Anda di halaman 1dari 60

Instruções de montagem Reboque

EBS E1
9
Fixação dos cabos

fig. 9-7: Modulador


Modulador TEBS
TE BS E - Fixação dos cabos

O conector que incorpora o cabo está fabricado com uma superfície antideslizante.
Isso facilita a introdução no conector da ECU.
– Fixe o cabo (separação máxim
máximaa da E CU de 300
300 mm
mm de cabo) com flanges.
O cabo de 8 pólos das conexões POWER, SUBSYSTEMS e MODULATOR
devem ser fixadas diretamente ao conector no modulador TEBS E com os
pontos previstos para isso.

Fixe o cabo de modo que os conectores não fiquem expostos a esforços de tração
nem forças transversais.
Fixe as flanges de modo que não possam ser danificadas (se utilizar ferramentas,
preste atenção às instruções do fabricante das flanges).
Não coloque os cabos sobre cantos vivos nem próximos a meios agressivos
(p. ex.: ácidos)

111
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

9.4 Identificação da ECU

fig. 9-8: Identificação


Identificação da EC U

Lado esquerdo
GIO 1-6 Conexões multifuncionais
ultifuncionais para as funções GIO “GIO
GI O 1-6”
ABS-f,
ABS -f, d Conexão
onexão para
para sensores ABS f e d

Lado direito
MODULA
MODU LADOR
DOR Conexão
onexão para
para 3º modulador
odulador E BS (4S/3M EBS-R
BS -RV)
V) ou para
para
ABS-RV (4S/2M+1M)
P OWER
OWE R Conexão ISO
IS O 7638,
7638, alimentação
alimentação de tensão de 7 pinos
SUBSY
SU BSYST
STEE MS Conexão
Conexão para
para IVTM, cont
control
role
e remot
remoto
o ECAS
EC AS ou caixa
caixa de
comando ECAS, SmartBoard e sistema telemático
IN/OU
IN/OUTT Conexão para alimentação
alimentação através
através da luz de freio ou TCE
TC E
ABS-e,
ABS -e, c Conexão
onexão para
para sensores ABS f e d
GIO 7 Conexão multifuncional
ultifuncional para as funções GIO
GI O “GIO
GI O 7”

112
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9
9.4.1 Denominação das conexões pneumáticas do modulador TEBS E

Modulador TEBS E sem PEM Conexões


1 Alimentação (no depósito “Freios”)
2.1 Pressão de frenagem (na câmara de freio)
4 Pressão de pilotagem (na PREV 21)
5 Pressão de suspensão (no amortecedor da suspensão
pneumática)

2.2 Pressão de frenagem (na câmara de freio)

1 Alimentação (no depósito “Freios”)


2.2 P ress
ressão
ão de frenagem (na câmara
câmara de freio)

113
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

Modulador TEBS E com PEM Conexões


1 Alimentação (no depósito “Freios”)
1.1 Alimentação “Suspensão pneumática” (na válvula
niveladora, válvula de controle de altura, válvula de controle
do eixo de elevação ou bloco do ECAS)
2.1 Pressão de frenagem (na câmara de freio)
2.3 Atuador Tristop®(na boca 12 do Atuador de freio)
4 Pressão de pilotagem (na PREV 21)
5 Pressão de suspensão (no amortecedor da suspensão
pneumática)

1 Alimentação (no depósito “Freios”)


2.2 Pressão de frenagem (na câmara de freio)
2.3 Atuador Tristop®(na boca 12 do Atuador de freio)
4.2 Pressão de pilotagem (na PREV 22)

1 Alimentação (no depósito “Freios”)


2.4 Conexão de teste “freios”

114
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9

9.5 Tubos / mangueiras


Montagem do tubo

fig. 9-9: Tolerância de corte admissível

– Corte os tubos em ângulo reto.


É permitido um desvio máximo de 15°.

fig. 9-10: Introdução do tubo no niple

– Insira os tubos nos niples com a mão até o final.


Girar e pressionar, ao mesmo tempo, facilitam a inserção.
A inserção consta de duas etapas claras e perceptíveis:
1. etapa: Passo de anel de aperto
2. etapa: Chegada perceptível à parte da superior da fixação situado no fundo do
niple
A tabela abaixo indica as forças de inserção máximas. A força normal corresponde
a aproximadamente 2/3 dos valores indicados.

fig. 9-11: Comprimento da inserção em L

Para poder controlar o processo visualmente, recomendamos marcar no tubo o


comprimento de inserção de acordo com a tabela:

Diâmetro exterior do Comprimento da Força máxima de inserção


tubo [mm] inserção [mm] [N]
6 19,5 80
8 20,5 90
10 24,0 100
12 25,0 110
15 27,0 125

115
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

Diâmetro exterior do Comprimento da Força máxima de inserção


tubo [mm] inserção [mm] [N]
16 27 120
18 27 180

Desmontagem do tubo
Para soltar o tubo do niple, é preciso uma ferramenta de desmontagem. Esta
ferramenta, denominada “Ferramenta de desmontagem”, permite soltar a
ancoragem do tubo do niple.

fig. 9-12: Ferramenta de desmontagem

fig. 9-13: Soltar a ancoragem com a ferramenta de desmontagem

A ferramenta de desmontagem (para tubos de 8, 12 e 16 mm) pode ser solicitada


com o nome de Locking Clip Kit - referência 899 700 920 2.
Notas de reparo
O uso do sistema RAUFOSS permite trocar as válvulas, os depósitos de ar e os
amortecedores de suspensão pneumática sem problemas. Ao contrário dos niples
de anel cortante, no sistema RAUFOSS, os niples se desenroscam da conexão
 junto com o tubo.

fig. 9-14: Niples desenroscados junto com o tubo

O niple gira sobre o tubo.


Antes de realizar a montagem, veja se a junta tórica está bem colocada na fresa e,
se necessário, troque-a.

