Anda di halaman 1dari 22

Estudo no livro de Apocalipse 34 parte.

Ap 22.6-21: 6 Disse-me ainda: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos
dos profetas, enviou seu anjo para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer. 7
Eis que venho sem demora. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. 8 Eu,
João, sou quem ouviu e viu estas coisas. E, quando as ouvi e vi, prostrei-me ante os pés do anjo que me
mostrou essas coisas, para adorá-lo. 9 Então, ele me disse: Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos
teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. 10 Disse-me ainda:
Não seles as palavras da profecia deste livro, porque o tempo está próximo. 11 Continue o injusto fazendo
injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue
a santificar-se. 12 E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada
um segundo as suas obras. 13 Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim. 14
Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o
direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas. 15 Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros,
os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira. 16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo
para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante Estrela da manhã.
17 O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem
quiser receba de graça a água da vida. 18 Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro,
testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro;
19 e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore
da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro. 20 Aquele que dá testemunho

1
destas coisas diz: Certamente, venho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! 21 A graça do Senhor
Jesus seja com todos.
E assim nós concluímos a leitura deste livro tão especial e Deus resolveu revelar por último o seu plano
e seus propósitos. O último dos livros da Bíblia. 66 livros na Bíblia mas o último deles fecha com chave
de ouro o cânon sagrado.
Toda a extensão dos livros considerados inspirados por Deus, que são a palavra autoritativa de Deus, a
palavra normativa de Deus que trazem a vontade revelada de Deus que é norma para a Igreja.
Se nós não tivéssemos esse livro a Bíblia ficaria incompleta, muitos aspectos não teriam sido explicados,
questões muito importantes dos evangelhos não ficariam claras para nós.
É só no último livro da Bíblia que podemos ter a certeza absoluta de que aquela antiga serpente, que é
Satanás sempre arquitetou o mal para tentar destruir a Igreja.
Só em apocalipse ficamos sabendo do significado da árvore da vida e do fato de que Deus que um dia
preparou um jardim e colocou o homem para viver nesse jardim
E que depois do pecado Deus tirou o homem desse jardim e o colocou para viver no mundo e em
apocalipse ficamos sabendo que Deus finalmente receberá esse homem outra vez, agora não apenas no
jardim, mas agora em algo muito mais amplo que o jardim o novo céu e a nova terra.
Um lugar onde lá estará a arvore da vida que é símbolo de vida eterna, não apenas de eternidade,
nesse sentido todos os seres humanos experimentarão ou no novo céu e na nova terra ou no lago de
fogo e enxofre.
Todos experimentarão a eternidade do ponto de vista de uma existência contínua, de uma existência
que não termina com a morte.

2
Mas quando se fala em vida eterna está se caracterizando essa existência eterna como boa, como
positiva, o outro lado da eternidade não pode ser chamado de vida eterna.
E na verdade é chamado de morte eterna, porque é um morrer eterno, um estar eternamente separado
de Deus e de sua presença de Deus, da presença do cordeiro de Deus e de tudo o que é bom.
Aqui no finzinho do fim ou seja no fim do livro de apocalipse nós mais uma vez encontramos uma
espécie de resumo do livro inteiro.
E para aqueles que acompanharam desde o início a exposição desse livro sabem que vários números se
destacaram durante a exposição desse livro, mas um em especial, um teve destaque maior do que os
outros e foi justamente o número 7.
Esse número volta a aparecer novamente nessa parte final que está registrada dos versículos 6. O
versículo 6 começa o diálogo entre João e o anjo que estava lhe trazendo essas revelações.
E mais uma vez aqui veremos o número 7 aparecendo, porque aqui o Senhor Jesus dará 7 instruções a
João e consequentemente a sua Igreja.
Aqui temos 7 instruções finais de Jesus Cristo para sua Igreja antes de que tudo se cumpra, antes que
tudo aconteça. Cada uma dessas instruções vem carregada de auto teor teológico mas também prático.
Porque acima de tudo o que Deus quer com esse livro é que ele seja prático, que ele seja aplicável na
vida do seu povo. E também o número 7 aparece de uma outra maneira e eu percebi aqui que 7 vezes
aparece a palavra vêm.
Vem no sentido de que o Senhor está vindo ou ele está convidando seu povo a vir até ele. Ou ele vem
até nós ou nós vamos até ele, sobre isso eu farei uma aplicação bem específica.

