Anda di halaman 1dari 13

AVISO AO MERCADO

DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE COTAS DA 2ª (SEGUNDA) EMISSÃO DO

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII


CNPJ nº 24.853.044/0001-22

No montante total de, inicialmente, até

R$180.000.030,30
(cento e oitenta milhões, trinta reais e trinta centavos)

Código ISIN nº BRVILGCTF001


Código de Negociação na B3: VILG11
Tipo ANBIMA: FII Renda Gestão Ativa - Segmento ANBIMA: Logística

Nos termos do disposto no artigo 53 e 54-A da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 400, de 29 de dezembro de 2003, conforme alterada
(“Instrução CVM nº 400/03”), a XP INVESTIMENTOS CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A., na qualidade de instituição intermediária
líder da Oferta (“XP Investimentos” ou “Coordenador Líder”), vêm a público comunicar que, em 19 de fevereiro de 2019, foi requerido perante a CVM o registro da
oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, até 1.699.717 (um milhão, seiscentas e noventa e nove mil, setecentas e dezessete) cotas (“Novas Cotas”),
sem considerar as Cotas do Lote Adicional (conforme definidas abaixo), ao preço de R$105,90 (cento e cinco reais e noventa centavos) por Nova Cota, observado que
tal valor não inclui a Taxa de Distribuição Primária (“Preço de Emissão”), todas nominativas e escriturais, em classe e série única, da 2ª (segunda) emissão (“Emissão”) do
VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII (“Fundo”), a ser realizada nos termos da Instrução da CVM nº 472, de 31 de outubro de 2008, conforme alterada
(“Instrução CVM nº 472/08”), da Instrução CVM nº 400/03 e demais leis e regulamentações aplicáveis (“Oferta”), perfazendo a Oferta o montante total de, inicialmente,
até R$180.000.030,30 (cento e oitenta milhões, trinta reais e trinta centavos), podendo ser (i) aumentado em virtude das Cotas do Lote Adicional; ou (ii) diminuído em virtude
da Distribuição Parcial (conforme abaixo definida). No ato da subscrição primária das Novas Cotas, os subscritores das Novas Cotas deverão pagar a Taxa de Distribuição Primária,
equivalente a R$4,10 (quatro reais e dez centavos) por Nova Cota. Dessa forma, cada Nova Cota subscrita custará R$110,00 (cento e dez reais) aos respectivos subscritores.

Exceto quando especificamente definidos neste Aviso ao Mercado, os termos aqui utilizados iniciados em letra maiúscula terão o significado a eles atribuído no Regulamento
(conforme abaixo definido) e no “Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária de Cotas da 2ª (Segunda) Emissão do Vinci Logística Fundo de Investimento
Imobiliário - FII” (“Prospecto Preliminar”, sendo que a definição de Prospecto Preliminar engloba todos os seus anexos e documentos a ele incorporados por referência).

1. Autorização
Nos termos do item 15.8 do Regulamento, o Administrador está autorizado, conforme recomendação do Gestor, a deliberar por realizar novas emissões de Cotas, sem a necessidade
de aprovação em Assembleia Geral de Cotistas, desde que limitadas ao montante máximo do capital autorizado do Fundo, qual seja, R$ 3.000.000.000,00 (três bilhões de reais).
Desta forma, a Emissão e a Oferta, o Preço de Emissão, dentre outros, foram aprovados por meio de Atos do Administrador datados de 18 de fevereiro de 2019 e 10 de abril de 2019,
devidamente registrados perante o 3º Ofício de Registro de Títulos e Documentos da cidade de São Paulo, Estado de São Paulo na data de 19 de fevereiro de 2019, sob o nº 9.020.303
e de 10 de abril de 2019, sob o nº 9.023.966, respectivamente (“Atos do Administrador”). Adicionalmente, os Cotistas do Fundo deliberaram, por meio da Assembleia Geral
Extraordinária de Cotistas realizada em 08 de fevereiro de 2019, cuja ata foi devidamente registrada perante o 3º Ofício de Registro de Títulos e Documentos da cidade de São Paulo,
Estado de São Paulo na data de 19 de fevereiro de 2019, sob o nº 9.020.302, (i) o desdobramento das Cotas da 1ª (primeira) emissão do Fundo em 10% (dez por cento),
de forma que, com o desdobramento, os Cotistas receberam 1 (uma) nova cota para cada 10 (dez) Cotas por eles tituladas; e (ii) a exclusão do direito de preferência dos atuais
Cotistas para subscrição das Novas Cotas, no âmbito da 2ª (segunda) emissão de cotas do Fundo (“AGC 08/02”).
A constituição do Fundo e o “Regulamento do Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII” (“Regulamento”), dentre outros, foram aprovados nos termos do
“Instrumento Particular de Constituição do Cozumel - Fundo de Investimento Imobiliário” (“Instrumento de Constituição”), datado de 13 de maio de 2016 e registrado no
dia 17 de maio de 2016, sob o nº 8.938.966, perante o 3º Ofício de Registro de Títulos e Documentos da cidade de São Paulo, estado de São Paulo, conforme alterado pela
última vez nos termos da AGC 08/02.

2. Fundo
O Fundo foi constituído pelo Administrador por meio do Instrumento de Constituição.
O Fundo encontra-se em funcionamento desde 24 de maio de 2016, e é regido pelo Regulamento, conforme alterado pela AGC 08/02, pela Instrução CVM nº 472/08, pela
Lei nº 8.668, de 25 de junho de 1993, conforme alterada (“Lei nº 8.668/93”), e pelas demais disposições legais e regulamentares que lhe forem aplicáveis.
Para mais informações acerca do Fundo veja a seção “Características do Fundo”, no item 7 abaixo e na seção “Informações Relativas ao Fundo - Características
do Fundo”, do Prospecto Preliminar.

3. Administrador
O Fundo é administrado pela BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., com sede na Rua Iguatemi, nº 151, 19º andar, Itaim Bibi, na Cidade de
São Paulo, Estado de São Paulo, inscrita no Cadastro Nacional da Pessoal Jurídica do Ministério da Economia (“CNPJ”) sob o nº 13.486.793/0001-42, habilitada para
administração de fundos de investimento conforme ato declaratório expedido pela CVM nº 11.784, de 30 de junho de 2011, ou outro que venha a substituí-la, observado
o disposto no Regulamento (“Administrador”).
VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

1
4. Gestor
O Fundo é gerido ativamente pela Vinci Real Estate Gestora de Recursos Ltda., com sede na Avenida Bartolomeu Mitre, nº 336, 5º andar, Leblon, na Cidade do
Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, inscrita no CNPJ sob o nº 13.838.015/0001-75, habilitada para a administração de carteiras de valores mobiliários, conforme ato
declaratório expedido pela CVM nº 11.974, de 17 de outubro de 2011, ou outro que venha a substituí-la (“Gestor”), observado disposto no “Contrato de Prestação de
Serviços de Gestão de Carteira do Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, celebrado entre o Administrador, na qualidade de representante do Fundo,
e o Gestor (“Contrato de Gestão”), e no Regulamento.

5. Registro da Oferta na CVM e na ANBIMA


A Oferta será registrada na CVM, na forma e nos termos da Lei n° 6.385, de 7 de dezembro de 1976, conforme alterada, da Instrução CVM nº 400/03, da Instrução
CVM nº 472/08 e das demais disposições legais, regulatórias e autorregulatórias aplicáveis ora vigentes. Adicionalmente, a Oferta será registrada na ANBIMA - Associação
Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (“ANBIMA”), em atendimento ao disposto no “Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para
Administração de Recursos de Terceiros” vigente a partir de 02 de janeiro de 2019.

6. Registro para Distribuição e Negociação das Novas Cotas


As Novas Cotas serão registradas para (i) distribuição no mercado primário por meio do DDA - Sistema de Distribuição de Ativos (“DDA”); e (ii) negociação e liquidação no
mercado secundário por meio do mercado de bolsa, ambos administrados e operacionalizados pela B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”), sendo a custódia das Novas Cotas
realizadas pela B3.

7. Características do Fundo

Fundo Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII.


Tipo e Prazo do Fundo Condomínio fechado, com prazo indeterminado.
Gestão Ativa pelo Gestor.
Segmento ANBIMA Logística.
Administrador e Custodiante BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., acima qualificada.
Gestor Vinci Real Estate Gestora de Recursos Ltda., acima qualificada.
Escriturador BRL Trust Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., com sede na Rua Iguatemi, nº 151, 19º andar, Itaim Bibi, na Cidade de
São Paulo, Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ sob o nº 13.486.793/0001-42, instituição responsável pela administração e representação
do Fundo.
Auditor Independente Ernst & Young Auditores Independentes S.S., com endereço na Praia de Botafogo, nº 370, 8º andar, Rio de Janeiro - RJ, inscrito no
CNPJ sob o nº 61.366.936/0002-06.
Formador de Mercado XP Investimentos Corretora de Câmbio Títulos e Valores Mobiliários S.A., instituição financeira integrante, com escritório na cidade
do São Paulo, estado do São Paulo na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1.909, Torre Sul, 25º a 30º andares, CEP 04538-132,
inscrita no CNPJ sob o nº 02.332.886/0011-78.
Objeto do Fundo O objetivo do Fundo é a obtenção de renda, mediante a aplicação de recursos correspondentes, a, no mínimo, 2/3 (dois terços) de
seu Patrimônio Líquido em Imóveis (conforme abaixo definidos), prontos ou em construção, para obtenção de renda, bem como em
quaisquer direitos reais sobre os Imóveis, ou, ainda, pelo investimento indireto em Imóveis, mediante a aquisição de Ativos Imobiliários
(conforme definidos abaixo), bem como o ganho de capital obtido com a compra e venda dos Imóveis ou dos Ativos Imobiliários.
A aquisição dos Imóveis pelo Fundo visa a proporcionar aos titulares das Cotas (“Cotistas”) a rentabilidade decorrente da exploração
comercial dos Imóveis, bem como pela eventual comercialização dos Imóveis. O Fundo poderá realizar reformas ou benfeitorias
nos Imóveis com o objetivo de potencializar os retornos decorrentes de sua exploração comercial ou eventual comercialização.
Mais informações sobre o Objeto do Fundo podem ser encontradas no seu Regulamento, constante do Anexo I do
Prospecto Preliminar.
Política de Investimento A aquisição de empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas ou industriais (“Imóveis”) e dos
direitos reais sobre os Imóveis pode se dar diretamente ou por meio da aquisição de (i) ações ou quotas de sociedades cujo propósito
seja investimentos em Imóveis ou em direitos reais sobre Imóveis; (ii) cotas de fundos de investimento em participações que tenham
como política de investimento aplicações em sociedades cujo propósito consista no investimento em Imóveis ou em direitos reais
sobre Imóveis; (iii) cotas de outros fundos de investimento imobiliário que tenham como política de investimento aplicações em
Imóveis ou em direitos reais sobre Imóveis ou, ainda, aplicações em sociedades cujo propósito consista no investimento em Imóveis
ou em direitos reais sobre Imóveis; (iv) certificados de recebíveis imobiliários, cujo pagamento possa ser realizado mediante dação dos
Imóveis em pagamento ou que garanta ao Fundo a participação nos resultados dos Imóveis, e cuja emissão ou negociação tenha sido
objeto de oferta pública registrada na CVM ou cujo registro tenha sido dispensado, nos termos da regulamentação aplicável; ou (v)
outros valores mobiliários previstos no artigo 45 da Instrução CVM nº 472/08, cujo pagamento possa ser realizado mediante dação dos
Imóveis em pagamento, e cuja emissão ou negociação tenha sido objeto de oferta pública registrada na CVM ou cujo registro tenha
sido dispensado, nos termos da regulamentação aplicável, e que tenham sido emitidos por emissores cujas atividades preponderantes
sejam permitidas aos fundos de investimento imobiliário.

