Anda di halaman 1dari 15

Soluções Tampão

● São soluções em que são capazes de atenuar a variação do valor de seu


pH, resistindo à adição, dentro de limites, de reagentes ácidos ou alcalinos.

● Sistemas de dois componentes cujo pH varia muito pouco ao se adicionar


ácido ou base.
Os dois componentes não podem se neutralizar mas devem neutralizar
ácidos e bases fortes.
-Um ácido fraco e sua base conjugada.
- Uma base fraca e seu ácido conjugado.

● Ao mencionarmos os conceitos de "ácido e base", estamos nos


referindo a definição de Brönsted-Lowry (1923), a qual diz que "ácido é
uma substância que libera prótons (um doador de prótons) e uma base é
uma substância que se combina com os prótons (um receptor de
prótons)".
Soluções Tampão

• Considere [CH3CO2H] = [CH3CO2-] em solução.

[H3O+] [CH3CO2-]
Ka= = 1,8 x 10-5
[C3CO2H]
[CH3CO2-]
[H3O+] = Ka = 1,8 x 10-5
[C3CO2H]

pH = -log[H3O+] = -logKa = -log(1,8 x 10-5) = 4,74


Equilíbrio ácido - base: solução tampão

HCl HCl
0,1 molL-1 0,1 molL-1 Solução NH4Cl → NH4+ + Cl-
Água tampão
pura NH3 e NH3 + H2O ↔ NH4+ + OH-
NH4Cl Observação:
Adição de H+: aumenta a [NH4+]
Adição de OH-: aumenta a [NH3]
HCl 0,1 mol L-1 adicionados

Espécies 1mL de HCl 5 mL de HCl 20 mL de HCl 50 mL de HCl 100mL de HCl


[NH4+] 0,2003 0,2015 0,2060 0,2150 0,2300
[NH3] 0,1797 0,1785 0,1740 0,1650 0,1500
[H3O+] 6,269 x 10-10 6,375 x 10-10 6,785 x 10-10 7,688 x 10-10 9,477 x 10-10
[OH-] 1,598 x 10-5 1,594 x 10-5 1,533 x 10-5 1,434 x 10-5 1,277 x 10-5
pH 9,20 9,20 9,17 9,11 9,02
pH* 4,00 3,30 2,70 2,32 2,04
* Valores de pH resultantes da adição de HCl à 1000 mL de água pura.
Como um Tampão Funciona
Tampão com base
Tampão depois da conjugada e ácido em Tampão depois da
Adição de ácido Adição concentrações iguais Adição Adição de base
de ácido de base

Capacidade e Faixa de Tamponamento


• A capacidade de tamponamento é a quantia de ácido ou base que um tampão é capaz
de neutralizar antes que o seu pH varie consideravelmente
– A máxima capacidade de tamponamento existe quando [HA] e [A-] são grandes e
aproximadamente iguais uma à outra.
• A faixa de tamponamento é o intervalo de pH em que um tampão neutraliza
efetivamente ácidos e bases.
– Na pratica, corresponde a duas unidades ao redor do pKa
Solução tampão
Equação de Henderson-Hasselbalch para tampão ácido

Exemplo:
Solução tampão formado por:
ácido acético (H3C-COOH) e acetato de sódio (H3C-COONa)

HAc + H2O ↔ H3O+ + Ac- equação 1


base conjugada do HAc

NaAc + H2O ↔ Na+(aq) + Ac-(aq) equação 2

Ka = [H+].[Ac-]
[HAc]

Rearranjando essa expressão:

[H+] = Ka . [HAc]
[Ac-]
Rearranjando essa expressão:

[H+] = Ka . [HAc]
[Ac-]
Aplicando-se – log10 em ambos os lados da expressão:

pH = - log10 [H+]

pKa = - log10 Ka

[Ac-]
pH = pKa + log
[HAc]

pH = pKa + log [base conjugada]


[ácido]

Duas observações:
[Ac-] = [sal] [sal]
pH = pKa + log
Canalítica = [HAc] [ácido]
Solução tampão
Equação de Henderson-Hasselbalch para tampão base

Exemplo:
Solução tampão formado por:
Base fraca (MOH) e sal do seu ácido conjugado (M+)

MOH ↔ M+ + OH- equação 1 Kb = [M+].[OH-]


[MOH]
MCl + H2O → M+(aq) + Cl-(aq) equação 2

Observações:
1º) a base por ser fraca está pouco dissociada, portanto [MOH] = Cbase;
2º) tem mais M+ proveniente da dissociação do sal do que proveniente da
base, portanto: [M+] = Csal;

Sabemos que:
Kw = [H+] . [OH-] = 1,0 x 10-14

[OH-] = 1,0 x 10-14


[H+]
Kw
Kb = Csal. [OH-] Csal [H+] Csal Kw
Kb =
Cbase Kb = Cbase [H+]
Cbase

Csal Kw
[H+] =
Cbase Kb

Aplicando-se – log10 em ambos os lados da expressão:

pH = - log10 [H+] pKb = - log10 Kb pKw = - log10 Kw

pH = - log Csal + 14 - pKb


Cbase

pH = 14 – pKb - log Csal


Cbase
Equilíbrio em soluções aquosas

Quando uma substância é dissolvida em água, pode ocorrer:

1) A substância é prontamente solúvel (muito solúvel) e completamente ionizada.

HNO3 + H2O → H3O+ + NO3-

2) A substância é prontamente solúvel, mas ioniza-se parcialmente.


