Anda di halaman 1dari 15

Plano de Manutenção Predial

Preventiva e Corretiva
Sumario

1- Objetivo
2- Atribuições e Competências
3- Planejamento da Manutenção
4- Tipos de Manutenção
5- Prioridade de Atendimento e Grau de Importância
6- Planos de Inspeção e Manutenção
7- Solicitações e Ordens de Serviço
8- Periodicidade
9- Prazo de Revisão
10- Equipe Responsável
11- Cronograma de execução
Referência 2019
Unidade Organizacional: Engenharia Clínica
Elaborado por: Natanny Drielle Neves Sá
Revisado por: Vitor Valieri

1. OBJETIVO
Estabelecer diretrizes da gestão predial para execução de serviços de conservação e
manutenção preventiva e corretiva, buscando uma atuação eficaz no que se refere à
economicidade de gastos, e principalmente na confiabilidade dos sistemas e instalações que
integram as edificações, trazendo segurança e bem-estar aos trabalhadores, pacientes e
acompanhante.

2. ATRIBUIÇÕES E COMPETÊNCIAS
As atividades da engenharia clinica compreendem a conservação e manutenção de
edificações, instalações, sistemas hidráulicos, sistemas elétricos e serviços básicos de
marcenaria e serralheria, de forma que atenda às necessidades e garanta a segurança dos
pacientes, dos acompanhantes e funcionários. A engenharia clinica como entidade
responsável pelo efetivo funcionamento e conservação dos prédios e equipamentos do
Hospital Dr.Carlos Macieira possui entre as suas atribuições e competência a
responsabilidade de zelar e garantir que os bens tenham a sua vida útil e características
funcionais conservadas. A engenharia clinica possui uma equipe própria para execução de
serviços. Assim compete à Engenharia Clinica:
1) Executar medidas para conservação dos bens e patrimônios;
2) Executar serviços de manutenção preventiva;
3) Executar serviços de manutenção corretiva;
4) Inspeções prediais;
5) Receber as solicitações de serviço, fazer uma análise quanto à necessidade de materiais,
ferramentas, definir prioridades e encaminhar a execução dos mesmos, além de prever
medidas para conservação dos bens e do patrimônio
6) Planejar a aquisição e utilização de equipamentos e materiais, fiscalizando sua validade e
condições de conservação, de forma que evite desperdícios;

3. PLANEJAMENTO DA MANUTENÇÃO
O planejamento das atividades de manutenção é a base para a efetiva
operacionalização das atividades de atendimento e recuperação da edificação e
equipamentos utilizados pelos paciente, acompanhantes e trabalhadores.
A execução das atividades obedece aos critérios de ordem da solicitação de serviço,
assim organizando o atendimento, conferindo maior padronização e eficiência às suas
atividades.

4. TIPOS DE MANUTENÇÃO
As atividades de manutenção têm o objetivo de manter ou restabelecer as condições de
uso e operação corrigindo eventuais deteriorações. Enquanto as atividades de melhoria
focam-se na identificação de metodologias, ferramentas e processos que contribuam para o
aprimoramento e maximização dos recursos possibilitando a antecipação e mitigação de
falhas ou interrupções indesejadas.
O planejamento efetivo da manutenção e o seu cronograma de atendimento são
realizados identificando as atividades de melhoria e manutenção. GOMIDE et al. (2006)
identifica, basicamente, as seguintes modalidades:
Manutenção Preventiva: São atividades planejadas de controle e monitoramento que
prezam a conservação dos bens, elementos e equipamentos que compõem as edificações da
Instituição, objetivando reduzir ou impedir falhas de desempenho, gerando também relatórios
de verificação periódicos sobre o seu estado de conservação.
Manutenção Corretiva: Possuem caráter emergencial e sem planejamento.
Caracterizada por serviços que demandam intervenção imediata a fim de permitir a
continuidade do uso do sistema, elementos ou equipamentos das edificações, evitando assim,
riscos ou prejuízos aos seus usuários.
5. PRIORIDADE DE ATENDIMENTO E GRAU DE IMPORTÂNCIA
A Prioridade de atendimento do Hospital Dr. Carlos Macieira é definida por setores de
suporte a vida. Outro fator relevante para essa priorização é o Grau de Importância
Operacional ou Criticidade de uma máquina/equipamento para as atividades educacionais do
Hospital Dr.Carlos Macieira , são esses parâmetros que orientam a gestora e os técnicos da
Equipe de Manutenção a antepor um atendimento a outro.
Para melhor entendimento, abaixo, seguem algumas considerações sobre Criticidade e
Prioridade: Entende-se por Criticidade o quanto um equipamento/máquina/local é crítico ou
influencia o funcionamento de um conjunto ou sistema. Implica mensurar quanto o efeito de
um mau funcionamento, avaria ou falha de um item compromete o desempenho de um
sistema como o todo. Com relação a Prioridade, essa abrange o tratamento que se dá ao
serviço no momento de sua execução. Prioridades de Atendimento são padrões definidas
pelos setores a seguir:
Centro-cirúrgico
Hemodinâmica
Uti’s
Enfermarias
Ressonância
Nefrologia
Tomografia
Ultrassom
Endocospia
Raio-x
Ambulatório
Outros setores do Hospital Dr. Carlos Macieira

6. PLANOS DE INSPEÇÃO E MANUTENÇÃO


Componentes do plano mestre de manutenção os planos de inspeção e de manutenção
são os procedimentos que subsidiam a Equipe de Manutenção a verificar e conservar as
características e condições necessárias e satisfatórias que os equipamentos e instalações
necessitam para garantir o seu pleno funcionamento e condições de utilização.
Os planos de Inspeção e manutenção dividem-se:
▪ Planos de Inspeção visual do Hospital Dr. Carlos Macieira;
▪ Planos de Manutenção Preventiva;
▪ Planos de Manutenção corretiva;
▪ Planos de Inspeção elétrica;
▪ Planos de inspeção predial;
▪ Planos de inspeção hidráulica;

7. SOLICITAÇÕES E ORDENS DE SERVIÇOS


O acionamento da Gestora de Manutenção é realizado por meio de solicitações de
serviços, estas que, em sua maioria são representadas por ações de correção, bem como
pequenos reparos de infraestrutura no Hospital Dr. Carlos Macieira.
Este formulário é encaminhado à Gestora de Manutenção, onde passa por análise e é
incorporado ao planejamento e cronograma de atividades da mesma, conforme a sua
prioridade e disponibilidade de recursos materiais e de pessoal.
A solicitação de serviços é realizada, independentemente da sua origem, através de
Formulário Específico. O assunto (título) deve iniciar com a expressão Requisitante, conter
uma descrição sucinta do serviço solicitado, localização, Data do atendimento e nome do
solicitante.
Formulário Específico de ordens de serviços
8. PERIODICIDADE
Verificações do programa de manutenção ou inspeções são avaliações periódicas do
estado de uma edificação e suas partes constituintes e são realizadas para orientar as
atividades de manutenção. São fundamentais e obrigatórias para a gestão de um programa
de manutenção, conforme a ABNT NBR 5674.
A definição da periodicidade das verificações e sua forma de execução fazem parte da
elaboração do programa de manutenção de uma edificação, conforme responsabilidades
definidas pela ABNT NBR 14037 e ABNT NBR 5674.
Aspectos considerados:
a) Manutenção: verificaram-se as características construtivas, as especificações
técnicas, os aspectos de desempenho e vida útil de elementos construtivos, os fatores de
degradação prováveis e existentes, a durabilidade de materiais.
b) Operacionalidade: verificaram-se as condições de manutenção efetiva, condições
de operação de sistema e suas facilidades, eventuais abusos de uso relacionados a operação
do sistema e condições seguras de operação de sistema e equipamentos
Funcionalidade: verificaram-se as condições e formas de uso, atendimento aos aspectos
funcionais dos sistemas e expectativas do usuário sobre os desempenhos apresentados.

9. PRAZO E REVISÃO
Este plano de manutenção oferece informações básicas sobre as edificações do Hospital
Dr. Carlos Macieira de forma simples, clara e objetiva. Nele serão encontradas as rotinas de
prevenção, correção e conservação desenvolvidas pela equipe de manutenção em cada
periodicidade necessária. Sendo assim, o plano terá o prazo de vigência de 01 ano, renovado
após a revisão das cabíveis atualizações operacional e estrutural modificadas ao longo do
período.

10. EQUIPE RESPONSÁVEL

NATANNY DRIELLE NEVES SÁ


Gestora da Manutenção

KELVIN CARLOS MELO


Engenheiro Civil

AFONSO VAZ
Operador de manutenção

COSME DAMIÃO
Operador de manutenção

EDILSON OLIVEIRA
Eletricista

FRANCISCO ALCIRAM
Eletricista

FRANCISCO ASSIS
Eletricista

FRANCISCO CARLOS
Operador de manutenção

JAILSON CAINAN
Operador de manutenção

JÂNIO DE OLIVEIRA
Operador de manutenção

JEAN CARLOS
Operador de manutenção

JOÃO CARLOS
Operador de manutenção

JOSÉ RIBAMAR
Eletricista

11. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

11.1 Manutenção Elétrica

Local Descrição dos Serviços Periodicidade


Abrigo para entrada de energia
Área externa Inspeção visual Mensal
Área externa Condição do poste - corrosão e danos Mensal
Área externa Condição das caixas - corrosão e danos Mensal
Área externa Condição da laje - fissuras e infiltrações Mensal
Rede de distribuição elétrica
Geral Inspeção Visual Mensal
Geral Verificar emendas, conectores e derivações Trimestral
Geral Verificar identificação dos cabos, caixas e quadros Trimestral
Inspecionar quanto ao estado de conservação e limpeza das caixas
de passagem, dutos, eletrocalhas, galerias, canaletas e quadros de
Geral distribuição Trimestral
Inspecionar quanto às condições elétricas as caixas de passagem,
Geral dutos, eletrocalhas, galerias, canaletas e quadros de distribuição Trimestral
Geral Limpar dreno da caixa de passagem, galerias e canaletas Mensal
Inspecionar e testar isolamento dos circuitos elétricos, substituindo os
Geral que não atenderem as especificações técnicas em vigor Trimestral
Geral Verificar circuitos desativados e retirá-los, se for o caso Trimestral
Quadros de Baixa Tensão
Geral Inspeção Visual Mensal
Geral Verificar identificação de circuitos e caso não haja, efetuar. Semestral
Verificar quanto a aquecimento de cabos, terminais, barramentos,
Geral disjuntores, contatores e demais componentes do sistema Semestral
Verificar quanto à fixação de quadros, isoladores, barramentos,
Geral contatores, disjuntores e demais componentes dos sistema Semestral
Inspecionar funcionamento de voltímetros, amperímetros, contatores,
Geral chaves seletoras, relés, sensores e demais componentes do sistema, Semestral
Geral Inspecionar quanto à conservação, arrumação e pinturas dos quadros Semestral
Verificar condições de funcionamento de barramentos, conexões,
Geral terminais e demais componentes do sistema Semestral
Geral Verificar circuitos desativados e retirá-los, se for o caso Semestral
Geral Efetuar limpeza geral interna e externa Semestral
Inspecionar o aterramento de todo o sistema, realizando medições
Geral ôhmicas Semestral
Quadro de Distribuição de Força (QDF)
Geral Inspeção Visual Mensal
Geral Verificar aterramento Trimestral
Geral Conferir reaperto nas conexões elétricas Trimestral
Verificar funcionamento do resistor de aquecimento (quando
Geral existente) Trimestral
Geral Verificar funcionamento dos disjuntores Semestral
Geral Verificar funcionamento dos transruptores Semestral
Conferir e revisar circuito/função e diagrama unifilar conforme
Geral disposição no QDC Semestral
Geral Testar isolamento do transformador Anual
Geral Testar isolamento dos barramentos Anual
Geral Tensão de saída Mensal
Geral Corrente de saída Mensal
Geral Verificar lâmpada de sinalização, interruptores e botoeiras Mensal
Geral Verificar trincos, fechaduras e dobradiças Mensal
Geral Queda de tensão Mensal
Geral Aquecimento dos barramentos Mensal
Geral Fixação e aquecimento da base de fusíveis Mensal
Geral Módulo de fusíveis Mensal
Geral Realizar limpeza geral Mensal
Geral Verificação do estado da pintura Mensal
Circuito de iluminação, tomadas, luminárias e refletores
Geral Inspeção Visual Mensal
Vistoriar todas as dependências, inclusive área externa, substituindo
lâmpadas queimadas, com brilho arroxeado, com extremidades
enegrecidas, etc. Antes de substituir qualquer lâmpada, inspecionar
Geral contatos internos, fixação, soquetes, reator, fotocélulas, etc. Mensal
Geral Corrigir fixação das tampas Mensal
Verificar funcionamento das lâmpadas de balizamento noturno e
Geral sinalização, bem como de suas fotocélulas Mensal
Geral Reapertar carcaças das tomadas Mensal
Geral Reapertar parafusos de sustentação Semestral
Geral Inspecionar reatores (quando existentes) e reapertá-los Semestral
Geral Inspecionar e reapertar bases e soquetes Semestral
Vistoriar estado geral da fiação quanto ao aquecimento, isolamento
Geral etc. Semestral
Geral Inspecionar caixas de interruptores das lâmpadas Semestral
Geral Inspecionar redes de tomadas, verificando bases e soquetes Semestral
Geral Testar comando remoto da iluminação Trimestral
Verificar quanto à fixação de difusores, globos, grades, receptáculos,
Geral ignitores, reatores, capacitores e demais acessórios do sistema Semestral
Verificar quanto ao estado de conservação e funcionamento os
difusores, globos, grades, receptáculos, ignitores, reatores,
Geral capacitores e demais acessórios do sistema Semestral
Verificar quanto a inclinação, alinhamento, vedação e luminosidade,
Geral sugerindo melhorias, caso seja necessário Semestral
Geradores
Geral Inspeção Visual Semanal
Geral Avaliação e correção de ruídos e vibrações Quinzenal
Geral Conferência de pressostatos e termostatos Quinzenal
Geral Verificar e corrigir níveis de líquidos e óleos Quinzenal
Geral Verificar polias e correias Quinzenal
Geral Verificação de vazamentos Quinzenal
Geral Verificação do sistema de aquecimento e refrigeração Quinzenal
Geral Substituição de filtros Semestral
Geral Lubrificação de rolamentos Mensal
Geral Teste de funcionamento Semanal
Geral Limpeza geral especializada Mensal
Geral Conferência do nível de Combustível Semanal

11.2 Manutenção Hidráulica

Local Descrição dos Serviços Periodicidade


Abrigo para entrada de água
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Condição do hidrômetro - Presença de corrosão e danos Mensal
Geral Bombas hidráulicas
Geral Inspeção Visual Mensal
Verificar identificação de cabeação e sinalização, caso não exista,
Geral realizar Semestral
Geral Inspecionar visualmente as bombas e verificar quanto à existência de Trimestral
avarias, vazamentos ou corrosão
Inspecionar a bomba e verificar a existência de ruídos ou vibrações
Geral estranhas ao funcionamento Trimestral
Geral Testar todas as rotinas de acionamentos, automático e manual Mensal
Geral Verificar selo mecânico quanto à vazamento Trimestral
Inspecionar quanto ao estado de conservação de toda a estrutura
metálica da estação, quadro de comando, borneiras, barramentos,
elementos de proteções, contatores, terminais, cablagem, canaletas,
instrumentos de monitoração, botoeiras, chaves seletoras sinalização
Geral e demais componentes do sistema Semestral
Geral Inspecionar o conjunto moto-bomba, quanto à sua fixação Semestral
Inspecionar válvulas, manômetros, acessórios quanto ao estado e
Geral funcionamento, corrigir se necessário Semestral
Geral Verificar motor elétrico conforme ficha de instrução correspondente Semestral
Medir (megar) enrolamento (bobinas) do motor para verificar sua
Geral resistência ôhmica e fugas para carcaça Semestral
Geral Verificar quadros de comandos e demais componentes Semestral
Geral Efetuar limpeza interna e externa Trimestral
Caixa de Gordura
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Abrir caixa de gordura Trimestral
Geral Retirar a gordura Trimestral
Geral Realizar lavagem Trimestral
Geral Fechar a caixa de gordura Trimestral
Verificar estado de conservação das caixas e providenciar reparos se
Geral necessários; Trimestral
Geral Verificar escoamento da tubulação Trimestral
Instalações hidro-sanitárias
Geral Inspeção visual Mensal
Geral VERIFICAR VAZAMENTO NAS INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS Mensal
INSPECIONAR ESTADO DAS LOUÇAS SANITÁRIAS, ESPELHOS,
Geral SUPORTES DE TOALHA, SABONETEIRAS, CHUVEIROS, ETC Semanal
EXECUTAR LIMPEZA NO SIFÃO DAS PIAS E MICTÓRIOS, CAIXAS
Geral E RALOS SIFONADOS Mensal
Reservatórios
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Inspecionar e limpar o reservatório da caixa d’água trimestral
Geral Inspecionar tampa da caixa d’água Semestral
Geral Inspecionar paredes externas da caixa d’água Mensal
Geral Inspecionar paredes internas da caixa d’água Anual
Geral Inspecionar conexões hidráulicas, tubulações, registros e válvulas Semestral
Tubulações
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Verificação e conservação dos tubos das instalações hidráulicas Trimestral
Válvulas e Registros
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Verificar funcionamento das válvulas e registros Mensal
Geral Verificar vazamentos em válvulas e registros Mensal
11.3 Manutenção Predial Civil

Local Descrição dos Serviços Periodicidade


Coberturas, Lajes
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condição geral de coberturas, lajes Mensal
Condição quanto a existência de fissuras, rachaduras, quebras e
Geral danos Mensal
Geral Verificação de infiltrações Mensal
Geral Verificação de impermeabilização Mensal
Geral Verificação de juntas de diltação Mensal
Geral Verificar necessidade de pintura Mensal
Forros e tetos
Geral Inspeção Visual Diario
Condição geral dos forros - Presença de trincas/ fissuras,
Geral desplacamento Mensal
Geral Necessidade de pintura - manchas, danos e arranhões Mensal
Fachada
Geral Inspeção Visual Mensal
Geral Condição geral de pintura - Existência de manchas e/ou danificações Bimestral
Condição geral de caixilharia - Existência de manchas e/ou
Geral danificações Bimestral
Geral Condição geral dos vidros da fachada - quebras e arranhões Bimestral
Geral Verificar necessidade de pintura Bimestral
Paredes e Revestimentos
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condição geral dos revestimentos e paredes Mensal
Condição quanto a existência de fissuras, rachaduras, quebras e
Geral danos Mensal
Geral Verificar necessidade de pintura Mensal
Vidros e espelhos
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condição geral de vidros de todos os ambientes Mensal
Geral Condição geral de espelhos de todos os ambientes Mensal
Condição quanto a existência de fissuras, rachaduras, quebras e
Geral danos Mensal
Condição dos espelhos quanto a existência de fissuras, rachaduras,
Elevadores quebras e danos Mensal
Portas
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condições das fechaduras, puxadores, dobradiças e molas Mensal
Geral Condição dos acabamentos Mensal
Geral Condição de pintura Mensal
Geral Lubrificação de dobradiças e molas Trimestral
Esquadrias e Janelas
Geral Inspeção visual Quinzenal
Condição de pintura - manchas, arranhões, danos, pontos de
Geral corrosão Mensal
Geral Condição dos vidros Mensal
Geral Condições dos mecanismos, trilhos trincos Mensal
Geral Lubrificação de dobradiças, trilhos, etc Trimestral
Pisos e rodapés
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condição geral dos pisos, manta Mensal
Condição quanto a existência de fissuras, rachaduras, quebras e
Geral danos Mensal
Geral Condição das escadas de acesso - imperfeições e danos Mensal
Elevadores Condição geral dos pisos Mensal
Escadas
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral Condição dos corrimãos Bimestral
Geral Condição das pisadas e testeiras Mensal
Geral Condição das fitas antiderrapantes - soltas, faltantes Mensal
Geral Condição geral das escadas de acesso Bimestral
Geral Verficar necessidade de pintura Bimestral
Calçadas
Inspeção visual do meio fio, verificar o estado de conservação, reparo
Geral se necessário; Semestral
Pavimentos Rígidos
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral VERIFICAR CONDIÇÕES DAS JUNTAS DE DILATAÇÃO Mensal
VERIFICAR ESTADO DAS PINTURAS DE SINALIZAÇÃO,
Geral REPINTAR SE NECESSÁRIO Mensal
VERIFICAR A EXISTÊNCIA DE DESPLACAMENTO E
Geral DESAGREGAÇÃO Mensal
Impermeabilização e Juntas de dilatação
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Verificação de infiltrações em todos os ambientes Mensal
Geral Verificação de juntas de diltação de todos os prédios Mensal
Pinturas e tratamento superficial
Geral Inspeção visual Mensal
Geral Verificação de pintura de todas as dependências do hospital Semestral
Geral Necessidade de pintura Semestral

11.4 Manutenção Eletromecânica

Local Descrição dos Serviços Periodicidade


Portas Automáticas
Geral Inspeção visual Quinzenal
Geral INSPECIONAR O APERTO DE TODOS OS PARAFUSOS Mensal
Geral REGULAGEM GERAL Mensal
Geral LIMPAR OS TRILHOS SUPERIORES Bimestral
Geral LIMPAR AS GUIAS INFERIORES DAS PORTAS Mensal
Geral VERIFICAR O ALINHAMENTO DO CONJUNTO Mensal
Geral VERIFICAR O APERTO DOS PARAFUSOS Mensal
Geral VERIFICAR A TENSÃO E SEUS SUPORTES Mensal
Geral VERIFICAR FECHADURAS Mensal
Geral VERIFICAR VIDROS Mensal

RONDAS

Gerais

A rotina de verificação de problemas na manutenção predial é feito por meio de visita técnica
do operador de manutenção três dias na semana em todas as UTI’s do hospital, tendo como
resultado um documento formal assinado pelo Técnico Executor e pelos Chefes/Responsáveis dos
setores. Tanto as rondas gerais e setoriais são programadas pela gestora de manutenção.

DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

ABNT NBR 5674/12


ABNT NBR 14664/01
ABNT NBR 5410/04