amenorréia, partiria.
bicatbonato de sódio, cefalotina, cloranfe- Disúria, impotência
Enzilon OsónoM ., Plamida Proc~oru , Síndrome neuroléptica malig-
nicol, furosemida. hidantofna, sulfa-
Plagex reuro, Metoclosan sanvat trimetoprin. na.
Metoplamin c.tanna Ex1ge aluste Q!l.ifo'iJ/ficiéJJ.ÇI~al·
C/c. 40-50 75•;, da dose Evitar associar com clorpro-
Compr: 1o mg 1201 mazina e outras drogas que
Gotas Ped: 4 mglml (10] C/c, 10-40· 50% da dose

Aristopramida Ansr011,
Clcr < 10: 25 a 5o•. d<I dose possam produzir distonia.
Preço urúlário aproximado:
Fluccil DUC!o, Neolasil NeoOurm,. Compr 10 mg: RS 0.25-0,45 Contra-1ndica~: obstrução
Amp 10mg: RS0.55- 1.10 gaslrlntesllnal. feocromocito·
Amp. {2ml): 10 mg Golas 10 mg/ml: R$0,40-0.60/ml
Golas 4 mQiml: A$ 0,26- 0.50 /ml ma, convulsões mal controla-
das
Cloridrato de Metoclopramida
Gotas Ped: 4 mglml {10] Medley, PraltiDonaduzzl, Teu1o
Amp. {2m!): 10 mg E.M.S.. Halex. NeoOUimíca, Teuto

ONDANSE- Zofran GtaxoSmTthKhna Vômitos por qui mioterap ia: Cefaléia, fraqueza e cansaço,
fadiga, convulsões, tonteira,
Nausedron cnst••• VO: Criancas < 4 anos:
TRONA até O 3 m2: 1 mgldose x 3 obnubilação, sedação, sono-
Ondanles 0 (H"'', de o 3 a 0 ,6 m2 : 2 mg/dose x 3 lência, dor muscular, ataxia.
2
Antiemético anti- Ontrax Blauswool de 0,6 a 1 m : 3 mgldose x 3 Febre e calafrios.
serotoninérgico útil Ondantril srgmsPharma Criancas de 4 a12 anos: 4 mgldose x 3 Dor abdominal, xeroslomia,
no tratamento dos Adultos e> 12 anos: 8 mgfdose x 3 constipação, diarréia.
vômitos- por quimio- Setronax ~ltotann EV: Criancas > 3 anos: 0,15 mglkgldose Rash, erupção cutânea.
terapia, citotóxíco, Amp. {2m!): 4 mg Adultos até 80 Kg: 8 mgldose Broncoespasmo.
cisplatina e. radiote- Amp. {4ml): 8 mg Adultos> 80 Kg: 12 mgfdose Perda de peso.
rapia e nos vômitos Compr: 4 e 8 mg 1101 Manutenção EV: 1 mg cada hora_ Visão borrada.
de pós-operatório. Vonau Biofab Vômitos do pós-o per atór io: Taquicardia, bradicardia, sín-
Crianças > 2 anos: O, 10-0,15 mglkg/dose cope, angina.
Uso limitado pelo
preço alto. Modificai Zodiac EV antes da indução da anestesia e repeti-
Amp. {2m!): 4 mg [101 do uma vez após 8 horas, se preciso. Contra-lndlcacão: gravidez,
Amp. (4ml): 8 mg JIOJ Adultos: 4 mgfdose EV lactação. Insuficiência hepáti-
Redíluir para 0,08 mg/ml (4 mg em 50 m/) ca
de SF ou SGI e infundir em 15 min.
Ondansetrona Preço unilâriO aproximado:
ComprA e 8 mg Bristnl, IPCA Compr4 mg: AS 10,50-24.20
Amp. (2ml): 4 mg Eurotarma Compr8mg: R$21.70- 49,20
Amp. {4ml): 8 mg Eurofarma Amp4 mg: A$10,20 -43.60
Amp8 mg: AS 18.50-87,00

PROMETA ZINA Ver página 96 em ANTI-HISTAMÍNICOS


Crianças acima de 2 anos: 0,2 mglkg na Cefaléia, constipação.
TROPISSE Navoban Novartls
Amp. (5ml): 5 mg AS 106.00 cada dose Inicial (máximo de 5 mg/dia) Tontura, fadiga. dor abdomi-
TRONA Cáps.: 5 mg [SI AS 60,00 cada Adultos: dose inicial EV de 5 mg pelo me-
nal, diarréia, hipersensibilida-
Antiemético antl- nos 1 hora antes do tratamento. de, alergia, urticãria, rigidez
serotoninérgico útil Manutenção. oral: 5 mgfdia ao acordar. torácica, broncoespasmo.
no tratamento dos Via EV no primeiro dia, injeção lenta em Cerca de 8% da população
vômitos por quimio- mais de 1 minuto, dllufda em 100 ml de SF são eliminadores lentos da
terapia e radiotera- ou SGI. Do segundo dia em diante usar a droga: risco se usar mais de 6
pia via oral em dose única pela manhã. Evite dias.
-72 -

ANTIESPASMÓDICOS E ANTICOLINÉRGICOS
I:. :u:/ A resenta_çã o c_o mercia l Dose Efeitos colaterais
CAMILOFINA Espasmo silid ron - 1---'j gota /kg I dose x 4 Bem tolerado.
~: 3 a 8 gotas ped. x 3-4 Constipação
Gotas ped.:30 gotas (0,6 ml)
+ DIMETICONA camilofina 20 +dimeticona 40mg ~: 1 5 a 30 gotas ped.x 3-4 Não apresenta as manifestações
Espasmolftico musculo- Gotas adultos: 30+40 mg Preço unotário aproximado atroplnicas próprias dos anticoii-
trópico , não anlicolinérg. ~: 30 + 40 mg__ Golas AS 0,50 a 0.80 I mt nêrgicos
Criancas < de 6 meses: evitar - Sonolência, euforia, amnésia, ner:-
DiCICLOMINA Bentyi -
Criancas de 6 meses a 2 anos: vosismo, confusão mental, fadiga,
Solução (gotas): 20mg/ml
DICICLOVERINA (1mg /gota) [15] 5 mg I dose x 3-4 midrlase, ciclopegia.
Criancas maiores: Taquicardia, bradicardia, palpitaçâo
Anlicolinérglco com efei- 1O mg I dose x 3-4 Boca seca, náusea, vOmito, consti-
to antiespasmódico dire~ ~:_~:u:a;~f:.XAmadO Adultos: 1 Q-20 mg x 3-4 pação. Retenção urinária, inibição
to~estêsico local. Máximo de 20 !!!9Ldos _ _ da lacta~ Exantema, urticária. _
DIMETICONA LuftaJ - ·s , Dimetiliv E.A<.S" ~cas menore de 2 anos: -Nã~ absorvido. Eliminado inaile-
Gota: 75 mg/ml (2,5mg/gota) 1151 20 mg /dose x 4-6 rado
{SIMETICONA) Compr: 40 mg 1201 Crianças de 2 a 12 anos: Conslipaçâo moderada e transiló·
Antífiséllco, antiflatulên- Caps e Compr: 125 mg [10·80) 40 mg/dose x 4-6 ria.
cia, redutor da tensão Flatex Famoasa
superficial das bolhas Criancas > de 12 anos e adultos:
Compr: 40-80-1 50 mg 40 a 250 mg/dose
gasosas.
Gota: 75 mg e 150 mg/ml
Anflat cazj, Dimezin T....,, Dose máxima: 500 mg/dia
Finigás """"', Flagass """",
Fratol . . _, For g ás ~. Preço unttJno aproxtmado.
Compr 40 mg: 0,22 - 0,55
Gast roflat - . Gazime ora.m., Gotas 75 mg· AS 0,50 • O.75 1mt
Mylicon - . Neo dimeticon
Silidron -
HooOI.wnoca, .
Gota: 75 mg/ml (2,5mg/gota) [10·15·20)
Compr: 40 mg [20)
Mylicon ..........., Sanagas ,._
Gota: 75 mg/ml (2,5mg/gota) [1 5)
Luftrin - Compr. 40 mg 1201
Fratol Max - Cáps: 125 mg __ _ _ _ _ -- - - - - - - -
Dimeticona Gota: 75 mg/ml (2,5mg/gota) E.M.s -.ey. Sigma Pharma
Compr: 40 mg Abboa. E.M.S.. Nature'sPius
Cá(:IS: 1251!19 , E.M.S- ~. Natu<e's Plus. Siama Pharma
r8
=-"U_S_C_O,_p_a
_ n-::-
=.~,=,..='' ~: Melho~r"'e"'vi"ta'"'r'-'. "'-'"'-"l!!!.!."'\';S=:-o-n-o'"'
lê:-
n-, "', c-e7ra""le"·"i-a,- :f;ad
ci'a- --,:i;-
ga '"'i,---1
- .- m
HIOSCINA Drágeas: 1o mg 3-5 gotas/dose x 3-4 drlase, ciclopegia, visão embaça-
1201
(Butilbrometo de Gotas: 10 mg/ml ou 0,5mg/gota 1201 ~: 0 ,1-0,3 mglkg/dose x 3 da. fotofobia, delirio, insônia, eufo-
Amp (1ml): 20 mg 5 a 1O gotas/dose x 3 ria, Inquietação, agitação, psicose,
escolpolamina) Algexin ~ 6 a 14 anos: 10-20 gotas/dose x 3 confusão mental, tremores, Ira·
EV ou IM:~: 5 mg/dose queza, febre
Anticolinérgico útil como Drágeas: 10 mg [10·20) ~: 1o a 20 mg/dose Diarréia, vômito, boca seca, dista-
espasmolítico, tratamen- Gotas: 1O mg/ml ou 0,5mg/gota [201 ~: 0,4-0,6 mglkg x 3-4 gia
to da cinetose Hiosci na FURP Ou 20 a 40 gotas/dose x 3-4 Nariz e garganta seca
Drágeas: 1O mg I Amp ( 1ml): 20 mg EV: 20 mg por dose até 3 x/dia Sudorese dlminuida
Preço unitáno aproximado: A injeção EV tem que ser lenta (5 Constipaçâo, retenção urinária
Dràgea tO mg- 0,50-t.oo minutos). Pode ser feita intramus- Taquicardia, bradicardia, palpita-
~=~~mg~~ ~8- 0-45 1ml cutar profunda, nunca subcutãnea. çâo
Irritação no local da injeção