116
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9
Conexões pneumáticas

fig. 9-15: Sistema de freios sem PEM (com válvula de proteção diferencial)

Para conseguir o melhor tempo de resposta possível, todas as conexões


pneumáticas de tubos e mangueiras devem ser feitas sem niples em ângulo nem
em T.
A conexão de alimentação deve ser dupla (recomendação: 15 x 1, 5 mm
ou16 x 2 mm).
O comprimento máximo deve ser 3 m.
 Tamanho do depósito: 80 litros para veículos semirreboques padrão de 3 eixos.

fig. 9-16: Sistema de freio com PEM (função proteção diferencial integrada)

Para obter uma instalação excelente, recomenda-se o PEM (Módulo de extensão


pneumático).
O PEM integra a função proteção diferencial, a válvula de transbordamento e a
distribuição pneumática para depósitos (de freios e suspensão), válvula niveladora,
válvula de controle de altura, válvula de controle do eixo de elevação, bloco ECAS,
assim como as 4 conexões adicionais para atuadores Tristop®. Os niples já estão
todos integrados.
A conexão do sistema de freios está especificada com e sem PEM nos esquemas
do sistema de freios.
Diversos esquemas de instalação estão disponíveis para as diferentes opções de
sensorização ABS (veja o Anexo).
Os seguintes comprimentos para os condutores são recomendados:

Condutores Comprimentos
Linha de pilotagem (do cabeçote de acoplamento de serviço, máx. 20 m
PREV até o modulador TEBS E)
Linha de serviço (do modulador à câmara do freio) máx. 6 m
Linha de alimentação (do depósito ao modulador) máx. 6 m

117
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

Utilização de acoplamentos para mangueira


Há disponíveis niples de latão para montar um acoplamento para a mangueira
(adaptador de mangueira) e para montar as mangueiras posteriormente.
Montagem: Introduzir a junção no niple até a parte superior. Previamente, a
mangueira pode ser colocada e presa com abraçadeiras. Para concluir, verifique
se o niple entre o acoplamento e a mangueira estão bem conectados.

1 Mangueira
2 Acoplamento para mangueira 893 129 467 4
3 Niple
4 Fixação

Nova linha de obturador para niples Raufoss


Número de pedido Diâmetro do tubo
893 022 001 4 8 mm
893 022 016 4 12 mm
893 022 017 4 15 mm
893 022 018 4 16 mm

9.5.1 Instruções de montagem “Niples RAUFOSS”


O sistema de conexões rápidas RAUFOSS “New line ABC System” para tubos de
plástico está desenhado para o uso nos sistemas de ar comprimido de veículos
industriais.
O sistema RAUFOSS pode ser utilizado com tubos de poliamida ou Hytrel que
cumpram as seguintes normas:
• ISO 7628 (dimensões métricas; internacional)
• DIN 74324 (dimensões métricas)
• DIN 73378 (dimensões métricas)
• NFR 12-632 (dimensões métricas)
• FMVSS 106 (RAUFOSS está registrado pelo Departamento de Transporte dos
Estados Unidos)
• SAE J 1394 (dimensões métricas)

118
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9
Preste atenção às dimensões.
Os tubos de plástico e as conexões rápidas do sistema métrico não podem ser
combinados com as conexões rápidas do sistema britânico.

Âmbito de aplicação dos niples


Intervalo da temperatura -40 °C até +98 °C
 Temporariamente (máx.2 h) em estado
despressurizado até +140 °C.
Pressão de serviço Corresponde aos tubos de plástico pertinentes
Material
Componentes da carcaça CuZn39PB2/CuZn39Pb3 de acordo com DIN 17600
Componentes de EPDM
obturação
Elemento cônico PA12 GF30
Cabo de apoio PA6.6 GF30

O sistema RAUFOSS “New line ABC System” tem um niple reto com a marca
“DOT” e está homologado conforme SAE J 2494.
Indicações para a montagem
Rosca cilíndrica
As conexões métricas, as porcas de bloqueio, etc. encaixarão na rosca sem
preparo prévio (de acordo com DIN 3852, ISO 6149, ISO 4039-2)).

fig. 9-17: Rosca

Na tabela a seguir, estão indicados os torques:

Rosca* Torque máximo **


M 10x1,0 18 Nm
M 12x1,5 24 Nm
M 14x1,5 28 Nm
M 16x1,5 35 Nm
M 22x1,5 40 Nm
M 26x1,5 50 Nm

* Para obter informações sobre a rosca, veja ISO 228.


** Preste atenção ao torque máximo permitido para as conexões rosqueadas das
válvulas, depósitos de ar, etc.

119
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

9.6 Instalação do “Sensor de percurso”


O sensor de percurso 441 050 100 0 é utilizado nos veículos com ECAS para
medir a altura de deslocamento e também como valor de medida para o curso de
suspensão mecânica. Este é o único sensor de percurso que pode ser utilizado no
 TEBS E.

Instalação em veículos com ECAS

fig. 9-18: Sensor de percurso

O sensor de percurso deve ser instalado de modo que os dois orifícios de fixação
fiquem em posição horizontal e na parte superior.
A articulação da alavanca do sensor do percurso é realizada através da alavanca
441 050 718 2.
A conexão ao eixo pode ser feita com a articulação 433 401 003 0. O cabo de
borracha da alavanca deve ser conectado a uma vareta de 6 mm na articulação
montada no eixo.
Instruções de montagem para sensores de percurso 441 050 100 0 ECAS
Não é possível ultrapassar a zona máxima de movimento da alavanca (+/- 50°). O
comprimento da alavanca do sensor pode ser ajustado.

Uma alavanca do sensor curta proporciona uma boa definição das medições, caso
seja produzida uma mudança no percurso.
A definição das alavancas longas é pior, mas aproveita melhor o ângulo de
movimento.
Observe se o sensor de percurso pode se mover livremente sempre, por todo o
intervalo de ajuste, e se a alavanca não consegue girar.

Posição de padrão do sensor de percurso: O sensor de percurso e a alavanca


contêm um orifício de fixação (4 mm) que permite posicionar a alavanca na altura
da marcha. A alavanca do sensor de percurso deve estar fixada de modo que, na
altura da marcha, esteja paralela à superfície de contato dos pneus.

120
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9

Instalação em veículos com suspensão mecânica

fig. 9-19: Sensor de percurso

O sensor de percurso deve ser instalado de modo que os dois orifícios de fixação
fiquem em posição horizontal e na parte superior.

A alavanca preta do sensor de percurso não pode ser alongada, já que, do


contrário, o veículo não poderá ativar a pressão de frenagem correta.
A alavanca do sensor de percurso deve ser conectada diretamente à conexão de
borracha da alavanca 441 901 71. 2.
Utilize sempre o orifício a uma distância de 100 mm do eixo giratório do sensor de
percurso.

A vareta está disponível completa com dois cabos de borracha e um eixo de união
em vários comprimentos (consulte o plano 441 050 719 2).
A conexão ao eixo deve ser feita com um perfil angular soldado.
Nos veículos com dois sensores de percurso, o sensor 1 deve ser conectado ao
eixo c, d sensorizado com ABS e o sensor 2 ao eixo e, f sensorizado com ABS.

