Anda di halaman 1dari 4

Gerente de catálogo de serviços

é responsável por produzir e manter o leque de ofertas. Isso inclui responsabilidade


s em três categorias: planejamento e implementação de um catálogo de serviços, gestão dos a
pectos financeiros dessa oferta e desenvolvimento e manutenção das soluções.
Engenheiro de processos de negócios
contribui para reduzir os gastos e trabalhar em operações mais racionalizadas
1º médico porque não me identifico com esta profissão
2º dentista porque não escontro espectativas nesta profição

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO
O Cientista da Computação pode optar por atuar em diversas áreas dentro da computação. Ten
do um forte embasamento matemático, seu raciocínio lógico é desenvolvido ao longo do cur
so, além de se integrar com as principais ferramentas e linguagens de programação. Sen
do um profissional de tecnologia, é indispensável aptidão com novos recursos, e aprend
izagem rápida para absorver as novas técnicas do mercado. Sua versatilidade também pod
e ser focada nas grandes áreas: desenvolvimento, manutenção e gerenciamento de empresa
s de TI.

- O CURSO:
O Ciclo básico do curso de ciência da computação é semelhante ao de engenharia, pois os pr
imeiros 2 anos, o jovem graduando tem carga horária voltada para a matemática. Fato
imporante é que o aluno esteja ciente deste foco inicial do curso, pois muitos des
istem por achar que estão seguindo a profissão errada. Juntamente com a matemática nos
primeiros anos, é dado início no desenvolvimento da programação e processamento de dado
s. Nos anos seguintes, o curso fica voltado na área, abrindo o leque de ramos de a
tividades: banco de dados, redes, servidores, computação gráfica, etc. O curso dura de
4 a 5 anos.

- INFORMAÇÕES BÁSICAS DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO:


Cálculo Integral e diferencial;
Geometria Analítica / Álgebra Linear;
Física Geral;
Introdução Programação
Estrutura de Dados;
Organização / Arquitetura de Computadores;
Sistemas Operacionais;
Redes de Computadores;
Inteligência Artificial;
Linguagens Formais e Autômatos.

- MERCADO DE TRABALHO:
O mercado de trabalho do profissional de Computação é voltado para o comércio e a indústri
a. Ele pode atuar no desenvolvimento de sistemas de computador, na criação e program
ação de microprocessadores, em projetos de software ou hardware, em consultorias na ár
ea tecnológica, na gestão de empresas tecnológicas ou até mesmo em um negócio próprio. Os e
pregos estão, geralmente, em departamentos de informática de empresas públicas e priva
das, que utilizam sistemas computacionais, produzem softwares e computadores, de
consultoria, grupos financeiros, além de universidades e centros de pesquisa. O S
alário médio de um profissional, gera em torno de R$ 2.650

>> "Ciência da computação tem tanto a ver com o computador como a Astronomia com o tel
escópio, a Biologia com o microscópio, ou a Química com os tubos de ensaio. A Ciência não
estuda ferramentas, mas o que fazemos e o que descobrimos com elas." (Edsger Dij
kstra)

_____________________________
Esteja preparado para fazer perguntas. Um entrevistado que apenas ouve e acena c
om a cabeça não será visto com muito bons olhos pelo entrevistador. Terá, certamente, mu
itas dúvidas e questões que gostaria de colocar à pessoa relativamente à empresa para a
qual concorreu e esta é a sua oportunidade! Peça ao entrevistador para lhe explicar q
ual o organigrama da empresa, como é que está o sector neste momento e quais as actu
ais tendências do mesmo, em que projectos é que a empresa se encontra envolvida, o q
ue espera de si e quais são as previsões futuras do departamento que irá integrar? O s
eu interesse genuíno será um bom indicador do profissional empenhado e dedicado que é!

"A confiança que temos em nós mesmos, nos leva a confiar nos outros".