3
Vejamos então nessa parte final quais são as 7 instruções finais que o senhor Jesus dá a sua Igreja
todas elas conectadas com palavras dele, ele está falando com o apóstolo João.
A primeira palavra, a primeira instrução final está no v.6, quando ele diz: 6 Disse-me ainda, ou seja
Jesus falou ainda: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas,
enviou seu anjo para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer.
A primeira dessa últimas instruções do Senhor a sua Igreja tem a ver com a confiabilidade da Palavra
que foi revelada, ele diz: essas palavras.
É claro que isso num primeiro momento tem a ver com tudo aquilo que Jesus falou com João desde o
início da visão. E tudo se deu num domingo.
No primeiro dia da semana João que era prisioneiro na Ilha de Pátmos lá num domingo e o Senhor lhe
deu essas visões, e lhe deu instruções e mandou que tudo aquilo fosse registrado num livro, nesse livro.
Este livro que está em nossas mãos hoje, Jesus está dizendo: as palavras que estão registradas aqui
são fiéis e verdadeiras. Elas não se originaram em homens. Quando o texto fala do Senhor, o Deus dos
espíritos dos profetas temos aqui uma lembrança de como Deus falou em todas épocas em que a sua
palavra foi registrada.
Quando sua Palavra foi dada, É Deus quem fala através dos profetas. Desde que o primeiro livro da
Bíblia foi dado Gênesis até o último deles Apocalipse, é o Senhor falando através dos profetas.
Desde o primeiro livro da Bíblia até o último é o Senhor falando através dos seus profetas. Por essa
razão essa palavra revelada tem que ser recebida como a Palavra de Deus.

4
E nesse sentido ela não em concorrência. Nenhuma outra palavra no mundo pode ser reconhecida como
Palavra de Deus mas tão somente aquilo que Deus falou através dos profetas e que foi registrado e que
está então em nossas mãos.
É por isso que nós recebemos a Bíblia nos seus 66 livros como a Palavra de Deus inspirada, infalível,
inerrante em tudo o que ela ensina a respeito de fé de e prática. E é isso que o Senhor está aqui dizendo:
essas palavras são fieis e verdadeiras.
Porque o Senhor enviou o seu anjo para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem
acontecer. Em primeiro lugar nos lembremos então meus irmãos da fidelidade e da verdade dessa palavra
do tesouro precioso que está em nossas mãos.
Nós dispomos da revelação de Deus e como veremos daqui a pouco no próprio texto revelação completa
e final de Deus, não tira nada, não se acrescenta nada, pois temos aqui a palavra final, a palavra completa
de Deus.
Em segundo lugar o Senhor Jesus faz questão de dizer que está palavra deve ser guardada, não basta
apenas coloca-la numa moldura, não pasta apenas coloca-la numa estante, ou coloca-la num altar para
que as pessoas vejam sua importância.
Não é isso que Deus quer que se faça com essa palavra. O que Deus quer é que o seu povo guarde no
sentido de coisa preciosas. A ideia de guardar é um conceito hebraico diferente do que temos.
Para nós o sentido de guardar é esconder, as vezes proteger de outras pessoas, mas no hebraico não
é esse o sentido, é guardar no coração como diz o Salmo 119: Guardo no coração as tuas palavras para
não pecar contra ti. Então qual é o segredo de viver uma vida santa?

5
É ter essa palavra guardada, armazenada no meu coração. Mas não no fundo do baú onde ninguém vê,
mas presente diante de nossos olhos o tempo todo para que ela seja lâmpada, para que ele seja luz para
o nosso caminho.
Então o Senhor diz isso: 7 Eis que venho sem demora. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras
da profecia deste livro.
Bem-aventurado aquele que guarda, aquele que prática, aquele que a tem em sua memoria e guia sua
vida através desses princípios.
E então para ilustrar isso o texto registra uma cena estranha, aqui nos versículos 8 a 10. Uma cena até
certo ponto estranha para um livro tão glorioso.
Observe que João depois de ouvir 2 vezes Jesus falar com ele, João toma a palavra e ele fala e escreve:
8 Eu, João, sou quem ouviu e viu estas coisas. E, quando as ouvi e vi, prostrei-me ante os pés do anjo
que me mostrou essas coisas, para adorá-lo.
A primeira vez que eu li esse texto e vi esse registro eu fiquei me perguntando o que João fez? Porque
ele fez isso? Ele se prostrou para adorar um anjo?
Será que ele se esqueceu de tudo o que aprenderá com Jesus? Que só há um digno de ser adorado que
é Deus? Ele se esqueceu do primeiro e do segundo mandamento? Justamente o que vêm em primeiro
lugar quando Deus diz: Não terá outros deuses diante de mim.
Não farás para ti imagens de escultura de coisa alguma do que há no céu ou na terra? Não as adorarás
no sentido de se prostrar no sentido de dar culto, eu sou o Senhor teu Deus.