Não obstante o disposto acima, o Fundo poderá adquirir Certificados de potencial adicional de construção emitidos com base na
Instrução da CVM nº 401, de 29 de dezembro de 2003, conforme alterada (“CEPAC”), caso sejam essenciais para fins de regularização
dos Imóveis da carteira do Fundo ou para fins de implementação de expansões e benfeitorias em tais Imóveis (sendo tais CEPAC,
em conjunto com os ativos descritos nos incisos “i”, “ii”, “iii”, “iv” e “v” acima definidos como “Ativos Imobiliários”).

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

2
A aquisição dos Imóveis poderá ser realizada à vista ou a prazo, nos termos da regulamentação vigente e deverá ser objeto de avaliação
prévia pelo Administrador, pelo Gestor ou por empresa especializada, observados os requisitos constantes do Anexo 12 da Instrução
CVM nº 472/08. Adicionalmente, os novos Imóveis serão objeto de auditoria jurídica a ser realizada por escritório de advocacia renoma-
do a ser contratado pelo Fundo, conforme recomendação do Gestor em conjunto com o Administrador, e com base em termos usuais
de mercado utilizados para aquisições imobiliárias.

O Administrador pode, conforme instruções do Gestor, em nome do Fundo, adiantar quantias para projetos de construção,
desde que tais recursos se destinem exclusivamente à execução da obra do empreendimento e sejam compatíveis com
o seu cronograma físico-financeiro.

A cada nova emissão, o Gestor poderá propor um parâmetro de rentabilidade para as Cotas a serem emitidas, o qual não representará
e nem deverá ser considerado como uma promessa, garantia ou sugestão de rentabilidade aos Cotistas por parte do Administrador
ou do Gestor.

Para realizar o pagamento das despesas ordinárias, das Despesas Extraordinárias (conforme abaixo definidas) e dos encargos previstos no
Regulamento, o Fundo poderá manter parcela do seu patrimônio, que, temporariamente, não esteja aplicada em Imóveis ou em Ativos
Imobiliários, nos termos do Regulamento, permanentemente aplicada em: (i) títulos de renda fixa, públicos ou privados, de liquidez
compatível com as necessidades e despesas ordinárias do Fundo e emitidos pelo Tesouro Nacional ou por Instituições Financeiras
Autorizadas; (ii) moeda nacional; (iii) operações compromissadas com lastro nos ativos indicados no inciso “i” acima; (iv) derivativos,
exclusivamente para fins de proteção patrimonial, cuja exposição seja sempre, no máximo, o valor do Patrimônio Líquido do Fundo;
(v) cotas de fundos de investimento referenciados em DI e/ou renda fixa com liquidez diária, com investimentos preponderantemente
nos ativos financeiros relacionados nos itens anteriores; e (vi) outros ativos de liquidez compatível com as necessidades e despesas
ordinárias do Fundo, cujo investimento seja admitido aos fundos de investimento imobiliário, na forma da Instrução CVM nº 472/08
(sendo os itens acima referidos em conjunto como “Ativos Financeiros”).

O Fundo poderá adquirir Ativos Financeiros de emissão ou cujas contrapartes sejam: (i) a sociedade controladora ou sob controle
do Administrador, do Gestor ou do consultor especializado caso venha a ser contratado, de seus administradores e acionistas;
(ii) a sociedade cujos administradores, no todo ou em parte, sejam os mesmos do Administrador, do Gestor, ou do consultor
especializado caso venha a ser contratado, com exceção dos cargos exercidos em órgãos colegiados previstos no estatuto ou
regimento interno do Administrador, do Gestor ou do consultor especializado caso venha a ser contratado, desde que seus titulares
não exerçam funções executivas, ouvida previamente a CVM; e (iii) parentes até segundo grau das pessoas naturais referidas nos itens
(i) e (ii) acima. (sendo os itens (i), (ii) e (iii) acima referidos em conjunto como “Pessoas Ligadas”, desde que aprovado em Assembleia
Geral de Cotistas (conforme definida no Prospecto Preliminar), na forma prevista no artigo 34 da Instrução CVM nº 472/08.

Uma vez integralizadas as Cotas, a parcela do patrimônio do Fundo que, temporariamente, não estiver aplicada em Imóveis, também
deverá ser aplicada em Ativos Financeiros.

O objeto do Fundo e sua Política de Investimento não poderão ser alterados sem prévia deliberação da Assembleia Geral de Cotistas,
tomada de acordo com o quórum estabelecido no Regulamento.

O Fundo não poderá realizar operações de day trade, assim consideradas aquelas iniciadas e encerradas no mesmo dia,
independentemente do Fundo possuir estoque ou posição anterior do mesmo ativo.

O Gestor selecionará os investimentos do Fundo, a seu critério, sem prejuízo de eventual concentração da carteira em Imóveis e/ou
em Ativos Imobiliários, desde que respeitados eventuais limites que venham a ser aplicados por conta da ocorrência da concentração
do patrimônio do Fundo em Ativos Imobiliários e/ou em Ativos Financeiros nos termos da regulamentação em vigor, em especial dos
§ 5º e § 6º do artigo 45 da Instrução CVM nº 472/08.

Caberá ao Gestor praticar todos os atos que entender necessários ao cumprimento da Política de Investimento, desde que
respeitadas as disposições do Regulamento e da legislação aplicável, não lhe sendo facultado, todavia, tomar decisões que eliminem
a discricionariedade do Administrador com relação às atribuições que foram especificamente atribuídas ao Administrador no
Regulamento, no Contrato de Gestão e na legislação em vigor.

O Fundo, a critério do Gestor, poderá ceder a terceiros ou dar em garantia, total ou parcialmente, o fluxo dos aluguéis recebidos em
decorrência dos contratos de locação dos Imóveis integrantes da carteira do Fundo, assim como poderá ceder quaisquer outros
recebíveis relacionados aos Ativos Imobiliários, observada a política de distribuição de rendimentos e resultados.
Parâmetro de Rentabilidade Conforme descrito no Estudo de Viabilidade anexo ao Prospecto Preliminar, na forma do Anexo VI, a rentabilidade-alvo das Cotas
corresponde ao percentual de 8,68% (oito inteiro e sessenta e oito centésimos por cento) ao ano, sendo que referida rentabilidade alvo
será corrigida anualmente pela variação acumulada do Índice de Preços ao Consumidor Amplo, apurado e divulgado pelo Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (“IPCA”). A cada nova emissão, o Gestor poderá propor um parâmetro de rentabilidade para as Cotas
a serem emitidas, o qual não representará e nem deverá ser considerado como uma promessa, garantia ou sugestão de rentabilidade
aos Cotistas por parte do Administrador ou do Gestor.

A RENTABILIDADE ESPERADA NÃO REPRESENTA E NEM DEVE SER CONSIDERADA, A QUALQUER MOMENTO E SOBRE
QUALQUER HIPÓTESE, COMO PROMESSA, GARANTIA OU SUGESTÃO DE RENTABILIDADE FUTURA.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

3
Taxa de Administração O Administrador receberá por seus serviços uma taxa de administração composta de valor equivalente aos percentuais previstos na
tabela abaixo, calculados sobre o valor contábil do patrimônio líquido do Fundo ou sobre o Valor de Mercado, caso as Cotas tenham
integrado ou passado a integrar, nesse período, índice de mercado, observado o valor mínimo mensal de R$11.210,75 (onze mil,
duzentos e dez reais e setenta e cinco centavos), pela prestação de serviços de gestão e escrituração de Cotas, sendo certo que o valor
mínimo mensal será atualizado anualmente, a partir da data de início das atividades do Fundo, pela variação positiva do IPCA:

Valor Contábil do Patrimônio Líquido ou Valor de Mercado do Fundo Taxa de Administração


Até R$ 500.000.000,00 0,95% a.a.
Sobre o valor que exceder R$ 500.000.000,00 até R$ 1.000.000.000,00 0,85% a.a.
Sobre o valor que exceder R$ 1.000.000.000,00 0,75% a.a.

Para mais informações acerca da Taxa de Administração veja a seção “Informações Relativas ao Fundo - Características do
Fundo - Taxa de Administração”, na página 45 do Prospecto Preliminar.

Taxa de Distribuição Primária Observado o disposto no Regulamento, será devida pelos Investidores da Oferta quando da subscrição e integralização das Novas
Cotas, a taxa de distribuição primária equivalente a um percentual fixo de 3,87% (três inteiros e oitenta e sete centésimos por cento)
sobre o valor unitário da Nova Cota integralizado pelo Investidor da Oferta, equivalente ao valor de R$4,10 (quatro reais e dez centavos)
por Nova Cota, correspondente ao quociente entre (i) a soma da comissão de coordenação e distribuição, a ser paga ao Coordenador
Líder; e (ii) o Valor Total da Emissão.

Taxa de Entrada e de Saída O Fundo não cobrará taxas de entrada e de saída dos Cotistas, exceto pela Taxa de Distribuição Primária.