)__________________________________________(

Obra revela erros comuns em currículos e entrevistas de emprego; leia trecho


Posted: 25/08/2010 by Wanderley Monteiro in Profissional
Tags:currículum, empregos, entrevista, erro, gafes, livro 0
Most Popular Content
All | Today | This Week | This Month
COMO RESPONDER ÀS PERGUNTAS MAIS COMUNS EM ENTREVISTAS DE EMPREGO OU ESTÁGIORated 5/
5 (5 Votes)
Acomplia, a pílula milagrosa Rated 5/5 (1 Vote)
Aprendendo a pilotarRated 5/5 (1 Vote)
CREATE YOUR OWN RATINGRate This
da Livraria da Folha
Divulgação
"Devo Dizer a Verdade?" dá cem dicas para conseguir emprego
"Devo Dizer a Verdade? E Outras 99 Perguntas Sobre como Se Sair Bem em Entrevist
as de Emprego" (Panda Books, 2010), do psicólogo Rob Yeung, é um guia completo para
escrever um bom currículo com todas as informações que devem estar presentes e as que são
melhor deixar de fora e como se portar em entrevistas de trabalho.
Separado por perguntas, o livro traz dicas para impressionar mesmo em situações adve
rsas, quando o candidato é muito novo ou velho para a vaga.
- Retire estado civil do currículo e fale baixo nas entrevistas; veja dicas
Há até dicas de linguagem corporal. O autor sugere utilizar as mãos, sem exageros, par
a se expressar e evitar pender os ombros para frente, com uma postura ereta, além
de usar expressões faciais adequadas.
Já falar mentiras não é recomendado e pode gerar demissão no futuro, mas se for realment
e preciso é necessário ensaiar bem, ensina Yeung.
Veja trecho "Devo Dizer a Verdade?" .
*
32 Quais são os maiores erros que os candidatos cometem nos currículos?
Recrutadores também são seres humanos. E, quando se reúnem, gostam de revirar os olhos
de rir de algumas gafes e asneiras que os candidatos cometem ao enviar currículos
. A seguir, os quatro erros que sempre aparecem.
1. Fazer declarações pomposas. Não tem problema nenhum mencionar que possui habilidade
s analíticas, de influência ou quaisquer outras que queira mencionar. Mas afaste-se
da linguagem floreada. Evite a todo custo descrever-se como "automotivador confi
ante" ou "um profissional ambicioso com postura otimista e positiva". Não importa
o quanto você escreva bem, tais colocações não passam de declarações vazias. Tome cuidado c
m o número de adjetivos sem sentido inseridos no currículo, principalmente no parágraf
o referente ao perfil colocado no início. Candidatos fortes demonstram possuir hab
ilidades como essas não por meio de uso de adjetivos, mas dando exemplos breves de
como eles mostraram tais habilidades (ler pergunta 31).
2. Apresentar um currículo com erros de digitação ou gafes semelhantes. Peço desculpas s
e lhe parecer óbvio, mas já vi muitos currículos, até mesmo de nível gerencial ou de profi
ssionais bem-conceituados, que pecam pela falta de atenção aos detalhes. Use um corr
etor de texto, mas tome cuidado, pois os programas de texto nem sempre apanham t
odos os erros gramaticais por exemplo, usar "cinto" quando na verdade queria diz
er "sinto". Uma boa dica é imprimir uma versão, uma vez que a maioria das pessoas co
nsegue visualizar mais erros no papel do que na tela do computador.
3. Deixar de incluir datas de início e desligamento do emprego. Você pode até se senti
r tentado a deixar de fora as datas em que trabalhou com a intenção de tentar disfarça
r um longo período de desemprego, mas infelizmente a maioria dos empregadores perc
ebe truques como esse. Uma tática melhor para o caso seria escrever um currículo fun
cional (ler pergunta 25) e colocar as datas no final.
4. Não incluir detalhes sobre o emprego atual. Talvez você não queira revelar o nome d
a empresa onde trabalha no momento por temer que a informação chegue aos ouvidos do
seu chefe. Infelizmente, os selecionadores vão se debater para tentar definir sua
experiência se não souberem o nome do empregador atual. Talvez tenha razão em não coloca
r detalhes na internet (ler pergunta 17); por experiência própria, no entanto, sei q
ue os selecionadores tomam todo o cuidado para proteger a confidencialidade dos
candidatos, portanto, neste caso, deixar de incluir o nome da empresa onde traba
lha no currículo costuma ser exagero.