G
~ Brometo de n-Butllescopolamina Rash, urticária, anafilaxia
Amp (t ml): 20 mg Teuto Quando administrados à mãe an-
- - Gotas: 1O mg/ml ou O5mgtgota JJD-201 E.M.S., Mo<loy, PraníOof-.m tes do parto: risco de depressão
HIOSCINA ,8..,
Uc,;
S.,c,o..,p..,a
, .n
'-'-:::c"'o.......
m..,p.,_o
, .,.
s"to
"' - ~: do SNC e hemorragia intracrania-
1 ,._ ~: 2-3 gotas/dose x 4 na no RN. í
(Butilbrometo de Neocopan • . (melhor ev~ar em< 1 ano) Portadores de S.Down ou com pa-
Espasmolid composto ~, ~: 3-7 gotas/dose x 4 rall sia espástica toleram mal
escolpolamina) Drágeas: 10mg (+250 mg) [20] ~s: 7-13 gotas/dose x 4 Cootra-indicacão· glaucoma àngu- lí
+ DIPIRONA Sol. (gotas): 0,5mg (+25mg) /gota 1201 ~: t0-20 gotas/dose x 4 lo fechado. obstrução unnána ou
Amp.(Sml): 20mg (+2500 mg) ~: 0,4-0,6 mglkg x 3-4 intesllnaf, ileo, miasten1a, breolo-
Buscoveran composto 0u1<ar, ou 20 a 40 gotas ou t a 2 drágeas x•oose, ICC
Butf. 1amtn , 5MMJI, D I' b uspan - pordosex3-4
, EV: 20 mg por dose alé 3 x/dia PARA AS ASSOCIAÇÕES COM
Dor span E"'-s., Ductopan H«<JJ. A injeção EV rem que ser lenta (5 DIPtRONA VER T AMBEM OS
"""" Kindp a sm - Uzara ....,. minutos). Pode ser feira intramus- EFEITOS COLATERAIS DESTA fi
Drá~eas: tOmg (+250 m~) 1201 ' cu/ar profunda, nunca subcutánea.
Sol. (gotas): 0,5mg (+25mg) /gota [20) ~=~~~·g~~ma:'
Atrovex - , Golas 1omg· RS028 - o.ss l mt
Drágeas: 1Omg (+250 mg) [20) Amp 20 mg: AS 3,30- 5,30
Hioariston -
Amp-t_5ml): 20mg (+2500 mg) r
Bromeno de n-Butilescopolamina + Dlplrona S6dlca
~ ~~ G ___ ~~J;~~~-~~~~~;~oo~m~g~d~e~d~i~pi~m!n:a~)~T~aAo
~------------------------------------~----~
-73 -
ANTIESPASMÓDICOS E ANTICOLINÉRG ICOS
Apresentação comercia l Dose Efeito s colaterais
HIOSCINA Buscopan Plus - Adultos:
1 a 2 comprimido por dose x 3-4
Ver acima em Hioscina e em Parace-
tamoL
(Butilbrometo de Compr: 1 omg (+500 mg) [20J

escolpolamina) =";'::.0""0Tc, "mad0:


0

+ PARACETAMOL
Novatropina- 0,1 mg (1 gota) lkg/dose x 4 Sede, secura na boca, sonolência,
HOMATRO- Dose máxima: 0,3 mg/kg/dose euforia , cansaço, fraqueza, fala len-
Homatropin c.m
PINA Gotas: 2 mg /ml ou 0 ,1 mg/gota [151
~: 0 ,3 mg/Kg/dose x 4 ta, febre, rubor facial, exantema ,
Antlcollnérgico Criancas: dermatite, eczematosa. taq uicardia,
espasmolftico 2-3 mg/dose ou midrfase, constipação, retenção url-
Preço unilarlo aproximadO: 20 a 30 gotas/dose x 4 nâria, ciclopegia, confusão, sintomas
Golas 10mg RS0.55 - 0.60 / ml Adultos: 2 ,5 a 10 mg/dose x 4 psicóticos com alucinações. conges-
- - -+-'-' -'-'=--'-'-'-"--'-------+= = = - - - - - - - = - - - - - - ltão vascular, edema,
HOMATROPINA Espasmo luftal ~ 1
gotalkg/dOse x
4
Dose alta: excitação, alucinações ou
+ DIMETICONA Flagass Baby - Preçour>l!áooapro>nmadO: delfrios
Gotas: 2,5 mg de homatropina e 80 GolaS 10 mg. AS 0.36 - 0.85 1 ml Contm-mdiçação: glaucoma Angulo
mg de dimeticona /ml [20 e 1 sj I achadO, hemoiT8gia. portadores de
S.Oown toleram mal
Dimetlcona + Meti/brometo de homatrop/na
Gotas: 2 .5 mg de homatropina e 80 mg de dimeticona /m l 1201 E.M.s

Dicetel ....,. I ntestino inritável : Náusea, vômito, constipação. diar-


PINAVÉRIO Adultos: 50 a 100 mg/dose x 2 réia, flatulência, dispeps1a.
Antiespasmódico anta- Compr: 50 e 100 mg 1101
Rash
gonista do cálcio não an· Preço unttáno aprox,mado: Pouco absorvido, a ação é local
ticolinérg1co Compr soe 100 mg AS 1.80 o 2.80

ANTIESPASMÓDICOS E ANTICOLINÉRGICOS URINÁRIOS


Apresentação com ercial Dose Efeitos co laterais
,---. FLAVOXATO GenurinS " - Adultos e crianças acima Sonolência, nervosismo, cefaléia,
~: vertigem, tonteira, con fusão mental
Antiespasmódico urinário Drágea: 200 mg (30] 100 a 200 mg/dOse x 3-4 em idosos, febre
útil no tratamento da di- Preço umtáno apro~t1mado· Náusea, vômito, boca seca.
,......... súria, dor vesicaJ, incon~ Drag 200 mg; AS 0.55
T entar reduzir a dose assim que
Glaucoma, distúrbios visuais
os sintomas melhorarem.
tinência, urgência. Disúria. Urticária.
Contra-!lldicacão: obstrução d1ges11-
,.--. va alta ou ~1X8. glaucoma. obstru-
ção unnária
Criancas < 5 anos: Sonolência, tonteira, visão borrada,
,-- OXIBUTININA Frenurin UCI-F;uma 0,2 mg/k.g/dose x 2-4 midrfase, ciclopegia, fraqueza mus-
Anticolinérglco e Retemic _. cular. insônia, alucinações, lebre
antiespasmódico urinário Xarope: 5 mg I 5 ml [120] Criancas > 5 anos: Sede, boca seca, retenção urinária,
(incontinência e urgência Compr: 5 mg [30-60] 5 mg/dOse x 2-4 Taquicardia, palpitação. vasodilata-
~ urinária, espasticidade ção
vesical, enurese, noctú~ lncontinol.,.."""" Adultos: Náusea, vômitos, constipação, ileo
ria) Compr: 5 mg [20] 5 mg/dOse x 2-4 Impotência
r- Preço un1tári0 aprox'"mdo: Diminuição da lactação
Compr 5 mg· 0,50-0,65 A droga deve ser suspensa periódi- Alergia, urticária . exantema.
Xarope 5 mg. 0.90·1.051 5 ml camente para obsetvar se o pro· Contra -Indicação: glaucoma ângulo
blema foi superado. fechado , obstrução gastnntestJnal ou
unnária. megacolon tÓXlCO. mi8Stene
a cohte severa, h !pOVOieffila, cardio-
,.-. ----4---------------------+pa
-'-~ ~da
TOLTERA- Detrusitol -~ Criancas: dose e segurança não Boca seca (35%), cefaléia (7"k ), so-
estabelecia nolência (3%), fadiga (4%) , tonteira
Compr: 1 mg (28]
DI NA Compr: 2 mg [28 e 60]
(5%), ansiedade, alterações visuais
r- Compr LA: 4 mg [14 e28] Ml!1!®: Dor abdominal (5%). constipação
Anticolinérgico antago- Começar com 2 mg/dOse x 2 ou (7%). dispepsia (4%).
nista de receptores mus-
P reço urntárlo aproximado: 4 mg (compr LA)Idose x 1 e Artralgia (2%)
Compr 1 mg· 2,70 cada depois tentar reduzir a dose à Bronquite, sinusite
,--.. carinicos útil na hiperat~ Compr 2 mg· 3,70 cada
vidade vesical, inconti- metade. Disúria (2% )
Compr 4 mg: 8.60 cada
nência e urgência uriná- Pele seca
ria Contra-indicacâo: glaucoma ãngulo
r- fechado, obstrução gasmntest1nal,
retenção ulinária, miasten1a.

r'
-74-

ANTI- H I PERTENSIVOS
INIBIDORES DA ENZIMA CONVERSORA DE ANGIOTENSINA

Apres. comercial Dose Efeitos colaterais E9 -IÍ
Criancas: sem referência Tonteira ao levanlar, hipolensão postura/,
BENAZA- Lotensin """"""
Ml!!!2i: iniiciar com 5-10 mg/dia +1-2 piora angina. Tosse (até 10%).
Compr. t Omg (14-30-601
PRIL Compr. 5 mg (1 4-30-60( ~ 20-40 mgldia + 1-2 Cefaléia (6%), lonleira (4%), fadiga, sono-
lnibidor da ECA (se- )()()(I( Dose máxima; 40 mg/dia lência. Náusea, vômllos. Hiperpolassemia,
~; lnicio;1h; Pico:2-4 hs; dur.24hs hiperuricemla, aumenta creati nlna (2%),
gunda geração)
Preço unitáriO aproxtmado: disfunção renal. Continua; quadro abaixo.
C/oridr.de Benazapril com"' 5 mg RS o.so-1.00 ('
Compr; 5 e 10 mg Rambaxl COmpr I Omg . AS 1.1o-1 .75

ASSOCIAÇÕES Lotensin Novartos Compr: 5 mg de Bena2apnl e 6,25 mg de Hidroclortia21da


- - - - -- --+- -- - - -- - - -.;C::o:.:.:m.!:pr: 10 mg de Benazapnl e 12,5 mg de Hidroclortiazida
Capoten s...ro1MyersSqu;bb Hipertensão: Tosse seca e continua por mais de 3 se-
CAPTOPRIL Compr: 12 ,5mg 115_301 Dose inicial (apenas 1.. doses) manas (até t7% dos casos- mais freqüen-
Compr. 25 mg 114. 1s- 281 Recém-nascidos: 0,01 mg/kg/dose x 3 te que com os demais IECA).
Compr. 50 mg 114.1s-281 ~: O,Ot -0,05 mg/kg/dose x 3 Proteinúria ma1s lreqüente que com os ou-
> 6 meses: O, 15-0,5 mg/kg /dose x 3 tros.
ln1bldor (primeira ge-
ração) da enzima Aorten 8 "'''•$ica, Capo- ~: 12,5 a 25 mg/dose x 2-3 Dor torácica, hipotensão exagerada, hipo-
Vigiar hlpotensão após doses iniciais tensão postura!. taquicardia
conversora de angio- tril NeoOuimo«<, Capril r..,., Dose habitual: Neutropenia (risco maior na insuficiência
lensina (ECA).
Captil - . Captolab Recém-nascidos: 1.5 mg/kg /dia .;. 2-4 renal)
~: 1-2 mg/kg/dia .;. 3 -4 Rash, angioedema
Além do efeito hipo- Mul~ab, Captolin Herak!"s,
Doses máximas como hipotensor: Cefaléia, fadiga, insônia
tensor os inibldores da Captomed Clmed' Cap- Recém-nasçjdos: 2 mg/kg /dia .;. 3-4 Colestase, hepatite fulminante (rara mas
ECA lem ele1tos favo·
ráveis sobre a hemo-
dinâmica, sobre a lun-
• - Bunlce<
top1nl , Captopril Lactentes: 3 mg/kg /dia + 3-4
FUNDE, Captotec 116..,,
~: 6 mg/Kg/dia .;. 3-4
~: ajustar a cada 1·2 semanas
I
potencialmente fatal)
Dislunção renal com aumento de creatinina
e oligúria
ção ~enal , sobr~ a r~- Captopron Cifarma Cap- até 50 mg x 2-3. Dose máxima de Potenciallza efeito hiperpotassêmico de es-
tençao hldnca mduZJ- Phartab ' • 450 mg/dia pironolactona.
da pela aldosterona.