9.7 Indicações de montagem do RSS


Deve-se parametrizar a circunferência de rodagem do pneu e o número de dentes
da roda dentada, já que a aceleração transversal necessária para estimar o perigo
de capotamento é calculado com base nesses valores.
A função Ajuda contra capotamento (RSS) depende da exatidão da circunferência
de rodagem parametrizada dos pneus, o número de dentes da roda dentada e os
demais dados do cálculo dos freios. No caso de dados imprecisos, o
funcionamento não será correto.
Somente pode ser obtido um funcionamento excelente se o tamanho real dos
pneus corresponder ao valor parametrizado ou se é, no máximo, 8 % menor que o
valor parametrizado. O número de dentes da roda dentada parametrizado deve
corresponder ao das rodas dentadas instaladas.

121
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

Os valores permitidos para a circunferência de rodagem dos pneus e os dados do


ALB figuram no cálculo de freio da WABCO.

Não instale, em nenhuma circunstância, um pneu com tamanho maior que o


parametrizado, pois a função RSS não funcionará corretamente.

Calibragem da posição de montagem


O sistema RSS detecta a posição de montagem do modulador TEBS E de forma
automática durante a rodagem.
A posição de montagem pode ser calibrada de forma adicional com o programa de
diagnóstico.
Requisitos: O veículo deve estar sobre uma superfície plana (divergência do
plano horizontal <1°).

Semirreboque
Variante do Δ X [mm] Δ Y [mm] Δα Δβ Δδ
modulador 
TEBS E
Padrão – – ±15° ±15° ±15°
Padrão 2000 500 ±15° ±3° ±3°
Padrão RSS
ativado
Premium – – ±15° ±15° ±15°
Premium 2000 500 ±15° ±3° ±3°
Padrão RSS
ativado

fig. 9-20: Montagem em semirreboques

122
Instruções de montagem Reboque
EBS E1
9
Reboque
Variante do Δ X [mm] Δ Y [mm] Δα Δβ Δδ
modulador 
TEBS E
Premium – – ±15° ±15° ±15°
Premium 600 500 ±15° ±3° ±3°
Padrão RSS
ativado

fig. 9-21: Montagem em reboques de eixos separados

– Calibre ou verifique a inclinação do modulador TEBS E mediante diagnóstico


em um PC.
Se não for feita a calibragem, ela será feita automaticamente durante a marcha.

123
9 Reboque
EBS E1
Instruções de montagem

Configurações permitidas para veículos com TEBS E e RSS


Tipo de Semirreboque Reboque de eixo central Reboque
veículo
Eixos 1 2 3...6 1 2 3 2 3
2S/2M -- --
4S/2M -- -- -- --
2S/2M+SLV -- -- -- --
4S/2M+1M -- -- -- --
4S/3M -- --
Suspensão --
mecânica
Controle de eixo de elevação e RSS
Controle de eixo de elevação mediante TEBS E, p. ex. eletroválvula do
ECAS ou válvula de controle do eixo de elevação
Controle do eixo de elevação mediante válvula de controle do eixo de
elevação pneumático, p. x.: 463 084 020 0 ou 463 084 000 0
Descida forçada pneumática mediante eixo de elevação controlado pelo
Reboque EBS, p. ex.: 463 036 016 0 (interruptor giratório pneumático).
Legenda
Permitido sem limitações.
Não autorizado para esta aplicação.
-- Não existe variante.

124
Anexo Reboque
EBS E1
10

10 Anexo
10.1 Conexões pneumáticas para TEBS E
Figura 1 Figura 2 Figura 3

Variantes Reboque EBS E


480 102 030 0 480 102 031 0 480 102 032 0 480 102 033 0 480 102 034 0
(Padrão) (Padrão) (Padrão) (Padrão) (Padrão)
480 102 060 0 480 102 061 0 480 102 062 0 480 102 063 0 480 102 064 0
(Premium) (Premium) (Premium) (Premium) (Premium)
Denominação da Componente a ser  sem PEM com PEM sem PEM com PEM com PEM
Conexão conexão conectado sem niples com niples com niples com niples sem niples
Figura 1
2.2 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
2.2 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
2.2 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
1 Alimentação Depósito “Freio” M 22x1,5  Tubo 16x2  Tubo 15x1,5  Tubo 15x1,5 M 22x1,5
4.2 Carga do grupo de PREV (22)  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 22x1,5
eixos
2.3 Atuador de freio Atuador de freio  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
 Tristop®  Tristop®(12)
2.3 Atuador de freio Atuador de freio  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
 Tristop®  Tristop®(12)
Figura 2
2.4/2.2 Conexão de teste Manômetro de M 16x1,5  Tubo 8x1  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
“Freio 2.2” controle
1 Alimentação Depósito “Freio” M 22x1,5  Tubo 8x1  Tubo 15x1,5  Tubo 8x1 M 22x1,5
Figura 3
2.1 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
2.1 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
2.1 Pressão de Câmara de freio M 16x1,5  Tubo 12x1,5  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 16x1,5
frenagem (11)
1 Alimentação Depósito “Freio” M 22x1,5  Tubo 16x2  Tubo 15x1,5 M 22x1,5

5 Pressão de Amortecedor da M 16x1,5  Tubo 8x1  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
suspensão suspensão
pneumática
4 Carga do grupo de PREV (21) M 16x1,5  Tubo 8x1  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
eixos

125
10 Reboque
EBS E1
Anexo

Variantes Reboque EBS E


480 102 030 0 480 102 031 0 480 102 032 0 480 102 033 0 480 102 034 0
(Padrão) (Padrão) (Padrão) (Padrão) (Padrão)
480 102 060 0 480 102 061 0 480 102 062 0 480 102 063 0 480 102 064 0
(Premium) (Premium) (Premium) (Premium) (Premium)
Denominação da Componente a ser  sem PEM com PEM sem PEM com PEM com PEM
Conexão conexão conectado sem niples com niples com niples com niples sem niples
1.1 Pressão de Depósito  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 22x1,5
pilotagem “Suspensão
pneumática“
1.1 Pressão de Válvula de eixo de  Tubo 8x1  Tubo 12x1,5 M 22x1,5
pilotagem elevação (11) ou
válvula do ECAS
(11)
1.1 Pressão de Válvula de controle  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
pilotagem de altura (1)
1.1 Pressão de Válvula niveladora  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
pilotagem (1)
2.3 Atuador de freio Atuador de freio  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
 Tristop®  Tristop®(12)
2.3 Atuador de freio Atuador de freio  Tubo 8x1  Tubo 8x1 M 16x1,5
 Tristop®  Tristop®(12)

