Anda di halaman 1dari 4

STOP

Leitura

São Paulo, Maio 2009


Ano II, nº 24
16 - 31 de maio
Tiragem Quinzenal
A Destruição do Mundo
Jornal Científico-Artístico-Cultural - Distribuição Gratuita www.stop-jornal.com.br

Necessidade Fundamental das Artes


Para Normalizar a Vida Social
A bondade e o belo constituem a base da civilização e do equilíbrio humano
Verdadeiro hino à beleza e às
artes na civilização, este livro mostra Por Norberto Keppe, psicanalista, filósofo e cientista social, “Se uma pessoa não tiver em sua base um bom
que a ética, a estética e a atividade extrato do livro Sociopatologia – Estudo sobre a Patologia desenvolvimento estético, jamais conseguirá ter
artística são o fundamento do processo Social – Bases para a Nova Civilização do 3º Milênio
equilíbrio – ou até mesmo qualquer
civilizatório e não a matemática
espiritualidade, porque lhe faltará o

É
(erroneamente colocada como base da necessário reparar um gra-
vida científica e social). Keppe não só ve erro que se tem cometido sentimento suficiente.”
analisa o processo doentio da sociedade contra os artistas ao dizer
mas também apresenta uma forma de pela conduta de oposição, mas sobretu-
que vivem no mundo da irrealidade.
socioterapia (tratamento da patologia do por maior desenvolvimento em rela-
Pelo contrário, são justamente eles
social). Esclarece a unificação de todos ção aos outros indivíduos de sua época
que abrem o mundo da verdade
os campos do conhecimento - e como – porque eles estão mais adiantados no
para todos – motivo pelo qual o
um elemento não pode existir sem o tempo e espaço, pois o sentimento vê
romance, a música, a pintura, a
outro - ou seja, a unidade existente mais adiante do que a razão pura.
escultura, arquitetura são muito
entre todos os conhecimentos e Uma obra literária deve trans-
apreciados – enquanto que um livro
sentimentos humanos. mitir fundamentalmente a estética,
de “ciência pura” é totalmente desin-
sem esquecer a realidade – enquanto
Leia extrato do livro ao lado teressante.
que um trabalho filosófico ou científico
Estou dizendo que é
tem de manifestar basicamente a ver-
pelo sentimento unido ao
dade, sem deixar seu fundamento esté-
intelecto que a verdade en-
LITERATURA tra na civilização – e só o
tico. Quando um e outro não realizam
essa dialética, perdem o seu valor
indivíduo que aceita viver a
O poder da poesia emoção consegue penetrar
literário ou científico.
Por José Ortiz C. Neto na realidade. Por esse moti-
vo o artista é sempre amado e
“Como a arte só poderá
Pág. 2 seguido por multidões.
De toda
a criação
ser realizada com o
humana verdadeiro sentimento
GRIPE SUÍNA “O mundo artístico não a que mais
se aproxima
(que é o amor), o artista
é só enfeite, não é algo de Deus é a se caracteriza pelo afeto.
Fato ou delírio? que existe ao lado da estética, pois ao A estética é o elemento de
ter de realizar o
Por Roberto Giraldo, médico vida, mas é o seu próprio belo, o artista revela cura para as dificuldades
Pág. 3 fundamento; ele é a automaticamente
o divino.
psicológicas e sociais.”
realidade que a sociedade
Milan Kundera fala em seu livro A
não compreende perfeitamente Sandro Botticelli, As Três Graças, detalhe do quadro A Primavera
Arte do Romance, na página 31:
É possível por causa da sua fantasia.” Quando o artista realiza o seu traba-
lho, ele o faz com o sentimento – motivo
“O romance (como toda a cultura)
encontra-se cada vez mais nas mãos
aprender sem O que as artes mostram é o mundo da
realidade, pelo menos como deveria ser
pelo qual acerta mais com a realidade.
Existe o velho adágio que diz: “a virtude
das mídias... amplificam e canalizam
o processo de redução... as mesmas
estresse? – em oposição à enorme fantasia em que está no meio” (virtus in medio), e o cam- simplificações e clichês susceptíveis de
vivemos. Tanto a vida econômica, como a po das artes está justamente no meio serem aceitas pela maioria. As coisas são
Por Richard Jones, política e social transcorrem inteiramen- termo entre o intelecto e a sensação, en- mais complicadas do que tu pensas. É a
ator e locutor te fora da realidade, pois: tre a ciência e a ação pura. verdade eterna do romance que cada vez
canadense, 1) o povo é subordinado a alguns grupos A obra de arte expressa a psique de menos se faz ouvir”.
professor de de indivíduos acentuadamente doentes; seu autor e sobretudo todos os fatores Neste trecho existe uma verdadeira
inglês na Escola 2) o trabalho é impedido de ser realiza- que existiram em seu tempo: filosofia aula de sociologia, psicologia e filosofia.
de Línguas do para que o poder não escape das mãos de vida, estilo da sociedade e a espiritu- Se o povo prefere ler o romance é
Millennium de poucos; alidade típica. É fácil verificar a enorme porque existe nele mais ciência do que
3) e, o pior ainda, toda atividade é feita diferença de mentalidade entre o ser hu- nos livros científicos, devido à sua união
para explorar o próximo – e não ajudá-lo. mano atual e o do passado; parece que do sentimento com a verdade.
Alguns artistas modernos têm re- o século XX tornou-se completamente
tratado tal estado, motivo pelo qual tem diferente de todos os outros. Proton Editora
surgido no campo da sociologia, filosofia É fato sobejamente sabido que os (11) 3032-3616
artistas são pessoas diferentes do am-
Pág. 3 e ciência um grande número de pessoas
conscientizando esta situação. biente social; caracterizam-se não só www.editoraproton.com.br
Livre Distribuição e Circulação: Conforme lei federal 5250 de 9/2/1967, artigo 2º: “é livre a publicação e circulação no território nacional de livros, jornais e outros
periódicos, salvo se clandestinos ou quando atentem contra a moral e os bons costumes”; e lei de 31/12/1973. Regulamentação específica e federal.
2
A Doença Social e a Função Terapêutica das Artes
Diálogos de Cláudia Pacheco e Norberto Keppe (trechos) no programa de TV O Homem Universal nº 333, sobre o livro Sociopatologia

