Anda di halaman 1dari 5

Aula 3

Economia política Conversa Inicial

Prof. Felipe Calabrez

Crítica marxista à economia política clássica

Ruptura com as visões clássicas


Capitalismo como sistema inerentemente
Crítica à visão liberal do capitalismo e
conflituoso
trabalho como relação de alienação e
exploração O lucro com origem na exploração

Relações de produção
como base da sociedade

Materialismo histórico e
alienação do trabalho Modo de produção da vida material
(infraestrutura) e formas políticas e
jurídicas (superestrutura)

1
Alienação do trabalho
O homem não se reconhece em seu Economia política:
trabalho um caminho lógico

O produtor não permanece com o fruto


do seu trabalho

Relações de produção sob o capitalismo


A primazia das relações materiais e do
Desenvolvimento da teoria do valor-trabalho
trabalho leva à economia política
Antagonismo de classes
A dinâmica das relações sociais está na
(burguês x proletário)
esfera da produção da vida material
Relação de exploração
O trabalho gera valor não pago
Capital como relação social

Trabalho e força de trabalho


Mais-valia (tempo de trabalho não pago) Dinâmica do sistema capitalista
Origem do lucro
Salário x lucro

2
Acumulação e concentração

Lógica do capital: valorizar-se


O “segredo” do lucro está na produção,
mas sua realização está na circulação
Dinâmica expansiva do sistema e seu D-M-D’
princípio motor: lucro
Problemas de realização do lucro
(superprodução)

Aumento da riqueza em
sua forma financeira e crises

Financeirização e crises
A lógica de acumulação pode dispensar a
produção material
O capital valoriza-se a si mesmo

Desenvolvimento do capitalismo e entraves


ao processo de acumulação
Marxismo, Estado e a política
Capital “portador de juros”
“Capital fictício”
D-D’

3
Estado capitalista e luta de classes

O Estado não “paira acima das classes”


Estado: “balcão de negócios da burguesia”

Estado como instrumento da classe “Bonapartismo”


dominante e da luta política Possibilidades de análise: a luta de
classes “dentro do Estado”

Pesquise sobre as condições das indústrias


localizadas em Manchester, na Inglaterra
do século XIX, relacionando a situação dos
trabalhadores com as contribuições de Marx
sobre o processo de trabalho no capitalismo
Na Prática
Pesquise sobre os conflitos operários
ocorridos na Europa do século XIX e sobre
as experiências de organização da classe
operária. Em específico, levante informações
sobre o episódio conhecido como comuna de
Paris

Percurso intelectual de Marx


O materialismo histórico desemboca na
Finalizando economia política
Crítica à economia política inglesa
Desenvolvimento da teoria do
valor-trabalho

4
Crítica ao capitalismo
Capital como relação social Referências
Exploração, mais-valia e lucro
Estado como instrumento da burguesia

AVELÃS NUNES, A. J. Uma introdução à economia política. São


Paulo: Quartier Latin, 2007.
BOYER, R. Teoria da regulação: os fundamentos. São Paulo:
Estação Liberdade, 2009.
CHESNAIS, F. A mundialização financeira. São Paulo: Xamã,
1998.
MARX, K. Contribuição à crítica da economia política. São Paulo:
WMF Martins Fontes, 2011.
______. O 18 brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Abril,
1974.
______. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Abril
Cultural, 1983.
MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente
filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e
Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas
(1845-1846). São Paulo: Boitempo, 2007.