Anda di halaman 1dari 7

Aluno: MACSUELL BORGES DA SILVA Matrícula: 153000105

Avaliação: A3 Data: 26 de Junho de 2018 - 10:30 Finalizado


Local: 210 - Nível 2 / Andar / Polo Paralela - Prédio I / EAD - UNIDADE PARALELA
Acadêmico: 030CTB2AM

Correto Incorreto Anulada  Discursiva  Objetiva Total: 4,50/10,00

1  Código: 26987 - Enunciado:  Todo texto literário é composto por diversos recursos estilísticos. Assim, o leitor deve analisar a linguagem 1,00/ 1,00
conotativa, composta de metáforas e simbologias. Essa é uma compreensão semântica, pois aciona a capacidade do leitor de atribuir
novos sentidos para um signo no contexto do texto e de acordo com as associações feitas com outros elementos textuais. Nesse
contexto, a metáfora também está presente na linguagem não verbal. Nesse caso, o leitor deve identificar o signo visual não inerente à
imagem, atribuindo um novo sentido ao texto não verbal. Sendo assim, observe o texto não verbal a seguir.   Analisando a imagem,
pode-se inferir que o sentido coerente com a imagem é o de:

 a) Ideia.
b) Diversidade.
c) Sucesso.
d) Liberdade.
e) Amor.

Alternativa marcada:

a) Ideia.

Justificativa: Resposta correta:Ideia.A lâmpada dentro da cabeça humana representa o surgimento de uma ideia que pode solucionar
um problema. Essa metáfora relaciona-se com a concepção de que, quando se tem um problema e não se encontra a solução, o sujeito
está no escuro, ou seja, não vê uma possibilidade de resolver a questão. A lâmpada dentro da cabeça humana representa a atividade
cerebral que, pelo raciocínio lógico, desenvolve uma ideia. Distratores:Amor. Errada. O signo “amor” é, de um modo geral, representado
pelo signo visual “coração”. Essa é uma convenção social, que atende ao princípio de que o cérebro é o órgão humano da razão e do
controle das emoções, e o coração é o órgão humano dos sentimentos, entre os quais o amor destaca-se por sua associação imediata
com representações estilizadas do coração.Liberdade. Errada. A concepção de liberdade costuma ser associada a signos visuais que
representem a transição de uma situação estática para uma condição de mobilidade. Dessa forma, o signo verbal “liberdade” pode ser
representado por signos visuais que indiquem a possibilidade de voo ou de rompimento de objetos que aprisionam, como grades e
correntes.Sucesso. Errada. Sucesso pressupõe ascender a uma nova posição na sociedade. Por esse motivo, é comum que sejam
utilizados signos visuais como escadas e montanhas, ou quaisquer lugares elevados. Roupas e bens de consumo, como um automóvel
caro e uma casa luxuosa, também são representativos de sucesso.Diversidade. Errada. Diversidade é um conceito que se associa à
multiplicidade cultural, racial ou de gênero. Como esse conceito tem ocupado os debates sociais contemporâneos, e por seu próprio
caráter polissêmico (muitos sentidos), há vários signos visuais que representam a diversidade, mas todos têm de apresentar uma
expressiva variedade de signos visuais.

2  Código: 28802 - Enunciado:  Uma mensagem pode ser elaborada com signos verbais e/ou signos não verbais. Ao ler um texto, verbal ou 0,00/ 0,50
não verbal, o leitor deve analisar os signos utilizados, encadeando-os e contextualizando-os adequadamente. A opção pela composição
de uma mensagem em linguagem verbal, não verbal ou mista atende às propostas do autor, que deve identificar o seu público-alvo e o
suporte textual utilizado. Diante disso, pode-se afirmar que: 

a) Imagens de fotografia não devem ser consideradas signos não verbais, pois não transmitem uma mensagem que possa ser
decodificada pelo receptor.
b) Qualquer signo verbal pode ser substituído por um signo não verbal em uma mensagem, pois todo vocábulo possui uma
imagem correspondente.
c) Os signos não verbais têm a função de complementar os signos verbais, pois não é possível para o leitor atribuir um sentido
completo às imagens.
d) Somente são considerados signos não verbais aqueles criados artificalmente para representar uma ideia e aceitos
universalmente. 
 e) Alguns signos não verbais (visuais ou sonoros) podem substituir com exatidão signos verbais na representação de uma
determinada realidade. 