126
Anexo Reboque EBS 10

10.2 Indicação de pinos em TEBS E


Nas ilustrações a seguir, é possível ver a ocupação dos pinos de TEBS E (vista inferior das conexões abaixo):

Conecto
Conectorr Pino
Pino Padrão
Padrão Premiu
Premium
m
X1 Modulador 1 Massa
Mass a “Válvula de entrada/saí
entrada/saída“
da“
2 Válvula relé 3/2
3 Massa
Mass a “Válvula relé 3/2”
4 Massa
Mass a “Sensor de pressão”
5 +24 V/alimentação
V/alimentação “Sensor de pressão“
press ão“
6 P ressão atual
atual
7 Válvula de saída
saí da
8 Válvula
Válvula de entrada
X2 Alimentação 1 P ositivo contínuo / pino 30 P ositivo contínuo / pino 30
2 P ositivo contínuo / pin 30 P ositivo contínuo / pin 30
3 Massa “Lâmpada
Lâmpada de aviso” Massa “Lâmpada
Lâmpada de aviso”
4 Massa
Mass a “Válvulas” Massa
Massa “Válvulas”
5 Lâmpada
Lâmpada de aviso Lâmpada
Lâmpada de aviso
6 CAN-High
CA N-High (24 V) CAN-High
AN-High (24 V)
7 CAN-L
CA N-Low
ow (24 V) CAN-Low
AN-L ow (24 V)
8
X3 Subsistemas 1 P ositivo contínuo / pino 30 P ositivo contínuo / pino 30
2 CAN2-High
CA N2-High (5 V) CAN2-High
CA N2-High (5 V)
3 CAN2-Low
CA N2-Low (5 V) CAN2-Low
AN2-Low (5 V)
4 Massa Massa
5 F ase de alimentação
alimentação GIO
GI O Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GIO 4-2
4-2
6 Unidade de operação - relógio
7 Unidad de operação - dados
8 Sensor ABS c Sensor ABS c
X4 IN/OUT 1 E ntrada
ntrada 24 N/TCE
N/TC E /BAT Entrada
ntrada 24 N/TCE
N/TC E /BAT
2 Massa Massa
3 CAN2-High
CA N2-High (5 V) CAN2-High (5 V)
4 CAN2-Low
CA N2-Low (5 V) CAN2-Low
AN2-Low (5 V)
X5 ABS e 1 Fase de alimentação
alimentação GIO
GI O 2-1 (utiliz
(utilizada
ada
GIO7 somente se o Pino 4 GIO 3 não for usado)
2 Massa
3 Sensor ABS e

127
10 Reboque EBS Anexo

Conector Pino Padrão Premium


4 Sensor ABS e
X6 ABS c 1
2
3 Sensor ABS c Sensor ABS c
4 Sensor ABS c Sensor ABS c
X7 ABS d 1
2
3 Sensor
Sensor ABS d Sensor ABS d
4 Sensor
Sensor ABS d Sensor ABS d
X8 ABS f  1 Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 5-2
GIO6
2 Massa
3 Sensor ABS f 
4 Sensor ABS f 
X9 GIO1 1 Fase de alimentação
alimentação GIO
GI O Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 1-1
1-1
2 Massa Massa
3 Entrada
ntrada analógica 1 Entrada
ntrada analógica 1
4 Sensor de percurso 1
X10 GIO2 1 Fase de alimentação
alimentação GIO
GI O Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 3-2
3-2
2 Massa Massa
3 Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 5-1
4 Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 2-2
X11 GIO3 1 Fase de alimentação
alimentação GIO
GI O Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 1-2
1-2
2 Massa Massa
3 Entrada
ntrada analógica 2 Entrada
ntrada analógica 2
4 Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 2-1
X12 GIO4 1 Fase de alimentação
alimentação GIO
GI O Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 3-1
3-1
2 Massa Massa
3 Linha K 
4 Sensor de percurso 2
X13 GIO5 1 Fase de aliment
alimentação
ação GIO
GI O 4-1
2 Massa
3 CAN3-High (5 V)
4 CAN3-Low (5 V)

128
Anexo Reboque
EBS E1
10

10.3 Resumo dos cabos


Resumo dos cabos
Abra a página www.wabco-auto.com na Internet.
Clique em Product Catalog INFORM (Catálogo de produtos INFORM) =>Index (Índice) .
Insira Overview no campo de busca.
Clique no botão Start (Iniciar).

O aspecto de alguns cabos é muito parecido (p. ex.: conector GIO de 4 pólos e de baioneta DIN de 4 pólos). Não
obstante, como os componentes que conectam têm funções muito diferentes, a referência dos cabos é muito
importante e eles não devem ser confundidos, embora sejam muito parecidos. Para facilitar a identificação, os
conectores do lado do modulador TEBS E estão identificados por cores.
Para facilitar a identificação, os conectores do lado do modulador TEBS E estão identificados por cores.

fig. 10-1:
10-1: Modulador
Modulador TEBS
TE BS E - Codificação por cores

GIO Cinza
ABS f & d P reto
reto
MODULADOR Cinza
POWER Preto
SUBSYSTEMS Azul
IN/OUT, cone
conect
ctor
or elé
eléttrico
rico Azul
ABS c & e P reto
reto

129
10 Reboque
EBS E1
Anexo

Resumo dos cabos


Utilização Referência Comprimentos Conexão A Conexão B
(Modulador) (Componente)
Cabo de alimentação para 449 173 090 0 9m  TEBS E Conector ISO 7638
semirreboque 449 173 120 0 12 m 8 pólos
449 173 130 0 13 m Cód. A
449 173 150 0 15 m

Cabo de alimentação com 449 371 120 0 12 m  TEBS E 7 pólos abertos


extremidade aberta 449 371 180 0 18 m 8 pólos (veja a indicação
Cód. A no plano no
INFORM)
Cabo de alimentação para 449 273 060 0 6m  TEBS E Conector ISO 7638
reboque 449 273 100 0 10 m 8 pólos
449 273 120 0 12 m Cód. A
449 273 150 0 15 m

Cabo de alimentação com 449 347 003 0 0,3 m  TEBS E Baioneta DIN
intermediário 449 347 025 0 2,5 m 8 pólos 7 pólos
Cód. A
 TCE: 446 122 001 0 449 348 020 0 2m TEBS E  TCE-X22
4 pólos
Cód. C

Alimentação através da luz 449 349 040 0 4m  TEBS E 2 pólos abertos


de freio (24 N) 449 349 060 0 6m 4 pólos Cores do cabo:
449 349 100 0 10 m Cód. C cinza = positivo
449 349 150 0 15 m marrom =massa

