Anda di halaman 1dari 34

Estatuto

União Brasileira para a Qualidade


Regional Campo das Vertentes e Zona da Mata

Juiz de fora, MG
15 de agosto de 1998
Registro legal
Este Estatuto está registrado no Cartório de Registro de Títulos,
Documentos e Civil das Pessoas Jurídicas de Juiz de Fora/MG, no
Registro Civil das Pessoas Jurídicas, sob o número 3602 no livro
A6 às folhas 048V/049, datado de 24 de novembro de 1998.

Estatuto da UBQ Regional 2


Índice
 Capítulo I – Denominação, sede, área e duração
Art. 1º
 Capítulo II – Da finalidade e dos objetivos sociais
Arts. 2º e 3º
 Capítulo III – Dos associados, seus direitos e deveres
Art. 4º a 19
 Capítulo IV – Do patrimônio social
Art. 20 a 23
 Capítulo V – Da Assembléia, do Conselho de Administração e do
Conselho Fiscal
Art. 24 a 60
◦ Seção I – Da Assembléia Geral dos Associados
Art. 25 a 34
◦ Subseção I – Da Assembléia Geral Ordinária
Art. 35
◦ Subseção II – Da Assembléia Geral Extraordinária
Art. 36 a 38
◦ Seção II – Do Conselho de Administração
Art. 39 a 53
 Subseção I – Dos suplentes
Art. 54
◦ Seção III – Do Conselho Fiscal
Art. 55 a 60
 Capítulo VI – Das obrigações gerais e transitórias
Art. 61 a 66

Estatuto da UBQ Regional 3


Capítulo I
Denominação, sede, área e
duração

Art. 1º — A União Brasileira para a Qualidade Regional Campo


das Vertentes e Zona da Mata, doravante denominada UBQ
Regional, é uma sociedade civil de pesquisas e prestação de
serviços, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica de
direito privado e sem qualquer discriminação de raça, sexo,
religião e nacionalidade. Rege-se pelo presente Estatuto e pelos
dispositivos legais, tendo:
a) sede e foro na cidade de Juiz de Fora, estado de Minas Gerais;
b) área de atuação para pesquisa e intercâmbio tecnológico
abrangendo todo o território nacional e outros países;
c) área de atuação para prestação de serviços abrangendo os
municípios do estado de Minas Gerais situados nas regiões
Campo das Vertentes e Zona da Mata, em cujas sedes podem
ser criados escritórios de representação;
d) prazo de duração indeterminado e ano social coincidente com
o ano civil.

Estatuto da UBQ Regional 4


Capítulo II
Da finalidade e dos objetivos
sociais

Art. 2º — A UBQ Regional tem por finalidade congregar


organizações públicas e privadas, e qualquer pessoa interessada
na prática da qualidade e produtividade, visando, através de
ações educativas e assistenciais permanentes, capacitá-las
técnica e profissionalmente para implantar, manter, difundir,
desenvolver e implementar a melhoria da qualidade e da
produtividade na produção de bens e prestação de serviços.
Art. 3º — Os principais objetivos da UBQ Regional para o
cumprimento de sua finalidade são os seguintes:
a) promover a difusão cultural, tecnológica e filosófica da
qualidade e da produtividade na produção de bens e na
prestação de serviços;
b) fomentar programas educacionais, no intuito de formar novos
profissionais para as áreas da qualidade e da produtividade, e
aperfeiçoar os existentes por meio de simpósios, literatura,
periódicos e similares sobre o assunto;
c) criar, promover, estimular e desenvolver o interesse pela
filosofia da qualidade e da produtividade e o intercâmbio entre
os associados;
d) atuar junto às entidades públicas, sindicatos, federações e
organizações para a formação e o desenvolvimento de recursos
humanos, no sentido de cooperarem para o crescimento da
filosofia da qualidade e da produtividade;

Estatuto da UBQ Regional 5


Capítulo II
Da finalidade e dos objetivos
sociais

e) proporcionar suporte técnico aos associados, visando a


implementação de sistemas de gestão pela qualidade e
produtividade em geral e sua manutenção;
f) manter intercâmbio com entidades cujos objetivos tenham
afinidade com os da UBQ Regional;
g) promover cursos, seminários, simpósios e congressos
relacionados com a qualidade e a produtividade, incentivando a
participação de associados e de outros interessados;
h) respeitar e fazer respeitar os princípios éticos entre seus
associados.

Estatuto da UBQ Regional 6


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

Art. 4º — A UBQ Regional tem número ilimitado de associados.


