Anda di halaman 1dari 10

Trono Branco E eu vim aqui para te convidar: Jesus me mandou.

Esse grande dia breve vai chegar


São bem felizes os que já têm no céu Pois a grande mesa preparada está
Seus nomes escrito já E eu vim aqui para te convidar não podes faltar.
Se consideram livres da condenação
Creram no Sangue do Cordeiro e justificado está Jesus me falou que tudo pronto está
Tendo certeza de fluir a salvação Será muito triste se você faltar
Venha sem demora,
No Trono Branco está tudo se agitará Porque está na hora
Com a Presença do Senhor que fez a Terra e o mar De irmos pra lá.
Tudo se prostrará, tudo derreterá
Tudo que o homem fez na Terra Se desmanchará Lá não há tristeza nem separação
A Terra fugirá, o céu se enrolará. Juntos os remidos no céu cantarão
A Terra e o mar prestarão conta dos seus mortos Por isso amigo é que você precisa comparecer.
Mas a Igreja comprada com sangue Será lamentável para o desviado
Lavada por Jesus amparada está E para quem não estiver preparado
Infelizmente desta festa não vão participar.
É bem aventurado o homem
Que com Cristo quer reinar
Os que de longe são chamados a cear
Pois vão logo para o trono que ornado já está
E a alegria nunca mais se acabará

Quando o Senhor se assentar,


no Trono Branco pra julgar
Grandes e pequenos estarão perante
O Trono do Cordeiro, ouvindo a última decisão
Com reta justiça Ele julgará
Ninguém pode fugir de Quem está
Assentado no Trono com poder e glória
Quem poderá contemplar?

Nova terra, no novo céu, o tabernáculo do Senhor


Deus enxugará de nossos olhos toda lágrima
Onde não haverá nem morte e nem pavor.
Naquela cidade só habitará
quem tiver seu nome escrito já
No livro da vida, do santo cordeiro,
Que vivo no céu para sempre está.

Tudo Pronto Está

Muito breve vai haver uma festa


Mui gloriosa no reino de amor
Ele É
Nós não sabemos o dia e nem a hora em que virá
Ele é o Pão vivo que desceu do céu Jesus,
Ele é bom, Ele é Conselheiro
Ele é o Sacerdote em ação
Mas sua igreja ansiosa o espera cantando, carregando
Ele é, Ele é o Profeta que veio a cruz
Ele é o Rei que em breve virá Todos o aguardam o som da trombeta de Deus esta
quer o mundo aceitar ou não terra abalar
pra morrer veio como Cordeiro de Deus E a igreja será arrebatada, por Jesus levada para o
pra reinar virá como Leão! novo lar
Coroa de espinho na fronte levou
quando lá no Calvário morreu E redimida a igreja sofrida, não mais sofrerá,
mas ao terceiro dia Ele ressuscitou Pois a colheita findou-se e descanso os ceifeiros
e assentou-se à direita da Deus terão
Ele é rei, ninguém pode mudar No céu de glória lugar de delícia onde Deus está
o Seu reino é eterno e não é daqui Estaremos eternamente na glória celeste, nosso
Ele foi, Ele é, Ele sempre será! terno lar
Ele é o Rei em que mui breve há de vir!

Ele é o esplendor de Sua glória Vai ser dia de tristeza quando muitos chorarão de dor
Ele é, Ele é o mais elevado de todos Filhos a procura dos pais, e crentes desviados
é Herdeiro é também Criador procurando pastor
é Santificador é o Pináculo de tudo Procurarão a Igreja pra ver se encontram os crentes ali
creio que você já percebeu A igreja está vazia, os crentes estão com Jesus no
que eu estou falando do Filho de Deus porvir
veio ao mundo e nos deu Sua luz
Ele é o Rei dos judeus e o Seu nome é Jesus

O Arrebatamento da Igreja
Canto do Servo Sofredor Jesus, Pão da Vida

Ele não tinha beleza. Era a escória, desprezado Cristo levou sobre Si as nossas dores
Homem das chagas e tristezas, nas dores Ele levou sobre Si as nossas transgressões.
experimentado O castigo que nos traz, a paz estava sobre Ele
Nossos crimes e pecados sobre os seus ombros ele E por Suas chagas fomos sarados
tomou Ele tomou sobre Si as nossas maldições
Por nossas culpas foi castigado, todo o seu sangue Ele sofreu para que tivéssemos perdão
derramou O Seu sangue derramou para nos resgatar das trevas
E nos lavar de toda iniquidade
Por suas chagas, fomos curados
Suas feridas nos libertaram Jesus, Pão da vida
Pelo Seu sangue, vem a eterna salvação Jesus, Luz do mundo
Príncipe da paz, Maravilhoso, Conselheiro
Ficou sozinho e calado. Ele não quis se defender Fonte de eternidade e amor
Injustamente condenado, sem nenhum crime cometer Jesus, Deus Emanuel
Por seu povo ele morreu, e mesmo assim foi rejeitado Jesus, Santo dos santos
Nenhum pecado cometeu, entre bandidos foi contado Árvore da Vida, Rio que brota do trono de Deus
Alegria profunda no meu coração
Impulsionado pelo amor, obediente se entregou Recebe adoração, Jesus
Este é meu Servo vencedor, a morte ele derrotou És digno de louvor, Jesus, recebe adoração (canta na
Quem o aceita é justificado, e vida nova receberá última vez)
Entre os eleitos será contado, e eternamente viverá.
Pudesse Contar Casinha Branca

