Anda di halaman 1dari 5

Superior Tribunal de Justiça

RECURSO ESPECIAL Nº 83.543 - PR (1995/0068236-2)

RELATORA : MINISTRA LAURITA VAZ


RECORRENTE : UNIÃO
RECORRIDO : JEANNE MATHILDE ESQUIER DALCANALE E OUTROS
ADVOGADO : JOSÉ LUIZ DE LACERDA
EMENTA

PROCESSUAL CIVIL. RECURSO ESPECIAL. AÇÃO


RESCISÓRIA. VALOR DA CAUSA. AÇÃO QUE DEU ORIGEM AO
JULGADO RESCINDENDO. EQUIVALÊNCIA. CORREÇÃO
MONETÁRIA.
1. Consoante entendimento pacífico desta Corte e do Supremo
Tribunal Federal, o valor da causa, nas ações rescisórias, deve ser o mesmo
atribuído à ação em que foi proferido o julgamento rescindendo, atualizado
monetariamente.
2. Recurso especial conhecido e provido.

ACÓRDÃO

Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os Ministros da Segunda


Turma do Superior Tribunal de Justiça, na conformidade dos votos e das notas taquigráficas a
seguir, por unanimidade, conhecer do recurso e lhe dar provimento, nos termos do voto da
Ministra Relatora. Votaram com a Relatora os Ministros Paulo Medina, Eliana Calmon e
Franciulli Netto.
Impedido o Ministro Francisco Peçanha Martins.
Brasília (DF), 03 de setembro de 2002 (data do julgamento).

MINISTRA ELIANA CALMON


Presidente

MINISTRA LAURITA VAZ


Relatora

Documento: 370195 - Inteiro Teor do Acórdão - Site certificado - DJ: 07/10/2002 Página 1 de 5
Superior Tribunal de Justiça
RECURSO ESPECIAL Nº 83.543 - PR (1995/0068236-2)

RELATÓRIO

EXMA. SRA. MINISTRA LAURITA VAZ (RELATORA):


Trata-se de recurso especial interposto pela UNIÃO, com fundamento nas
alíneas a e c do permissivo constitucional, em face de acórdão do Tribunal Regional Federal
da 4ª Região assim ementado, in verbis :
"AÇÃO RESCISÓRIA. VALOR DA CAUSA.
Na omissão do Regimento Interno quanto a suas atribuições
singulares, pode o Relator trazer ao julgamento do colegiado, desde logo, o
incidente de impugnação ao valor da causa.
Se o valor da pretensão rescisória equivale ao conteúdo econômico
do acórdão rescindendo na data do ajuizamento da ação, é procedente a
impugnação que faz prevalecê-lo em prejuízo de outro, aleatório e sem
relação com os valores já encontrados na liquidação que se realiza
paralelamente.
Impugnação julgada procedente." (fl. 20)

Sustenta violação aos arts. 258 e 261 do Código de Processo Civil, bem como
dissenso pretoriano, afirmando que o valor da causa, nas ações rescisórias, deve ser o mesmo
atribuído à ação cujo julgamento se pretende rescindir, monetariamente atualizado.
Oferecidas contra-razões e admitido o recurso na origem, ascenderam os autos
a esta Corte.
A Douta Subprocuradoria-Geral da República opina pelo provimento do
recurso, em parecer que guarda a seguinte ementa, in verbis :
"1. Processual Civil. Ação Rescisória. Impugnação ao Valor da
Causa. Recurso Especial.
2. Nas ações rescisórias, o valor da causa é aquele atribuído à ação
anterior, cujo aresto se pretende rescindir, atualizado, desde a sua
propositura, monetariamente.
3. Recurso, em parte, conhecido e provido." (fl. 66)

É o relatório.

Documento: 370195 - Inteiro Teor do Acórdão - Site certificado - DJ: 07/10/2002 Página 2 de 5
Superior Tribunal de Justiça
RECURSO ESPECIAL Nº 83.543 - PR (1995/0068236-2)

EMENTA

PROCESSUAL CIVIL. RECURSO ESPECIAL. AÇÃO RESCISÓRIA. VALOR


DA CAUSA. AÇÃO QUE DEU ORIGEM AO JULGADO RESCINDENDO.
EQUIVALÊNCIA. CORREÇÃO MONETÁRIA.
1. Consoante entendimento pacífico desta Corte e do Supremo Tribunal Federal, o
valor da causa, nas ações rescisórias, deve ser o mesmo atribuído à ação em que foi proferido o
julgamento rescindendo, atualizado monetariamente.
2. Recurso especial conhecido e provido.