Alternativa marcada:

c) Os signos não verbais têm a função de complementar os signos verbais, pois não é possível para o leitor atribuir um sentido completo
às imagens.

Justificativa: Resposta correta:  Alguns signos não verbais (visuais ou sonoros) podem substituir com exatidão os signos verbais na
representação de uma determinada realidade.Correta. Alguns signos não verbais, visuais ou sonoros, convencionados ou não, podem
substituir os signos verbais para representar uma determinada realidade. Em muitos casos, o signo não verbal torna-se mais adequado
do que o signo verbal, como em placas de trânsito. Distratores: Os signos não verbais têm a função de complementar os signos verbais,
pois não é possível para o leitor atribuir um sentido completo às imagens. Errada. Os signos não verbais complementam signos
verbais, como ocorre em textos ilustrados por imagens. No entanto, um signo não verbal pode substituir totalmente um signo verbal na
comunicação. Somente são considerados signos não verbais aqueles criados artificialmente para representar uma ideia e aceitos
universalmente. Errada. Há signos não verbais, classificados como ícones e símbolos, que são aceitos universalmente. Porém, todas as
imagens às quais se possa atribuir significado também são signos não verbais.  Imagens de fotografia não devem ser consideradas
signos não verbais, pois não transmitem uma mensagem que possa ser decodificada pelo receptor. Errada. Imagens de fotografia são
signos não verbais, desde que o receptor atribua sentido às imagens representadas. Portanto, a condição de ser fotografia não
desqualifica a imagem como signo não verbal. Qualquer signo verbal pode ser substituído por um signo não verbal em uma mensagem,
pois todo vocábulo possui uma imagem correspondente. Errada. Nem todo signo verbal possui uma imagem correspondente. Conceitos
abstratos, muitas vezes, não possuem signos não verbais que possam representá-los.

3  Código: 28726 - Enunciado:  As ideologias podem ser mantidas ou modificadas pela linguagem. Certos valores, concepções e crenças se 0,00/ 1,50
mantêm ao longo dos anos em nossa sociedade. Por outro lado, as transformações sociais promovem mudanças ideológicas que se
refletem no comportamento humano. Dessa forma, o estudo das ideologias sociais deve ser associado ao estudo da linguagem, em suas
diversas manifestações.  Deve-se compreender que o indivíduo adota ideologias para nortear a sua própria vida. No entanto, as
concepções individuais nem sempre representam a coletividade. Portanto, a manifestação de um pensamento deve ser analisada, a fim
de que seja identificado se o emissor da mensagem expressou uma opinião ou uma ideologia. Considerando essa reflexão, marque a
alternativa que evidencia corretamente a citação que relaciona a linguagem com a ideologia.

a) “Não sei aonde vou, mas já estou a caminho.” (Carl Sandburg).


b) “Se eu fosse acreditar mesmo em tudo, ficaria louco.” (Mário Quintana).
c) “Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre.” (Charles Chaplin).
 d) “A humanidade precisa de sonhos para suportar a miséria.” (Oscar Niemeyer).
e) “Creio que uma forma de felicidade é a leitura.” (Jorge Luis Borges).

Alternativa marcada:

c) “Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre.” (Charles Chaplin).

