Anda di halaman 1dari 3

c 

  
 

O hidrogénio livre encontra-se na terra em quantidades insignificantes, sendo


despreendido juntamente com outros gases durante as explosões vulcanicas, bem
como nos poços durante a exploração do petróleo, ele é muito abundante no estado
combinado. Isso ve-se pelo facto de ele constituir 1/9 da massa da água, fanzendo
parte de todos os organimos vegeyais e animais, de petróleo, lenhite e hulha, de gases
naturais e duma série de minerais.
O teor do hidrogénio em toda a massa da crosta terrestre, inclusive ar e água, é cerca
de 1%, em percentagem o contéudo do hidrogénio na crosta terrestre é igual 17%.

 
 

 0a indrustria, o hidrogénio obtem-se, principalmente, a partir do gás natural


Esse gás no fundo composto por metano, mistura-se com vapor de água e
oxigénio, ao aquecer mistura dos gases até a 800-900º C na presença de um
catalizador, ocorre a seguinte reacção:

2CH4 + 02 + 2H2 O = 2CO2 + 6H2

Posteriormente separa-se a mistura obtida, o hidrogénio se purifica e se utiliza no


lugar da obtenção, ou se transporta em garrafas de aço sob pressão elevada.

 D libertação do hidroénio a patrir do gás de fornos de coque ou dos gases de


refinação do petróleo é mais um método importante de obtençáo industrial,
este se realiza pela refrigeração profunda, durante a qual todos os gases,
excepto o hidrogéneo, liquescem.

 Pode ser obtido também industrialmente por electrólise da água , mas


apresenta um elevado custo de energia eléctrica.
Esta forma de obtenção só é usada frequêntemente apenas no s países que
possuem enérgia electrica barata e rede ampla das intalações hidroélectricas ( ex:
0oruega).
Durante a electrólise duma substância inicial, se formam o hidrogénio e algum
composto estranho, posteriormente a alta temperatura , a partir do composto
formado obtém-se de novo a substância inicial.

 0os laboratórios, o hidrogénio obtém-se pela electrólise de 0aOH ou KOH ,


são utilizadas as soluções de concentração que corresponde à sua
condutibilidade eléctrica máxima ( 25% para 0aOH e 34% para KOH).

 Outro método laboratórial é de libertação do hidrogénio a partir das soluções


de ácidos sulfúrico ou clorídrico pela acção do zinco sobra estes, essa reacção
fax-se frequêntemente no aparelho de kipp.
* 
 

  
 

O hidrogénio é um gás incolor e inodoro.


D temperatura inferior a -240º C ( a temperatura crítica do hidrogénio) ele
liquesce sob pressão. D temperatura de ebulição do hidrogénio liquido é -252,8ºC
( sob pressão atmosferica normal). Evaporando-se rapidamente este liquido
obtém-se o hidrogénio sólido na forma de cristais trasparentes que fundem a
-259,2 º C.
É o gás mais leve de todos os gases, com o peso 14,5 menor que o do ar.
D massa de 1 l de hidrogénio corresponde 0,09 g.
É muito pouco soluvel em água, mas dissolve-se consideravelmente em alguns
metais ( ex: níquel, paládio, platina).
O hidrogénio devido a sua levesa possui uma velocidade maior de difusão: as suas
moleculas se propagam no meio de outra substância mais rapidamentedo que as
moléculas de todos os gases
Os compostos de hidrogénio com os metais chamam-se hidretos.

D recção usada para detectar os vestigios da humidade e para eliminalos:

CaH2 + 2H2O = 2H2 + Ca(OH)2

Dproximando um fósforo acendido do jacto de hidrogénio que saí dum furo


estreito, o hidrogénio inflama-se e arde com chama pálida, formando a água:

2H2 + O2 = 2H2O

D temperatura de chama do hidrogénio pode atingir uns 2800º C. Resultando


dessa forma a utilização deste na soldura e no corte de metais, na fusão dos metais
dificilmente fusíveis.

Ds baixas temperaturas, o hidrogénio praticamente não reage com oxigénio.


D reacção entre o hidrogénio e oxigénio é uma reacção em cadeia e ocorre
segundo o mecanismo ramificado.

Á altas temperaturas o hidrogénio pode extrair o oxigénio de muitos compostos,


inclusive da maioria de óxidos de matais.
EX.: Reacção em que se deixa passar o hidrogénio acima do óxido incadescente
de cobre, decorrendo a redução do cobre:

CuO + H2 O = Cu + H2 O

Em virtude dessa propriedade o hidrogénio emprega-se na metarlugia para a


redução de certos metais não ferrosos a partir de seus óxidos.

Ele é aplicado também principalmente na indústria quimica para:


Síntese do cloreto de hidrogénio;
Síntese do amoníaco;
Esta ultima síntese é usada para a produção do ácido nitrico e adubos azotados,
para obtenção do álcool metílico e outros compostos orgânicos.
É usado para hidrogénação ( a adição do hidrogénio às moléculas de substâncias
iniciais é fundamento dos processos de hidrogénação) de gorduras, carvão e
petróleo.
0a hidrogénação de carvão e petróleo, os combustíveis de baixa qualidade
transformam-se nos de alta qualidade.

O hidrogénio é utilizado para refrigeração de geradores potentes da corrente


eléctrica.

0o futuro próximo, o hidrogénio encontrará uma aplicação impotante, mas será


mais usado como combustível.
D razão de emprega-lo é condicionada, pelo facto de todos os hidrocarbonetos (
carvão, petróleo, etc) arderem formando substâncias que contaminam a atmosfera,
provocando grandes danos ao meio ambiente, sabe-se que a reacção de combustão do
hidrogénio é a água, que não contamina o meio ambiente, ´inactivo sob ponto de vista
ecológico e a sua formação não conduz à alteração de composição da atmosfera.