Anda di halaman 1dari 6

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E


MUCURI

BACHARELADO EM HUMANIDADES- 2º PERÍODO NOTURNO


ANTROPOLOGIA CULTURAL

FICHAMENTO TEXTO

ANTROPOLOGIA: UMA INTRODUÇÃO

CLEYBE APARECIDO LOPES

DIAMANTINA, 14/11/2010
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E
MUCURI

BACHARELADO EM HUMANIDADES- 2º PERÍODO NOTURNO


ANTROPOLOGIA CULTURAL

FICHAMENTO TEXTO

ANTROPOLOGIA: UMA INTRODUÇÃO

Fichamento apresentado como exigência parcial à


aprovação na disciplina Antropologia Cultural do curso
de Bacharelado em Humanidades da Universidade
Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.
Prof.: Dr. Marcelo Fagundes

CLEYBE APARECIDO LOPES

DIAMANTINA, 14/11/2010
Antropologia: Uma introdução/ Marina de andrade Marconi, Zelia Nves Resotto – 7
ed. - São Paulo: Atlas, 2008.

Antropologia: Uma introdução

Pág. 1 - “ A ciência da humanidade e da cultura. Como tal, é uma ciência superior social e
comportamental e mais., na sua relação com as artes e no empenho do antropólogo de
sentir e comunicar o modo de viver total de povos específicos, é também uma disciplina
humanística.” Definição de Hoebel e Frost (1981:3)
Pág. 2 – O autor amplia a ideia da antropologia e mostra que ela não é uma ciência
isolada ou seja ela necessita de outras para sobreviver.
Pág. 3 – O objetivo da antropologia é estudar a humanidade como um todo, o homem
que pensa, que age, que sente e interage com o meio.
Pág.4 – A antropologia física estuda a natureza f´sica do homem procurando conhecer
suas origens e evoluções, e está subdividida em:
Paleontologia - Estudo do ser antigo.
Somatologia - Estuo do corpo humano.
Raciologia - Estudo das etnias, raças humanas.
Antropometria - Estudo das medidas do corpo humano e suas variações.
Estudos comparativos do crescimento – estuda as diferenças grupais tanto em relação ao
crescimento, alimentação, exercício físico, maturidade sexuais etc.
Pág. 4 – Antropologia cultural, segundo os autores a antropologia cultural e o campo mais
amplo da ciência antropológica, abrangem o estudo do homem como ser cultural, o
fazedor da cultura. Realiza uma investigação no tempo e no espaço.
Pág. 5 -A principal investigação consiste na relação entre modos comportamentos
instintivos (herdados) e adqueridos (por aprendizagem). Aqui também retrata a
importância da antropologia arqueologia e antropologia clássica .
Retrata a etnologia que nada mais é que a escrita de um povo. A etnologia que é o
estudo do povo, que busca entender através de análises interpretação e na comparação
entre as mais variadas culturas existentes, considerando suas semelhanças e diferenças.
Em seguida fala sobre a linguística e sua contribuição para a antropologia, como meio de
comunicação e de pensamento. O folclore aparece como uma ciência socioantropológica,
uma vez que se dedica ao estudo de determinados aspectos da cultura humana.
P´g. 7 – antropologia social deve ser observada na sua totalidade. Os estudos dos
processos culturais e da cultura social, seu interesse está centrado na sociedade e nas
instituições. Culturas e personalidades lidam com questões da enculturação, o indivíduo,
a sociedade e acultura são três aspecto inter-relacionados, indispensáveis na análise do
comportamento humano.
Pág. 8- considera a antropologia como a mais jovem das ciências, somente após o
conhecimento das células e da evolução tem sido formulados e aplicados ao homem, que
a antropologia se sistematizou e progrediu como ciência do homem.
A sociologia é a ciência que mais possuem relações com a antropologia.
Pág. 9 – a psicologia preocupa-se com pensamento individual. A economia e a politica
são ciências que estão diretamente ligadas a antropologia, uma vez que toda sociedade
necessita destas para se desenvolver.
Pág. 10 - várias ciências constituem e auxilia antropologia na seu curso de estudos.
Sendo elas de essencial valor para o antropólogo. A história, a arqueologia, geografia,
metalurgia etc., sem as quais não seria possível pensar na antropologia.
P´g. 11- Nesta página retrata o surgimento da antropologia e seu desenvolvimento, como
diferentes classes de cidadãos contribuirão para seu surgimento, como os comerciantes,
artesãos, soldados viajantes etc.
Pág. 12 - Explica os métodos e as técnicas para a realização do trabalho antropológico,
como os métodos históricos e estatísticas.
Pág. 13/14 – Aqui o autor citas os principais métodos utilizados na pesquisa antropológica
e descreve-os sendo eles:, Etnográfico, comparativo ou etnológico, morfológico ou estudo
de caso, genológico e o funcionalista.
Pág. 14/15 – Retrata as técnicas para obtenção de dados através da mensuração.
Observação entrevistas e formulários, descreve como cada um auxilia o antropólogo no
seu trabalho.
Pág. 16 – Relata as questões de enculturação impostas de uma sociedade sobre a outra.
O bem estar dos grupos humanos em geral e do homem particular.
Pág. 17 – Relativismo cultural, autonomia cultural e valores culturais são os temas desta
página. Aqui estes são citados e conceituados.
Pág. 18 – Etnocentrismo é o tema principal desta página , aqui os autores relata que não
existe cultuara é melhor ou pior, superior ou inferior, mas diferentes com maiores ou
melhores recursos.
A antropologia aplica-se em diversas áreas da sociedade. Dentro do colonialismo
ela busca impedir que valores ocidentais sejam introduzidos em populações colonizadas.
Existe vários projetos do quais a antropologia faz parte. A ONU, a Unesco etc., requisitam
estes profissionais para desenvolver projetos vai melhorar a vida de uma determinada
sociedade.
A coexistência populacional faz com que criem políticas nacionais afim de
resguardar seus direitos .
A industrialização a cada dia exige o maior desenvolvimento da antropologia.
As relação sociais coloca a população e constantes conflitos; greves, superpopulação,
baixos salários, desemprego etc. É trabalho do antropólogo investigar e procurar soluções
para estas questões.