Justificativa: Resposta correta: “A humanidade precisa de sonhos para suportar a miséria.” (Oscar Niemeyer).Na frase do
arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, podemos selecionar a palavra “humanidade”, a qual indica que há uma referência à coletividade.
Dessa forma, o autor da frase expressa uma ideologia pela qual os “sonhos” são necessários para que o ser humano suporte as mazelas
sociais. Distratores:“Se eu fosse acreditar mesmo em tudo o que penso, ficaria louco.” (Mário Quintana). Errada. Nessa frase, identifica-
se a utilização da primeira pessoa do singular (“eu”), o que garante ao receptor a interpretação de que o autor faz uma referência à sua
subjetividade. Sendo assim, o receptor da mensagem não identifica uma ideologia social. “Cada segundo é tempo para mudar tudo
para sempre.” (Charles Chaplin). Errada. A frase apresenta uma concepção filosófica sobre o tempo que advém de uma reflexão
pessoal. Dessa forma, o emissor da mensagem registra sua opinião sobre a relação entre o tempo e a existência. “Não sei aonde vou,
mas já estou a caminho.” (Carl Sandburg). Errada. A frase apresenta uma concepção de caráter individual, considerando-se que o
emissor da mensagem utiliza a primeira pessoa do singular e os verbos selecionados representam uma situação individual. “Creio que
uma forma de felicidade é a leitura.” (Jorge Luis Borges). Errada. A frase faz um elogio à leitura, associando-a ao estado de felicidade.
Essa é uma opinião do autor, o qual transmite uma ideia que tem o objetivo de influenciar o seu ouvinte a buscar o prazer da leitura. No
entanto, não se trata de uma ideologia social, considerando-se que o estado de felicidade é individual.

4  Código: 28763 - Enunciado:  Os textos podem ser literários ou informativos. Os textos informativos apresentam linguagem objetiva. No 0,50/ 0,50
entanto, os graus de informatividade são variáveis e atendem à proposta do produtor do texto. Em uma interlocução verbal direta, que
ocorre pela oralidade, existe a possibilidade de o receptor da mensagem solicitar ao emissor mais esclarecimentos sobre o assunto em
pauta. Entretanto, quando a mensagem é escrita, a intervenção imediata do receptor não pode ser feita. Sendo assim, o emissor de um
texto escrito, verbal ou não verbal, precisa garantir que o receptor tenha informações suficientes para interpretar a mensagem
recebida.  Diante disso, marque a alternativa que apresenta a frase com maior grau de informatividade.

a) Vai ter início festival de rock mais esperado do ano.


b) Prédios em ruínas e ruas sem iluminação na cidade do caos.
c) A fila do desânimo: mais de quinhentas pessoas esperam horas em vão.
 d) Prefeitura de São Paulo pinta muros e apaga a arte dos grafiteiros.
e) Mudanças em leis provocam crise política.

Alternativa marcada:

d) Prefeitura de São Paulo pinta muros e apaga a arte dos grafiteiros.

Justificativa: Resposta certa: Prefeitura de São Paulo pinta muros e apaga a arte dos grafiteiros.A mensagem indica o autor da ação
(Prefeitura de São Paulo); a ação (pinta muros); e a consequência da ação (apaga a arte dos grafiteiros). Dessa forma, há informações
suficientes para que o leitor contextualize a mensagem. Sendo assim, esse texto tem alto grau de informatividade e pode ser
interpretado corretamente pelo leitor.  Distratores:Mudanças em leis provocam crise política. Errada. A mensagem não contém
informações suficientes para o entendimento do texto por parte do leitor. O texto não esclarece as mudanças promovidas, nem as leis
que sofreram as mudanças, nem a natureza da crise política.Vai ter início festival de rock mais esperado do ano. Errada. A mensagem
não esclarece ao leitor a que festival de rock se faz referência e, portanto, não é possível avaliar o motivo pelo qual se afirma que ele é o
'mais esperado do ano'.A fila do desânimo: mais de quinhentas pessoas esperam horas em vão. Errada. A mensagem não especifica a
situação que provocou a fila nem o que as pessoas pretendiam obter. Assim, não há como o leitor avaliar o conteúdo da
mensagem. Prédios em ruínas e ruas sem iluminação na cidade do caos. Errada. A metáfora “cidade do caos” não faz referência a uma
cidade em especial , nem mostra a relação entre o “caos” e a situação concreta apresentada. Sendo assim, o leitor não consegue
interpretar o conteúdo da mensagem.

