Anda di halaman 1dari 2

Provando que protestantismo é a cópia atual da da antiga Serpente que enganou Eva.

"A Serpente que era o mais astutos de todos os animais selvagens que o Senhor Deus
tinha feito. Ela disse à mulher: 'É verdade que Deus disse: 'Não comais de nenhuma
arvore do Jardim'?' A mulher respondeu à Serpente: 'Nós podemos comer do fruto das
arvores do Jardim. Mas do fruto da arvore que está no meio do Jardim Deus disse: 'não
comais dele nem se quer o toqueis, caso contrario morrereis''. Mas a Serpente respondeu
à mulher: 'De modo algum morrereis. Pelo contrário, Deus sabe que, no dia que
comerdes da arvore, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecedores do bem
e do mal" (Gn. 3,1-5) Acaso pode o filho saber mais que os pais (sendo as igrejas
protestantes, filha da Igreja católica, por ter surgido depois), ou a criação saber mais que
o criador? O protestantismo age da mesma forma que a serpente, se aproveita da falta de
conhecimento da maioria das pessoas para seduzi-los e convencê-los que a Santa Igreja
está errada, igual aconteceu com Eva, a serpente se aproveitou porque Deus apenas
havia proibido, mas não havia citado os motivos. Perceba que a serpente chegou usando
palavras isoladas do que Deus havia dito (Palavra de Deus, ou seja, a bíblia) e justificou
o erro de Deus usando outras partes do discurso do Criador, usar a bíblia para provar
que a as praticas de fé e de oração daqueles que comungam da Igreja, que prega a
primeira fé cristã no mundo, é atuar em comunhão com a Serpente que usou, por
primeiro, o discurso do Criador afim de desvirtuar aqueles que comungavam da paz
deixada por Deus na terra, sob a mascara de estar falando a "verdade". Então reflita e
veja se sua atitude consiste em pregar o evangelho a todas as criaturas ou se consiste em
desvirtuar os fiéis da fé original do cristianismo, assim como a serpente fez com Adão e
Eva no Éden. Fica a dica, Paz e Bem

Paulo Aphonso (Reza o Terço é repetir as mesma palavras varias vezes e doutrina
católica, vejamos a doutrina de Cristo ) MATEUS CAP 6: 7 - E, orando, não useis de
vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.

Paulo Aphonso Chamar um líder religiosos de pai é doutrina católica, vejamos a


doutrina de Cristo.MATEUS 23 : 9 E a ninguém na terra chameis vosso pai,( PADRE )
porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.

Paulo Aphonso PORQUE QUE PAULO FALA ISSO AOS ROMANOS A MAIS DE
2 MIL ANOS E ROMA NÃO OUVE? VERSÃO CATOLICA PASTORAL,-
ROMANOS 1 : 23 trocando a glória do Deus imortal por estátuas de homem mortal, de
pássaros, animais e répteis.

Paulo Aphonso Agora, quem é a serpente?

Diogo Lisboa Deixe eu colocar um colete a prova de balas porque isso foi um tiroteio e
não um comentário.

Primeiro a igreja não admite idolatria, pois em nenhum dos seus documentos ou
ensinamentos ela permite essa prática, isso faz parte da fé do povo, e deve ser deixado
como tal para não gerar fanatismo, sua colocação é uma calunia, então você se mostra
como serpente, pois ela caluniou Deus dizendo que ele estava mentindo.

Quanto ao terço, era outra devoção popular muito comum nos primeiros séculos, a
repetição de mantras, então a Igreja em santa sabedoria, modificou essas repetições de
palavras vagas por trechos do Evangelho, e ainda instrui as pessoas a contemplarem
com essas repetições os mistérios da Encarnação, Pregação, Morte, e ressurreição de
Jesus, portanto deixam de ser repetições vãs (sem sentido) e passam a achar sentido na
contemplação dos mistérios da vida de Jesus.

Com relação ao Papa, esta palavra vem da inscrição Pedro Apóstolo Príncipe dos
Apóstolos = P.A.P.A = Papa, e é usada para indicar que o Bispo da Igreja de Roma é o
sucessor de Pedro, a quem se subordinaram os sucessores dos outros apóstolos,
seguindo a determinação de Jesus que seria Pedro quem deveria apascentar o Rebanho
do Senhor.

E pro fim você cita uma passagem que Paulo critica o povo Romano e não os cristãos
que habitavam em Roma, pois já nos primeiros séculos os cristãos tinham o costume de
pintar as paredes das catacumbas, onde se reunião escondidos por medo da perseguição
do império, para celebrar os mistérios da vida de Jesus, nas paredes de muitas
catacumbas romana se acham pinturas do ano 60, se Paulo estivesse criticando a prática
cristã, não teria ele feito referencia também às pinturas?

Quando se substitui a fé popular (fé que Adão e Eva possuíam no Éden, de que faziam a
vontade de Deus, sem precisar conhecer o verdadeiro sentido do que faziam),
automaticamente se cai na prática da serpente (que veio mostrar a Eva que ela estava
errada em não comer daquele fruto, pois Deus não havia dado explicações de porque era
proibido e que eles não morreriam, na verdade não morreram, no mesmo instante que
comeram, então a Serpente estava certa, mas depois Deus descobriu o que eles haviam
feito e os puniu, será que ele não fará o mesmo com os protestantes que usam a Sua
Palavra para "abrir os olhos do povo", assim como a Serpente usou de um fruto para
abri os olhos de Adão e Eva?)

Quem é a serpente agora, e se você disse que a Igreja Católica prega, ensina, promove
idolatria, ou é idolatra, alem de estar disseminando uma calunia eu serei obrigado e
fazer uma pequena denuncia contra você por intolerância religiosa, que é o que vocês
protestantes mais gostam de praticar, não usam nenhum dos princípios de Jesus, pois se
ele não condenou, e nem ao menos criticou, uma prostituta quem somos nós para
criticar, atacar, julgar e condenar quem quer que seja pelo simples fato de ter uma
conduta religiosa diferente da nossa? Ah...! e se for me responder use de sua
inteligência (se tiver), e não de textos da Palavra de Deus como fez a Serpente no Éden