CH3COOH + H2O ↔ H3O+ + CH3COO -

3) A substância é prontamente solúvel e completamente ionizada, mas os íons


formados interagem com a água, consumindo H+ ou OH- da mesma.
NH4Cl → NH4+ + Cl -
Íons NH4+ interage com a água
NH4+ + H2O ↔ NH3 + H3O+

4) A substância apresenta baixa solubilidade em água (sais pouco solúveis)


Hidrólise de sais
Quando se dissolvem sais em água, nem sempre a solução se apresenta
neutra à reação;

 A razão para esse fenômeno é que alguns sais reagem com água, daí o
temo hidrólise;

 Como conseqüência, íons hidrogênio ou íons hidroxila ficam em excesso


na solução, tornando-a ácida ou básica, respectivamente.

Todos os sais existentes classificam-se em uma das seguintes categorias:

1) Os derivados de ácidos fortes e bases fortes.


Exemplo: NaCl

2) Os derivados de ácidos fracos e bases fortes.


Exemplo: NaAc

3) Os derivados de ácidos fortes e bases fracas.


Exemplo: NH4Cl

4) Os derivados de ácidos fracos e bases fracas.


Exemplo: NH4Ac
Equilíbrio ácido - base: hidrólise

Sais de ácidos fortes e bases fortes:


Quando dissolvidos em água, apresentam reação neutra, pois nem os ânions e nem os
cátions combinam-se, respectivamente, com os íons hidrogênio ou os íons hidroxila
para formar produtos levemente dissociados. O equilíbrio de dissociação da água não é
perturbado.
Exemplo: NaCl

Sais de ácidos fracos e bases fortes:


Quando dissolvidos em água, produzem uma solução de caráter alcalino. Isto é
decorrente do ânion combinar-se com os íons hidrogênio para formar um ácido fraco
levemente dissociado, deixando os íons hidroxila em liberdade.
Exemplo: NaAc
H2O ↔ H+ + OH-
Ac- + H+ ↔ HAc na solução os íons hidroxila estarão
Ac- + H2O ↔ HAc + OH- em excesso sobre os íons
hidrogênio e a solução apresentará
caráter alcalino.
Kh = [HAc] [OH-]
[Ac-]
Equilíbrio ácido - base: hidrólise

Sais de ácidos fortes e bases fracas:


Quando dissolvidos em água, produzem uma solução de caráter ácido. Isto é
decorrente do cátion combinar-se com os íons hidroxila para formar uma base fraca
levemente dissociada, deixando os íons hidrogênio em liberdade.

Exemplo: NH4Cl

H2O ↔ H+ + OH-
NH4+ + OH- ↔ NH4OH Uma vez que há produção de H+ na
reação, a solução apresentará
NH4+ + H2O ↔ NH4OH + H+
caráter ácido.

Kh = [NH4OH] [H+]
[NH4+]
Equilíbrio ácido - base: hidrólise

Sais de ácidos fracos e bases fracas:


Quando dissolvidos em água, são submetidos a um processo complexo de hidrólise.

M+ + H2O ↔ MOH + H+
Os íons H+ e OH- formados recombinam-se formando H2O.
A- + H2O ↔ HA + OH-

Essas equações não podem ser somadas, a menos que Ka = Kb.


Portanto, dependendo dos valores de Ka e Kb, temos três condições:

Ka maior que Kb Ácido mais forte que a base, a solução terá caráter ácido.

Ka menor que Kb Ácido mais fraco que a base, a solução terá caráter básico.

Ka igual que Kb Ácido e base possuem a mesa “força”, a solução será neutra.

Exemplo: solução composta de NH4Ac e NH4OH


Ka = 1,75 x 10-5 (HAc ↔ H+ + Ac-)
Kb = 1,71 x 10-5 (NH4OH ↔ NH4+ + OH-)
Equilíbrio ácido - base

Cálculos em sistemas de equilíbrio ácido-base


Exemplo: Solução aquosa 0,1 mol L-1 de H2CO3,

H2CO3 + H2O ↔ H3O+ + HCO3- Ka1

HCO3- + H2O ↔ H3O+ + CO32- Ka2

H2O + H2O ↔ H3O+ + OH- Kw


Para caracterizar completamente esse sistema em equilíbrio temos que calcular
as concentrações de todas as espécies presentes:
H2CO3; HCO3-; CO32-; H3O+; OH-

Temos cinco incógnitas e apenas três equações de constantes de equilíbrio.


Precisamos dispor de um sistema de cinco equações

 Como foram dissolvidos 0,1 mol de H2CO3 no preparo da solução, as espécies


H2CO3; HCO3- e CO32- presentes no equilíbrio tiveram uma origem comum. Nesta
condição:

0,1 mol L-1 = [H2CO3] + [HCO3-] + [CO32-] Balanço de massa


Equilíbrio ácido - base

 Existem diversas espécies carregadas em solução, os íons, mas a carga total da


solução é zero e a solução é eletricamente neutra. Para tanto:

Concentração total Concentração total


de cargas negativas
= de cargas positivas

[HCO3-] + 2[CO32-] + [OH-] = [H3O+] Balanço de carga

A concentração da espécie CO32- foi multiplicada por dois porque cada mol
de CO32- fornece 2 mols de cargas elétricas negativas.
Temos um sistema de cinco equações e cinco incógnitas:

Ka1 = [H3O+] [HCO3- ]


[H2CO3 ]
0,1 mol L-1 = [H2CO3] + [HCO3-] + [CO32-]
Ka2 = [H3O+] [CO32- ]
[HCO3- ] [HCO3-] + 2[CO32-] + [OH-] = [H3O+]

Kw = [H3O+] [OH- ]