Taxa de Performance Será devida pelo Fundo ao Gestor uma remuneração, em virtude do desempenho do Fundo, correspondente a 20% (vinte por cento)
da diferença positiva entre (i) o somatório dos rendimentos efetivamente distribuídos no período corrigidos pelo benchmark; e (ii) a
rentabilidade do Capital do Fundo atualizado pelo Benchmark, a ser calculada de acordo com a seguinte fórmula:
Taxa de Performance = 20% * (Rcorrigido – Metaacum), onde:
Benchmark = IPCA, acrescido de um spread de 6% a.a. (seis por cento ao ano);
Metaacum = rentabilidade do Benchmark sobre o capital total integralizado do Fundo desde seu início até a data de apuração
da performance, deduzidas eventuais amortizações; e
Rcorrigido = somatório dos rendimentos distribuídos pelo Fundo desde o seu início, corrigidos pelo Benchmark desde as
respectivas datas de pagamento até a data de apuração da performance.
A Taxa de Performance somente será paga caso seja superior à taxa de performance acumulada na última data de pagamento da Taxa
de Performance.
A Taxa de Performance será apurada no último Dia Útil de maio e novembro de cada ano, sendo que o pagamento da Taxa de
Performance será realizado no 5º (quinto) Dia Útil após o encerramento do respectivo período de apuração.
Para mais informações acerca da Taxa de Performance veja a seção “Sumário do Fundo - Taxa de Administração e Taxa de
Performance”, nas páginas 45 e 46 do Prospecto Preliminar.
Distribuição de Resultados A Assembleia Geral de Cotistas a ser realizada anualmente para deliberar sobre as demonstrações contábeis do Fundo ocorrerá em
até 120 (cento e vinte) contados do término do exercício social do Fundo e no mínimo 30 (trinta) dias após estarem disponíveis aos
Cotistas as demonstrações contábeis auditadas aos Cotistas.

O Administrador distribuirá aos Cotistas, independentemente da realização de Assembleia Geral de Cotistas, no mínimo, 95% (noventa
e cinco por cento) dos lucros auferidos pelo Fundo, apurados segundo o regime de caixa, com base em balanço ou balancete semestral
encerrado em 30 de junho e 31 de dezembro de cada ano.

O percentual mínimo a que se refere o parágrafo acima será observado apenas semestralmente, sendo que os adiantamentos
realizados mensalmente poderão não atingir o referido mínimo estabelecido.

Farão jus aos rendimentos acima mencionados, os Cotistas que tiverem inscritos no registro de Cotistas no fechamento do último
Dia Útil de cada mês de apuração, de acordo com as contas de depósito mantidas pelo Escriturador, exceto na ocorrência do evento
previsto no item 15.3 do Regulamento. Os rendimentos auferidos serão distribuídos aos Cotistas e pagos mensalmente, sempre no
10º (décimo) Dia Útil do mês subsequente ao do recebimento dos recursos pelo Fundo, a título de antecipação dos rendimentos
do semestre a serem distribuídos, sendo que eventual saldo de resultado não distribuído como antecipação será pago no prazo
máximo de 10 (dez) Dias Úteis após o encerramento dos balanços semestrais, podendo referido saldo ter outra destinação dada pela
Assembleia Geral de Cotistas, com base em eventual proposta e justificativa apresentada pelo Gestor.

Observada a obrigação estabelecida nos termos do parágrafo acima, o Gestor poderá reinvestir os recursos originados com a alienação
dos Imóveis, dos Ativos Imobiliários e dos Ativos Financeiros da carteira do Fundo, observados os limites previstos na regulamentação
e legislação aplicáveis.

O Gestor também poderá reinvestir os recursos provenientes de eventual cessão de fluxo de aluguéis e outros recebíveis originados a
partir do investimento em Imóveis e em Ativos Imobiliários, observados os limites previstos na regulamentação e legislação aplicáveis.

Para fins de apuração de resultados, o Fundo manterá registro contábil das aquisições, locações, arrendamentos ou revendas dos
Imóveis integrantes de sua carteira.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

4
O Gestor, com o objetivo de provisionar recursos para o pagamento de eventuais despesas que não se refiram aos gastos rotineiros
de manutenção dos Imóveis integrantes da carteira do Fundo, exemplificadamente, mas sem qualquer limitação: (a) obras de reforma
ou acréscimos que interessem à estrutura integral do Imóvel; (b) pintura das fachadas, empenas, poços de aeração e iluminação,
bem como das esquadrias externas; (c) obras destinadas à criação e manutenção das condições de habitabilidade dos Imóveis;
(d) instalação de equipamentos de segurança e de incêndio, de telefonia e de intercomunicação; (e) despesas de decoração e
paisagismo nas partes de uso comum; (f) despesas decorrentes da cobrança de aluguéis em atraso e ações de despejo, renovatórias,
revisionais; e (g) outras que venham a ser de responsabilidade do Fundo como proprietário dos Imóveis (“Despesas Extraordinárias”)
dos Imóveis e dos Ativos Imobiliários integrantes do patrimônio do Fundo, poderá reter até 5% (cinco por cento) dos lucros apurados
semestralmente pelo Fundo.

Caso as reservas mantidas no patrimônio do Fundo venham a ser insuficientes, tenha seu valor reduzido ou integralmente consumido,
o Administrador, mediante notificação recebida do Gestor, a seu critério, deverá convocar, nos termos do Regulamento, Assembleia
Geral de Cotistas para discussão de soluções alternativas à venda dos Imóveis e dos Ativos Imobiliários.

Caso a Assembleia Geral de Cotistas prevista acima não se realize ou não decida por uma solução alternativa à venda de Imóveis e
dos Ativos Imobiliários, como, por exemplo, a emissão de Cotas para o pagamento de despesas, os Imóveis, os Ativos Imobiliários
e/ou os Ativos Financeiros deverão ser alienados e/ou cedidos e na hipótese do montante obtido com a alienação e/ou cessão de tais
ativos do Fundo não seja suficiente para pagamento das despesas ordinárias e das Despesas Extraordinárias, os Cotistas poderão ser
chamados, mediante deliberação em Assembleia Geral de Cotistas, para aportar capital no Fundo, para que as obrigações pecuniárias
do Fundo sejam adimplidas.

Direitos, Vantagens e As cotas objeto da presente Oferta apresentam as seguintes características principais: (i) as Cotas correspondem a frações ideais de
Restrições das Novas Cotas seu patrimônio, não serão resgatáveis e terão a forma nominativa e escritural, cuja propriedade presume-se pelo registro do nome
do Cotista no livro de registro de Cotistas ou na conta de depósito das Cotas; (ii) a cada cota corresponderá um voto nas Assembleias
Gerais do Fundo; (iii) de acordo com o disposto no artigo 2º, da Lei nº 8.668/93, o Cotista não poderá requerer o resgate de suas cotas;
e (iv) o Fundo deverá distribuir a seus Cotistas, no mínimo, 95% (noventa e cinco por cento) dos lucros auferidos pelo Fundo, apurados
segundo o regime de caixa, a serem pagos na forma do Regulamento. Para mais informações acerca dos Direitos, Vantagens e
Restrições das Cotas veja a seção “Informações Relativas à Emissão, à Oferta e às Novas Cotas - Direitos, Vantagens e Restrições
das Novas Cotas”, na página 44 do Prospecto Preliminar.

Público-Alvo do Fundo As Novas Cotas poderão ser subscritas ou adquiridas por investidores pessoas naturais ou jurídicas, fundos de investimento, fundos de
pensão, regimes próprios de previdência social, entidades autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil (“BACEN”), seguradoras,
entidades de previdência complementar e de capitalização, bem como investidores não residentes que invistam no Brasil segundo as
normas aplicáveis e que aceitem os riscos inerentes a tal investimento.

Para mais informações acerca do público-alvo da Oferta, veja o item “Público-Alvo” abaixo e a seção “Informações Relativas à
Emissão, à Oferta e às Novas Cotas - Público Alvo” do Prospecto Preliminar.

1ª Emissão de Cotas do Fundo Anteriormente à presente Emissão, o Fundo realizou a 1ª emissão, encerrada em 10 de dezembro de 2018, por meio da qual foram
ofertadas, para distribuição pública, nos termos da Instrução CVM nº 476/09, 1.650.000 (um milhão e seiscentas e cinquenta mil) Cotas,
em classe única, com valor unitário de R$100,00 (cem reais) cada, sendo subscritas e efetivamente integralizadas 652.000 (seiscentas e
cinquenta e duas mil) Cotas, por 9 (nove) investidores, tendo sido canceladas as cotas não colocadas.

Demais Termos, Condições Os demais termos, condições e características do Fundo e das Novas Cotas seguem descritos no Prospecto Preliminar e no Regulamento.
e Características do Fundo e
das Novas Cotas

8. Características das Novas Cotas, da Emissão e da Oferta

Número da Emissão A presente Emissão representa a 2ª (segunda) emissão de Cotas do Fundo.

Valor Total da Emissão O valor total da emissão será de, inicialmente, até R$180.000.030,30 (cento e oitenta milhões, trinta reais e trinta centavos) (“Valor Total
da Emissão”), podendo ser (i) aumentado em virtude das Cotas do Lote Adicional ou (ii) diminuído em virtude da Distribuição Parcial.

Quantidade de Novas Cotas Serão emitidas, inicialmente, até 1.699.717 (um milhão, seiscentas e noventa e nove mil, setecentas e dezessete) Cotas podendo ser
(i) aumentada em virtude das Cotas do Lote Adicional ou (ii) diminuída em virtude da Distribuição Parcial.

Cotas do Lote Adicional Nos termos do parágrafo 2º do artigo 14 da Instrução CVM nº 400/03, a quantidade de Cotas inicialmente ofertada poderá ser acrescida
em até 20% (vinte por cento), ou seja, em até 339.943 (trezentas e trinta e nove mil, novecentas e quarenta e três) Novas Cotas
adicionais (“Cotas do Lote Adicional”), nas mesmas condições das Cotas inicialmente ofertadas, a critério do Administrador e do
Gestor, em comum acordo com o Coordenador Líder, que poderão ser emitidas pelo Fundo até a data realização do Procedimento de
Alocação, sem a necessidade de novo pedido de registro da Oferta à CVM ou modificação dos termos da Emissão e da Oferta. As Cotas
do Lote Adicional, caso emitidas, também serão colocadas sob regime de melhores esforços de colocação pelo Coordenador Líder.

As Cotas do Lote Adicional, eventualmente emitidas, passarão a ter as mesmas características das Cotas inicialmente ofertadas e
passarão a integrar o conceito de “Cotas”, nos termos do Regulamento.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

5
Preço de Emissão: No contexto da Oferta, o preço de emissão será de R$105,90 (cento e cinco reais e noventa centavos) por Nova Cota, observado que
tal valor não inclui a Taxa de Distribuição Primária.

No ato da subscrição primária das Novas Cotas, os subscritores das Novas Cotas deverão pagar a Taxa de Distribuição Primária,
equivalente a R$4,10 (quatro reais e dez centavos) por Nova Cota. Dessa forma, cada Nova Cota subscrita custará R$110,00
(cento e dez reais) aos respectivos subscritores.