5  Código: 28723 - Enunciado:  Para que o leitor compreenda uma mensagem, é preciso que ele utilize estratégias de leituras que 0,00/ 1,50
permitam uma análise correta dos elementos do texto, seja ele verbal ou não verbal. Em consequência dessa análise, o leitor poderá
interpretar o texto de forma correta, sem o risco de levantar hipóteses que o induzam a uma interpretação que desvie o texto de sua
proposta.  Nesse contexto, uma das mais importantes estratégias de leitura é a observação das relações sintáticas (conexão entre os
elementos de uma frase) e semânticas (associação entre os significados dos vocábulos) denominadas coesão e coerência. Fonte:
<http://www.porquinhodoido.com.br/2012/07/frases-de-caminhao-frases-engracadas.html
(http://www.porquinhodoido.com.br/2012/07/frases-de-caminhao-frases-engracadas.html)>.
Acesso em: 14 mar. 2018. Diante do exposto, marque a alternativa que apresenta uma análise correta do texto da imagem, considerando
a coesão e a coerência como estratégias de leitura.

a) A placa não apresenta coesão textual, pois as características apresentadas são específicas do “barbante”, portanto não se
aplicam à palavra “pobre”.
b) A placa apresenta coerência textual, pois os elementos linguísticos “pobre” e “barbante” possuem sentidos denotativos
semelhantes.
c) A placa não apresenta coesão textual, pois o produtor do texto não utilizou o “ponto final”, levando o leitor a crer que a frase
teria uma sequência.
 d) A placa apresenta coesão e coerência textual, pois ela se qualifica como um texto de humor que aproxima as características do
“barbante” e do “pobre”.
e) A placa é uma frase utilizada em para-choque de caminhão, portanto não se exige que o texto apresente coesão e coerência
textual.

Alternativa marcada:

e) A placa é uma frase utilizada em para-choque de caminhão, portanto não se exige que o texto apresente coesão e coerência textual.

Justificativa: Resposta correta: A placa apresenta coesão e coerência textual, pois ela se qualifica como um texto de humor que
aproxima as características do “barbante” e do “pobre”. Os textos de humor têm como característica apresentar relações incomuns entre
elementos linguísticos, provocando surpresa no leitor. Assim, a placa apresenta uma associação que atribui um novo sentido aos
elementos linguísticos utilizados no texto, aproximando as características entre os signos “pobre” e “barbante” ao estabelecer coesão e
coerência destes com os signos “esticado” e “rolo”. Distratores:A placa apresenta coerência textual, pois os elementos linguísticos
“pobre” e “barbante” possuem sentidos denotativos semelhantes. Errada. Os elementos linguísticos “pobre” e “barbante” não possuem
características semelhantes que garantam a coerência de um texto sem que o produtor utilize uma linguagem conotativa.A placa não
apresenta coesão textual, pois as características apresentadas são específicas do “barbante”, portanto não se aplicam à palavra “pobre”.
Errada. A coesão textual foi garantida pelo fato de o texto possuir linguagem conotativa, a qual permite, por aproximações semânticas
entre signos diversos, que a coerência textual seja garantida.A placa é uma frase utilizada em para-choque de caminhão, portanto não
se exige que o texto apresente coesão e coerência textual. Errada. Placas de caminhão apresentam frases populares, mas isso não é
condição para que o texto não possua coesão e coerência textual, que são fatores de textualidade necessários para que o leitor
compreenda a mensagem. A placa não apresenta coesão textual, pois o produtor do texto não utilizou o “ponto final”, levando o leitor a
crer que a frase teria uma sequência. Errada. Ainda que o produtor do texto tenha se esquecido de grafar o ponto final, o leitor antecipa
a pontuação ao considerar que o texto foi finalizado. Assim, a falta dessa pontuação não implica falta de coesão textual.

6  Código: 28795 - Enunciado:  A linguagem pode ser denotativa, quando um signo verbal corresponde à realidade que ele representa, ou 1,00/ 1,00
conotativa, quando um signo verbal assume outro sentido em um texto. Ter essa compreensão é importante para que o leitor possa
atribuir sentidos adequados ao texto. Sendo assim, o produtor do texto deve estar atento à linguagem utilizada, se denotativa ou
conotativa, de modo a fazer com que a mensagem alcance os objetivos propostos.  Sendo assim, marque a alternativa que apresenta
corretamente a linguagem conotativa.

a) A fotofobia é aversão à luz.


b) A luz do farol ilumina o mar.
c) O sol irradia muita luz.
 d) Devemos nos guiar pela luz do conhecimento.
e) Você deixou a luz do quarto acesa.

