Anda di halaman 1dari 12

MANUAL DO USUÁRIO

CENTRÍFUGA 80-2B
Revisão 00

CENTRIBIO
INDICE
1.Apresentação................................................................................................ 3

2.Dicas ambientais .......................................................................................... 3

2.1Materiais contaminantes ........................................................................ 3

2.2 Dicas ambientais ................................................................................... 3

3.Informações técnicas................................................................................... 3

4.Instruções de segurança ............................................................................. 4

5.Instruções de desembalagem ..................................................................... 5

6.Instruções de instalação.............................................................................. 6

6.1 Pré instalação ........................................................................................ 6

6.2 Instalação ............................................................................................... 6

7.Instruções de utilização/uso ....................................................................... 6

7.1 Conhecendo a centrífuga 80-2B ........................................................... 6

7.2 Realizando o procedimento de centrifugação .................................... 7

7.3 Abortando o procedimento de centrifugação ..................................... 7

7.4 Procedimentos de operação................................................................. 8

8.Instruções de limpeza e manutenção......................................................... 9

8.1 Manutenção............................................................................................ 9

8.2 Limpeza da superfície externa.............................................................. 9

8.3 Troca do fusível ..................................................................................... 9

9.Instruções de armazenagem ....................................................................... 9

10.Guia de soluções de problemas ............................................................... 10

11.Recomendações......................................................................................... 10

12.Termo de garantia ...................................................................................... 11

13.Assistência técnica .................................................................................... 12

2
Agradecemos a aquisição da centrífuga de tubos modelo 80-2B.
A centrífuga 80-2B é um equipamento, de fácil manuseio, ideal para
experimentos em hospitais e laboratórios de bioquímica e análises clínicas para
análises qualitativas de soros, uréia e plasma.
Leia este manual integralmente e siga as instruções e recomendações quanto
a utilização deste equipamento, nele estão inclusas: informações técnicas,
instruções de instalação, de utilização, de limpeza, de manutenção, de segurança,
etc.
Em caso de dúvidas ou informações, contactar o SAC:0800 703 4029

2.1 Materiais contaminantes


Como todo equipamento utilizado para a realização de análises resulta em
materiais potencialmente contaminantes, descartar estes materiais de acordo com o
procedimento de gerenciamento de resíduos do seu laboratório. Não descartar em
lixo comum, isso poderá provocar contaminação ambiental e colocar em risco a
integridade física de pessoas e animais.

2.2 Componentes eletrônicos

Os componentes eletrônicos não devem ser descartados em lixo comum


(devido ao risco ambiental oferecido pelos materiais que constituem estas peças), o
descarte deve ser feito de acordo com o procedimento de gerenciamento de
resíduos do seu laboratório, ou em caso de dúvidas contactar o revendedor.

Velocidade máxima: 4000r/min


RCF máxima: 1,800xg
Fixação Pés de borracha aderentes (tipo
ventosa)
Capacidade: 12 tubos de 5ml ou 12 tubos de 15ml.
(verificar caçapa adequada)
Utilizar tubos de fundo “U” não usar
tubos menores.
Ângulo do rotor 45°
Pintura Pintura externa em epóxi
Faixa de tempo: 0 – 30 min
Ambiente de trabalho Temperatura 0 a 30oC
Umidade relativa <80%
Sistema indutor Escova de carvão
Sistema de segurança Inibe o funcionamento quando a tampa

3
do rotor é aberta.
Dimensão 330mm x 315mm x 295mm (CxLxA)
Peso 14Kg
Velocidade Tacômetro analógico indicador de
velocidade
Voltagem 110 ou 220V (60Hz)

Cuidado: Por favor, leia cuidadosamente as informações a seguir antes de usar o


equipamento.
• Não abrir o equipamento.
• Sempre equilibre os tubos em forma de cruz dentro da centrífuga. Caso tenha
número impar de tubos de amostra , utilize um com água para equilibrar
corretamente.
• Não usar tubos menores do que os especificados.
• Não abrir a tampa da centrífuga enquanto estiver funcionando.
• Não tentar parar o rotor com as mãos.
• Este equipamento deve ser manuseado apenas por pessoas qualificadas.
• Desligue e retire o equipamento da tomada elétrica rapidamente se sentir
algum cheiro anormal ou fumaça. Se usá-lo continuamente sobre estas
condições, pode ocasionar fogo, choque elétrico e casualidades pessoais.
• Nenhum tipo de material sólido ou líquido deve ser colocado ou derrubado
dentro do equipamento, isso pode ocasionar curto circuito, fumaça e a queima
da placa eletrônica. Caso ocorra algo descrito acima, desligue e retire o
equipamento da tomada elétrica rapidamente.
• Não tocar nos componentes dos circuitos internos, isso pode provocar queima
das placas eletrônicas e choques elétricos promovendo o risco de morte.
• Utilizar os devidos EPI’s quando realizar testes, limpeza e manutenção do
equipamento, a fim de evitar contaminações.
• Manter o equipamento em local seco e arejado, sob condições de trabalho
descritas no item 3. Informações técnicas.
• Seguir as orientações das indicações que estão nas caixas.