“ A sociedade pode ser tão doente ou pior ainda


do que a doença individual de cada ser humano.”
Cláudia Pacheco: Dr. Keppe,
eu me lembro de acompanhar o senhor
da doença individual está na inveja, na feminino da civilização foram muito
megalomania e principalmente na cen- valorizados nesta obra.
sura à consciência. Mas essa atitude de Norberto Keppe: Você falou
vários indivíduos que formam os gru- sobre a sociopatologia e a socioterapia.
pos sociais e formam de- Então o que que se-


escrevendo esse livro na França, na Es- pois a grande sociedade, ria uma sociotera-
“Um mundo sem
panha, em Portugal... O sr. escrevia até passa também para a or- pia? A socioterapia é
durante as viagens, ia viajando e ia es- ganização social, geran- beleza, um mundo sem isso que nós estamos
crevendo... E foi uma obra que parece do a sociopatologia, que romantismo, um mundo fazendo em nossos
ter sido muito difícil para o senhor es- seria a doença social. sem a estética, um mundo programas de TV, de
crever, exigiu muita pesquisa, por ser De maneira que se sem as mulheres, é um rádio, de fazer uma
José Ferraz de Almeida Júnior, A Pintura (alegoria), 1892

um estudo sobre a doença da estrutu- a sociedade é forjada mundo sem alma, é um conscientização dos
ra social, no sentido de lançar as bases por um indivíduo tira- erros que a sociedade
mundo pela metade”
para uma sociedade mais equilibrada e no, por uma ditadura, comete. Eles têm essa
mais saudável, a nova civilização do 3º por uma atitude muito finalidade de querer
Milênio, num processo de socioterapia. agressiva de um chefe, ela pode chegar ajudar a normalizar a sociedade, porque
Norberto Keppe: Lembra lá na a extremos que nós sabemos: a Alema- se se normaliza a sociedade com leis,
Espanha, o tempo todo a gente viajava nha passou por um grande desastre com idéias, com filosofia, com cabedal
e tentava colocar nesse livro os dados por causa de uma pessoa muito doen- de conhecimentos reais e conhecimento
científicos. É um livro que, na minha te, a União Soviética teve milhões de da patologia inclusive, toda a sociedade
opinião, inaugurou uma nova ciência, a pessoas mortas e teve poderá ser mudada,
sociopatologia. Porque a psicopatologia
sempre foi tida como ciência, por cui-
dar da doença, da psicopatologia do ser
desastres incríveis por
Stálin, e outros países
no passado que tive-
ram Calígulas e Césares
“ Em grande parte uma
sociedade injusta é
criada pela atitude de
modificada, e com isso
haverá um grande nú-
mero de pessoas tam-
bém que se equilibra-
humano. Porém, os outros autores não delinqüência das pessoas
conseguiram colocar o estudo sobre a e governantes assim rão com o equilíbrio
muito agressivos. Ago- que criam a sociedade, as social. O nosso trabalho
doença da sociedade. Porque na orien-
tação freudiana, por ex., seria impossível A inveja que se tem da mulher, da sua beleza, dos ra, o século XX foi mui- leis desonestas e o é para tentar mostrar
transportar essas questões de complexo artistas, inveja do belo no mundo, é um problema to cheio de pessoas que poder ruim.” às pessoas em geral,
de Édipo, da castração, esses problemas que precisa ser urgentemente conscientizado. criaram doença social. aos poderes também
todos freudianos, para explicar toda a Cláudia Pacheco: Neste livro, sociais, universidades que a matemática
sociedade, como ela agia. Mas quando ser explicado desse modo. eu particularmente gostei muito da não é o elemento mais importante, mas é
nós começamos a estudar a questão do O indivíduo ter que trabalhar para 2ª. parte, onde o sr. desenvolve pela a arte. E nós vamos poder verificar então
bem e do mal e o mal como a privação não morrer de fome, não morrer de frio, primeira vez o conceito da importân- a importância dos artistas na construção
também ao bem, então nós consegui- para ter um teto, isso é uma injustiça cia da beleza na civilização e para o do terceiro milênio.
mos estudar a sociedade, a patologia social, é uma patologia social. Ou então equilíbrio psíquico do ser humano, ou
social como a privação também ao bem. a questão de juros: a pessoa compra seja, a verdade, o bem e o belo num
uma casa por 100 e tem que pagar 300 equilíbrio de forças e de importân- Proton Editora (11) 3032-3616
Então toda a injustiça que houve e que
ou mais, é uma patologia social. Então, cia. Sendo assim não só os artistas, a www.trilogia.ws
há, toda a guerra, todos os atritos, tudo
a psicopatologia mostra que a etiologia beleza, as formas e mesmo o aspecto www.editoraproton.com.br
que existe de ruim na sociedade pode

O Poder da Poesia
José Ortiz C. Neto, editor
Virgílio baseou-se na estéti- Quando vemos a esterilidade men- cias que não cansamos de admirar.
do STOP, jornalista, escritor
e professor de português ca dos poemas de Homero (Ilíada tal da civilização atual e nos lembramos Esse é o motivo pelo qual em seus
(redação) da Escola de e Odisséia) e em outros autores que já tivemos um Rui Barbosa, um Cas- livros Norberto Keppe procura difundir
Línguas Millennium gregos, preparando o tro Alves, um Ma- um estudo unificado de teologia, filoso-
caminho para o sur- chado de Assis, um fia, ciência e artes, como único meio de
“Fácil é ouvir a música que toca gimento dos pensadores Raimundo Correia, recuperar o ser humano e a civilização.
Difícil é ouvir a sua consciência do futuro. Posteriormente, um Carlos Gomes, Para ele, de todas as artes, a literatu-
Mostrando nossas escolhas erradas.” o poeta maior do Renasci- imediatamente nos ra (poesia e romance) é a mais impor-
Carlos Drummond de Andrade, Eterno mento, Dante Alighieri, uni- vem à mente que, tante para o equilíbrio psicológico: “As
ficador da língua italiana, se eles existiram , três formas principais da arte são: a

