Anda di halaman 1dari 21

Espaço e Forma - Atividades

Page history last edited by PBworks 2 years ago

Atividade 4 - Espaço e Forma

Construção de Imagens

Obedecendo a atividade, após manipular os objetos solicitado


com a ajuda das ferramentas disponíveis, construi a seguinte
imagem com os cubos no espaço quadriculado:

• Banco ( para sentar)


Após a construção da imagem, selecionei a grade isométrica
para representar minha construção. Confesso que atividade foi
se tornando mais complicada a medida que devia representá-la
de diferentes ângulos.

Na grade isométrica minha construção ficou da seguinte


maneira:

Logo em seguida selecionei a grade quadrada para visualização


da imagem de cima:

E por fim, ainda na grade quadrada, faço representação dessa


imagem de lado:
Realmente, não se trata de uma simples tarefa, representar a
imagem de ângulos diferentes nas grades isométrica e
quadrada corretamente, exige do aluno uma observação
especial. Embora muito interessante encontrei dificuldade em
representar o objeto de cima. Devemos fazer um certo esforço
para desenvolver a imagem mental e representá-la de forma
correta neste ângulo. Mas enfim, esta atividade me permitiu
compreender o educando nas suas dificuladades, através da
minha própria vivência.

Para desenvovler essa atividade com meus alunos seria


importante levá-los ao laboratório de informática da escola, e
fazer uso do geoplano virtual para explorar as construções.
Explicaria as etapas da atividade, seu desenvolvimento, e
orientando, conforme solicitada, sempre incentivando a usar a
imaginação e construírem suas imagens.

Com essa atividade pretendo desenvolver neles as habilidades


de observação e percepação espacial ( ver, manipular),
representação ( desenhar, escrever), construção ( fazer,
modificar) e concepação ( criar objetos e formas) neste caso
com o uso do cubo. Também é importante para desenvolver a
noção de ângulos.

A construção de imagens nesta atividade visa


fundamentalmente à expressão da criatividade e ao
estabelecimento das noções de ângulos. Além do aspecto lúdico
essa atividade desperta a imaginação sendo uma excelente
estratégia para o desenvoevimento das habilidades
geométricas.

*****************************************************************
*****************************

Atividade 5

Nome da atividade: Produção de Formas Geográficas

Materiais: Folhas de papel quadriculado, régua, lápis e borracha.


Desenvolvimento: O professor deve distribuir para cada aluno folhas de papel
quadriculado e solicitar aos alunos para que observem o espaço que os rodeia, a sala de
aula, e identificar as formas geométricas que compõem o ambiente, por exemplo, o
quadro, lembra um quadrado, mesas, materiais escolares, etc. Os alunos devem escolher
três objetos que lembrem formas geométricas planas e representá-los no papel
quadriculado.
Após a construção dos alunos, o professor poderá selecionar as diferentes formas
geométricas planas que surgiram e desenhá-las no quadro para que todos observem.
Com as formas geométricas no quadro o professor poderá solicitar aos alunos para a
partir destas imagens construírem outros desenhos.

Por exemplo:

• Figuras no quadro
• Outros desenhos no papel quadriculado que
poderão surgir

Assim que concluírem suas construções, o professor deve promover situações, pode ser
um debate que leve os alunos a expressarem tudo o que compreenderam na atividade, o
que observaram, ressaltar as semelhanças e diferenças entre as imagens, o que acharam
interessante durante o momento da construção, suas dúvidas e dificuldades.

**********************************************************************
*********************

Atividade 6
Conceito de seqüência

Sequência é quando se estabelece uma ordem lógica para alguns


elementos, de forma que cada um ocupe um lugar ou uma posição em um
determinado contexto.Ou seja,é um conjunto ordenado de maneira que
cada elemento fica naturalmante sequenciado,obedecendo uma
sucessão.Podemos compor sequência de figuras,números,objetos,etc.

Exemplo de exercícios com seqüência:

Sequência com números


1) Quais números estão faltando na sequência? E que números são
estes?