Art. 5º — Pode associar-se à UBQ Regional qualquer pessoa,
física ou jurídica que tenha como proponente um associado em
pleno gozo de seus direitos.
Parágrafo único – Nos casos especiais, a aprovação da proposta
deve ser feita em reunião do Conselho de Administração.
Art. 6º — São as seguintes as categorias de associados pessoas
físicas ou jurídicas:
a) efetivos pessoa física;
b) efetivos pessoa jurídica;
c) honorários;
d) correspondentes.
Art. 7º — São ―efetivos‖ os associados aprovados de acordo com
o Art. 5º.
Art. 8º — São ―honorários‖ quaisquer pessoas físicas ou
jurídicas que, a critério da Assembléia Geral dos Associados, por
proposição do Conselho de Administração, ouvido o Conselho
Fiscal, tiverem prestado relevantes serviços à UBQ Regional ou à
filosofia da qualidade e da produtividade, podendo não lhes
caber qualquer contribuição obrigatória.

Estatuto da UBQ Regional 7


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

Art. 9º — São correspondentes, as pessoas físicas e jurídicas de


outros estados do Brasil, ou do exterior, que se interessam pela
qualidade e pela produtividade e com as quais seja oportuno a
UBQ Regional manter contatos e intercâmbio.
Art. 10 — A tabela de contribuição das diferentes categorias de
associados deve ser proposta em valor a ser definido pelo
Conselho de Administração, o qual deve ser votado e aprovado
antes do início de cada ano civil.
Art. 11 — Os associados têm responsabilidade limitada e restrita
ao pagamento das respectivas contribuições, não respondendo a
nenhum modo, individual, solidária e subsidiariamente, por
qualquer outra obrigação social.
Art. 12 — O associado tem os seguintes direitos:
a) freqüentar as instalações da sede;
b) participar das assembléias gerais propondo e discutindo sobre
assuntos de interesse social;
c) participar da programação de pesquisas, intercâmbio,
reuniões, conferências, simpósios, seminários e congressos
contribuindo com trabalhos, teses, observações e estudos;
d) utilizar os serviços profissionais oferecidos pela UBQ Regional;

Estatuto da UBQ Regional 8


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

e) votar e ser votado para a eleição dos cargos sociais, exceto o


―efetivo pessoa jurídica‖, que só poderá fazê-lo através de
representante legalmente habilitado, e o ―correspondente‖;
f) representar a UBQ Regional na qualidade de ―delegado‖ em
eventos relacionados com a qualidade e a produtividade no
estado, no país e no exterior, por indicação do Conselho de
Administração;
g) solicitar licença, cabendo ao Conselho de Administração
examinar o mérito;
h) assinar requerimento de convocação de assembléia geral,
dirigido ao presidente da UBQ Regional, nos termos do presente
estatuto;
i) solicitar exclusão a qualquer tempo;
j) usar e gozar de todos os demais direitos que lhe são
atribuídos pelo presente estatuto.
Parágrafo 1º - O associado pertencente à categoria de
―correspondente‖, ―honorário‖ e ―pessoa jurídica‖ podem votar
em todos os assuntos de interesse social.
Parágrafo 2º - Somente o associado ―efetivo pessoa física‖ pode
candidatar-se aos cargos sociais à disposição da Assembléia
Geral.

Estatuto da UBQ Regional 9


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

Parágrafo 3º - O sócio ―efetivo pessoa jurídica‖ terá direito a um


voto, através de seu representante oficial nas eleições para o
Conselho de Administração e o Conselho Fiscal.
Art. 13 — O associado tem os seguintes deveres:
a) cumprir, fielmente, as disposições estatutárias regimentais ou
regulamentares para categoria a que pertence;
b) pagar a contribuição a ser cobrada dentro das normas
estabelecidas pelo Conselho de Administração;
c) zelar pelos interesses éticos, morais e sociais da UBQ Regional
e difundir sua finalidade e seus objetivos;
d) trabalhar para a difusão e desenvolvimento da filosofia da
qualidade, da produtividade e da mentalidade associativa pela
qual se deve sobrepor o interesse coletivo ao individual;
e) comunicar à UBQ Regional as alterações ocorridas em seu
cadastro como associado, principalmente quanto ao endereço;
f) remunerar a UBQ Regional por serviços incluídos na categoria
de não gratuitos, que lhe forem prestados;
g) efetuar o acerto de suas contas, débitos e créditos, quando,
por qualquer motivo, desligar-se da UBQ Regional.