VOTO

EXMA. SRA. MINISTRA LAURITA VAZ (RELATORA):


A insurgência merece acolhida.
Consoante entendimento pacífico desta Corte e do Supremo Tribunal Federal,
o valor da causa, nas ações rescisórias, deve ser o mesmo atribuído à ação em que foi
proferido o julgamento rescindendo, atualizado monetariamente.
Nesse sentido:
"PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. ART. 485, V, CPC.
INEXISTÊNCIA. IMPUGNAÇÃO AO VALOR DA CAUSA. FIXAÇÃO.
omissis
5. A jurisprudência é uníssona em reconhecer que, nas ações
rescisórias, o valor da causa há que ser o mesmo da ação principal, corrigido
monetariamente (STF, Pleno, RTJ 144/157 e RT 189/45; RTFR 102/13, RT
568/146, RJTJESP 90/342 e 102/376; AR nº 568/SP, 1ª Seção, DJ de
17/12/1999; AgReg na Petição nº 08/RJ, 1ª Seção, DJ de 10/10/1989; REsp nº
8482/SP, 3ª Turma, DJ de 27/05/1991).
6. Pedido rescisório improcedente. Agravo regimental prejudicado.
Impugnação ao valor da causa parcialmente provida, para que o valor dado à
causa seja o mesmo da ação principal, corrigido monetariamente." (AR
818/AM, Primeira Seção, rel. Min. JOSÉ DELGADO, DJ de 24/09/2001.)

"AÇÃO RESCISÓRIA. VALOR DA CAUSA. EM REGRA, O VALOR


DA CAUSA, NA RESCISÓRIA, É O MESMO DA AÇÃO PRINCIPAL
ATUALIZADO MONETARIAMENTE.
Embargos, acolhidos, parcialmente." (EDCl na AR 1.365/SC,
Terceira Seção, Min. JOSÉ ARNALDO DA FONSECA, DJ de 22/10/2001.)

"PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO RESCISÓRIA. DESCONSTITUIÇÃO


DE DECISÃO PROFERIDA EM AÇÃO CONSIGNATÓRIA. VALOR DA
CAUSA EMPRESTADO DA LIDE OBJETO DO PEDIDO RESCINDENDO,
PORÉM ATUALIZADAMENTE.
I. O valor da causa na ação rescisória é o mesmo atribuído à ação
onde foi proferida a decisão rescindenda, monetariamente corrigido, eis que a
atualização nada mais representa do que a recomposição da expressão
Documento: 370195 - Inteiro Teor do Acórdão - Site certificado - DJ: 07/10/2002 Página 3 de 5
Superior Tribunal de Justiça
econômica da moeda corroída pela inflação e, por conseguinte, também da
lide em discussão.
II. Precedentes do STJ.
III. Recursos especiais conhecidos e providos." (REsp 57.552/MS,
Quarta Turma, rel. Min. ALDIR PASSARINHO JUNIOR, DJ de 15/04/2002.)

Ante o exposto, com base nos precedentes citados, conheço do recurso especial
e dou-lhe provimento, fixando como valor da causa aquele atribuído à ação que deu origem
ao julgamento rescindendo, com as devidas atualizações monetárias.
É o voto.

MINISTRA LAURITA VAZ


Relatora

Documento: 370195 - Inteiro Teor do Acórdão - Site certificado - DJ: 07/10/2002 Página 4 de 5
Superior Tribunal de Justiça
CERTIDÃO DE JULGAMENTO
SEGUNDA TURMA

Número Registro: 1995/0068236-2 RESP 83543 / PR

Números Origem: 1126004 9204223120


PAUTA: 03/09/2002 JULGADO: 03/09/2002

Relatora
Exma. Sra. Ministra LAURITA VAZ
Ministro Impedido
Exmo. Sr. Ministro : FRANCISCO PEÇANHA MARTINS

Presidenta da Sessão
Exma. Sra. Ministra ELIANA CALMON
Subprocurador-Geral da República
Exmo. Sr. Dr. MOACIR GUIMARÃES MORAES FILHO
Secretária
Bela. BÁRDIA TUPY VIEIRA FONSECA
AUTUAÇÃO
RECORRENTE : UNIÃO
RECORRIDO : JEANNE MATHILDE ESQUIER DALCANALE E OUTROS
ADVOGADO : JOSÉ LUIZ DE LACERDA
ASSUNTO: AÇÃO - RESCISÓRIA

SUSTENTAÇÃO ORAL
Sustentou oralmente o Dr. Carlos Weber, pelo recorrente.

CERTIDÃO
Certifico que a egrégia SEGUNDA TURMA, ao apreciar o processo em epígrafe na sessão
realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão:
"A Turma, por unanimidade, conheceu do recurso e lhe deu provimento, nos termos do
voto da Sra. Ministra-Relatora."
Os Srs. Ministros Paulo Medina, Eliana Calmon e Franciulli Netto votaram com a Sra.
Ministra Relatora.
Impedido o Sr. Ministro Francisco Peçanha Martins.

O referido é verdade. Dou fé.


Brasília, 03 de setembro de 2002

BÁRDIA TUPY VIEIRA FONSECA


Secretária

Documento: 370195 - Inteiro Teor do Acórdão - Site certificado - DJ: 07/10/2002 Página 5 de 5