Aplicação Mínima Inicial No âmbito da Oferta, cada Investidor da Oferta (conforme abaixo definido) deverá adquirir a quantidade, mínima, de 237 (duzentas e
trinta e sete) Novas Cotas, considerando o Preço de Emissão, equivalente a R$25.098,30 (vinte e cinco mil, noventa e oito reais e trinta
centavos), o qual não inclui a Taxa de Distribuição Primária e R$26.070,00 (vinte e seis mil e setenta reais), considerando a Taxa de
Distribuição Primária.

Data de Emissão Para todos os fins e efeitos legais, a data de emissão das Novas Cotas será a Data de Liquidação (conforme definida abaixo).

Forma de Subscrição e As Novas Cotas serão subscritas utilizando-se os procedimentos do DDA, a qualquer tempo, dentro do Prazo de Colocação (conforme
Integralização abaixo definido). As Novas Cotas deverão ser integralizadas, à vista e em moeda corrente nacional, na Data de Liquidação junto às
Instituições Participantes da Oferta (conforme definidas abaixo), pelo Preço de Emissão.

Destinação dos Recursos Os recursos líquidos provenientes da Emissão e da Oferta (após a dedução das comissões de distribuição e das despesas da Oferta,
descritas no Prospecto Preliminar) serão aplicados pelo Fundo, de acordo com a Política de Investimento estabelecida no Capítulo
VI do Regulamento, à aquisição pelo Fundo dos seguintes Ativos Imobiliários: (i) 61% remanescentes do ativo Fernão Dias Business
Park, localizado na região de Extrema, no Estado de Minas Gerais (ativo no qual o Fundo já possui participação de 39%); e (ii) 100% de
até 6 galpões que compõem o empreendimento denominado “Jundiaí Business Park”, localizado na região de Jundiaí, no Estado de
São Paulo.

Para mais informações acerca da Destinação dos Recursos, ver a seção “Destinação dos Recursos” do Prospecto Preliminar.

Coordenador Líder XP Investimentos.

Instituições Participantes da O Coordenador Líder e as Corretoras Consorciadas (conforme definidas abaixo), em conjunto.
Oferta

Colocação e Procedimento de A Oferta consistirá na distribuição pública primária das Novas Cotas, no Brasil, nos termos da Instrução CVM nº 400/03, da Instrução
Distribuição CVM nº 472/08 e das demais disposições legais e regulamentares aplicáveis, sob a coordenação do Coordenador Líder, sob regime
de melhores esforços de colocação (incluindo as Cotas do Lote Adicional, caso emitidas), nos termos do Contrato de Distribuição, e
será realizada com a participação de determinadas instituições intermediárias autorizadas a operar no mercado de capitais brasileiro,
credenciadas junto à B3, convidadas a participar da Oferta, exclusivamente, para efetuar esforços de colocação das Novas Cotas junto
aos Investidores Não Institucionais (conforme definidos abaixo) (“Corretoras Consorciadas” e, em conjunto com Coordenador Líder,
“Instituições Participantes da Oferta”), observado o Plano de Distribuição (conforme abaixo definido). A Oferta não contará com
esforços de colocação das Novas Cotas no exterior.

Público-Alvo da Oferta O público-alvo da Oferta é: (i) investidores pessoas físicas e jurídicas, residentes, domiciliados ou com sede no Brasil, que não
sejam consideradas Investidores Institucionais (conforme a seguir definidos), que formalizem Pedido de Reserva (conforme abaixo
definido) durante o Período de Reserva (conforme abaixo definido), junto a uma única Instituição Participante da Oferta, observada
a Aplicação Mínima Inicial, inexistindo valores máximos (“Investidores Não Institucionais”); e (ii) fundos de investimentos, fundos
de pensão, entidades administradoras de recursos de terceiros registradas na CVM, entidades autorizadas a funcionar pelo BACEN,
condomínios destinados à aplicação em carteira de títulos e valores mobiliários registrados na CVM e/ou na B3, seguradoras, entidades
abertas e fechadas de previdência complementar e de capitalização, investidores qualificados nos termos da regulamentação da
CVM, em qualquer caso, residentes, domiciliados ou com sede no Brasil, observada a Aplicação Mínima Inicial, inexistindo valores
máximos (“Investidores Institucionais, e, em conjunto com os. Investidores Não Institucionais, “Investidores da Oferta”). No âmbito
da Oferta não será admitida a aquisição de Novas Cotas por clubes de investimento constituídos nos termos do artigo 1º da Instrução da
CVM nº 494, de 20 de abril de 2011, conforme alterada.

Os Investidores da Oferta interessados devem ter conhecimento da regulamentação que rege a matéria e ler atentamente o
Prospecto Preliminar, em especial a seção “Fatores de Risco”, para avaliação dos riscos a que o Fundo está exposto, bem como
aqueles relacionados à Emissão, à Oferta e às Cotas, os quais devem ser considerados para o investimento nas Novas Cotas,
bem como o Regulamento.

Pessoas Vinculadas Para os fins da presente Oferta, serão consideradas como pessoas vinculadas os Investidores da Oferta que sejam
(i) controladores e/ou administradores do Administrador e/ou do Gestor, bem como seus cônjuges ou companheiros, seus
ascendentes, descendentes e colaterais até o 2º grau; (ii) controladores e/ou administradores de qualquer das Instituições
Participantes da Oferta; (iii) empregados, operadores e demais prepostos de qualquer das Instituições Participantes da
Oferta, que desempenhem atividades de intermediação ou de suporte operacional e que estejam diretamente envolvidos
na estruturação da Oferta; (iv) agentes autônomos que prestem serviços ao Administrador, ao Gestor ou a qualquer das
Instituições Participantes da Oferta; (v) demais profissionais que mantenham, com o Administrador, o Gestor ou qualquer das
Instituições Participantes da Oferta, contrato de prestação de serviços diretamente relacionados à atividade de intermediação
ou de suporte operacional no âmbito da Oferta; (vi) sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo Administrador,
pelo Gestor ou por qualquer das Instituições Participantes da Oferta, desde que diretamente envolvidos na Oferta;
(vii) sociedades controladas, direta ou indiretamente, por pessoas vinculadas a qualquer das Instituições Participantes da
Oferta, desde que diretamente envolvidos na Oferta; (viii) cônjuge ou companheiro e filhos menores das pessoas mencionadas
nos itens “ii” a “v” acima; e (ix) fundos de investimento cuja maioria das cotas pertença a pessoas vinculadas, salvo se geridos
discricionariamente por terceiros não vinculados, nos termos da Instrução CVM nº 505/11.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

6
Procedimento de Alocação Será adotado o procedimento de coleta de intenções de investimento, organizado pelo Coordenador Líder, nos termos do artigo 44 da
Instrução CVM nº 400/03, para a verificação, junto aos Investidores da Oferta, da demanda pelas Novas Cotas, considerando os Pedidos
de Reserva dos Investidores Não Institucionais e com recebimento de ordens de investimento dos Investidores Institucionais, sem lotes
mínimos (observada a Aplicação Mínima Inicial) ou máximos, para definição, a critério do Coordenador Líder, junto ao Administrador
e ao Gestor, da eventual emissão e da quantidade das Cotas do Lote Adicional a serem eventualmente emitidas, conforme o caso
(“Procedimento de Alocação”).

A participação de Pessoas Vinculadas na subscrição e integralização das Novas Cotas pode afetar negativamente a liquidez
das Cotas no mercado secundário. Para maiores informações a respeito da participação de Pessoas Vinculadas na Oferta,
veja a seção “Fatores de Risco” em especial o fator de risco “O investimento nas Novas Cotas por Investidores da Oferta que
sejam Pessoas Vinculadas poderá promover redução da liquidez das Cotas no mercado secundário” do Prospecto Preliminar.

Para mais informações acerca do Procedimento de Alocação, veja a seção “Informações Relativas à Emissão, à Oferta e às
Novas Cotas - Procedimento de Alocação” do Prospecto Preliminar.

Plano de Distribuição Observadas as disposições da regulamentação aplicável, o Coordenador Líder realizará a Oferta sob o regime de melhores esforços de
colocação, de acordo com a Instrução CVM nº 400/03, com a Instrução CVM nº 472/08 e demais normas pertinentes, conforme o plano
da distribuição adotado em cumprimento ao disposto no artigo 33, §3º, da Instrução CVM nº 400/03, o qual leva em consideração
as relações com clientes e outras considerações de natureza comercial ou estratégica do Coordenador Líder, devendo assegurar
(i) que o tratamento conferido aos Investidores da Oferta seja justo e equitativo; (ii) a adequação do investimento ao perfil de risco
dos Investidores da Oferta; e (iii) que os representantes das Instituições Participantes da Oferta recebam previamente exemplares dos
Prospectos (conforme abaixo definidos) para leitura obrigatória e que suas dúvidas possam ser esclarecidas por pessoas designadas
pelo Coordenador Líder (“Plano de Distribuição”).

A presente Oferta será efetuada, ainda, com observância dos seguintes requisitos: (i) será utilizada a sistemática que permita o
recebimento de reservas para os Investidores Não Institucionais, conforme indicado abaixo; (ii) buscar-se-á atender quaisquer
Investidores da Oferta interessados na subscrição das Novas Cotas; (iii) deverá ser observada, ainda a Aplicação Mínima Inicial
inexistindo valores máximos. Não há qualquer outra limitação à subscrição de Novas Cotas por qualquer Investidor da Oferta (pessoa
física ou jurídica), entretanto, fica desde já ressalvado que se o Fundo aplicar recursos em empreendimento imobiliário que tenha
como incorporador, construtor ou sócio, Cotista que possua, isoladamente ou em conjunto com pessoa a ele ligada, mais de 25%
(vinte e cinco por cento) das Novas Cotas, o Fundo passará a sujeitar-se à tributação aplicável às pessoas jurídicas.
Para mais informações veja a seção “Fatores de Risco - Risco Tributário” do Prospecto Preliminar.