Eixo de elevação 449 443 008 0 0,8 m  TEBS E Baioneta DIN


convencional RTR 449 443 010 0 1m 4 pólos 4 pólos
449 443 020 0 2m Cód. B
449 443 040 0 4m
449 443 060 0 6m
449 443 100 0 10 m
Sensor de percurso: 449 811 010 0 1m  TEBS E Baioneta DIN
441 050 100 0 449 811 030 0 3m 4 pólos 4 pólos
449 811 050 0 5m Cód. B
449 811 080 0 8m

Sensor de pressão: 449 812 004 0 0,4 m  TEBS E Baioneta DIN


441 040 015 0 449 812 030 0 3m 4 pólos 4 pólos
441 044 002 0 449 812 100 0 10 m Cód. B

Universal 4 pólos 449 535 060 0 6m TEBS E 4 pólos


4 pólos Cores do cabo:
Cód. B vermelho =pino 1
marrom =pino 2
amarelo/verde =
pino 3
azul =pino 4

130
Anexo Reboque
EBS E1
10
Resumo dos cabos
Utilização Referência Comprimentos Conexão A Conexão B
(Modulador) (Componente)
Ajuda de partida +descida 449 815 258 0 15/6 m  TEBS E 2x 2 pólos abertos
forçada (ou interruptor do 449 815 253 0 6/6 m 4 pólos Forced lowering
nível de descarga)) Cód. B (descida forçada):
azul: Pulsador 1
marrom =massa
 Traction Help
(ajuda da partida):
azul =pino 2
marrom =massa
Ajuda da partida (TH) 449 813 050 0 5m TEBS E Pino 2 =massa
2 pólos Pino 3 =positivo
Cód. B
Válvulas ECAS: 449 445 010 0 1m  TEBS E Baioneta DIN
472 905 114 0 449 445 030 0 3m 4 pólos 4 pólos
472 880 030 0 449 445 050 0 5m Cód. B

Cabo sensor ABS 449 723 003 0 0,3 m  TEBS E Conector ABS
449 723 018 0 1,8 m 4 pólos 2 pólos
449 723 023 0 2,3 m Cód. A
449 723 030 0 3m
449 723 040 0 4m
449 723 080 0 8m
449 723 100 0 10 m
449 723 150 0 15 m
IVTM: 449 913 050 0 5m TEBS E Baioneta DIN
446 220 010 0 8 pólos 7 pólos
Cód. C

 Terceiro modulador EBS: 449 429 010 0 1m  TEBS E 3 x baioneta DIN


480 207 001 0 449 429 030 0 3m 8 pólos
449 429 080 0 8m Cód. B
449 429 130 0 13 m

Modulador ABS: 449 436 030 0 3m  TEBS E Baioneta DIN


472 195 037 0 449 436 080 0 8m 8 pólos 4 pólos
Cód. B
Indicador de desgaste 449 816 013 0 1,3 m  TEBS E 6 conectores ABS
449 816 030 0 3m 4 pólos
Cód. B

131
10 Reboque
EBS E1
Anexo

Resumo dos cabos


Utilização Referência Comprimentos Conexão A Conexão B
(Modulador) (Componente)
Cabo de diagnóstico CAN 449 611 030 0 3m  TEBS E Conector de
(somente Premium) 449 611 040 0 4m 4 pólos diagnóstico com
Nota: Somente cabo de 449 611 060 0 6m Cód. B tampa amarela
diagnóstico para a 449 611 080 0 8m
interface
446 300 348 0

SmartBoard: 449 911 040 0 4m  TEBS E Baioneta DIN


446 192 110 0 449 911 060 0 6m 8 pólos 7 pólos
449 911 120 0 12 m Cód. C

 Telemática no conector 449 914 010 0 1m TEBS E Baioneta DIN


elétrico “Subsystems” 8 pólos 4 pólos
Cód. C

Universal 8 pólos 449 437 020 0 2m  TEBS E 8 x aberto


449 437 060 0 6m 8 pólos
Cód. C

Controle remoto do ECAS 449 628 050 0 5m TEBS E Conector “Controle


8 pólos remoto do ECAS”
Cód. C
ECAS externo no TEBS E 449 438 050 0 5m  TEBS E Extremidade aberta
449 438 080 0 8m 4 pólos com niple PG
Cód. B

Distribuidor Y GIO (utilizar 449 629 022 0 0,4/0,4 m TEBS E 2 x 3 pólos


com os cabos do TEBS D 4 pólos Conector do ABS
449 752 000 0 e Cód. B
449 762 000 0)

Sensor ABS mais GIO 6/7 449 818 022 0 0,4/0,4 m TEBS E 2 e 3 pólos
4 pólos Conector do ABS
Cód. B

SmartBoard mais IVTM 449 916 182 0 0,4/4 m  TEBS E 2x baioneta DIN
449 916 253 0 6/6 m 8 pólos 7 pólos
Cód. C

132
Anexo Reboque
EBS E1
10
Resumo dos cabos
Utilização Referência Comprimentos Conexão A Conexão B
(Modulador) (Componente)
Caixa de comando do 449 627 060 0 6m TEBS E Baioneta DIN
ECAS 8 pólos 7 pólos
Cód. C

Cabo distribuidor 449 356 023 0 1,0/0,4 m  TEBS E Baioneta DIN


24 N / ajuda da partida / 449 356 010 0 4/0,25 m 4 pólos Cód. C 4 pólos
descida forçada 4 pólos Cód. B
2 pólos

Conexão 24 N 449 350 010 0 1m TEBS E Baioneta DIN


4 pólos 4 pólos
Cód. C

Cabo adaptador 449 819 010 0 1m TEBS E 2 pólos


4 pólos Cód. B

Adaptador para válvula de 894 601 135 2 0,15 m


controle do eixo de
elevação de 2 canais
463 084 010 0

 Telemática em GIO 5 449 915 010 0 1m  TEBS E Baioneta DIN


449 915 120 0 12 m 4 pólos 4 pólos
Cód. B
Cabo de alimentação com 449 353 110 0 11 m  TEBS E ISO 7638
intermediário 449 353 140 0 14 m 8 pólos  Tomada de
Cód. A corrente
Interruptor mecânico para 449 763 100 0 10 m TEBS E 2 pólos abertos
freio de pavimentadora 2 pólos
(não para detector de redondo para
proximidade) distribuidor GIO

Válvula do ECAS ou 449 761 030 0 3m TEBS E 4 pólos


LACV-IC 3 pólos Baioneta DIN
redondo para
distribuidor GIO
Smartboard +control 449 912 234 0 7 m/5 m TEBS E Conector do
remoto do ECAS 8 pólos controle remoto do
Cód. C ECAS +baioneta
DIN

133
10 Reboque
EBS E1
Anexo

10.4 Características / funções GIO do TEBS E


O sistema eletrônico está disponível em duas versões (Padrão e Premium).

