Anda di halaman 1dari 35

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

APOSTILA DE

GRAMÁTICA BÁSICA

PARA

INGLÊS TÉCNICO / INSTRUMENTAL

CURSOS DA ÁREA DE TELECOMUNICAÇÕES


E
AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

PROFESSORA

FERNANDA FERNANDES

- 2009 –

1
Introdução

O objetivo desta apostila é o de auxiliá-los na compreensão e interpretação de textos


técnicos em sua área de trabalho, que serão trazidos para sala de aula pelo seu professor.

Tragam sempre este material quando vocês tiverem aula de Inglês Técnico, pois, com
certeza, vocês irão precisar dele.

Primeiramente faremos uma pequena revisão de alguns pontos gramaticais em língua


inglesa que consideramos importantes para o entendimento básico dos textos que serão
estudados em sala de aula. Tais pontos serão melhor explicados com a ajuda de seu
professor, que utilizará os textos acima citados como suporte para exercícios com tais
pontos gramaticais e que muito auxiliarão na compreensão e interpretação de textos
técnicos utilizados em sua área de trabalho. O ideal seria que, ao ler ou consultar qualquer
tipo de material vocês tivessem esta apostila e também um dicionário para que uma
compreensão razoável do texto fosse conseguida.

Como dicionário, poderíamos sugerir o OXFORD ESCOLAR PARA ESTUDANTES


BRASILEIROS DE INGLÊS que não é caro, e que é razoável, pois ele é Português-Inglês
e Inglês-Português. Um outro dicionário que consideramos bom é o NOVO
DICIONÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS INGLÊS – PORTUGUÊS de Eugênio
Fürstenau da Editora Globo. São dois volumes bastante interessantes.

Para o curso de Informática temos um dicionário bastante interessante: Dicionário de


Informática da Webster’s New World, de Bryan Pfaffenberger da editora Campus.

Mesmo munidos de dicionário e apostila, queremos ressaltar que qualquer dúvida a respeito
de interpretação desses textos deve ser solucionada com a ajuda do seu professor em sala de
aula.

Listamos a seguir os pontos gramaticais mencionados neste material para seu melhor
entendimento e organização.

Vejamos os pontos gramaticais que serão por nós analisados nesta apostila:

- I – Artigos indefinidos A e AN – página 04


- II – Artigo definido THE – página 04
- III – Posição ADJETIVO + SUBSTANTIVO – página 04
- IV – Nacionalidades, dias da semana e meses do ano – página 06

2
- V – Verbo TO BE no Presente Simples (formas afirmativa e negativa) – página 06
- VI – Pronomes demonstrativos THIS, THAT, THESE e THOSE – página 07
- VII – Present Continuous Tense (formas verbais com sufixo -ING) – página 07
- VIII – Pronomes interrogativos e expressões interrogativas – WHAT, WHICH,
HOW, WHEN, WHO, WHERE, HOW MANY, HOW MUCH, HOW LONG,
HOW OFTEN, HOW OLD, WHY/BECAUSE – página 07
- IX – Sufixo –ING formando substantivos – página 9
- X – Desinência verbal -S na 3a pessoa do singular de verbos no Presente Simples; DO,
DOES, DON’T, DOESN’T – página 9
- XI – Verbo TO HAVE (Presente Simples, forma afirmativa) – página 10
- XII – Pronomes possessivos (MY, YOUR, HER, HIS, ITS, OUR, YOUR e THEIR)
– página 10
- XIII – Diferença entre Passado Simples e Present Perfect; Passado Simples dos verbos
TO BE, TO HAVE, Passado Simples dos verbos regulares e irregulares nas formas
afirmativa e negativa – página 10
- XIV – Numerais cardinais e ordinais – página 13
- XV – THERE IS e THERE ARE – página 15
- XVI – Advérbios e locuções adverbiais de tempo, lugar e modo – página 16
- XVII – Prefixos e sufixos – página 16
- XVIII – Futuro com GOING TO,WILL e SHALL (formas afirmativa e negativa) –
página 18
- XIX – Caso possessivo – página 19
- XX – Falsos cognatos – página 19
- XXI – Comparativos de adjetivos – página 19
- XXII – Superlativos de adjetivos – página 21
- XXIII – Plurais irregulares – página 22
- XXIV – MUCH, MANY e A LOT OF – página 23
- XXV - FEW, A FEW, LITTLE e A LITTLE – página 24
- XXVI – SOME e ANY – página 24
- XXVII – Pronomes relativos THAT, WHO e WHICH – página 25
- XXVIII – Listagem das principais cores – página 25
- XXIX – Principais adjetivos e seus opostos – página 26
- XXX – CAN, COULD, MUST, HAVE TO, SHOULD, WOULD, NEED, MAY e
MIGHT – página 26
- XXXI – Voz passiva – página 28
- XXXII – Principais preposições – página 28
- XXXIII – Lista de palavras e expressões importantes para compreensão de textos –
página 29

*****************

GOOD LUCK !!!!

Boa sorte !!!!!!

Um abraço,

3
Fernanda Fernandes

- I – Artigos indefinidos A, AN

Correspondem, em língua Portuguesa, aos nossos UM e UMA.

Devemos destacar que o artigo A é usado antes de palavras que comecem com som de
consoante ou semivogal. Vejamos alguns exemplos:

a wire (um fio); a network (uma rede); a connection (uma conexão); a university (uma
universidade); a computer (um computador); a provider (um provedor); a device (um
dispositivo)

Já o artigo AN é usado antes de palavras que comecem com som de vogal. Olhe alguns
exemplos:

an operation (uma operação); an access (um acesso); an optical fiber (uma fibra óptica); an
e-mail (um e-mail); an interface (uma interface); an hour (uma hora)

- II - Artigo definido THE

Corresponde, em língua portuguesa aos nossos O, A, OS, AS.

Como vocês podem observar, ele é usado antes de palavras que estejam no singular ou no
plural. Vejamos alguns exemplos:

the bandwidth (a largura de banda); the analogue system (o sistema analógico); the splices
(as emendas); the answering machine (a secretária eletrônica); the interconnections (as
interconexões)

- III – Posição ADJETIVO + SUBSTANTIVO

Em inglês, toda vez que usamos um substantivo acompanhado de uma palavra que o
modifica, ou seja, um modificador que funciona como adjetivo, este sempre antecede tal
substantivo. Lembramos ainda que, em inglês, os adjetivos NUNCA têm forma pluralizada.
Vejamos alguns exemplos:

an efficient program (um programa eficiente); an important area (uma área importante);
efficient programs (programas importantes); important areas (áreas importantes); an
enterprise network (uma rede de empresas); enterprise networks (redes de empresas)

4
OBSERVAÇÃO: Quando um substantivo vier acompanhado de dois ou mais adjetivos, a
leitura de tal locução GERALMENTE segue a ordem da direita para a esquerda. Observe
os seguintes exemplos:

A central control device ( um dispositivo de controle central)


< =====================
3 2 1

Integrated Systems Digital Network (ISDN) – (Rede Digital de Sistemas Integrados)


< ===========================
4 3 2 1

Optical loss test set (aparelho para testar perda óptica )


< ==============
4 3 2 1

A small-core optical fiber (uma fibra óptica de núcleo pequeno)


< ====================
4 3 2 1

Total internal reflection (reflexão interna total)


< ==================
3 2 1

Duplex fiber operations (operações com fibra duplex)


< ==================
3 2 1

Graphics file format (formato de arquivo gráfico)


< ===============
3 2 1

Central processing unit (CPU) (Unidade de Processamento Central)


< =================
3 2 1

**** OBSERVAÇÃO IMPORTANTE SOBRE ADJETIVOS COMPOSTOS:

Às vezes temos adjetivos que são formados por mais de duas palavras e que são ligados por
hífen. A esses chamamos de adjetivos compostos. É importante observar que, quando eles
fazem referência a números, tais números têm de vir sempre na forma de singular, mesmo
que se refiram a quantidades que excedam duas unidades. Qual a razão para isso? É
simples. Lembramos que os adjetivos, em inglês, não são nunca grafados na forma de

5
plural, logo, como esses adjetivos referem-se à coisas no plural, eles têm de manter forma
na grafia, de singular. Vejamos alguns exemplos:

- This is a 6-inch tube. (Este é um tubo de seis polegadas.)


