Anda di halaman 1dari 9

Números Inteiros e Números Racionais

Números Racionais e Exercı́cios

7◦ ano E.F.

Professores Cleber Assis e Tiago Miranda


Números Inteiros e Números Racionais 3 1 1
irmãos. Por exemplo,
e são irmãos, pois são filhos de ;
Números Racionais e Exercı́cios 2 3 2
1
3 1 1
de fato, = + 1 e = 2 .
2 2 3 1
1 Exercı́cios Introdutórios +1
2
Exercı́cio 1. No quadro abaixo, determine quais números
são racionais. 5
a) Encontre um irmão de .
7

23 5, 345 2 b) Um número pode ser filho de dois números positivos
1 diferentes? Por quê?
2, 313131 . . . 0, 01001000100001 . . .
3
2 √
4 1
0, 444 . . . − 5 c) Mostre que é descendente de 1, isto é, ele é filho de
7 2015
349 √
3
um filho de um filho... de um filho de 1.
−0, 111 . . . − 27
12
√ Exercı́cio 9. Qual o valor numérico da expressão
89, 1011121314 . . . π 0, 04
√ 1   −2 4
Exercı́cio 2. Quais das seguintes afirmações são verdadei- − 3 −8 + 16− 4 − − 12 + 8− 3 ?
ras?

40 Exercı́cio 10. Responda o que se pede.


a) N ⊂ Q. e) ∈ Q − Z.
8
b) Z ⊂ Q. 40
√ a) O número é racional?
f) 3
27 ∈ Q − Z. 6
c) 1 ∈ Q − Z.

d) r ∈ Q ⇒ −r ∈ Q. g) 0, 04 ∈ Q − Z. b) Entre quais inteiros ele se localiza na reta numérica?

Exercı́cio 3. Represente em uma reta orientada os seguintes Exercı́cio 11. Responda o que se pede.
números:
19
9 14 30 a) O número − é racional?
3, 5 − 0 5, 2 − 4
4 7 7
Exercı́cio 4. Um digitador produz 200 folhas de um livro b) Entre quais inteiros ele se localiza na reta numérica?
em 3 dias, trabalhando 4 horas por dia; um outro digitador
faz o mesmo trabalho em 4 dias, trabalhando 5 horas por dia.
Em quanto tempo, os dois juntos, trabalhando 6 horas por Exercı́cio 12. Use os sinas de < e > para comparar, em
dia, produzirão 400 folhas do mesmo livro? cada um dos itens abaixo, as frações.

Exercı́cio 5. Uma torneira sozinha enche um tanque em


20 8
duas horas e outra torneira (sozinha) enche o mesmo tanque a) .
em três horas. Em quanto tempo as duas torneiras juntas 6 3
encherão esse tanque?
8 29
Exercı́cio 6. Encontre a fração geratriz de: b) .
11 40
a) 0, 555 . . .. c) 4, 2.
7 15
b) 0, 232323 . . . d) −0, 111 . . .. c) − − .
15 31
Exercı́cio 7. Uma barra de chocolate é dividida entre Nelly,
2 32 65
Penha e Sônia. Sabendo que Nelly ganha da barra, Penha d) − − .
5 9 19
1
ganha e Sônia ganha 70 gramas. Qual o peso, em gramas,
4 Exercı́cio 13. Um robô começou um estudo no solo de
da barra? marte e conseguiu perfurar até 8, 5 metros. Depois de re-
Exercı́cio 8. Para qualquer número positivo x, dizemos que colher algum material subiu 4, 9 metros para uma análise do
x terreno. Em qual distância ele se encontra da superfı́cie?
os números x + 1 e são filhos de x e que os dois são
x+1

http://matematica.obmep.org.br/ 1 matematica@obmep.org.br
2 Exercı́cios de Fixação Exercı́cio 24. Obtenha as geratrizes das seguintes dı́zimas
periódicas:
Exercı́cio 14. Escreva três racionais que estejam entre os
números: a) 4, 7222 . . ..

a) 1 e 3 b) 1, 8999 . . ..

b) −1 e −2. c) 1, 2010101 . . ..