6
Será que João esqueceu disso? E isso é impressionante pois mostra a fragilidade do ser humano. O
último dos apóstolos, o homem que se reclinou sobre o ombro de Jesus. O homem que recebeu uma
porção imensa da revelação de Deus, esse homem tem um instante final de vacilo, de bobeira!!!
Ele se prostra diante de um anjo e recebe uma correção direta e clara do anjo. 9 Então, ele me disse:
Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras
deste livro. Adora a Deus.
O anjo está dizendo: não faças isso! Olha o que você está fazendo!! Perceba seu erro. Porque o próprio
anjo sabe seu lugar e sua posição.
Ele explica dizendo: eu sou um conservo teus e dos teus irmãos, eu sou um servo igual a você, esse é
o sentido do texto, da palavra original.
Eu sou um servo como você, um servo igual a você, igual a qualquer pessoa que guarda as palavras da
profecia desse livro. Nós somos os mesmos servos.
Qualquer pessoa que guardar as profecias desse livro é igual a mim, mas Deus está em outro nível, por
isso adora a Deus. Isso é uma ordem frontal, firme, clara e final, adora a Deus.
Temos aqui um grande alerta conta idolatria. E observe que mesmo mais santo dos homens corre o
risco sim de se esquecer de tudo aquilo que ele já aprendeu, de tudo aquilo que já foi revelado.
E no final da Bíblia ele se esquece isso nos ensina sim meus irmãos aquilo que a Bíblia fala de forma
muito repetitiva: cuidado! Quem pensa que está em pé porque a chance de cair é grande para qualquer
pessoa basta se desviar do que está escrito.
Basta se esquecer, ainda que só por um só segundo do que está escrito. Lembre-se do texto não adianta
ter a Bíblia num local de destaque em sua casa, não adianta colocar ela no cofre.

7
Ela precisa estar presente no seu coração, em sua vida, ou então num momento de fragilidade você
pode cometer grandes erros e segue seus instintos e ao seguir seus instintos pode colocar tudo a perder.
Eu acho que João naquele momento em que a revelação termina estava assim maravilhado, extasiado
de tanta grandiosidade, de tanta coisa revelada por Deus.
Ele estava impressionado porque ele recebeu uma quantidade imensa de revelações, ele viu todas
aquelas cenas impressionantes, fantásticas e tudo isso foi intermédio do anjo.
Era o tempo todo o anjo dizendo olha pra cá, agora olha para lá, agora vê isso, agora vê aquilo, então
o anjo mostrou tudo isso a ele e agora o anjo diz veja a Jerusalém celeste, agora veja o novo céu e anova
terra e João viu aquilo lá e o anjo diz agora acabou a cena, acabou a revelação.
E João fica meio zonzo no meio de tudo aquilo e meio sem saber o que fazer ele olha para o anjo e se
prostra diante dele para o adorar. Ele se esqueceu do estava revelado, se esqueceu da Palavra daquilo
que foi ensinado desde o princípio, então essa cena ilustra para nós aquilo que o Senhor diz no versículo
7.
Eu venho sem demora, fique atento, fique acordado, não fique maravilhado, não vacile, por que senão
você não vai guardar as palavras da profecia desse livro porque bem-aventurado aquele que guarda as
palavras da profecia desse livro.
Já tivemos aqui meus irmãos 2 instruções de Cristo, a primeira atestando a veracidade da sua palavra,
a fidelidade de sua palavra, a segunda dizendo que ela tem que ser guardada ou então se ela não for
guardada podemos colocar tudo a perder.

8
E se esquecer daquilo que está revelado daquilo que o Senhor Deus revelou. Devemos guardar a palavra
do Senhor no coração para não pecar contra nosso Deus isso é o que nos instrui o nosso Senhor nessa
segunda palavra de advertência.
A terceira palavra do Senhor está relacionada nos versículos de 10 a 12 em que o Senhor estabelece
uma separação entre limpos e imundos, entre salvos e perdidos. E de uma forma até enigmática ele
incentiva a cada um dos pecadores a continuarem praticando aquilo que gosta de fazer.
Aquilo que faz parte da sua natureza leia comigo: 10 Disse-me ainda: Não seles as palavras da profecia
deste livro, porque o tempo está próximo. 11 Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo
ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se. 12 E eis
que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas
obras.
Então o sentido aqui é o seguinte. Vamos considerar o AT quando algumas palavras proféticas vinham
ao povo através de um mensageiro e então se dizia: Agora sele esse livro, agora feche esse livro porque
essas coisas não são para agora e isso porque uma parte dessas profecias não são para agora.
O livro de Daniel tem esse sentido lá está escrito que o livro precisa ser selado, porque isso não é para
agora é para o futuro, mas aqui ao contrário ele diz: não seles.
Não feche esse livro, deixe ele aberto, não é um livro como temos hoje, mas era um pergaminho, um
rolo então mas a ordem é não feche pois essas coisas aqui escritas não são para um futuro distante.
As coisas são para logo. Meu ponto aqui desde o início do livro do apocalipse é que ele não foi escrito
para servir de instrução, servir de guia pra um pequeno grupo de cristãos que estaria vivendo alguns
anos antes da vinda de Jesus ele não foi escrito com esse propósito.