- That is a 4-door car. ( Aquele é um carro de quatro portas.)
- It is a 10-meter duct. (É um duto de dez metros.)
- He is a 40-year-old engineer. (Ele é um engenheiro de quarenta anos.)

- IV- Todas as vezes que temos que escrever palavras que se refiram a nacionalidades,
dias da semana e meses do ano, temos que usar letras maiúsculas. Observem:

- a Brazilian telephone company (uma companhia telefônica brasileira)


- an American engineer (um(a) engenheiro(a) americano(a))
- a Japanese computer program (um programa de computador japonês)

Lembremos agora os dias da semana:

- Sunday, Monday, Tuesday, Wednesday, Thursday, Friday, Saturday

- (Domingo,Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira, ...)

Agora observem os meses do ano:

- January, February, March, April, May, June, July, August, September, October,
- November, December (Janeiro, Fevereiro, Março, Abril, Maio, ...)

- V – Vamos lembrar agora o verbo TO BE, na forma afirmativa do Presente Simples,


que em língua portuguesa significa SER ou ESTAR:

- I am an electronic engineer. (Eu sou um(a) engenheiro(a) eletrônico(a)).


- You are a competent technician. (Você é um(a) técnico(a) competente.)
- He is a famous professor. (Ele é um professor universitário famoso.)
- She is a good teacher. (Ela é uma boa professora.)
- It is an excellent machine. (É uma máquina excelente.)
- We are busy professionals. (Nós somos profissionais ocupados.)
- You are associated service providers. (Vocês são provedores de serviços associados.)
- They are expensive cameras. (Elas são câmeras caras.)

**** OBSERVAÇÃO: Para fazer a forma negativa, basta acrescentar a palavra NOT
depois do verbo. ( I am not, You are not, He is not, She is not, ...)

6
**** Essa forma negativa também admite contrações. (ARE NOT = AREN’T; IS NOT =
ISN’T)

- VI – Agora vamos lembrar dos pronomes demonstrativos THIS (este, esta), THAT
(aquele, aquela), THESE (estes, estas), THOSE (aqueles, aquelas). Exemplos:

- This is a good piece of equipment. (Este é um bom equipamento.)


- That is a cheap computer. (Aquele é um computador barato.)
- These are dedicated workers. (Estes são trabalhadores dedicados.)
- Those are valuable processors. (Aqueles são processadores valiosos.)

- VII – Lembremos agora do tempo verbal chamado em inglês de Present Continuous


Tense, que é aquele usado para se referir a ações que estejam acontecendo no momento
em que o interlocutor estiver falando. Ele é formado pelo verbo TO BE acrescido do
verbo principal que tem o sufixo –ING (que é bem semelhante ao nosso gerúndio).
Olhem os exemplos:

- That provider is offering good prices. (Aquele provedor está oferecendo bons preços.)
- Those customers are asking for a discount. (Aqueles usuários estão pedindo um
desconto.)
- The crew is installing the computers. (A equipe está instalando os computadores.)
- These employers are placing the cables. (Estes empregados estão lançando os cabos.)

- VIII – Pronomes interrogativos e expressões interrogativas:

- WHAT – Significa que, o que, qual, quais. Exemplos:


- What color is that wire? (Que cor é aquele fio? / Qual a cor daquele fio?)
- What is he doing? (O que ele está fazendo?)
- What’s your name? (Qual o seu nome?)
- What are their professions? (Quais as profissões deles(as))

- WHICH – Também significa que, qual, o que, quais, só que WHICH é usado quando
a resposta é limitada, ou seja, restrita a alguma informação dada na pergunta.
Essa informação pode vir claramente expressa na frase, ou pode estar
subentendida. Exemplos:

- Which kind of fiber is he using, single mode or multimode? (Que tipo de fibra ele está
utilizando? (monomodo ou multimodo?)). Aqui eu também poderia usar simplesmente
WHICH KIND OF FIBER IS HE USING? porque eu sei que só existem esses dois
tipos de fibra, logo, tal informação estaria implícita, subentendida na pergunta.

7
- Which of those cars do you prefer, the Tempra or the Logus? (Qual daqueles carros
você prefere, o Tempra ou o Logus?) Aqui eu também poderia ter perguntado
simplesmente WHICH OF THOSE CARS DO YOU PREFER?, se eu estivesse
apontando para somente esses dois carros.

- Which car is yours, the black or the yellow one? (Qual é o seu carro, o preto ou o
amarelo?) Se eu estivesse apontando para os dois carros, o amarelo e o preto, ou
poderia simplesmente perguntar WHICH CAR IS YOURS?

- HOW – Significa como, de que maneira, de que forma. Exemplos:


- How does this machine work? (Como funciona esta máquina?)
- How do we say secretária eletrônica in English? (Como se fala secretária eletrônica
em Inglês?)
- How do you feel today? (Como você está se sentindo hoje?)
- How can I get there? (Como eu posso chegar lá?)

- WHEN – Significa quando, em que momento. Exemplos:


- When is the technician going to arrive here? (Quando o técnico vai chegar aqui?)
- When is your birthday? (Quando é o seu aniversário?)
- When do I have to press the button? (Quando eu preciso apertar o botão?)

- WHO – Significa quem. Exemplos:


- Who is that woman? (Quem é aquela mulher?)
- Who installed this computer? (Quem instalou este computador?)
- Who is Bill Gates? (Quem é Bill Gates?)

- WHERE – Significa onde, em que lugar. Exemplos:


- Where is your new laptop? (Onde está o seu laptop novo?)
- Where did you put my hammer? (Onde você colocou o meu martelo?)
- Where is your supervisor? (Onde está o seu supervisor?)

- HOW MANY – Significa qual a quantidade de, quantos, quantas. Só pode ser usado
para fazer referência a coisas contáveis. Exemplos:
- How many cars are there in the garage? (Quantos carros estão na garagem?)
- How many cell phones will you buy? (Quantos telefones celulares você vai comprar?)
- How many manuals are there in the office? (Quantos manuais estão no escritório?)

- HOW MUCH – Significa qual a quantidade de, quantos, quantas. Só pode ser
usado para fazer referência a coisas incontáveis. Exemplos:
- How much time do you have? (Quanto tempo você tem?)
- How much water is there here? (Qual a quantidade de água que há aqui?)

8
- How much energy can this machine produce? (Quanta energia pode esta máquina
produzir?)

- HOW LONG – Significa quanto tempo, por quanto tempo. Exemplos:


- How long does he work here? (Há quanto tempo ele trabalha aqui?)
- How long does it take to finish this project? (Quanto tempo leva para terminar este
projeto?)
- How long is the car going to be here? (Quanto tempo o carro vai ficar aqui?)

- HOW OFTEN – Significa qual a freqüência de, quantas vezes, qual a habitualidade de.
Exemplos:
- How often does she go there? (Quantas vezes ela vai lá?)
- How often do you call your manager? (Quantas vezes você telefona para o seu
gerente?)
- How often do you go to the computer lab? (Quantas vezes você vai ao laboratório de
informática?)

- HOW OLD – Significa qual a idade de, quantos anos algo ou alguém tem.
Exemplos:
- How old are you? (Quantos anos você tem?)
- How old is that program? (Quantos anos tem aquele programa?)
- How old are those cartridges? (Quanto tempo têm aqueles cartuchos?)

- WHY / BECAUSE – Why significa por que/ por quê em frases interrogativas (e em
alguns casos de frases negativas). Because significa porque em frases afirmativas.
Exemplos:
- Why is the man so low? Because he is very tired. (Por que o homem está tão lento?
Porque ele está muito cansado.)
- Why is the TV not working? Because it is not plugged. (Por que a TV não está
funcionando? Porque ela não está ligada na tomada.)
- “Why is he not here?” “I really don’t know why.” (“Por que ele não está aqui?” “Eu
realmente não sei porque.”)

- IX – Você lembra que falamos do sufixo –ING, o qual equivale à uma forma verbal
parecida com o gerúndio em Português? Pois bem, esse sufixo também pode, às vezes,
formar substantivos que derivam de formas verbais. Veja alguns exemplos:

- The planning of a program is very important. (O planejamento de um programa é


muito importante.)
- The linking of the wires is necessary. (A ligação dos fios é necessária.)
- The repairing of that printer is urgent. (O reparo daquela impressora é urgente.)
- The connecting of that system is very easy. (A conexão daquele sistema é muito fácil.)