c) −5, 56 e −5, 6. Exercı́cio 25. Qual o valor da expressão


s 
Exercı́cio 15. O metrô da cidade de Sacletiba foi ampliado
 
2 2 1 1 6
em 2, 7 km e passou a ter 17, 4 km. Quantos quilômetros o 5· · + − : ?
3 9 4 3 5
metrô possuı́a antes da ampliação?
Exercı́cio 16. O computador de Luı́za quebrou e ela teve
que ir uma LAN House para digitar um trabalho da escola. 3 Exercı́cios de Aprofundamento e de
Após 4 horas e 30 minutos ela o terminou e pagou R$ 7, 65. Exames
Quanto ela pagou por hora?
M×A×T×E×M
Exercı́cio 17. Há muitos anos atrás, uma empresa de pi- Exercı́cio 26. Na expressão , letras di-
A×T×I×C×A
colés fez o anúncio ferentes representam dı́gitos diferentes e letras iguais repre-
“Na troca de 10 palitos de picolés, sentam dı́gitos iguais. Qual é o maior valor possı́vel desta
ganhe um picolé no palito.” expressão?
a) 38 b) 96 c) 108 d) 576 e) 648
Que fração representa o valor de picolé sem o palito em
Exercı́cio 27. Uma máquina A pode realizar um trabalho
relação ao valor de palito?
em 3 horas. Uma máquina B pode realizar o mesmo traba-
Exercı́cio 18. Qual o valor de lho em 6 horas. Se trabalharem juntas, as máquinas A e B
298 + 450 − 834 demorarão quanto tempo para executar o trabalho?
? Exercı́cio 28. Ana começou a descer uma escada no mesmo
299 − 3220 + 2101
instante em que Beatriz começou a subi-la. Ana tinha descido
Exercı́cio 19. Qual o valor de 0, 12 + 0, 22 ? 3
da escada quando cruzou com Beatriz. No momento em
Exercı́cio 20. Escreva o perı́odo dos decimais periódicos: 4
que Ana terminar de descer, que fração da escada Beatriz
a) 0, 789789789 . . .. ainda terá que subir?
b) 12, 4888 . . .. Exercı́cio 29. Calcule o valor das expressões:

c) −4598, 252525 . . .. a) (0, 01)3 . 1


d) · (0, 3)2 .
3
Exercı́cio 21. Encontre a fração geratriz de: 1
b) 100 · . e) 200 · (0, 04)4 .
a) 0, 333 . . .. 52
 3
5
b) 0, 121212 . . . c) 80 · .
2
c) 6, 5.
Exercı́cio 30. Escreva como um única potência:
d) −0, 666 . . ..
2
24 · 26 c) (−32)3 .
1 2 a) .
 
1
3 − + 37 · 33
2 4 105 · 10−3 · 10
Exercı́cio 22. Simplificando a expressão  , ob- d) .
1 2 10−7 · 104

3
3 − − 46 · 82
3 2 b) . e) 83 : 2−5 .
temos: 163

6 7 6 7 5 Exercı́cio 31. Qual é o primeiro dı́gito não nulo após a


a) − . b) − . c) . d) . e) − . 1
7 6 7 6 7 vı́rgula na representação decimal da fração 12 ?
5
Exercı́cio 23. Qual o valor da expressão
a) 1 b) 2 c) 4 d) 5 e) 7.
2
2

Exercı́cio 32. Sabe-se que do conteúdo de uma garrafa
  9
 1  6
1 : 1 +
 
? enchem de um copo. Para encher 15 copos iguais a esse,
!2  5
1
 

1+
 quantas garrafas deverão ser usadas?
(1 + 1)2 a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6.

http://matematica.obmep.org.br/ 2 matematica@obmep.org.br
Exercı́cio 33. Simplifique a seguinte fração:

1 · 2 · 3 + 2 · 4 · 6 + 4 · 8 · 12 + 7 · 14 · 21
.
1 · 3 · 5 + 2 · 6 · 10 + 4 · 12 · 20 + 7 · 21 · 35
Exercı́cio 34. A sequência Fn de Farey é uma sequência de
a
conjuntos formados pelas frações irredutı́veis com 0 ≤ a ≤
b
b ≤ n arranjados em ordem crescente. Exibimos abaixo os
quatro primeiros termos da sequência de Farey.