Estatuto da UBQ Regional 10


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

Art. 14 — O associado que infringir os dispositivos do presente


estatuto e outras normas dele decorrentes é passivo das
seguintes penalidades:
a) advertência por escrito;
b) suspensão por prazo determinado;
c) exclusão.
Parágrafo único – as ditas penalidades devem ser aplicadas pelo
Conselho de Administração, mediante parecer do Conselho
Fiscal, se necessário.
Art. 15 — A exclusão compulsória do associado ocorrerá, a
critério do Conselho de Administração, após ter esgotado o
recurso de advertência por escrito, mediante termo do qual
conste o motivo que tenha determinado, garantindo ao
associado o direito de defesa antes do ato.
Parágrafo 1º – Esse termo deve ser anotado no livro de
matrícula e ao interessado será enviada cópia autenticada pelo
presidente, usando-se para tal fim qualquer processo que
comprove a remessa e seu recebimento.
Parágrafo 2º – O prazo para recurso é de 15 (quinze) dias úteis a
contar da data do recebimento da comunicação pelo punido.

Estatuto da UBQ Regional 11


Capítulo III
Dos associados, seus direitos e
deveres

Art. 16 — Ao associado excluído é reservado o direito de


interpor recurso junto à primeira Assembléia Geral que se
realizar após a sua exclusão.
Art. 17 — São os seguintes os motivos que justificam a exclusão
do associado:
a) faltar reiteradamente ao cumprimento das obrigações
financeiras assumidas com a UBQ Regional, após parecer do
Conselho Fiscal;
b) causar prejuízos éticos, morais e/ou financeiros à UBQ
Regional, ou agir contra seus interesses e seu decoro;
c) comprometer a finalidade, os objetivos, a dignidade e o
prestígio da UBQ Regional.
Parágrafo único – O associado que se enquadrar no dispositivo
da alínea ―a‖ deste artigo, somente pode solicitar reinclusão após
saldar os débitos em atraso.
Art. 18 — O associado em gozo de licença fica desobrigado de
pagar a contribuição até o final do período de licença, perdendo
os demais direitos.
Art. 19 — A reinclusão do ex-associado deve ser apreciada e
decidida conjuntamente, pelo Conselho de Administração e
Conselho Fiscal.

Estatuto da UBQ Regional 12


Capítulo IV
Do patrimônio social

Art. 20 — O patrimônio social da UBQ Regional é constituído dos


seguintes recursos:
a) contribuições regulares dos associados;
b) doações, legados, subvenções e liberalidades concedidas por
associados pertencentes às diversas categorias, ou por entidades
e instituições públicas e privadas;
c) bens móveis e imóveis;
d) rendas com as promoções de cursos, seminários, simpósios,
congressos ou outros serviços prestados, depois de deduzidas as
respectivas despesas;
e) receitas provenientes de receita intelectual própria ou em
parcerias com outras organizações
f) quaisquer outros valores adventícios.
Art. 21 — O custeio das atividades, que constituem os objetivos
da UBQ Regional, deve ser feito com recursos de sua receita
ordinária e/ou extraordinária.
Art. 22 — A receita ordinária deve decorrer das contribuições
regulares dos associados nos termos do Art. 20, alínea ―a‖, do
presente estatuto.
Art. 23 — A receita extraordinária deve decorrer dos
dispositivos das alíneas ―b‖, ―c‖, ―d‖, ―e‖ e ―f‖ do Art. 20 deste
estatuto.

Estatuto da UBQ Regional 13


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 24 — A UBQ Regional exercerá sua ação, por meio da


atuação em colegiados, dos seguintes órgãos:
a) Assembléia Geral dos Associados (AGA);
b) Conselho de Administração (CA);
c) Conselho Fiscal (CF).

Seção I - Da Assembléia Geral dos Associados (AGA)

Art. 25 — A Assembléia Geral dos Associados pode ser ordinária


ou extraordinária e é o órgão máximo e soberano da UBQ
Regional tendo, dentro das limitações legais e do presente
estatuto, poderes para tomar as decisões inerentes ao interesse
social.
Art. 26 — A Assembléia Geral dos Associados é habitualmente
convocada pelo presidente da UBQ Regional, depois de ouvir o
Conselho de Administração.