9
- The placing of those cables is happening now. (O lançamento / O posicionamento
daqueles cabos está ocorrendo agora.)

- X – Lembremos como os verbos, em inglês, são conjugados no Presente. Eles têm a


mesma forma do infinitivo, com exceção da terceira pessoa do singular, a qual pede que
lhe seja acrescentada uma letra S. Exemplos:

- I understand the explanations of that manual. (Eu entendo as explicações daquele


manual.)
- She understands all the directions. (Ela compreende todas as orientações.)
- You use the computer every day. (Você usa o computador todos os dias.)
- He uses the computer in the office. (Ele usa o computador no escritório.)
- We emit sounds when we talk. (Nós emitimos sons quando falamos.)
- That scanner emits loud noises. (Aquele scanner emite altos ruídos.)

**** OBSERVAÇÃO: Para fazer a forma negativa desses verbos no Presente Simples
usamos as contrações DON’T e DOESN’T. Esta segunda forma de contração é utilizada na
terceira pessoa do singular. Exemplos:

- I don’t understand the explanations. (Eu não entendo as explicações.)


- She doesn’t understand the directions. (Ela não compreende as orientações.)
- You don’t use the computer. (Você não usa o computador.)
- That scanner doesn’t emit loud sounds. (Aquele scanner não emite ruídos altos.)

- XI – Agora vamos lembrar do verbo TO HAVE, que em inglês significa TER,


POSSUIR.

**** Cuidado, pois a forma verbal para a terceira pessoa do singular no Presente é
HAS.
- I have a sophisticated notebook. (Eu tenho um notebook sofisticado.)
- You have the key to open the door. (Você tem a chave para abrir a porta.)
- She has the code to start the machine. (Ela tem o código para acionar a máquina.)
- That program has a lot of different functions. (Aquele programa tem muitas funções
diferentes.)

- XII – Vamos agora lembrar dos PRONOMES POSSESSIVOS.

São eles: MY (meu(s), minha(s)), YOUR (seu(s), sua(s)), HIS (dele – masculino),
HER (dela – feminino), ITS (dele(a) – para objetos, lugares), OUR (nosso(s),
nossa(s)), YOUR (seu(s), sua(s) = de você(s)), e THEIR (deles, delas).

10
Estudemos alguns exemplos:
- My computer is broken. (O meu computador está com problemas / enguiçado.)
- Its installation is very simple. (A sua (da máquina ou equipamento) é muito simples.)
- Your company is very famous here. (A sua empresa é muito famosa aqui.)
- Their measurements range from ten to fifteen meters. (As medidas deles/as variam de
dez a quinze metros.)

- XIII – Vamos agora lembrar de verbos no tempo passado simples, ou seja, aquele que
ocorre num TEMPO DETERMINADO no passado. Esse tempo pode estar
determinado na frase por meio de advérbios de tempo (yesterday, last year, last month)
ou então já está implícito pelo contexto da frase, dentro da situação relatada, não
havendo aí a necessidade do uso de um advérbio de tempo, uma vez que eu já tenho
conhecimento sobre quando a ação ocorreu.

Comecemos com o verbo TO BE:

- I was a dedicated professional last year. (Eu era / fui um profissional dedicado no
ano passado.)
- You were a constant user of that system. (Você era usuário constante daquele
programa.)
- He / She was busy with the project. (Ele/Ela estava ocupado(a) com o projeto.)
- It was an easy installation. (Foi / Era uma instalação fácil.)
- We were ready to start the operation. (Nós estávamos prontos para começar a
operação.)
- You were interested in that new equipment. (Vocês estavam interessados naquele
equipamento novo.)
- They were in London two years ago. (Eles/Elas estavam em Londres há dois anos
atrás.)

**** OBSERVAÇÃO: Para fazermos a forma negativa desse verbo no passado, temos que
acrescentar a palavra NOT ao verbo. Exemplos:

- I was not (= wasn’t) a good professional. (Eu não fui um bom profissional.)
- You were not (= weren’t ) a user of that program. (Você não era usuário daquele
programa.)
- She was not (= wasn’t ) busy with the project. (Ela não estava ocupada com o projeto.)

Observemos agora o verbo TO HAVE no passado:

- I had a good job opportunity last semester. (Eu tive uma boa oportunidade de emprego
no semestre passado.)
- She had many chances to upgrade that program. (Ela teve muitas chances para
atualizar/melhorar aquele programa.)
- They had excellent computers. (Eles/Elas tinham computadores excelentes.)

11
**** OBSERVAÇÃO: Para termos a forma negativa no passado do verbo TO HAVE,
temos que escrever DID NOT (= DIDN’T) entre o pronome pessoal e o verbo, que deve
vir em sua forma de infinitivo. Vejamos os exemplos acima citados na forma negativa:

- I did not (=didn’t) have a good job opportunity last semester. (Eu não tive uma boa
oportunidade de emprego no semestre passado.)
- She did not (= didn’t) have many chances to upgrade that program. (Ela não teve muitas
chances para melhorar / atualizar aquele programa.)
- They did not (=didn’t) have excellent computers. (Eles / Elas não tinham computadores
excelentes.)

Agora estudemos o PASSADO DE VERBOS REGULARES em inglês. Nesse caso, a


desinência –ED é acrescentada ao verbo em sua forma de infinitivo. Vejamos alguns
exemplos:
- to start – started (começei, começou)
- to open – opened (abri, abriu)
- to install – installed (instalei, instalou)
- to establish – established (estabeleci, estabeleceu)

**** Essa desinência –ED também forma o particípio passado dos verbos regulares. Só
para lembrarmos, o particípio passado é aquela forma verbal usada para os verbos
principais em tempos compostos. Vejamos alguns exemplos:
- The door is opened at seven o’clock. (A porta é aberta às sete horas.)
- The computer was installed yesterday. (O computador foi instalado ontem.)
- The protocol was established by that provider. (O protocolo foi estabelecido por aquele
provedor.)

**** Quando o verbo terminar com a letra E, basta acrescentarmos D para transformá-lo
em passado.
- to operate – operated (operado)
- to serve – served (servido)
- to provide – provided (servido, atentido, suprido)
- to handle - handled (manuseado)

**** Quando o verbo terminar com a letra Y, temos que observar a letra que o antecede. Se
esse Y vier precedido de vogal, acrescentaremos ED para formarmos o passado.
- to play – played (jogado)
- to obey – obeyed (obedecido)
- to display – displayed (mostrado)
- to convey – conveyed (apresentado)

12
**** Se, ao contrário, esse Y final vier precedido por consoante, ele irá desaparecer, e
colocaremos a terminação -IED.
- to study – studied (estudado)
- to supply – supplied (suprido, fornecido)

Falaremos agora dos VERBOS IRREGULARES, que são assim chamados, pois têm
formas totalmente diferentes para seus tempos de passado. Vejamos alguns exemplos:
- to go – went
- to come – came
- to buy – bought
- to bring – brought
- to put – put
- to set – set

**** OBSERVAÇÃO 1: Se quisermos colocar um verbo regular ou irregular no passado,


temos que usar DID NOT (=DIDN’T) entre o pronome pessoal e o verbo, que deve então
vir na forma de infinitivo. Vejamos os exemplos:
- I did not (= didn’t) operate that machine. (Eu não operei aquela máquina.)
- She did not (= didn’t) understand the regulations. (Ela não entendeu o regulamento.)
- We did not (= didn’t) fix the fax machine. (Nós não consertamos o fax.)
- He did not (= didn’t) buy that modern microwave oven. (Ele não comprou aquele forno
microondas moderno.)
- You did not (= didn’t) go to that new building. (Você não foi aquele prédio novo.)
- They did not (= didn’t) bring the new equipment to the company. (Eles / Elas não
trouxeram o equipamento novo para a empresa.)

**** OBSERVAÇÃO 2: Se a ação a que estivermos nos referindo tiver acontecido no


passado, mas o MOMENTO EM QUE A AÇÃO TIVER OCORRIDO ESTEJA
INDETERMINADO, eu tenho que usar um tempo verbal que em inglês chamamos de
Present Perfect. Quando uso esse tempo verbal eu sei que a ação ocorreu no passado, mas
não sei exatamente quando ela aconteceu. Esse tempo verbal é formado pelo verbo TO
HAVE no passado simples, acrescido do verbo principal em seu particípio passado.
Vejamos alguns exemplos:
- I have bought a new scanner for my office. (Eu comprei um scanner novo para meu
escritório.)
- She has put an old calculator in the drawer. (Ela colocou uma calculadora velha na
gaveta.)
- You have set the alarm clock for seven o’clock. (Você programou o despertador para as
sete horas.)