Este lado para cima

Aprova de umidade

Frágil

Reagentes e amostras

• Caso ocorra contato do reagente ou amostras com os olhos lave com água
em abundância e procure assistência médica.
• Se ocorrer a ingestão acidental do reagente, procure auxílio médico
imediatamente.
• Para evitar riscos de contaminação, descartar em lixos apropriados todo e
qualquer produto contaminado ou utilizado durante a centrifugação.
4
Voltagem, Conexão e Aterramento

• Verificar a voltagem do equipamento antes de ligar na tomada.


• Ligar o equipamento na tensão correta. Caso contrário poderá ocorrer a
queima do mesmo.
• Não inserir o cabo de força em tomadas elétricas de corrente superior a 220v.
Caso contrário poderá ocorrer sobrecarga e fogo.
• Utilizar sempre o cabo de força com três pinos que acompanha o
equipamento. Assegure-se quanto ao bom aterramento.
• Não dobre, force ou pendure objetos no cabo de força. Isso pode causar
danos ou quebra do cabo.
• Cuidado para não danificar a proteção de isolamento do cabo de força,
devido a possíveis choques elétricos e risco de morte.

Abra a embalagem, retire o equipamento de dentro da caixa e coloque-o


sobre a bancada, retire o isopor e depois a embalagem plástica.
Verifique os documentos e confira se os acessórios e materiais
sobressalentes estão de acordo com o packing list que acompanha o equipamento.
Certifique-se de que os materiais abaixo encontram-se na embalagem:
• Centrífuga - unidade principal
• 12 caçapas de plástico (para tubos de 15ml ou para tubos de 5ml)
• 12 borrachas para as caçapas
• 01 cabo de força.

Instalar o equipamento em local apropriado:

6.1 - Pré instalação: A superfície de instalação deve ser firme, plana e com espaço
suficiente para o equipamento, deve ficar a 10cm de distância
da parede.
O equipamento não deve sofrer: incidência direta de luz,
exposição a poeira e grandes variações de temperatura e
umidade.
Antes de ligar o equipamento, verificar a voltagem e utilizar o
cabo de força com três pinos que acompanha o aparelho.

6.2 – Instalação: Após a verificação dos itens acima , ligar o cabo de força na parte
posterior do equipamento e na tomada elétrica de voltagem
correta, coloque as borrachas dentro das caçapas e encaixe as
caçapas no rotor.

5
7.1 Conhecendo a centrífuga 80-2B

Figura 1- Conhecendo o equipamento

Coloque os tubos com a amostra de maneira que fiquem equilibrados


simetricamente com o ângulo do rotor, sempre fazer o balanceamento dos tubos em
forma de cruz, antes de ligar a centrífuga.

Os tubos devem ser apropriados e dentro das especificações:


• 12 tubos de 15ml ou de 5ml (utilizar tubos de fundo “U”)

NOTA: Não usar tubos menores do que os especificados. A utilização dos


tubos de 5ml ou de 15ml depende do modelo da centrífuga e da caçapa que
está sendo utilizada, existem caçapas específicas para tubos de 5ml e tubos de
15ml. Não utilizar a mesma caçapa para as duas graduações de tubo.

Caso tenha número ímpar de tubos de amostra, acrescente um tubo para fazer o
balanceamento do rotor, sempre complete o tubo falso com a mesma quantidade de
líquido que o tubo de amostra correspondente (não coloque o tubo vazio).

6
Figura 2 - Exemplo de balanceamento do rotor

7.2 Realizando o procedimento de centrifugação

Após o balanceamento correto do rotor.


Tenha certeza que o indicador de velocidade aponta para a posição zero no
início da operação.
Ligue o botão Liga/Desliga, a luz indicadora irá acender.
Ajuste o tempo necessário de 0 a 30 minutos, virando o botão para a direita.
Gire o botão de ajuste de velocidade, até o ponto desejado, então a centrífuga
começará a funcionar.
Quando o tempo selecionado esgotar, a centrífuga irá parar automaticamente.
Desligue o aparelho no botão Liga/Desliga e retire os tubos.
NOTA: Para garantir sua segurança, a tampa deve permanecer fechada durante o
procedimento de centrifugação e não poderá ser aberta até que o aparelho pare de
funcionar.

