Anda di halaman 1dari 9

AULÃO 1 – IAP – REVISÃO SAÚDE PÚBLICA

Solane & Roberval

QUESTÃO 01
O princípio da Equidade estabelecido no Sistema Único de Saúde significa:
A) Acesso garantido aos serviços de saúde para toda a população.
B) Igualdade na assistência à saúde, com ações e serviços direcionados e priorizados em função de situações de risco e das condições
de vida e saúde de grupos da população, considerando as desigualdades sociais.
C) Eficiência na capacidade de resolução das ações, através de uma assistência de boa qualidade, com estreitamento do vínculo entre
profissionais de saúde e população.
D) Conjunto articulado e contínuo de ações em todos os níveis de complexidade do sistema.
E) Todas as alternativas estão corretas.

QUESTÃO 02
Assinale a alternativa que apresenta o evento no qual foram aprovadas as teses que podem ser consideradas como marco do processo de Reforma
Sanitária Brasileira.
A) VIII Conferência Nacional de Saúde.
B) II Conferência Nacional de Saúde.
C) IX Conferência Nacional de Saúde.
D) I Conferência Nacional de Saúde.
E) III Conferência Nacional de Saúde

QUESTÃO 03

A participação popular é um dos princípios do Sistema Único de Saúde. A Lei nº 8.142/90 prevê essa participação em todas as esferas
de governo, nas seguintes instâncias: Conferência de Saúde e Conselhos de Saúde. Assinale a alternativa que contém a afirmativa
CORRETA acerca do Conselho de Saúde.
A) Tem caráter consultivo. Pode contar com a participação de profissionais enfermeiros como representantes dos prestadores de
serviço público, em número paritário e equivalente ao dos representantes dos usuários e dos serviços privados.
B) Tem caráter permanente e deliberativo. Atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde no
município e é formado por representantes dos usuários em número equivalente ao dos representantes de outros segmentos.
C) Deve permitir a democratização da saúde. Tem o secretário municipal de saúde como presidente nato, o qual não poderá delegar
esta função a representantes de usuários.
D) É responsável pela proteção dos trabalhadores da saúde. É composto, de forma majoritária, por representantes dos usuários que
devem reivindicar assistência médica com qualidade a toda comunidade.
E) Alternativas A e C.

QUESTÃO 04

A municipalização do SUS, estabelecida na Constituição Federal (Artigo 30,VII) e na Lei Federal Nº 8.080 (Artigo 7º,IX,a), visa à
habilitação dos Municípios e à descentralização. Assinale a alternativa que apresenta a composição da comissão determinada em nível
estadual.

A) Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com representantes do Estado e dos Municípios.


B) Comissão Intergestores Tripartite (CIT), com representantes do Estado e dos Municípios.
C) Conselho de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS).
D) Colegiado de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS).
E) Comissão Intermunicipal de Saúde (CIS).

QUESTÃO 05

A Lei Orgânica da Saúde (LOS) é o conjunto de duas leis federais editadas para dar cumprimento ao mandamento constitucional de
disciplinar legalmente a proteção e a defesa da saúde. São as Leis Federais:
1
A) 8080/90 e 9656/98.

B) 8080/90 e 8142/90.

C) 8142/90 9782/99.

D) 2181/97 e 3029/99.

E) 9656/98 e 9782/99.

QUESTÃO 06

Segundo a Lei nº 8.142, de 28/12/1990, são verdadeiras as afirmativas abaixo, EXCETO:


a) A lei dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços
correspondentes.
b) São instâncias colegiadas do Sistema Único de Saúde – SUS: a Conferência de Saúde e o Conselho de Saúde, sendo este de caráter
permanente e deliberativo.
c) Os recursos do Fundo Nacional de Saúde - FNS alocados como cobertura de ações e serviços de saúde, implementados pelos
municípios, Estados e Distrito Federal, serão repassados de forma regular e automática, observados os critérios previstos na Lei nº
8.080.
d) Cabe à Conferência de Saúde avaliar a situação da saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis
correspondentes.

QUESTÃO 07

A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício, Art. 2,
Lei nº 8.080, de 19/09/90. Nessa perspectiva de deveres do Estado, é INCORRETO:
a) O dever do Estado exclui o de pessoas, família, empresas e sociedade.
b) É dever do Estado reformular e executar políticas econômicas que visem reduzir o risco de doenças.
c) É dever do Estado reformular e executar políticas sociais que visem reduzir o risco de doenças.
d) É dever do Estado estabelecer condições que assegurem o acesso universal e igualitário às ações e serviços

QUESTÃO 08

Estão incluídas no campo de atuação do SUS a execução de ações conforme previsto no art. 6 da Lei nº 8.080, EXCETO:
a) Ações de vigilância sanitária.
b) Ações de saúde do trabalhador.
c) Ações de assistência social e lazer.
d) Assistência terapêutica incluindo a farmacêutica.

QUESTÃO 09

Em relação aos princípios ou diretrizes do Sistema Único de Saúde, definidos pela Lei Orgânica da Saúde, assinale a alternativa
errada:
(A) Descentralização dos serviços para os municípios com direção única em cada esfera do governo.
(B) Integralidade da assistência à saúde, incorporando ações e serviços individuais e coletivos, preventivos e curativos.
(C) Liberdade da iniciativa privada para prestar assistência técnica à saúde.
(D) Universalidade do acesso ao sistema, com atendimento preferencial à população de baixa renda.