Estatuto da UBQ Regional 14


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 27 — Na recusa ou impedimento do presidente, podem


convocar Assembléia Geral dos Associados:
a) os diretores administrativo, financeiro, técnico, de serviços e
de comunicação, conjuntamente;
b) 30% (trinta por cento) dos associados quites com suas
contribuições;
c) o Conselho Fiscal, se tiver provas concretas e documentais de
ocorrência de motivos graves e urgentes.
Art. 28 — O instrumento de notificação oficial sobre a realização
de assembléias gerais é o ―Edital de Convocação de Assembléia
Geral‖, expedido pelo Conselho de Administração com
antecedência mínima de 30 (trinta) dias, contendo os dados
informativos necessários.
a) denominação da UBQ Regional;
b) determinação do tipo de assembléia geral (ordinária ou
extraordinária);
c) o dia, a hora e o local da reunião em cada comunicação;
d) a ordem do dia dos trabalhos com as diversas especificações
dos assuntos a serem tratados;
e) a seqüência numérica da convocação;
f) a(s) assinatura(s) do(s) responsável(eis) pela convocação.

Estatuto da UBQ Regional 15


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 29 — Se a convocação for feita nos termos da alínea ―a‖ do


Art. 27 deste estatuto, devem ter as assinaturas dos diretores
citados; se for da alínea ―b‖ do mesmo artigo, devem ter as
assinaturas dos 10 (dez) primeiros associados requerentes; e se
for na alínea ―c‖ do citado artigo, de todos os conselheiros
fiscais.
Art. 30 — O edital de convocação deve ser afixado em seu texto
original no quadro de avisos da sede, podendo ser publicado em
jornal especializado ou de grande circulação, havendo recursos
disponíveis. Cópias desse edital devem ser afixadas nos
escritórios de representação regionais e encaminhadas aos
associados.
Art. 31 — Para a instalação da Assembléia Geral dos Associados,
ordinária ou extraordinária, o ―quorum‖ mínimo, comprovado
pelas assinaturas no ―livro de presença‖, deve ser de:
a) 50% (cinqüenta por cento) do número total de associados,
em primeira convocação;
b) com 20% (vinte por cento) em segunda convocação, 15
(quinze) minutos após a primeira;
c) com qualquer número em terceira e última convocação, 15
(quinze) minutos após a segunda.
Número de indivíduos presentes numa assembléia, necessário
para o funcionamento ou votações na mesma assembléia.

Estatuto da UBQ Regional 16


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 32 — Os trabalhos de uma Assembléia Geral devem ser


presididos pelo presidente da UBQ Regional e secretariados pelo
diretor administrativo, ressalvadas as condições do Art. 34.
Art. 33 — Somente podem ser objeto de decisão ou deliberação
pela Assembléia Geral os assuntos declarados na ordem do dia
do edital de convocação.
Parágrafo 1º – A votação das decisões deve ser sempre em
aberto.
Parágrafo 2º – Todo associado tem direito a um voto, podendo
fazer-se representar por procuração. O associado ―pessoa
jurídica‖, deve delegar poderes a seu representante ou delegado.
Parágrafo 3º – As ocorrências das assembléias gerais devem ser
documentadas em ata pormenorizada, lavrada em livro próprio e
assinada pelos membros componentes da mesa.
Art. 34 — Quando a assembléia geral extraordinária for
convocada de acordo com as alíneas ―b‖ e ―c‖ do Art. 27, os
membros do Conselho de Administração presentes ficam
impedidos de votar nos assuntos constantes do edital. Nesse
caso, a assembléia geral deve escolher um presidente, o
secretário e demais auxiliares para dirigir os trabalhos do
plenário, permanecendo, entretanto, os membros do Conselho
de Administração à disposição da assembléia para prestar os
esclarecimentos julgados necessários.

Estatuto da UBQ Regional 17


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Subseção I - Da Assembléia Geral Ordinária

Art. 35 — Reúne-se a assembléia geral ordinária


obrigatoriamente uma vez por ano, até o dia 31 de março, tendo
as seguintes competências:
a) tomar conhecimento das atividades sociais, por meio do
relatório anual do Conselho de Administração;
b) deliberar sobre a prestação de contas do exercício anterior,
compreendendo o julgamento da escrituração e contas sociais,
acompanhado do parecer do Conselho Fiscal;
c) eleger, reeleger, e, na oportunidade, empossar os membros
do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal, ou destituí-
los;
d) tomar conhecimento dos planos do Conselho de
Administração;
e) tomar conhecimento da política de pesquisa, estudos,
assessoria técnica, consultoria, representação regional e
prestação de serviços de interesse social.