Sabemos que se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se


Pudesse contar toda glória desfizer
Que brilha no meu coração, Temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos
Pudesse contar do meu Mestre Eterna nos céus e por isto neste tabernáculo, gememos
E o mundo prestasse atenção. Aspirando por ser revestidos da nossa habitação celestial
Iria então às cidades, Eu tenho uma casinha que está velha e sinto seu final se aproximar
Correndo até ao sertão Os anos que eu moro nesta terra, aqui minha alma achou onde
Contando os ensinos de Cristo, habitar
O Seu grande amor e perdão. Eu tenho uma casinha, já bem gasta, que um dia em breve hei de
aqui deixar
E quando for levado à outra morada, pra sempre com o Senhor hei
Melhor que contar é viver de ficar
A vida de Cristo Jesus,
E os homens irão receber Adeus, casinha branca. Em breve hei de deixar tua habitação
As novas que dão vida a flux Adeus, morada santa. Regressarei na gran ressurreição

Eu tenho uma casinha que está velha. Um dia o Carpinteiro há de


Pudesse contar do meu Cristo, vir
Do santo poder remidor; Reconstruir fazendo outra nova, pra nunca mais deixar de existir
Pudesse conta da agonia Não sei os anos que desabitada, a minha casa aqui há de ficar
Porém ela será daqui tirada e nunca mais aqui vou habitar
Que teve por mim, pecador,
Iria até me escutarem Eu tenho uma igrejinha nesta vida
Pregando com todo fervor, Com gozo sempre louvo ao meu Senhor
Contando a história mui terna E juntos com os santos reunidos, orando e esperando o Salvador
Um dia, sim, virá nos resgatar; não mais minha igrejinha, aqui será
De Cristo e de Seu grande amor Jesus promete nos arrebatar, pra junto da Sua glória celestial
A Ele a Glória Minha Alegria

Alfa, Ômega, Princípio e Fim, sim Ele É, sim Ele É. Minha Alegria é Cantar
E o meu canto invade o ar
Alfa, Ômega, Princípio e Fim, sim Ele É, sim Ele É. Como seria importante, se as pessoas num instante
Lírio do Vale, Estrela da Manhã, Cantassem, se amassem e louvassem a Deus,
Para sempre cantarei o seu louvor. O Criador de tudo que a gente vê.
E quando eu canto me transformo.
Lírio do Vale, Estrela da Manhã, Sinto meu coração bater.
A Ele a Glória, a Ele o Louvor, Sinto a alegria me tomando,
A Ele o Domínio, Ele é o Senhor. Com mais vigor eu vou cantando
a Deus com toda gratidão
A Ele a Glória, a Ele o Louvor, a Ele o Domínio, Ele é... Vou ser feliz, e ver as pessoas felizes

Alfa, Ômega, Princípio e Fim, sim Ele É, sim Ele É. Vou cantar, vou louvar, ao meu Criador,
Alfa, Ômega, Princípio e Fim, sim Ele É, sim Ele É. Por tudo que tem feito para mim.
Lírio do Vale, Estrela da Manhã, Vou andar, procurar, outra voz para me acompanhar
Para sempre cantarei o seu louvor. E juntos seguirmos, cantando, louvando a Deus.

Eu canto alegre a tantas vidas,


Lírio do Vale, Estrela da Manhã, O canto pode até salvar.
A Ele a Glória, a Ele o Louvor, E quando ouço alguém cantar,
A Ele o Domínio, Ele é o Senhor. Sinto meu coração se alegrar,
A Ele a Glória, a Ele o Louvor, a Ele o Domínio, Ele é... O canto nos fala tanta coisa.
Quem canta, sofre menos...
E se ao invés do som da guerra
Houvesse um canto nesta Terra,
e a humanidade comovida,
Entregassem suas vidas a Deus,
Como um bando de pardais,
Cantando o amor, cantando a Paz
Te Amarei, Senhor Eu Não Sou Digno

Me chamaste para caminhar na vida Contigo Eu não sou digno, ó meu Senhor
Decidi para sempre seguir-Te, não voltar atrás Eu não sou digno de que Tu entres, ó meu Senhor, na
Me puseste uma brasa no peito e uma flecha na alma minha casa
É difícil agora viver sem lembrar-me de Ti Porque és tão Santo e eu pecador
Eu nem me atrevo a ti pedir este favor
Te amarei, Senhor,
Te amarei, Senhor Eu não sou digna, ó meu Senhor
Eu só encontro a paz e a alegria Eu não sou digna De que Tu entres, ó meu Senhor, na
Bem perto de Ti minha casa
Meu coração é tão pecador
Eu pensei muitas vezes calar e não dar nem resposta Eu nem me atrevo a ti pedir este favor
Eu pensei na fuga esconder-me, ir longe de Ti
Mas Tua força venceu e ao final eu fiquei seduzido Mas se disseres uma palavra
E É difícil agora viver sem lembrar-me de Ti A minha casa se transformará
Uma palavra é suficiente
Ó Jesus, não me deixes jamais caminhar solitário
Pois conheces a minha fraqueza e o meu coração
Vem, ensina-me a viver a vida na Tua presença
No amor dos irmãos, na alegria, na paz, na união
Quem É Esse Jesus?