Alternativa marcada:

d) Devemos nos guiar pela luz do conhecimento.

Justificativa: Resposta correta:Devemos nos guiar pela luz do conhecimento. Nessa frase, a palavra “luz”, associada à palavra
“conhecimento”, adquiriu o sentido de sabedoria. Assim, o signo “luz” foi expresso em sentido conotativo, atendendo à proposta de que
o conhecimento seja valorizado, o que se intensifica com a utilização do verbo 'guiar'.  Distratores:Você deixou a luz do quarto acesa.
Errada. Nessa frase, a palavra “luz” refere-se ao objeto 'lâmpada'. A substituição de 'lâmpada' por 'luz' é um processo de metonímia,
pelo qual se substituiu o elemento concreto pelo elemento abstrato. Portanto, o signo 'luz', nessa frase, tem o sentido de claridade, e
a  linguagem é denotativa. A luz do farol ilumina o mar. Errada. Nessa frase, a palavra “luz” está associada ao signo 'ilumina', que é uma
propriedade da 'luz'. Sendo 'farol' uma torre com um foco luminoso que tem o objetivo de guiar as embarcações no mar durante a noite,
conclui-se que a linguagem utilizada nessa afirmação é denotativa.O sol irradia muita luz. Errada. Nessa frase, a palavra “luz” tem o
sentido de claridade do sol. Mais uma vez, destaca-se a propriedade da 'luz', que é 'iluminar'. Nessa afirmativa, o signo 'sol' garante que
a palavra 'luz' tenha sido utilizada em linguagem denotativa.A fotofobia é aversão à luz. Errada. Nessa frase, a palavra “luz” tem o
sentido de claridade, portanto, a linguagem é denotativa. Essa compreensão é confirmada pelo signo 'fotofobia', que é uma condição
pela qual uma pessoa tem intolerância a qualquer tipo de luz. 

7  Código: 28773 - Enunciado:  O estudo dos gêneros textuais compreende o estudo dos suportes utilizados para transmitir as mensagens, 1,10/ 2,50
pois eles também revelam mudanças no comportamento cultural de uma comunidade. Dessa forma, a interpretação dos textos deve
considerar também o suporte no qual eles são transmitidos. Neste contexto, observe a imagem a seguir. Fonte:
<http://devsaibamais.meuholerite.com.br/Funcionalidades (http://devsaibamais.meuholerite.com.br/Funcionalidades)>. Faça o que se
pede nos itens a seguir: a) Descreva a funcionalidade de cada suporte representado, relacionando-o ao gênero textual adequado.b)
Redija um texto sobre as modificações ocorridas na comunicação social, considerando os suportes textuais representados.

Resposta:

Comentários: Você não aborda a questão como um todo. Apensar responde parcialmente. xpectativa de resposta: Veja a expectativa de
resposta: "a) O primeiro suporte é utilizado para o gênero textual “carta”, um meio pelo qual a mensagem demora mais a chegar ao
destinatário. Na carta, expressam-se, com mais detalhes, fatos, pensamentos e emoções. O segundo suporte é o telefone celular, pelo
qual as mensagens eletrônicas são mais reduzidas, porém, chegam rapidamente ao destinatário. O terceiro suporte é o computador,
que possibilita o envio do gênero textual “e-mail”, que também garante ao emissor que seu destinatário leia mais rapidamente a
mensagem. b) A sociedade se transforma e modifica comportamentos culturais. Essas mudanças relevam uma sociedade
contemporânea."
Justificativa: Expectativa de resposta: a) O primeiro suporte é utilizado para o gênero textual “carta”, um meio pelo qual a mensagem
demora mais a chegar ao destinatário. Na carta, expressam-se, com mais detalhes, fatos, pensamentos e emoções. O segundo suporte é
o telefone celular, pelo qual as mensagens eletrônicas são mais reduzidas, porém, chegam rapidamente ao destinatário. O terceiro
suporte é o computador, que possibilita o envio do gênero textual “e-mail”, que também garante ao emissor que seu destinatário
leia mais rapidamente a mensagem.b) A sociedade se transforma e modifica comportamentos culturais. Essas mudanças relevam uma
sociedade contemporânea que privilegia a produtividade e a velocidade.