Droga de escolha na
s.n-.
tosen , Captos1f Insuficiência
Captozen "r•· Recém-nascidos:
""", Capotrat unllloOutm~<a ,
cardíaca:

O, 1 a 0,4 mg/kg /dose x t a 4


ICC, melhora hemodi-
nàmica e prolonga so- Ductopril Dueto , Hipo- Lactentes e criancas menores:
t a 6 mg/kg /dia + 1 - 4
brevida na ICC grave ten - . Normapril Cnaocas maiores:
ea~ , Presstopril MedOulml· 6,25 a 12,5 mg/dose x 1 ou 2
~: Iniciar com 6 ,25/dose x 2 no
.. , Prilpressin Legtand, primeiro dia e aumentar para 12,5
Venopril L._, mg/dose x 2-3. Depois titular a cada 7
Compr. 12,5mg [1 5-16-30] dias até efeito adequado ou dose má-
Compr: 25 mg (1!'>-16-30] xima de 50 mg/dose x 3 (150 mg/dia).
Compr. 50 mg (15-16-30]
Preço unrtáno aproxtmado:
~: Inicio: 15 minutos : Pico: 60-
90 min : duração: 4-6 horas r
Compr 12,5 mg. RS 0.30-0,72 Pode-se dissolver o comprimido em
Compr 25mg: R$ 0.50-1.15 água para fracionar para crianças se
Compr 50 mg: R$ 0.7o-2.30 administrar no mesmo dia. lí
éxtge ajuste na msufic•ênCJB renal;
Captopril 75% da dose p/ ctearenca do t0-50
Compr: 12,5 - 25-50 mg so•. da dose pl ctearenco <50 mVmm (i
Apotex, Sloslnldtk:a, Cinta, Cnstélia,
E.M.S.• Eurofarma. Hexaf. Medley.
Merck, Nawre's. Novarus, Rambaxi.
Srgma. V.lapan.

ASSOCIAÇÕES Lopril O 8""'otMye"Squlbb, Diurezin Cal<


Capotec Hct Hoxal, Hidropril N ecOu•mo«< Compr: 50 mg de Captopril e 25 mg de Hidroclortiazida

Captopril+ Hidroclorotiazida s.os1ntética, Hexsl. Novams, EMS.• Medley)

Criancas: sem referência Cefaléia, vertigens, fadiga, tonteira


CILAZAPRIL Vascase Roctoe AduHos dose in1etal: Hlpotensão exagerada
Inibido< da ECA de 2' ge- Compr. t mg (20·281
raçêo. Mais potente e de Compr. 2,5 mg (I D-14-20-281 t ,25 mgldia + 1 nos 2 prime~ros dias Dispepsia , náusea. vômito
Dose máxima: 2,5 -5 mg/dia .;. 1 Rash,eritema
ação mais prokmgada Compr: 5 mg [I 0-14-20-28]
~: lnicio:1h: Pico:3-7 hs: dur:24hs Tosse
(
Compr 2,5 mg RS 2.50 cada

ASSOCIAÇÕES Vascase plus ROd!G Compr: 5 mg de Cila2apnl e t2,5 mg de Hidroclort1azida

DELAPRIL Delakete FarmaJab ~; sem referência Hipotensao ortostática, tonteira, cefaléia,


Compr; 15 mg (30]
M uitos, dose lnjcial: t 5 mg/dose x 2 fadiga. Rash, angioedema. Náusea, vômito,
lnibidor da ECA de Para !CC usa-se metade da dose diarréia. Mialgia. Tosse, dispné1a. Ver qua-
segunda geração. Compr. 30 mg (30(
Compr 15 mg AS 0.95 cada Dose máxima: 45 -QO mg/dia + 2 dro na página seguinte.
. 75 .
ANTJ-HIPERTENSIVOS
INIBIDORES DA ENZIMA CONVERSORA DE ANGIOTENSINA
Apres. comercial Dose Efeitos colaterais •
ENALAPRIL Ren jtec ""'*5"'"PDohm•, ~: Tosse seca e continua por mais de 3
Compr: 5 e 1O mg (30] Dose inicial: O, 1-{), 15 mg/kg/dia + 1·2 semanas (até 17%)
Compr: 20 mg (t0-30] Ajustes a cada 10-14 dias até efeito Náusea, d iarréia
Inibidor da ECA de Dose máxima de 0,5 mg/kg/dia +1· 3 Hlpotensão exagerada, hipotensão pos·
segunda geração mas Amp. (5ml): 5 mg
Disco liofilizado: 20-30 mg (30] EV lento (5 minutos): tural, taquicardia. síncope
bem tolerado que o Neutropenia (risco maior na insuficiência
8 8 a 20 ~g/Kg/dia + 1· 3
captopril, usado como Eupressin """''"'""', renal e em cotagenoses), agranulocitose,
ou 5 a 10 )lg/Kg/dose x 2·3
hipotensor, na ICC e Glioten Morck·&g6, Nas emergências: . anemia
na disfunção assinto· Contraturas musculares
Compr: 2,5 - 5 - 10-20 mg 0,04 a 0,8 mg/kg/dose
mática do ventrículo Rash, angioedema (face, língua, lábios)
esquerdo Angiopril Ddfueap' Atens No RN: 0,01 mgfkg/dose
(monitorar a PA: risco de hipotensão) Cefaléia, fadiga, insõnia
F.,.... Enalabal - Cotestase, hepatite fulminante (rara mas
Além do efeito hipo· Enal~med Clmod, Enal~­ Insuficiência cardíaca da criança: potencialmente fatal)
Disfunção renal com aumento de c reati·
tensor os inibidores da plex F'hanob Enalapress O,1 mg/kg/dose x 1 ou 2
ECA tem efeitos favo- 1 nina e oligúria.
6
ráveis sobre a hemo- MOOOu""""', Enalatec ""'nP· Insuficiência cardíaca do adulto: Impotência
dinâmica, sobre a fun- """"', Enaprotec HoxaJ, Iniciar com 5 mg/dia + 2 e aumentar a Potenciallza efeito hiperpotassêmico de
cada 3 a 7 dias até efeito adequado espironolactona. Hiperpotassemia sem
ção renal, sobre are· Enatec liob""', Enaton Tom-
tenção hídrica Induzi- Dose habitual: 5 a 20 mg/dia outras drogas poupadoras de K é rara.
da pela aldosterona. ""', Neolapril lliolmls, Dose máxima em adui!Ds: Hlpogllcemia
. Pressel Legnma, Presso- VO: 40 mg/dia + 1·2
Reduz a proteinuria na r'""' . Nedlul· EV: 0 ,5 a 1 mg /õose a cada 6 horas. Hipotensão severa em prematuros (rea-
sfndrome nefrótica re- tec , Renalapnl ~: Inicio: 1 hora; dura até 24 hs. nimar com volume e dopamina).
sistente a corticóide """", Renipress c.m, Re-
napril v.._, Sanvapress A dose venosa deve ser injetada len- O ajuste de dose deve ser cuidadoso na
lamente em 5 minutos, sem diluir ou disfunção renal
s.nvor, Vasopril """"'
diluída para 25 p{J'ml com SF.
Compr: 5 - 1O - 20 mg [20130[
Preço unitáno aproxtmado: EJ/rge ajuste na rnsufrcrêncra renal·
Compr 5 mg AS 0,30·0.70 75% da dose pl clearence de 10-50
Compr 10 mg: RS 0.48·1.40 50% da dose pl clearence < 50 m limrn
Compr 20 mg: AS 0,55·2.00

--...
GGenérico Maleato de Enalapril
Compr. 5·1 0·20 mg Blosintéllea. Bramfarma. Cnstillra, E.M.S. , Hexal. Medley, Mepha, Nature's. Rambaxi
--------~--4---
ASSOCIAÇÕES Co-renitec Merl<Shmp/)ohms, Atens H Fannasa,
de ENALAPRIL Co-enaprotec ......, Co-pressoless c,.,,.,
Co-pressotec rsuto, Duopril NedJurma Compr: 10 mg de Enalapnl e 25 mg de Hidroclortrazrda
1 Compr 20 mg de Enalapnl e 12,5 mg de Hidroclortiazida
Enatec F Hebton' Eupressin H &oslllrortca,
Gliotenzide Me<ck-aago, Vasopril Plus &orao
Ma/eato de Enalapril+ Hidroclorotiazida Bioslnrétlca, E.M.s , Modley. NOIIarus

FOS INOPR IL Monopríl llrlsto/Myon;squibb Criancas: sem referências seguras Tonteira (até 12% na ICC), hipotensão
Compr: 10 mg (16-28-30] ~iniciar com 10 mg/dia + 1 ortostátiCa (2%), cefale1a (3%). fadiga e
lnlbidor da ECA de Compr: 20 mg [ 16-28} Dose habitual: 20-40 mg /dia + 1 fraqueza. Insônia. Hiperpotassemia (3%).
segunda geração. Insufic iência cardíaca: Tosse (2 a 10%). Disfunção sexual. Dor
Preço unll.áno apcoxllllado:
COmpr tOmg RS2.40cada
o
lnicrar com 5-1 mg/dia + 1 e aJustar muscular e torácica. Sindrome de hiper·
Compr 20 mg AS 4,30 cada até eferto dese
. jado ou. dose máxima l se~sibiildade (ver quadro na página an-
de 40 mg/dia + 1 tenor).
Não exrge a;usre na msufíc. renal
Emi!Q:Início:1 h;Pico:2-6 h; Dura: 24hs
ASSOCIAÇÕES Monoplus ansrorMyersSqu/bb Compr: 5 mg de Fosinopril e 12.5 mg de H1droclortiaz1da

* Outros efeitos colaterais dos inibidores do enzima conversora de ongiotensina:


Hipotensão ortostática mais freqüenle em pacientes desidratados, desmaio com taquicardia. Hipotensão grave ou sintomática no início do
tratamento, sobretudo nos hipovolêmicos ou hiponatrémicos (aconselha-se suspender diuréticos 2·3 dias antes do inicio ·do lratamento).
Piora, geralmente transitória, da função renal, mais freqüente em pacientes com estenose de artéria renal. Angina. Angioedema: interrom-
per Imediatamente e não usar mais diurético por toda a vida. Asma. alergia , anafitaxia, rash, alopecia, vascuhte, fotosensibilidade, Stevens
Jonhson. Pancreatite. Mal estar, febre, m1atgia, artratgia. Parestesia. Tosse (varia de Intensidade e frequência com o tipo de droga). disp-
néia, pneumonia eosinofilica. Impotência. Trombocitapenia, neutropenia, eosinofitia. hemólise. Aumento de VHS, deficiência de zinco, hi·
perpotassemia. aumento de creatinina. Na insuficiênica renal severa pode levar a hiperatdosteronismo com acidose e hiperpotassemia.
Em RN e tactentes pequenos efeito e tempo de ação são maiores. Pode provocar fenômenos isquêmicos no RN por hipotensão.
Não associar a an tiinflamatórlos não hormonais: reduzem efeito anti-hipertensivo e há risco de disfunção renal grave
Sindrome de hipersensib•lldade de intensidade variável (até casos fatais) com nefrite intersticial e disfunção renal grave. rash esfoliatlvo,
artrite, angioedema, faringite , trombocitopenia, eoslnofilia, choque etc.
Contra-jndicacão: Não deve ser usado na hipertensão renovascular com estenose bilateral ou em r1m úmco ou em rim lransplantado com
poSSibilidade de estenose na artéria renal anaslomosada. Não devem ser usados na grav1dez ou em mulheres ou adolescentes com nsco
de engravidar pors é teratogenico (fetopaoa com otigoh•dràminio. h•poplas1a pulmonar, d1splasia tubula r renal. hipertensão e anuna] . Pacl·
entes com antecedente de ang1oedema relacionado a mib•dor.c. d.c.
a_E_C.c.A_ e_la
_m_ ili.:.
a_ r - - - - - - - - - -- - - - - - - - - --'
- 76-

Prilcor SIQmaPharmo An!liOE!de,m a (suspender imediatamente)


Compr: 5-1Q-2o-30 mg e dispnéia (menos freqüente que
Lisinovil He""' com captoprll)
Prinopril orarmo Diarréia, náusea, vômito

Prinivil Merok
Neutropenia, agranulocitose
Hepatite, colestase (suspender imedia-
r
Zinopril TOUio tam.)
Compr. 5-1Q-20 mg [30) Hiperpotassemia (principalmente se as-
sociada a espironolactona) r

Compr: 20 mg de Us•nopril e 12,5 mg de Hidroclortiazida


Compr: 10 mg de Lisinopril e 12,5 mg de Hidroclort.(só Prinzide)

quadro na página anterior

Compr 4 mg. AS 2 .00 ca<la

Accupril ,_. Hipotensão ortostática, tonteira, cefaléia,


Compr.revest.: 1O mg [28) fadiga. Rash, angioedema. Náusea, vô-
Compr, revest .: 20 mg [28) mito, diarréia. Mialgla. Tosse, dispnéia.
Compr 10 mg· R$ 1,30 cada Ver quadro abaixo.

Triatec AvenffSPI!arma
Naprix LiObs IHipe11erl sâ1o: iniciar c/ 2,5 mg/dia + 1
Compr. 2,5 mg (20-30) (aj ustar a cada 2-3 semanas)
Compr: 5mg [20-30) habitual: 2,5 a 1Omg/dia + 1
Compr: 10 mg [1 5-301 l ln,iulilcléinciia cardíaca:
com 2,5 mg/dia + 2 e ajustar até (Í
(Máximo de 5 mg/dia +2)
~: Inicio: 1-2 hora; Pico: 4-6,5 ho-
ras· duração: 24:...:.:= ::::...- --'- 11
G~=
ASSOCIAÇÕES I-'-'-'"-'-'<'~

hipotensão
DO- , bradicardia, tonteira, síncope, ce-
IL faléia, fadiga, astenia. Rash, angioede-
ECA de Compr 2 mg RS 2.20 cada ma. Náusea, vômito. diarréia, dispepsia, IÍ
gastrite. Mialgia. Tosse, dispnéia.

í
-77 -
ANTI-HIPERTENSIVOS -
ANTAGONISTAS DO RECEPTOR DE ANGIOTENS INA 11
Apresent. comercial
Atacand ...,,.z....,. Cefaléia. dor nas costas. mialgia
Vertigem, fadiga. T osse, bronquite,
Blopress - rinite. Edema periférico, angioede-
eompr. 8 mg (20-301 ma. Piora da função rena l.
Compr. 16 mg (20-30) Diarréia, vômito, dor abdominal, di-
Preço urvtáno apro)Omado
Compr 8 mg: AS 2.60 arréia, i transaminases, hipergii-
Compr 16 mg. AS 2.80 e hipertrigiiceridemia

Atacand Hct Asu.zeneca Compr: 8 mg de Candesartano e 12,5 mg de Hldrociortiazida


Compr: 16 mg de Candesartano e 1 mg de Hidroclort1azida
ortostática. Cefaléia,
raa1ga. u!'spe•ps111a, diarréia
de Mialgia
(14-28( I HinArnot.o~s.Ami" (20% na nefropa-
(14-28) inicial: 150 mg /dose x 1 diabética). Angina. Angioedema.
habitual: 150 a 300 mg/dia .. 1
exrge ajuste na insu/rciência renal
Compr: 150 mg de lrbesartano e 12,5 mg de Hidroclortiazida
Compr: 300 mg de lrbesartano e 12,5 mg de Hidroclortiaz<da
insônia (1%), astenia;
LOSAR- fad1ga
12,5 e 50 mg (21 e 14·28)
TANO H ipotens1io exagerada. hipotensão
Anti-hipertensJvo an- Aradois - (Ortostatlca, hipotensão com primei-
tagonista do receptor Zaarpres s.pm.l'twma 50 mg /dose x 1 ra dose, edema
de anglotensina 11 Compr: 25 - 50 - 100 mg 1301
25 mg nos pacientes usando Hiperpotassemia (1 ,5%), hlpogll-
e tendendo a hipovolemia) cemia, anemia.
Corus BiosinWa Dose habitual: 25 a 100 mg/dia x 1 Rash, angioedema (suspender)
Losartec Maojan ICC: iniciar com 12,5 mg/dia e aumentar Diarréia, náusea, gastrite , dor ab-
Ipn>gness;ivame:nte conforme necessário, dominal, perda de peso, elevação
Torlos Tonon~ de transaminases transitórias
Compr. 25-50 mg )14-281 Dores nas costas. pernas e tórax;
cãibras. mialgla
Lanzacor NooOuõmica Celulite
Lorsacor Hex•',
Losacoron sinusite, congestão na-
v'-", Red upress Ad>6 de IVAS
Compr: 50 mg (14-28)

Losartan Potássico
12,5 e 50 mg Mepha, -
50 mg BooSinlébca. Bra01larma Cnstába. Eurolanna. Mecley, Meld<,

ASSOCIAÇÕES ,...,...,.1u•s H - , Corus H -...., Compr· 50 mg de Losartano e 12,5 mg de Hidroclortiazida


Hizaar Mot1<SMq>Dotvne Compr: 100 mg de Losartano e 25 mg de Hldroclortiazida

Compr· 50 mg de Losartano e 12,5 mg de Hidroclortiazida

OLMESAR- Benicar Sanlo)'O sem referência


Compr: 20 e 40 mg
ANO Preço unrtaoo eproxtmaôO:
Cornpr 20 mg: R$ 2 .30
Cornpr 40 mg: R$ 2 ,70

Micardis ~ sem referência Dor nas costas, mialgia, cefaléia,


Tontura e fadiga.
Pritor - edema periférico
compr: 40 e 80 mg dispepsia, dor abdominal
Preço Wlltirio aproxlffiado:
transitório de transamina-
Compr 40 mg R$ 2,80
Compr 80 mg: R$ 3,50

Micardis HCT Soohrinoe•


vertigem
faringite
Diarréia, nãusea, dor abdominal
Rinite, sinusite
Fadiga, artralgia
(14·28(
Infecções virais mais frequentes

Compr: 80 mg de Valsartano e 12,5 mg de Hidroclortiazida


Compr: 160 mg de Valsartano e 12,5 mg de Hidroclortiazida
Compr: 160 mg de Valsartano e 25 mg de Hidroclort1aZ1da (só o Diovan)
Diovan Amlo ......,.. Compr: 80 mg de Valsartano e 5 mg de Anlodipino
f"J"'mnr 1 F;.O rnn rin \/ .... t,..e rt.e~n .,. c; """' ,..,... 1\,..t.,..,..;,..:,..,..
-78-

ANTI-HIPERTENSIVOS- ANTAGONISTAS DO CÁLCIO


Apresent_ comercial Dose Efeitos colatera is
ANLODI- Norvasc pr;z.,., Amilopil """""", ~: Dor de cabeça, sonolênc ia, fadiga, as-
r
Anlo Slgmol'lwma• Anlovasc He""', Dose inicial: tania, tremor, mal estar. alterações de
PINO 0,05 a 0,2 mgl\<g/dia + 1-2 humor, distúrbios visuais, conjuntivite,
Anlodil Vilapan,Anlodibal Bakfaccr, Aumento até 0,6 mgl\<g/dia + 1-2 dlplopia
Dllpropiridina, bloque- Cordipina Fann...,Pressat - ·. ~. erilrodermia, alopecia, rash,
ador seletivo de canal prurido, angioedema. s udorese, vas-
Tensidipin logrand, culite, reações alérgicas,
de cálcio com ação de ~:
Inicio mais lento e du- Tensiliv NooOulma, Hipertensão: Náusea, anorexia, dor abdominal, dis-
ração mais longa. Tensodin A!llluo Oose Inicial 2,5 a 5 mgldia + 1 pepsia, diarréia, constipação boca se-
Compr: 5 -10 mg Oose usual: 5 mg/dia + 1 ca, hepatite, colestase, pancreatite,
(20130]
Oose máxima: 10 mgldia + 1 P alpitação, tontura, síncope,
Amlocor Tonon~, Artralgia, câimbras, mialgia, neuropa-
Coronarlopatla: 5 a 10 mgldia
Cordarex -.,,....,., Na insufici6ncia hepática: tia periférica, parestesias
Nicord M•Jton, Roxflan Mo"", Dar 50% da dose Hiperplasia gengiva!, ginecomastia,
impotência, polaciúria,
Compr. 2,5 - 5,0- 1o mg (20-30]
Preço umláno aproximado: Hiperglicemia, leucopenia. plaqueto-
Amloprax Touro
Compr 5 mg R5 0.55-2.10 peia
Compr: 5 mg (201 Compr 10 mg AS 1,70-3.80
-
Sesi/ato de Anlodlpino
Compr. 5 e 10 mg Bloloi>Sanus. Bioslnllltic:a, Bralnlarma. Cnstálla. E.M.S .• Medley. Mepl1a, Morei<. Novart09, Rambaxi, Teuto
Compr: 50 mg Bioslntóllca, B"'in!arma, Cnstéha. Eurolarma, Medley. Merclr..
ASSOCIAÇÕES Lotar Bwlnrerlcit Compr: 2,5 mg de Anlodipino e 50 mg de Valsartano
Compr: 5 mg de Anlodiprno e 100 mg de Valsartano
Diovan Amlo NOYan.s Compr: 5 mg de Anlodiprno e 80 mg de Valsartano
Compr· 5 mg de Anlodipino e 160 mg de Valsartano
Sinergen &os•nreroca Compr: 2,5 mg de Anlodrpino e 10 mg de Enalaprrl
Compr: 5 mg de Anlodipino e 1O mg de Enalapril
Compr: 5 mg de Anlodipino e 20 mg de Enalapril