O Plano de Distribuição será fixado nos seguintes termos: (i) as Novas Cotas serão objeto da Oferta; (ii) a Oferta terá como
público-alvo: (a) os Investidores Não Institucionais; e (b) os Investidores Institucionais; (iii) após a divulgação deste Aviso ao Mercado
e a disponibilização do Prospecto Preliminar aos Investidores da Oferta, serão realizadas apresentações para potenciais investidores
(Roadshow e/ou one-on-ones) (“Apresentações para Potenciais Investidores”); (iv) os materiais publicitários ou documentos de
suporte às Apresentações para Potenciais Investidores eventualmente utilizados serão, conforme o caso, submetidos à aprovação
prévia da CVM, nos termos do artigo 50 da Instrução CVM nº 400/03, ou encaminhados à CVM previamente à sua utilização, nos
termos do artigo 50, parágrafo 5º, da Instrução CVM nº 400/03; (v) após as Apresentações para Potenciais Investidores e a obtenção do
registro da Oferta na CVM, o Coordenador Líder realizará o Procedimento de Alocação, que será realizado nos termos abaixo indicados;
(vi) concluído o Procedimento de Alocação, o Coordenador Líder consolidará os Pedidos de Reserva dos Investidores Não Institucionais,
inclusive daqueles que sejam Pessoas Vinculadas, e as intenções de investimento dos Investidores Institucionais para subscrição das
Novas Cotas; (vii) observados os termos e condições do Contrato de Distribuição, a Oferta somente terá início após (a) a concessão
do registro da Oferta pela CVM; (b) o registro para distribuição e negociação das Novas Cotas na B3; (c) a divulgação do anúncio de
início da Oferta (“Anúncio de Início”); (d) a disponibilização do “Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária de
Cotas da 2ª (Segunda) Emissão do Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário” (“Prospecto Definitivo” e, em conjunto com o
Prospecto Preliminar, “Prospectos”) aos Investidores da Oferta, nos termos da Instrução CVM nº 400/03; (viii) iniciada a Oferta: (a) os
Investidores Não Institucionais que manifestaram interesse na subscrição das Novas Cotas durante o Período de Reserva por meio
de preenchimento do Pedido de Reserva; e/ou (b) os Investidores Institucionais que encaminharam suas ordens de investimento
nas Novas Cotas, observada a Aplicação Mínima Inicial, e tiveram suas ordens alocadas deverão assinar o boletim de subscrição e o
termo de adesão ao Regulamento e ciência de risco, sob pena de cancelamento das respectivas ordens de investimento, a critério
do Administrador, do Gestor em conjunto com o Coordenador Líder; (ix) a colocação das Novas Cotas será realizada de acordo
com os procedimentos da B3, bem como com do Plano de Distribuição; (x) não será concedido qualquer tipo de desconto pelo
Coordenador Líder aos Investidores da Oferta interessados em subscrever Novas Cotas no âmbito da Oferta; (xi) a colocação das
Novas Cotas será realizada de acordo com os procedimentos da B3, bem como com o Plano de Distribuição; (xii) uma vez encerrada
a Oferta, o Coordenador Líder divulgará o resultado da Oferta mediante divulgação do anúncio de encerramento da Oferta
(“Anúncio de Encerramento”), nos termos do artigo 29 e do artigo 54-A da Instrução CVM 400.
Oferta Não Institucional Os Investidores Não Institucionais, inclusive aqueles considerados Pessoas Vinculadas, interessados em subscrever as Novas Cotas
deverão preencher e apresentar a uma única Instituição Participante da Oferta suas ordens de investimento por meio de pedido de
reserva (“Pedido de Reserva”), durante o período que se inicia em 22 de abril de 2019 (inclusive) e se encerrará em 06 de maio de
2019 (inclusive) (inclusive) (“Período de Reserva” e “Oferta Não Institucional”, respectivamente). Os Investidores Não Institucionais
deverão indicar, obrigatoriamente, no respectivo Pedido de Reserva, a sua qualidade ou não de Pessoa Vinculada, sob pena
de seu Pedido de Reserva ser cancelado pela respectiva Instituição Participante da Oferta.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

7
No mínimo, 169.972 (cento e sessenta e nove mil, novecentas e setenta e duas) Novas Cotas (sem considerar as Cotas do Lote
Adicional), ou seja, aproximadamente 10% (dez por cento) do Valor Total da Emissão, serão destinadas, prioritariamente, à Oferta
Não Institucional, sendo que o Coordenador Líder em comum acordo com o Administrador e o Gestor, poderá aumentar a quantidade
de Novas Cotas inicialmente destinada à Oferta Não Institucional até o limite máximo do Valor Total da Emissão, considerando as Cotas
do Lote Adicional que vierem a ser emitidas.

Os Pedidos de Reserva que serão efetuados pelos Investidores Não Institucionais de maneira irrevogável e irretratável, exceto pelo
disposto nas alíneas (ii), (iii) e (v) abaixo, observarão as condições do próprio Pedido de Reserva, de acordo com as seguintes condições
e observados os procedimentos e normas de liquidação da B3:

(i) durante o Período de Reserva, cada um dos Investidores Não Institucionais interessados em participar da Oferta deverá realizar a
reserva de Novas Cotas, mediante o preenchimento do Pedido de Reserva junto a uma única Instituição Participante da Oferta e não
sendo estipulados valores máximos de investimento;

(ii) cada Investidor Não Institucional, incluindo os Investidores da Oferta que sejam Pessoas Vinculadas, poderá, no respectivo
Pedido de Reserva, condicionar sua adesão à Oferta, nos termos descritos no item “Distribuição Parcial” constante abaixo e no
Prospecto Preliminar;

(iii) a quantidade de Novas Cotas adquiridas e o respectivo valor do investimento dos Investidores Não Institucionais e a Data de
Liquidação serão informados a cada Investidor Não Institucional até às 10:00 horas do Dia Útil imediatamente anterior à data de
divulgação do Anúncio de Início pela Instituição Participante da Oferta que houver recebido o respectivo Pedido de Reserva, por
meio de mensagem enviada ao endereço eletrônico fornecido no Pedido de Reserva ou, na sua ausência, por telefone, fac-símile
ou correspondência, devendo o pagamento ser feito de acordo com a alínea (iv) abaixo limitado ao valor do Pedido de Reserva e
ressalvada a possibilidade de rateio observado o Critério de Rateio da Oferta Não Institucional (conforme definido abaixo);

(iv) os Investidores Não Institucionais deverão efetuar o pagamento do valor indicado na alínea (iii) acima junto à Instituição Participante
da Oferta com que tenham realizado o respectivo Pedido de Reserva, em recursos imediatamente disponíveis, até as 11:00 horas da
Data de Liquidação Não havendo pagamento pontual à Instituição Participante da Oferta junto à qual o Pedido de Reserva e o Boletim
de Subscrição tenham sido formalizados, estes serão automaticamente cancelados;

(v) até as 16 horas da Data de Liquidação, a B3, em nome de cada Instituição Participante da Oferta junto à qual o Pedido de Reserva
tenha sido realizado, entregará a cada Investidor Não Institucional o recibo de Novas Cotas correspondente à relação entre o valor
do investimento pretendido constante do Pedido de Reserva e o Preço de Emissão, ressalvadas as possibilidades de desistência e
cancelamento previstas nos incisos (ii), (iii) e (v) e no item “Suspensão, Modificação, Revogação ou Cancelamento da Oferta” abaixo e
a possibilidade de rateio prevista no item “Critério de Rateio da Oferta Não Institucional abaixo”. Caso tal relação resulte em fração de
Novas Cotas, o valor do investimento será limitado ao valor correspondente ao maior número inteiro de Novas Cotas, desprezando-se
a referida fração; e

(vi) os Investidores Não Institucionais deverão realizar a integralização/liquidação das Novas Cotas mediante o pagamento à vista, em
moeda corrente nacional, em recursos imediatamente disponíveis, de acordo com o procedimento descrito acima. As Instituições
Participantes da Oferta somente atenderão aos Pedidos de Reserva feitos por Investidores Não Institucionais titulares de conta nelas
aberta ou mantida pelo respectivo Investidor Não Institucional.

Os Investidores Não Institucionais deverão indicar, obrigatoriamente, no respectivo Pedido de Reserva da Oferta Não
Institucional, a sua qualidade ou não de Pessoa Vinculada, sob pena de seu Pedido de Reserva da Oferta Não Institucional
ser cancelado pela respectiva Instituição Participante da Oferta. Caso seja verificado excesso de demanda superior em 1/3 (um
terço) à quantidade de Novas Cotas inicialmente ofertada (sem considerar Cotas do Lote Adicional), não será permitida a colocação de
Novas Cotas junto a Investidores Não Institucionais que sejam considerados Pessoas Vinculadas, nos termos do artigo 55 da Instrução
CVM nº 400/03, sendo o seu Pedido de Reserva automaticamente cancelado.

Recomenda-se aos Investidores Não Institucionais interessados na realização de Pedido de Reserva que (i) leiam
cuidadosamente os termos e condições estipulados no Pedido de Reserva, especialmente no que se refere aos procedimentos
relativos à liquidação da Oferta e as informações constantes no Prospecto Preliminar, em especial a seção a seção “Fatores de
Risco”, para avaliação dos riscos a que o Fundo está exposto, bem como aqueles relacionados à Emissão, à Oferta e às Cotas,
os quais que devem ser considerados para o investimento nas Novas Cotas, bem como o Regulamento; (ii) verifiquem com
a Instituição Participante da Oferta de sua preferência, antes de realizar o seu Pedido de Reserva, se essa, a seu exclusivo
critério, exigirá (a) a abertura ou atualização de conta e/ou cadastro, e/ou (b) a manutenção de recursos em conta corrente
nela aberta e/ou mantida, para fins de garantia do Pedido de Reserva; (iii) verifiquem com a Instituição Participante da Oferta
de sua preferência, antes de realizar o seu Pedido de Reserva, a possibilidade de débito antecipado da reserva por parte da
Instituição Participante da Oferta; e (iv) entrem em contato com a Instituição Participante da Oferta de sua preferência para
obter informações mais detalhadas sobre o prazo estabelecido pela Instituição Participante da Oferta para a realização do
Pedido de Reserva ou, se for o caso, para a realização do cadastro na Instituição Participante da Oferta, tendo em vista os
procedimentos operacionais adotados por cada Instituição Participante da Oferta.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

8
Critério de Rateio da Oferta Caso o total de Novas Cotas objeto dos Pedidos de Reserva apresentados pelos Investidores Não Institucionais, inclusive aqueles
Não Institucional que sejam considerados Pessoas Vinculadas, seja inferior a 10% (dez por cento) das Novas Cotas, todos os Pedidos de Reserva não
cancelados serão integralmente atendidos, e as Novas Cotas remanescentes serão destinadas aos Investidores Institucionais nos
termos da Oferta Institucional (conforme definida abaixo). Caso o total de Novas Cotas correspondente aos Pedidos de Reserva
exceda o percentual prioritariamente destinado à Oferta Não Institucional, as Novas Cotas destinadas à Oferta Não Institucional
serão rateadas entre os Investidores Não Institucionais, inclusive aqueles que sejam considerados Pessoas Vinculadas, conforme o
caso, proporcionalmente ao montante de Novas Cotas indicado nos respectivos Pedidos de Reserva e não alocado aos Investidores
Não Institucionais, inclusive aqueles que sejam considerados Pessoas Vinculadas, não sendo consideradas frações de Novas Cotas.
O Coordenador Líder, em comum acordo com o Administrador e o Gestor, poderá manter a quantidade de Novas Cotas inicialmente
destinada à Oferta Não Institucional ou aumentar tal quantidade a um patamar compatível com os objetivos da Oferta, de forma a
atender, total ou parcialmente, os referidos Pedidos de Reserva (“Critério de Rateio da Oferta Não Institucional”).
Oferta Institucional Após o atendimento dos Pedidos de Reserva, as Novas Cotas remanescentes que não forem colocadas na Oferta Não Institucional
serão destinadas à colocação junto a Investidores Institucionais, por meio do Coordenador Líder, não sendo admitidas para tais
Investidores Institucionais reservas antecipadas e não sendo estipulados valores máximos de investimento, observados os seguintes
procedimentos (“Oferta Institucional”):

