Anda di halaman 1dari 5

Classificação dos Seres Vivos

As principais características dos seres vivos e sua divisão nos reinos: animália ou metazoa,
plantae, monera, fungi, protista

Introdução

Todos os seres vivos são formados por células, necessitam de alimento,


precisam respirar, são capazes de se reproduzir e possuem uma composição
química formada por substâncias orgânicas e inorgânicas.

As substâncias orgânicas são produzidas somente por seres vivos. São elas:
proteínas, lipídeos, carboidratos, ácidos nucléicos e vitaminas.

As inorgânicas estão presentes na natureza e podem ser encontradas em


elementos como o solo, rocha, etc. A água e os sais minerais (CA, I, Fé, Na, etc.)
são excelentes exemplos deste tipo de substância.

A água tem destaque na constituição química de todos os seres vivos, ela


representa de 75 a 85% de sua constituição. Ela é indispensável à vida e sua
carência leva a dificuldade e, até mesmo, a impossibilidade do organismo
realizar os transportes necessários ao seu equilíbrio e manutenção.

De acordo com seu tipo de célula, os seres vivos podem ser procariontes (com
membrana celular, citoplasma e nucleóide) ou eucariontes (com membrana
celular, citoplasma e núcleo). São seres procariontes: as bactérias, as algas azuis
ou cianofícias. São eucariontes: os fungos, as plantas e os animais.

Quanto a sua classificação, os seres vivos estão divididos em cinco


reinos:

1. Reino Metazoa ou Animalia : composto por organismos pluricelulares e


heterótrofos (não são capazes de produzir sua própria energia). Fazem parte
deste grupo: animais invertebrados, vertebrados, aves, mamíferos, inclusive o
homem.

2. Reino Metaphyta ou reino Plantae: seres pluricelulares que possuem células


revestidas por uma membrana de celulose e que são autótrofos (capazes de
produzir sua própria energia). Fazem parte deste grupo: vegetais inferiores
(algas verdes, vermelhas ou marrons), vegetais intermediários (ex. samambaia)
e vegetais superiores (plantas).

3. Reino Monera: composto por organismos unicelulares (formados por uma


única célula) e procariontes (células que não possuem um núcleo organizado).
Fazem parte deste reino: as bactérias e algas azuis ou cianobactérias
(antigamente eram consideradas como vegetais inferiores).

4. Reino Fungi: composto por seres eucariontes (núcleo organizado e


individualizado) que podem ser uni ou pluricelulares. Fazem parte deste reino: os
fungos elementares e os fungos superiores (antigamente eles eram classificados
como vegetais inferiores).

5. Reino Protista: formado por seres unicelulares e eucariontes. Estão presentes


neste reino: protozoários (giárdias, amebas, tripanossomas) e algas inferiores ou
eucariontes.

OBSERVAÇÃO: Os vírus não possuem classificação definida, pois passam a


realizar funções vitais somente após invadir a estrutura celular, seqüestrando os
componentes que a célula necessita para formar novos vírus.

Vírus
Ser vivo sub-microscópico (somente visualizado em microscópio eletrônico) e acelular (não é
composto por células) formado por uma ou duas moléculas de ácido nucléico (DNA ou RNA),
envolta por uma capsídeo protéico. Apresenta-se sob diferentes formas: oval, esférica, cilíndrica,
poliédrica ou de bastonete. Por ser incapaz de realizar todas as funções vitais, é sempre um
parasita celular, ou seja, necessita de um animal, planta ou bactéria para multiplicar-se e
desenvolver-se. Ao se reproduzir dentro de uma célula, acaba por lesá-la. Na reprodução,
qualquer modificação no DNA ou no RNA provoca uma mutação, gerando novos tipos de vírus.

Grande parte das doenças infecciosas e parasitárias é causada por vírus, como a Aids , a catapora, a
dengue, a rubéola e o sarampo. A transmissão pode ser feita pelo ar, por contato direto (gotículas de saliva ou
muco,sangue e/ou produtos sanguíneos) e indireto (utensílios, água e alimentos contaminados ou picada de
animais). O tratamento de uma infecção viral geralmente é restrito apenas ao alívio dos sintomas, com o uso de
analgésicos e antitérmicos para diminuir a dor de cabeça e reduzir a febre. Há poucas drogas que podem ser
usadas no combate de uma infecção viral, pois ao destruírem o vírus acabam por destruir também a célula.
Algumas doenças causadas por vírus podem ser prevenidas com vacinas.

A febre é um sintoma comum a todas as infecções virais. Outros sinais característicos presentes na
maioria das infecções são dor de garganta, fadiga, calafrio, dor de cabeça e perda de apetite. Mas grande parte
das doenças apresenta uma sintomatologia própria. Por exemplo, a manifestação de pequenas elevações
eruptivas avermelhadas na pele caracteriza a rubéola e a catapora ou varicela. No sarampo, são comuns
erupções na mucosa bucal e o surgimento de manchas avermelhadas na pele. A inflamação e o inchaço das
glândulas salivares são sintomas específicos da caxumba. Na poliomielite ocorre rigidez da nuca e perturbações
físicas que podem causar paralisia e atrofia de certas partes do corpo. Na febre amarela e na hepatite infecciosa
viral há náuseas e vômitos.
VÍRUS
Doença Parasita Vetor / Ciclo de Vida Profilaxia
Contágio

HIDROFOBIA (Rai Mordida de Doença mortal. O Vacinar anualmente cães e gatos a


animais(cães, vírus penetra pelo partir de 03 meses de idade. Retirada
va) gatos, ferimento da mordida de cães e gatos das ruas pois estes não
morcegos). (se encontra na saliva tem donos e dificilmente serão
do animal), atinge o vacinados.
cérebro, onde se
multiplica causando
danos irreversíveis
aos sistema nervoso.

