Anda di halaman 1dari 1

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS


CONSTRUÇÕES RURAIS E AMBIÊNCIA

GEA132 – Construções e Ambiência para Aves


1
Resumo N° 02
Título: Formas sensíveis e latentes de transferência de calor animal-ambiente
Livro: Baêta, F. C.; Souza, C. F. Ambiência em Edificações Rurais: conforto animal.
Viçosa: UFV, 2ª ed., 2010. 269p.
Capítulo(s): 8 (Formas sensíveis de transferência de calor animal-ambiente), 9 (Formas
latentes de transferência de calor animal-ambiente)
Nome: Mariana de Fátima Ciríaco Turma: 2A

1Existem três formas de troca de calor sensível com o ambiente – condução, convecção e
2radiação. Condução é o processo pelo qual o calor (ou energia cinética) é transferido de uma
3molécula para a outra através do contato entre as mesmas. A condutividade desta energia é
4variável dependendo do material (o ar possui menor condutividade quando comparado com a
5água) bem como a espessura, tamanho e área do corpo em questão. Este conceito pode ser
6aplicado diretamente na produção animal, pois os animais realizam troca de calor com o piso
7das instalações (por exemplo, frangos de corte e vacas leiteiras). No processo de convecção
8há troca de calor através de um fluido (líquido ou gasoso) com uma superfície, onde o fluido ao
9passar pela superfície sólida reduz a sua densidade e aumenta a sua temperatura,
10translocando assim as moléculas aquecidas. Assim como na condução, a convecção depende
11da superfície do corporal do animal e também da velocidade do vento. Uma aplicação da
12convecção na produção de animais é o uso de ventiladores em galpões de aves de corte, pois
13as aves possuem penas que atuam como isolante térmico e que dificultam a convecção livre.
14Radiação assim como a convecção e a condução é uma forma sensível de troca de calor que
15não necessita de uma superfície sólida para acontecer, pois a energia se propaga através de
16ondas eletromagnéticas. O espaço está preenchido por essa energia radiante e o Sol é a
17principal fonte dessa energia. As ondas eletromagnéticas podem ser classificadas em ondas
18curtas (principal tipo de onda emitida pelo Sol) ou ondas longas e a formação dessas ondas se
19dão devido à transformação de parte da energia interna dos corpos em energia radiante.
20Algumas leis regem as trocas de energia por radiação e uma delas é a Lei de Kirchhkof que
21trata sobre a capacidade que os corpos têm de absorver radiação e transmiti-la na mesma
22temperatura e comprimento de onda. Considerando esta lei, podem-se definir os conceitos de
23absortividade – quantidade de energia absorvida por uma superfície – e transmissividade que
24diz respeito a quantidade de energia que passa através de uma superfície. Podem ser
25definidos ainda os conceitos de refletividade, que é a parte da energia radiante que será
26refletida e emissividade que é a razão entre a radiância de um corpo cinza e a radiância de um
27corpo negro nas mesmas condições. Se tratando de troca de calor latente existem duas formas
28possíveis: evaporação e condensação, que são causadas devido a mudanças na quantidade
29de água disponível em um determinado volume de ar (também chamado de pressão de vapor).
30Quando um animal está em situação de estresse as trocas de calor latente são utilizadas, pois
31nesses casos as trocas de calor sensível não possuem efetividade (devido ao desequilíbrio no
32balanço homeotérmico). A velocidade da troca de calor via evaporação no caso de animais é
33dependente da quantidade e o tipo de glândulas sudoríparas (se são apócrinas ou écrinas) e
34também da pressão de vapor existente no ar, pois se o ar estiver perto do seu ponto de
35saturação não haverá evaporação, mas sim condensação do suor perdido inicialmente,
36fazendo com que o animal ganhe calor do ambiente.