F1 = {0/1, 1/1}

F2 = {0/1, 1/2, 1/1}

F3 = {0/1, 1/3, 1/2, 2/3, 1/1}

F4 = {0/1, 1/4, 1/3, 1/2, 2/3, 3/4, 1/1}

Qual deve ser o conjunto F5 ?


a
Exercı́cio 35. É possı́vel mostrar que se duas frações e
b
c
são vizinhas na sequência de Farey Fn (veja o exercı́cio
d
anterior) então ad − bc = ±1. Sabendo disso, você consegue
a
determinar que fração está imediatamente à esquerda de
b
5
em F7 sem calcular todos os seus elementos?
7
Exercı́cio 36. Qual o valor da expressão
s s 
 3  0
1 2 1
 · (0, 666 . . .) + − ?
6 3 (1, 333 . . .)

Exercı́cio 37. Resolva as expressões


s s   −2
  −3 0
1 2 2 1
a)  · + − 4 .
6 3 3 3
√ √
b) 1, 777 . . . + 0, 444 . . . − (0, 555 . . . )−1
Exercı́cio 38. Qual o menor inteiro positivo n tal que as 73
frações
19 20 21 91
, , ,...,
n + 21 n + 22 n + 23 n + 93
sejam todas irredutı́veis?
Exercı́cio 39. A professora Luı́sa observou que o número
de meninas de sua turma dividido pelo número de meninos
dessa mesma turma é 0, 48. Qual é o menor número possı́vel
de alunos dessa turma?

a) 24 b) 37 c) 40 d) 45 e) 48

Elaborado por Cleber Assis e Tiago Miranda


Produzido por Arquimedes Curso de Ensino
contato@cursoarquimedes.com

http://matematica.obmep.org.br/ 3 matematica@obmep.org.br
Respostas e Soluções. 5. Vazão é a razão entre o volume (V) de água despejado e
o tempo (t) para despejá-lo. Observe que a primeira torneira
1. Números racionais são aqueles que podem ser expressos V V
por uma fração com numerador e denominador inteiros, tem vazão , já a segunda tem . Queremos saber qual
2 3
sendo este último não nulo. Assim, podemos completar o V
a vazão de uma toneira equivalente (de vazão ) às duas
quadro da seguinte forma: t
trabalhando juntas. Isso é equivalente a resolver a equação

23 ∈ Q 5, 345 ∈ Q /Q
2∈ V V V
+ =
1 2 3 t
2, 313131 . . . ∈ Q ∈Q /Q
0, 01001000100001 . . . ∈ 1 1 1
3 + =
2 √ 2 3 t
0, 444 . . . ∈ Q − ∈Q 4
/Q
5∈
7 1
349 √ t= 5
−0, 111 . . . ∈ Q − ∈Q 3
27 ∈ Q
12 6
√ 6
/Q
89, 1011121314 . . . ∈ /Q
π∈ 0, 04 ∈ Q t=
5
t = 1 hora e 12 minutos.
2. Já sabemos que valem as inclusões N ⊂ Z ⊂ Q ⊂ R.
Assim: 6.

a) N ⊂ Q.Verdadeira! a)
= 0, 555 . . .
x
b) Z ⊂ Q.Verdadeira!
10x = 5, 555 . . . ⇒
c) 1 ∈ Q − Z.Falsa, pois Q − Z é o conjunto das frações não 9x = 5
inteiras. 5
Logo, x = .
d) r ∈ Q ⇒ −r ∈ Q. Verdadeira! 9
b)
40
e) ∈ Q − Z. Falsa, pois Q − Z é o conjunto das frações
8 x = 0, 232323 . . .
não inteiras e 408 = 5. 100x = 23, 232323 . . . ⇒
√ 99x = 23
f) 3 27 ∈ Q − Z.√ Falsa, pois Q − Z é o conjunto das frações
não inteiras e 3 27 = 3. 23
Logo, x = .
√ 99
g) 0, 04 ∈ Q − Z. Verdadeira, pois r Q − Z é o conjunto das c)
√ 4 2 1
frações não inteiras e 0, 04 = = = . x = 4, 222 . . .
100 10 5
10x = 42, 222 . . . ⇒
3. Uma representação seria:
9x = 38
38
Logo, x = .
9
d)
x = −0, 111 . . .
4. O primeiro digitador produz 200 folhas em 3 × 4 = 12 10x = −1, 111 . . . ⇒
horas de trabalho. Portanto, a sua produção em uma hora 9x = −1
200
será igual a folhas. O segundo digitador produz 200 1
12 Logo, x = − .
folhas em 4 × 5 = 20 horas. Portanto, a sua produção em 9
200 7. (Adaptado do da OBM)
uma hora será igual a folhas. Os dois juntos produzirão
20 Veja que Nelly e Penha pegam juntas
200 200 80
em uma hora a soma + = folhas e para produzir 2 1 8 5 13
12 20 3 + = + =
400 folhas serão gastas 5 4 20 20 20
400 3 7
= 400 × = 15 horas. da barra. Portanto, os 70 gramas de Sônia representam
80 80 20
3 da barra. Dessa forma, o peso da barra será
Por fim, se eles trabalharão 6 horas por dia, então serão 2 20
· 70 = 200 gramas.
dias e 3 horas 7