Estatuto da UBQ Regional 18


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Subseção II - Da Assembléia Geral Extraordinária

Art. 36 — A Assembléia Geral Extraordinária deve ser realizada


sempre que necessário, podendo deliberar sobre assunto
relevante de interesse social constante do edital de convocação.
Art. 37 — Cabe exclusivamente à Assembléia Geral
Extraordinária deliberar sobre:
a) reforma do estatuto;
b) alteração dos objetivos e finalidades da UBQ Regional;
c) modificação da forma jurídica;
d) liquidação e extinção da UBQ Regional e a destinação do seu
patrimônio.
Art. 38 — As deliberações ou decisões tomadas sobre o disposto
no Art. 37, letras ―c‖ e ―d‖, do presente estatuto somente são
válidas quando os votos forem pessoal e formalmente expressos
pela maioria simples dos associados presentes, obedecido o
―quorum‖ mínimo estabelecido no Art. 31 letra ―a‖.

Estatuto da UBQ Regional 19


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Seção II - Do Conselho de Administração

Art. 39 — O Conselho de Administração é a diretoria da UBQ


Regional, cabendo-lhe dirigi-la em nome da Assembléia Geral
dos Associados, como órgão responsável pelo exercício das
funções próprias.
Art. 40 — É composto de 11 (onze) membros dos quais 1 (um)
presidente, 5 (cinco) diretores titulares e 5 (cinco) diretores
adjuntos, todos associados, eleitos pelo voto direto da
Assembléia Geral, para exercer os cargos abaixo relacionados e
denominados ―cargos sociais‖:
a) presidente;
b) diretor administrativo;
c) diretor financeiro;
d) diretor técnico;
e) diretor de serviços;
f) diretor de comunicação;
g) diretor administrativo adjunto;
h) diretor financeiro adjunto;
i) diretor técnico adjunto;
j) diretor de serviços adjunto;
l) diretor de comunicação adjunto.

Estatuto da UBQ Regional 20


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Parágrafo único – a critério do Conselho de Administração


poderão ser criados cargos auxiliares, cujos titulares serão
nomeados pelo presidente e demissíveis ―ad nutum‖(*), sem
direito a voto no Conselho de Administração. Ato revogável por
arbítrio de apenas uma das partes envolvidas.
Art. 41 — O período de mandato dos diretores, que compõem o
Conselho de Administração, é de 2 (dois) anos.
Art. 42 — São atribuições do Conselho de Administração:
a) administrar a UBQ Regional, executando as deliberações e
decisões da Assembléia Geral, cumprindo e fazendo cumprir o
presente estatuto;
b) programar e executar dentro dos recursos humanos e
financeiros disponíveis, as atividades pertinentes aos objetivos e
finalidades da UBQ Regional;
c) normatizar e regulamentar, através de resoluções e/ou
portarias, os serviços administrativos, assistenciais, de
assessoramento e representatividade;
d) determinar o depósito do numerário em estabelecimento
bancário a sua escolha;
e) preparar o orçamento anual;
f) decidir quanto à admissão, exclusão e reinclusão de
associados;

(*) Ato revogável por arbítrio de apenas uma das partes envolvidas.

Estatuto da UBQ Regional 21


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

g) decidir sobre a compra e venda de bens móveis e imóveis,


respeitada sempre, quanto aos imóveis, a decisão da Assembléia
Geral;
h) instalar e manter na sede os recursos necessários aos
interesses e utilização dos associados;
i) deliberar sobre a convocação de Assembléia Geral e preparar
sua realização;
j) submeter-se ao Conselho Fiscal previsões para as despesas
extraordinárias;
k) submeter à aprovação da Assembléia Geral, com o parecer do
Conselho Fiscal, o relatório anual do Conselho de Administração;
l) examinar e aprovar os inventários da UBQ Regional, bem
como, os balancetes mensais;
m) aprovar a criação ou extinção de representações regionais;
n) nomear delegados da UBQ Regional para representá-la nos
eventos que têm afinidade com sua finalidade e objetivos;
o) contratar e demitir serviços remunerados de terceiros e
empregados, aprovando propostas ou fixando os vencimentos;
p) delegar poderes mediante procuração pública específica e por
prazo determinado;
q) emitir cheques e documentos de responsabilidade financeira;
r) executar atividades especiais por delegação expressa e votada
na assembléia geral.