- XIV – NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS:

13
Observem alguns numerais cardinais:
-1–one; -2–two; -3–three; -4–four; -5–five; -6–six; -7–seven; -8-eight; -9–nine; -10-ten;
-11-eleven; -12-twelve; -13- thirteen; -14- fourteen; -15- fifteen; -16- sixteen; -17-
seventeen; -18- eighteen; -19- nineteen; -20- twenty; -21- twenty-one; -22- twenty-two;
-30- thirty; -35- thirty-five; -40- forty; -48- forty-eight; -50- fifty; -60- sixty; -70- seventy;
-80- eighty; -90- ninety; -100- one / a hundred; -150- a hundred fifty; -200- two hundred;
-300- three hundred; -1,000- one / a thousand; -1,486- one / a thousand, four hundred (and)
eighty-six; -3,559- three thousand, five hundred (and) fifty-nine; -86,338- eighty-six
thousand, three hundred (and) thirty-eight; -284,619- two hundred, eighty-four thousand,
six hundred (and) nineteen; -1,000,000- one / a million; -5,000,000- five million;
-24,333,456- twenty-four million, three hundred thirty-three thousand (and) four hundred
(and) fifty-six ...

Agora vamos fazer algumas observações importantes a respeito deles:

-1- Quando escrevemos numerais cardinais e decimais em inglês, vemos que é adotada uma
pontuação diferente da nossa, ou seja, quando separamos os numerais com ponto, o inglês
faz o mesmo com vírgulas; e quando separamos numerais decimais com vírgulas, eles o
fazem com ponto. Olhem alguns exemplos:
- 3,682 – three thousand, six hundred (and) eighty-two (três mil seiscentos e oitenta e
dois)
- 75,419 – seventy-five thousand, four hundred (and) nineteen (setenta e cinco mil
quatrocentos e dezenove)
- 8,000,000 – eight million (oito milhões)
- 9.5 – nine point five (nove e meio)
- 37.5 – thirty-seven point five ( trinta e sete e meio)

-2- Os numerais cardinais não têm forma de plural. Exemplos:


- 200- two hundred; - 5,000 – five thousand; 33,000 – thirty-three thousand;
- 2,000,000 – two million; - 46,000,000 – forty-six million; - 6,000,000,000 – six billion

**** No entanto, podemos usar formas de numerais no plural quando as utilizamos em


sentido figurado, quando queremos falar de maneira exagerada. Observem:
- Hundreds of people were there yesterday. (Centenas de pessoas estavam lá ontem.)
- He went there thousands of times. (Ele foi lá milhares de vezes.)
- She bought millions of items. (Ela comprou milhões de coisas.)

-3- Quando escrevemos números que façam referências a anos, endereços, números de vôo
e números de ônibus não usamos qualquer pontuação, e para lê-los temos que dividir tais
números da seguinte forma: separamos as casa correspondentes às unidades e dezenas, e o
restante que vier os antecedendo. Exemplos:
- 1987 – A divisão será: 19 – 87 – e leremos nineteen eighty-seven
- 620 – A divisão será: 6 – 20 – e leremos six twenty
- 474 – A divisão será: 4 – 74 – e leremos four forty-seven

14
- 707 – A divisão será: 7 – 07 – e leremos seven – oh – seven
- 2004 – A divisão será : 20 – 04 – e leremos twenty – oh – four

* Exceção: O ano dois mil será lido da seguinte forma: two thousand

**** OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

-a- Quando falamos números de telefones e aparece o número zero, ele é lido como O /ou/.
Exemplo: 765-2087 – six – seven – five - two – o – eight – seven (Esse zero pode ser
escrito somente com a letra O ou também com Oh.)

-b- Se algum número se repete seguidamente, ele será falado da seguinte forma:
- 234 - 7709 – two – three – four - DOUBLE seven - o - nine
- 769 – 0099 – seven – six – nine - DOUBLE o – DOUBLE nine

Falemos agora sobre os numerais ordinais. Como o próprio nome diz, eles fazem
referência à ordem. Vejamos alguns deles, e suas respectivas abreviaturas, que são feitas
com as duas últimas letras do último número mencionado:

- First (primeiro/a) – 1st


- Second (segundo/a) – 2nd
- Third (terceiro/a) – 3rd
- Fourth (quarto/a) – 4th
- Fifth – (quinto/a) – 5th
- Tenth – (décimo/a) – 10th
- Fifteenth –(décimo/a quinto/a) – 15th
- Twentieth –(vigésimo/a) – 20th
- Twenty-second – (vigésimo/a segundo/a) – 22nd
- Forty-third – (quadragésimo/a terceiro/a) – 43rd ...

- XV - THERE IS / THERE ARE

Estas são formas verbais que significam EXISTIR, HAVER. A forma THERE IS é usada
no singular, enquanto que THERE ARE é usada no plural. Observem alguns exemplos:
- There is an excellent telephone company in Miami. (Existe uma companhia telefônica
excelente em Miami.)
- There is a good computer in his office. (Existe um bom computador no escritório dele.)
- There are only experienced professionals in my company. (Existem somente
profissionais experientes em minha empresa.)
- There are many British engineers in that meeting. (Existem muitos engenheiros
britânicos naquela reunião.)

15
Para termos a forma negativa desse verbo basta que acrescentemos NOT depois do verbo
TO BE. Exemplos:
- There is not (ou There isn’t ) a good telephone company in Miami.(Não há/existe uma
boa companhia telefônica em Miami.)
- There are not (ou There aren’t) experienced professionals in that company. (Não há /
Não existem profissionais experientes naquela empresa.)

Já para termos a forma interrogativa desse verbo temos que colocar o verbo TO BE
antes da palavra THERE. Observem:
- Is there a good telephone company in Miami? (Existe uma boa companhia telefônica
em Miami?)
- Are there experienced professionals in that company? (Existem profissionais
experientes naquela companhia?)

- XVI – ADVÉRBIOS E LOCUÇÕES ADVERBIAIS DE TEMPO, LUGAR E


MODO:

Lembremos alguns advérbios e locuções adverbiais de tempo:


- today – hoje, atualmente
- tomorrow – amanhã
- yesterday – ontem
- now – agora ( pode ser também atualmente)
- right now – agora, neste momento
- at present – agora, no presente momento
- nowadays – hoje em dia, atualmente
- last week- semana passada
- last year – ano passado
- last month – mês passado
- next week – próxima semana
- next month – próximo mês
- next year – próximo ano

Vejamos agora os principais advérbios e locuções adverbiais de lugar:

- here- aqui, neste lugar


- there- lá, naquele lugar
- over there – lá (é mais distante do que OVER THERE)
- up there – lá em cima
- down there – lá em baixo

Agora listaremos alguns advérbios de modo:

- efficiently – eficientemente, de maneira eficaz


- constantly – constantemente

16
- fastly, rapidly – rapidamente, ligeiramente, velozmente
- slowly – lentamente, vagarosamente, devagar
- highly – altamente

- XVII – PREFIXOS E SUFIXOS:

Existem alguns prefixos greco-latinos que são muito utilizados em palavras que integram o
vocabulário da língua inglesa. Citaremos apenas alguns:

- DIS- significa “afastamento, separação, contrário a, não”. Exemplos: DISarm


(desarmar); DISmount, DISassemble (desmontar, desmanchar); DISagree (discordar);
DISobedient (desobediente); DISadvantage (desvantagem).

- FORE- significa “antes, prévio(a), anterior”. Exemplos: FOREsee (antever); FOREtell


(predizer); FOREmention (mencionar anteriormente).

- MIS- significa “erro, algo feito de modo adverso”. Veja alguns exemplos: MIStake
(erro); MISunderstand (entender de forma errada); MISplace(colocar no lugar errado).

- NON- significa “não, que não é”. Exemplos: nonessential (não essencial); nonadmitted
(não admitido); nonproportional (não proporcional).

