Anda di halaman 1dari 12

MAGNEOTERAPIA PARA ALIVIO DE TENSÃO MUSCULAR

Maria Celina da Piedade RIBEIRO ¹ ,Ana Luiza Pereira GUIDIS2, Vanderléia Souza de ANDRADE 3
1
Mestre em Estética e Cosmética. maria.ribeiro@unincor.edu.br
2
Graduanda em Estética e Cosmética . analuizatc3@gmail.com
3
Graduanda em Estética e Cosmética .Vanderleia_2015@outlook.com

Resumo
A ciência provou que a saúde resulta do equilíbrio entre a energia interna do organismo e externa do ambiente. O
corpo humano é constituído por partículas positivas e negativas que reagem de acordo com os campos
magnéticos a que está sujeito no dia-a-dia, sendo assim a magnetoterapia, que é baseada nos Campos Magnéticos
imãs sobre o corpo humano, restabelece o equilíbrio do corpo através do próprio campo gravitacional da Terra,
pois a própria Terra é um grande imã . Foi possível verificar a utilização de magnetoterapia no processo de alivio
de tensão muscular, verificar se a magnetoterapia terá resultados nos pontos de dor, executar a aplicabilidade da
magnetoterapia nos locais de tensão muscular ,observar se a magnetoterapia fará sentido a sua aplicação em
protocolos nas áreas de saúde e estética. Tratou -se de uma pesquisa de campo exploratória, de natureza
descritiva, com abordagem quali quantitativa, utilizando o método investigativo, por meio de aplicação de
magnetos, aplicação de questionário estruturado e validado . Foi notório durante a aplicação dos magnetos pode
se observar os seguintes resultados dos 11 participantes que iniciaram a pesquisa nas sessões 8 (73%)
obtiveram redução no nível de dor . Ao final do Projeto foi possível notar que o uso de terapias complementares
como a magnetoterapia vem despertando interesse na comunidade cientifica que busca a compreensão de sua
aplicabilidade no cotidiano dos indivíduos, que com o passar dos dias possuem cada vez mais atividades
elevando os níveis de estresse, ocasionando uma tensão muscular favorecendo o aparecimento de patologias.

Palavras-Chave: Estresse; Magnetoterapia; Tensão Muscular.

