Anda di halaman 1dari 15

TEORIAS DA APRENDIZAGEM E

MODELOS PEDAGÓGICOS

Ms Leandra Vaz Fernandes C. Ferraz


Teorias da Aprendizagem

 Buscam reconhecer a dinâmica envolvida


nos atos de ensinar e aprender partindo do
reconhecimento da evolução cognitiva do
homem.

 Tentam explicar a relação entre


conhecimento pré-existente e o novo
conhecimento
Teorias de Aprendizagem

Apresentam múltiplas visões sobre:


 O processo de aprendizagem:
 As circunstâncias em que a aprendizagem
ocorre
 Os resultados da aprendizagem;
 O papel do professor e da escola,
Teorias de Aprendizagem

Principais abordagens
 Comportamentalista
 Cognitivista
 Construtivista

Fundamentos
 Vygotsky – internalização
 Piaget – conflito cognitivo
Teorias de Aprendizagem

 Várias teorias contribuem para o


entendimento da aprendizagem cooperativa

Ponto comum:
 indivíduos são agentes ativos na busca e
 construção de conhecimento, dentro de um
 contexto significativo
Espistemologia Genética de
Piaget

 Ponto central: estruturas cognitivas do sujeito


sensório-motor (0-2);
pré-operacional (3-7); Estágios do Desenvolvimento
operacional concreta (8-11),
operações formais (12-15)
 As estruturas se modificam através de processos de
adaptação: assimilação e acomodação;
 Interação social e troca entre indivíduos funcionam
como estímulo ao processo de aquisição de
conhecimento.
Para Piaget

 o começo do conhecimento é a ação do


sujeito sobre o objeto, ou seja, o
conhecimento humano se constrói na
interação homem-meio, sujeito-objeto

Homem / Meio /
Sujeito Objeto
Cognitivismo
Bruner
 Aprendizagem é um processo ativo.
 Aprendizes “constróem” novas idéias ou conceitos
com base em seu conhecimento passado/atual
Aspectos principais:
Predisposição para aprendizagem
Estruturação do corpo de conhecimento
Seqüências de apresentação de material
efetivas
Natureza da recompensas
Instrução relacionada a contextos e experiências
pessoais.
Teoria Sócio-Cultural de
Vygotsky
 Inteligência humana provém da sociedade ou cultura;
 Desenvolvimento cognitivo
requer interação social
limitado a um determinado potencial

Zona Proximal de Desenvolvimento - ZPD


 Trabalho em grupo
permitir o confronto e a integração de diferentes pontos de
vista
facilitar a coordenação progressiva dos esquemas cognitivos
ativar a reestruturação dos esquemas cognitivos
Wallon

 A aprendizagem é sempre provocada por


situações externas ao sujeito.
 A criança, para Wallon, é essencialmente
emocional e gradualmente vai constituindo-
se em um ser sócio-cognitivo
 As trocas relacionais da criança com os
outros são especiais para o desenvolvimento
da pessoa.
Cognição Distribuída
Salomon
 Interação entre indivíduo, ambiente e
artefatos tecnológicos e culturais
 Ensinamento recíproco
 Conhecimento é compartilhado e distribuído,
sendo necessária a interação
Cognição Situada
Lave; Brown, Collins & Duguid

 Aprendizagem ocorre em função da


atividade, contexto, cultura e ambiente social
na qual está inserida;
 Interação social e colaboração são
componentes críticos para aprendizagem

Comunidade de Prática
Dewey
 Conhecimento é construído sobre
conhecimentos prévios
 Participação ativa do aprendiz na definição
do ambiente de aprendizagem
 Instrutor - facilitador
Paulo Freire
 Ensino e aprendizagem são um mesmo ato
e processo político de formação e de
transformação de pessoas aonde "quem
forma se forma e re-forma ao formar e quem
é formado forma-se e forma ao ser formado
 [...] quem ensina aprende ao ensinar e quem
aprende ensina ao aprender."
EXERCÍCIO

COM BASE NA CONTRIBUIÇÃO DAS


VÁRIAS TEORIAS E DO DEBATE GERADO
EM SALA, ELABORE EM DUPLA UM NOVO
CONCEITO DE APRENDIZAGEM