Estatuto da UBQ Regional 22


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 43 — O Conselho de Administração deve realizar duas


reuniões mensais, preferencialmente com freqüência quinzenal,
em dia e hora previamente estabelecidos, para decidir sobre os
assuntos de sua competência com a presença mínima de 4
(quatro) diretores, devendo documentar suas decisões ou
resoluções em atas lavradas em livro próprio pelo Diretor
Administrativo ou seu substituto e assinada pelos diretores
presentes.
Art. 44 — O membro do Conselho de Administração que, sem
licença prévia ou sem apresentar justificativa, faltar a três
reuniões consecutivas ou a seis, alternadamente, perde o
mandato.
Art. 45 — O suprimento de qualquer vaga no Conselho de
Administração e no Conselho Fiscal é feito da seguinte forma:
a) convocar o suplente eleito;
b) adotar a forma estatutária prevista na alínea ―b‖ do Art. 49,
alínea ―b‖ do Art. 51, e alínea ―b‖ do Art. 53;
c) convocar Assembléia Geral Extraordinária, se faltarem mais de
12 (doze) meses para o término do mandato do Conselho de
Administração ou Conselho Fiscal.

Estatuto da UBQ Regional 23


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 46 — O Conselho de Administração pode convocar, além


das reuniões ordinárias, reuniões extraordinárias, sempre que a
importância do assunto o justificar.
Art. 47 — Os diretores titulares, além de atuarem em
colegiados, são responsáveis isoladamente, pelo desempenho
das atribuições inerentes aos respectivos cargos, podendo contar
com o empenho dos respectivos diretores suplentes.
Art. 48 — São atribuições do presidente:
a) administrar todas as atividades da UBQ Regional;
b) representar a UBQ Regional judicial e extrajudicialmente;
c) representar a UBQ Regional em atos administrativos e fiscais
ou delegar quem o represente;
d) supervisionar os serviços prestados, tomando as providências
necessárias para sua eficiência, zelando pela disciplina e
moralidade de todos os órgãos;
e) presidir reuniões, assembléias gerais, solenidades promovidas
pela UBQ Regional e assinar com os demais diretores as
respectivas atas;
f) coordenar o funcionamento de todos os órgãos da UBQ
Regional, promovendo reuniões conjuntas com os diretores;
g) assinar com o diretor da respectiva área todos os documentos
relativos UBQ Regional;

Estatuto da UBQ Regional 24


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

h) convocar o diretor para suprir vaga nos termos alínea ―a‖ do


Art. 45, dando-lhe posse no cargo social;
i) contratar empregados para gerenciar e executar os serviços
administrativos da sede;
j) autorizar e assinar com o diretor financeiro os pagamentos das
despesas da UBQ Regional;
k) assinar com o diretor administrativo diplomas, certificados,
correspondências em geral e expedientes de rotina
administrativa;
l) deliberar ―ad referendum‖(*) do Conselho de Administração
sobre qualquer assunto urgente e imprevisto, justificando por
relatório a ser apresentado ao Conselho de Administração na
primeira reunião.
Decisão que deve ser submetida a exame e posterior aprovação
de outrem.
Art. 49 — São atribuições do diretor administrativo:
a) superintender os serviços gerais da administração da UBQ
Regional, assinando com o presidente os expedientes de rotina,
internos e externos;
b) substituir o presidente nas suas ausências e impedimentos e
suprir-lhe a vaga em caso de afastamento superior a 6 (seis)
meses de mandato, de acordo com o estabelecido na alínea ―b‖
do Art. 51;

(*) Decisão que deve ser submetida a exame e posterior aprovação de outrem.

Estatuto da UBQ Regional 25


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

c) secretariar e lavrar as atas do conselho de administração e


das assembléias gerais, salvo quando impedido nos termos do
Art. 35 deste estatuto, assinando-as com os demais diretores;
d) responsabilizar-se pela manutenção em arquivo de todos os
documentos UBQ Regional, livros, papéis, impressos, registros e
materiais pertinentes guardados na sede;
e) assinar com o presidente ou diretor financeiro os documentos
relativos à UBQ Regional referidos na alínea ―j‖ do Art. 48;
f) preparar juntamente com o diretor financeiro todos os
documentos relativos aos empregados para órgãos públicos
sobre encargos sociais mantendo atualizados os registros
pertinentes;
g) redigir o relatório anual para a aprovação do presidente, em
comum acordo com o diretor financeiro, para posterior
aprovação do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal e
da Assembléia Geral;
h) notificar o Conselho de Administração e o Conselho Fiscal
sobre a vacância em seus cargos sociais;
i) colaborar com o diretor financeiro no exercício de suas
atribuições;
j) redigir as convocações para as reuniões e assembléias gerais e
coordenar e controlar toda a correspondência da UBQ Regional.