DILTIAZEM Cardizem Boohrlnger ~: Bradlcardia, hipotensão, rubor, arrit-


C ompr: 30 e 60 mg [20·50) iniciar com 1,5 a 2 mg/kg/dia + 3-4
mia, BAV. Pode piorar insufic iência
do comprimrdo comum ou + 1 se cardlaca
Dlipropirldina, bloque- Cáps C O: 180 e 240 mg [1 5)
Cáps SR : 90 e 120 mg (15) usar cápsulas CD ou AP e + 2 com
Tontura, fraqueza, tremores, cefaléia,
ador de canal de cál-
cápsulas SR. nervosismo, tremor, parestesia, Ira-
cio, anti-hlpertensivo e Balcor Baldaoc<
Dose máxima: 3,5 mg/kgfdia queza, astenia
antiarritmico (taqui- Compr: 30 e 60 mg
cardia da fibrilação a- Cáps Retard: 90-120-180-300 mg (20) 6
_.,,tno: Náusea, vômito, constipação, secura
~ na boca, dispepsia
trial, TSVP), menos Fr.amp EV: 25 e 50 mg Hipertensão: Edema de tornozelos
bradicardizante que o Angiolong Fannalab
Oose rnicial oral em adultos: Urticária, rash, e dennatites que po-
('
verapamil.
Compr. 30 e 60 mg [501 30 mgldose x 4 dem evoluir para epidennólise ou Ste-
Tem pouco ou ne- Dose habitual em adultos: vens Johnson.
Cáps AP: 90 - 180 - 300 mg 1151
nhum efeito inotrópico
Diltizen Prlzor/PIIanna,.. 180-360 mg/dia + 3. Dose única d i- Leucopenia, trombocitopenia
negativo
ária se usar cápsulas CD, AP e di- Aumento de transaminases (raro)
Compr: 60 mg [60]
vidido em 2 doses se cáps SR.
Cáps AP: 90- 120-240 mg 120-20-101 Dose máxima: 480 mgldia
Diltipress SigmaPharma Coronarlopatla e arritmia: Contra-rndrcacão:
Cáps:00-120-180-240-300-360 mg 130] VO: 180 a 480 mgldia + 3 Doença do nodo sinusal ou BA V de 11
lncoril AP Mer<J<·Bogd Fonnulações SR podem ser toma- ou 111 grau (sem marca passo), hrpo-
Compr AP: 90-12Q-180-240 mg (30] das 2 x I dia e as retan:l 1 x I dia tensão arterial grave, PAS < 90 mmHg
Diltor r....,, Dose EV em adultos: no adulto), bradicardia acentuada, hi·
0,25 mglkg EV em 2 minutos, se potensão severa, tnfarto agudo com
Caps CO: 180 e 240 mg (20]
Calzem Catl, Dilt iacor 8iolab
preciso repetir uma segunda dose congeslAo pulmonar.
com 0 ,35 mg/kg.
r
Compr: 60 mg [25 e SOJ Infusão continua: 5 a 15 mg/hora
Preço u01tãr10 apro)(tmado
Compr 30 mg: AS 0,20·0,30
por até 24 horas
Efeito EY larrltmiasl: Início: 3 mt- r
Compr 80 mg. RS 0.40·0,50
Caps AP/Relard 180 mg· AS 1,50·1,90
nutos, pico: minutos. e
~: Inicio: 30-60 minutos

Cloridrato Dil tiazem


Compr. revestido: 30 e 60 mg Bioslntéllca
Compr. SR (desintegração gradual): 90 e 120 mg Apotex

FELODIPINA Splendil ....,ro.z,_ ~: ~ (13%), tontura ansiedade,


r
Compr: 2,5 - 5 - 10 mg [20I Coronariopatla: 5 a 10 mgldia + 1 depressão, insônia, irritabilidade
Díipropiridina,
Preço uMano aproxnnado Hipertensão: iniCial: 5 mg/dia e Edema periférico (10% ), angioedema,
bloqueador de canal
ComP< 5 mg: RS 2.10 aumentar, se preciso, 1O rnglãra + 1 Taquicardia (2%) , arritmia, hipoten-
de cálcio,
ComP< 10 mg: RS • 10 ~:iniciar com 2,5 mgtdia são, dispnéia. Rubor (6%) , urticária

Felodipino r
Compr. desintegração lenla: 5 e 1O mg Hexal

ISRADIP INO Lomir Novanla ~: 0,05 a 0,15 mglkg/dose Cefaléia (15%). ton tu ra, astenia,

Dliproplridina,
Compr: 2,5 mg
Caps S R O: 5 ,0 mg
[28] ~: 2,5 mg x 2 ou uma câpsu-
la SRO ao dia.
Rubor, edema periférico (5%), rash.
Palpitações (3%), taquicardia (2% ),
r
1141
bloqueador de canal Preço unltáno aproXImado Dose máxima: 20 mgldia dor torácica (2%), dispnéia Polaciúna
de cálcio r..nmrw?-. mn· Rfõ: , AA CoronArlonAfiA:..fi ;t ?O rnn./rlC:I ~? N~uc::A~ rli~rríA~ rtnr n,:.nniual
- 79 -
ANTI-HIPERTENSIVOS- ANTAGONISTAS DO CÁLCIO
~ffil Apresent. comercial Dose Efeitos colaterais
LACIDIPINQ Lacipil GtaxoSmJthK/ono Cefaléia, tontura, astenia,
Adultos: 4 mg x 1 (pode ser aumentada até Rubor, edema, ra sh,
Midotens Bcshrln~·· 6 mg/dia) Poliúria. Palpitações, dor torácica
Dlipropiridina,
Compr: 4 mg 114) Coronariopatia: 4 mg/dia + 1 Náusea, hiperplasia gen giva!.
bloqueador de canal
Preço urutáno eproxltMdo:
de cálCIO Compl 1o mg R$

Zanidip - ~: 10a 20mgldia + 1 Cefaléia, vertigem, fraqueza, tontei-


LERCANIDI- ra
Compr.10 mg (20)
PINO Edema
=r":'~~';. ':fso1~:'do: Náusea, vômitos
r---------------~----------------------4-------------------------------+R: ubor. ~sh
MANIDIPINO Manivasc Farmalao lll!l!!!m!: 1O mg x 1, pela manhã Cefaléia, tonteira, vertigem, edema,
Dose mãxima: 20 mg I dia palpitações, astenia, náusea, mal
Diipropiridina, bloque- Compr. 10 e 20 mg (14-28)
estar, võmitos, rash.
Preço unitá"O BPf'OXImado; Coronariopati a: 10 mg/dia + 1
ador canal de cálcio
Compr 1Omg R$ 2.60

Não tem no Brasil ~: Rubor, palpitação, taquicardia, pio-


NICAR- Nas urgências e emergência: ~ de angina, cefaléia, tentei~. so-
Importar (Cardene nos EUA)
DIPINA C aps: 20 e 30 mg 1 a 3 ~·g/l<g/minuto EV nolência, parestesias, náusea, boca
Antagonista do cálcio Sol. Injetável: 2 ,5 mg/ml (1o ml) seca, fraquesa, mialgla,
muito eficaz por v1a ~: dose O<al20 mg x 3
venosa no tratamento Dose máxima: 120 mg I dia
das emergências hi- Coronariopatia: 60 a 120 mgldia + 3
pertensivas

NIFEDIPINA Adalat Bayor ~: Náusea, vômrto, constipação


Cáps : 1O mg (601 Urgência e em ergência:
Diipropiridina, bloque- Compr. Retard: 10 - 20 mg (30J 0,25 a 0,5 mg/l<g/dose Pal pitações, ~ grave, b~­
ador canal de cálcio, Compr. O res: 20-30-60 mg (15] Dose máxima de 10 mg/dose dicardia (ou taquicardia reflexa),
anti-hipertensivo e an- Alternativa: Dose menor de O, 1-0,2 mg/kg
tiarritmico útil tanto Adalex Herald's , repetida a cada 15-20 minutos. Tontura, fraqueza, cefaléia, sensa-
nas emergências e Cardalin Solver Fanna , Usar o conteúdo oleoso da cápsula (cerr:a ção de calor,
urgências hipertensi- de 0,3 mt com I O mg) aspirado com seringa
vas e no !~lamento Dilaflux, . -, de insulina adaptada a uma agulha grossa Edema de tornozelos,
de manutenção Oxcord - " " ', A dose pode ser repetida 2 vezes com in- Blll22!:, prurido, urticária, rash, der-
Compr: I O mg (30-60] teNalo de 20 minutos, se não há resposta. matite, pode evoluir para epidermó-
Em adultos, sobretudo Compr. Retard: 20 mg [20-30] Se for usar a cápsula inteira. mas com alei- llse ou Stevens Johnson.
em idosos, a hipoten- to sublingual, furar a cápsUla, colocar na
são pode gerar is- Neo fedipina N•o<lwmk:a, boca e moldar devagar para expelir o con- Nos pacientes em diálise ou com
quemia cerebral ou teúdo, deixá-lo na boca, debatxo da língua hipertensão maligna e hipovolemia
cardíaca. Em crianças
Nifedipress t.tedO<Jimlca , e depois engolir. Na ven:Jade, faz pouca dt- pode ocorrer queda exagerada da
o uso de nifedipina Compr. Retard: 1O - 20 mg (30) lerença emm engolir logo ou insistir em dei- P A devido a vasoditatação.
sublingual na urgência xar mais tempo na boca.
ou emergência conti- Hipertensão crônica: Doses altas: hipotensão exage ~da,
nua sendo considera- Biocord ER-'",.,. Usar preferencialmente os comprimidos Re- tremores. mialgia, arritmias, bradi-
do seguro. Na ence- Compr.iib.gradual: 20-50 mg (30] tard de 10 ou de 20 mg sem partir. cardia ou taquicardia
falopatia hipertensiva Iniciar com 0 ,5 a t mg/l<g/dia + 1-2 e ajustar
recomenda·se reduzir Dipinal Cotarms , a intervalos de 3 a 7 dias até o efeito dese- Cautela se há ICC grave e edema
a PA inicialmente em Prodopina Prodou• , jade ou dose máxima de 3 mg/l<g/dia ou pulmonar. Evitar na angina instável
25 a 30% apenas, pa- 160 mg/dia + 2 e no infarto.
ra evitar isquemia ce-
Nifadil S.nv•t,
Excepcionalme nte usar até 6 mg/l<g/dia
rebral por falha do Caps/Compr: 1O mg 1301 Mlocardiopati a hipertróllca: lnteracões mediCamentosas
mecanismo de autcr 0,6 a 0,9 mg/l<g/dia + 3-4 Aumenta o nível sérico da digoxina
regulação do fluxo ce- Nifehexal Hoxal , ~=
rebral. Na hipertensão Dose inicial: 10 mg/dose x 3 (comprimidos Contra-jndicacão'
Compr. Retard: 20 mg 120·30)
crônica grave mas ou cápsulas comuns) ou 30 mg x 1 ("o- Doença do nodo slnusal ou BAV
sem repercussão gra- Preço uMáno aproximado: ros"pl manhã) ou 30 mg + 2 (retard). de 11 grau (sem marca passo). hipo-
ve, a PA deve serre- Compr 10 mg· R$ 0.25-0.30 Dose habitual: 60 a 120 mg/dia tensão arterial grave, pressão < 90
duzida aos nlveis Compr telald 10 mg~ AS 0~.40 Dose mãxima: 120 mg x 1 (oros) ou 60 mmHg no adulto). brad1card1a acen-
normais ao longo de Compr re1.i1Jd 20 mg AS 0,35-{).60 mg + 2 (retard) ou 160 mg + 3 (comum) tuada, Infarto do m1ocárdio recente.
alguns dias. Os comprimidos "aros" não podem ser
mastigados ou partidos. Também dev&-se
evitar partir o "retard" que não é recomen-
dado para crianças. O "retard" pode ser u-
sado em I ou 2 doses diárias.
~: Inicio VO: 20 min; Inicio SL: 10 min.;
Pico: 15 a 30 minutos;
duração: atéc3 a 5 horas;
duração do õros: 24 hs. Retard: 12-24 hs

