Anda di halaman 1dari 10

CHOQUE SÉPTICO

O QUE É CHOQUE SÉPTICO


• É UMA CONDIÇÃO GRAVE QUE OCORRE QUANDO UM AGENTE INFECCIOSO, COMO
BACTÉRIAS, VÍRUS OU FUNGO, ENTRA NA CORRENTE SANGUÍNEA DE UMA PESSOA.
• ESSA INFECÇÃO AFETA TODO O SISTEMA IMUNOLÓGICO, GERANDO UMA REAÇÃO EM
CADEIA QUE PODE PROVOCAR UMA INFLAMAÇÃO DESCONTROLADA NO ORGANISMO,
AFETANDO VÁRIOS ÓRGÃOS AO MESMO TEMPO.
• COSTUMA ACONTECER EM PACIENTES QUE ESTÃO NA UTI DEVIDO À BAIXA IMUNIDADE,
SENDO A MAIOR CAUSA DE MORTE EM PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA
• O BRASIL POSSUI UMA DAS MAIORES TAXAS DE INCIDÊNCIA DE CHOQUE SÉPTICO DO
MUNDO COM 400 MIL NOVOS CASOS REGISTRADOS POR ANO.
• POSSUI UMA ALTA INCIDÊNCIA DE MORTE QUE VARIA ENTRE 30% E 50%.
INFECÇÃO- INVASÃO DO ORGANISMO POR
UM AGENTE INFECCIOSO

INFLAMAÇÃO- RESPOSTA DEFENSIVA DO


ORGANISMO AO ATAQUE
1) QUALQUER TIPO DE BACTÉRIA PODE CAUSAR UM CHOQUE
SÉPTICO. FUNGOS E VÍRUS TAMBÉM PODEM CAUSAR ESSA
CONDIÇÃO, EMBORA SEJAM EXTREMAMENTE RARAS.

2) TOXINAS LIBERADAS PELOS AGENTES INVASORES PODEM


CAUSAR DANOS NOS TECIDOS E RESULTAR EM PRESSÃO
ARTERIAL BAIXA E FUNÇÃO REDUZIDA DOS ÓRGÃOS.

3) O ORGANISMO TAMBÉM PRODUZ UMA FORTE RESPOSTA


INFLAMATÓRIA ÀS TOXINAS. ESSA INFLAMAÇÃO PODE
CONTRIBUIR PARA QUE OCORRAM DANOS NOS ÓRGÃOS.
CHOQUE SÉPTICO – FATORES DE RISCO

IDADE DOENÇAS PRE DISPOSITIVOS DE


EXISTENTES LONGA DURAÇÃO
TANTO PESSOAS MUITO JOVENS  DOENÇAS DO SISTEMA CATETERES DE LONGA PERMANÊNCIA:
QUANTO PESSOAS MUITO IDOSAS SÃO GENITURITÁRIO, SISTEMA BILIÁRIO E
 AQUELES QUE PERMANECEM NO
MAIS PROPENSAS A TER CHOQUE NO SISTEMA INTESTINAL.
LUGAR POR LONGOS PERÍODOS DE
SÉPTICO. ISSO OCORRE DEVIDO À UMA
 DOENÇAS QUE ENFRAQUECEM O TEMPO, ESPECIALMENTE LINHAS
MAIOR FRAGILIDADE DE SEUS
SISTEMA IMUNOLÓGICO, COMO A INTRAVENOSAS
ORGANISMOS.
AIDS.
 CATETERES URINÁRIOS
 DIABETES
 STENTS DE PLÁSTICO E METAL
USADOS PARA DRENAGEM
CHOQUE SÉPTICO – FATORES DE RISCO