Quem é esse Jesus


de quem se fala tanto há tanto tempo e tantas coisas
muitos contra e muitos a favor?
Quem é esse Jesus?
Não passa hora, nem minuto, nem segundo sem que alguém se lembre
dele
Sem que o chamem de Senhor
Tamanha é sua luz tão grande a força das palavras que Ele disse
Em Jesus não há mesmice desde o berço até à cruz
Ninguém disse o que Ele disse, nem do jeito que Ele disse
Quem é esse Jesus?

Quem é esse Jesus,


que andou pelas aldeias semeando mil idéias
e do céu mostrou-se porta-voz?
Quem é esse Jesus?
Que fez os santos, os profetas e os doutores
converteu mil pecadores, não deixou ninguém a sós
Tamanha é sua paz tão grande a força dos sinais que foi deixando
Que prossegue transformando quem se deixa transformar
Com palavras decididas, transformou milhões de vidas
Quem é esse Jesus?

Quem é esse Jesus,


que gera controvérsias onde quer que alguém o lembre
muitos contra e muitos a favor?
Quem é esse Jesus?
Por causa dele nova História foi escrita não há vida mais bonita do que a
deste sofredor
Morreu por todos nós mas foi tão forte o testemunho dessa vida
Pois a morte foi vencida ao vencer a dor da cruz
Poderoso e mais que forte poderoso até na morte
Quem é esse Jesus?
Em Certo Galileu Ninguém sabia qual foi o mal
E o crime que ele fez; quais foram seus pecados
Um certo dia, a beira mar Seu jeito honesto de denunciar
Apareceu um jovem Galileu Mexeu na posição de alguns privilegiados
Ninguém podia imaginar
Que alguém pudesse amar do jeito que ele amava E mataram a Jesus de Nazaré
Seu jeito simples de conversar E no meio de ladrões puseram sua cruz
Tocava o coração de quem o escutava Mas o mundo ainda tem medo de Jesus
Que tinha tanto amor...
E seu nome era Jesus de Nazaré
Sua fama se espalhou e todos vinham ver VITORIOSO! RESSUSCITOU!
O fenômeno do jovem pregador Após três dias à vida Ele voltou
Que tinha tanto amor Ressuscitado, não morre mais
Está junto do Pai pois Ele é o Filho Eterno
Naquelas praias, naquele mar Mas Ele vive em cada lar
Naquele rio, em casa de Zaqueu E onde se encontrar um coração fraterno
Naquela estrada, naquele sol
E o povo a escutar histórias tão bonitas Proclamamos que Jesus de Nazaré
Seu jeito amigo de se expressar Glorioso e triunfante, Deus conosco está!
Enchia o coração de paz tão infinita Ele é o Cristo e a razão da nossa fé
E um dia voltará!
E seu nome era Jesus de Nazaré
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
O fenômeno do jovem pregador
Que tinha tanto amor

Em plena rua, naquele chão


Naquele poço e em casa de Simão
Naquela relva, no entardecer
O mundo viu nascer a paz de uma esperança
Seu jeito puro de perdoar
Fazia o coração voltar a ser criança

E seu nome era Jesus de Nazaré


Sua fama se espalhou e todos vinham ver
O fenômeno do jovem pregador
Que tinha tanto amor

Um certo dia, ao tribunal


Alguém levou o jovem Galileu
Te Deum
Deus infinito nós te louvamos
E nos submetemos ao teu poder
As criaturas no seu mistério mostram
A grandeza de quem lhes deu o ser

Todos os povos sonham


E vivem nesta esperança
De encontrar a paz
Suas histórias todas apontam
Para o mesmo rumo, onde Tu estás

Santo, santo, santo


Santo, santo, santo
Todo poderoso
É o nosso Deus

Senhor Jesus Cristo, nós te louvamos


E te agradecemos teu imenso amor
Teu nascimento, teu sofrimento
Trouxe vida nova, onde existe a dor
Nós te adoramos e acreditamos
Que és o Filho Santo do nosso Criador
E professamos Tua verdade
Que na humanidade plantou tamanho amor

Deus infinito, teu Santo Espírito


Renova o mundo sem jamais cessar
Nossa esperança, nossos projetos
Só se realizam quando Ele falar
Todo poderoso, somos o teu povo
Que na esperança vive a caminhar
Dá que sejamos teu povo santo
Que fará do mundo teu trono e teu altar