Anda di halaman 1dari 5

Nome do aluno: William Bartolomeu Canazart

Nº de matrícula: 10102443

Área: Direito Civil e Processo Civil

ATENÇÃO – E-MAIL ERRADO – Professor, somente para reforçar o que


conversamos na última aula, meu e-mail ainda está errado no sistema. O
correto é = williamcanazart@gmail.com | sem o “BR” Muito obrigado

Atividade do módulo 8

Estrutura do Projeto de Pesquisa:

Título
QUESTÕES CONTROVERTIDAS SOBRE AS ASTREINTES – PROPOSTAS
DE SOLUÇÕES EM BENEFÍCIO DO PROCESSO CIVIL DE RESULTADOS

Sumário
1. INTRODUÇÃO
2. JUSTIFICATIVA
3. OBJETIVOS
Geral
Específicos
4. MATERIAL E MÉTODO
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
6. APÊNDICES
7. ANEXOS

Resumo
O enfoque será dado a aspecto técnico-jurídico igualmente relevante, qual seja,
a correta utilização das astreintes como ferramenta processual de prestígio e
de cumprimento célere e eficaz dos provimentos/ordens jurisdicionais, tema
esse de fundamental importância quando se discute a crise do processo civil (e

William Canazart williamcanazart@gmail.com 11 9658-


6191
do próprio Poder Judiciário) e suas possíveis soluções visto a necessidade de
resgatar o processo civil e o prestígio dos comandos judiciais, com a finalidade
de se alcançar a efetividade da tutela jurisdicional.

Palavras-chave: Obrigação, Juiz, Multa, Sentença.

Introdução
Entende-se por Astreintes, do latim astringere, de ad e stringere, apertar,
compelir, pressionar. Originária do Direito Francês astreinte e a vernácula
estringente, ou seja, é a multa processual aplicada para o fim de cumprir
decisão judicial d obrigação de fazer ou não fazer. Geralmente diária, conforme
os termos do artigo 14, 461 e 461-A do Código de Processo Civil Brasileiro.

Justificativa
Porque o estudo é importante para a área;
O que já se conhece / foi publicado sobre o assunto.
Apresentação do problema de pesquisa;
Contextualização do problema de pesquisa;

Esta pesquisa tem por objetivo, analisar de maneira sintética o instituto das
astreintes no direito processual brasileiro, crendo que a identificação de
questões controvertidas sobre o tema, juntamente com propostas técnicas e
sistemáticas para suas respectivas soluções, poderão trazer alguma
contribuição ao penoso trabalho de construir um processo civil mais eficiente e
justo para os jurisdicionados.
Nesse sentido, o trabalho pretende apresentar, inicialmente, a contextualização
do surgimento da crise do processo civil brasileiro e das respectivas teorias
reformistas (fundamentalmente, a teoria do processo civil de
resultados/instrumentalidade do processo).
Feita essa primeira análise, este trabalho passará então à identificação da
função, natureza jurídica e previsão legal do instituto das astreintes para,
então, e postas as referidas premissas traçadas, abordar e propor soluções aos

William Canazart williamcanazart@gmail.com 11 9658-


6191
seguintes temas polêmicos sobre o referido instituto processual: (i) valor das
astreintes, (ii) titularidade do crédito decorrente da incidência das astreintes, (iii)
sujeito passivo na hipótese de incidência das astreintes contra o Estado, (iv)
exigibilidade das astreintes em função da decisão final de mérito e (v) meio de
execução/efetivação do crédito decorrente das astreintes.
Ao final, acredita-se que os temas polêmicos abordados e as respectivas
interpretações e aplicações ao instituto da multa processual que serão
defendidas ao longo deste trabalho poderão trazer algumas idéias de soluções
para a referida crise do processo civil e do próprio Poder Judiciário.

Hipóteses;
Levantar hipóteses as questões de (i) valor e eventual limite do valor das
astreintes, (ii) titularidade do crédito decorrente da incidência das astreintes, (iii)
sujeito passivo na hipótese de incidência das astreintes contra o Estado, (iv)
exigibilidade das astreintes à luz da decisão final de mérito e (v) meio de
execução/efetivação do crédito decorrente das astreintes.

Objetivos da pesquisa

Objetivo Geral

Visa analisar algumas questões controvertidas sobre o instituto da multa


processual prevista no parágrafo 4º do artigo 461 do Código de Processo Civil
(“CPC”), mais conhecida como astreintes.

Objetivos Específicos

Abordar a crise do processo civil e do próprio Poder Judiciário brasileiro, o


surgimento do movimento de reformas do processo civil e a criação da doutrina
do processo civil de resultados (ou instrumentalidade do processo civil),
juntamente com a análise da natureza e da função das astreintes.

William Canazart williamcanazart@gmail.com 11 9658-


6191
Referencial teórico
Será usado, além de julgados, livros de doutrinadores brasileiros e
estrangeiros, principalmente fraceses, de onde esse instituto foi adotado.

Metodologia usada na investigação

Estudo qualitativo ou quantitativo;


Este estudo se dará basicamente por meio da Pesquisa Qualitativa,
documental por meio de amostras, entrevistas, questionários e relatórios.

Técnicas e instrumentos de coleta de dados;


Amostra, sem preocupação em projetar resultados à população ou comunidade
acadêmica, mas sim de servir de aio para o entendimento por meio de
pesquisa nos sites de Jurisprudência.
Entrevista, por meio de discussões em grupo, tais como mesa-redonda, e
entrevistas com juízes e advogados militantes com elevado saber jurídico.
Questionário com questões abertas e fechadas com o fulcro de coletar dados
por meio de um roteiro. Se possível, as opiniões serão gravadas para futuras
análises.
Relatório, baseado na análise das informações de acordo com o roteiro
aplicado e registradas em relatório, dando ênfase às opiniões, comentários e
frases.

Maneira de escolha das amostras;


Estima-se também colher aproximadamente 50 julgados, ou pelo menos dois
em cada estado da federação e inclusive do Distrito Federal, a fim de se
apreender maior variedade de dados. Isto se dará por meio de pesquisas nos
sites dos Tribunais além dos próprios jurisdicionados que sofreram as sanções
do parágrafo 4º do artigo 461 do Código de Processo Civil Brasileiro, por meio
de contato telefônico, cartas e/ou redes sociais da internet.

William Canazart williamcanazart@gmail.com 11 9658-


6191
o Características da amostra.
Trata-se, portanto de uma análise quanti-qualitativa.

Análise dos dados


Esses dados serão analisados com base em categorias a serem definidas a
partir de uma primeira leitura das respostas obtidas.

William Canazart williamcanazart@gmail.com 11 9658-


6191