http://matematica.obmep.org.br/ 4 matematica@obmep.org.br
8. (Adaptado do Banco de Questões da OBMEP − 2012) 7 217 15 225 7 15
c) − =− e =− , logo − >− .
Do enunciado, garantimos que as frações envolvidas no pro- 15 465 31 465 15 31
blema devem ser positivas. 32 608 65 585 32 65
d) − =− e =− , logo − <− .
5 9 171 19 171 9 19
a) Suponhamos que seja filho de um número positivo
7 13. Ele desceu 8, 5 metros, portanto está a −8, 5 metros da
5 5 x
x. Então, = x + 1 ou = . A primeira equação superfı́cie, e depois subiu 4, 9 metros ficando a −8, 5 + 4, 9 =
7 7 x+1 −3, 6 metros da superfı́cie.
2
resulta em x = − , que não convém, já da segunda temos
7 14. É importante destacar que o conjunto dos racionais
7
x= . é denso nos números reais, ou seja, em qualquer intervalo
2
aberto existem infinitos outros racionais.
b) Suponhamos que seja possı́vel que x seja filho de y e z.
Sendo assim, teremos a) Três exemplos: 1, 3, 2 e 2, 567.

i) x + 1 = z + 1, o que implica x = z. b) Três exemplos: −1, 1, −1, 24 e −1, 789.


1 x z 1 c) Três exemplos: −5, 57, −5, 5898 e −5, 5986789.
ii) 1 − = = = 1− , o que im-
1+x x+1 z+1 1+z
plica x = z. 15. Basta efetuarmos a operação inversa, ou seja,
z 17, 4 − 2, 7 = 14, 7 km.
iii) x + 1 = , o que implica x (z + 1) = −1, sem
z+1 16. Primeiro, precisamos perceber que 4 horas e 30 minutos
solução nos inteiros positivos. são equivalentes a 4, 5 horas. Agora, basta efetuarmos a
x divisão de 7, 65 por 4, 5 horas, o que resulta em
iv) z + 1 = , o que implica z( x + 1) = −1, sem
x+1
solução nos inteiros positivos. 765
7, 65 765 10 17
1 = 100 = · = = 1, 7.
c) Como sugestão, analise o que aconteceu com o sendo 4, 5 45 100 45 10
2
1 1 10
pai de e complete o raciocı́nio calculando de é filho
3 4 O valor pago por hora foi de um real e setenta centavos.
1 1 1
de . Vamos provar que é filho de . 1
3 n+1 n 17. O valor será . Ela trocava 10 palitos por 1 picolé com
1 9
Para x = teremos que palito, então se subtrair um palito que foi deixado em relação
n
1
1 ao que está sendo levado ficamos com 9. Esse é referente a
9
x n 1 do valor do picolé sem o palito.
= = .
x+1 1 n+1
+1 18.
n
1 1 1
Sendo assim, é filho de , neto de , bisneto 298 + 450 − 834
2015 2014 2013 =
1 299 − 3220 + 2101
de , ...
2012 298 + 2100 − 2102
=
23 299 − 2100 + 2101
9. − . 298 1 + 22 − 24

16 =
299 (1 − 21 + 22 )
40
10. Observe que é uma fração de inteiros e o denomi- −11
6 =
nador é diferente do zero, portante é um número racional, e 2·3
está localizado entre o 6 e o 7 (não no ponto médio). 11
− .
6
19
11. Observe que − é uma fração de inteiros, portanto é 19. Observe que
4
um número racional, equivalente a −4, 75 e está localizado
1 2
   2
entre o −5 e o −4 (não no ponto médio). 2 2 2
0, 1 + 0, 2 = +
10 10
12. Em cada item, basta construirmos frações equivalentes e 1 4
de mesmo denominador. = +
100 100
20 3 60 8 6 24 20 8 5
a) · = e · = , logo > . =
6 3 18 3 6 18 6 3 100
8 40 320 29 11 319 8 29 1
b) · = e · = , logo > . = .
11 40 440 40 11 440 11 40 20

http://matematica.obmep.org.br/ 5 matematica@obmep.org.br
20. 23.
 2
a) 789.
 