9
Ele foi escrito para ser a instrução da Igreja de cristo em todas as épocas, é uma palavra de autoridade,
é uma palavra de explicação dos mistérios do evangelho e isso tem valor para toda e qualquer época da
história da Igreja.
E é por isso que 70 a 80 % do que o apocalipse registra já se cumpriu e mais se cumpriu ainda nos
primeiros anos do cristianismo, com a primeira vinda de Jesus, muitas outras estão se cumprindo desde
aqueles dias até os nossos dias.
Mas muitas coisas ainda não se cumpriram e dependem de eventos futuros e finais os quais o livro
também registra. Portanto temos aqui essa ideia, assim que João terminou de escrever o livro e o enviou
para as Igrejas da Ásia, aqueles ensinamentos estavam valendo para aquelas igrejas.
Então se você quer entender o livro do Ap precisa fazer uma mediação entre o já e o ainda não. Ele já
se cumpriu ele já foi aplicado para pessoas que viveram nos primeiros anos do cristianismo mas ao mesmo
tempo vale para todos os cristãos que viveram nos outros séculos até os nossos dias.
E quantos séculos tiverem ainda pela frente, esse livro foi escrito para que o povo de Deus seja cada
vez mais santo e dedicado ao seu Senhor independentemente do que estiver acontecendo no mundo.
Ele foi escrito para que os justos sejam mais justos. E é claro que ele também vai causar o efeito
contrário. Os pecadores serão cada vez mais pecadores, os sujos serão cada vez mais sujos, os tempos
finais parecem ser tempos de clara separação.
A palavra "continue" pode parecer uma recomendação de que o iníquo prossiga em sua iniqüidade. No
entanto, uma compreensão exata do evangelho entende que não é essa a admoestação a ser pregada e
ouvida. Todos são instados a abandonar a iniqüidade.

10
Entretanto, suponha que, a despeito de todo apelo, exortação, convites e julgamentos, o iníquo se
recuse a obedecer e a aceitar a água da vida gratuitamente oferecida. O que fazer, então?
Nesse caso, há um outro sentido para o uso do termo "continue". Não é o de uma recomendação, mas
de abandono. É como se Deus dissesse: "Deixa estar".
Enquanto para o crente esse "continue" é uma recomendação, para o iníquo, o termo é terrível.
Podemos, portanto, parafrasear o verso 11 assim: "Não impeça o homem que, a despeito de todo apelo,
admoestação e exortação, etc, endureceu-se completamente em sua iniqüidade: não o impeça de
continuar na sua injustiça nem impeça o corrupto de continuar na sua corrupção.
Igualmente, não impeça a pessoa justa e santa de continuar no caminho da santificação". O original,
realmente, permite essa dupla interpretação do termo traduzido por "continue" como temos citado
A ideia parece ser essa o mundo ímpio será cada vez mais ímpio, o mundo cada vez mais perverso,
cada vez mais profano, mais mergulhado em depravações e é isso que se pode esperar do mundo e de
certa maneira aqui há um até incentivo dizendo assim: já que você escolheu assim essa vida vá fundo
nela é o que te resta. Já que você escolheu essa vida de pecado, peque cada vez mais pois é o que você
tem aqui nesse mundo.
É claro que depois você vai colher os frutos dessa vida, mas vá em frente. Uma das coisas que Deus
mais detesta é aquele sujeito indeciso.
Se tem algo que Deus detesta é essa coisa do sujeito mais ou menos, nem uma coisa nem outra, e o
próprio Deus falou isso a Igreja de Laodiceia quando disse: Antes fosse frio ou quente, mas porque és
morno, meio termo, eu estou a ponto a vomitar-te de mina boca.