7.3 Abortando o procedimento de centrifugação


Para abortar o procedimento de centrifugação, diminuir a velocidade no botão
de ajuste de velocidade lentamente e então girar lentamente o botão de ajuste de
tempo até o zero.
NOTA: Caso a tampa seja aberta acidentalmente, a centrífuga dispõe de um
dispositivo de segurança que fará com que a centrifuga diminua a rotação e pare de
girar.
ATENÇÃO: Este procedimento desgasta as escovas de carvão e seu uso freqüente
pode danificar o equipamento além de oferecer perigo ao usuário.

7.4 Cálculo da Força Centrífuga

Depois que a centrífuga for iniciada e a sua força relativa (RCF) estiver
estabilizada, a centrífuga irá fazer a composição das densidades em separado para
cada solução.
A fórmula para calcular o RCF é a seguinte:
RCF = 1.118 x 10-5 n2 r
N = velocidade de rotação
R = raio de rotação

7
A fórmula para o cálculo do tempo de separação é a seguinte:

TS = {[27.4 (loge Rmax – loge Rmin) x µ]/n2r2 (Q - ρ)} (unidade em minutos)

ρ = densidade da mistura líquida (g/cm3)


µ = viscosidade da mistura líquida (p)
n = velocidade de rotação
r = raio da partícula (cm)
Q = densidade da partícula (g/cm3)
Rmax = distância horizontal da base da solução até o centro do eixo de rotação (cm)
Rmin = distância horizontal da superfície da solução até o centro do eixo de rotação
(cm)

Figura 3- Centrifugação

Nota: para garantir sua segurança, a porta deve ser travada durante o
funcionamento do rotor. A porta não poderá ser aberta até que o aparelho pare
de funcionar.

8.1 Manutenção

Retire ou substitua todo e qualquer tubo danificado, corroído ou rachado


antes de utilizar a centrífuga.
Sempre fazer o balanceamento dos tubos em forma de cruz, antes de ligar a
centrífuga.
Caso tenha número ímpar de tubos, acrescente um tubo para fazer o
balanceamento do rotor, sempre complete o tubo falso com a mesma quantidade de
líquido que o tubo de amostra correspondente (não coloque o tubo vazio).
Não coloque nenhum material em cima da tampa da centrífuga
Caso apresente algum ruído desconhecido, desligue imediatamente a
centrífuga.
Não remova a centrífuga enquanto ela estiver em funcionamento.

8
Não abra a tampa repentinamente sem que a centrífuga esteja parada.
Substitua as escovas de carvão quando necessário (através da assistência
técnica).

8.2Limpeza da Superfície externa

Mantenha o ambiente de trabalho limpo e arejado.


Para a limpeza da superfície externa do instrumento deve ser usado um pano
limpo e um produto de limpeza neutro.
Não deixe que o equipamento entre em contato com solvente ou material
corrosivo.

8.3 Troca do fusível

Para trocar o fusível, desligue o equipamento, retire o cabo de força e retire o


compartimento onde fica o fusível, realize a troca do fusível e recoloque no
compartimento.

Quando o equipamento não estiver sendo operado, mantenha sempre


desligado (devido a economia de energia elétrica, tempo de vida dos componentes
do equipamento).
A superfície onde o aparelho ficará deve ser firme, plana e com espaço
suficiente para o equipamento.
No caso de armazenagem ou transporte do equipamento, embalar no saco
plástico acoplar os isopores nas laterais e coloca-lo na caixa (estes itens já
acompanham o equipamento, portanto, sempre guarde a embalagem).
Mantenha o equipamento longe da luz incidente, da exposição a poeira e
grandes variações de temperatura e umidade.

Problema Solução
A luz indicadora não acende Verificar o fusível
O aparelho está vibrando Rotor desbalanceado
Rotação abaixo do normal Escova de carvão (reposição feita
somente pela assistência técnica)
Botão do Timer gira em falso Parafuso do botão está frouxo
Quebra de tubos Verificar se as caçapas estão com a
borracha de proteção no fundo
Verificar o tamanho dos tubos (se dentro
das especificações)

9
A centrífuga 80-2B deve ser manuseada por pessoal qualificado.
Antes de ligar o equipamento, verificar a voltagem e utilizar o cabo de força
com três pinos que acompanha o aparelho.
A utilização dos tubos de 5ml ou de 15ml dependem do modelo da centrífuga
e da caçapa que está sendo utilizada, existem caçapas específicas para tubos de
5ml e tubos de 15ml. Não utilizar a mesma para os tubos de graduação diferente.
Não usar tubos menores do que os especificados
Em caso de manutenção dentro da garantia, enviar para a assistência técnica
autorizada.