 1 
b) 8. 1 : 1 + =
 
!2 
1
 
1+
 
c) 25. (1 + 1)2
 2
21.  1 
1 : 1 +    =
 
a)
 1 2
1+
4
2
= 0, 333 . . .
x

10x = 3, 333 . . . ⇒  1 
1 : 1 +  2  =
 
9x = 3  5 
3 1 4
Logo, x = = . 16 2
 
9 3
1 : 1+ =
25
b)  2
41
1: =
25
= 0, 121212 . . .
x
625
100x = 12, 121212 . . . ⇒ .
1681
99x = 12
24.
12 4
Logo, x = = .
99 33 a)
c) = x 4, 7222 . . .
10x = 47, 222 . . .
x = 6, 555 . . .
100x = 472, 222 . . . ⇒
10x = 65, 555 . . . ⇒
90x = 425
9x = 59
425 85
59 Logo, x = = .
Logo, x = . 90 18
9
b)
d)
= x 1, 8999 . . .
= −0, 666 . . .
x 10x = 18, 999 . . .
10x = −6, 666 . . . ⇒ 100x = 189, 999 . . . ⇒
9x = −6 90x = 171
6 2 171 19
Logo, x = − =− . Logo, x = = .
9 3 90 10
c)
22.
=x 1, 2010101 . . .
1 2
 
1 3 1
3 − + + 10x = 12, 010101 . . .
2 4 4 4
= 1000x = 1201, 010101 . . . ⇒

1
2
3 3 3
3 − − −
3 2 9 2 990x = 1189
1 1189
= Logo, x = .
−7/6 990
6
= − .
7 25.

http://matematica.obmep.org.br/ 6 matematica@obmep.org.br
29.
s    
2 2 1 1 6 a) 0, 000001.
5· : + − : =
3 9 4 3 5
s b) 4.
  
2 8+9 1 6
5· : − : = 125
3 36 3 5 c) 80 · = 1250.
s 8
  
2 17 1 6 1
5· : − : = d) · 0, 09 = 0, 03.
3 36 3 5 3
s
2

17 − 12 6
 256
5· : : = e) 200 · = 5, 12.
3 36 5 10000
30.
s  
2 5 6
5· : : =  10
3 36 5 2
a) .
s   3
2 5 5
5· : · =
3 36 6 b) 26
r
2 25 c) −245 .
5· : =
3 216
r d) 106 .
2 216
5· · =
3 25 e) 213 .
r
144
5· = 31. (Extraı́do da OBM − 2012)
25
12 1 1 212
5· = = ·
5 512 512 212
12. 212
=
26. (Extraı́do da OBM − 2012) 1012
Como letras iguais representam dı́gitos iguais, temos:
Como 212 = 4096, o primeiro dı́gito não nulo após a vı́rgula
M×A×T×E×M M2
×E é 4. Resposta C.
= .
A×T×I×C×A I×C×A
32. (Extraı́do da OBM)
Para que essa expressão tenha o maior valor, o numerador Serão necessárias
deve ser formado pelos maiores dı́gitos (com M > E) e o
denominador deve ser formado pelos menores. Logo, M = 9, 2
E = 8 e A · I · C = 3 · 2 · 1. Portanto, a expressão resulta em 15 · 9 = 4 garrafas.
5
M2 × E 92 × 8
= 6
I×C×A 6
= 108. 33. (Extraı́do do Clube de Matemática da OBMEP)
O numerador e o denominador são múltiplos de 3, logo a
Resposta: Letra C. fração original é equivalente a
27. Usando o método já apresentado no exercı́cio 5, teremos:
1 · 2 + 2 · 4 · 2 + 4 · 8 · 4 + 7 · 14 · 7
1 1 1 .
+ = 1 · 5 + 2 · 2 · 10 + 4 · 4 · 20 + 7 · 7 · 35
3 6 t
2t t 6 Agora, todos no numerador são múltiplos de 2 e no denomi-
+ = nador de 5, colocando-os em evidência, ficaremos com
6t 6t 6t
3t = 6 2 · (1 + 2 · 2 · 2 + 4 · 4 · 4 + 7 · 7 · 7)
t = 2 horas. .
5 · (1 + 2 · 2 · 2 + 4 · 4 · 4 + 7 · 7 · 7)
28. (Adaptado do da OBM) Simplificando os fatores (1 + 2 · 2 · 2 + 4 · 4 · 4 + 7 · 7 · 7), fica-
Quando Ana andar 3/4 da escada, Beatriz terá andado 1/4 2
da mesma. Isso significa que Ana é três vezes mais rápida remos com .
5
para descer do que Beatriz para subir. Quando Ana andar
mais 1/4 da escada e terminar, Beatriz terá andado mais um 34.
terço disso, que é 1/12. Assim, Beatriz andou 4/12 da escada,
então ainda terá que subir 8/12 = 2/3 dela. F5 = {0/1, 1/5, 1/4, 1/3, 2/5, 1/2, 3/5, 2/3, 3/4, 4/5, 1/1}.