- OVER- significa “algo que existe em quantidade superior à necessária”. Exemplos:


OVERpopulated (superpopuloso); OVERdose (dose excessiva).

- IN- significa “não”. Serve para tornar um adjetivo negativo. Veja alguns exemplos:
INcomplete (incompleto(a)); INcompetent (incompetente).

- UN- significa “não, negação”. Exemplos: UNdo (desfazer); UNimportant (não


importante); UNtrue (não verdadeiro); UNavoidable (que não pode ser evitado,
inevitável).

- UNDER- significa “possuir uma menor quantidade de ...”. Exemplos:


UNDERdeveloped (não desenvolvido o suficiente); UNDERestimate (subestimado).

- UP- significa “para cima”. Exemplos: UPturn (voltar para cima); UPgrade (melhorar
para cima, aperfeiçoar)

Observemos agora apenas alguns dos sufixos mais importantes da língua inglesa:

- _LESS – significa a “ausência daquilo que fora mencionado”. Exemplos: careLESS


(sem cuidado); motionLESS (sem movimento); wireLESS (sem fio).

17
- _FUL – significa “que tem a presença de ...”. Exemplos: careFUL (que tem cuidado,
cuidadoso); useFUL (que tem uso, útil); meaningFUL (que tem significado,
significativo).

- _LY – geralmente forma advérbios de modo. Exemplos: totalLY (totalmente); entireLY


(inteiramente); completeLY (completamente); generalLy (geralmente).

- _ER, _OR – significa “aquele que faz determinada ação que é mencionada no início da
palavra”. Exemplos: servER (aquele que serve, servidor); suppliER (aquele que
fornece, fornecedor); connectOR (aquele que conecta, conector); sellEr, vendOR
(aquele que vende, vendedor).

- _ABLE – geralmente forma substantivos que, em Português, têm a terminação _VEL.


Exemplos: avoidaBLE (evitável); understandaBLE (compreensível); compatiBLE
(compatível); reliaBLE (confiável).

- XVIII - Futuro com GOING TO e WILL e SHALL (formas afirmativa e negativa)

As três formas principais para flexionar verbos no tempo futuro em inglês são:

-1- Com GOING TO (quando eu tenho certeza de que a ação vai realmente ocorrer).

Exemplos:
- She is going to buy that new VCR because she has all the money to do it.(Ela vai, com
certeza, comprar aquele aparelho de vídeo, pois ela tem todo o dinheiro necessário para
isso.)
- They are going to fix the computers because they experts in Computer Science. (Eles
vão consertar os computadores porque eles são especialistas em Informática.)

**** OBSERVAÇÃO: Para fazer a forma negativa com o verbo que venha acompanhado
de GOING TO, basta acrescentar NOT após o verbo TO BE.

Exemplos:
- She is not (= isn’t) going to buy that new computer. (Ela não vai comprar aquele
computador novo.)
- They are not (+ aren’t) going to send me an e-mail. (Eles(as) não vão me enviar um e-
mail.)

- -2- Uma outra forma de flexionar um verbo no futuro é por meio da utilização de
WILL. Esse auxiliar de futuro é usado quando eu ainda não tenho certeza se a ação vai
ocorrer no futuro. Vejamos os exemplos:
- Maybe I will travel to California. ( Eu talvez viaje para a Califórnia.)
- He will call you tomorrow. (Ele vai ligar para você amanhã.(mas não tenho certeza
disso.))

18
**** OBSERVAÇÃO: Para fazer a forma negativa de frases com WILL basta
acrescentar NOT depois do auxiliar de futuro WILL. Observe os exemplos:
- They will not (= won’t) come here. (Eles(as) não virão aqui.)
- She will not (= won’t) bring her new laptop. (Ela não vai trazer o laptop novo dela.)

- 3 – A terceira forma de formar futuro com verbos em inglês é por meio da utilização do
auxiliar SHALL. Este auxiliar é bastante formal, sendo usado principalmente em
documentos. Na forma negativa basta acrescentar NOT após tal auxiliar. Vejamos
alguns exemplos:
- I shall meet the President tomorrow. (Eu irei encontrar o Presidente amanhã.)
- She shall NOT hire that technician. (Ela não irá contratar aquele técnico.)

- XIX – CASO POSSESSIVO:

Como o próprio nome está dizendo, fazemos aí referência à situações que envolvem posse
de algo. Vemos que em inglês esse fato lingüistíco é marcado com APÓSTROFE + S ou
SIMPLESMENTE COM APÓSTROFE no caso do nome da coisa ou pessoa que possui
algo já terminar com a letra S. Essas alterações são feitas no final do nome que estiver
fazendo referência à coisa ou pessoa que possuir algo. Vejam alguns exemplos:
- Albert’s book (livro do Alberto)
- Bob’s computer (computador do Bob)
- The children’s games (os jogos das crianças)
- The room’s number (o número da sala)
- The cable’s cover (a cobertura do cabo)
- The rooms’ numbers (os números das salas)
- The technicians’ tools (as ferramentas dos técnicos)
- The boys’ video tapes. ( as fitas de vídeo dos meninos)

- XX – FALSOS COGNATOS:

São palavras que têm muita semelhança de grafia com palavras de nossa língua
portuguesa, mas que possuem significado totalmente diferente, podendo nos induzir a
erro quando queremos interpretá-las. Vejamos alguns exemplos:
- Actual – Significa REAL, e não atual.
- Actually – significa NA REALIDADE, REALMENTE, e não atualmente.
- Current – Significa ATUAL, e não corrente.
- Data – Significa DADOS, e não data.
- Exit – Significa SAÍDA, e não êxito.
- Large – Significa GRANDE, e não largo.

19
- Office – Significa ESCRITÓRIO, CONSULTÓRIO, e não ofício.
- Once – Significa UMA VEZ, e não onça.
- Pretend – Significa FINGIR, e não pretender.
- Pull – Significa PUXAR, e não pular.
- Push – Significa EMPURRAR, e não puxar.
- Sort – Significa TIPO, MODALIDADE, e não sorte.
- Terrific – Significa ESTUPENDO, MARAVILHOSO, e não terrível.

- XXI – COMPARATIVOS DE ADJETIVOS:

Em inglês, o comparativo de superioridade pode ser feito de maneira diferente,


dependendo do número de sílabas que o adjetivo tenha. Lembramos que o número de
sílabas, em inglês, é determinado pelo número de sons vocálicos (e não vogais) que a
palavra tem.

**** Se o adjetivo tiver UMA OU DUAS SÍLABAS, o comparativo é feito da seguinte


forma:

Adjetivo + sufixo -ER + THAN

Exemplos:
- largER THAN ( maior que)
- smallER THAN (menor que)
- fastER THAN (mais rápido(a) que)
- widER THAN (mais largo(a) que)

**** Se o adjetivo tiver TRÊS OU MAIS SÍLABAS, o comparativo de superioridade será


formado assim:

MORE + Adjetivo + THAN

Exemplos:
- MORE difficult THAN ( mais difícil que)
- MORE interesting THAN ( mais interessante que)
- MORE efficient THAN ( mais eficiente que )

**** OBSERVAÇÃO SUPER IMPORTANTE:

Os adjetivos BAD (ruim) e GOOD (bom, boa) fazem seu comparativo de superioridade da
seguinte forma:

20
- GOOD – BETTER THAN ( melhor que)
- BAD – WORSE THAN (pior que)

Para o comparativo de inferioridade usamos:

LESS + Adjetivo + THAN

Exemplos:
- LESS developed THAN (menos desenvolvido(a) que)
- LESS interesting THAN (menos interessante que)

Já que estamos falando de comparativos, vejamos agora como formamos os


COMPARATIVOS DE IGUALDADE.

Eles são usados quando comparamos coisas ou pessoas que possuem características
bastante semelhantes. Se eu quero dizer que “aquele computador é tão bom quanto este
aqui.” eu diria, em inglês: “That computer is AS GOOD AS this one here.” Vemos que
então a fórmula para o comparativo de igualdade é:

AS + adjetivo + AS

Vejamos mais alguns exemplos:


- This cable is as resistant as that one . (Este cabo é tão resistente quanto aquele.)
- This placement method is as efficient as that one. (Este método de lançamento é tão
eficiente quanto aquele.)
- This machine is as bad as that other one. (Esta máquina é tão ruim quanto aquela
outra.)