Nifedlplno
Compr. revestido retard: 1o e 20 mg E.M.S.
-80-

ANTI-HIPERTENSIVOS - ANTAGONISTAS DO CÁLCIO


Ap resent. comercial Dose Efeitos colaterais
Cefaléia. rubor, edema do tornoze-
NITRENDI- Caltren IJbbs
lo, tontura, alergia, palpitações lí
Compr: 10 mg 120·30)
PI NA Compr. 20 mg 120·30)
Adultos: 20 mg x 1 pela manhã
Antagonista do cálcio, Preço uruláno aproXImado: Dose maxima: 40 mg "'2 lnlerrupção repentina pode causar
anti·hfpertensivo e an· Cornp< 10mg R$0.4!>-1,00 Coronariopatia: 20 mg/dose x 1 ou 2 rebole
tiarritmico Compr 20 mg. RS 0.75-1.65
fliilll: Inicio : 4 horas

Nitrendlpino
Compr.: 10e20mg Boosln1é11<a

VERAPAMIL Dilacoron -
Compr: 80 mg 1301
Hipertensao:
~:
Constipação, confusão mental, pru-
rido, vertigem, fraqueza, nervosis-
r
Dose Inicial EV: O, t -0,3 mg/kg/dose mo, rubor, exantema, prurido, cefa-
Antagonista do cálcio, Compr. AP: 120mg 130! Manutenção oral: 4·8 mg/kg/dia + 3 léia, hipotensão grave, bradicardia,
antí-hipertensivo e an· Compr. AP: 240mg [30)
Compr. Retard: 240mg [30) Mlllllll;: falência cardfaca ou piora de ICC,
tiarritmico VO: 80-120 mg/dose x 3 antes das refei- BAV, constipação, náusea, descon-
Amp. (2 ml): 5mg
ções forto gástrico, convulsões (uso EV),
Antiarrltmico classe IV Cronovera Ptiz!KtPtwm..,. aumento de transaminases.
-deprime nodoSA e Compr. 180 mg 1301 Arritmias, emergências: Precipita insuficiência respiratória
AV sem efe1to .1no_tró· Compr: 240 mg 1301 Crianças de 1 a 16 anos: em miopatias (Duchene)
piCo negatiVo significa-
7 EV: O,1 a 0,3 mg/kg/dose, maximo de 5 mg/
tivo em doses tera- Dilacor ..., dose na primeira dose EV, em 2 minutos.
pêuticas Compr: 80 mg 130) Pode repetir após 30 minutos, máximo de
Tratamento da TSVP, Cban
1O mg/dose na segunda dose. Contra-indicação: ICC mu1t0 grave
fibrílação e flutter atrial Veracoron
Não usar em menores de 1 ano. Uso em (exceto se causada pela arntm1a),
Drágea: 40-80.120 mg [201
RN pode provocar um colapso vascular h1potensão grave, doença do nodo
Amp. (2 ml): 5mg
grave e fatal: se acontecer, tratar com bolos sinusal ou BAV 11·111(sem marca
Efeito hipotensor: Cordilat Cns<alia de cálcio (vános), reposição de volume e passo), choque cardiogên1co,
Inicio VO: 30 -60 mln suporte lnotrópico com adrenalina contínua. WPW ou vias acessórias de condu-
lnfclo EV: 1 a 5 mln Verapamil Royton
Atroplna se há brad1cardia.. ção associada a flutter ou llbnlação
Pico VO: 1 a 2 horas Drágea: 80 mg 1201 ~: atrial, taqUicardia ventricular. Não
Pico EV: 3 a 5 minuto Amp. (2 ml): 5mg
TSVP: dose inicial EV de 2,5 a 5 mg em 2-3 usar EV em lactentes jovens.
Duração EV: 2 horas Veramil Dueto, minutos (se falharam as manobras vagais e Ev1tar associação com outros de·
Veraval SllnvaJ adenosina). Se não houve efeito, repetir presores miocárdicos como ~-
Compr. 80 mg 1201 uma dose de 5 a 10 mg cerca de 15-30 mi- bloqueadores.
nulos depois (dose maxima total: 20 mg)
Vasoton - Uso EV sõ em CTI sob monítorização e/e- Interações medicamentosas fre-
trocardíográfica e com bolo de cálcio dispo- quentes. Ev1tar associação com
Amp. (2 ml): 5mg
nlvel para reverter efeitos colaterais graves. outros depressores miocárdlcos (fl,-
Arritmias, manutenção: bloqueadores, por exemplo)
Preços aproxunados
Compr 80 mg. RS 0.42.0,70 Crianças > 1 ano: VO: 3 a 8 mg/kg/dia "' 3
Compr 120mg R$0.~1.20 ~: VO: 240 a 480 mg/dia "'3-4
eompr 240 mo RS 1.20-2.00 Manutenção EV em infusão continua:
5 mcg/kg/minuto
Na insuf. renal grave. use 50·75•. da dose.

GG:iiir; C/oridrato de Verapamil


Compr. revestido: 80 - 120 - 240 mg 120-30) - -
Compr. revestido: 80 mg [20-30] Apolex, NaMe's , Stgmal'harma. TtHJIO li
CARACTERÍSTICAS DOS BETABLOQUEADORES
Marca de referên- Bloqueio Atividade Lipos- Meia E xcreção Dose diária Indicação: Hlpoten-
r
D ROGA cia o u marcas adrenér- sim pati- solubili- vida principal VO h abitu al p/ são; Arritmias; Coron-
princip ais comim ét. da de horas adulto em mg tariopatía; ICC
Sectral (US A) + Fraca 3-4 Hepática 400-1200 H ipertens; Arritmia
Angipress~Atenol o Fraca 6-9 Renal 50-200 Hipertens; Coron .
~Jone (USA) o Fraca 14-22 H e á tica 10-20 H ipertensão li
Concor o Fraca 9-12 Renal 25,-5,0 Hipertensão, ICC
C a rtrol (USA) + Fraca 6 Renal 2,5-10 Hipertensão

Cardilol , Coreg o Boa 7-10 Hepática 12,5 H ipertensão, !CC
B revibloc o F raca 0,2 He ática Só EV Arritmia
N ormodyne (USA o M édia 5-8 Renal 200-2400 H iperten são r
Lopressor,S eloken o M é dia 3-7 Am bas 100-450 Hipertens; Coron .
Corgard o Fraca 14-24 Renal 40-320 Hi ertens; Coron.
,r
Levatol (USA) + Alta 5 H epática 20-80 H iperten são
V isken + Média 3-4 Ambas 20-60 Hipertensão
lnderal o A lta 3-5 H e ática 40-480 H i ert;Arrit; Coron
r
Sotacor o Fraca 12 Hepática 160·320 Arritmia
nmolol B locadren (U SA ) o F raca 4-5 He ática 20-60 H ip ertens; Coron.
-81 -
ANTI-HIPERTENSIVOS -
comercial
~:
Hi pertensão:
Iniciar com 0,8 a 1.0 mg/l<g/dia + 1
Aumentar para 1,5 e 2 mg/l<g/dia, se preciso
Arritmias:

e 50 mg (20·26·301
OOmg (20-28-301
Atenol ~,
Atenuo l a- .,
Atenorm a~anna. ,
Atepress r.... , Preços ap«»umaôos.
Compr 25 mg: RS 0.22·0.50
Neotenol """"*', Cornpr 50 mg RS 0.40-0.60
Tenolon v._, Cornpr 100 mg: RS 0.65·1,50
Compr: 50 mg (26-301
Compr: 100mg (26·30]

A tenolol
Compr: 25 e 50 mg (30) Hexal
Compr: 25, 50 e 100 mg [301
Compr: 50 e 100 mg (301
Bioslntébca, Btoslol,c- EMS. Jpca. Modley.
Abbolt. Aj)olex. Arrow. Conta. Meti<. Teuto
""'""''s. Nowrtls. _ , . ,
AblokPius - Compr. 50 mg de Atenolol e 12,5 mg de Hidroclorotiaz•da
Atenorese He,., Compr: 100 mg de Atenolol e 25 mg de Hidroclorotiazida

Nifelat -....,. Compr: 25 mg de Atenolol e 1O mg de Nifedipina


Compr: 50 mg de Atenolol e 20 mg de Nifedipina
j Dill!:~tlç_ ...,,.z""""'
, Angi-
press CD - , Atenoclor Compr: 100 mg de Atenolol e 25 mg de Clortahdona
Compr: 50 mg de Atenolol e 12,5 mg de Clortalidona
v...,., ' Atenoric NeoOuma
Compr: 25 mg de Atenolol e 12.5 mg de Clortahdona (Só o Agipress CD}
C RT Gn>onPhanno
E.M.S.. N<lll;I&'S. Men:l<

