Anda di halaman 1dari 1

Conceito de meio ambiente

NOME: Keslei Rosendo da Rocha

Segundo estudo realizado por Alves et al. (2018), a maioria das pessoas entrevistadas
quando questionadas sobre o que é meio ambiente, responderam que este é tudo aquilo que nos
cerca. Esta resposta não é precisa, mostrando que há uma vaga compreensão por parte dos
entrevistados do que de fato seja meio ambiente. Um dos principais objetivos da educação
ambiental, na minha opinião, é justamente trabalhar a compreensão do que é o meio ambiente.
Muito mais do que apenas o espaço que nos cerca, o meio ambiente deve ser considerado a
interação entre todos os seres que compartilham uma mesma estrutura de suporte de vida. Isso
envolve desde a estrutura vital, como água, vegetação, ar, até a estrutura cultural e religiosa,
por exemplo. Cultura e religião, sim! Pois cada povo tem a própria forma de ver o mundo. Os
budistas, por exemplo, consideram que toda a vida é sagrada, até mesmo a de uma barata, pois
defendem que todo ser é uma fonte infinita de saber (DORJE, 2017). Já na nossa cultura, baratas
são serem desprezíveis. A cultura e religião são fortes influenciadores do comportamento no
meio ambiente.
Figura 1 – Deck do centro de convivência da FURG-RG. A figura 1 ao lado foi feita em
um espaço que considero
harmônico. Milhares de alunos,
aves, peixes, vegetação e diversos
tipos de micro-organismos
convivem de forma harmônica
em um espaço de aprendizado.
Um único espaço serve de casa
para diferentes indivíduos. Todas
as interações físicas, químicas, biológicas, culturais e sociais constituem o meio ambiente.

ALVES, M. S.; JUNIOR, J. C. L.; VASCONCELOS, M. A.; HIGUCHI, M. I. G.; PEREIRA, H. S.


Percepção ambiental dos alunos do curso de Gestão Ambiental. AMBIENTE & EDUCAÇÃO-Revista de
Educação Ambiental, n. 22, v. 1, p. 333-348, 2018.

DORJE, P. Disponível em: <http://www.budavirtual.com.br/por-que-budista-nao-mata-barata-padma-


dorje/>. Acesso em 26 mar. 2018.