8  Código: 28730 - Enunciado:   Ao analisarmos um texto, devemos destacar os elementos linguísticos que o compõem, a fim de 0,90/ 1,50
compreendermos a proposta do autor. Em textos literários, o uso de uma linguagem conotativa possibilita que os sentidos do texto se
expandam, abrindo-se à interpretação do leitor. No entanto, é preciso que, no processo de interpretação, o contexto apresentado pelo
autor seja respeitado pelo leitor.   Sendo assim, leia atentamente o trecho selecionado do romance Iracema, de José de Alencar.   Além,
muito além daquela serra, que ainda azula no horizonte, nasceu Iracema. Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos
mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha
recendia no bosque como seu hálito perfumado. Mais rápida que a corça selvagem, a morena virgem corria o sertão e as matas do Ipu,
onde campeava sua guerreira tribo, da grande nação tabajara. O pé grácil e nu, mal roçando, alisava apenas a verde pelúcia que vestia a
terra com as primeiras águas. Um dia, ao pino do Sol, ela repousava em um claro da floresta. Banhava-lhe o corpo a sombra da oiticica,
mais fresca do que o orvalho da noite. Os ramos da acácia silvestre esparziam flores sobre os úmidos cabelos. Escondidos na folhagem
os pássaros ameigavam o canto.   (Fonte: <http://objdigital.bn.br/Acervo_Digital/Livros_eletronicos/iracema.pdf
(http://objdigital.bn.br/Acervo_Digital/Livros_eletronicos/iracema.pdf)>
Acesso em: 4 mar. 2018.)   Diante disso, faça o que se pede nos itens a seguir:    Qual a importância do espaço na narrativa de José de
Alencar? Como o narrador define a personagem Iracema? Com que elementos da natureza o narrador compara Iracema e que
características físicas são atribuídas à personagem a partir dessas comparações?

Resposta:

Comentários: Texto apresenta rasura e está mça formatado. Além disso, não contempla toda a questão. Exemplo da expectativa de
resposta: "Expectativa de resposta: "O espaço é representado por uma natureza exuberante, com a qual o narrador identifica a
personagem Iracema. Iracema é definida pelo narrador como “a virgem dos lábios de mel”. Iracema é comparada com os seguintes
elementos da natureza: as asas da graúna, a palmeira, o favo da jati, a baunilha e a corça selvagem. Com essas comparações, são
atribuídas as seguintes características físicas à personagem Iracema: cabelos negros, elegância, sorriso doce, hálito perfumado e
agilidade."
Justificativa: Expectativa de resposta: O espaço é representado por uma natureza exuberante, com a qual o narrador identifica a
personagem Iracema. Iracema é definida pelo narrador como “a virgem dos lábios de mel”. Iracema é comparada com os seguintes
elementos da natureza: as asas da graúna, a palmeira, o favo da jati, a baunilha e a corça selvagem. Com essas comparações, são
atribuídas as seguintes características físicas à personagem Iracema: cabelos negros, elegância, sorriso doce, hálito perfumado e
agilidade.
(https://strtec.s3.amazonaws.com/ilumno/processamento/imagens_corrigidas/2018/06/30/f6e0ab28-
7c8e-11e8-9220-0242ac110039.jpg?
Signature=zH%2FCopVYqIm5veCWJpCLw6VwGZ8%3D&Expires=1537542792&AWSAccessKeyId=AKIAJ5OVDHP63TNWC3PQ)
(https://strtec.s3.amazonaws.com/ilumno/processamento/imagens_corrigidas/2018/06/30/fa4d4d02-
7c8e-11e8-9220-0242ac110039.jpg?
Signature=wpDRxXmCSi179gAwjvLcNRtocTY%3D&Expires=1537542792&AWSAccessKeyId=AKIAJ5OVDHP63TNWC3PQ)