Anda di halaman 1dari 42

Cinesiologia

Augusto Gil Pascoal


Professor Auxiliar; Fisioterapeuta

FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA

E-mail: gpascoal@fmh.utl.pt
Webpage:
Webpage: http://areas.fmh.utl.pt
http://areas.fmh.utl.pt//~gpascoal
CINESIOLOGIA
2 Programa

Organização e controlo dos movimentos


Adaptações do aparelho locomotor à actividade
física e à inactividade
Anatomia de superfície
Análise funcional da musculatura humana
• 1º teste – 13ª aula (6/Abril/05)
Análise dedutiva da participação muscular no
movimento
Métodos laboratoriais de estudo da participação
muscular no movimento
Síntese final
• 2º teste – no final
CINESIOLOGIA
3 Bibliografia
CINESIOLOGIA
4 Avaliação Contínua
Dois testes: um em Abril e o outro no final do semestre
Nota Final = (Nota do 1º Teste + Nota do 2º Teste)/2

Aprovado se...
a média dos dois testes for = ou > 10 e
nenhuma das notas < 8

Casos especiais...
um teste < 8 e o outro > 10
• no exame final pode fazer apenas o bloco onde reprovou
os dois testes entre 8 e 9.5
• no exame final pode fazer apenas o 2º teste
nota calculada a partir da média dos dois blocos

Outras informações...
O número de presenças nas aulas não é considerado critério de
avaliação;
Avaliação oral para melhorar nota; nesse caso a nota final será a
nota da oral.
CINESIOLOGIA
5 Avaliação Final

Exame final escrito + Exame Oral


Nota Final = Nota do exame oral
Para ter acesso ao exame oral é necessário
obter nota = ou > 10
Estrutura Macro e
Microscópica do Músculo
Esquelético
CINESIOLOGIA
7 Estrutura do Músculo Esquelético
CINESIOLOGIA
8 Fibra Muscular
CINESIOLOGIA
9 Estrutura Macroscópica
CINESIOLOGIA
10 Retículo Sarcoplasmático
CINESIOLOGIA
11 Sarcómero (1)
CINESIOLOGIA
12 Miofilamento Espesso (1)
CINESIOLOGIA
13 Miofilamento Espesso (2)
CINESIOLOGIA
14 Miofilamento Fino (2)

Troponina Tropomiosina
Actina
CINESIOLOGIA
15 Filamentos de Titina e Nebulina
Mecanismo de
Contracção
CINESIOLOGIA
17 Mecanismo de Deslizamento
CINESIOLOGIA
18 Ciclo das Pontes Cruzadas

EXPOSIÇÃO DO SÍTIO ACTIVO DA ACTINA


Um potencial de acção induz a libertação do ião Ca2+
das cisterna terminal
CINESIOLOGIA
19 Ciclo das Pontes Cruzadas
UNIÃO DA MIOSINA COM A ACTINA
Quando o sítio activo da actina se encontra exposto é
possível a união da cabeça da miosina (ponte cruzada)
com a actina.
CINESIOLOGIA
20 Ciclo das Pontes Cruzadas
TRANSFORMAÇÃO ENERGÉTICA
A união da miosina com a actina produzem alterações
na configuração da cabeça da miosina da qual resulta
a libertação de ADP e de energia.
CINESIOLOGIA
21 Ciclo das Pontes Cruzadas
LIBERTAÇÃO DA ACTINA
Para que a miosina se desligue da actina é necessário a
união de uma molécula de ATP à cabeça da miosina.
CINESIOLOGIA
22 Junção Neuromuscular
CINESIOLOGIA
23 Libertação de Cálcio (1)
CINESIOLOGIA
24 Libertação de Cálcio (2)
Propriedades Mecânicas
do Músculo Esquelético
CINESIOLOGIA
26 Sarcómero na Contracção
CINESIOLOGIA
27 Modelo Mecânico

Elemento elástico em PARALELO

Elemento
Elemento
eleláástico
sticoem
em
Elemento SSÉÉRIERIE
CONTRÁCTIL
CINESIOLOGIA
28 Elementos elásticos em SÉRIE

Tendão
Estruturas de ligação entre miofibrilha e sarcolema
Elasticidade das pontes cruzadas

Implicações
• Transmissão de força entre o elemento contráctil e o tendão
• Responsáveis pelo atraso electromecânico

Elemento elástico em PARALELO

Elemento
elástico em
Elemento SÉRIE
CONTRÁCTIL
CINESIOLOGIA
29 Elementos elásticos em PARALELO

Membranas conjuntivas de revestimento


Sarcolema
Titina

Implicações
• Características passivas de elasticidade do músculo
• Deformação depende do alongamento do músculo
Elemento elástico em PARALELO

Elemento
elástico em
Elemento SÉRIE
CONTRÁCTIL
CINESIOLOGIA
30 Elementos Elásticos do Músculo
CINESIOLOGIA
31 Força vs Comprimento
CINESIOLOGIA
32 Força vs Comprimento
CINESIOLOGIA
33 Curva Total
CINESIOLOGIA
34 Força vs Comprimento
CINESIOLOGIA
35 Força vs Velocidade
Diversidade Muscular
CINESIOLOGIA
37 Tipos de Fibras Musculares
CINESIOLOGIA
38 Tipo de Fibras Musculares

Fibras I Fibras IIa Fibras IIb


lentas rápidas rápidas
fracas fortes fortes
resistentes resistentes não resistentes
CINESIOLOGIA
39 Características Metabólicas

I IIa IIb
Act. Miosina ATPase -- + ++

Mitocôndrias ++ + --

Enzimas Mitocondriais ++ + --

Capilarização ++ + --

Creatina Cinase -- + ++

Enz. Glicolíticas -- + ++

Mioglobina ++ + --
CINESIOLOGIA
40 Características Contrácteis e de Excitação

I IIa IIb
Limiar de excitação -- + ++

Espessura do axónio -- + ++

Sistemas tubulares -- + ++

Espessura da fibra -- + ++

Proteínas contrácteis -- + ++

Tensão máxima -- + ++

Latência ++ + --

Potência -- + ++
CINESIOLOGIA
41 Características Contrácteis

45

40
T
35
w
i 30

t 25

c 20

h 15

grams 10

0
0 50 100 150 200 250
Time, ms
CINESIOLOGIA
42 Distribuição dos tipos de fibras