• LEUCEMIA
• USO PROLONGADO DE ANTIBIÓTICOS
• LINFOMA
• INFECÇÃO RECENTE
• CIRURGIA OU PROCEDIMENTO MÉDICO RECENTE
• USO RECENTE DE MEDICAMENTOS ESTERÓIDES
SINTOMAS
• EXTREMIDADES FRIAS E PÁLIDAS
• TEMPERATURA ALTA OU MUITO BAIXA, TREMORES
• TONTURA LEVE
• NÁUSEA E VÔMITOS
• PRESSÃO ARTERIAL BAIXA, ESPECIALMENTE QUANDO DE PÉ
• PRODUÇÃO DE URINA REDUZIDA OU AUSENTE
• PALPITAÇÕES
• FREQUÊNCIA CARDÍACA ACELERADA
• INQUIETAÇÃO, AGITAÇÃO, LETARGIA OU CONFUSÃO
• FALTA DE AR
• EXANTEMA CUTÂNEO OU DESCOLORAÇÃO DA PELE
CHOQUE SÉPTICO - TRATAMENTO
O TRATAMENTO DEVE SER INICIADO IMEDIATAMENTE E REQUER O USO DE ANTIBIÓTICOS, ALÉM DISSO,
PODE SER QUE O PACIENTE PRECISE RESPIRAR POR APARELHOS, RECEBER SANGUE, SORO E
MEDICAMENTOS PARA REGULARIZAR A PRESSÃO ARTERIAL E A FUNÇÃO RENAL. O PACIENTE
DIAGNOSTICADO COM CHOQUE SÉPTICO DEVE SER INTERNADO NA UTI.

SINAIS DE MELHORA DO CHOQUE SINAIS DE PIORA DO CHOQUE


SÉPTICO SÉPTICO
OS SINAIS DE MELHORA SURGEM CERCA DE 3 DIAS APÓS O OS SINAIS DE PIORA SURGEM QUANDO NÃO HÁ UMA RESPOSTA
INÍCIO DO TRATAMENTO E INCLUEM DIMINUIÇÃO DA FEBRE E ADEQUADA AO TRATAMENTO E INCLUEM CONFUSÃO MENTAL,
ALÍVIO DA DIFICULDADE PARA RESPIRAR, ASSIM COMO A DIFICULDADE PARA RESPIRAR, COMA OU PARADA RESPIRATÓRIA.
REGULARIZAÇÃO DOS BATIMENTOS CARDÍACOS E DA PRESSÃO
ARTERIAL
CHOQUE SÉPTICO – CUIDADOS DE ENFERMAGEM
• MONITORAÇÃO HEMODINÂMICA CONTÍNUA DO PACIENTE (P.A. , TEMPERATURA,
OXIGENAÇÃO).
• EXAME FÍSICO COMPLETO E DAR ATENÇÃO ÀS LESÕES COM PRESENÇA DE SECREÇÃO. ISSO
PODE FORNECER DADOS PARA A INVESTIGAÇÃO DA PORTA DE ENTRADA DO MICRO
ORGANISMO.
• ESTABELECER ACESSOS VENOSOS (AVP) DE GROSSO CALIBRE, DE PREFERÊNCIA AS VEIAS
LOCALIZADAS NA FOSSA ANTECUBITAL E DO ANTEBRAÇO PARA ADMINISTRAR FLUÍDO,
GRANDES VOLUMES LÍQUIDOS PODEM SER NECESSÁRIOS.
• SONDAGEM VESICAL (SVD) DEVERÁ SER INSTITUÍDA COM A FINALIDADE DE MONITORIZAÇÃO
DO DÉBITO URINÁRIO QUE DEVERÁ MANTER-SE ACIMA DE 40ML POR HORA.
CHOQUE SÉPTICO – CUIDADOS DE ENFERMAGEM
• ADMINISTRAR A MEDICAÇÃO PRESCRITA (DROGAS VASOATIVAS, ANTIBIÓTICOS).
• VERIFICAR PADRÕES RESPIRATÓRIOS.
• AUSCULTA PULMONAR E RADIOGRAFIA DE TÓRAX.
• AVALIAR NÍVEL DE CONSCIÊNCIA (ESCALA DE GLASGOW).
• CHECAR E AVALIAR RESULTADOS DE EXAMES LABORATORIAIS PARA GARANTIR UMA
ASSISTÊNCIA EFICAZ ENTRE AS EQUIPES MULTIPROFISSIONAIS.
• CUIDADOS COM A HIGIENE CORPORAL E BUCAL.
• LUBRIFICAÇÃO DAS PUPILAS EM CASO DE COMA.
É ISSO! OBRIGADA PELA ATENÇÃO DE TODOS!
• LUCIANA CHRISTINA ANASTÁCIO RODRIGUES MOREIRA
• CAROLINA
• TATIMEIRE
• MARIA DAS NEVES
• LUCIENE