E os COMPARATIVOS DE INEGUALDADE? Bem, estes seguem a seguinte fórmula:

NOT AS + adjetivo + AS

Vejamos alguns exemplos:


- This computer is not as fast as that one. (Este computador não é tão veloz quanto
aquele.)
- This tube is not as large as that one. (Este tubo não é tão grande quanto aquele.)
- This exercise is not as easy as that other one. (Este exercício não é tão fácil quanto
aquele outro.)

- XXII – SUPERLATIVOS:

21
Assim como o comparativo de superioridade, o superlativo também segue determinadas
regras em sua formação. Se o adjetivo tiver UMA OU DUAS SÍLABAS, ele será formado
assim:

THE + adjetivo + sufixo -EST

Exemplos:
- THE largEST ( o/a maior)
- THE smallEST ( o/a menor)
- THE widEST (o/a mais largo(a))

Se o adjetivo tiver TRÊS OU MAIS SÍLABAS, o superlativo será assim formado:

THE MOST + adjetivo

Exemplos:
- THE MOST important (o/a mais importante)
- THE MOST beautiful ( o/a mais bonito(a))
- THE MOST developed (o/a mais desenvolvido(a))

**** OBSERVAÇÃO SUPER IMPORTANTE:


Os adjetivos BAD (ruim) e GOOD (bom / boa) fazem o superlativo de superioridade da
seguinte forma:

- GOOD - THE BEST ( o/a melhor)


- BAD – THE WORST ( o/a pior)

**** OBSERVAÇÃO: Para o superlativo de inferioridade temos:

THE LEAST + adjetivo

Exemplos:
- THE LEAST important ( o/a menos importante)
- THE LEAST effective (o/a menos eficiente)

- XXIII – PLURAIS IRREGULARES:

Algumas palavras têm, em inglês, formas de plural diferentes daquelas que pudéssemos
imaginar para elas. Vejamos alguns exemplos:

22
- Singular - Plural
- analysis (análise) – analyses
- apparatus (aparelho) – apparatuses
- basis (base) – bases
- crisis (crise) – crises
- criterion (critério) – criteria
- datum (dado) – data
- formula (fórmula) – formulae
- medium (meio) – media
- micron (micron) – micra
- minimum (mínimo) – minima
- series (série) – series
- phenomenon (fenômeno) – phenomena
- species (espécie) - species
- stimulus (estímulo) - stimuli
- virus (vírus) - viruses
- curriculum - curricula

Existem ainda algumas palavras que têm formas específicas tanto para singular como
também para plural. É o caso das palavras INFORMATION (informação), EQUIPMENT
(equipamento) e ADVICE (aviso, conselho, dica), por exemplo.

Se queremos falar a respeito de UMA informação, teremos que dizer A PIECE OF


INFORMATION ou SOME INFORMATION. Não podemos jamais acrescentar S ao final
da palavra em sua forma de singular.

Se queremos falar de DUAS informações ou ALGUMAS informações, a forma certa é


TWO PIECES OF INFORMATION ou também SOME INFORMATION.

Observemos agora a palavra EQUIPMENT. Se quero falar de UM equipamento, a forma de


dizer isso é A PIECE OF EQUIPMENT ou SOME EQUIPMENT. Se, ao contrário,
quisermos falar de dois equipamentos, a forma para tal é TWO PIECES OF EQUIPMENT
ou SOME EQUIPMENT. Cuidado para não confundir com PARTES ou PEÇAS de um
determinado equipamento, pois para esta forma dizemos PARTS OF THE / SOME
EQUIPMENT.

Finalmente, observemos a palavra ADVICE. Se queremos falar de UM conselho ou aviso


ou dica, a forma correta para tal é SOME ADVICE ou A PIECE OF ADVICE. Se
quisermos falar sobre DUAS dicas ou conselhos, aí temos que usar as formas SOME
ADVICE ou TWO PIECES OF ADVICE.

23
- XXIV - MUCH, MANY, A LOT OF

Significam MUITO(A), MUITOS (AS), GRANDE QUANTIDADE DE.

No entanto temos que observar que:

- MUCH – só é usado antes de palavras incontáveis. Exemplos:


. much time (muito tempo)
. much money (muito dinheiro)
. much water (muita água)

- MANY – só é usado antes de palavras contáveis. Exemplos:


. Many cables (muitos cabos)
. Many times (muitas vezes)
. Many opportunities (muitas oportunidades)

- A LOT OF – pode ser usado antes de palavras contáveis e incontáveis. Exemplos:


. A lot of fibers (muitas fibras)
. A lot of chances (muitas chances)
. A lot of patience (muita paciência)
. A lot of money (muito dinheiro)

- XXV - FEW, A FEW, LITTLE, A LITTLE

Essas palavras assumem o significado de POUCO(A), POUCOS(AS), PEQUENA


QUANTIDADE DE. No entanto, temos que observar que:

- FEW e A FEW - só podem ser usadas com palavras contáveis. Vejamos alguns
exemplos:
. (a) few tubes (poucos tubos)
. (a) few computers (poucos computadores)
. (a) few technicians (poucos técnicos)

- LITTLE e A LITTLE – só podem ser usadas com palavras incontáveis. Exemplos:


. (a) little time (pouco tempo)
. (a) little fire (pouco fogo)
. (a) little water (pouca água)

- XXVI - SOME , ANY

SOME significa ALGUM, ALGUMA, ALGUNS, ALGUMAS.

24
ANY significa NENHUM, NENHUMA, QUALQUER ou QUAISQUER.

A palavra SOME é usada em frases afirmativas e em alguns tipos de frases


interrogativas. Neste último caso incluímos situações em que estamos oferecendo algo,
quando estamos pedindo algo a uma pessoa e também quando estamos convidando alguém
para fazer algo.

Vejamos alguns exemplos:


- There are some cables in that drawer. (Existem alguns cabos dentro daquela gaveta.)
- I can buy some calculators at the store. (Posso comprar algumas calculadoras na loja.)
- Do you want some money? (Você quer algum dinheiro? – oferecimento)
- Could you give me some (Você pode me dar uma informação? – pedido)
- Do you want to go somewhere tonight? (Você quer ir a algum lugar hoje à noite? –
convite)

Agora estudemos a palavra ANY. Ela pode ser usada em frases negativas e em
interrogativas que não se enquadrem nas situações que estudamos acima. Olhem
alguns exemplos:
- I don’t have any information about the case. (Eu não tenho nenhuma informação sobre
o caso.)
- There aren’t any reasons for that. (Não existem (quaisquer) razões ou motivos para
aquilo.)
- She doesn’t have any folder in the office. (Ela não tem nenhuma pasta no escritório.)
- There are no boys here. (Não existem quaisquer meninos aqui. / Não existe nenhum
menino aqui.)

- XXVII - Pronomes relativos THAT, WHO, WHICH

São os nossos pronomes relativos QUE, O QUAL, A QUAL, OS QUAIS e AS QUAIS.

**** A forma THAT é usada para fazer referência a coisas, pessoas ou animais (nas
formas de singular e plural, feminino ou masculino). Olhem alguns exemplos:
- This is the car that I bought last month. (Este é o carro que comprei no mês passado.)
- He is the man that talked to me yesterday. (Ele é o homem que falou comigo ontem.)
- She is the architect that projected that bridge. (Ela é a arquiteta que projetou aquela
ponte.)

**** A forma WHO é usada somente para fazermos referência a pessoas (nas formas de
singular e plural, masculino ou feminino). Vejamos alguns exemplos:
- She is the teacher who bought that new car. (Ela é a professora que comprou aquele
carro novo.)
- Those are the boys who broke the glass. (Aqueles são os meninos que quebraram o
vidro.)

25
**** A forma WHICH só pode ser usada para fazermos referências a coisas ou animais.
Vejamos exemplos:
- That is the machine which we imported from Japan. (Aquela é a máquina que
importamos do Japão.)
- Those are the computers which broke last Friday. (Aqueles são os computadores que
enguiçaram na sexta-feira passada.)
- This is the puppy which I found yesterday. (Este é o cachorrinho que eu achei ontem.)