Abstract
Science has proven that health results from the balance between the internal energy of the organism and external
energy from the environment. The human body consists of positive and negative particles that react according to
the magnetic fields to which it is subjected in the day-to-day, being thus magnetoterapia, that is based on the
Magnetic Fields imams on the human body, reestablishes the balance of the body through the Earth's own
gravitational field because the Earth itself is a large magnet. It was possible to verify the use of magnetotherapy
in the process of muscle tension relief, to verify if the magnetotherapy will have results in the pain points, to
execute the applicability of the magnetotherapy in the places of muscular tension, to observe if the
magnetotherapy will make sense to its application in protocols in the areas of health and aesthetics. This was an
exploratory field research, of a descriptive nature, with quantitative qualitative approach, using the investigative
method, through the application of magnets, application of a structured and validated questionnaire. It was
evident during the application of the magnets that the results of the 11 participants who started the research in the
sessions 8 (73%) obtained a reduction in the level of pain. At the end of the Project it was possible to note that
the use of complementary therapies such as magnetotherapy has aroused interest in the scientific community that
seeks to understand its applicability in the daily lives of individuals, who, with the passing of days, have more
and more activities increasing the levels of stress, causing a muscular tension favoring the appearance of
pathologies
Keywords: Stress.; Magnetoterapia; Muscle tension.
INTRODUÇÃO está exposto no dia-a-dia. Considerando
Relatos históricos mostram que isso, também a magnetoterapia, é baseada
Cleópatra usava sobre sua fronte ,magnetos nos Campos Magnéticos, imãs
para conservar a beleza. Também há terapêuticos sobre o corpo humano, e
registros de que alguns egípcios usavam possível restabelecer a homeostase do
magnetos diretamente sobre a pele com o corpo através do próprio campo
propósito de manter vigor, saúde e evitar o gravitacional da Terra, pois a própria Terra
envelhecimento. A Magnetoterapia é um é um grande imã (AMARO, 2015).
sistema único de restabelecimento de saúde,
Dentre os benefícios da terapia com
através da aplicação externa de magnetos
magnetos destacam-se: combate das dores
nas áreas afetadas ou nas extremidades do
em geral, aumento da capacidade
corpo. Ela pode ser considerada tanto uma
respiratória, correção da pressão sanguínea,
ciência por suas propriedades ,quanto uma
eliminação do cansaço, alívio da rigidez dos
arte, pois requer habilidades na escolha de
músculos e imunização do corpo contra
seu tamanho e potência para o tratamento
determinadas doenças. Em tratamentos
de distintas enfermidades.(PERDOMO,
estéticos, é usada para amenizar rugas ou
2016).
marcas de expressão. O método utiliza um
Pereira et al. (2011), afirma que no imã terapêutico capaz de conduzir íons que
Brasil os trabalhadores que mais ativam a membrana das células cutâneas,
apresentam doenças relacionadas ao recuperando a sua vitalidade e juventude e
trabalho são os profissionais da área de restaurando ainda, seu tônus e textura (
Tecnologia da Informação, ou seja, é a BRANCO, 2017).
classe profissional mais exposta ao risco de
Para Nunes (2016), a eficácia dessa
saúde tanto físico quanto relacionado ás
terapia está ligada a atuação diretamente na
atividades laborais. Grande parte dessas
caixa craniana, trazendo benefícios físicos e
patologias ocupacionais está relacionado ao
psíquicos. Portanto o objetivo do estudo foi
estresse, a que esse profissional é
verificar a utilização de magnetoterapia no
constantemente submetido.
processo de alívio de tensão muscular.
É cientificamente comprovado que é Justifica-se pelo elevado índice de clientes
a harmonia entre a energia interna e externa que procuram centros de saúde e estética
que gera saúde. O corpo humano é formado com problemas relacionados a uma tensão
por moléculas positivas e negativas que muscular, para que haja alívio nos pontos
reagem conforme campos magnéticos a que de dores excessivas.
REFERENCIAL TEÓRICO de retardo, limita as infecções bacterianas,
Desde a antiguidade é possível paralisa e até elimina células cancerosas,
encontrar noções acerca do magnetismo, ainda atenua o efeito das pústulas e
que a mais de 3500 anos, no antigo Egito, furúnculos, de feridas e tumores cutâneos.
China e Índia, se deu pela descoberta de um Emanam raios de cor azul. O pólo sul, por
imã natural que atraía fragmentos de ferro e sua vez, propaga potência, produz calor e
objetos de metal, a hematita. Filósofos força, diminui a inflamação e alivia a dor
como Platão e Sócrates afirmavam sobe as corporal. Emanam raios de cor amarelo-
10 características dos anéis magnéticos. avermelhado.
Ainda dessa época, há relatos que Cleópatra
Branco (2017), diz que ela é
habitualmente utilizava uma tiara de
dividida de acordo com a maneira que é
magnetos para preservar sua beleza. Na
empregada, sendo a estática o tipo mais
Idade Média, a magnetita tornou-se
rudimentar de magnetoterapia. Constitui-se
conhecida por alquimistas europeus como
em colocar por cima da pele, no local a ser
“pedra imã”, à qual conferiram diversas
tratado, um ou mais magnetos, dependendo
propriedades dentre as quais, que
do n° de gaus e eficaz em dores localizadas,
proporcionava vigor, alívio da dor e saúde,
colocam-se também os magnetos em
além de deter processos de envelhecimento
contraposição, produzindo um campo
(WATANABE, 2010); (MEYER, 2011) e
eletromagnético, em situações de dores
(PERDOMO 2016).
reumáticas ou devido a cansaço, má
Na concepção de Farias (2011), a circulação, entre outros. Na magnetoterapia
magnetoterapia consiste na utilização de de baixa frequência, essa conformação
imãs estáticos que criam campos produz campos magnéticos instáveis e é
magnéticos entre dois polos norte e sul, apropriada para beneficiar a regeneração
sendo de forma contínua ou pulsada. Na dos tecidos. Na magnetoterapia de alta
contínua, existe maior produção de calor e frequência, o campo produzido alcança
corrente elétrica.Na corrente pulsada, a alguns milhões de hertz. Estas frequências
produção de corrente elétrica é minimizada, altas são apropriadas para tratar processos
proporcionando maiores resultados e dolorosos e inflamações.
tornando possível utilizar ainda mais os
Farias (2011), atesta que a utilização
efeitos da corrente magnética.
de imãs estáticos em um campo magnético
Quanto aos pólos, Milani (2017), contínuo, tem a capacidade de alterar
afirma que o polo norte produz mecanismo processos fisiológicos, como liberação de
endorfinas e elevar o fluxo sanguíneo local. a incapacidade funcional temporária
(PRESCOTT, 2016).
Melo et al. (2013), aponta que a
tensão muscular é considerada um mal Situações estressantes aumentam a
resultante da sociedade moderna, a agitada tensão muscular geram reações no sistema
atividade da vida diária e ainda o nervoso simpático, ocasionando a secreção
envolvimento laboral, que originam no de hormônios, como epinefrina e a
cidadão comum, compromissos de norepinefrina, que entram na corrente
crescente complexidade, exigindo atitudes sanguínea modificando as reações
de diagnóstico e tratamento determinantes. bioquímicas e funções orgânicas. Em
virtude disso, elevam a pressão arterial e
A área de Tecnologia da Informação
frequência cardíaca, diminuem a energia
tem por característica um ambiente de
que é mobilizada para os músculos
avanço tecnológico, rápido e exigente, o
,reduzindo o tempo de coagulação do
que por sua vez gera um volume grande de
sangue. Diante destes estímulos o
demanda para os profissionais dessa área.
organismo gera um conjunto de
Existe uma elevada cobrança para a entrega
modificações para se adaptar, porém se
dessas demandas e por outro lado, poucos
permanecerem por longos períodos, podem
profissionais aptos para suprir essa
chegar a exaustão, levando a doenças. Esses
necessidade. Com isso apresenta-se um
problemas trazem como consequência a
ambiente de maior pressão, podendo ser um
dor e o sofrimento para os trabalhadores e
ambiente ameaçador que estressa pessoas
para os empresários, elevados custos com
quando percebem essa atmosfera
contratação de funcionários temporários,
(BENDER e SILVA, 2016).
capacitação, despesas de assistência médica
O estresse profissional nessa área é
e pagamento de seguro (MELO et al.2013).
algo existente e identificado a partir de
A saúde dos colaboradores ainda é a
diversas manifestações que se assemelham
melhor opção tanto para o individuo quanto
ao de qualquer profissão como:
para a empresa. Diante do exposto, os
esgotamento emocional, irritabilidade
empresários devem investir em mecanismos
permanente com todos, insônia e ansiedade,
de alívio de tensão e estresse relacionados
além de sintomas físicos como tensão
ao trabalho , a fim de reduzir custos e
muscular, dor nas costas, falta de ar,
elevando sua produtividade (PRESCOTT,
depressão, distúrbios nervosos, dentre
2016).
outros. Esses sintomas podem ser diferentes
de um indivíduo para o outro, porém levam A magnetoterapia, dispõe de efeitos
de relaxamento na tensão muscular por casos, considerando as alterações que
redução do tônus simpático, vasodilatação, produzem no organismo. Dessa maneira, é
aumento da oxigenação em consequência contraindicada em casos como: câncer,
da vasodilatação e por auxiliar a dissolução hipertireoidismo, miastenia grave,
do oxigênio no plasma, apresenta efeitos hemorragias ativas, infecções fúngicas ou
analgésicos devido sua ação direta nas virais. A aplicação em clientes com
terminações nervosas, gerando um efeito convulsões frequentes, arteriosclerose
duradouro com relaxamento prolongado e grave, pressão baixa, em tratamento com
um alívio da dor (FARIAS, 2011). anticoagulantes ou com transtornos
psiquiátricos graves, exige muito cuidado.
Defensores dessa terapia indicam
E clientes com marcapasso, só devem usar a
ainda um efeito analgésico, resultante da
magnetoterapia após avaliação e liberação
libertação de opióides endógenos, do grupo
do cardiologista, considerando que o campo
das beta-endorfinas, que reduzem a dor e
magnético pode modificar a regulagem do
elevam o bem-estar, recuperando a
ritmo elétrico de alguns desses aparelhos.
homeostase do corpo por meio do próprio
campo gravitacional da Terra, considerando Nunes (2016) e Branco (2017),
que a própria Terra é um grande imã concordam que é um procedimento de fácil
(AMARO, 2015). manejo, não invasivo, utilizado
principalmente em alterações
Na concepção de Amaro (2015),
musculoesqueléticas, tratamento de dor e
embora a compreensão do organismo
aumento de bem estar reduzindo o estresse,
humano seja complexa, ele possui a
que só leva benefícios a quem a utiliza,
competência de auto cura na maioria das
sendo uma técnica muito antiga, totalmente
patologias. No fluxo magnético, estabelece-
segura e de ótimos resultados. Todavia não
se também um elemento terapêutico, que
é nenhum milagre e exige técnicas
dispõe da vantagem de incentivar as
sistemáticas na aplicação.
particularidades de auto cura dos problemas
do corpo. Esse princípio, ajuda todo Silva (2013), diz que o uso de
terapeuta a fazer com que seu cliente terapias alternativas como a
procure as raízes que o levaram a criar seus magnetoterapia, está em expansão e cada
problemas de tensão muscular. vez mais os indivíduos obtém alívio ou
mesmo uma solução eficiente para certos
Farias (2011) e Pinheiro (2016),
problemas de saúde, e em seus trabalhos,
concordam que apesar dos benefícios, esse
relata que os benefícios ligados ao bem-
método não pode ser usado em todos os
estar dessa terapia são embasados em ao término do projeto, foi avaliado,
estudos da medicina humana. somente a escala visual numérica da dor.

MATERIAIS E MÉTODOS A primeira etapa com questões


sobre dados Sociodemográficos e
Trata-se de uma pesquisa de campo
ocupacionais. A segunda etapa avalia as
exploratória, de natureza descritiva, com
queixas musculoesqueléticas. Para avaliar
abordagem quantitativa, utilizando o
as queixas de dor ou tensões musculares,
método investigativo, por meio de
utilizou-se um instrumento derivado do
aplicação de magnetos, e questionário
Standardized Nordic Questionnaire (versão
estruturado e validado.
portuguesa do questionário nórdico
Este estudo foi realizado na
musculoesquelético). Esse instrumento é
Universidade Vale do Rio Verde
utilizado internacionalmente e foi
(UNINCOR), localizado na cidade de Três
desenvolvido para padronizar pesquisas
Corações, Minas Gerais (MG), após
sobre investigações musculoesqueléticas.
aprovação pelo Comitê de Ética em
Tem como um dos objetivos principais,
Pesquisa da Fundação Comunitária
avaliar distúrbios musculoesqueléticos
Tricordiana de Educação, sob o parecer n°
dentro de uma abordagem ergonômica.
2.090.528 , resolução 466/12 cns .
O questionário contem uma figura
Participaram da pesquisa
humana vista pela região posterior ,
11profissionais do setor de tecnologia da
demostrando a localização onde o
Informação da Universidade que
profissional apresentou dor nos últimos 12
apresentaram estresse excessivo, que
meses , além de investigar se houve ou não
ocasionou tensão muscular. Estes foram
faltas por motivos de dor ou procura por
esclarecidos sobre o estudo e concordaram
auxílio medico nos últimos 12 meses.
em participar , assinaram o TCLE.
A segunda parte, foi realizada a
Profissionais que não possuem
intervenção estética através da aplicação
relatos de tensão muscular foram excluídos
dos magnetos nos pontos de dor dos
do estudo.
profissionais, que foram avaliados durante
Para a coleta de dados foi utilizado dois meses, contabilizando oito sessões no
um questionário composto por duas partes decorrer de todo o projeto , para a avaliação
Ambos os instrumentos foram avaliados final com a escala da dor, que e considerada
previamente ao procedimento em campo e o 5° sinal vital .
Quanto a avaliação da dor, foi
utilizado a Escala Visual da Dor e cada
profissional avaliou sua dor em uma escala
de 0 a 10, sendo 0 a menor dor e 10 a
maior .

A análise de dados foi baseada na


coleta realizada com os profissionais da Fonte : Própria Autora ,2018
Tecnologia da Informação da Universidade, Dos entrevistados 11 (100%) trabalham
onde os resultados foram tabelados com a no período diurno e 3 (27,27%) no período
ajuda do Windows Excel, para a elaboração noturno. Proporcionalmente, obtive- se
dos gráficos e tabelas pertinentes. maior participação dos trabalhadores do
período diurno. O tempo de profissão dos
RESULTADOS E DISCUSSÕES
Tab 1 Pré Avaliação da Dor
trabalhadores estudados foi de no máximo
de 20 anos e o mínimo de 3 semanas .
Dentre os o total de profissionais da
Tecnologia a Informação foi de 11 (100%) .
Destes 11 profissionais, 4 (36,36%)
trabalhadores possuem dois vínculos
empregatícios, concordando com
Fonte : Própria Autora, 2018 FRANSOZO (2012) .
Na amostra analisada ,5(45%) dos Tab 3 Dados sobre os sintomas
clientes apresentaram dores intensas 3 musculoesqueléticos e ergonomia
(27%) tiveram dores moderadas e 3 (27%),
apresentaram dores leve. Concordando
com PEREIRA et al . (2011), que afirma
que no Brasil os trabalhadores que mais
apresentam desordens musculoesquelética
relacionadas ao trabalho ,são os
profissionais da área de Tecnologia da
Informação.
Fonte : Própria Autora,2018
Tab 2 Variáveis Laborais
e o motivo que predispõe ao
desencadeamento de dores
musculoesqueléticas, concordando com
estudos como de BRAGATTO( 2014).

Os profissionais de Tecnologia da
Font : Própria Autora , 2018
Informação, foram questionados sobre
quais atividades do seu trabalho
relacionam-se com os sintomas
musculoesqueléticos, referidos no
Questionário Nórdico. A principal atividade
de acordo com os profissionais para o
surgimento de sintomas
Fonte : Própria Autora, 2018
musculoesqueléticos é referente ao longo
tempo que ficam sentados em uma única
posição, e movimentos repetitivos ao

Para levantamento de dados digitar.

laborais , os participantes foram Com relação à parte do corpo,


questionados se as atividades que consideram que a atividade os leva a ter dor
desempenham exigem mais tempo do que por seguimento podendo destacar: a região
sua carga horária de labora, e destes ,5 lombar, joelhos, região cervical e trapézio,
(45,45%) admitem que sim quando como as mais citadas, concordando com
questionados se consideram a dor SOUZA et al., (2015). A dor lombar tem
musculoesquelética apresentada sido particularmente estudada entre os
,relacionada ao serviço. Destes, 6 (54,54%) trabalhadores de saúde, sendo resultado de
afirmam que não está e relacionado ao traumas acumulativos.
trabalho concordando com FANTINI et al
Tab 4 Dados sobre os sintomas
(2013) , que diz a área da Tecnologia da musculoesqueléticos
Informação, apresenta uma prevalência de 0
a 45.45% de acometimento por dor
musculoesquelética.

Quando questionados sobre a


adoção de postura correta para executar
procedimentos , 7 (63,63%) dizem que não,
Fonte : Própria Autora,2018
Fonte : Própria Autora ,2018
Durante a aplicação dos magnetos pode
Concordando com Pereira et al - se observar os seguintes resultados: dos 11
(2016) , 4 (36.36% ) observaram que (100%) participantes que iniciaram a
teriam dor na região do trapézio, outros 4 pesquisa na primeira sessão, 8 (73%)
(36.36% ) apresentaram dores nas costas , 2 obtiveram redução no nível de dor, sendo
(18.18%) tiveram dores nos punhos e nas que 3 (27%) apresentaram reação alérgica
mãos por movimentos repetitivos e 1 (9.09) local devido a fita adesiva concordado com
percebeu dor no joelho por permanecer MILLANI (2017), que afirma que podem
diversas horas sentado em uma única ocorrer reações alérgicas locais durante a
posição. Situações de estresse provocam aplicação dos magnetos.
reações no sistema nervoso simpático,
Da segunda sessão em diante , não
levando a secreção de hormônios,
foram observados reações alérgicas nos
principalmente adrenalina (epinefrina) e a
clientes , é 3(27%) que relataram dor leve
norepinefrina. Esses hormônios entram na
não obteram redução de dor , concordando
corrente sanguínea alterando reações
com SILVA, (2013).
bioquímicas e funções orgânicas e com isso
aumentam a energia que é mobilizada para Na terceira sessão 1 cliente desistiu da

os músculos e o tempo de coagulação do pesquisa é 2 não tiveram melhora ,

sangue diminui. Se o estresse for elevado, mantendo então da quarta á oitava sessão,

poderá haver como consequência, uma amostra de 10 (100%) clientes onde

problemas à saúde. 8 (80%) obtiveram melhora no nível de dor


2 (20%) relataram não obter alivio com a
Tab 5 Intervenção estética Aplicação do
Magnetoterapia aplicação do método.

Tab 6 Pré Avaliação da dor


FINAIS

Ao final do projeto foi possível


notar que o uso de terapias complementares
como a magnetoterapia, vem despertando
interesse na comunidade científica que
busca a compreensão de sua aplicabilidade
Fonte: Própria Autora , 2018 no cotidiano dos indivíduos, que com o
passar dos dias possuem cada vez mais
Após a realização do tratamento ,73% atividades, elevando os níveis de estresse e
dos clientes avaliados relataram apresentar ocasionando uma tensão muscular,
redução na intensidade da dor ,encontrando favorecendo o aparecimento de patologias.
assim os seguintes resultados 45% que
Tratamentos com medidas
tinham dor intensa reduziram para
complementares de baixo custo e não
moderada e os 27% que relataram dor
invasivos, estão ganhando espaço na
moderada, resultaram dor leve e os que
atualidade e seu uso é crescente, lembrando
descreveu dor leve , relataram não haver
que é necessária a avaliação de um
melhora com a aplicação do método
profissional capacitado para a realização
isolado. Concordando assim com BRANCO
dessa modalidade de tratamento, que assim
(2017 ), que afirma que a magnetoterapia
como todas as demais formas, não é um
tem entre seus benéficos a redução da dor
milagre e exige uma aplicação sistemática.
musculoesquelética .

