Anda di halaman 1dari 2

12/09/2018 SEI/MP - 6687147 - Nota Informativa

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO


Secretaria de Gestão de Pessoas
Departamento de Órgãos Extintos e de Gestão de Folha de Pagamento
Coordenação-Geral de Gestão de Estatutários
Coordenação de Benefícios e Informações Judiciais
Divisão de Demandas Judiciais de Pessoal Militar

Nota Informativa nº 9411/2018-MP

1. Trata-se do Ofício n. 12847/50/2018/PRU-RJ/GRUPO MILITAR (doc. 6650787) por meio do qual a


Procuradoria Regional da União no Rio de Janeiro solicita informações que auxiliem a defesa dos interesses da União,
no âmbito do Processo n. 0126070-97.2017.4.02.5101, ajuizado por ADRIANA PEREIRA DE JESUS. Solicita, ainda,
que as referidas informações sejam enviadas diretamente ao Juízo da 19ª Vara Federal do Rio de Janeiro.
2. Inicialmente, cabe informar que este Órgão, em caso similar, já se manifestou sobre a concessão do
Auxílio Moradia a pensionistas de militares do antigo Distrito Federal, por meio das Notas Técnicas n°s
203/2015/CGEXT/DENOP/SEGEP/MP (doc. 6687000) e 2825/2015-MP (doc. 6687013 ), no sentido de que a Lei nº
10.486/2002 discrimina quais são as parcelas percebidas pelo militar que efetivamente compõem a remuneração ou
provento (artigos 1° e 20) e quais parcelas consistem em vantagens pecuniárias adicionais (artigos 2° e 21).
3. Dessa forma, somente as parcelas arroladas como remuneração ou proventos estariam aptas à compor o
cálculo do benefício. A contrario sensu, as vantagens pecuniárias adicionais, listadas à parte, mesmo que conferidas ao
militar ativo ou inativo, não poderiam ser estendidas às pensionistas, sob pena de contrariedade ao disposto na lei.
Ademais, deve-se atentar ao fato de que o Auxílio Moradia é vantagem de caráter personalíssimo inerente ao serviço
ativo (natureza pro labore faciendo), embora a Lei n° 10.486/2002 tenha contemplado os inativos com o direito à verba.
4. Com relação ao Decreto n° 35.181/2014, cumpre informar que esta Pasta também já firmou entendimento
acerca da impossibilidade de se estender aos Policiais e Bombeiros Militares do Antigo Distrito Federal as vantagens
pecuniárias concedidas aos Militares do Atual Distrito Federal, ancoradas em legislação distrital específica, conforme os
termos das Notas Técnicas n° 1236/2016-MP (doc. 6687039) e 409/2016-MP (doc. 6687047).
5. Adicionalmente, consoante os documentos supra, a concessão ou majoração de vantagens e outros
benefícios previstos aos Policiais Militares do Atual Distrito Federal são suportadas com recursos do Fundo
Constitucional do Distrito Federal, instituído pela Lei n° 10.633/2002, para prestar assistência financeira ao Distrito
Federal. Assim, o reajuste dos valores do Auxílio Moradia, concedido pelo Decreto n° 35.181/2014, não alcançaria os
militares do Antigo Distrito Federal, cujos recursos são provenientes da União.
6. Ante o exposto, s.m.j., este Ministério entende não ser cabível o pagamento de Auxílio Moradia à
beneficiária de pensão, por se tratar de verba de cunho indenizatório, destinada exclusivamente a cobrir despesas
relacionadas ao militar, não podendo, por isso, ser inserida no cálculo do benefício da pensão por não compor os
proventos do militar. Assim, em vista das razões elencadas, esta Pasta conclui que o reajuste do Decreto n° 35.181/2014
é inaplicável aos militares e pensionistas do Antigo Distrito Federal.
7. Por fim, para conhecimento, foram anexados aos presentes autos dados cadastrais (doc. 6687072) e ficha
financeira da pensionista (doc. 6687077), bem como ficha funcional (doc. 6687056), ficha financeira (doc. 6687086) e
dados que comprovam ser a autora da ação em comento a única beneficiária de pensão instituída pelo ex-militar, Senhor
Eliseu Pereira de Jesus (doc. 6687066).

Brasília/DF, 01 de agosto de 2018.

ISABELA NÓBILE DA SILVA DAVI NELSON MARINHO DE CASTILHO


Analista Técnico-Administrativo Chefe de Divisão

De acordo. Submeto à avaliação do Senhor Coordenador-Geral Substituto.

LAICE IVONE MARTINS


Coordenadora-Substituta

Aprovo os termos desta Nota Informativa.

AMADO JOSÉ BUENO NETTO


Coordenador-Geral Substituto

https://seimp.planejamento.gov.br/sei/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=767973… 1/2
12/09/2018 SEI/MP - 6687147 - Nota Informativa
Documento assinado eletronicamente por AMADO JOSÉ BUENO NETTO, Coordenador-Geral Substituto, em
01/08/2018, às 17:37.

Documento assinado eletronicamente por LAICE IVONE MARTINS, Coordenadora Substituta, em 01/08/2018,
às 18:46.

Documento assinado eletronicamente por DAVI NELSON MARINHO DE CASTILHO, Chefe de Divisão, em
02/08/2018, às 10:06.

Documento assinado eletronicamente por ISABELA NÓBILE DA SILVA, Analista Técnico-Administrativo, em


02/08/2018, às 10:49.

A autenticidade do documento pode ser conferida no site [https://seimp.planejamento.gov.br/conferir], informando o


código verificador 6687147 e o código CRC 32187C52.

Processo N° 03154.008321/2018-24 6687147

https://seimp.planejamento.gov.br/sei/controlador.php?acao=documento_imprimir_web&acao_origem=arvore_visualizar&id_documento=767973… 2/2