Versão: Padrão Premium


Referência: 480 102 03. 0 480 102 06. 0
Sistema ABS máx. 2S/2M 4S/3M
Ajuda contra capotamento (RSS) X X
Alimentação através da luz de freio (24N) X X
Saídas de conexão GIO GIO 1-4 GIO 1-7
Número de fases de alimentação GIO 4 10
Número de entradas analógicas 2 2
Modulador do EBS/ABS - X
Conexão CAN 5 V para Subsystems (IVTM, sistema telemático, SmartBoard) 1 2
Conexão TCE para controle de iluminação e ajuda de aproximação nas docas de X X
carga
Caixa de comando do ECAS/controle remoto do ECAS/manuseio por interruptor - X
ECAS - X
IVTM X X
SmartBoard X X

Máximo 4 Máximo 13
funções GIO funções GIO
em 4 saídas em 7 saídas
Funções GIO de conexões de conexões
Eixo de elevação 1 Somente uma
(com válvula de controle do eixo de elevação /ECAS) válvula de
controle do X
eixo de
elevação
Eixo de elevação 2 Somente uma
(com válvula de controle do eixo de elevação /ECAS) válvula de
controle do X
eixo de
elevação
ISS 1 (p.ex. válvula RTR) X X
ISS 2 (p.ex. bloqueio do eixo autodirecional) X X
Ajuda da partida X X
Descida forçada dos eixos de elevação, intervenção manual por parte do X X
motorista
Ajuda da manobra X X
Redução automática da carga no acoplamento X X

134
Anexo Reboque
EBS E1
10
Máximo 4 Máximo 13
funções GIO funções GIO
em 4 saídas em 7 saídas
Funções GIO de conexões de conexões
Indicador de desgaste das pastilhas de freio (BVA) X X
Função digital de configuração livre com saída X X
Função analógica de configuração livre com saída X X
Conexão “Freio da pavimentadora” X X
Conexão “Sensor externo de carga do eixo“ X X
Conexão “Sensor externo de pressão demandada” X X
Conexão “Regulagem de 1 ponto ECAS” - X
Conexão “Interruptor do nível de descarga“ - X
Conexão “Sensor de percurso para suspensão mecânica“ - X
Aviso de capotamento X X
Aviso de capotamento X X
Função de relaxamento X X
Função de liberação do freio X X
Altura normal II - X
Ajuda da partida todo terreno X X
Detector de proximidade para freio de pavimentadora - X
O nível de descarga pode ser utilizado como altura da marcha IV - X

135
10 Reboque
EBS E1
Anexo

10.5 Esquemas GIO


Esquemas GIO
Abra a página www.wabco-auto.com na Internet.
Clique em Product Catalog INFORM (Catálogo de produtos INFORM) =>Index (Índice).
Insira Wiring Diagram (Esquema de conexões) no campo de busca.
Clique em Detail (Propriedades) => Application (Utilização) => Trailer EBS E (Reboque EBS E) .

Os esquemas GIO presentes nesta descrição do sistema não estão sujeitos a modificações.
Funções e conexões GIO
841 802 ... 0

Variante 150 151 152 153 154 155 156


Tipo de veículo
SA =Semirreboque SA SA SA SA DA SA DA
ZA =Reboque de eixos centrais ZA ZA ZA ZA ZA
DA =Reboque
Padrão 2 eixos de Sensor de Suspensão Suspensão Padrão com 2 Padrão
elevação pressão mecânica mecânica eixos de
Manutenção nominal elevação
Descrição da pressão externo
residual no
eixo de
elevação 1
Funções (abreviatura utilizada no
diagnóstico)

Interruptor do nível de descarga (D-sw)

Sensores de percurso (LS) X X

ECAS elevação e descida com eixo de


elevação (ECAS )

ECAS elevação e descida (ECAS)

Freio de pavimentadora (FB)

BVA -Detector de desgaste das pastilhas X X X X X


de freio (LWI)

Descida forçada (FL) X X

Ajuda da manobra (MH) X X

Ajuda da partida com pressão residual X X


(TH+)

Ajuda da partida (TH) X X

LACV de 2 circuitos (ILS)

LACV de 1 circuitos (ILS) X X X X

ISS (RTR) X X X X X

Sensor externo de pressão para carga em X


eixo FA RSS (ALS)
Sensor externo de pressão demandada X
(DPS)

136
Anexo Reboque
EBS E1
10
841 802 ... 0

Variante 157 158 159 190 191 192 194 195


Tipo de veículo
SA =Semirreboque SA SA SA SA SA SA SA SA
ZA =Reboque de eixos centrais ZA ZA ZA ZA ZA ZA ZA ZA
DA =Reboque
ECAS 1 ECAS 1 Válvula de ECAS 1 ECAS com ECAS com ECAS 1 ECAS 1
ponto com ponto com controle de ponto com LACV de LACV de ponto com ponto com
2 LACV de LACV de altura com bloco um canal e um canal LACV de LACV de
Descrição um canal um canal e função RTR ECAS de 2 manu- um canal e um canal e
bloqueio canais tenção da bloco bloco
ECAS de 2 pressão ECAS de 2 ECAS de 2
canais residual canais canais
Funções (abreviatura utilizada no diagnóstico)

Interruptor do nível de descarga (D-sw) X X X X X X X

Sensores de percurso (LS) X X X X X X X

ECAS elevação e descida com eixo de X X X X


elevação (ECAS )

ECAS elevação e descida (ECAS) X X

Freio de pavimentadora (FB) X X X X X X X

BVA -Detector de desgaste das pastilhas X X X X X X X


de freio (LWI)

Descida forçada (FL) X

Ajuda da manobra (MH)

Ajuda da partida com pressão residual X


(TH+)

Ajuda da partida (TH) X X X X X X

LACV de 2 circuitos (ILS) X

LACV de 1 circuitos (ILS) X X X X X

ISS (RTR) X

Sensor externo de pressão para carga em


eixo FA RSS (ALS)
Sensor externo de pressão demandada
(DPS) X

Aplicações especiais - semirreboque


Descrição GIO 1 GIO 2 GIO 3 GIO 4 GIO 5 IN/OUT GIO 6 GIO 7
841 802 196 0 – Esquema especial para veículos cisterna
Sensor de percurso +eixo de elevação 2 X