11
Deus está dizendo: eu preferia que você fosse uma coisa ou outra, se você é crente seja crente, se você
é ímpio seja ímpio, mas um ímpio crente eu não suporto e um crente ímpio muito menos, seja aquilo que
a sua natureza manda.
Se você foi alcançado pela graça de Deus o que Deus espera de você é uma vida de santidade e
santificação.
Irmãos o mundo tem cumprido bem a sua parte, o Senhor disse: que o imundo seja imundo eles tem
caprichado, o Senhor disse que o injusto continue fazendo injustiça e eles tem se esforçado para isso.
Basta ver essa época então de festas juninas que veremos que o mundo tem feito um bom trabalho de
ser cada vez mais pecador, cada vez mais depravado.
Mas, e os crentes? E a Igreja? Tem feito também a sua parte? Tem sido cada vez mais santa? Tem sido
cada vez mais justa? Tem vivido uma vida de justiça como Deus requer da sua Igreja?
O Senhor não quer meio termo, o Senhor quer dedicação integral aquilo que somos. A pior coisa na
palavra de Deus se chama hipocrisia.
E o Senhor já falou no capítulo 22 que os hipócritas ficam de fora, pois seu lugar é no lago que arde
com fogo e enxofre. A palavra hipócrita em suas origens fala daqueles que encenavam uma peça, aqueles
que viviam um personagem.
E decididamente na vida cristã aqueles que vivem uma mentira, vivem uma enganação ficarão de fora
da eternidade com Deus porque eles ficam encenando que eles são um tipo de cristãos que eles não são.
Se você é santo, se você foi lavado no sangue do cordeiro o que se espera de você é cada vez mais
santificação e santidade. É mais consagração, é mais justiça porque o Senhor quer separação entre limpos
e sujos, entre santos e perversos.

12
O Senhor quer para si um povo santo pois ele disse: Sedes santo porque eu sou santo. A razão maior
da santidade é por causa da santidade do próprio Deus.
Depois disso o Senhor deixa claro em quarto lugar quem entra e quem fica de fora e isso está nos
versículos 13 a 15 em que a mais uma vez Deus se pronuncia dizendo: 13 Eu sou o Alfa e o Ômega, o
Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim.
Usando aqui termos que o mostram, que o revelam como o primeiro e o último e isso aqui está no
sentido de cronologia mesmo. Mas a próxima expressão quando ele fala o princípio e o fim ele usa outro
tipo de termo que não tem haver com contagem de tempo, mas tem haver com propósito.
Eu sou o princípio, eu sou a origem, eu sou a fonte de todas as coisas e a última palavra que ele usa é
eu sou o escaton, é dai que vem a nossa palavra escatologia que nada mais é o estudo do fim, o estudo
das últimas coisas.
Por isso ele fala eu sou o princípio, mas eu sou também o fim, no sentido de finalidade de consumação.
O Senhor é o alfa, primeira letra, o ômega última letra. É o número 1 e se tiver um final ele é o fim de
toda história de todo o tempo, Ele é a fonte de todas as coisas, o princípio, mas ele é também o fim de
todas as coisas, o escaton, a consumação de todas as coisas.
E ele que é tudo isso diz algo fundamental, ele diz quem é que entra no seu propósito final e quem fica
de fora ele diz, primeiro no v 14 quem entra: 14 Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras
no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas portas.
Agora quem não entra: 15 Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e
todo aquele que ama e pratica a mentira.

13
Preste atenção em algo bem interessante aqui o pessoal que fica de fora é listado quase como se
dissesse os nomes deles, como se fosse: Esse, esse e mais esse, é claro que nome aqui é o que faz,
caráter, descrição do caráter.
Mas, os que entram não recebem descrição nenhuma, não são aqueles que fazem isso ou fazem aquilo
outro. Os que entram não são aqueles que fazem boas obras, não são aqueles que dão esmolas, não são
aqueles que cumprem seus rituais religiosos.
Os que entram são aqueles que lavam as suas roupas no sangue do cordeiro. A entrada no novo céu e
na nova terra nunca foi e nunca será uma questão de méritos, mas sim de graça, de perdão, de ser
perdoado, questão de ser graça.
Questão de ser lavado, de ser purificado, porque no centro da mensagem escatológica do apocalipse
está uma cruz, uma crua que faz reconciliação entre Deus e os homens, entre os céus e terra.
Uma cruz que apresenta o homem sujo, que era imundo, e apresenta-o diante de Deus com roupas
limpas, isso é sinônimo de conversão, a lavagem da alma, do coração só é possível através do cordeiro
Jesus Cristo.
Agora os que ficam de fora recebem nomes. Os cães ficam de fora e cães aqui não são os animais os
cachorros, aqui eles se refere a pessoas. Mas cães aqui tem sinônimo de covardia, de retroceder.
O texto diz: o cão volta ao vômito esse é o sentido, é aquele que torna as velhas práticas, aquele que
retorna aos velhos pecados. É aquele que começa a percorrer o caminho de Deus e por algum motivo ele
abandona e volta ao que estava errado ao que fazia anteriormente e eles são os primeiros citados entre
os que ficam de fora.