A EQUIPAR LTDA., sita à Rua Tenente Francisco Ferreira de Souza, nº


2131, Boqueirão, Curitiba -PR, fornece garantia aos seus equipamentos dentro dos
seguintes termos:
Garantia

Os instrumentos são garantidos pela EQUIPAR contra defeitos de fabricação pelo


período de 12 meses a partir da data da Nota Fiscal. Após o período de garantia, a
Equipar presta serviços de manutenção permanente, mediante aprovação de um
orçamento.
• A garantia será coberta à partir do momento que a Equipar seja notificada da falha
antes da data de expiração do período de garantia.
• Equipar dá garantia sobre seus equipamentos fornecidos à partir do momento que
eles forem operados de acordo com suas funções e especificações constante no
Manual de Operações ou Instrução que acompanha cada equipamento.
• A garantia não cobre despesas de envio dos equipamentos para a Equipar,
somente a despesa de retorno após o conserto.
• A garantia abrange os reparos ou serviços necessários decorrentes de falha do
material, montagem ou fabricação, desde que, a critério de sua Assistência Técnica
credenciada, se conste falha em condições normais de uso.
• A Equipar se reserva ao direito de substituir o produto defeituoso somente após o
envio do equipamento para análise criteriosa pelo Departamento Técnico.
• As peças identificadas como deficientes ou defeituosas (defeitos oriundas de
fábrica) serão substituídas gratuitamente pela EQUIPAR.
• As peças substituídas serão de propriedade da EQUIPAR.
• Os reparos de pintura só serão feitos se estes não foram causados por
influências humanas e ou externas de origem química ou orgânica.

Exceções na garantia
Têm garantia restrita:
• Equipamentos com defeitos oriundos de mau uso, imperícia, conservação ou
armazenagem inadequada ou ainda a inobservância dos manuais de operação e
manutenção. A exceção se aplica igualmente para lâmpadas e outras peças de
vidro.

10
• Equipar não oferece garantia de instrumentos periféricos ou qualquer produto
oferecido por terceiros; tais produtos estarão sujeitos às condições de garantia, se
houver, dos seus respectivos fabricantes.
• A garantia somente é válida para o comprador original e não é transferível. A
transferência de propriedade do instrumento cancela a validade de garantia.
• Garantia válida somente para o território nacional.

Extinção da garantia
• Pelo decurso da validade.
• Quando houver violação dos lacres, modificação de peças ou partes do
instrumento, bem como modelo e número de série do equipamento alterado ou
retirado, ou se o cliente não apresentar a nota fiscal de compra (ou “comercial
invoice” no caso de importação direta), ou se algum desses documentos
apresentarem rasuras ou modificações.
• Danos causados ao instrumento por mudanças bruscas de temperatura, o que
poderá favorecer a condensação e o comprometimento do circuito eletrônico do
instrumento.
• Danos causados por condições excessivas de umidade ou poeira, que possam
danificar as peças internas do equipamento.
• Danos causados por obstrução ou cobertura dos orifícios de ventilação que
previnem aumentos anormais de temperatura.
• Danos causados por calor excessivo direto, como luz solar direta, radiadores de
aquecimento ou ambientes fechados, desprovidos de ar condicionado.
• Danos causados por derramamento de líquidos de qualquer natureza no
instrumento.
• Danos causados por alimentação elétrica, polarização, ou aterramento deficiente,
ou pela ligação do instrumento em rede elétrica imprópria ou sujeita a flutuações
excessivas.
• Danos provocados por transporte, acidente, abuso ou uso indevido, negligência ou
uso em desacordo com o Manual de Instruções ou Operações do instrumento.
• Danos causados por agentes da natureza (raios, umidade, maresia, etc.) em
conseqüência de desastres naturais, tais como inundações, desabamentos,
terremotos ou mesmo incêndios.
Atendimento durante a garantia
“Todo o atendimento será efetuado pelos técnicos Registrados e/ou credenciados
pela empresa Equipar Comércio de Equipamentos Laboratoriais e Hospitalares Ltda,
cuja sede matriz é na Rua: Tenente Francisco Ferreira de Souza 2131, bairro
Boqueirão, na cidade de Curitiba, no Estado do Paraná, conforme solicitação do
cliente”.

A Equipar mantém uma equipe constantemente treinada para prestação de


serviços na área de assistência técnica e suporte técnico-científico disponível
para responder às perguntas dos Clientes a respeito da operação dos
instrumentos e suas aplicações, que poderão ser consultadas pelo telefone:
0800-703-1029 e SAC 0800-703-4029.

Equipamento: CENTRÍFUGA Modelo: 80-2B

Série: _________________ _______________________


Técnico Responsável

11
A Assistência técnica mantém uma equipe constantemente treinada para
prestação de serviços na área de assistência técnica e suporte técnico-
científico disponível para responder às perguntas dos Clientes a respeito da
operação dos instrumentos e suas aplicações, que poderão ser consultadas
pelo SAC 0800-703-4029.

12