Q
uando deparamos com a ma- afirmou que seu mestre na é porque, ao invés pintura, a escultura e arquitetura (vi-
ravilhosa filosofia estóica, arte poética foi Virgílio – de desperdiçar seu sual); a música (auditiva) e a literatura
que erigiu toda a grandeza aquele que o guiou na sua precioso tempo (harmonia das formas internas) – que
da civilização romana (e de outras civi- viagem ao inferno e ao pa- com joguinhos ele- caracterizam as três sensações funda-
lizações que vieram em seguida) não po- raíso (Divina Comédia). trônicos ou nove- mentais que o ser humano usa em sua
demos esquecer que ela se originou de Camões, em Lusíadas, las de arte barata, vida: visão, audição e o equilíbrio psi-
um poeta, chamado Vírgilio. Ao narrar inspirou-se em Dante – eles liam Virgílio, cológico; este último, evidentemente, é
a história de Eneas, o herói que punha a portanto pode-se dizer que estudavam Cícero, o mais importante.”
virtude acima do egoísmo, ele moldou o as principais poesias da meditavam em Sê-
caráter posterior do povo romano, que Renascença e da Idade Mo- neca, aprendiam PALAVRA DO LEITOR: Envie
estudava a língua materna em seus poe- derna remontam ao autor com Parmênides, suas mensagens para redacao@
mas imortais. Não é sem motivo que um de Eneida. Aliás, Virgílio foi com Sócrates, com stop-jornal.com.br e elas serão
dos maiores filósofos estóicos, Sêneca, o único poeta pagão reve- Dante Alighieri Platão e Aristóteles, publicadas em nosso site:
foi o grande apologista da virtude, inspi- renciado como santo pelos pesquisavam Ho- www.stop-jornal.com.br, na
rando-se no poeta, que dizia: “O trabalho primeiros cristãos, por ter anunciado mero, Marco Aurélio, enfim, abriam suas seção apropriada.
vence tudo”. em seus versos a vinda de um Salvador. mentes para serem as grandes inteligên-
Cursos: 3
Vitrais: Uma Arte Milenar que Reúne Luz e Espiritualidade
Por Luisa Burkinski, arquiteta, artista em vitrais formada em Paris e professora da Escola de Línguas Millennium*

A
Aquarela rte milenar, os vitrais sempre tecnologias permite ao vidro ocupar um lugar de
Professora encantaram os artistas e os amantes destaque, manifestando-se como um material
Päivi Tiura das artes por serem uma “pintura” de inúmeras aplicações, cada vez mais utilizado
Artista plástica luminosa e transparente, com o poder de captar em todas as atividades e empreendimentos que
finlandesa
a luz, de transmitir uma enorme espiritualidade significam beleza modernidade e inovação.
e de se integrar na arquitetura. Modernamente, valorizando a tradição,
Desde a sua origem baseiam-se em arte, autenticidade e qualidade, o vitral pode ser
Modelagem, 3 elementos: na luz, na cor e no vidro. A adaptado a um tema de qualquer artista atual
Corte e luz, frequentemente associada a Deus, é ou anterior. Pode ser colorido ou incolor de
conhecimento, vida, caminho. A cor, proveniente acordo com o contexto geral de cada ambiente
Costura
da luz, é dividida em cores quentes e frias, e o e pode ser utilizado em divisórias, tetos falsos,
Estilista portuguesa
Maria de Lourdes simbolismo delas é encontrado em todas as janelas, clarabóias, portas de armário, tampos
Alcaide culturas, religiões, cultos, liturgias, variando um de mesa assim como em objetos decorativos,
pouco de povo para povo. E o vidro através dos como abajures, relógios, caixas, mosaicos,
• 40 anos de experiência Europa e Brasil tempos tem sido o símbolo de espiritualidade enfeites etc, visando soluções criativas e
• Moulage e Bordados através da transparência da luz. decorativas através do vidro e, sempre, da luz.
• Confecção por medida (alta costura)
A partir do século XIX é que o vitral, sem
• Para iniciantes e aperfeiçoamento
para profissionais deixar o caráter temático religioso, passa a ser (11) 3814-0130
utilizado também nas residências para efeito *arquitetura@luizaburkinski.arq.br
decorativo. Hoje o desenvolvimento de novas