Hiperten são: 1 insônia, depressão


Dose inicial: 5 mg/dia + 1 e aumentar, se Bradicardia. palpitação, edema, pio-
para 10 mg/dia. Dose máxima: 20 mg/dia+1 ra circulação periférica
Em idosos começar com 2,5 mg/dia lmpolência
Insuficiência cardíaca: Náusea, vômito, diarréia, dispepsia
iniciar com 1,25 mg I dia +1 e ajustar lentamente Broncoespasmo
conforme resposta ou até 10 mg /dia +1 ~~~~~:~

r-----..::_--+~---------.--c_o_m_p_r_:_2,_5_-_
5 _- _1_0_m_gc..d_e Bisoprolol com 6,25 mg de H•droclorotiaz•da
~: (25%}, fadiga
Insuficiência cardíaca: apnas referências de (11%}, febre (3%},
trabalhos experimentais. Iniciar com 0,01 a 0,08 insônia (2%)
mg/l<g e trtular conforme resposta até o máximo hipotensao
0,2 a 0,5 mg/l<g. ortostálica, sín·
~: , piora da ICC,
Insuficiência cardíaca e doença coronarlana: ( 10%}, náusea (8%), vômi-
inlciar com 3,125 mg /dose x 2. A dose pode ser dor abdominal, ganho de
dobrada a cada 2 semanas, até eteno desejado edema (5%)
ou a maior dose tolerada ou até a dose habitual , congestão nasal,
final é de 50 mg/dia. Dose máxima: 200 mg/dia. (16%), sinusrte.
Na ICC é fu ndamental iniciar com uma dose bem i leucopenia, au-
balxa e aumentar lentamente, ao longo de se- de transaminases, hipergli-
manas, vigiando os etertos colaterais. i (1 0%), aumento da coleste·
Hipertensão: rolemla (4%), hematúria, disf.renal.
Iniciar com 6,25 mg/dosa x 2 . A dose é dobrada Rash, prurido.Dor costas. artralgia.
Preços aproxtmados: a cada 2 semanas até a maJOr dose tolerada ou Impotência. Distúrbios de visão.
Cornpr 3,125 mg; AS 0,60-1,70 até a dose máxima de 50 mg/dia. Em casos ex- Cont ra-jndi~: BAV de 11 ou 111
Cornpr 6,25 mg· AS 1,1J0.1,60 cepcionais pode-se usar até 200 mg/dia. grau. ICC descompensada que exl·
Cornpr 12.5 mg AS 1,15-2,20
Compr 25 mg· AS 1.50·2.50
ge ammas EV, choque card•ogênl-
Reduzir a dose se a FC cai abaixo de 55 bpm bradicardia, asma ou broncoes-
em adultos. Aumente diurético se ocorre edema. pasmo atual. doença pulmonar crõ·
Não exige aJUSte na msuf•crênc/a renal. ........ hl""""t ""......;l:i .................. .-11.. •··--·-
-82-

ANTI-HIPERTENSIVOS - J3 BLOQUEADORES
Í'''.~i,~~~ Apres. comercial Dose Efeitos colaterais
ESMOLOL Brevibloc cnstalla Criancas: Bradicardia acentuada, hipotensão
fl Bloqueadores seleti- Amp(10 ml): 250 mg/ml 1101 Urgências e arrlt mias: 100-600 ~g/kg de bolo exagerada (20% ), ICC, piorar dis-
vo (IJ,)de ação mais Fr.amp(10 ml): 10 mg/ml[201 de ataque em 1-2 minutos seguido de infusão i- túrbio de condução, B AV,
niciada com 50 a 100 ~1g/kg/ minuto e ajustares- Diaforese ( 10% )
curta úlíl como antiar- sa dose a cada 5-10 minutos até FC adequada Broncoespasmo
ritmico e anti-hiperten- o u queda de pressão arterial. Dose final pode Disfunção sexual,
sivo. chegar a 300-1000 mcg/ kg/ minuto. Quando a Sonolência (3) , tonteira (3%), de-
Antiarrítimíco classe 11 arritmia é controlada a dose é reduzida tateando pressão, confusão, letargia, cefaléia
Taquicardia supraven - a menor dose eficaz. (2%)
Preços unrtânos aproXImados
lricular e taquicardia Amp com 2500 mg. AS 192,00 Hipertensão em pós-operatório: Náusea (7%) e vômitos,
por fluHer ou fibrllação Fr.arnpcorn 100 mg: RS32.00 500 ~g/kg em 1 minuto e manutenção de 50 a Piora da penusão periféric a, extre-
atrial.
250 ~g/kg/minuto midades frias
Adultos: Bolo inicial de 500 ~glkg em 1 minuto e Flebite. lesão tecidual se extrava-
manutenção de 50 ~tg/kg/minuto por 4 minutos e sar, dor no local da injeção (8%)
avaliar: se não hoiNe eleito lazer novo bolo de Fenômeno de Raynaud,
500~~ emg/kg/1m~n~o e:um~ntar a manute~o Contra-indicação: BAV, ICC das-
para m10
J.l _ °· epe!r o processo ate compensada que exige aminas EV,
efmto deseJ~do ou manutençao de choque cardiogenlco, bradlcardia,
200~~g/m~nuto. _ _ asma, doença pulmonar crônica,
Arr1tm1as em coronanopat~a: h•potensão severa
EV: 0,5 mglkg em bolo de 1 minuto e a seguir i- ·
niciar infusão contínua de 50-200 ~g/min, a-
justar 5-10 mio até redução da PA e queda da
FC para nível aceitável. Após o eleito procurar
menor dose eficaz entre 0,3--1 ~tg/kg/minuto.
Diluir p/ lO mg/ml e nã.o fazer bolo rápido. Inter-
romper a infusão se ocorre hipotensão grave.

LABETALOL Não tem no mercado Criancas: Hipotensão excessiva, hipotensão


brasileiro. Hipertensão, emergência e urgênc ia: ortostática, bloqueio AV, descom-
Opção de importar (USA): EV em bolo inicial (2 min.) de 0,2-1 mg/kg (sem pensação cardlaca, broncoespas-
Bloqueado r et e ll diluir ou no máximo de 5mg/ml) seguida de infu- mo. náusea, vômito, boca seca, ce·
(mais eficaz que os ~ Normodyne, Trandane
IV (20·40-60ml): 5mg/ml são continua de 0,25 a 3,0 mglkglhora de uma faléia, rash. Hipotensão postura!:
bloqueadores em ne- diluição com 1 mg/ml. Manter deitado por umas três ho-
gros) Opção: bolus repetido: 0,2 mg/kg/dose ras e depois ajustar a dose pela PA
ORAL: 4 a 40 mglkg/dia + 2-3 em pé
Adultos: EV: Bolo inicial 20 mg repetido a cada Co01ra-1ndocacão: Asma, DPOC.
1O minutos até o máximo de 300 mg acumulado BAV > 1 grau. c hoque cardlogénl-
VO: 100 mg /dose x 2 co, ICC descompensada. edema
Efeito: Inicio: 5 a 10 min; Pico:15 mio; pulmonar
Duração: 2 a 6 horas.

METOPRO- Lopressor Novart.. Criancas: Bradicardia, piora da ICC, piora da


T ARTARATO Hipertensão: sem referências seguras penusão periférica. edema (
LOL Compr: 100 mg 1201 VO: Cerca de 0,5 a 1,O mg/kg/dose x 2 ou 50 Náusea, vômitos, diarréia, hepatite.
mg/dose x 2 em adolescentes. icterfcia, aumento de transamina·
ll Bloqueador Seloken Astmzeneca Dose máxima: VO: 4 ,0 mglkg/dose x 2 ses e LDH
cardioseletivo (fl1) TARTARATO EV: Dose habitual varia amplamente e precisa Insônia, sonolência, fraqueza,
usado como antiarrit- Compr: 100 mg 1201 ser titulada. Broncoespasmo, tosse, dispnéia
mico Compr.Duriles: 200 mg (301 Na ICC grave em crianças: Hipogllcemla com sintomas masca-
Amp (5ml): 5mg Dose inicial de 0 ,1 a 0,2 mglkg/dose x 2, com rados . Depressão medular,
aumento progressivo até 0 ,9 mglkg/dose Rash, prurido.
Selozok Astroz""'""' (18 casos em SHADO'Y et ai J Heart Lung Transplant Não retirar abruptamente
SUCCINATO 18(3): 269-74 , 1999) Pode piorar alguns casos de ICC (
Cáps: 25 mg (20] Adultos: VO: iniciar com 50 mg/dose x 2 (apesar de ser eficaz no tratamento
Compr: 50mg Máximo: 1 00-450mg/dia de alguns casos de ICC)
[201
Compr: 100 mg (201 I CC: VO: 25 mg/dla + 1 (liberação lenta) Contra-1nd1caçao: choque cardlo-
Após inf arto do miocárdio: gênrco. BAV, bradlcardia, bronco-
Preços aproximados EV: Imediatamente após infarto: 5 mg EV x 3 a espasmo grave
Compr 100 mg: AS 0.60-140 cada 2 minutos
Compr 25 mg: R$ 0.45 VO: 50-200 mg, 1211 2 h
Pico de efeito em 1 a 2 semanas ,_
Tartarato de Metoprolo/
GGenérico
Me6Kilml'fi\O
Compr: 100 mg [20) Novartis

ASSOCIAÇÕES Selopress Astroz""""" Compr: 100 mg de Metroprolol com 12,5 mg de Hidroclorotiazida

NADOLOL Corgard BnstotMye<SSqu•bb Criancas: (apenas um estudo) Bradicardia persistente, piora da


Compr: 40 mg {301 Iniciar com 0 ,5 a 1 mglkg/dia + 1 ICC, hipotensão, broncoespasmo,
ll Bloqueadores não Dose máxima: 2,5 mg!Kg/dia fadiga, rash, desconforto abdomi-
seletivo ( fl 1 e ll.). Compr: 80 mg 1201
(Até 16 mg/kg/dia já foi usado) naI. Não interromper abruptamente.
Antihipertensivo Preços I01ilános ap1oxlmad011: Adultos: iniciar com 40 mg/dia + 1 e aumentar Contra-indlcacão· ~AV, choque
Antiarritmico classe 11, Compo 40 mg. AS o.so
Taquicardias por flutter ComptBO mg: R$1,10 gradualmente a cada 3--7 dias até resposta. Dose cardlogên•co, brad1card1as graves
ou librilação atrial e usual 40-80 mg/dia
profilaxia da TSVP. Dose máxima: 640 mg/dia.
Antienxaqueca Coronariopatia: VO: 40 a 240 mg/dia + 1
~ - 83-
ANTI-HIPERTENSIVOS - J3 BLOQUEADORES
Dose Efeitos colaterais
~: Insônia (10"/o), tonteira (9%), pesa-
PINDOLOL Visken - - Hipertensão: Iniciar com 10 mg/dla x 2 ou S delas (5%). nervosismo (7%). ansi·
Jl Bloqueador não sele Compr: 5 mg 1201 mg/dosa x 3 a aumentar gradualmente a cada 14 edade. fraqueza (4%), confusão
tivo (Jl, e fl2) Compr: 1Omg 1201 dias até resposta. Em Idosos começar com 5 Dor torácica. edema, bradlcardia,
Preço un•IArio apcoxunado: mg/dla. Dosa máx.: 60 mg/dla. hipotensão sintomática
Compr s mg AS o.eo Coronarlopatla: iniciar com 20 mg/dla + 2 Rash, prurido
Compr 10 mg: AS 1.40 Dosa máxima: 60 mg/dla. Artralgla (7%), mlalgia (9%)
Depressão (auxiliar): 2.5 mg/dose x 3 Náusea (5%), dispepsia

PROPRA- Propranolol Ayerst ~: ICC, piora de BAV, prolonga PR.


