Anda di halaman 1dari 5

SERVIDORES(CONTINUAÇÃO)

1.REGIMES.
REGIME ESTATUTÁRIO.

- Tem pluralidade de fontes normativas.


-O servidor é admitido por ato unilateral, através da
nomeação e posse.
-O lugar ocupado pelo servidor chama-se cargo.

REGIME CELETISTA.

-Tem uma única fonte normativa.


-O servidor é admitido por ato bilateral, o contrato.
-O lugar ocupado pelo servidor é chamado de
emprego.

2.CARGO, EMPREGO E FUNÇÃO.

Os cargos podem ser:


-Vitalício= é o que só pode ser perdido em virtude
de sentença judicial com trânsito em julgado.
Pergunta=Pode ser adquirida a vitaliciedade sem a
realização de concurso público?
-Efetivo= é o que gera estabilidade.

-Comissionado= São os titularizados


independentemente de concurso público.

-Isolado ou de carreira= o cargo de carreira admite


progressão funcional, por antiguidade ou
merecimento. O isolado não permite a evolução
profissional.

A função é a atribuição do ocupante do cargo ou


emprego público.
Pergunta= Pode existir função sem cargo ou
emprego?

3. NORMAS CONSTITUCIONAIS.

-Ampla acessibilidade= A EC nº 11/96 flexibilizou a


questão do ingresso dos estrangeiros no serviço
público, através de concurso. A EC nº 19/98 deu
uma maior amplitude, permitindo o ingresso do
estrangeiro para os cargos, empregos e funções
públicas, na forma da lei.

3.1.CRITÉRIOS DISCRIMINATÓRIOS.
-Podem as organizadoras de concurso público
estabelecerem editais com critérios de
discriminação?

-Determinação de altura mínima no edital para


concurso de delegado.
-Função de carcereiro.

4. OBRIGATORIEDADE DE CONCURSO.

O inc. II do art. 37, da CF/88, dispõe que a


investidura em cargo ou emprego público depende
de aprovação prévia em concurso público de provas
ou de provas e títulos, ressalvadas as nomeações
para cargo em comissão declarado em lei de livre
nomeação e exoneração.

5. PROVIMENTOS.

Provimento é o ato pelo qual o servidor público é


investido no exercício do cargo, emprego ou função.

Provimento originário= nomeação.


Provimento derivado= pode ser:
-vertical= promoção.
-horizontal= readaptção.
-reingresso= ocorre das seguintes formas:
-reversão= o servidor aposentado retoma suas
funções por conta da irregularidade da
aposentadoria.
-aproveitamento= diz respeito à disponibilidade do
servidor, cujo cargo foi extinto.
-recondução= o servidor, ao ser nomeado para
outro cargo, não tendo passado no estágio
probatório deste, retorna ao seu antigo cargo.
-reintegração= retorno do servidor ao cargo
anteriormente ocupado por reconhecimento de
invalidação do ato de demissão.

6. GREVE E SINDICALIZAÇÃO.

O direito de greve e sindicalização está disciplinado


no art. 37, inciso VI e VII da CF/88.

7. PROIBIÇÃO DE ACUMULAÇÃO.

É vedado a acumulação remunerada de cargos


públicos, salvo se houver compatibilidade de
horários.
Podem ser acumulados, na função pública, dois
cargos de professor e ainda, um cargo de professor
com outro técnico, ou científico e por último, dois
cargos privativos de médico.

O vereador pode cumular seu antigo cargo como


servidor e seu mandato, desde que haja
compatibilidade de horários.

Os juízes são proibidos de exercer outro cargo ou


função, salvo uma de magistério.

Os membros do MP também não podem exercer


outro cargo ou função, salvo uma de magistério.