Pintura
Gripe suína: fato ou delírio? Por Roberto Giraldo*
Desenvolva Pesquisadores dos Centros de Con- Na última semana de abril, o país estava pelos organismos internacionais e nacionais
seus talentos trole das Enfermidades do Governo dos Es- praticamente paralisado e os poucos que cir- encarregados da Saúde Pública, suspeitamos
com Catinari tados Unidos, da Organização Mundial da culavam pelas ruas da Cidade do México, deve- imediatamente de algum tipo de interesse
Saúde (OMS), da Organização Panamerica- riam fazê-lo com máscaras no nariz e boca. As malintencionado por parte daqueles que
Matrículas: (11) 3063-3730 na da Saúde (OPS), e do Ministério da Saú- farmácias estão ficando sem antibióticos e sem manipulam o poder global. Perguntamo-nos
augusta@millennium-linguas.com.br de do México, através das mídias, lançaram máscaras cirúrgicas. Toda pessoa que esteve - Por que este suposto “vírus mortal” ataca
Rua Augusta, 2676, Jardins, térreo um alerta ao mundo sobre uma “perigosís- recentemente no México, Califórnia ou Texas, é principalmente a república mexicana? Será
sima” epidemia de “gripe ou influenza su- considerada “suspeita” de estar “infectada” com talvez alguma retaliação contra o México e
ína”, isto é, originada nos porcos. Segundo o “vírus mortal da gripe suína”. Muitas compa- aos mexicanos por não aceitarem algum tipo
a OMS, esta é uma Emergência de Saúde nhias aéreas suspenderam seus vôos ao México. de tratado comercial? Será para quebrar a
Pública Mundial conforme o Regulamento Criaram um caos em aeroportos e fronteiras. economia mexicana, a fim de endividá-la para
Sanitário Internacional de 2005. Neste país o pior aconteceu durante o fe- melhorar a crise financeira atual dos países
As notícias reportam casos de gripe riado de 1º de maio, quando o governo orde- ricos? Para estimular o comércio mundial
suína em vários países. Porém, o país mais nou a paralisação total e ninguém podia sair de favorecendo a indústria farmacêutica? Para
atingido e onde alega-se que começou esta suas casas, segundo eles, para evitar mais con- desviar a atenção do mundo e iniciar alguma
epidemia, é o México. Lá, a indústria do tu- tágio . Este foi, sem dúvida, um golpe mortal à outra guerra como já aconteceu com o Golfo
rismo sofre grandes quedas financeiras ao economia mexicana. Pérsico, Afeganistão e Iraque? Será uma mis-
fecharem os centros de atração turística Os noticiários não param de alarmar a po- tura destas opções? Logo saberemos!
mundial como Cancún, Playa del Cármen, pulação, dizendo que, desta vez, existe inclusive
Acapulco, Puerto Vallarta, Baixa California, perigo de uma pandemia (epidemia mundial), Médico especializado em Saúde
Psicossomática Integral pela SITA - Sociedade
entre outros. O governo fechou os escritó- devido – segundo as autoridades sanitárias e Internacional de Psicanálise Integral (Trilogia
rios governamentais, os bancos, as escolas, governamentais - ser um novo e superconta- Analítica) Tel.: 3032-3616
universidades, centros comerciais, restau- gioso vírus originado nos porcos mexicanos e www.trilogiaanalitica.com.br
rantes, cinemas, todos os demais centros que os pesquisadores batizaram como AH1N1. Para ler este artigo na íntegra clique:
de diversão e até os sítios arqueológicos. Hoje em dia, muitos de nós, quando escu- www.stop-jornal.com.br (link Medicina)
Cancelaram todos os eventos públicos. tamos este tipo de “terror médico” infringido
Preserve seus dentes naturais
Odontologia do 3º Milênio É possível aprender sem estresse? Por Richard Jones*