http://matematica.obmep.org.br/ 7 matematica@obmep.org.br
√ √
35. Usando a propriedade dada no enunciado, temos 7a − 1, 777 . . . + 0, 444 . . . − (0, 555 . . . )−1 =
5b = ±1. Veja que 7a deve deixar resto 1 ou 6 na divisão por r r   −1
16 4 5
5. Dentre os valores possı́veis de a no conjunto {0, 1, 2, . . . , 7}, + − =
apenas 2 e 3 satisfazem tal condição. Se a = 2, temos b = 3. 9 9 9
2 5 3 4 2 9
Se a = 3, teremos b = 4. Entretanto, como < < ,a + − =
3 7 4 3 3 5
2 9 1
fração procurada é . 2− = .
3 5 5

36. Veja que


s
 3
s
 3 38. (Extraı́do da Olimpı́ada do Cone Sul)
1 1 6 A fração ba é irredutı́vel se e só se b−a a é irredutı́vel ( se a e b
· (0, 666 . . .) = ·
6 6 9 tem um fator comum, então a e b − a têm um fator comum,
r e reciprocamente). O problema se transforma em achar o
1
= menor valor de n tal que as frações sejam todas irredutı́veis.
62 · 9 a
1 Observe que as frações anteirores possuem a forma
= n+a+2
18 a
e pelo critério anterior bastaria que fosse irredutı́vel.
n+2
Além disso, Tendo isso em mente, se n + 2 é um primo maior que 91,
s todas as frações serão irredutı́veis. Assim, um valor possı́vel
 0
2 1
r
1 de n é 95 pois n + 2 = 97 é um número primo. Verifiquemos
− = 1− que é o menor possı́vel.
3 1, 333 . . . 12/9
i) Se n + 2 < 97 e n + 2 é par, então n é par e há frações
r
9
= 1− redutı́veis como, por exemplo, n20
12 +2 .
r
3 ii) Se 19 ≤ n + 2 ≤ 91, obviamente há uma fração redutı́vel.
=
12
1 iii) Se n + 2 < 19, então n + 2 tem um múltiplo entre 19 e
= 91 e, portanto, há uma fração redutı́vel.
2
31
Assim, o valor da expressão procurada é: iv) Se n + 2 = 93 = 3.31, então n +2 é redutı́vel.
19
1 1 10 v) Se n + 2 = 95 = 5.19, então n +2 é redutı́vel.
+ =
18 2 18 Logo, o valor mı́nimo de n + 2 é 97, que corresponde a
5 n = 95.
= .
9
39. (Extraı́do da OBMEP − 2012)
37. (Extraı́do da Vı́deo Aula) Seja m o número de meninas e h o número de meninos. Do
Vamos desenvolver as operações observação a sequência dos enunciado concluı́mos que
parênteses e colchetes e ainda das operações
m 48 24 12
= 0, 48 = = = .
a) s v  −2 h 100 50 25
  −3 u  0
1 2 u 2 1
 · +t − 4 = Essa última é a fração equivalente com menores numerador e
6 3 3 3 denominador inteiros. Daı́, podemos concluir que os menores
"r r # −2 números para são h = 12 e m = 25, e para essa situação
2 3 h + m = 37. O que está na letra b.
216 · + 1 − =
3 4
" r # −2
√ 1
144 + =
4
1 −2
 
12 + =
2
  −2
25 4
= .
2 625
Elaborado por Cleber Assis e Tiago Miranda
Produzido por Arquimedes Curso de Ensino
contato@cursoarquimedes.com
b)

http://matematica.obmep.org.br/ 8 matematica@obmep.org.br