Anda di halaman 1dari 4

ORDEM DO CULTO PRINCIPAL I

PRIMEIRA PARTE — PREPARAÇÃO


O oficiante poderá conduzir a Primeira Parte de fora do presbitério.
HINO ~ 152 (Hinário Luterano)
Em pé
O sinal da cruz T pode ser feito por todos em memória do seu batismo.
O oficiante volta-se para o altar e persigna-se ou volta-se para a congregação e marca-a com o sinal da cruz.
INVOCAÇÃO
O Em nome do Pai e do T Filho e do Espírito Santo.
C Amém. Mateus 28.19b; [18.20]
O oficiante volta-se para a congregação.
CONFISSÃO E ABSOLVIÇÃO
O Deus é nosso refúgio e fortaleza.
C Socorro bem presente nas tribulações. Salmo 46.1

O Se dissermos que não temos pecado, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós.
C Mas se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar
de toda injustiça. 1 João 1.8–9
O oficiante volta-se para o altar.
Silêncio para reflexão na Palavra de Deus e para auto-exame.
O Confessemos, pois, os nossos pecados:
t Ó Deus de toda misericórdia, nós te confessamos que, por natureza, somos pecaminosos e
impuros e que temos cometido pecado contra ti por pensamentos, palavras e ações, tanto
pelo que fizemos como pelo que deixamos de fazer. Merecemos por isso a tua eterna
condenação. Ó Deus, por amor de Jesus Cristo, não nos condenes. Tem misericórdia de
nós. Dá-nos o teu perdão. Consola-nos com o teu Santo Espírito.
O oficiante volta-se para a congregação.
O O Deus de toda a misericórdia entregou o seu próprio Filho à morte, e por amor dele nos
perdoou todos os pecados. E aos que nele confiam, Deus reconhece e declara filhos e herdeiros
CULTO DIVINO C
do seu reino e lhes concede o Espírito Santo.
Amém.
João 1.12; Filipenses 1.6

SEGUNDA PARTE — OFÍCIO DA PALAVRA


O oficiante pode adentrar o presbitério.
INTRÓITO
O Antífona: Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem. E estou
pronto para morrer por elas. João 10.14,15b

O Salmo: Deus escolheu o seu servo Davi; ele o tirou do curral de ovelhas quando ainda
pastoreava o rebanho. Ele o pôs como rei de Israel, como pastor do povo de Deus. Davi cuidou
deles com dedicação e os dirigiu com sabedoria. Então nós que somos o teu povo, que somos
ovelhas do teu rebanho, nós e os nossos descendentes te damos graças para sempre e
cantaremos hinos de louvor a ti hoje e nos tempos que estão por vir.
ORDEM UM Gloria Patri ~ Glória ao Pai
Salmo 78.70-72; 79.13

O Antífona: Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem. E estou
pronto para morrer por elas. João 10.14,15b
KYRIE ~ Senhor, misericórdia Marcos 10.47 O Ó Deus, que fazes as mentes dos teus fiéis terem a mesma vontade, concede que possamos
Enquanto o KYRIE é cantado, o oficiante pode estender suas mãos no antigo gesto de oração. amar o que ordenas e desejar o que prometes, para que, em meio às muitas mudanças deste
mundo nossos corações possam estar fixados onde se encontram as verdadeiras alegrias;
através de Jesus Cristo, teu Filho, nosso Senhor, que vive e reina contigo e o Espírito Santo,
um só Deus, agora e sempre.
O C

C
O C Sentar
PRIMEIRA LEITURA
O A Primeira Leitura para o 4º Dom. de Páscoa é de Atos dos Apóstolos, cap. 20 do v. 17 até 35.
Após a leitura:
O C O Esta é a Palavra do Senhor.
GLORIA IN EXCELSIS ~ Glória a Deus nas alturas Lucas 2.14; João 1.29
SEGUNDA LEITURA
O A Segunda Leitura é do livro de Apocalipse, capítulo 7 do versículo 9 até 17.
Após a leitura:
C O Esta é a Palavra do Senhor.

GRADUAL adaptado de Mateus 28.7; Hebreus 2.7; Sl 8.6

O Cristo foi ressuscitado dos mortos. Tu, ó Pai, lhe deste a glória e a honra de um rei. Tu lhe
deste poder sobre tudo o que criaste; Tu puseste todas as coisas debaixo do domínio dele.
Em pé
ALELUIA e VERSO

C
O Aleluia. Sabemos que Cristo foi ressuscitado e nunca mais morrerá, pois a morte não tem mais
poder sobre ele. Aleluia. Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me
conhecem. Aleluia. Romanos 6.9; João 10.14

SANTO EVANGELHO
O Santo Evangelho de Jesus Cristo, segundo S. João, capítulo 10, do versículo 22 até 30.

C
Após a leitura:
O Este é o Evangelho do Senhor.