A
companhando uma discussão de é ver que nossas maiores dificuldades não Se conseguirmos tratar essas
executivos pela internet no grupo estão no assunto estudado (no caso, o inglês), emoções, vencendo a oposição, o medo, a
Orientação Psicossomática Plaxo, um dos participantes mas sim na resistência emocional que temos timidez, vergonha, venceremos as mesmas
www.odontotrilogica.odo.br queixou-se que as empresas cada vez mais em relação ao que estamos aprendendo. dificuldades quando precisarmos falar
exigem conhecimento do inglês, e indagou se em público, apresentar nossas idéias em
Rebouças Márcia Sgrinhelli
isso seria NECESSIDADE OU MODISMO? reuniões, ou assumir um desafio difícil em
Tel 3814 0130
CRO - SP 25.337 O fato é que, modismo ou não, as um novo cargo.
Av. Rebouças, 3887
empresas estão fazendo essa exigência, o Vendo nossas dificuldades e
Chácara Sto Antônio Heloísa Coelho que, naturalmente, leva muitos a resistir a
Tel 5181 5527 resistências não como um problema com
R. Américo Brasiliense, 1777 CRO - SP 27.357 essa obrigação de TER de aprender inglês. a língua, mas como algo mais profundo em
Sentem-se pressionados a fazer algo que não nós, podemos alcançar muito progresso
Augusta Eliete Mª Parenti
Tel 3063 3730 querem, o que gera estresse. em nossas vidas. Essa é a abordagem
CRO - SP 14.622
R. Augusta, 2676 Quando me mudei do Canadá para o psicolinguística de se aprender línguas,
Brasil, oito anos atrás, enfrentei exatamente que utilizamos com nossos alunos, e
Expediente: STOP publicação quinzenal. Tira- essa situação: eu resistia em aprender pode fazer toda a diferença a todos que
gem desta edição: 100 mil exemplares. Diretor português, quando já dominava a minha
Proprietário/ Editor Responsável: José Ortiz
precisam aprender.
Camargo Neto RMT Nº 15299/84 Supervisão própria língua, mas sabia que não tinha outra
opção, a não ser me adaptar.
científica: Cláudia B. S. Pacheco. Design: Ân-
*Ator e locutor canadense, professor
gela Stein; Artigos: Norberto R. Keppe, Cláudia Por isso recomendei ao participante do
B. S. Pacheco; Luísa Burkinski, Roberto Giraldo de inglês na Escola de Línguas
grupo Plaxo, que solução para ele é aprender
e Richard Jones. Redação: R. Itamira, 167, Mo-
Quem vence a resistência para aprender Millennium. Contato: (11) 3814-0130
rumbi Gráfica: GZM, Barueri, SP. logo o inglês, sem estresse, e subir no mercado
de trabalho. Mas, para isso, o primeiro passo também se desinibe na comunicação em geral reboucas@millennium-linguas.com.br
FILOSOFIA

O Estoicismo Constitui a Mais Importante

Sêneca, desenhado por Rubens


Contribuição Filosófica de Todos os Tempos
Por Norberto Keppe, extrato do livro A Libertação da Vontade
colocação que faz da virtude como cen-

Q
ual foi a civilização mais im- virtude é una, total”; “se em todas as coisas tro da existência, e ela é realmente o fator
pressionante que a Terra teve? a presunção e a ignorância sãovícios, a vir- principal em todo estudo sobre sociopsi-
Sem dúvida alguma, o chama- tude é a arte que as suprime”; “um homem copatologia que tenho realizado. Estou fa-
do Império Romano, que usou a filosofia virtuoso é ao mesmo tempo um homem de lando que a virtude tem de ser vista como
grega e desenvolveu princípios no Direito ação, pois a virtude é um saber e ensino” (O o maior ideal de realização para que o in-
Romano, na política, leis e normas de vida Estoicismo, Jean Brun, p.78 -80). divíduo e a sociedade sejam equilibrados