I L-1'-"'-~="'-'""'~síE
gma
~Ph!:'::"ar='a
m Hipertensão: QT, QTc. piora condução AV. bra-
NOLOL Compr: 10 mg [241 VO: iniciar com 0,5-1,0 mg/kg/dia +2-4 dicardia e hipo1ensão, piora con1ra·
Compr. 40 mg [201 Pode ser aumentada a cada 3-5 dias até a tilidade miocárdica. dor torácica,
ll Bloqueador não sele- Compr. ao mg J20I mg/kg/dia como regra e excepcionalmente até 16 Broncoespasmo, edema pulmonar,
tivo (Jl, e fl2) Amp. (1 ml): 1 mg mg/kg. faringite
Antiarrítmico classe 11 &gmaPt>arma EV: 0,1 mg/kg/dose x 3·4 Disfunção sexual,
(f\·bloqueador) inotró- Rebaten LA Recém nascidos: Insônia, depressão, fraqueza, sen-
pico /cronotrópico ne- Compr LA: 80 mg [301 VO: iniciar com 0.25mg/kg /dose x3-4 sação de cabeça leve, letargia, pe-
gativo, prolonga con· Compr LA: 180 mg [30) EV: Iniciar com 0,01 mg/kg EV lento sadelos, fadiga, hipersonolência.
dução AV e a refrata- lnderal Asr..z.n.c. Dose máxima EV: 0,15 mg/kg/dose psicose
riedade; reduz auto· Pranolal cazJ Arrltlmlas: Extremidades frias. piora de clrcu·
maticidade. Preven- EV: ataque de 0,01·0.1 mg/kg em 1Ominutos. lação periférica
ção e tratamento da Compr: 10 mg 1241 Repetir cada 6-a hs se preciso. Dose máxima Náusea, vômito, diarréia, dispepsia.
fibrilação ou flutter a· Compr. 40 mg 1201 EV: 1 mg (<1 ano) e 3 mg (>1ano) constipação. anorexia.
trial. taquicardia reen· Compr: ao mg Teu\~01 VO: dose inicial de 0,5 a 1 mg/kg/dla + 3·4 titula· Rash, alopecia, eczema. hlpercera-
trada nodal, arritmias Antitensin da a cada 3-5 dias até uns 2 a 4 mg/kg/dia. Dose tose, dermatite esfoliativa.
por catecolaminas. Neo propranol NeoOu. máxima VO: 16 mg/kg/dia ou 60mg/dia. Hipoglicemia sintomática, agranulo-
Para uso crônico pre- Pradinolol 0uc:1o Protllaxla enxaqueca: 0,6 a 1,5 mg/kg/dia + 3 cítose, reduz HDL, aumenta triglicé-
ferir nadolol ou ateno- até de 35 Kg: 1O a 20 mg/dose x 3 rides.
lol (menos doses/dia e Pressoflux"'•dqulmlca acima de 35 Kg: 20 a 40 mg/dose x 3 Irritação conjuntiva!, redução de lá·
menos efeito no SNC) Propacore..nt<er
Anti-angina.
Anti-enxaqueca. Propa nolon
&as-
1
Crise de hlpóxla (Fallot):
VO: iniciar com 1 a 2 mg/ kg/dose x 4. Pode-se
aumentar a dose em 1 mg/kg/dia a cada dia até
grimas.
Agranulocitose, trombocitopenla
Muito raros: disfunção renal. trom-
Bioquela as manlfes- P r opa ri I a..rarm• o máximo de 5 mg/kg/dla. Excepcionalmente a base mesentérica. artropatla, sfn·
tações cardlovascula· Propramed CKTHid dose pode ser aumentada, sob estrita monitori- drome •Jupus líke".
res a tremores da an- Oo6no zação. até 10 a 15 mg/kg/dia. Supressão brusca pode causar re-
sledade a fobias Propranolom "'- EV: 0,15 a 0,25 mg/kg/dose lentamente. Pode-se bote hipertensivo ou infarto (retira-
Compr: 40 mg [20·401 repetir uma vez após 15 minutos. da lenta em 2 semanas).
Compr: ao mg [20-401 6!1llll!IJ:
-· VO: Iniciar com 10·20 mg/dose x 3-4 e aumentar
Propranol até o efeito deseJado (entre 40 e 480 mg/dla + 3· Múlliplas Interações medlcamento-
Sanpronol 58"v111 4 doses) sas
Uni propralol UniAoOu. Coronarlopatla:
compr. 40 mg Contra·indiçação BAV sem marca-
120-401 VO: 4 a 80 mg/dosa x 2 a 4. Preprações de açAo
passo, tCC descompensada, cho-
prolongada: 80 a S60 mg/dla + 1·2
EV: 1 mg/Kg a cada 5 minutos até completar 5 que cardíogéntco. insuficréncia re·
Preços uMátios aprox1mados: nal e hepática, bradtcardia grave,
Compr 40 mg; RS 0.15 • 0.22 mg/kg
Compr eo mg: RS 0.22. 0.3~ Arrltlmias: 1 mg/Kg/dosa. EV, lento. repetido a asma e DPOC. S. Raynaud
Amplmg A$2.10 cada 5 minutos até efeito ou total de 5 mg/kg
Ansiedade a dlstúrb. fóblcos: Iniciar com 10
mgldosa x 2 a aumentar as doses para
2<H40-+60-+80 até obter o efeito ou bradlcar·
dia desejada. Tomar uma dosa meia hora antas
do evento qua causa medo.
Profilaxia da enxaqueca: 20 a 40 mgldose x 3
Tlraotoxlcosa: 1 a S mglkg EV - dosa Llnlca
Tremor essencial: Iniciar com 20 a 40 mgldosa
x 2-:l a ajustar até 120-320 mgldla + 3·4
Estenosa sub-aórtlca hlpertróflca: 60 a 160
mgldla + 3·4 (praperaçOas LA: + 1·2)
Faocromocltoma: 30·80 m~dla + 3
Nlval sérico: 30 a f 00 nglml
A dose V8110$B 6 multo monor que a dose Ofl.ll e
clave s&r lelfa /enramenfe, mdxlmo de 1
mQiminuto 11 dlluldB ou som diluir./ _ - - - - - - - - - - - -l
Clorldrato de Propranolol Cornpr. 40 mg {20-30-401 Teu1o. Un•Ao au·moca
Compr. 40 • 80 mg Neo Ouimica
Compr: 10 • 40 • ao mg EMS. Naluro's
ASSOC IAÇÕES Tenadren &iJm•Phamoa Compr: 40 e ao mg de Propranolol com 25 mg de Hidrocloroliazida
SQTALQL Ver página 16 em Anliarrítmicos.

Ver página 16 em Antiarrítmicos.


TIMOLOL
-84-

UEADORES
Efeitos co laterais
Adultos: Vertigem, tontura, cefaléia, sonolência, mal
Retenção urinária por hiperplasia estar, síncope, astenia, fadiga, sudorese
prostática: Palpitações, taquicardia, dor torácica, hipo-
VO: 2,5 mg/dose x 3 ou tensão ortostática, edema
1 comprimido LP (5 mg) 2 vezes/dia ou Rash, eritrodermia, prurido
1 comprimido OD (1O mg)1 vez ao dia Náusea, diarréia, vômito, gastralgia, boca (

dose não estabelecida (18%), vertigem, cefaléia (12%),


0%), nervosismo, sonolência (5%}.
1artsiElaa.ae. depressão, ataxia
1 mg/dia + 1 e ajustar pela
se preciso, a cada 1 ou 2 se- i . hiperreninemia, piora de coro~
o máximo de 16 mg/dia. Do- hipotensão ortostática (2%), e·
2 a4 mg/dia periférico {3%), dor torácica, arritmia,
começar com 0,5 mg/dia Rash, prurido
de ação: 2 a 6 horas Diarréia, dor abdominal
lmpotênica, incontinência
Rinite (3%). Artrite (1%).
Compr: 2 mg [tOI

Mes/lato de Doxazosina
Compr: 2 e 4 mg Apotex, Heltal. Me<d<

PRAZOS INA Minipress SR Pfiz"' Hipotensão grave e síncope na 1• dose du-


rando ate 90 minutos (1%), dispnéia, hlpo-
Caps. SR: 1 mg [1SJ
Caps. SR: 2 mg [tSJ
tensão ortostática, palpitação (5%), edema,
Caps. SR: 4 mg (1SJ
Zumbido, tonteira (10%), sonolência, cefa -
léia (8%), letargia, depressão, fraqueza
(7%).
Preços unltártos aprOXImados·
C<lmpr 1 mg: R$ o.70
Náusea (5%), vômito, diarréia, constipação.
Compr 2 mg: RS 1,25 Congestão nasal, secura na boca, irritaÇão
Compr 4 mg: R$ 1, 70 lco•nic1ntrvat. rinite, epistaxe
umJuiem;~a. incontinência urinária ou pala·
Poliartralgia, Taquifilaxia,
Contra-indicação: Cardiopatia grave, ede-
ma pulmonar por estenose aórtica ou mi-
tral, Insuficiência renal, < 12 anos
Hipotensão ortostática (3%), palpitação
Hipertensão: (5%), edema, taquicardia, dor torácica.
Iniciar com 1 mg/dia + 1 ao detlar. Zumbido, tonteira (10%), sonolência (10% ),
lentamente até obter níveis º"'"-~·rlrirX>s cefaléia (8%), letargia, depressão. fadiga
desejados. Náusea (5%), vômito, diarréia, constipação.
Dose habitual: 1 a 5 mg/dia x 1 Congestão nasal, dispnéia, secura na boca,
Dose máxima: 20 mg/dia irritação conjuntival.
Retenção urinária (hlperpl.prostática): incontinência urinária ou pala-
Iniciar com 1 mg/dia + 1 ao deitar. Ajuste
lentamente até o máximo de 1 mg/diao 1!.<!2!1!&!ru!í§ª~2:. Angina ou ca.rdiopatia
Inicio efeito:15 m; Pico:2-3 hs; Dura:12 h insuficiência renal ou hepática
~-----.....1-
C/oridrato de Terazorina Compr. 2 mg E.M.s.• Abbott
Compr. 5 mg Abbotl

ANTI-H IPERTENS IVOS- ANTAGONISTAS ADRENÉRGICOS PERIFÉRICOS


;.;"Q~)~~·\,1 Ap res. comercio! Do