14
Porque o grave mal, o grave problema desses é conhecer a verdade e abandonar a verdade. Por isso o
texto bíblico diz: ai de ti Betsaida, ai de ti Corazim, porque essa cidades viram os sinais de Jesus, essas
cidades ouviram as palavras de Jesus.
E quanto mais conhecimento mais responsabilidade, mais rigor da parte de Deus, ao ponto que Cristo
disse que no dia do juízo haverá menos rigor para Tiro, Sidom, Gomorra, Sodoma, o que tinha de pior no
mundo antigo de cidades pecadoras do que para essas cidades que ouviram e viram o evangelho.
É um grande problema conhecer e não praticar, Deus trata isso com muita severidade, conhecer e voltar
e retroceder aos pecados, aos velhos hábitos, quem faz isso está fora. É o primeiro dessa lista que está
de fora.
Além deles diz o texto: vão ficar de fora os feiticeiros. E para feiticeiros aqui o texto usa uma palavra
curiosa: ele diz os Farmakois, de onde vem nossa palavra Farmácia porque no mundo antigo os
farmacêuticos eles mexiam com certas coisas trabalhavam com substâncias químicas tentando manipular
e encontrar um meio mágico de cura.
Aqui o Senhor está falando daqueles que usavam drogas e substâncias para manipular sensações e
manipular os elementos como se de fato tivessem algum poder. Pessoas que acham que através da magia
da superstição tem algum poder mágico no mundo ou sobre os espíritos ou um outro qualquer realidade
espiritual que se ache que exista. Quem segue esse caminho está fora.
Porque quem segue esse caminho não segue a Palavra de Deus, tem outros caminhos, tem outros
preceitos, não anda de acordo com a vontade de Deus. Não tem como entrar.
Ele continua falando dos que não entram e ele cita os impuros, impuros aqui é um temo genérico que
se refere a todos aqueles que tem questões sexuais impróprias.

15
Na Bíblia para Deus só há um tipo de relação sexual aceitável que é o casamento entre um homem e
uma mulher. O único lugar em que a Bíblia autoriza o relacionamento sexual, fora disso qualquer tipo de
relacionamento sexual chama-se impureza.
Na sequencia ele diz que também ficam de fora os assassinos, aqueles que matam, Jesus disse que
matar não era só matar fisicamente podia ser matar com palavras e até com pensamentos.
Quando se despeja a ira que sentimos sobre outras pessoas isso é tido na Bíblia como uma quebra do
mandamento que diz: não matarás.
Os idolatras também ficam fora, todos aqueles que tem adorado a outros deuses, todos aqueles que
tem outras coisas dominando seu coração. Podem até não se dobrar diante de imagens mas adoram,
bens adoram riquezas.
E genericamente ele fala todo aquele que ama e pratica a mentira, todo aquele, qualquer um que é
amigo da mentira, que faz da mentira uma prática em sua vida.
Amar e praticar a mentira é igual a dizer que é alguém que é amigo da mentira e não é amigo da
verdade. Diante disso podemos perguntar: alguém entra nesse céu?
Só quem lava suas roupas no sangue do cordeiro, porque todos aqueles que lavaram suas vestiduras
no sangue do cordeiro eram cães, eram assassinos, eram feiticeiros, eram idolatras, eram impuros e
amavam e praticavam a mentira e é por isso que agora eles não são mais identificados.
Não é dito aqui que são pessoas boas, cheias de boas obras, é dito apenas que suas roupas foram
purificadas pelo sangue de Cristo.