que se tornaram fundamentais em todas e se desenvolvam. Haveria necessidade
as regiões deste mundo. Assim sendo, so- de uma filosofia que fosse mais atuante,
mos obrigados a averiguar qual o motivo Como vemos, os estóicos e não permanecesse só nas digressões te- O filósofo estóico Sêneca (4 a.C. -65 d.C.)
afirmou que a filosofia era uma medicina da
da construção de tal cultura no passado. sabiam perfeitamente que óricas como fizeram na Idade Média, dis-
alma, e uma pedagogia para o exercício da
Eu pessoalmente apontaria o estoicismo.
somente pela prática das cutindo o sexo dos anjos e o número de virtude, elaborando um sistema terapêutico,
Essa Escola é chamada de síntese do almas que caberiam em um corpo?
pensamento grego (A Filosofia Antiga, E. virtudes é que o ser humano Posso afirmar que o maior problema
como se fosse um verdadeiro médico e
psicoterapeuta
Severino, p.163); assim, com toda certe- chegaria ao bem – que eu do homem é sua falta de ética, que o leva a
za, reúne em si os melhores momentos próprio estou demonstrando todas as doenças e males humanos e sociais. questão foi vista, como estou fazendo ago-
daquela filosofia, que constitui a base de
toda a cultura. Contém a reunião dos me-
o tempo todo em meu Não apenas para conhecer, mas principal- ra, ao mostrar a etiologia das dificuldades
mente para que haja equilíbrio psicológico para conhecer – como a única maneira de
lhores elementos do que uma só corren- trabalho, como o único e social, é fundamental o comportamento admitir o verdadeiro conhecimento.
te (Platão, Aristóteles ou Sócrates), daí a caminho da riqueza, bem- ético. E a filosofia, que trata dessa questão, é Caso contrário, não haveria motivo
formidável construção do Império Roma- estar e felicidade humana. a estóica, toda ela voltada para a conquista algum para que fossem elaboradas tantas
no. Até somos obrigados a analisar essa da virtude; temos assim de considerar que Escolas e Orientações Filosóficas. Umberto
filosofia que produziu a maior civilização os romanos organizaram o mais incrível Padovani, em seu livro História da Filoso-
entre todas – e ainda forneceu inspiração É por esse motivo que o italiano é Império de toda a História da Civilização, fia, página 55, fornece a seguinte definição:
para realizar o Renascimento, que gerou a até hoje um povo “terapêutico” no senti- porque foram o povo que conseguiu mais “a filosofia é a ciência das causas primeiras
grandeza de tudo o que foi construído no do de acatar o estrangeiro, não ter pre- equilíbrio interno e social. Afinal de contas, para resolver o problema da vida” – o que
Período Moderno. conceito contra as outras raças e adotar os pensadores gregos, que a organizaram, esclarece o porquê de sua existência, que
Pois bem: essa orientação filosófica uma conduta mais humilde, e de acordo viveram um período no qual pôde ser re- só foi tratada aqui realmente.
propôs basicamente a escolha da virtude, com a existência – bem ao contrário dos alizada uma súmula total do pensamento,
como o caminho da verdade: “a virtude e o países megalômanos e egocêntricos que com o nome de helenismo.
bem são, no fundo, uma e a mesma coisa”; “a O Reino do Homem é uma publicação
sempre procuram se aproveitar das ou- Nao há dúvida de que a filosofia foi
virtude é a presença do bem em uma pessoa, da Proton Editora,
tras nações. criada com o intuito de resolver os pro-
é uma perfeição em comum com o todo; “a www.editoraproton.com.br
A grande beleza do estoicismo é a blemas da humanidade; mas nunca essa

