Anda di halaman 1dari 4

Escola Básica 2 Gaspar Frutuoso

Ciências da Natureza

Ficha Informativa

Nome : _____________________________________ N.º ___ Ano: ____ Turma:


___

O microscópio

O Homem teve, desde sempre, a preocupação de conhecer a


constituição dos seres vivos, mas só no século XVII foi inventado um
instrumento que, depois de aperfeiçoado, viria a revolucionar a Biologia e a
Medicina, permitindo observar e descobrir muito do que até aí era
completamente desconhecido.
Com a sua ajuda, foram adquiridos novos conhecimentos sobre a
constituição dos seres vivos e foram descobertos outros seres que nunca se
pensou existirem.
A este instrumento que tem como finalidade ampliar os objectos que
se pretendem observar foi dado o nome de microscópio (micro = pequeno).

1
Como são constituídos os seres vivos?

A unidade fundamental da constituição dos seres vivos é a célula.

A célula é constituída por:

® Membrana celular;
® Citoplasma;
® Núcleo;

Membrana celular – barreira externa da célula que envolve o citoplasma.


Permite trocas entre a célula e o meio que a rodeia.
Citoplasma – Interior da célula de aspecto gelatinoso e mais ou menos
transparente.
Núcleo – parte principal da célula, situada no citoplasma. Contém as
informações sobre o funcionamento da célula. Tem forma esférica ou oval.

FORMA E DIMENSÕES DAS CÉLULAS

As células têm formas muito variadas e normalmente irregulares.


A maioria das células só é visível ao microscópio, devido às suas
dimensões muito reduzidas. Para estas células teve de se criar uma unidade
de medida muito pequena: o mícron (mícron = 1 milésima parte do milímetro).

CÉLULAS MICROSCÓPICAS DE
ALGUNS ÓRGÃOS.

2
Há, no entanto, células que se podem observar a olho nu. É o caso da
célula nervosa e da gema do ovo.

SERES UNICELULARES E PLURICELULARES

Chamamos microorganismos aos seres vivos que só podemos observar


com o auxílio do microscópio. Numa simples gota de água pode existir um
grande número destes seres vivos.
Todos os seres vivos, até os de dimensões mais reduzidas, são
formados por uma ou várias células. Assim, podem classificar-se em:

 Seres unicelulares – são formados por uma única célula, que desempenha
todas as funções no ser vivo.
Nos seres unicelulares, tudo o que se passa na célula que o constitui, desde
a alimentação, à respiração, ao crescimento, à reprodução ou à própria
morte, passa-se nele próprio, pois o ser é a própria célula.

3
 Seres pluricelulares – são formados por várias células.
Nos seres pluricelulares, a vida resulta não do funcionamento de uma só
célula, mas de muitas.

As células que formam os seres vivos pluricelulares não são todas


iguais e especializam-se para realizar determinados trabalhos.
 As células com forma, estrutura e função semelhantes estão agrupadas
formando tecidos.

 Os tecidos agrupam-se formando órgãos.

 Os órgãos que estão associados para realizarem uma função constituem


um sistema.

 O conjunto dos sistemas constitui um organismo.

Um organismo vivo é a união de células, tecidos, órgãos e sistemas que,


trabalhando em conjunto e coordenadamente, realizam todas as funções
vitais.

Os seres vivos pluricelulares crescem não porque aumentam o


tamanho das suas células mas sim porque elas se vão dividindo
sucessivamente.