ECAS regulagem de 1 ponto, elevação e X


descida
1. Eixo de elevação e ajuda da partida X X

3. Eixo arrastado e ajuda da manobra por X


pulsador
Descida forçada X

ISS1 para purga da câmara de mola do


atuador com a cobertura do armário de X
válvulas aberta (Interlock)
Alimentação por 24 V através do sistema
eletrônico da cisterna ao descarregar com X
a luz desconectada (para funções
necessárias do ECAS)

137
10 Reboque
EBS E1
Anexo

Descrição GIO 1 GIO 2 GIO 3 GIO 4 GIO 5 IN/OUT GIO 6 GIO 7


841.802.197 0 – Esquema especial para veículos cisterna
Sensor de percurso X

Eixo de elevação 1 X

ECAS regulagem de 1 ponto, elevação e X


descida
1. Eixo de elevação e ajuda da partida X

3. Eixo autodirecional

Descida forçada X

ISS1 para purga da câmara de mola do


atuador com a cobertura do armário de X
válvulas aberta
ISS2 para bloqueio do eixo autodirecional X

Alimentação por 24N através do sistema


eletrônico da cisterna ao descarregar com X
a luz desconectada (para funções
necessárias do ECAS)
841.802.199 0 – Esquema especial para freio de pavimentadora
Conexão / desconexão de ajuda do
arranque e interruptor do freio da X
asfaltadora
Eixo de elevação 1 (LACV) X

ECAS Elevação e descida X

Detector de proximidade e sensor de X


percursos
 Telemática X

BVA X

Eixo de elevação 2 (LACV) X

841 802 198 0 – Esquema especial para freio de pavimentadora


Conexão / desconexão de ajuda do
arranque e interruptor do freio da X
asfaltadora
ECAS regulagem de 1 ponto, elevação e X
descida
ECAS regulagem de 1 ponto, eixo de X
elevação 1
Sensor de percurso e detector de
proximidade como interruptor do nível de X
descarga
Eixo de elevação 2 (LACV) X

138
Anexo Reboque
EBS E1
10

139
10 Reboque
EBS E1
Anexo

140
Anexo Reboque
EBS E1
10

141
10 Reboque
EBS E1
Anexo

142
Anexo Reboque
EBS E1
10

143
10 Reboque
EBS E1
Anexo

144
Anexo Reboque
EBS E1
10

145
10 Reboque
EBS E1
Anexo

146
Anexo Reboque
EBS E1
10

147
10 Reboque
EBS E1
Anexo

148
Anexo Reboque
EBS E1
10

149
10 Reboque
EBS E1
Anexo

150
Anexo Reboque
EBS E1
10

151
10 Reboque
EBS E1
Anexo

152
Anexo Reboque
EBS E1
10

153
10 Reboque
EBS E1
Anexo

10.6 Esquemas do sistema de freios


Esquemas do sistema de freios
Abra a página www.wabco-auto.com na Internet.
Clique em Product Catalog INFORM (Catálogo de produtos INFORM) =>Index (Índice).
Insira Wiring Diagram (Esquema de conexões) no campo de busca.
Clique em Detail (Propriedades) => Application (Utilização) => Trailer EBS E (Reboque EBS E) .

Os esquemas do sistema de freios nesta descrição do sistema não estão sujeitos a modificações.
Eixo(s) Sistema Número Tristop Dupla PEM TCE RSS Suspensão Modulador  Nota
ABS retenção Reboque mecânica do eixo
para dianteiro
função
proteção
diferencial
Semirreboque

1 2S/2M 841 701 180 0 x x


(no anexo)

2 4S/2M 841 701 190 0 x x


2S/2M
3 4S/3M 841 701 050 0 x

3 4S/2M 841 701 100 0 x Não


2S/2M PREV
4S/2M
3 841 701 101 0 x
2S/2M

3 2S/2M 841 701 102 0 x Selecionar


Baixo
3 4S/2M+1M 841 701 103 0 x
4S/2M
3 841 701 104 0 x x
2S/2M
3 4S/2M+1M 841 701 105 0 x x

3 4S/2M 841 701 106 0 x x


2S/2M (no anexo)
4S/2M 841 701 110 0
3 2S/2M (no anexo) x x

3 4S/3M 841 701 111 0 x x

3 2S/2M 841 701 107 0 x x Selecionar


Baixo
Selecionar
Baixo
(somente
3 2S/2M 841 701 108 0 x x
com
válvula
relé)

154
Anexo Reboque
EBS E1
10
Eixo(s) Sistema Número Tristop Dupla PEM TCE RSS Suspensão Modulador  Nota
ABS retenção Reboque mecânica do eixo
para dianteiro
função
proteção
diferencial
Selecionar
Baixo
3 2S/2M 841 701 109 0 x (somente
com
válvula
relé)
Selecionar
Baixo
3 2S/2M 841 701 112 0 x x (somente
com
válvula
relé)

3 4S/3M 841 701 113 0 x x


(no anexo)
4 4S/3M 841 701 050 0 x
Reboque de eixo central
1 2S/2M 841 601 290 0 x x

2 4S/2M 841 601 280 0 x x


2S/2M (no anexo)

2 4S/2M 841 601 282 0 x x


2S/2M (no anexo)
Vagão de
2 4S/3M 841 601 281 0 x x x eixo duplo
VB
4S/2M
3 2S/2M 841 601 300 0 x x

Reboque
Válvula de
relé
2 4S/3M 841 601 220 0 x Opção x separada
para eixo
dianteiro
(opcional)

2 4S/3M 841 601 223 0 x x x x


(no anexo)
2 4S/3M 841 601 230 0 x x
841 601 224 0
2 4S/3M x x Opção
(no anexo)
2 4S/3M 841 601 225 0 x x Opção x
3 4S/3M 841 601 230 0 x x
3 4S/3M 841 601 231 0 x x x
841 601 232 0
3 4S/3M (no anexo) x x Opção