Gripes e Gotículas de São viroses que A gripe espanhola(começo do século) e


saliva no ar ou atacam as vias asiática(anos 50), são casos de gripes
Resfriados pelas roupas e respiratórias que mataram milhões de pessoas. Em
objetos superiores casos de epidemias devem ser feitas
contaminados. (raramente atingem vacinações em massa como medida
os pulmões). Causam preventiva.
dores de cabeça.

DENGUE Picada do Virose que provoca NÃO HÁ TRATAMENTO NEM VACINA


mosquito febres, dores CONTRA A DENGUE. Único combate é a
musculares e destruição das larvas do mosquito que
hemorragias se desenvolvem em água parada em
Aedes aegipt generalizas podendo pneus velhos, latas e caixas d'água
ser fatal. destampadas.

FEBRE AMARELA Picada do Virose grave que VACINAÇÃO e combates aos focos que
mosquito AEDES entra no corpo com a favorecem o desenvolvimento das
AEGIPT saliva do mosquito. O larvas do mosquito(água parada).
vírus entra no sangue
e vai até o fígado, rins
ou baço causando
erupção na pele,
náuseas e
hemorragias nos
órgãos.

POLIOMIELITE (P Vírus penetram Os vírus chegam ao A vacinação está acabando com essa
pela boca e se sistema nervoso pela doença no mundo inteiro.
aralisia Infantil) reproduzem no corrente sangüínea
intestino. afetando as células
nervosas causando
PARALISIA E ATROFIA
DA MUSCULATURA
geralmente nos
membros inferiores.

CAXUMBA Gotículas de Os vírus atacam VACINAÇÃO é o melhor meio de se


saliva no ar principalmente as evitar a doença.
expelidas pelo glândulas salivares
doente,ou pelas que ficam inchadas.
roupas e objetos Pode haver
contaminados. agravamento da
caxumba se os vírus
atingirem os
testículos, os ovários
ou o cérebro.
AIDS HIV Retrovírus que O HIV ataca o NÃO HÁ VACINA CONTRA A AIDS. O mais
(Vírus tem uma enzima LINFÓCITO T4(general novo tratamento da doença é o
(Síndrome da da especial de divisão). O vírus se COQUETEL TRÍPLICE. Os doentes
Imunodeficiência Imunodeficiência
chamada liga á proteína CD4 medicados obtiveram uma diminuição
Humana)
Adquirida) transcriptase presente no linfócito. em 98,9% da quantidade de HIV no
reversa que organismo. O coquetel é formado por
permite a AZT e 3TC (inibidores da enzima
produção de trascriptase reversa), e uma droga
DNA a partir de conhecida com inibidora da protease.
RNA. O contágio
se dá por
relações sexuais,
transfusões de
sangue e uso de
seringas e
agulhas
compartilhadas.

DOENÇA CONTÁGIO CARACTERÍSTICAS


AIDS Sangue, relação sexual, Causa destruição do sistema imunológico
drogas injetáveis,
placenta.
Catapora Contato direto, saliva e Sintomas: febre, anorexia (falta de apetite), náusea,
(varicela) objetos contaminados. exantema (pintinhas vermelhas), bolas com liquido
claro.

Caxumba Contato direto, saliva e Sintomas: cefaléia (dor de cabeça), calafrios, anorexia,
(parotidite) objetos contaminados. mal-estar, febre, intumescimento das glândulas
parótidas.

Dengue Picada de mosquitos do Sintomas: febre, moleza, dores musculares, cefaléia,


gênero Aedes. náusea, vômito, diarréia.
Febre Picada do mosquito do Sintomas: febre, infecções, cefaléia, vômitos,
Amarela gênero Aedes hemorragia.
Gripe Gotículas de secreção Sintomas: problemas respiratórios, febre, dores no
expelidas pelas vias corpo, cefaléia, anorexia, náusea, vômito.
respiratórias.
Hepatite A e Gotículas de muco, saliva e Sintomas: mal-estar, fraqueza, anorexia, náusea,
E contaminação fecal de dores abdominais, urina escura, pele amarelada.
água e objetos.
Herpes Tipo um por contato direto Causa infecções e lesões na pele e infecções internas.
e tipo dois por contato
sexual.
Poliomielite transmissão fecal- Provoca paralisia muscular nos casos mais graves.
oral,objetos contaminados
por fezes.
Raiva Saliva de animais Ataca primeiro o sistema nervoso periférico e progride
(hidrofobia) infectados. ata atingir o sistema nervoso central; não há cura.
Rubéola Contato direto e saliva Sintomas: exantema, febre, mal-estar, conjuntivite.
Sarampo Contato direto e objetos Sintomas: febre tosse seca, conjuntivite, fotofobia,
contaminados. exantema.
Varíola Contato direto e objetos Sintomas: exantema, febre alta e pápulas com pus
contaminados.