Anda di halaman 1dari 4

Direitos Humanos

Noções de Direitos Humanos

Professor Mateus Silveira

www.acasadoconcurseiro.com.br
Direitos Humanos

DIREITOS HUMANOS

Conceito: O conjunto de direitos e garantias assegurados nas declarações e tratados internacio-


nais de direitos humanos.
Conjunto de direitos considerado indispensável para vida humana pautada na liberdade,
igualdade e dignidade.
“Dá-se o nome de liberdades públicas, de direitos humanos ou individuais àquelas prerrogati-
vas que tem o indivíduo em face do Estado.”

CARACTERÍSTICAS DOS DIREITOS HUMANOS

INERÊNCIA: os DH pertencem a todos os seres humanos;


UNIVERSALIDADE: não importa a raça, a cor, o sexo, a origem, a condição social, a língua, a re-
ligião ou opção sexual;
TRANSNACIONALIDADE: não importa o local em que esteja o ser humano;
INDIVISIBILIDADE: os DH não são fracionados; implica em unicidade, assegurando não ser pos-
sível se reconhecer apenas alguns direitos humanos (atenção aos direitos sociais).
INTERDEPENDÊNCIA: muitas vezes para o exercício de um dir. humano, passa-se obrigatoria-
mente pelo anterior de outra geração/dimensão.
INDISPONIBILIDADE: o ser humano não pode abrir mão, dispor de um direito humano, por ser
inerente a ele e nem os Estados podem suprimi-los, a partir do momento que os reconhece;
IMPRESCRITIBILIDADE: um direito humano não prescreve por decurso de prazo.
Atualmente a majoritária jurisprudência do STJ está aplicando a imprescritibilidade dos direitos
humanos.
PROCESSUAL CIVIL. ADMINISTRATIVO. INDENIZAÇÃO. REPARAÇÃO DE DANOS MATERIAIS E
MORAIS. REGIME MILITAR. DISSIDENTE POLÍTICO PRESO NA ÉPOCA DO REGIME MILITAR.
TORTURA. DANO MORAL. FATO NOTÓRIO. NEXO CAUSAL. NÃO INCIDÊNCIA DA PRESCRIÇÃO
QUINQUENAL – ART. 1º DECRETO 20.910/1932. IMPRESCRITIBILIDADE. RECURSO ESPECIAL Nº
1.165.986 – SP (2008/0279634-1) RELATOR : MINISTRO LUIZ FUX – Julgado em 16/11/2010.
INDIVIDUALIDADE: podem ser exercidos por apenas um indivíduo;
COMPLEMENTARIEDADE: os direitos humanos devem ser interpretados em conjunto, não ha-
vendo hierarquia entre eles;

www.acasadoconcurseiro.com.br 3
INVIOLABILIDADE: esses direitos não podem ser descumpridos por nenhuma pessoa ou auto-
ridade;
IRRENUNCIABILIDADE: são irrenunciáveis estes direitos.
INTERRELACIONARIEDADE: os direitos humanos e os sistemas de proteção se inter-relacionam,
possibilitando às pessoas escolher entre o mecanismo de proteção global ou regional não ha-
vendo hierarquia entre eles;
HISTORICIDADE: estão vinculados ao desenvolvimento histórico e cultural do ser humano;
VEDAÇÃO DO RETROCESSO OU DO REGRESSO: uma vez estabelecidos os direitos humanos,
não se admite o retrocesso visando sua limitação ou diminuição.
PREVALÊNCIA DA NORMA MAIS BENÉFICA: na solução de um caso concreto deve prevalecer a
norma mais benéfica para a vítima da violação dos direitos humanos.

Das categorias e Gerações de Direitos Humanos

As dimensões ou gerações de DH: A doutrina menciona 3 dimensões clássicas dos DH: Liberda-
de, Igualdade e Fraternidade.
LIBERDADE: protege os direitos civis e políticos individuais (liberdade, vida e segurança);
IGUALDADE: protege os direitos econômicos, sociais, culturais e trabalhistas;
FRATERNIDADE: também conhecida como “princípio da solidariedade”, protege os direitos di-
fusos como meio ambiente, consumidor e desenvolvimento.

Dimensão ou Geração de Direitos Humanos

1º Dimensão ou Geração:
Direitos das Liberdades; Vida, liberdade, segurança e propriedade.
Civis e Políticos.
2º Dimensão ou Geração:
Sociais, econômicos, culturais, trabalhistas, saúde,
Direitos da Igualdade; educação e habitação.
Direitos Sociais e Econômicos.
3º Dimensão ou Geração:
Paz, meio ambiente, patrimônio histórico e cultural,
Fraternidade dos povos; defesa do consumidor.
Transindividuais/difusos/coletivos

4 www.acasadoconcurseiro.com.br