Anda di halaman 1dari 28

Desempenho empresarial

e Sustentabilidade

Disciplina Sustentabilidade
Professor Márcio B. Miranda
PRINCÍPIOS DA CARTA DA TERRA

I. RESPEITAR E CUIDAR DA COMUNIDADE DA VIDA


1. Respeitar a Terra e a vida em toda sua diversidade
2. Cuidar da comunidade da vida com compreensão, compaixão
e amor.
3. Construir sociedades democráticas que sejam justas,
participativas, sustentáveis e pacíficas.
4. Garantir as dádivas e a beleza da Terra para as atuais e as
futuras gerações.
PRINCÍPIOS DA CARTA DA TERRA
II. INTEGRIDADE ECOLÓGICA
5. Proteger e restaurar a integridade dos sistemas ecológicos da
Terra, com especial preocupação pela diversidade biológica e pelos
processos naturais que sustentam a vida.
6. Prevenir o dano ao ambiente como o melhor método de proteção
ambiental e, quando o conhecimento for limitado, assumir uma
postura de precaução.
7. Adotar padrões de produção, consumo e reprodução que
protejam as capacidades regenerativas da Terra, os direitos
humanos e o bem-estar comunitário.
8. Avançar o estudo da sustentabilidade ecológica e promover a
troca aberta e a ampla aplicação do conhecimento adquirido.
PRINCÍPIOS DA CARTA DA TERRA
III. JUSTIÇA SOCIAL E ECONÔMICA
9. Erradicar a pobreza como um imperativo ético, social e ambiental.
10. Garantir que as atividades e instituições econômicas em todos os
níveis promovam o desenvolvimento humano de forma equitativa e
sustentável.
11. Afirmar a igualdade e a equidade de gênero como pré-requisitos
para o desenvolvimento sustentável e assegurar o acesso universal à
educação, assistência de saúde e às oportunidades econômicas.
12. Defender, sem discriminação, os direitos de todas as pessoas a
um ambiente natural e social, capaz de assegurar a dignidade
humana, a saúde corporal e o bem-estar espiritual, concedendo
especial atenção aos direitos dos povos indígenas e minorias.
PRINCÍPIOS DA CARTA DA TERRA

IV. DEMOCRACIA, NÃO VIOLÊNCIA E PAZ


13. Fortalecer as instituições democráticas em todos os níveis e
proporcionar-lhes transparência e prestação de contas no
exercício do governo, participação inclusiva na tomada de
decisões, e acesso à justiça.
14. Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo
da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias
para um modo de vida sustentável.
15. Tratar todos os seres vivos com respeito e consideração.
16. Promover uma cultura de tolerância, não violência e paz.
DAS PRÁTICAS
SUSTENTÁVEIS
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
A EMPRESA SUSTENTÁVEL
ÉTICA EMPRESARIAL
A ética empresarial é o ramo da ética ligado às empresas.

 É a forma moralmente correta com que as empresas


interagem com o seu meio envolvente.
 É a teoria da ação justa e moral
 A ética também tem como função descobrir as
concepções dominantes da moralidade.
ÉTICA EMPRESARIAL
 O núcleo fundamental é a análise
da experiência moral
 Experiência moral = consciência
moral, dever, responsabilidade,
decisão) e
 E dos tipos de ação que
correspondem aos diversos
valores particulares (ética do
trabalho, da intenção, da
responsabilidade, do êxito)
ÉTICA EMPRESARIAL

A ética estabelece as leis que


determinam a conduta moral
da vida pessoal e coletiva.

A ética empresarial determina


a conduta moral de uma
empresa, seja ela pública ou
privada.
ÉTICA EMPRESARIAL
A ética empresarial na empresa
 fortalece uma empresa
 melhora reputação
 causa impacto positivo
 promove o crescimento
 favorece a sociedade, os fornecedores,
clientes, funcionários, sócios e o
governo.

Benefícios da ética empresarial


 Ser reconhecida e valorizada pelo
cliente
 Estabelece relação de confiança.
 A satisfação e a confiança origina lucro
ÉTICA EMPRESARIAL

A ética empresarial é uma prática essencial de


uma empresa, assim como a responsabilidade
social e responsabilidade sócio-ambiental.
ISO
ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL PARA NORMALIZAÇÃO

ISO (International Organization for


Standartization/Organização Internacional para
Normalização) – é uma ONG internacional, com
sede em Genebra na Suíça.
Tem por objetivo estabelecer normas que
representem e traduzam o consenso dos
diferentes países do mundo.
Participam da ISO entidades de normalização
representando cerca de 95% da produção
industrial do mundo.
O Brasil participa da ISO através da ABNT -
Associação Brasileira de Normas Técnicas.
ISO 26000
NORMA INTERNACIONAL ISO 26000
Diretrizes sobre Responsabilidade Social

 É uma norma de diretrizes, sem propósitos de


certificação;
 Não tem caráter de sistema de gestão;
 Aplicável a qualquer tipo e porte de organização
(empresas, governo, ONGs, etc);
 Construída com base em iniciativas já existentes.
O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO
DA ISO 26000

 Decisão histórica: liderança compartilhada entre país


desenvolvido e em desenvolvimento - Brasil e Suécia.