C
Sentar
HINO DO DIA ~ 292 (Hinário Luterano)

SERMÃO
SAUDAÇÃO e COLETA DO DIA O Graça a vós outros e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Efésios 1.2
O oficiante pode estender suas mãos em saudação com as palavras “O Senhor esteja convosco”. C Amém.
Após o sermão:
O A paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em
Cristo Jesus.
O
Filipenses 4.7
C 2 Timóteo 4.22
C Amém.
Um breve silêncio pode ser observado. O oficiante pode levantar as mãos estendidas num gesto de oração ao falar ou cantar a COLETA DO DIA.
Em pé
O Oremos.
CONFISSÃO DA FÉ ~ Credo Niceno O oficiante junta as mãos e diz: [Salmo 136]

C Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra, tanto das coisas visíveis como
das invisíveis.
E em um só Senhor Jesus Cristo, Filho unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os mundos, C
O
Deus de Deus, Luz de Luz, verdadeiro Deus do verdadeiro Deus, gerado, não criado, de uma
só substância com o Pai, por quem todas as coisas foram feitas; o qual por nós homens e pela VERE DIGNUM
nossa salvação desceu do céu e se encarnou pelo Espírito Santo na virgem Maria e foi feito O oficiante pode levantar as mãos estendidas num gesto de oração.
homem; foi também crucificado por nós sob Pôncio Pilatos, padeceu e foi sepultado; e ao
terceiro dia ressuscitou segundo as Escrituras, e subiu aos céus, e está sentado à direita do Pai
e virá novamente em glória a julgar os vivos e os mortos, cujo reino não terá fim.
O
E no Espírito Santo, Senhor e doador da vida, o qual procede do Pai de do Filho, que juntamente
com o Pai e o Filho é adorado e glorificado; que falou pelos profetas. E numa única santa
Igreja Cristã e Apostólica. Confesso um só Batismo para remissão dos pecados, e espero a
ressurreição dos mortos e a vida T do mundo vindouro.
Amém.

ORAÇÃO GERAL DA IGREJA 1 Timóteo 2.1–4

O Oremos por toda a Igreja de Deus em Cristo Jesus e por todas as pessoas, de acordo com suas
necessidades.
A oração pode ser concluída conforme segue:
O Em tuas mãos, ó Senhor, nós nos recomendamos e a todos por quem oramos, confiando em tua
misericórdia; por meio de seu Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor.
C Amém.
Após as orações, as pessoas podem cumprimentar uns aos outros em nome do Senhor, dizendo: “A paz esteja com você”, como sinal de
reconciliação e da unidade do Espírito no vínculo da paz. (Mt 5.22-24; Ef 4.1-3)
Sentar SANCTUS ~ Santo, Santo, Santo Isaías 6.3; Mateus 21.9
RECOLHIMENTO DAS OFERTAS ~ Hino 169 (Hinário Luterano)
Enquanto as ofertas são recolhidas, o oficiante prepara o altar para a celebração do Sacramento.
TERCEIRA PARTE — CELEBRAÇÃO DA SANTA CEIA C
Em pé
OFERTÓRIO Salmo 51.10–12

PAI NOSSO Mateus 6.9–13

PREFÁCIO
O oficiante estende suas mãos em saudação ao dizer: 2 Timóteo 4.22

O C
O oficiante em seguida levanta as mãos ao dizer: [Colossenses 3.1]

O C
NUNC DIMITTIS ~ Cântico de Simeão Lucas 2.29–32

C
C
PALAVRAS DA INSTITUIÇÃO Mateus27.26–28; Marcos 14.22–24
Lucas 22.19–20; 1 Coríntios 11.23–25

BÊNÇÃO Números 6.24–26

O oficiante levanta a(s) mão(s) e canta:


T

PAX DOMINI ~ A Paz do Senhor João 20.19


C
O oficiante, de mãos unidas, acrescenta:
C DESPEDIDA e ENVIO
O
O Vão, pois, irmãos, no poder e na autoridade de Deus testemunhar a respeito de seu amor, pois
AGNUS DEI ~ Cordeiro de Deus João 1.29
a sua misericórdia revelada em Cristo Jesus para a salvação de todos, vai de geração em
geração. Vão e apressem-se em fazer o bem e sejam luz do mundo e sal da terra.
C Vamos confiantes e alegres, pois o Senhor vai à nossa frente, o Senhor vai atrás de nós, o
C Senhor está ao nosso lado nos guardando, animando e fortalecendo para que possamos
louvar constantemente o seu nome, testemunhar o seu evangelho e, como seus filhos e
filhas, servi-lo todos os dias de nossa vida. Amém.
Sentar
HINO ~ Hino 201 (Hinário Luterano)
TTT
Seminário Concórdia - Aula de Litúrgica – 26 de abril de 2010
Sentar Professor: Prof. Dr. Paulo Gerhard Pietzsch
DISTRIBUIÇÃO DA SANTA CEIA ~ Hino 260 (Hinário Luterano) Alunos oficiantes: Josemar da Silva Alves e Michael Kunzendorff
Na conclusão da DISTRIBUIÇÃO ou durante o CÂNTICO DE PÓS-COMUNHÃO, os elementos consagrados restantes são colocados em ordem sobre o altar e Esta liturgia se baseia na Ordem do Culto Principal I contida no Hinário Luterano da IELB, publicado pela Editora Concórdia.
cobertos com um véu. As rubricas seguem o estabelecido no Altar Book (Lutheran Service Book) da LCMS, publicado pela Concórdia Publishing House, e no artigo
Em pé “Rubricas do Culto Luterano” (SCHOLZ, Vilson. Vox Concordiana. Suplemento Teológico I, 13-17. 1985).