Anda di halaman 1dari 2

ELA TEM PERNAS CURTAS

Talvez você já tenha ouvido o ditado: mentira


tem pernas curtas. Dizemos que a mentira tem
pernas curtas porque sabemos que ela não
costuma ir muito longe. Cedo ou tarde, ela
cambaleia, tropeça e acaba sendo alcançada
pela verdade. Isso acontece por, pelo menos,
dois motivos: primeiro, porque quando
mentimos fazemos mais esforço do que quando
dizemos a verdade, em função do dilema moral
envolvido na questão, ainda que inconsciente.
Segundo porque, quando precisa ser repetida, a
mentira perde força, sendo contaminada por fragmentos da verdade ou por outra
mentira, pois sua base não é a realidade, e sim a ficção. Mas se voltarmos a Palavra de
Deus vamos observar que Deus trata essa prática pecaminosa de modo severo. Assim
diz o Salmo 101:7: “Não há de ficar em minha casa o que usa de fraude, o que profere
mentiras não permanecerá ante os meus olhos”. E ainda em Marcos 4:22: “Pois nada
está oculto, senão para ser manifesto; e nada se faz escondido, senão para ser
revelado”. A mentira é um dos pecados mais comuns em nossa sociedade até ao ponto
em que a consciência de muitos cristãos têm se tornado insensível e debilitada com
respeito a esse pecado. A mentira é covardia para não enfrentar a realidade.

TEXTO BÍBLICO

Efésios 4:17-25 – 17. Portanto, em nome do Senhor eu digo e insisto no seguinte: não
vivam mais como os pagãos, pois os pensamentos deles não têm valor, 18. e a mente
deles está na escuridão. Eles não têm parte na vida que Deus dá porque são
completamente ignorantes e teimosos. 19. Eles perderam toda a vergonha e se
entregaram totalmente aos vícios; eles não têm nenhum controle e fazem todo tipo de
coisas indecentes. 20. Mas não foi essa a maneira de viver que vocês aprenderam como
seguidores de Cristo. 21. Com certeza vocês ouviram falar dele e, como seus seguidores,
aprenderam a verdade que está em Jesus. 22. Portanto, abandonem a velha natureza de
vocês, que fazia com que vocês vivessem uma vida de pecados e que estava sendo
destruída pelos seus desejos enganosos. 23. É preciso que o coração e a mente de vocês
sejam completamente renovados. 24. Vistam-se com a nova natureza, criada por Deus,
que é parecida com a sua própria natureza e que se mostra na vida verdadeira, a qual é
correta e dedicada a ele. 25. Por isso não mintam mais. Que cada um diga a verdade
para o seu irmão na fé, pois todos nós somos membros do corpo de Cristo!

I João 1:6 - Portanto, se dizemos que estamos unidos com Deus e ao mesmo tempo
vivemos na escuridão, então estamos mentindo com palavras e ações.
O QUE É A MENTIRA?

É a manifestação contrária a verdade, cujo objetivo é


o engano e cuja gravidade se mede segundo o egoísmo
e a maldade que encerra.

Compartilhando: Para você existe “mentira pequena”?


Quem é o pai da mentira?

O DANO PROVOCADO PELA MENTIRA

Em Salmo 5:6 diz: ”Tu destróis os que proferem


mentiras,...” O engano faz a vida infeliz, mas Deus
promete bênçãos ao homem que anda na verdade. A
mentira pode se tornar um vício com facilidade, pois sempre conduz a outra. A
falsidade e a mentira são extremamente prejudiciais no relacionamento entre
cristãos. Aumenta a desconfiança e a incredulidade. Destrói o ambiente de fé, amor
estimula o ciúme. A mentira instaurada destrói famílias, trabalhos, negócios, igrejas,
amizades, etc.

Compartilhando: Você já teve uma amizade destruída pela mentira?

LIBERTANDO-SE

Arrependimento genuíno. Mudança de atitude e mentalidade em relação a esse


pecado. Rejeitar a mentira, eliminando-a da vida. Disciplinando-se em obedecer
a Deus em tudo e viver para buscar a verdade, até cultivar uma nova atitude
baseada na veracidade.
Confessando o pecado. Toda a mentira é pecado e deve ser confessado.
Correção. Como este pecado causa danos aos relacionamentos, somos
responsáveis diante de Deus e uns dos outros em corrigir, admoestar, ensinar e
restaurar esses relacionamentos.

CONCLUSÃO

A mentira e a falsidade são imorais e contrárias a conduta que Deus requer dos
homens. Jesus, o Senhor, nos ordena a ser absolutamente verdadeiros: vosso “sim”
seja sim e vosso “não”, não (Mateus 5:37). Ele prepara uma igreja sem mancha nem
ruga. Mesmo quando temos que sofrer por fazer Sua vontade, como cristãos nos
apresentamos a Ele como Filhos do Deus Vivo.