2,4,6,8,10,?,14,16,?,20,22,24,?,28 ( 12,18,26) São os números


pares

2) Descubra e continue a seqüências com as seguintes figuras:

........ e assim por diante

*******************************************************************
*****************

Atividade 7 – Espaço e Forma


Na pesquisa realizada compreendi que as características dos objetos que podem ser
medidas, somadas ou subtraídas chamamos de grandezas. As grandezas são por
exemplo: o comprimento, a distância, a altura, a superfície, a capacidade, a massa, a
largura, o tempo, o valor de um objeto, etc.
Os sistemas de medida são estratégias utilizadas para medir as características
de um objeto, ou seja, as grandezas. As ações de medir envolvem comparações,
estimativas e representações dessas grandezas. Essas técnicas possibilitam verificar
quantas vezes a unidade escolhida cabe no que está sendo medido. É preciso lembrar
que medir significa comparar grandezas da mesma espécie e nessa comparação é
escolhida como referencial uma unidade de medida.
As unidades de medidas são instrumentos convencionais que utilizamos para
realizar as medições, por exemplo, existem as não padronizadas, palmo, passo, o pé, e
as padronizadas, o metro, o quilograma, o litro, etc.

Vejamos duas grandezas distintas e suas respectivas unidades de medida:

 Grandeza : Massa
Unidades de medida: Quilograma, grama.
 Grandeza : Tempo
Unidades de medida : Hora, minutos.

**********************************************************************
*************

Espaço e Forma – Atividade 8

Escolha um objeto da sua casa e descreva as grandezas que podem ser medidas
com unidades diferentes. Aproveite para colocar como seria feita essa medição e
para que serviria essa informação.

Observando os diferentes objetos que compõem o ambiente de minha casa, achei


interessante escolher a geladeira pelas diferentes grandezas que comporta.
A geladeira apresenta a grandeza de capacidade, observamos nos diferentes
refrigeradores que encontramos nas casas e nos comércios, a descrição de 380 litros,
340 litros, 240 litros, enfim, devido essa descrição sabemos que sua principal
característica é a de grandeza. Podemos colocar em uma geladeira objetos com diversas
capacidades, litros de refrigerantes, litros de leite, garrafinhas de iogurte com 90 ML,
latinhas de refrigerantes de 120 ML, ou seja, para verificar a capacidade da geladeira
podemos usar distintas unidades de medidas padronizadas como o litro, o ML. Embora
compreendemos que a geladeira é um objeto que apresenta a grandeza de capacidade,
ainda assim colocamos no seu interior enlatados com grandeza de massa, frios, frutas,
que podem ser medidos através de unidades de medidas como o quilograma, a grama.
Outra grandeza que pode ser medida na geladeira é a altura, chamamos de
medida de comprimento, e trata-se de uma importante informação para quem por
exemplo deseja ter uma cozinha modulada, ou seja, sob medida, diante desta
informação, será possível planejar como se quer essa cozinha, qual lado que ficaria
melhor, tamanho, lugar onde a geladeira melhor encaixa. A medida pode ser encontrada
através de unidades de medida como o metro, centímetro, o milímetro. Seria necessário
usar materiais como uma trena, por exemplo, para medir o objeto, posicionar-se de um
dos lados para encontrar a altura certa, ou o palmo se num determinado momento a
pessoa não ter em mãos um instrumento de medida padronizado.
*************************************************************
************

Atividade 9 – Espaço e Forma

Pensando na atividade “Carregando o Caminhão” e nos objetos proponha um


exercício que pode ser resolvido pelo seus alunos. Não esqueça que esse exercício
deve envolver medidas.
Nome da atividade: Aplicando Frações em Medidas de Tempo

Material: Calendário, caderno lápis e borracha.

Desenvolvimento : O professor levará para sala de aula um calendário com os dia


da semana e os meses do ano, colocará no quadro para que todos observem. Em seguida
o professor deverá solicitar aos alunos para que respondam em seu caderno usando as
medidas de tempo para indicar:

 Um mês : ....?.........(30 dias)

 Um dia : ......?........ (24 horas)

 Uma semana:....?......(7 dias)

 Uma hora: .....?....... (60 minutos)

 Uma quinzena: ......?....(15 dias)


 Um trimestre:.....?.....(3 meses)

 Um bimestre:.....?.....(2 meses)

 Um ano:.....?......(12 meses)

Após essas informações, o professor poderá entregar para cada aluno uma folha de
oficio solicitando que represente em forma de fração as seguintes questões:

a) Uma quinzena corresponde a do mês; (1/2)

b) Um dia corresponde a da semana; (1/7)

c) Um bimestre corresponde a do ano; (2/12)

d) Um trimestre corresponde a do ano; ( 3/12)


e) Um dia corresponde a de mês; (1/30)

f) ... e assim por diante.