Vídeos da STOP Mostram Princípios


do Keppe Motor pela Internet

M
ais de 60 vídeos em Estes vídeos podem ser acessados
no site www.keppemaotor.com ou RÁDIO / TV / INTERNET
vários idiomas estão
no canal da STOP no Youtube: dirigidos por Norberto Keppe
disponíveis na internet
www.youtube.com/sitamillen e Cláudia Pacheco
para os interessados em entender
melhor os príncípios de funciona- As pessoas interessadas po- TV Aberta São Paulo
dem também entrar no fórum Canal 9 da NET, 72 ou 99 da TVA
mento do revolucionário Keppe e 186 da TV DIGITAL
internacional de discussão so-
Motor, que reduz o consumo de STOP a Destruição do Mundo
bre este invento do milênio,
energia entre 70 a 90% em com-
acessando:
paração com um motor de indução www.keppemotor.com e, em segui- KIT do Keppe Motor que demonstra o princípio de Segundas às 12 h
Quartas às 9h
convencional de baixa potência. da, clicando kmforum captação da Energia Essencial (do espaço)
Terças - Quintas -
Sábados às 6 h

Rebouças Moema
3814-0130 5052-2756 O Homem Universal:
Av. Rebouças, 3887 Al. Maracatins, 114 Quinta às 20 h
(Atrás Shop. Eldorado)
Segundas - Quartas - Sextas -
Domingos às 6 h

Augusta Chácara Sto Antônio TV Câmara


3063-3730 5181-5527 Canal 13 da NET e 12 ou 66 da TVA
R. Augusta, 2676, térreo R. Américo Brasiliense,
(Quase esquina com 1777 STOP a Destruição do Mundo
86% dos alunos tiveram maior Oscar Freire)
desenvolvimento profissional Quartas às 14h
Rádio Mundial 95,7 FM
Terças às 16h
Inglês Espanhol Francês Italiano Alemão Sueco Finlandês Português Redação Matrículas Abertas o Ano Todo! Internet
Portuguese for foreigners
www.stop.org.br
Simples, Técnica, Juramentada, Assista os programas e veja grade
Simultânea e Consecutiva. completa de horários no Brasil e no
exterior.