- XXVIII – LISTAGEM DAS PRINCIPAIS CORES:

- yellow – amarelo - blue – azul


- red – vermelho - orange – laranja
- black – preto - white – branco
- brown – marrom - gray – cinza
- green – verde - violet – violeta
- purple – roxo - slate - cinza azulado (cor de ardósia)
- azul marinho – navy blue - beige – bege
- pink – rosa - lilac – lilás

**** OBSERVAÇÃO: Quando quisermos fazer referência a tons claros e escuros de uma
determinada cor usamos os adjetivos LIGHT para dizer que é uma cor clara, e usamos o
adjetivo DARK para dizer que é uma cor escura. Exemplos:
- dark blue – azul escuro - light blue – azul claro
- dark green – verde escuro - light green – verde claro

- XXIX - PRINCIPAIS ADJETIVOS E SEUS OPOSTOS

- BIG # SMALL (grande # pequeno(a))


- HIGH # LOW (alto(a) # baixo(a))
- FAST # SLOW (rápido(a) # lento(a))
- DIFFICULT # EASY (difícil # fácil)
- EXPENSIVE # CHEAP (caro(a) # barato(a) – de baixa qualidade)
- EXPENSIVE ≠ INEXPENSIVE (algo de custo elevado ≠ algo de custo menor, mas de
boa qualidade)
- EFFICIENT # INEFFICIENT (eficiente # ineficiente)
- EFFECTIVE # INEFFECTIVE (eficaz # ineficaz)
- CLEAR # UNCLEAR (claro(a) # não claro(a))
- TALL # SHORT (alto(a) em tamanho # baixo(a) em tamanho)
- NEW # OLD (novo(a) # velho(a), antigo(a))
- UPDATED # OUTDATED (atualizado(a) # desatualizado(a))
- WIDE # NARROW (largo(a) # estreito(a))

26
- LIGHT # HEAVY (leve # pesado(a))
- FULL (cheio, completo) # EMPTY (vazio)

- XXX - CAN, COULD, MUST, HAVE TO, SHOULD, WOULD, NEED, MAY /
MIGHT:

• CAN – é um verbo auxiliar (vem sempre junto com outro verbo, chamado
principal), e significa PODER FAZER ALGO, PERMITIR. Vejamos alguns
exemplos:
- You can install the program. ( Você pode instalar o programa.)
- She can speak French. (Ela pode falar Francês.)
- Can I stop the car? (Posso parar o carro?)

• COULD - também é verbo auxiliar e significa PODERIA, PODIA. Exemplos:


- You could do it if you wanted. (Você podia / poderia fazer isso se quisesse.)
- He could come here at five o’clock. (Ele podia / poderia vir aqui às cinco horas.)
- I could see him. (Eu podia / poderia vê-lo.)

• MUST – é verbo auxiliar que significa TER OBRIGAÇÃO DE, DEVER. Ele
geralmente expressa uma opinião pessoal do falante. Exemplos:
- You must talk to him right now. (Você deve falar com ele imediatamente./ É a minha
opinião pessoal.)
- She must learn the procedures as soon as possible. (Ela deve aprender os procedimentos
o mais rápido possível. / É o que eu acho melhor para ela.)

• HAVE TO – também significa TER OBRIGAÇÃO DE, DEVER, mas quando o


usamos, expressamos fatos, e não opiniões pessoais do falante. Exemplos:
- She has to go to the doctor. (Ela deve ir ao médico. / Se não fizer isso ela vai piorar.)
- They have to pay the bill. ( Eles têm de pagar a conta. / Caso contrário, serão punidos.)

• SHOULD – verbo auxiliar que indica uma opinião pessoal do falante. É usado para
dar conselhos e avisos. Seria o correspondente à DEVERIA. Exemplos:
- You should pay more attention to the teacher. (Você deveria prestar mais atenção ao
professor.)
- She should apply for that job. ( Ela deveria se candidatar àquele emprego.)
- They should arrive earlier. (Eles deveriam chegar mais cedo.)

27
• WOULD – é um verbo auxiliar que expressa uma CONDIÇÃO para fazer algo.
Exemplos:
- I would buy that computer if I had all the money. (Eu compraria aquele computador se
eu tivesse todo o dinheiro.)
- He would install the appliance if she had the tools for it. ( Ela instalaria o aparelho se
ela tivesse as ferramentas para tal.)
- We would sign the contract if we knew all the conditions. Nós assinmaríamos o
contrato se soubéssemos a respeito de todas as suas condições.)

• NEED – é verbo auxiliar que significa PRECISAR, TER A NECESSIDADE DE.


Exemplos:
- You need to read all the manual before using the machine. (Você precisa ler todo o
manual antes de usar a máquina.)
- She needs to study more. (Ela precisa estudar mais.)
- I need to get to the office before six. (Eu preciso chegar ao escritório antes das seis.)

• MAY / MIGHT – são também verbos auxiliares que indicam a POSSIBILIDADE


de algo estar acontecendo ou ainda acontecer. Exemplos:
- I don’t know where my book is. I may / might have left it at home. (Eu não sei aonde
está o meu livro. Posso tê-lo esquecido em casa.)
- That story may / might be true. (Aquela estória pode ser / talvez seja verdadeira.)
- He may / might lend me some money. (Talvez ele possa me emprestar algum dinheiro.)

- XXXI – VOZ PASSIVA:

Vamos primeiro lembrar o que é voz passiva em Português. Observemos os exemplos


abaixo:
- A companhia ajuda todos os funcionários. -----> Todos os funcionários são ajudados
pela companhia.
- O técnico instalou os cabos. -----> Os cabos foram instalados pelo técnico.
- Bill comprará um computador. -----> Um computador será comprado por Bill.
- Melissa está comprando um carro novo. -----> Um carro novo está sendo comprado por
Melissa.
- Aqueles engenheiros terminaram o projeto. -----> O projeto foi terminado por aqueles
engenheiros.

Como podemos ver, as frases do lado esquerdo estão na voz ativa e as do lado direito estão
na voz passiva. O que acontece quando transformamos uma frase da voz ativa para a voz
passiva? O sujeito da voz ativa passa a ser o agente da voz passiva, e esse agente sempre

28
vem precedido pela preposição por, pelo ou pela ( que em inglês é BY). O objeto da voz
ativa passa a ser o sujeito da voz passiva. E o verbo? Como pudemos observar, na voz
passiva eu tenho sempre que usar o verbo SER acompanhando o verbo que aparece na voz
ativa. O verbo SER virá no mesmo tempo verbal do outro verbo que aparece na voz ativa, e
esse verbo passará então para a forma de particípio passado.
Observemos então como ficariam as passagens da voz ativa para a passiva das frases acima
em inglês:
- The company helps all the employees. -----> All the employees are helped by the
company.
- The technician installed the cables. -----> The cables were installed by the technician.
- Bill will buy a computer. -----> A computer will be bought by Bill.
- Melissa is buying a new car. -----> A new car is being bought by Melissa.
- Those engineers have finished the project. -----> The project has been finished by those
engineers.

- XXXII – PRINCIPAIS PREPOSIÇÕES:

Não existem regras fixas para estudarmos preposições em língua inglesa. É, com certeza,
um dos pontos gramaticais mais complexos no idioma, e só por meio do uso constante da
língua é que sabemos qual a preposição a ser utilizada de forma correta. Quando há
dúvidas, o melhor é consultar um bom dicionário que contenha exemplos para seus
verbetes. No entanto, algumas preposições implicam sempre em certas noções fixas.
Observemos algumas delas:
- ABOVE – Significa ACIMA.
- AFTER – Tem o significado de ABAIXO.
- AMONG – Significa ENTRE quando falamos de algo que está entre mais de duas
coisas ou pessoas.
- BESIDE – Significa AO LADO (DE).
- BEFORE – Significa ANTES (DE).
- BELOW – Significa ABAIXO.
- BETWEEN – É ENTRE (duas coisas ou duas pessoas).
- DOWN – Tem geralmente significado de EM BAIXO, PARA BAIXO.
- IN- Geralmente significa DENTRO DE, NO INTERIOR DE
- INTO – Sempre implica a noção de MOVIMENTO PARA DENTRO, PARA O
INTERIOR DE ALGO
- OUT (OF) – Dá sempre a idéia de MOVIMENTO PARA FORA, PARA A PARTE
EXTERNA DE
- ON – Geralmente dá idéia de EM CIMA DE quando está tocando a superfície de algo
- ONTO – Tem o mesmo significado de ON
- OVER – Significa EM CIMA DE quando não se toca a superfície de algo.
- UNDER – Significa EMBAIXO (DE)
- UP – Sempre dá a noção de algo que está em um nível ou posição ACIMA do normal

