Anda di halaman 1dari 4

PASSO 2

A Origem
Este texto foi escrito com a intenção de pesquisar e informar, não tem
finalidade de uma doutrina religiosa ou buscar seguidores. A única finalidade
é de impulsionar os poucos visitantes do Bom Senso a pesquisar sobre a origem
do próprio sangue.

DEMIURGO – Criador
Demiurgo é o ser que o judaísmo e o cristianismo chamam de Deus, os
maçônicos o chamam de “Arquiteto do Universo”. Ele tem o poder de criar,
mas na verdade devemos substituir esse verbo por copiar. O Demiurgo é o
criador deste universo inferior.
No planeta terra o Demiurgo criou um ser anímico possuidor apenas de
conhecimentos básicos.

OS DEUSES TRAIDORES
Com o intuito de modificar o plano de Demiurgo, Deuses de outros planos
vieram até este universo. Os Deuses capturaram uma miríade de espíritos
magníficos, estes eram os espíritos hiperbóreos pertencentes ao universo não
criado. Através de uma cilada estes espíritos “caíram” na terra e foram
“implantados” nos seres anímicos, fazendo com que estes seres mudassem
também de aparência e forma, foi então neste momento que nasceu a
primeira raça com espíritos e mortal, mas estes Deuses tornaram-se traidores
para os outros Deuses Hiperbóreos. Estes Deuses traidores se aliaram ao plano
do demiurgo e construíram uma moradia chamada Chang Schambala que fica
no sistema solar. Aprisionando os espíritos imortais aos seres humanos
ilusórios e materiais da Terra.

O INICIO DA HIPERBÓREA NA TERRA


Então os outros Deuses formaram uma estratégia, infiltraram-se
voluntariamente no universo criado para ajudar aos espíritos hiperbóreos
cativos. Após abrirem um portal em Vênus, alguns Deuses vieram ao jugo da
carne e assim tornaram-se semi-deuses, e assim conhecedores da origem e
que desejavam voltar para ela.
Iniciou-se então a Hiperbórea terrestre: Agartha, uma enorme muralha, e
dentro desta muralha uma enorme construção, algo como um castelo. Quando
algum ser normal adentrava as muralhas tornava-se diferente porque
conseguia reconhecer sua verdadeira origem, que também era mostrada
através das pedras de Vênus, que eram reflexos da origem.

AGARTHA (Valhalla)
O plano dos semi-deuses era de retornar a origem, então usando a extrema
sabedoria hiperbórea conseguiram isolar aquele lugar do tempo e
espaço,conseguindo assim com que as muralhas e o palácio DESAPARECESSEM
da terra, enormes chamas magníficas se ergueram,e uma grande névoa foi o
que restou daquele lugar, Agartha. Os homens que permaneceram nesta terra
passaram de geração em geração o feito dos Deuses. O que conhecemos sobre
Asgard e Valhalla está relacionado a isto, Valhalla está no universo sem sofrer
alteração do tempo.

AS TRÊS CLASSES DE HOMENS NA TERRA:


1.Animais-homens primitivos ou PASU.
2.Semi-divinos ou VIRYAS a quem lhes endossou um Espírito.
3.Divinos Hiperbóreos ou Siddhas, que são todos aqueles que lograram RETORNAR A
ORIGEM e escapar do Grande Engano. Também são conhecidos por Siddhas Leais uma
parte dos Guias, aqueles que NÃO TRAÍRAM e que, encabeçados por Cristo-Lucifer,
intentam SALVAR aos viryas mediante a redencao hiperborea do sangue puro, que
consiste em despertar a memória primogênita da própria divindade perdida. Estes
são os Senhores de Agartha.
“OS ANTIGOS SERES HIPERBÓREOS que ainda permanecem aprisionados neste
mundo demoníaco, devem ter bem claro que o inimigo é Iahweh-Satanas, o
Demiurgo deste mundo”. Trecho retirado do livro O Mistério de Belicena Villca
(FUTURAMENTE SERA LIDO NOS PROXIMOS PASSOS).

A CRIAÇÃO DE ATLÂNTIDA

Depois de Agartha, os homens tendo conhecimento de suas origens divinas criaram


Atlântida,uma civilização onde as pedras de Vênus refletiam neles suas origens
divinas, havia uma sincronia perfeita, algo fora do tempo e espaço. O líder era
reconhecido normalmente pelos outros que eram muito ligados com agricultura e
eram muito sábios.
Porém isto não durou até que os Deuses traidores resolveram interferir na terra
novamente... Eles através de magia negra copularam com animais, fazendo assim
raças bestiais nascerem.

Devido a grande confusão em que se encontravam os atlântes, um deus Hiperbóreo


que estava abrigado em Vênus apareceu voluntariamente, Kristos Lúcifer apareceu a
vista dos homens fazendo com que Atlântida fosse engolida pelo mar.
Depois disso os atlântes e os demais migraram para as demais regiões da terra, os
atlantes brancos aderiram um pacto de sangue e seguiam um deus chamado
Navutan,que foi um semi-deus, e mais tarde venerado também pelos Germanos.
As linhagens Hiperbóreas tinham como prioridade o pacto de sangue, para que
através do puro sangue todos se lembrassem de suas origens, continuavam com a
prática de agricultura, e respeitavam a natureza.
A sabedoria Hiperbórea foi passada de gerações a gerações, depois “pelas sombras”,
por exemplo, na idade média era muito difícil seguir o próprio sangue, a sabedoria e
alguns sábios hiperbóreos se “escondiam” até mesmo dentro da igreja católica.
Os atlântes morenos priorizavam em ter riquezas, adorar a matéria, pois foram
criados pelos deuses que aprovavam a existência do homem na terra.
Todos os povos brancos são descendentes dos atlântes brancos, as civilizações Grécia
e Roma foram construídas com sabedoria Hiperbórea.
Os povos habitantes das florestas - os “pagãos” - eram temidos pelos demais por sua
bravura, pois eram hostis a este mundo material, a voz do sangue lhes falava alto!

A CRIAÇÃO DOS SEMITAS


Demiurgo como percebeu que tudo estava uma enorme confusão resolveu também
"criar" uma raça, um povo, este povo foi o povo semita criado na época da Atlântida,
com a intenção de representar o demiurgo na terra.

“A raça hebréia que não é senão a manifestação de Sanat Kumara na Terra para
ocupar o máximo escalão da Sinarquia, em nome do Uno. Os mesmos hebreus em
sua Cabala estudam que “Israel é um dos 10 sefirot”, o sephirah Malkut, ou seja,
uma das emanações do Uno. Finalmente, Iahweh é o nome cabalístico do Uno que
Sanat Kumara representa na Terra.” Trecho retirado do livro O Mistério de Belicena
Villca

Escrito por D.W. e editado por E.W.

http://obomsensoartigo19.blogspot.com.br/2011/09/origem.html?m=1