Estatuto da UBQ Regional 26


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 50 — São atribuições do diretor financeiro:


a) zelar pela guarda e controle do patrimônio social e valores da
UBQ Regional;
b) supervisionar os serviços de tesouraria, do caixa e da
contabilidade;
c) assinar com o presidente quaisquer atos que envolvam
responsabilidade financeira da UBQ Regional ou que se
relacionem com o seu patrimônio;
d) arrecadar as receitas ordinárias e extraordinárias, aplicando-
se de acordo com as disposições do Conselho de Administração;
e) manter o Conselho de Administração e o Conselho Fiscal
informados sobre situação financeira da UBQ Regional, da
tesouraria, do caixa e da contabilidade;
f) mandar processar o pagamento dos empregados e as contas
de despesas da UBQ Regional, ordenando sua liquidação e
preparação dos comprovantes ao caixa, depois de autorizada
pelo presidente;
g) elaborar balancetes mensais e balanços anuais acompanhados
dos demonstrativos da conta de sobras e perdas, com um
suporte contábil legal e adequado para apresentação mensal ao
Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal e para integrar a
documentação para o relatório anual a ser apresentado e
aprovado pela Assembléia Geral, com o parecer do Conselho
Fiscal;

Estatuto da UBQ Regional 27


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

h) preparar o orçamento anual para ser aprovado pelo Conselho


de Administração e Assembléia Geral, bem como o inventário
atualizado do patrimônio social;
i) apresentar ao Conselho de Administração, semestralmente, a
lista dos associados em débito, especificando as quantias e
informando as providências tomadas;
j) propor ao Conselho de Administração os valores a serem
pagos pelos associados para aprovação.
Art. 51 — São atribuições do diretor técnico:
a) assistir o presidente na administração da UBQ Regional e
representá-lo, mediante delegação, em eventos do interesse da
instituição;
b) substituir o diretor administrativo, quando este estiver
substituindo o presidente;
c) substituir o presidente, se for escolhida a alternativa da alínea
―b‖ do Art. 45;
d) desenvolver e coordenar todas as atividades ligadas à
tecnologia da qualidade e produtividade;
e) orientar diretamente ou através de um corpo editorial a
elaboração de trabalhos a serem apresentados em eventos
promovidos pela UBQ Regional ou dos quais venha a participar;
f) promover a produção e edição de materiais técnicos
vinculados à difusão da qualidade e da produtividade;

Estatuto da UBQ Regional 28


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

g) promover, acompanhar e coordenar os associados na


formação e desenvolvimento de grupos de trabalho ligados à
prática efetiva da qualidade e produtividade.
Art. 52 — São atribuições do diretor de serviços:
a) assistir o presidente na administração da UBQ Regional e
representá-lo mediante delegação em eventos do interesse da
instituição;
b) substituir o diretor financeiro em seus impedimentos e
ausências e suprir-lhe a vaga no caso de afastamento superior a
6 (seis) meses de mandato, delegando nesta situação a
coordenação das atividades ao diretor de comunicação;
c) desenvolver e coordenar todas as atividades ligadas à
consultoria em qualidade e produtividade;
d) orientar a análise ou exame da elaboração dos trabalhos
científicos, técnicos e práticos para serem apresentados em
reuniões ou eventos promovidos pela UBQ Regional ou
organizações relacionadas com objetivos da instituição;
e) contratar profissionais de outras especialidades e de áreas
afins que possam subsidiar os associados, com assessoramento
especializado;
f) manter o cadastro de consultores habilitados.

Estatuto da UBQ Regional 29


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Art. 53 — São atribuições do diretor de comunicação:


a) assistir o presidente na administração da UBQ Regional e
representá-lo mediante delegação nos eventos de interesse;
b) substituir o diretor de serviços, quando este estiver
substituindo o diretor financeiro;
c) representar a UBQ Regional em todos os eventos sociais para
os quais tiver sido convidada, por delegação do presidente;
d) desenvolver campanhas promocionais da UBQ Regional junto
às diversas categorias, por meio de atividades sociais,
congraçamento e encontros;
e) manter contato com órgãos de divulgação e de imprensa,
visando promover a UBQ Regional junto à comunidade;
f) efetuar contatos com organizações públicas e privadas, com o
fim de obter benefícios para a UBQ Regional;
g) criar e desenvolver a imagem da UBQ Regional junto aos
associados e ao público em geral.

Subseção I - Dos suplentes


Art. 54 — Os diretores suplentes do Conselho de Administração
devem ser convocados para assumir a posição de titular na
forma da alínea ―a‖ do Art. 45 e/ou prestar apoio contínuo aos
respectivos titulares.