155
10 Reboque
EBS E1
Anexo

156
Anexo Reboque
EBS E1
10

157
10 Reboque
EBS E1
Anexo

158
Anexo Reboque
EBS E1
10

159
10 Reboque
EBS E1
Anexo

160
Anexo Reboque
EBS E1
10

161
10 Reboque
EBS E1
Anexo

162
Anexo Reboque
EBS E1
10

163
10 Reboque
EBS E1
Anexo

164
Anexo Reboque
EBS E1
10

165
Reboque EBS Índice remissivo
E1

Índice remissivo
Controlar os eixos de elevação 18
A
Controle de eixo de elevação 56, 59, 67, 124
ABS 47
Controle remoto 18, 19, 35, 53, 112
Ajuda da manobra 61, 66, 134
Controle remoto do ECAS 134
Ajuda da partida 61, 63, 134
Cabo 132
Cabo 133
Ajuda de partida +descida forçada D
Cabo 131 Dados de serviço 76, 81
ALB 42, 102 Descida forçada 67
Alimentação através da luz de freio 16, 38, 112, 134 Cabo 133
Cabo 130 Detector de proximidade 70
Alimentação por bateria 76 Diagnóstico CAN 41, 69, 92, 93
Altura de marcha 35, 51, 120 Cabo 132
Altura de marcha II 53 Diretiva ECE 13, 40, 41, 102
Altura memorizada 53 Dispositivo de aviso 40
Altura normal 52
E
Alturas de marcha 52
ECAS 18, 33
Ativação da pressão de frenagem 43
Cabo 132
B Eixo autodirecional 20, 45, 60, 75
Bateria 39, 81 Eletroválvula do ECAS 18, 33, 50, 56, 57
Bloqueio do eixo autodirecional 79 Emissão de carga sobre os eixos 84
Especificação de valor teórico 46
C
Esquemas 92, 93, 136, 154
Cabo de diagnóstico 69, 92, 93, 132
Esquemas do sistema de freios 154
Caixa de comando 34, 112
Esquemas GIO 92, 93, 136
Caixa de comando do ECAS 134
Estado de carga 39, 62, 85
Cabo 133
Etiqueta do sistema 101
Calibragem 122
Sensor de percurso 54, 74 F
Câmbio da carga nas rodas Fase de alimentação GIO 60, 67, 72, 74, 75, 134
dinâmico 51 Indicação de pinos 127
estático 51 Interruptor do nível de descarga 56
Carga dos eixos 40, 84 Freio de pavimentadora 70, 135
Comprovação do sistema 38 Função da carga e sistemas antibloqueio
Condição entregue 84, 105 automático 13
Conector de diagnóstico 69, 93, 132 Função de freio de emergência 46
Conexão de teste 113 Função de liberação do freio 77
Configurações do ABS 19 Função de parada 46
Conjunto de parâmetros 93 Função de relaxamento 78
Conjunto do sensor ABS 29

166
Índice remissivo Reboque
EBS E1

G Software de diagnóstico 96
Grupos de eixos múltiplos 21 Luz de aviso 39, 40, 47, 81, 83, 104
Pressão de alimentação 25
H
Hodômetro 80, 83 M
MAR 21
I
Memória de diagnóstico 40
IN/OUT 33, 39, 110, 112
Memória de viagem 86
Indicação de pinos 127
Modo de teste 46, 103
Indicação de conectores 100
Modulador ABS 20, 28
Indicação de pinos 127
Cabo 131
Indicações de montagem 105
Modulador do EBS/ABS 134
RSS 105, 121
Modulador TEBS E Padrão 26
Indicações de segurança 10, 77, 78
Modulador TEBS E P remium 26
Indicador de desgaste 68, 81, 135
MSR 20
Cabo 131
Indicador de desgaste das pastilhas de freio 68, 81, N
135 Niple 115
Indicadores de desgaste de pastilhas Nível de descarga 53, 55
digitais 30 Número de dentes 105
Informativo 101, 102 Número de dentes da roda 121
Instalação dos cabos 107
Instruções de confirmação 102 O
Interface 69, 92, 132 ODR 76, 81, 85, 86
Interface de reboque 25, 92 P
Interface do veículo rebocado 41 PEM 14, 27, 105, 114, 117
Interface elétrica do veículo rebocado de acordo 40 Percurso para suspensão mecânica 135
Interruptor de velocidade 59 Posição de montagem 105, 122
Interruptor do nível de descarga 55, 135 Predominância 42
Cabo 131 Pressão da suspensão 40
Intervalo de manutenção 84 Pressão de alimentação 14, 25, 38, 46, 102
IR 20 Pressão e a regulagem 42
IVTM 31, 82, 112, 134 Pressão de resposta 43
Cabo 131 PREV 14, 15, 114
ECU 31
Interfaces CAN 26 R
Módulo de rodas 31 Redução da carga no acoplamento
automática 61, 134
L dinâmica 66
Lâmpada de aviso 68 Registrador de dados operacionais 76, 84, 85, 86
Indicação de pinos 127 Registro de eventos 87
Loading condition 42 Regulagem a batalha
LSV dinâmica 61

167
Reboque EBS Índice remissivo
E1

Regulagem automática da distância entre eixos 65 Ajuda da partida 64


Regulagem da pressão de frenagem Cabo 132
relacionado à carga 13 Interfaces CAN 26
Regulagem de 2 pontos 50 SmartBoard +IVTM 83
Regulagem de pressão 39 Cabo 132
Roda dentada 13, 83, 105 Software de diagnóstico TEBS 93
Rodagem do pneu 121 Subsistemas 26, 134
RSS 38, 45, 60, 101, 105, 121, 134 Indicação de pinos 127
Software de diagnóstico 96 Software de diagnóstico 97
RTR 17 Subsystems 111, 112
Cabo 130 Supervisão da pressão de alimentação 47
Suspensão mecânica 13, 19, 73, 120, 124
S
Suspensão pneumática 13, 17, 18, 32, 33
Sensor ABS 15
Sensor da pressão de alimentação 40 T
Sensor de carga do eixo 25, 40, 60  TCE 32, 33, 39, 112, 134
externo 135 Cabo 130
Sensor de percurso 33, 35, 49, 73, 74 Indicação de pinos 127
Cabo 130  Telemática
ECAS 18 Cabo 132
Indicação de pinos 128  Terceiro modulador EBS 20, 21, 28, 39
Instalação 120 Cabo 131
Sensor de pressão 29, 40 Conexão 25
Cabo 130  Torque 119
hidráulica 29  Tubo de plástico 118
Sensor externo de pressão 72
V
Sensores ABS 19, 29
Valor nominal 38
Serviço técnico 21
Válvula de controle do eixo de elevação 36
Sinais de aviso 40
controlada por impulsos 56
Sinal de ABS ativado 74
mola de retorno 36, 56
Sinal de RSS ativado 74
Válvula do eixo de elevação 57
Sinal de velocidade 51, 75
Válvula niveladora 17, 35
Sistemas telemáticos 41, 112, 134
Válvula relé 3/2 15, 28, 38, 41
Interfaces CAN 26
Indicação de pinos 127
SmartBoard 18, 19, 37, 41, 53, 80, 83, 87, 112, 134
Viagem 86

168