QUESTÃO 10

15) Analise abaixo os objetivos do Sistema Único de Saúde (SUS) nos termos da Lei n°. 8080/1990:
I. A identificação e divulgação dos fatores condicionantes e determinantes da saúde.
II. A formulação de política de saúde destinada a promover, nos campos econômico e social, a observância do dever do estado.
III. A assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, com a realização integrada das
ações assistenciais e das atividades preventivas.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) alternativa(s):
A) I e II B) II e III C) I, II e III D) I E) III

QUESTÃO 11

Conforme determinações da Lei n°. 8080/1990, é da competência da direção do SUS a nível de município:
A) Normatizar complementarmente as ações e serviços públicos de saúde no seu âmbito de atuação.
B) Controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados da saúde.
2
C) Colaborar com a União e os estados na execução da vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras.
D) Formar consórcios administrativos municipais.
E) Todas as alternativas anteriores respondem ao enunciado.

QUESTÃO 12

A Lei Federal nº8142, de 28/12/1990 que dispõe sobre a participação comunitária na gestão do SUS, ainda dispõe sobre:
A) Transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área de saúde.
B) A notificação compulsória das doenças.
C) As representações do CONASS e CONASEMS a nível municipal.
D) O Fundo Nacional da Saúde no que se refere a custeio para a Vigilância Sanitária.
E) As convocações para os agentes comunitários de saúde e a participação destes no SUS.

QUESTÃO 13

As ações e serviços de saúde, executados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de forma direta ou mediante participação complementar
da iniciativa privada serão organizados de forma:

A) Regionalizada e centralizada.
B) Regionalizada e hierarquizada.
C) Compartilhada somente no município.
D) Estatizada de forma estadual.
E) Federativa.

QUESTÃO 14

Nas alternativas abaixo estão relacionadas às competências da direção nacional do SUS, nos termos da Lei Federal nº8.080/1990.
Identifique e marque a INCORRETA:

A) Participar na formulação e na implementação das políticas de saneamento básico.


B) Definir e coordenar os sistemas de redes integradas de assistência de alta complexibilidade.
C) Implantar os sistemas de rede de laboratórios de análises clínicas, na sua forma generalista.
D) Estabelecer critérios, parâmetros e métodos para o controle de qualidade sanitária dos produtos, substâncias e serviços de consumo
e uso humano.
E) Controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde.

QUESTÃO 15

A participação da comunidade na gestão do SUS, nos termos da Lei Federal nº8.142/1990, acontece através do Conselho de Saúde,
que possui algumas peculiaridades tais como, EXCETO:

A) Tem caráter permanente e deliberativo.


B) É um órgão colegiado composto por representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários.
C) A nível municipal atua principalmente no que se refere aos aspectos econômicos e financeiros.
D) Atua na formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente.
E) Tem suas decisões homologadas pelo chefe do poder legalmente constituído em cada esfera de governo.

QUESTÃO 16

Quanto aos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, analise:


I. Direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde.
II. Divulgação de informações quanto ao potencial dos serviços de saúde e a sua utilização pelo usuário.
III. Conjugação dos recursos financeiros, tecnológicos, materiais e humanos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios, na prestação de serviços de assistência à saúde da população.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
A) III
B) I e II
C) I
D) I, II, III
E) II e III

QUESTÃO 17

A Lei nº 8.080/90 trata, EXCETO:


A) Da organização, da direção e da gestão do SUS.
3
B) Da definição das competências e das atribuições somente da esfera municipal do governo.
C) Do funcionamento e da participação complementar dos serviços privados de Assistência à Saúde.
D) Da política de recursos humanos.
E) Dos recursos financeiros, da gestão financeira, do planejamento e do orçamento.

QUESTÃO 18

Analise as afirmativas abaixo sobre o Sistema Único de Saúde:


I. Constituído pelo conjunto das ações e de serviços de saúde sob gestão pública. Está organizado em redes regionalizadas e
hierarquizadas e atua em todo o território nacional, com direção única em cada esfera de governo.
II. A Lei nº 8.142 dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos
serviços correspondentes.
III. A Lei nº 8.080 regula em todo o território nacional as ações e os serviços de saúde, executados isolada ou conjuntamente, em
caráter permanente ou eventual por pessoas naturais ou jurídicas de direito público ou privado.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
A) I e II
B) I e III
C) II e III
D) I
E) I, II e III

QUESTÃO 19

Quanto à Comissão Intergestores Bipartite podemos afirmar que:

I. É constituída paritariamente por representantes da Secretaria Estadual de Saúde e das Secretarias Municipais de Saúde, indicados
pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde, ou similar, incluindo obrigatoriamente o Secretário de Saúde da Capital.
II. A CIB foi criada pela NOB 01/1996.
III. É composta por representantes do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e do Conselho Nacional de
Secretarias Municipais de Saúde.
IV. É o fórum de negociação entre o Estado e os Municípios na implantação e operacionalização do Sistema Único de Saúde.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
A) III
B) II, III e IV
C) I e IV
D) II
E) I, II, III e IV

QUESTÃO 20

De acordo com a Lei nº 8.080 no artigo 13º que tange a organização, direção e gestão do Sistema Único de Saúde é correto afirmar
que a articulação das políticas e programas, a cargo das comissões intersetoriais, abrange em especial as seguintes atividades:

I. Alimentação e nutrição.
II. Saneamento e meio ambiente.
III. Vigilância Sanitária e farmacoepidemiologia.
IV. Recursos humanos.
Estão corretas apenas as afirmativas:
A) I e II
B) I, II e III
C) I, III e IV
D) II, III e IV
E) I, II, III e IV

QUESTÃO 21

Segundo a Lei Orgânica da Saúde, de setembro de 1990, que dispõe sobre o Sistema Único de Saúde, não é da competência da esfera
municipal:
(A) Executar serviços de vigilância epidemiológica.
(B) Gerir laboratórios públicos de saúde e hemocentros.
(C) Normatizar a vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras.
(D) Planejar, organizar, controlar e avaliar as ações e os serviços de saúde.

4
QUESTