Anda di halaman 1dari 5

ESCOLA SECUNDÁRIA DE S.

LOURENÇO – PORTALEGRE
3º Teste de Avaliação Química 12º Ano Turmas ACD
23/01/2009 Professora: Maria Dulce Relvas

1. Classifique as afirmações que se seguem como verdadeiras ou falsas.


A. Num ião complexo o ião central é um ácido de Lewis.
B. Num ião complexo formam-se ligações coordenadas entre os ligandos e o ião central.
C. Uma base de Lewis é um doador de protões.
D. Na formação de um ião complexo, o ligando é uma base de Lewis.
E. Um composto de coordenação pode ter carga negativa ou positiva.

2. Os iões metálicos dos metais do bloco d são aceitadores de pares electrónicos porque …
Escolha a opção correcta:
A. … têm electrões desemparelhados. D. … são bases de Lewis.
B. … têm orbitais s vazias. E. … têm pares de electrões livres.
C. … têm orbitais d vazias.

3. Observe as seguintes fórmulas de estrutura de complexos.

3.1. Indique para cada um dos complexos A, B e C:


a. o número de coordenação. b. a sua geometria. c. o tipo de ligandos.
3.2. Algum dos complexos pode ser classificado como quelato? Justifique.
3.3. Os complexos revestem grande importância no dia-a-dia. Diga porquê.

4. Sabendo que o ião complexo [Ag(CN)2]- é estável explique, usando as equações químicas
necessárias, a solubilização de um precipitado de brometo de prata, AgBr, por adição de
uma solução aquosa de KCN.
Kf([Ag(CN)2]-) = 1,00 x 1021

5. O composto [Ni(H2O)6]Cl2 é verde ao passo que o composto [Ni(NH3)6]Cl2 apresenta cor


púrpura, quando observados à luz branca.
5.1. Identifique a cor da radiação preferencialmente absorvida por cada composto.
5.2. Indique o nome do segundo composto.

6. O gráfico traduz a variação da absorvância de


uma solução de clorofila, em função do
comprimento de onda da radiação incidente.

6.1. Indique qual ou quais as radiações visíveis


que são mais absorvidas.
6.2. Justifique a cor verde das plantas que têm
clorofila na sua constituição.

3º Teste de avaliação de Química 12º ACD Janeiro de 2009 Página 1


7. Preparou-se uma solução de cloreto de
cobalto, tendo-se traçado o gráfico de A = f( λ
).
7.1. Indique a cor que a solução apresenta.
7.2. Determine a concentração da solução
preparada, sabendo que a célula utilizada tinha
1,0 cm de espessura e ε = 2,29 x 102 m2 mol-
1
.
7.3. Calcule o valor da absorvância (medida em
idênticas condições experimentais) se a
concentração da solução fosse de 3,0 x 10-4 mol
dm-3.

8 – Observe o seguinte rótulo de uma Valor nutricional médio


embalagem de leite. por por 250 mL
8.1 – De acordo com o rótulo, que 100mL
elementos metálicos estão presentes Valor
no leite? energético: % DDR*
8.2 – Indique a quantidade de Kcal 34 85
potássio presente num litro de leite. KJ 145 363
8.3 – De acordo com a informação Proteínas 3,2 g 8,0 g
contida no rótulo, quanto leite deverá Glícidos 4,9 g 12,0 g
uma pessoa adulta beber para Lípidos 0,2 g 0,5 g
colmatar as suas necessidades diárias Minerais:
de cálcio? Cálcio 120 mg 300 mg 37,5
8.4 – Indique outros alimentos que Fósforo 85 mg 213 mg 27
possam servir de fontes do elemento Potássio 150 mg 375 mg
cálcio. Vitaminas:
B12 0,35 mg 0,75 mg 75
Ar (K) = 39 Riboflavina 0,16 mg 0,40 mg 25
Ar (Ca) = 40 Ácido
pantoténico 0,51 1,02 15
% DDR = Dose diária recomendada mg mg

9. O ferro é um elemento essencial para que a hemoglobina possa permitir a respiração dos
mamíferos.
9.1. Justifique a importância do ferro na estrutura da hemoglobina.
9.2. O sangue pode ser considerado como uma solução tampão. Justifique a afirmação.
9.3. Indique como é controlado o pH do sangue.

10. Considere uma solução aquosa de um ácido monoprótico fraco, HA, 0,10 mol dm -3, que
se encontra 5% ionizado a 25 ºC.
10.1. Escreva a equação de ionização do ácido e identifique as bases presentes.
10.2. Determine o valor da constante de ionização, Ka do ácido.
10.3. Determine o pH da solução.

11.1. Classifique, justificando, as soluções aquosas dos sais que se seguem como ácidas,
básicas ou neutras: a) NH4Cl b) KNO3 c) NaCN
11.2. Determine o valor do pH de uma solução aquosa 0,010 mol dm-3 dos sais a e c.

+ − 2−
12. Das espécies seguintes indique as anfotéricas: NH 4, HCO 3 , S2-, H2O, CO 3 .

3º Teste de avaliação de Química 12º ACD Janeiro de 2009 Página 2


Dados:

Constantes Valor a 25 ºC

Ka(CH3COOH) 1,8 x 10-5

Ka(HCN) 6,0 x 10-10

Kb(NH3) 1,8 x 10-5

KW(25 ºC) 1,0 x 10-14

pH = - log [H3O+]

Comprimento de
onda absorvido Cor absorvida Cor observada
λ / nm
410 Violeta Amarelo-esverdeado
430 Azul-violeta Amarelo
480 Azul Alaranjado
500 Verde-azulado Vermelho
530 Verde Púrpura
560 Amarelo-esverdeado Violeta
580 Amarelo Azul-violeta
610 Alaranjado Azul
680 Vermelho Verde-azulado
720 Vermelho-escuro Verde

Questão 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
Cotação 8 4 6 15 4 4 4 4 8 8 12 4
+ + + + + + + +
8 6 5 8 8 6 8 18
+ + + + +
8 8 8 8 4
+
4

3º Teste de avaliação de Química 12º ACD Janeiro de 2009 Página 3


Escola Secundária de S. Lourenço Ano lectivo 2008 / 2009

Correcção do 3º Teste de Avaliação Química 12º ACD 23/01/2009

Item Correcção
1. A. V B. V C. F D. V E. F

2 Opção C

3.1a A – 6; B – 4; C–4

B A – OCTAÉDRICA; B – TETRAÉDRICA; C – QUADRANGULAR PLANA

C A – bidentados; B e C – monodentados

3.2 Sim, o A. Porque apresenta três ligandos polidentados (etilenodiamina)

3.3 Porque têm múltiplas aplicações, como por ex. na medicina (intoxicações p/ metais pesados) e
no diagnóstico (imagem médica e ressonância magnética) e tratamento da leucemia, extracção
de metais, indústria de tintas, higiene, detergentes, agricultura, etc.

4 Na solução de brometo de prata existe o equilíbrio: AgBr(s) + água  Ag+(aq) + Br - (aq) (1)
Quando se adiciona uma solução de KCN, este dissocia-se: KCN(aq) →
K+ (aq) + CN – (aq)
Os iões cianeto reagem com os iões prata (de 1): Ag (aq) + 2 CN (aq)  [Ag(CN)2]- (aq)
+ –

No equilíbrio inicial (1), a concentração em Ag+(aq) diminui, então o sistema desloca-se no


sentido directo para repor iões prata, de acordo com o princípio de Le Chatelier e o AgBr (s) vai-
se solubilizando (dissolvendo), aumentando a sua solubilidade.

5.1 [Ni(H2O)6]Cl2 absorve preferencialmente luz vermelha escura.


[Ni(NH3)6]Cl2 absorve luz verde.

5.2 Cloreto de hexaaminoníquel(II)

6.1
Amarelo e vermelho → vermelho-alaranjado

A clorofila apresenta cor verde pois absorve a radiação vermelha do espectro visível.
6.2

Cor azul, pois há absorção de radiação alaranjada


7.1

7.2
1 cm=0,01m; A = ε l c ⇔ 2,4 = 2,29 x 10 2
x 0,01 x c ⇔ c = 2,4 / 2,29 ⇔ c = 1,05 mol m -3

A c 2,4 1,05 2,4x3,0x10−1


= ⇔ = ⇔ c |
= = 0,69molm −3

7.3 A| c| c| 3,0x10−1 1,05


3,0 x 10-4 mol dm-3 = 3,0 x 10-1 mol / m3

Potássio e cálcio
8.1

Se em 250 mL há 375 mg, num litro haverá 4 x 375 = 1500 mg ou 1,5 g de potássio
8.2 m 1,5g
Como n= ⇔ n= −1
5x10−2mol
= 3,8
M 39gmol
37,5% da DDR correspondem a 300 mg de Ca, logo 100% correspondem a 800 mg.
Como 100cm3 de leite possuem 120 mg de Ca, para ingerir 800 mg são necessários 667 cm 3 de
8.3
leite ou 0,667 L.

Ovos, uvas, peixe, queijo, iogurtes, etc.


8.4

Na constituição da hemoglobina está presente o ião ferro (II), É o ião central do grupo planar
heme e estabelece seis ligações coordenadas, sendo quatro delas com a molécula orgânica
porfirina e as duas restantes uma liga-se a um azoto de resíduo de histidina e a outra liga-se
9.1
aos gases O2, CO2 e iões H+ que são transportados pelo sangue e se revelam essenciais ao
desenvolvimento das actividades celulares e à vida.

O valor do pH do sangue mantém-se praticamente constante pois varia entre 7,35 e 7,45.
9.2

3º Teste de avaliação de Química 12º ACD Janeiro de 2009 Página 4



Através de soluções tampão, uma das quais é constituída por CO 2 e HCO 3 , que se encontram
dissolvidos no plasma sanguíneo. As reacções envolvidas são: CO2+H2O  H2CO3  H+ + HCO

3
9.3
Quando a concentração de H+ aumenta, o sistema evolui no sentido inverso, levando à
eliminação do excesso de CO2. Quando H+ baixa para níveis baixos, o sistema evolui no sentido
directo. Deste modo o pH mantém-se praticamente constante.

HA (aq) + H2O (l)  A –(aq) + H3O+ (aq) Há duas bases presentes: H2O e A –
10.1

α =
[ A ] ⇔ 0,05= [ A ] ⇔ [ A ] = 5x10
− −
− −3
moldm −3
; Como [ A ] = [H O ]
− +
então:
10.2 [ HA] 0,10 3

Ka = (5x10-3)2 / (0,10 – 5x10-3) ⇔ Ka = 2,63 x 10-4

10.3
pH = - log 5x10-3 ⇔ pH = 2,3

+
NH4Cl solução ácida, porque os iões Cl – são neutros e os iões NH 4 provêm de uma base fraca,
por isso sofrem hidrólise com formação de iões H3O , pelo que [ H3O ] = [OH -] e pH<7:
+ +

+
NH 4(aq) + H2O (l)  H3O+ (aq) + NH3 (aq)

11.1 KNO3 solução neutra, pois quer o catião quer o anião são neutros, pois vêm de ácido e base
forte, respectivamente, por isso não sofrem hidrólise.
NaCN solução básica, porque o catião é neutro por vir de base forte, mas o anião CN – sofre
hidrólise (pois vem de um ácido fraco), formando iões OH - , sendo [OH -] = [ H3O+], pelo que a
solução tem pH>7: CN- (aq) + H2O (l)  HCN (aq) + OH- (aq)

+
NH4Cl: [NH4+] = [NH4Cl] = 0,010 mol dm-3 Ka(NH 4) = 1x10-14/1,8x10-5 = 5,6x10-10
Ka(NH
+
4) = [NH3]x[H3O+]/[NH4+] ⇔ 5,6x10 -10
= x2/0,010 ⇔ x = 2,4x10 ;
-6

pH = - log 2,4x10 -6
= 5,6
11.2
NaCN: [CN-] = [HCN] = 0,010 mol dm-3 Kb(CN-) = 1x10-14 / 6,0x10-10 = 1,67x10-5
Kb(CN ) = [HCN] x [HO ] / [CN ] ⇔ 1,67x10-5 = x2 / 0,010 ⇔ x = 4,09x10-4;
- - -

pOH = - log [OH-] ⇔ pOH = - log 4,09 x 10-4 = 3,4


pH = 14 – 3,4 = 10,6


As espécies anfotéricas são HCO 3 e H2O por se comportarem como ácidos e como bases de
12
Bronsted.

3º Teste de avaliação de Química 12º ACD Janeiro de 2009 Página 5