16
Eles não são mais identificados pelos pecados que cometiam agora são chamados pelo nome que está
nome que está acima de todo nome porque quem os justifica é aquele que está acima de todo nome
Jesus Cristo.
E assim e define quem entra e quem fica de fora.
Até aqui tivemos 4 palavras de exortação do Senhor e agora temos as 3 últimas ele diz que ainda há
um convite final do Senhor, o fim da profecia e por fim uma última garantia.
São as 3 últimas palavras do Senhor, veja que os versículos 16 e 17 já no fim do fim do livro o Senhor
ainda faz um convite. O Senhor na sua misericórdia, na sua graça na sua compaixão ainda vai fazer um
convite as pessoas 16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a
Raiz e a Geração de Davi,
Dois termos importantes quando ele diz que é a raiz de Davi é aquele pedaço do tronco que ficou na
terra depois que árvore foi derrubada, ficou lá um broto, ficou lá uma raiz, Jesus diz: eu sou essa raiz de
Davi, ou seja Deus prometeu que um filho de Davi se sentaria eternamente no trono, mas Israel foi
varrido do mapa, a floresta chamada Israel foi cortada.
A família de Davi foi arrancada, mas ficou lá uma raiz e essa raiz brotou e esse é Jesus Cristo aquele
que vem cumprir as promessas antigas que Deus fez a Davi. Eu sou a raiz e eu sou a família de Davi,
geração é família, eu estou aqui e sou da família de Davi.
Eu sou o cumprimento daquelas promessas mas eu sou também a brilhante Estrela da manhã. A ideia
é no alvorecer do dia quando você enxerga aquela última estrela a última que aparece.

17
Todas as outras já se apagaram e você enxerga aquela última estrela brilhante, é claro que isso é um
simbolismo é um símbolo de que a noite passou e um novo dia está raiando o dia de Deus, está chegando
do novo céu e da nova terra.
Mas é curioso que no AT outro usou esse termo o próprio Satanás tinha esse título estrela da manha
está lá em Is 14 quando fala que o rei de Babilônia como uma figura de Satanás era a estrela da manhã,
mas aquela se apagou.
E se apagou para sempre nas trevas do mal do lago de fogo e enxofre e então surge a verdadeira
estrela da manhã, ou seja quando aquela antiga estrela da manhã brilhou o mundo foi coberto pelo mal
pelas trevas de satanás.
Mas quando a cruz de Cristo foi erguida a nova e verdadeira estrela da manhã começou a brilhar, a luz
de Cristo brilha como a estrela derradeira, como a estrela final que faz com que a noite acabe e raie o sol
da justiça o novo e perfeito tempo que está para começar.
E com base nisso, o Espírito e noiva dizem vem, para que brilhe a estrela da manhã. O Espírito é o
Espírito Santo que veio depois que Jesus foi para o Céu.
Jesus foi para o céu e enviou seu Espirito Santo para estar com sua Igreja com seu povo, nós somos a
noiva, o povo de Deus, o Espírito que está em nós é o Espírito Santo então a junção desses dois elementos
fazem um pedido que é o quinto da série de 7 que nós temos nesse versículos: 17 O Espírito e a noiva
dizem: Vem!
O Espírito e a noiva operam juntos. Estão, constantemente, dizendo: "Vem!" Esse, deve-se notar, é um
presente imperativo. Refere-se não apenas ao evento da volta de Cristo, mas à totalidade do curso da
História que ainda precede o evento.

18
Significa: "Cumpra seu plano na História com vistas à sua vinda, Senhor!" O plano divino inclui os
princípios de governo moral revelados pelos símbolos dos candeeiros, selos, trombetas, conflitos com o
dragão e seus aliados, taças de ira, bodas do Cordeiro, etc Em e mediante todos esses meios e agências
cumprem seus propósitos e apressam a sua vinda!
Quem quer que ouça essa profecia quando é lida na Igreja - e todo aquele que a lê - adicione sua voz
ao grande coro de vozes; que diga: "Vem!"
.Essa é a oração da Igreja, não tem oração mais preciosa aos ouvidos de Deus que a oração da
comunidade escatológica, da comunidade que espera o fim que espera a consumação de todas as coisas.
Não se contenta essa comunidade em viver no tempo presente mas espera o fim, o futuro, por isso
essa comunidade esse corpo, essa noiva quer receber o noivo ela não quer vive longe do noivo.
Ela não suporta estar afastada do noivo, ela e o Espírito conjuntamente pedem para que ele venha, Ai
temos outro termo: Aquele que ouve, diga: Vem! Isso reforça essa oração.
Todo aquele que faz parte, que entra nesse corpo faz o mesmo pedido, essa oração tem que se
multiplicar em cada pessoa, em cada alma, em cada coração na Igreja como um todo pedindo que o
Senhor volte, que o Senhor venha.
E ai o próprio Senhor que ouve sua Igreja dizendo vem Senhor ele faz um convite: Aquele que tem sede
venha, e quem quiser receba de graça a água da vida.
No fim do fim o Senhor ainda tem um convite de graça aos sedentos que reconhecera que em sua vida
passavam sede, que nunca encontrarão a água que sacia sua sede nas coisas aqui desse mundo.
Aqueles como aquela mulher samaritana ao lado do Poço de Jacó que quando Jesus disse eu tenho uma
água que pode matar a sua sede para sempre ela disse: eu quero essa água.