CONCLUSÃO ou CONSIDERAÇÕES

REFERÊNCIAS

AMARO, Isabel Cristina. Terapias Revista Espacios. Vol. 37 (Nº 03) Ano 2016.
alternativas baseadas nas leis herméticas. Pág. 05.
In: CONGRESSO BRASILEIRO e
ENCONTRO PARANAENSE DE BRAGATTO Marcela Dor Cervical Cônica
PSICOTERAPIAS CORPORAIS, XX, 2015. e postura em trabalhadores de escritório
usuários de computador ,( 2015) Disponível
em :
BENDER, Fernanda Koch.; SILVA, Denise
www.Users/Rafael/Downloads/dissertacao
Quaresma da. Estresse profissional, gênero e
trabalhadores de tecnologia de Acesso :14/10/2018
informações: Uma revisão sistemática.
BRANCO, Alice. Magnetoterapia o que é, MILANI, Joseila. Magnetoterapia – Terapia
benefícios, vantagens e desvantagens; com Ímãs. 16 de abr de 2017. Disponível em:
16/02/2017 disponível em: jomilani.com.br acesso em: 23 de ABRIL DE
www.greenme.com.br acesso em :
2018.
02/03/2018.
NUNES ,Daniel Felipe Verissimo.
FANTINI ,Adriana Judith Esteves; Magnoterapia como modalidade
ASSUNÇÃO ,Ada Ávila ;MACHADO ,Ana Adjuvante no Meio da Dor em Reabilitação
Flávia. Dor musculoesquelética e Funcional ;( Lisboa 2016) disponível em:
vulneralidade ocupacional em recil.grupolusofona.pt acesso : 02/03/2018
trabalhadores do setor público municipal
em Belo Horizonte, Brasil (2013) Disponível
em : www.scielosp.org Acesso :13/10/2018 PERDOMO, Annie. Bio- Magnetismo E
Magneto terapia: Em que se diferenciam?
FARIAS,Eliana. A fisioterapia no controle 11/10/2016 disponível em: www.bio-
da dor: Revisão de literatura , (Brasilia magnetismo-e-magneto-terapia.com acesso
2011) disponível em : em :02/03/2018.
Rafael/Desktop/musicas/2011_ElianadeFarias
acesso em: 11/03/2018 PEREIRA, Dante Luís; PILATTI, Luiz
Alberto ; ZAHAIKEVITCH, Everaldo Veres;
FASCINA, Marcos Nicacio; CRUZ, José
FRANSOZO Diego. A saúde real do Carlos da. Trabalho e saúde: fatores de
profissional de TI (2012) Disponivel em : risco relacionados aos profissionais da
tecnologia da informação. EFDeportes.com,
www.tiespecialistas.com.br A cesso : Revista Digital. Buenos Aires - 16 - Nº 158 -
14/10/2018 2011. Disponível em: www.efdeportes.com
acesso em: 23 de abril de 2018.
MELO, Márcio Vieira de; SILVA, Tiago PINHEIRO, Marcelle. Como funciona e
Pedro da; NOVA IS; Zenilda Gondim quais os benefícios da magnetoterapia.
Novais;MENDES, Maria Luiza Maciel. 2016.Disponivel em: www.tuasaude.com
Estresse dos profissionais de saúde nas acesso em: 29/03/2018.
unidades
hospitalares de atendimento em urgência e PRESCOTT, Roberta. Alta cobrança gera
emergência. Cadernos de Graduação - estresse para os profissionais de TI.
Ciências Biológicas e da Saúde Facipe, Recife Convergência Digital - Carreira 2016.
v. 1 n.2 p. 35-42, nov. 2013. Disponível em: Disponível em:
<http://dx.doi.org/10.1590/S0080- www.convergenciadigital.com.br acesso em:
62342011000500023>. Acesso em: 26/04/2018.
29/03/2018
SOUZA Eriksson Franco Vilela;
MEYER, Patrícia Froes; CAVALCANTE, GUIMARÃES M arielle Fernanda Vilela .
Amanda Paiva e Silva; SILVA, Eliane Maria ERGONOMIA RELACIONADA A
da; SILVA, Rodrigo Marcel Valentim da; PROFISSIONAIS DA TECNOLOGIA DA
COSTA, Leandro de Souza; RONZIO, Oscar INFORMAÇÃO (2015) Disponivel em :
Ariel. Magnetoterapia: é possível este www.trabalhosgratuitos.com Acesso :
recurso fazer parte da rotina do 14/10/2018
fisioterapeuta brasileiro? Arquivos
SILVA Adilson,2013. Magnetoterapia,
Brasileiros de Ciências da Saúde, v.36, n.1, p. uma técnica eficaz para aliviar a dor
35-39, Jan./Abr. 2011. Disponivel em :www.italpro.com.br
SILVA, Adilson. Magnetoterapia, uma
técnica eficaz para aliviar a dor. Publicado
em 2013. Disponivel em: www.italpro.com.br
acesso em 29/03/2018.

WATANABE, Camila Bongiovanni.


Magnetoterapia na cicatrização de feridas.
Faculdade de Medicina Veterinária e
Zootecnia, Universidade Estadual Paulista,
Botucatu, 2010.