29
- XXXIII – LISTA DE PALAVRAS E EXPRESSÕES IMPORTANTES PARA A
COMPREENSÃO DE TEXTOS:

- Able – capaz de, com habilidade para; - Ability – capacidade, habilidade


- Above – acima, em cima (de), sobre
- About – sobre, a respeito de, a cerca de
- Across –através de
- After –após, depois
- Again – novamente, de novo
- Against – contra, de maneira adversa a
- All – todo(s), toda(s)
- Almost – quase
- Already – já
- Although – embora, apesar de
- Also – também (no meio de frases)
- Always – sempre
- Among – entre (mais de duas coisas ou pessoas, no meio de mais de duas coisas ou
pessoas)
- Another – uma outra, um outro
- Any – algum, alguma, alguns, algumas ( só usado em frases negativas e interrogativas)
- Apply - aplicar
- Arising from – advindos de, vindos de
- Around – ao redor de
- As to – no que se refere a, no referente a
- As well as – assim como também
- Available – disponível; - Availability – disponibilidade
- Average - média
- Away – fora, longe de
- Because – porque (usado em frases afirmativas)
- Because of – devido ao fato de, por causa de
- Before – antes de
- Beside - ao lado de
- Besides – além disso
- Between – entre (duas coisas ou pessoas)
- Booklet – manual, livreto
- Both – ambos(as)
- Braid – entrançamento, malha
- Bring – trazer
- Buried – enterrado no solo
- But – mas, porém, todavia
- Button – botão, tecla
- Cabinet – gabinete, compartimento para guardar algo

30
- Change – mudar
- Comprising – compreendendo, abrangendo, incluindo
- Compromise – convênio, acordo, abrangência, ou o verbo comprometer, harmonizar
- Cool – verbo esfriar
- Crew - equipe
- Dark – escuro, escura
- Data – dados
- Datum – dado
- Despite – apesar de
- Develop – desenvolver
- Device – dispositivo, aparelho
- Due to – devido a
- Due to the fact that – devido ao fato de que
- Each – cada
- e.g. – por exemplo
- Either – um ou outro, qualquer dos dois, também (em frases negativas)
- Either ... or – ou um outro, tanto um quanto o outro
- Else – outro(a)
- Employ - empregar
- Enable – tornar capaz de, habilitar, possibilitar
- Enhance – acrescentar, melhorar, realçar, aumentar o valor
- Enough – suficiente, bastante
- Even – mesmo, até mesmo
- Even though – mesmo se
- Every – cada, todo
- Facility – facilidade, habilidade, destreza, prontidão, credulidade
- Far- longe
- Farther- mais longe
- Few – poucos, poucas
- A few – alguns, algumas
- First – primeiro(a)
- For instance – por exemplo
- Former – precedente, anterior, antigo
- Forth – adiante
- From ... to – de ... até
- Full – cheio
- Further – adicional, mais
- Get – obter
- Get ahead of – ultrapassar
- Get along with – se dar bem com, ser compatível com
- Get into - entrar
- Get off – sair de um meio de transporte
- Half – meio, metade

31
- Hard – duro, severo
- Heat – verbo aquecer, esquentar
- Hence – desde já, daí, portanto
- How –como
- However – entretanto
- i.e. – isto é
- If – se
- Include – pode ser o verbo incluir, compreender, abranger, conter
- In spite of – apesar de
- Instead – em vez de, ao invés de
- Indeed – mesmo (deveras)
- In order to – com o propósito / finalidade de, para
- Input - entrada
- In the past – antigamente, no passado
- (In) this way – desta forma, deste modo
- Just – exatamente
- Key – chave, tecla
- Kind – tipo, espécie
- Left – esquerda
- Light – luz ou o adjetivo leve
- Link - conexão
- Look at – olhar para
- Look after – cuidar de
- Look for – procurar algo
- Look into – investigar
- Look over – checar
- Look something up – procurar alguma palavra ou outro dado em um livro
- Many – muitos(as). Usado para coisas contáveis.
- Matter – assunto, matéria
- Media - meios
- Medium - meio
- Moreover – demais, demais a mais, além disso
- Most of – a maioria de, a maior parte de
- Much – muitos(as).Usado para coisas incontáveis.
- Neither ... nor – nem um, nem outro
- Never –nunca
- Next –seguinte, próximo(a)
- None – nenhum(a)
- Nonetheless – todavia, entretanto
- Nor – nem
- Nothing – nada
- Now – agora
- Nowadays – atualmente, no momento presente

32
- Off – fora distante de
- Often – frequentemente
- Once – uma vez
- Only – somente
- Onto – sobre, em cima de
- On the other hand – por outro lado
- Other – outro(a)
- Other than – diferente de
- Output - saída
- Over – sobre, em cima de (sem tocar superfície)
- Over long distances – ao longo de longas distâncias
- Plant – planta, instalação, aparelhagem, maquinaria, fábrica, usina
- Plenty of – muito(a)
- Plug – ligar à eletricidade
- Print – imprimir
- Purpose – propósito, razão, objetivo
- Quite – completamente
- Random – ao acaso, aleatório
- Range – pode ser o verbo variar, ou o substantivo variação
- Rate – taxa
- Rather – um tanto
- Ready – pronto(a)
- Reliable – confiável; - Reliability - confiabilidade
- Right –lado direito, correto(a), certo(a)
- Ring - anel
- Run – verbo correr, ou ainda lançar cabos
- Same – mesmo(a), mesmos(as)
- Screen – pode ser a tela de um computador ou TV, ou ainda o verbo proteger, blindar
- Seldom – raramente
- Send – verbo enviar
- Set up – configurar, iniciar, definir, ou começar um tipo de aplicação ou sistema
- Since – desde
- So, and so – então, assim sendo, portanto, por conseguinte
- Some –algum, alguma, alguns, algumas. Usado em frases afirmativas.
- Somehow –de algum modo, de alguma maneira
- Sometimes – às vezes
- Spool – carretel, bobina
- Spread – verbo espalhar
- Strength – força, potência
- Suitable – apropriado, adequado
- Subscribe – verbo subscrever, assinar, aceitar
- Subscriber –assinante, usuário; - Subscription - assinatura
- Such – tal
- Such as – tal qual, tal como

33
- Sure – seguro, com certeza, certo
- Switch – pode ser o verbo trocar, mudar; comutar ou ainda significa chave de
ligação ou interruptor
- Switching – comutação
- Take – pegar
- Take something from – tirar algo de
- Take something apart – desmontar algo
- Take something into account – Levar algo em conta, considerar algo
- Take something over – assumir controle, tomar conta de
- Take something up – começar algo
- Telephone exchange – central telefônica
- That is – isto é
- Then – então, aí
- Therefore – por isso, portanto, em conseqüência
- Thing – coisa
- This way – deste modo, desta forma
- Though – ainda que, embora
- Through – através de
- Thus – assim, assim sendo, desta forma
- Till – até ( para se referir a horas)
- Type – tipo
- Together – juntamente, junto(a), juntos(as)
- Too – também. Usado em final de frases.
- Toward(s) – em direção a
- Trunk - tronco
- True – verdadeiro(a)
- Turn – virar
- Twist – torcer, entrançar
- Unable – incapaz (de), sem capacidade (para)
- Under – sob, em baixo de
- Under no circunstances – em nenhuma circunstância
- Unless – a não ser que, a menos que
- Until – até (para horas e momentos)
- Up – para cima
- Up to – até (para horas e distâncias)
- Upon – sobre, em cima de
- Utility – utilidade, vantagem, proveito, serviços públicos (companhia telefônica, poe
exemplo)
- Very – muito
- Virtually – praticamente
- Warm up - aquecimento
- What – (o) que, qual, quais
- Whatever – qualquer coisa que

34
- When – quando
- Whenever – quando quer que
- Where – onde, em que lugar
- Wherever – onde quer que
- Whether – se
- Which – qual (em escolhas com opções delimitadas)
- While – enquanto
- Whilst – enquanto, por enquanto
- Window - janela
- With – com
- Within – no interior de, dentro de
- Without – sem, com ausência de
- Who – quem, que
- Whose – de quem, cujo, cuja, cujos, cujas
- Why – por que?, por quê?
- Wrong – errado(a)

35