Estatuto da UBQ Regional 30


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

Seção III - Do Conselho Fiscal


Art. 55 — O Conselho Fiscal é o órgão responsável pela defesa
dos patrimônios ético, moral, social e econômico-financeiro da
UBQ Regional, cabendo-lhe exercer, em nome da Assembléia
Geral dos Associados, as funções fiscalizadoras de suas
atividades.
Art. 56 — Deve ser composto por 3 (três) membros, todos
associados, eleitos e empossados no mesmo ato pelo voto direto
da Assembléia Geral, com mandato de 2 (dois) anos, coincidente
com os dos membros do Conselho de Administração.
Art. 57 — São atribuições do Conselho Fiscal:
a) representar diretamente a Assembléia Geral junto ao
Conselho de Administração em todos os seus atos;
b) inspecionar os livros de atas de todos os órgãos da UBQ
Regional, sua escrituração, contabilidade, caixa e toda a
documentação de natureza social, econômica, financeira e
patrimonial;
c) propor ao Conselho de Administração as medidas cabíveis
para sanar quaisquer irregularidades verificadas nos atos
administrativos prejudiciais ao interesse social da UBQ Regional;
d) contratar técnicos ou peritos idôneos para examinar as
contas, registros e documentos de contabilidade, sempre que
essa medida for julgada necessária;

Estatuto da UBQ Regional 31


Capítulo V
Da Assembléia, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal

e) preparar relatórios sobre as auditorias realizadas, notificando


o Conselho de Administração;
f) emitir parecer para a Assembléia Geral quanto às contas
apresentadas no relatório anual do Conselho de Administração;
g) analisar despesas extraordinárias solicitadas pelo Conselho de
Administração;
h) decidir em conjunto com o Conselho de Administração, nos
casos de omissão no presente estatuto;
i) convocar Assembléia Geral Extraordinária, na forma prevista
na alínea ―c‖ do Art. 27 deste estatuto.
Art. 58 — O Conselho Fiscal deve realizar reunião, quando
necessário, na sede da UBQ Regional, em dia e hora
previamente determinados, em caráter ordinário ou
extraordinário, para decidir sobre os assuntos de sua
competência.
Art. 59 — As reuniões do Conselho Fiscal, suas atividades,
decisões ou deliberações devem ser documentadas em atas,
lavradas em livros próprios e subscritas pelos conselheiros
fiscais.
Art. 60 — Qualquer vacância por prazo igual ou superior a 90
(noventa) dias obriga a convocação prevista no Art. 45 deste
estatuto.

Estatuto da UBQ Regional 32


Capítulo VI
Das obrigações gerais e
transitórias

Art. 61 — O presente estatuto deve entrar em vigor logo após a


sua inscrição no registro civil das pessoas jurídicas, consoante o
estabelecido no Art. 18 do Código Civil.
Art. 62 — Com fundamento nos dispositivos deste estatuto,
deve ser elaborado, pelo Conselho de Administração, o
regimento interno, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias.
Art. 63 — Caso necessário, o Conselho de Administração
convocará a Assembléia Geral Extraordinária para rever a
redação deste estatuto, assim como o regimento interno.
Art. 64 — Aplicam-se nos casos omissos, relativo a este
estatuto, as disposições previstas para os casos análogos e as
prescritas na legislação brasileira vigente. O presente estatuto
foi aprovado na Assembléia Geral Extraordinária realizada em 15
de agosto de 1998.
Art. 65 — Os membros da Assembléia Geral, do Conselho de
Administração e do Conselho Fiscal não serão remunerados sob
qualquer forma ou pretexto, no desempenho de suas funções.
Art. 66 — Não poderá ser objeto de deliberação pela Assembléia
Geral qualquer proposta de alteração desse estatuto que
implique em modificar o escopo de atuação ou a finalidade
básica da UBQ Regional, bem como que proponha a restrição do
sufrágio direto para a eleição dos representantes do Conselho de
Administração.

Estatuto da UBQ Regional 33


Estatuto aprovado em Assembleia
Geral Extraordinária

Assinaram a Ata da assembleia os seguintes associados:

Carlos Barroso de Abreu


Christie Carpanez Campos
Helvécio Turola Loque
Hilton Pinheiro Filho
João Antônio Barros do Amaral
João Márcio Queiroga
José Luiz Brandão
Luiz Dircineu Lacerda
Manoel Xavier Rodrigues
Marcelino Gonçalves
Marco Antônio Felício da Silva
Nelson Fonseca Leite
Rejane Hansen
Valdir Dias Pinto Pereira Junior
Wantuil Dionísio Teixeira
William de Freitas Moreira
Wilson de Menezes Cyrill

Juiz de Fora, MG, 15 de agosto de 1998

Estatuto da UBQ Regional 34