(i) os Investidores Institucionais, inclusive aqueles considerados Pessoas Vinculadas, interessados em subscrever Novas Cotas deverão
apresentar suas ordens de investimento às Instituições Participantes da Oferta, na data de realização do Procedimento de Alocação,
indicando a quantidade de Novas Cotas a ser subscrita, inexistindo recebimento de reserva ou limites máximos de investimento;

(ii) os Investidores Institucionais terão a faculdade, como condição de eficácia de ordens de investimento e aceitação da Oferta, de
condicionar sua adesão nos termos descritos no item “Distribuição Parcial” constante abaixo e no Prospecto Preliminar;

(iii) cada Investidor Institucional interessado em participar da Oferta Institucional deverá assumir a obrigação de verificar se está
cumprindo com os requisitos para participar da Oferta Institucional, para então apresentar suas ordens de investimento durante o
Procedimento de Alocação;

(iv) até o final do Dia Útil imediatamente anterior à Data de Liquidação, o Coordenador Líder informará aos Investidores Institucionais,
por meio de seu endereço eletrônico, ou, na sua ausência, por telefone ou fac-símile, sobre a quantidade de Novas Cotas que cada
um deverá subscrever e o Preço de Emissão. Os Investidores Institucionais integralizarão as Novas Cotas, à vista, em moeda corrente
nacional, em recursos imediatamente disponíveis, na Data de Liquidação, de acordo com as normas de liquidação e procedimentos
aplicáveis da B3;

(v) até 10% (dez por cento) das Novas Cotas (sem considerar as Cotas do Lote Adicional), equivalente a 169.971(cento e sessenta
nove mil, novecentas e setenta e uma) Novas Cotas (sem considerar as Cotas do Lote Adicional), destinadas à Oferta Institucional
serão preferencialmente destinadas à colocação ao Formador de Mercado, a fim de lhe possibilitar a atuação como formador de
mercado (market maker) das Novas Cotas, garantindo a existência e a permanência de ofertas firmes diárias de compra e venda para as
Novas Cotas durante a vigência do instrumento de contratação do Formador de Mercado e nos termos da legislação aplicável, sendo
certo que as ordens realizadas pelo Formador de Mercado serão integralmente aceitas, não sendo aplicável qualquer tipo de rateio
às suas ordens.

Os Investidores Institucionais deverão indicar, obrigatoriamente, nas respectivas ordens de investimento, a sua qualidade ou não de
pessoa Vinculada. Caso seja verificado excesso de demanda superior em 1/3 (um terço) à quantidade de Novas Cotas inicialmente
ofertada (sem considerar as Cotas do Lote Adicional), não será permitida a colocação de Novas Cotas junto a Investidores Institucionais
que sejam considerados Pessoas Vinculadas, nos termos do artigo 55 da Instrução CVM nº 400/03. Esta vedação não se aplicará ao
Formador de Mercado, uma vez que o direito de subscrever e a quantidade máxima de Novas Cotas a ser subscrita e integralizada,
estarão divulgados nos Prospectos.
Critério de Colocação da Caso as intenções de investimento apresentadas pelos Investidores Institucionais excedam o total de Novas Cotas remanescentes
Oferta Institucional após o atendimento da Oferta Não Institucional, o Coordenador Líder dará prioridade aos Investidores Institucionais que, a critério
do Coordenador Líder, em comum acordo com o Administrador e o Gestor, melhor atendam os objetivos da Oferta, quais sejam,
constituir uma base diversificada de investidores, integrada por investidores com diferentes critérios de avaliação das perspectivas do
Fundo e a conjuntura macroeconômica brasileira, bem como criar condições para o desenvolvimento do mercado local de fundos de
investimentos imobiliários.
Disposições Comuns à Oferta Durante a colocação das Novas Cotas, o Investidor da Oferta que subscrever a Cota receberá, quando realizada a respectiva liquidação,
Não Institucional e à Oferta recibo de Cota que, até a disponibilização do Anúncio de Encerramento e da obtenção de autorização da B3, não será negociável
Institucional
e não receberá rendimentos provenientes do Fundo. Tal recibo é correspondente à quantidade de Novas Cotas por ele adquirida,
e se converterá em tal Cota depois de divulgado o Anúncio de Encerramento e da obtenção de autorização da B3, quando as Novas
Cotas passarão a ser livremente negociadas na B3.

As Instituições Participantes da Oferta serão responsáveis pela transmissão à B3 das ordens acolhidas no âmbito das ordens de
investimento e dos Pedidos de Reserva. As Instituições Participantes da Oferta somente atenderão aos Pedidos de Reserva feitos por
Investidores titulares de conta nelas aberta ou mantida pelo respectivo Investidor.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

9
Distribuição Parcial Será admitida, nos termos dos artigos 30 e 31 da Instrução CVM nº 400/03, a distribuição parcial das Novas Cotas, sendo que a Oferta
em nada será afetada caso não haja a subscrição e integralização da totalidade de tais cotas no âmbito da Oferta, desde que seja
atingida a Captação Mínima (conforme a seguir definida) (“Distribuição Parcial”). Caso não seja atingida a Captação Mínima, a Oferta
será cancelada.

A manutenção da Oferta está condicionada à subscrição e integralização de, no mínimo, 472.144 (quatrocentas e setenta duas mil,
cento e quarenta e quatro) Novas Cotas Novas Cotas (“Captação Mínima”). As Novas Cotas que não forem efetivamente subscritas e
integralizadas durante o Prazo de Colocação deverão ser canceladas. Uma vez atingida a Captação Mínima, o Administrador e o Gestor,
de comum acordo com o Coordenador Líder, poderão decidir por reduzir o Valor Total da Emissão até um montante equivalente a
qualquer montante entre a Captação Mínima e o Valor Total da Emissão, hipótese na qual a Oferta poderá ser encerrada a qualquer
momento.

Nessa hipótese, o Investidor da Oferta terá a faculdade, como condição de eficácia seus Pedidos de Reserva, ordens de investimento
e aceitação da Oferta, de condicionar a sua adesão à Oferta, nos termos do artigo 31 da Instrução CVM 400, a que haja distribuição:
(i) do Valor Total da Emissão; ou (ii) de uma quantidade mínima de Novas Cotas, que não poderá ser inferior à Captação Mínima.

Caso a aceitação esteja condicionada ao item (ii) acima, o Investidor da Oferta deverá indicar se pretende receber (1) a totalidade
das Novas Cotas subscritas; ou (2) uma quantidade equivalente à proporção entre o número de Novas Cotas efetivamente
distribuídas e o número de Novas Cotas originalmente ofertadas, presumindo-se, na falta de manifestação, o interesse do Investidor
da Oferta, conforme o caso, em receber a totalidade das Novas Cotas objeto do Pedido de Reserva ou da ordem de investimento,
conforme o caso.

Na hipótese de o Investidor da Oferta indicar o item (2) acima, o valor mínimo a ser subscrito por Investidor da Oferta poderá ser inferior
à Aplicação Mínima Inicial por Investidor.

Caso não seja atingida a Captação Mínima, a Oferta será cancelada. Neste caso, caso o Investidor da Oferta já tenha efetuado o
pagamento do preço de integralização das Novas Cotas, referido preço de integralização, acrescido da Taxa de Distribuição Primária,
será devolvido sem juros ou correção monetária, sem reembolso de custos incorridos e com dedução dos valores relativos aos tributos
incidentes, se existentes, e aos encargos incidentes, se existentes, no prazo de 5 (cinco) Dias Úteis contados da data em que tenha
sido verificado o não implemento da condição, observado que, com relação às Novas Cotas custodiadas eletronicamente na B3,
tal procedimento será realizado fora do âmbito da B3, de acordo com os procedimentos do Escriturador.

Adicionalmente, mesmo que tenha ocorrido a Captação Mínima, não haverá abertura de prazo para desistência, nem para
modificação dos Pedidos de Reserva e das intenções de investimento.

Por fim, no caso de captação abaixo do Valor Total da Emissão, o Investidor da Oferta que, ao realizar seu(s) Pedido(s) de Reserva
ou ordens de investimento, condicionar a sua adesão à Oferta, nos termos do artigo 31 da Instrução CVM 400, a que haja
distribuição da integralidade do Valor Total da Emissão, não terá o seu Pedido de Reserva ou ordem de investimento acatado,
e, consequentemente, o mesmo será cancelado automaticamente. Caso determinado Investidor da Oferta já tenha realizado
qualquer pagamento, estes valores depositados serão devolvidos sem juros ou correção monetária, sem reembolso de custos
incorridos e com dedução dos valores relativos aos tributos incidentes, se existentes, e aos encargos incidentes, se existentes, no
prazo de 5 (cinco) Dias Úteis contados da data em que tenha sido verificado o não implemento da condição, observado que, com
relação às Novas Cotas custodiadas eletronicamente na B3, tal procedimento será realizado fora do âmbito da B3, de acordo com os
procedimentos do Escriturador.

Para mais informações sobre a distribuição parcial das Novas Cotas da 2ª Emissão, veja a seção “6. Fatores de Risco -
Riscos Relativos à Oferta - Riscos da não colocação do Montante da Oferta”, do Prospecto Preliminar.
Prazo de Colocação O prazo de distribuição pública das Novas Cotas é de 6 (seis) meses a contar da data de divulgação do Anúncio de Início,
ou até a data de divulgação do Anúncio de Encerramento, o que ocorrer primeiro.
Fundo de Liquidez e Não será constituído fundo de manutenção de liquidez ou firmado contrato de garantia de liquidez ou estabilização de preços para as
Estabilização do Novas Cotas. Será fomentada a liquidez das Novas Cotas, mediante a contratação do Formador de Mercado, observado os termos do
Preço das Cotas contrato de Formador de Mercado, conforme descritos no Prospecto Preliminar.