**********************************************************************
****************************************************

Atividade 9 - Modificada

Nome da atividade: Medindo e fracionando

Materiais: Fita métrica, caderno, lápis e borracha.

Desenvolvimento: O professor poderá dividir a classe em duplas e utilizando a fita


métrica solicitar aos alunos para que descubram a altura dos colegas, lembrando-os de
que assim estarão trabalhando com sistemas de medidas, nesse caso, medida de
comprimento. Essa atividade deixa a classe muito entusiamada, todos querem descobrir
o quanto medem, quanto mede o colega e, aproveitando a situação, o professor poderá
solicitar aos alunos para estimarem o quanto poderão estar medindo quando tiverem a
idade da "professora", por exemplo.
Após concluírem as medições o professor poderá formar grupos de quatro alunos e
solicitar para que no caderno anotem a medida de cada colega do seu grupo e
representem essa medida em forma de fração.

Grupo 1

Ana Maria - 1 metro e 30 centímetros = 1,30 = 1/30

Yuri - 1 metro e 35 centímetros = 1,35 = 1/35

Marcelo - 1 metro e 40 centímetros = 1,40 = 1/40

micheli - 1 metro e 37 centímetros = 1,37 = 1/37

e assim com os demais grupos...


**********************************************************************
*****************************************************

Atividade 10 - Espaço e Forma

Agora responda a questão: Como desenvolver a noção de fração com os alunos da


série com a qual você trabalha?

Na série com a qual trabalho, 3° ano, introduzir o conceito de fração deve ser feito de
forma cuidadosa e simples, através de situações práticas que possam levar o aluno a
compreender essa linguagem e seu significado.
No cotidiano do aluno sabemos que surgem expressões como “ metade de”, “ um terço
de”, “ é meia hora”, etc. Essas expressões devem ser exploradas sempre que possível
para desenvolver no aluno a noção de fração. É importante a manipulação de materiais
concretos para que o conceito seja melhor assimilado, é fundamental “ficar de olho”
naquilo que o aluno já sabe e se apoiar nesses conhecimentos, pois se torna mais fácil
estabelecer relações entre o que sabem e o conteúdo a ser trabalhado.
Considero necessário neste ciclo explorar apenas idéias associadas as frações, de
acordo com a faixa cognitiva em que se encontram. Fração é uma palavra de origem
latina que significa “ quebrado”. Os números fracionários surgiram em razão de
algumas questões práticas, cuja solução não era possível pela utilização dos números
naturais, como em situações de medição, por exemplo. Daí a necessidade de criar
números que pudessem indicar partes ou pedaços. Usando a história como auxiliar na
explicação do conceito de fração, acho interessante criar situações em que os alunos
possam organizar suas idéias referente a relação parte-todo.

Nessas situações é importante trabalhar com materiais concretos, que o aluno possa
manipular, tais procedimentos são de muito valor, pois são carregados de significado
para os alunos e, permitem à criança desenvolver a confiança em si mesma e em suas
habilidades matemáticas. Por exemplo:

• Buscar na cozinha da escola umas laranjas e lançar a questão: Como poderão todos
comer laranja, se há apenas 6 laranjas para 18 alunos? Ou apenas 6 vão saborear a
fruta?

Com certeza a resposta será a “de que devemos repartir”, aí então é possível pedir para
os alunos fazer “pedaços” de “ um inteiro” e dá-los aos colegas.

• Diante da situação poderia perguntar aos alunos qual seria a forma mais justa de
dividir as laranjas entre a classe?
Espera-se que os alunos sugiram a divisão em partes iguais, cabendo a mesma porção
para cada um.

Após a divisão das laranjas com a turma, o professor poderá representar em forma de
fração no quadro.
São essas e outras situações que permitem que a aprendizagem aconteça de
forma gradual e significativa.