 Participação de 367 pessoas (experts e observadores) de 64


países no Grupo de Trabalho de RS da ISO*

 Processo participativo: amplo envolvimento de países em


desenvolvimento e partes interessadas usualmente excluídas dos
processos de normalização – definição de 6 categorias:
Consumidores; Governo; Indústria; ONG; Trabalhadores; Serviços,
suporte, pesquisa e outros.
GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL

 Passado - Até o início da década de 90 as questões


ambientais no país eram tratadas com
regulamentação técnica – padrões de qualidade e
limites de emissões a serem seguidos.

 Presente - Hoje a tendência é a utilização da


proteção ambiental como fator de diferenciação de
produtos, processos e serviços entre empresas, ou
mesmo, entre países.
Os tais créditos de carbono!
GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL

É definida como sendo um conjunto de políticas, programas


e práticas administrativas e operacionais que levam em
conta a saúde e a segurança das pessoas e a proteção do
meio ambiente, incluindo-se todas as fases do ciclo de vida
de um produto.

A gestão ambiental empresarial, objeto da ISO 14.000, está


essencialmente voltada para organizações, ou seja,
companhias, corporações, firmas, empresas ou instituições.
NBR-ISO 14000
GESTÃO AMBIENTAL
É um conjunto de normas técnicas referentes a métodos e
análises, que possibilitam CERTIFICAR que determinado
PRODUTO - seu carro, seu inseticida, o papel que você usa, entre
outros - quando sua PRODUÇÃO, sua DISTRIBUIÇÃO e DESCARTE
e/ou a ORGANIZAÇÃO que o produziu, utilizando um PROCESSO
GERENCIAL E TÉCNICO que:

 não proporcionam, ou reduzem


ao mínimo, os danos ambientais;

 estejam de acordo com a


LEGISLAÇÃO AMBIENTAL
POR QUE A SÉRIE ISO 14.000 FOI CRIADA ?

Crescentes pressões das comunidades de diferentes países

Preocupação com a proteção ao meio ambiente

Surgiram várias padronizações regionais e nacionais com


respeito à Gestão e Rotulagem Ambiental (Globalização):

Inglaterra Norma BS-7750 sobre Gestão Ambiental.


Canadá, a Canadian Standards Association, normalizou um modelo próprio
de Gestão Ambiental.
C.E.E. - Comunidade Econômica Européia, formulou normas para
rotulagem, gestão e auditoria ambiental.
Países como EUA, Alemanha e Japão criaram programas nacionais de
rotulagem ambiental.
ORGANIZAÇÃO DE SÉRIE
NBR-ISO 14.000
CONJUNTO DE NORMAS DA SÉRIE ISO 14000
PUBLICADAS PELA ABNT

NBR ISO/14001- Sistemas de Gestão Ambiental


NBR ISO/14004 - SGA – Diretrizes gerais sobre princípios e técnicas de apoio
NBR ISO/14015 - Gestão Ambiental – Avaliação ambiental de locais e organizações
NBR ISO/19011 - Diretrizes para auditorias de sistemas de gestão ambiental
NBR ISO/14020 - Rótulos e declarações ambientais – princípios gerais
NBR ISO/14021 - Rótulos e declarações ambientais – Rotul. Ambiental – Tipo II
NBR ISO/14024 - Rótulos e declarações ambientais – Rotul. Ambiental - Tipo I –
princípios e procedimentos
NBR ISO/14031 - Gestão Ambiental – Avaliação de desempenho ambiental –
diretrizes
NBR ISO/14040 - Gestão Ambiental – Avaliação do ciclo de vida (ACV) – Princípios e
estrutura
NBR ISO/14041 - Gestão Ambiental – ACV – Definição de objetivo, escopo e análise
de inventário
NBR ISO/14042 - Gestão Ambiental – ACV – avaliação do impacto do ciclo de Vida
NBR ISO/14050 - Gestão Ambiental – Vocabulário
Fonte: página na web do CB38 – Comitê Brasileiro de Gestão Ambiental ABNT
SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL
ISO 14001
O Sistema da Gestão Ambiental é o conjunto
de responsabilidades organizacionais,
procedimentos, processos e meios que adotam
para a implantação da uma política ambiental
em determinada empresa ou unidade
produtiva. Um SGA é a sistematização da
gestão ambiental por uma organização
determinada. É o método empregado para
levar uma organização a atingir e manter-se
em funcionamento de acordo com as normas
estabelecidas, bem como para alcançar os
objetivos definidos pela em sua política
ambiental.
marciobmiranda@gmail.com
www.profmarcio.com.br
www.sc.senac.br