Alocação e Liquidação A Oferta contará com processo de liquidação via B3, conforme abaixo descrito.
Financeira
A liquidação física e financeira dos pedidos de subscrição das Novas Cotas que se dará na data prevista no Cronograma Estimado da Oferta,
do Prospecto Preliminar (“Data de Liquidação”), sendo certo que a B3 informará ao Coordenador Líder o montante de ordens recebidas
em seu ambiente de liquidação, sendo certo que a Instituição Participante da Oferta liquidará de acordo com os procedimentos
operacionais da B3. O Coordenador Líder e as Corretoras Consorciadas farão sua liquidação exclusivamente conforme contratado no
Contrato de Distribuição e no termo de adesão ao Contrato de Distribuição, conforme o caso.

Com base nas informações enviadas durante o Procedimento de Alocação pela B3, ao Coordenador Líder, este verificará se: (i) a
Captação Mínima foi atingida; (ii) o Valor Total da Emissão foi atingido; e (iii) houve excesso de demanda; diante disto, o Coordenador
Líder definirá se haverá liquidação da Oferta, bem como seu volume final.

Caso, na Data de Liquidação, as Novas Cotas subscritas não sejam totalmente integralizadas por falha dos Investidores da Oferta, a
integralização das Novas Cotas objeto da falha poderá ser realizada junto ao Escriturador no 2º (segundo) Dia Útil imediatamente
subsequente à Data de Liquidação pelo Preço de Emissão, sendo certo que, caso após a possibilidade de integralização das Novas
Cotas junto ao Escriturador ocorram novas falhas por Investidores da Oferta de modo a não ser atingido a Captação Mínima, a Oferta
será cancelada e as Instituições Participantes da Oferta deverão devolver os recursos aos Investidores da Oferta eventualmente
depositados, os quais deverão ser acrescidos dos rendimentos líquidos auferidos pelas aplicações do Fundo e dos rendimentos pagos
pelo Fundo, calculados pro rata temporis, a partir da Data de Liquidação, com dedução, se for o caso, dos valores relativos aos tributos
incidentes, se a alíquota for superior a zero, no prazo de até 05 (cinco) Dias Úteis contados da comunicação do cancelamento da
Oferta. Na hipótese de restituição de quaisquer valores aos Investidores da Oferta, estes deverão fornecer recibo de quitação relativo
aos valores restituídos.

Caso, após a conclusão da liquidação da Oferta, a Captação Mínima seja atingida, a Oferta poderá ser encerrada e eventual saldo de
Novas Cotas não colocado será cancelado pelo Administrador.

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

10
Inadequação da Oferta a O investimento em cotas de fundo de investimento imobiliário representa um investimento de risco e, assim, os Investidores
Certos Investidores da Oferta da Oferta que pretendam investir nas Novas Cotas estão sujeitos a diversos riscos, inclusive aqueles relacionados à
volatilidade do mercado de capitais, à liquidez das Cotas e à oscilação de suas cotações em bolsa, e, portanto, poderão
perder uma parcela ou a totalidade de seu eventual investimento. Adicionalmente, o investimento em cotas de fundos de
investimento imobiliário não é adequado a investidores que necessitem de liquidez imediata, tendo em vista que as cotas de
fundos de investimento imobiliário encontram pouca liquidez no mercado brasileiro, a despeito da possibilidade de terem
suas cotas negociadas em bolsa. Além disso, os fundos de investimento imobiliário têm a forma de condomínio fechado, ou
seja, não admitem a possibilidade de resgate de suas cotas, sendo que os seus cotistas podem ter dificuldades em realizar
a venda de suas cotas no mercado secundário. Adicionalmente, é vedada a subscrição de Cotas por clubes de investimento,
nos termos dos artigos 26 e 27 da Instrução da CVM nº 494, de 20 de abril de 2011. O investimento em cotas de fundo de
investimento imobiliário representa um investimento de risco e, assim, os Investidores da Oferta que pretendam investir
nas Novas Cotas estão sujeitos a diversos riscos, inclusive aqueles relacionados à volatilidade do mercado de capitais, à
liquidez das Cotas e à oscilação de suas cotações em bolsa, e, portanto, poderão perder uma parcela ou a totalidade de seu
eventual investimento. Adicionalmente, o investimento em cotas de fundos de investimento imobiliário não é adequado
a investidores que necessitem de liquidez imediata, tendo em vista que as cotas de fundos de investimento imobiliário
encontram pouca liquidez no mercado brasileiro, a despeito da possibilidade de terem suas cotas negociadas em bolsa.
Além disso, os fundos de investimento imobiliário têm a forma de condomínio fechado, ou seja, não admitem a possibilidade
de resgate de suas cotas, sendo que os seus cotistas podem ter dificuldades em realizar a venda de suas cotas no mercado
secundário. Adicionalmente, é vedada a subscrição de Novas Cotas por clubes de investimento, nos termos dos artigos
26 e 27 da Instrução CVM nº 494/11. O investimento em cotas de um fundo de investimento imobiliário representa um
investimento de risco, que sujeita os investidores a perdas patrimoniais e a riscos, dentre outros, àqueles relacionados
com a liquidez das Cotas, à volatilidade do mercado de capitais e aos ativos imobiliários integrantes da carteira do Fundo.
Os Investidores da Oferta devem ler cuidadosamente a seção “Fatores de Risco”, do Prospecto, para avaliação dos riscos a que
o Fundo está exposto, bem como aqueles relacionados à Emissão, à Oferta e as Cotas, os quais que devem ser considerados
para o investimento nas Cotas, bem como o Regulamento, antes da tomada de decisão de investimento. A OFERTA NÃO É
DESTINADA A INVESTIDORES DA OFERTA QUE BUSQUEM RETORNO DE CURTO PRAZO E/OU NECESSITEM DE LIQUIDEZ EM
SEUS INVESTIMENTOS.
Suspensão, Modificação, Caso a Oferta seja modificada, nos termos dos artigos 25 a 27 da Instrução CVM nº 400/03, (a) a modificação deverá ser divulgada
Revogação ou Cancelamento imediatamente através de meios ao menos iguais aos utilizados para a divulgação da Oferta; (b) o Coordenador Líder deverá se
da Oferta acautelar e se certificar, no momento do recebimento das aceitações da Oferta, de que o Investidor da Oferta está ciente de que a
Oferta foi alterada e de que tem conhecimento das novas condições; (c) os Investidores da Oferta que já tiverem aderido à Oferta
deverão ser comunicados diretamente, por correio eletrônico, correspondência física ou qualquer outra forma de comunicação
passível de comprovação, a respeito da modificação efetuada, para que confirmem, até as 16 horas do 5º (quinto) Dia Útil
subsequente à data em que foi comunicado por escrito sobre a modificação da Oferta, o interesse em revogar sua aceitação à Oferta,
presumindo-se, na falta da manifestação, o interesse do Investidor da Oferta em não revogar sua aceitação. Se o Investidor da Oferta
que revogar sua aceitação já tiver efetuado o pagamento do Preço de Emissão, referido Preço de Emissão, acrescido da Taxa de
Distribuição Primária, será devolvido sem juros ou correção monetária, sem reembolso de custos incorridos e com dedução dos valores
relativos aos tributos e encargos incidentes, se existentes, no prazo de 5 (cinco) Dias Úteis contados da data da respectiva revogação.

Caso (a) seja verificada divergência entre as informações constantes do Prospecto Preliminar e do Prospecto Definitivo que altere
substancialmente o risco assumido pelo Investidor da Oferta ou a sua decisão de investimento; ou (b) a Oferta seja suspensa, nos
termos dos artigos 19 e 20 da Instrução CVM nº 400/03; o Investidor da Oferta que já tiver aderido à Oferta deverá ser comunicado
diretamente, por correio eletrônico, correspondência física ou qualquer outra forma de comunicação passível de comprovação, a
respeito e poderá revogar sua aceitação à Oferta, devendo, para tanto, informar sua decisão ao Coordenador Líder (i) até as 16 horas do
5º (quinto) Dia Útil subsequente à data da comunicação por escrito pelo Coordenador Líder sobre a modificação efetuada, no caso da
alínea (a) acima; e (ii) até as 16 horas do 5º (quinto) Dia Útil subsequente à data em que foi comunicado por escrito sobre a suspensão
da Oferta, no caso da alínea (b) acima, presumindo-se, na falta da manifestação, o interesse do investidor em não revogar sua aceitação.
Em ambas situações, se o Investidor da Oferta que revogar sua aceitação já tiver efetuado o pagamento do Preço de Emissão, referido
Preço de Emissão, acrescido da Taxa de Distribuição Primária, será devolvido sem juros ou correção monetária, sem reembolso de
custos incorridos e com dedução dos valores relativos aos tributos e encargos incidentes, se existentes, no prazo de 5 (cinco) Dias Úteis
contados da data da respectiva revogação.

Caso (a) a Oferta seja cancelada, nos termos dos artigos 19 e 20 da Instrução CVM nº 400/03; (b) a Oferta seja revogada, nos termos
dos artigos 25 a 27 da Instrução CVM nº 400/03; ou (c) o Contrato de Distribuição seja resilido, observado o previsto no artigo 22, artigo
25 e seguintes da Instrução CVM nº 400/03, todos os atos de aceitação serão cancelados e o Coordenador Líder e o Administrador
comunicarão tal evento aos Investidores da Oferta, que poderá ocorrer, inclusive, mediante publicação de aviso. Se o Investidor já tiver
efetuado o pagamento do Preço de Emissão, referido Preço de Emissão, acrescido da Taxa de Distribuição Primária, será devolvido
sem juros ou correção monetária, sem reembolso de custos incorridos e com dedução dos valores relativos aos tributos e encargos
incidentes, se existentes, no prazo de 5 (cinco) Dias Úteis contados da data da comunicação do cancelamento, da resilição do Contrato
de Distribuição ou da revogação da Oferta.
Demais Características da As demais características da Emissão, da Oferta e das Cotas encontram-se descritas no Prospecto Preliminar.
Emissão e da Oferta

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

11
9. Formador de Mercado
O Administrador contratou o Formador de Mercado para exercer a atividade de formador de mercado (market maker) para as Novas Cotas, nos termos da Instrução
CVM nº 472/08 (“Formador de Mercado”). O Formador de Mercado atuará conforme regulamentação da Instrução CVM nº 472/08, da Instrução CVM nº 384,
de 17 de março de 2003, conforme alterada, do Ofício Circular 004/2012 da B3 - Regulamento para Credenciamento do Formador de Mercado nos Mercados Administrados
pela B3, bem como das demais regras, regulamentos e procedimentos pertinentes. A contratação do Formador de Mercado para a prestação dos serviços de formação de
mercado das Novas Cotas observará a legislação aplicável. Para mais informações acerca do Formador de Mercado, veja a seção “Informações Relativas à Emissão, à Oferta
e às Novas Cotas”, do Prospecto Preliminar.

