Anda di halaman 1dari 28

1

Seminário de Assuntos Contábeis de


P l t
Pelotas
Assunto:Fluxo de Caixa
Palestrante: Lilian Martins

Julho/2010
Objetivo das Demonstrações
2
Contábeis
o objetivo das demonstrações contábeis é
fornecer informações sobre a posição patrimonial e
financeira da entidade (Balanço Patrimonial), sobre
seu desempenho em um determinado período
(Demonstração doResultado) e sobre as
modificações na sua posição financeira
(Demonstração dos Fluxos de Caixa, no Brasil a
partir de 2008))
p
Demonstração do Fluxo de Caixa
3

• 11.638/07
• Instrução CVM 469/08
• CPC 03
Fluxo de Caixa - Objetivo
4

As informações dos fluxos de caixa de


uma entidade são úteis para
proporcionar aos usuários das
demonstrações contábeis uma base para
avaliar a capacidade
p de a entidade
gerar caixa e equivalentes de caixa,
b
bem como suas necessidades
id d ded liquidez.
li id
Fluxo de Caixa - Objetivo
5

Fundamentar as decisões econômicas


que são tomadas pelos usuários exigem
avaliação da capacidade de a
entidade
id d gerar caixai e equivalentes
i l
j1
de caixa,, bem como da época
p e do g
grau
de segurança de geração de tais
recursos
Slide 5

j1 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Alcance
6

A entidade deve elaborar demonstração


dos fluxos de caixa e apresentá
apresentá-la
la como
parte integrante das suas
d
demonstrações contábeis
b i divulgadas
di l d ao
j3
final de cada período.
p
Slide 6

j3 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa X Usuários
7

Os usuários das demonstrações contábeis


se interessam em conhecer como a
entidade gera e usa os recursos de
caixa
i e equivalentes
i l d
de caixa,
i
j2
p
independentemente da natureza das
suas atividades, mesmo que o caixa
seja considerado como produto da
entidade, como é o caso de instituição
financeira.
Slide 7

j2 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Benefícios
8

A demonstração dos fluxos de caixa,


quando usada em conjunto com as
demais demonstrações contábeis,
proporciona informações
f que habilitam
j4
os usuários a avaliar as mudanças
ç nos
ativos líquidos de uma entidade.
Slide 8

j4 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Benefícios
9

Assim como a estrutura financeira da


empresa (inclusive sua liquidez e
solvência) e sua capacidade para alterar
os valores e prazos dos fluxos
f de caixa,
j5
a fim de adaptá-los
p às mudanças
ç nas
circunstâncias e oportunidades.
Slide 9

j5 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Benefícios
10

A demonstração dos fluxos de caixa


também melhora a comparabilidade
dos relatórios de desempenho
operacional
i l para diferentes
f entidades
j6
porque
p q reduz os efeitos decorrentes do
uso de diferentes tratamentos contábeis
para as mesmas transações
t õ e eventos.
t
Slide 10

j6 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Definições
11

- numerário em espécie e depósitos


bancários disponíveis.
disponíveis
- - Equivalentes
q de caixa são
aplicações financeiras de j7curto
prazo
prazo, de alta liquidez,
liquidez que são
prontamente conversíveis em um
montante conhecido de caixa e que
estão sujeitas a um insignificante risco
de mudança de valor.
Slide 11

j7 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Definições
12

Os equivalentes de caixa são mantidos com


a finalidade de atender a compromissos de
caixa de curto prazo e não para investimento
ou outros fins.
fins Para ser considerada
equivalente de caixa, uma aplicação
j8

fi
financeira
i d
deve ter conversibilidade
ibilid d imediata
i di
em um montante conhecido de caixa e estar
sujeita a um insignificante risco de mudança de
valor.
Slide 12

j8 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Definições
13

Fluxos de caixa são as entradas e saídas de


caixa e equivalentes de caixa, ou seja é o
produto final da integração do Contas a
… Receber
R b com o C Contas
t aP Pagar.
j9
Slide 13

j9 jmarcos; 4/1/2009
Fluxo de Caixa - Definições
14

Fluxos de caixa são as entradas e saídas de caixa e


equivalentes de caixa, ou seja é o produto final da
integração do Contas a Receber e a Pagar.

j10

Fonte: (Sá, 1998:10)


Slide 14

j10 jmarcos; 4/1/2009


Fluxo de Caixa - Definições
15

Atividades operacionais são as principais atividades


geradoras de receita da entidade e outras atividades
diferentes das de investimento e de financiamento.
Atividades de investimento são as referentes à aquisição
q ç
e à venda de ativos de longo prazo e de outros
j12
investimentos não incluídos nos equivalentes de caixa.
Atividades de financiamento são aquelas que resultam
em mudanças no tamanho e na composição do capital
próprio e no endividamento da entidade, não
classificadas como atividade operacional.
Slide 15

j12 jmarcos; 4/1/2009


Fluxo de Caixa - Apresentação
16

A demonstração dos fluxos de caixa deve


apresentar os fluxos de caixa de
período classificados por atividades
operacionais,
i i d investimento
de i i e de
d
j14
financiamento.Atividades operacionais
p
são as principais atividades geradoras
d receita.
de it
Slide 16

j14 jmarcos; 4/1/2009