Anda di halaman 1dari 16

O Grupo Sala Dobradiça consiste em um coletivo de ações culturais

que concebe/viabiliza trabalhos artísticos visuais voltados a questões


referentes ao espaço de exposição e à experiência da arte.
arte

Marca sua gênese em janeiro de 2009 como uma proposta formalizada


e poética de espaço expositivo para instalações específicas, de rotina
mensal, estimando contágios possíveis entre produção artística e
curatorial, com participação de propositores e convidados.

Na intenção
ç de criar, articular e ocupar
p lugares
g p
possíveis da arte, suas
realizações acabam por extrapolar tal espaço físico inicial no passo em
que fortifica-se como coletivo artístico de poética definida.

Aberto a interessados em compor sua gama de ações,


ações o grupo mantém
um caráter multidisciplinar. Além de artistas visuais, há a participação
de pessoas com formação em arquitetura, filosofia, história,
psicologia e letras.

As produções de dimensão financeira elevada são viabilizadas por meio


de pró-labores de editais de evento, inscrição de projetos, bem como na
promoção
p ç da festa "Brillo Box", organizada
g no bar Macondo Lugar.
g
Nesta trajetória, o Grupo Sala Dobradiça possui uma ampla produção
de manifestações/eventos artísticos, podendo estes estarem
subdivididos em cinco principais projetos,
projetos guiados por diferentes
ênfases dadas à produção no espaço.

São eles:

• Espaço-Suporte: espaço como meio


• Projeto Tapume: espaço urbano
• Múltiplo SD: espaço portátil
tátil e disseminado
di i d

• Objeto SD0.5: criação, espaço e território


• Arte-Educação: atividades de formação
Espaço-Suporte: o espaço como meio

Primeira ação da Sala Dobradiça, de onde foram desenvolvidas os


projetos seguintes. Surgiu como uma proposta de espaço expositivo
imersivo para instalações que tomam o espaço como campo de
investigação e experiência sensível.

Além de seu eixo essencial ser direcionado a questões do espaço,


foram realizadas diferentes concepções curatoriais, as quais
propunham um diálogo entre as transformações visuais produzidas
no Espaço-Suporte.

Anexo ao bar Macondo Lugar, o Espaço-Suporte já recebeu propostas


de quarenta e um propositores tanto da região sul quanto de outras
localidades do Brasil e exterior.
Projeto Tapume: espaço urbano

O Projeto Tapume está baseado no material de isolamento para


construção civil, suporte amplamente utilizado em muitas
manifestações urbanas, tanto na cidade de Santa Maria como em
outros centros.

A partir de uma simples estrutura de compensado naval e madeira,


sujeita a diversas interferências externas, artistas são convidados à
produção de trabalhos específicos ou adaptados.

Compôs a programação do Macondo Circus 2009 bem como foi


inserido, em 2010, na programação cultural do SESC Santa Maria.
Mútiplo SD: espaço portátil e disseminado

Múltiplo Sala Dobradiça tem como finalidade estender e difundir a


produção em artes visuais sob um formato seriado; evidencia trabalhos
de interesse a conceitos e estéticas emergentes.

O design
d i da d embalagem
b l parte
t dda própria
ó i logo
l d Sala
da S l Dobradiça,
D b di
projetada para também armar um objeto tridimensional. Esta
característica segue a idéia de espaço expositivo amplamente flexível e
de diferentes formatos.

No seu interior são inseridos trabalhos produzidos por artistas


convidados sob um formato padrão. Os exemplares são distribuidos
gratuitamente ao público interessado.
“Faça você mesmo!”
Objeto SD 0.5: criação, espaço e territórios

O Objeto SD 0.5
0 5 marca uma produção do Grupo Sala Dobradiça mais
focada na produção artística propriamente dita.Trata-se de um objeto
montável que tem como referencial a estrutura física do Espaço-
Suporte, com seu volume espacial reduzido pela metade,
apresentando-se como delimitações/capturas espaciais em diferentes
lugares/territórios.

Op
projeto
j foi lançado
ç na Semana Experimental
p Urbana de Porto
Alegre em um itinerário que marcava diferentes panoramas do trajeto
rodoviário entre Santa Maria e Porto Alegre.

O Objeto SD 0
0.5
5 também é elemento cenográfico do espetáculo de
artes integradas "Quando Fecho os Olhos", o qual convergiu os
núcleos de produção artística do Macondo Coletivo em um só momento.
Neste trabalho, o objeto foi flexionado em cenografia e compõe um
trama arrojada entre literatura, teatro, música e áudiovisual.
Atividades de Formação e Contato

À proposito do que se chama prática educativa


educativa, entendemos o Ensino
da Arte como prática do conhecimento compartilhado, seja através da
realização de oficinas, como a ministrada para as turmas do Sesquinho
e Escola Marista Santa Marta, ou através do convívio e contágio,
direta ou indiretamente provocado por determinadas ações focadas em
aproximar todo e qualquer indivíduo aos conceitos e contextos que
perpassam a arte atual.
www.macondocoletivo.com
www.saladobradica.blogspot.com
www.foradoeixo.org