10. Cronograma Estimado das Etapas da Oferta


Encontra-se abaixo o cronograma estimado para as principais etapas da Oferta:

# Eventos Data(1)(2)

1 • Protocolo de pedido de registro da Oferta junto à CVM e à B3 19/02/2019

• Divulgação deste Aviso ao Mercado


2 • Disponibilização do Prospecto Preliminar 12/04/2019

3 • Início das Apresentações para Potenciais Investidores (roadshow) 12/04/2019

4 • Início do Período de Reserva 22/04/2019


• Encerramento das Apresentações para Potenciais
5 • Investidores Encerramento do Período de Reserva 06/05/2019

6 • Procedimento de Alocação 07/05/2019

7 • Concessão do registro da Oferta pela CVM 15/05/2019

• Divulgação do Anúncio de Início


8 • Disponibilização do Prospecto Definitivo 16/05/2019

9 • Data de Liquidação 17/05/2019

10 • Data estimada para a divulgação do Anúncio de Encerramento 20/05/2019


As datas previstas para os eventos futuros são meramente indicativas e estão sujeitas a alterações, atrasos e antecipações sem aviso prévio, a critério do Administrador, do Gestor
(1)

e do Coordenador Líder. Qualquer modificação no cronograma da distribuição deverá ser comunicada à CVM e poderá ser analisada como modificação da Oferta, seguindo o disposto nos
artigos 25 e 27 da Instrução CVM nº 400/03.

Caso ocorram alterações das circunstâncias, suspensão, prorrogação, revogação ou modificação da Oferta, tal cronograma poderá ser alterado. Para informações sobre manifestação
(2)

de aceitação à Oferta, manifestação de revogação da aceitação à Oferta, modificação da Oferta, suspensão da Oferta e cancelamento ou revogação da Oferta, e sobre os prazos, termos,
condições e forma para devolução e reembolso dos valores dados em contrapartida às Novas Cotas, veja a seção “Informações Relativas à Emissão, à Oferta e às Novas Cotas - Características
das Novas Cotas, da Emissão e da Oferta - Suspensão, Modificação, Revogação ou Cancelamento da Oferta” do Prospecto Preliminar.

Quaisquer comunicados ao mercado relativos a tais eventos relacionados à Oferta serão informados por meio da disponibilização de documentos na rede mundial de
computadores, nas páginas: (a) do Administrador; (b) do Coordenador Líder; (c) da B3; (d) da CVM; e (e) do Fundos.Net, administrado pela B3.

O Coordenador Líder realizará apresentações aos investidores (roadshow), no Brasil, a partir da data de divulgação deste Aviso ao Mercado e da disponibilização do
Prospecto Preliminar.

11. Divulgação de Avisos e Anúncios da Oferta


Este Aviso ao Mercado foi divulgado nas seguintes páginas da rede mundial de computadores do Administrador, do Coordenador Líder, da CVM, e da B3, nos termos dos
artigos 53 e 54-A, ambos da Instrução CVM nº 400/03. O Anúncio de Início, o Anúncio de Encerramento, eventuais anúncios de retificação, bem como todo e qualquer aviso
ou comunicado relativo à Oferta serão disponibilizados, até o encerramento da Oferta, nas páginas na rede mundial de computadores do Administrador, do Coordenador
Líder, da B3 e da CVM, nos seguintes websites: (i) Administrador: https://www.brltrust.com.br/pt/administracao-de-fundos/fii/fii-vinci/informacoes-fii-vinci
(neste website, acessar o Aviso ao Mercado, Anúncio de Início, o Anúncio de Encerramento); (ii) Coordenador Líder: www.xpi.com.br (neste website clicar em
“Investimentos”, depois clicar em “Oferta Pública”, em seguida clicar em “Vinci Logística FII - Oferta Pública de Distribuição Primária de Cotas da 2ª Emissão do Vinci Logística
Fundo de Investimento Imobiliário – FII” e, então, clicar em “Aviso ao Mercado”, “Anúncio de Início” ou “Anúncio de Encerramento”); (iii) CVM: http://www.cvm.gov.br (neste
website acessar “Central de Sistemas”, clicar em “Ofertas Públicas”, clicar em “Ofertas de Distribuição”, em seguida em “Ofertas Registradas ou Dispensadas”, selecionar “2019
- Entrar”, acessar em “R$” em “Quotas de Fundo Imobiliário”, clicar em “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, e, então, localizar o “Aviso ao Mercado”, “Anúncio
de Início”, “Anúncio de Encerramento”); (iv) B3: www.b3.com.br (neste website e clicar em ”Home”, depois clicar em “Produtos e Serviços”, depois clicar “Solução para
Emissores”, depois clicar em “Ofertas Públicas”, depois clicar em “Oferta em Andamento”, depois clicar em “Fundos”, e depois selecionar “Vinci Logística Fundo de Investimento
Imobiliário - FII” e, então, localizar o localizar o “Aviso ao Mercado”, “Anúncio de Início” ou “Anúncio de Encerramento”); e (v) Fundos.NET: http://www.cvm.gov.br
(neste website acessar “Informações Sobre Regulados”, clicar em “Fundos de Investimento”, clicar em “Consulta a Informações de Fundos”, em seguida em “Fundos de
Investimento Registrados”, buscar por “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, acessar “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”,
clicar em “Fundos.NET”, e, então, localizar o “Aviso ao Mercado”, o “Anúncio de Início” ou o “Anúncio de Encerramento”).

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

12
12. Prospecto Preliminar
O Prospecto Preliminar está disponível nas seguintes páginas da Internet: (i) Administrador: http://www.brltrust.com.br/pt/administracao-de-fundos/fii/fii-vinci/
informacoes-fii-vinci (neste website, acessar o Prospecto Preliminar da Oferta); (ii) Coordenador Líder: www.xpi.com.br (neste website clicar em “Investimentos”, depois
clicar em “Oferta Pública”, em seguida clicar em “Vinci Logística FII - Oferta Pública de Distribuição Primária de Cotas da 2ª Emissão do Vinci Logística Fundo de Investimento
Imobiliário - FII”, então, clicar em “Prospecto Preliminar”); (iii) CVM: http://www.cvm.gov.br (neste website acessar “Central de Sistemas”, clicar em “Ofertas Públicas”, clicar
em “Ofertas de Distribuição”, em seguida em “Ofertas Registradas ou Dispensadas”, selecionar “2019 - Entrar”, acessar em “R$” em “Quotas de Fundo Imobiliário”, clicar em
“Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, e, então, localizar o “Prospecto Preliminar”); (iv) B3: www.b3.com.br (neste website e clicar em ”Home”, depois clicar
em “Produtos e Serviços”, depois clicar “Solução para Emissores”, depois clicar em “Ofertas Públicas”, depois clicar em “Oferta em Andamento”, depois clicar em “Fundos”, e
depois selecionar “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII” e, então, localizar o Prospecto Preliminar); e (v) FUNDOS.NET: http://www.cvm.gov.br
(neste website acessar “Informações Sobre Regulados”, clicar em “Fundos de Investimento”, clicar em “Consulta a Informações de Fundos”, em seguida em “Fundos de
Investimento Registrados”, buscar por “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, acessar “Vinci Logística Fundo de Investimento Imobiliário - FII”, clicar em
“Fundos.NET”, e, então, localizar o “Prospecto Preliminar”).

13. Informações Complementares


Este Aviso ao Mercado apresenta um sumário das principais características do Fundo, das Novas Cotas, da Emissão e da Oferta. Para informações mais detalhadas a respeito
do Fundo, das Novas Cotas, da Emissão e da Oferta, o Investidor da Oferta deve consultar o Prospecto Preliminar, disponível nos endereços indicados no item 12 acima,
bem como o Regulamento.

O Prospecto Preliminar contém informações adicionais e complementares a este Aviso ao Mercado, que possibilitam aos Investidores da Oferta uma análise detalhada dos
termos e condições da Oferta e dos riscos a ela inerentes.

O Administrador, o Gestor e o Coordenador Líder alertam os Investidores da Oferta que estes deverão basear suas decisões de investimento única e exclusivamente nas
informações constantes dos Prospectos.

A Oferta e, consequentemente, as informações constantes do Prospecto Preliminar, encontram-se em análise pela CVM e, por este motivo, estão sujeitas à complementação
ou retificação. O Prospecto Definitivo será colocado à disposição dos investidores nos locais referidos acima, a partir da data de divulgação do Anúncio de Início, o que
dependerá da concessão do registro da Oferta pela CVM. Quando divulgado, o Prospecto Definitivo deverá ser utilizado como sua fonte principal de consulta para
aceitação da Oferta, prevalecendo as informações nele constantes sobre quaisquer outras.

O pedido de análise da Oferta foi requerido junto à CVM em 19 de fevereiro de 2019, estando a Oferta sujeita à análise e aprovação da CVM. A Oferta será registrada em
conformidade com os procedimentos previstos na Instrução CVM nº 400/03, a Instrução CVM 472/08 e demais disposições legais e regulamentares aplicáveis.

O investimento no Fundo sujeita o Investidor da Oferta a riscos, conforme descritos na seção “Fatores de Risco” do Prospecto Preliminar. É recomendada a leitura cuidadosa,
pelos Investidores da Oferta, do Prospecto Preliminar, do Regulamento, bem como dos termos e condições estipulados no Pedido de Reserva da Oferta pelos Investidores
Não Institucionais, ao aplicar seus recursos.

As aplicações realizadas no Fundo não contam com garantia (i) do Administrador, do Gestor, das Instituições Participantes da Oferta ou de suas respectivas partes
relacionadas; (ii) de qualquer mecanismo de seguro; ou (iii) do Fundo Garantidor de Créditos - FGC.

Não haverá classificação de risco para as Novas Cotas.

LEIA ATENTAMENTE O REGULAMENTO E O PROSPECTO PRELIMINAR ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO.

AS INFORMAÇÕES CONSTANTES DO PROSPECTO PRELIMINAR SERÃO OBJETO DE ANÁLISE POR PARTE DA CVM E ESTÃO SUJEITAS À COMPLEMENTAÇÃO
OU CORREÇÃO.

O REGISTRO DA OFERTA NÃO IMPLICA, POR PARTE DA CVM, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS, OU JULGAMENTO SOBRE A
QUALIDADE DO FUNDO, DE SEU ADMINISTRADOR, DE SEU GESTOR, DE SUA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS, DOS ATIVOS IMOBILIÁRIOS QUE CONSTITUÍREM
SEU OBJETO OU, AINDA, DAS NOVAS COTAS A SEREM DISTRIBUÍDAS.

São Paulo, 12 de abril de 2019

COORDENADOR LÍDER

GESTOR ADMINISTRADOR

VINCI LOGÍSTICA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII • AVISO AO MERCADO

13