Anda di halaman 1dari 3

EQ- Biodiesel

Nome: Gabriel Angelo Santos


T4
Artigo: Seleção de microrganismos produtores de lipase para remoção de gordura
de água de purificação do biodiesel
Trecho usado para o resumo:
“INTRODUÇÃO:
A alta demanda por energia no mundo industrializado e no setor doméstico,
bem como os problemas de poluição causados ​pelo amplo uso desses
combustíveis, têm estimulado os recentes interesses em encontrar fontes
alternativas para os combustíveis derivados de petróleo (GERIS et al., 2007).
Portanto, óleos vegetais e gordura animal têm sido estudados como fonte
renovável em potencial para a produção de biocombustíveis. O processo de
transesterificação é o mais utilizado para produção de biodiesel. Este processo
consiste na reação química de óleos vegetais ou gordura animal com álcool,
etanol ou metanol, na presença de um catalisador básico, ácido ou enzimático
(RAMOS et al., 2003).
Após este processo de produção, durante a fase de purificação do biodiesel,
ocorre a formação de águas residuárias com alto teor de óleos e graxas, que
têm o potencial de contaminar os corpos d'água, prejudicando o equilíbrio
necessário à manutenção dos ecossistemas aquáticos. A purificação de
efluentes de biodiesel apresenta diversos parâmetros, como óleo e graxa,
DQO, DBO, cor, turbidez, pH, não atendendo a resolução do que estabelece
condições detalhadas para a descarga de efluentes em corpos d'água
observando necessidade de tratamento desses efluentes
Para tentar resolver esses problemas, métodos alternativos têm sido utilizados
para reduzir a concentração de lipídios contidos em efluentes com alta carga
orgânica. O tratamento enzimático de efluentes é interessante porque ajuda a
melhorar a eficiência dos tratamentos convencionais.”
ROCHA, Dayane C. da et al . Selection of microorganisms producer of lipase for fat
removal from biodiesel purification water. Eng. Agríc.​, Jaboticabal , v. 33, n. 2, p.
332-340, Apr. 2013 . Available from
<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162013000200012
&lng=en&nrm=iso>. access on 20 May 2019.
http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162013000200012.

Rocha et al. (2013) tratam da importância de se achar novas fontes de


energia que não sejam derivadas do petróleo para se combater a poluição e a
crescente demanda e introduzem o conceito de esterificação, um processo químico
para a produção de biodiesel através de óleos vegetais.
Em seguida os pesquisadores discorrem sobre as águas residuais do
processo, já citado, de fabricação do biodiesel que contém vários compostos
oleosos e graxas que podem contaminar os ambientes, principalmente o aquático. A
purificação desse resíduo deve atender as normas CONAMA no430 / 2011.
Os autores também mencionam o tratamento enzimático com
micro-organismos para diminuir as taxas de lipídios residuais com altas cargas
orgânicas e aumentar a eficiência de métodos convencionais.