19
Aquela que reconheceu que seus 5 maridos não eram dela e não saciavam sua sede. Aquelas pessoas
que reconhecem que tudo que o mundo possa oferecer nunca sacia o desejo mais íntimo e mais profundo
de nosso coração, essas pessoas são convidadas a vir e beber.
Não de qualquer água, mas da água da vida e receberem isso de graça sem precisar pagar de nada,
receberem de graça o maior dos dons, o maior dos presentes a água da vida.
Finalmente o Senhor fecha o livro: 18 Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro,
testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro;
19 e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore
da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro.
Jesus fechou o livro em termos de: não tira e nem acrescenta nada. O livro está aberto no sentido de
que está se cumprindo, mas está fechado no sentido de que não se acrescenta e não se tira nada aqui.
É claro que ele está falando daquele livro que começou a ser escrito naquele domingo quando João viu
Jesus falando as coisas que foram reveladas lá na ilha de Patmos.
Mas como a Bíblia é uma unidade teológica, como Deus não é dividido em partes, como Deus revelou-
se de uma Genesis a Apocalipse isso se aplica a toda a Bíblia até porque o Apocalipse não existe sem o
Genesis, o Apocalipse não existe sem o AT.
Não existe sem todo o restante de todo o NT, então a palavra final é: A Bíblia está completa.
Por isso nossa confissão de fé diz que cessaram aqueles antigos modos pelos quais Deus falava e
comunicava a sua vontade pois a Bíblia está fechada.

20
Se alguém acrescentar alguma coisa, se alguém acrescentar algum livro, se alguém acrescentar algum
versículo ele, Jesus acrescentará essa pessoas aos flagelos já escritos nesse livro. Ou seja a Bíblia nada
se acrescenta.
Com isso todos aqueles que dizem atualmente possuir alguma nova revelação de Deus para os homens
estão debaixo dessa maldição aqui e estão debaixo dos flagelos desse livro aqui e vão receber os flagelos
desse livro aqui.
Mas tem o outro lado também: não pode tirar nada. Tem tanta gente que vive tirando da Bíblia suas
parte favoritas, isso eu quero, isso que não quero, isso eu aceito isso eu não aceito, ou tudo ou nada.
Ou a Bíblia toda ou nada. Não se acrescenta e nem se ira a Palavra de Deus é complete e tem que ser
aceita de forma integral.
A revelação cessou, nós temos tudo o que nós precisamos para vivermos a melhor das vidas que
agradam a Deus. 2 Tm 3.16 e 17 diz exatamente isso: a Escritura inspirada por Deus é útil para a
educação, para a correção, para que o homem de Deus seja perfeitamente habilitado em toda a boa obra.
Tudo que eu e você precisamos para viver a vida cristã nessa vida, tudo nós temos nesse livro por isso
que não precisamos de nada mais além do que aqui está escrito.
A última declaração de Jesus é: 20 Aquele que dá testemunho destas coisas diz: Certamente, venho
sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus! 21 A graça do Senhor Jesus seja com todos.
O sétimo vem dessa parte, como disse no início 7 vezes ele diz vem!!!
Eu concluo dizendo: é se, demora a vinda de nosso Senhor ainda que já tenha se passado 2 mil anos,
ainda que esse seja o argumento de muitos que Deus está demorando se lembre que para Deus um dia
é como mil anos e mil anos como um dia.

21
Mas o nosso encontro com o Senhor não se dará somente quando Ele voltar dos céus, mas também
como quando cada um de nós é alcançado pela graça de Deus e transformado pelo seu amor. Ele se da
também quando cada um de nós morre e vai ao encontro do Senhor , de um jeito ou de outro a espera
é breve e o preparo precisa ser completo para que quer o Senhor volte para nos buscar, quer o Senhor
nos chame para nos encontrar com ele nos céus, estejamos preparados.
Porque a grande mensagem desse livro é que precisamos manter a esperança, devemos enfrentar o
que vier contra nós, não se desvie do que está escrito na Palavra de Deus.
Aguentem toda a perseguição que por ventura venha contra vocês, passem por todas as tribulações
que o mundo, satanás e seus aliados enviarem contra vocês porque vocês são mais que vencedores.
Fique firme esperando o retorno do Senhor Jesus e assim você estará guardando as profecias desse
livro.

22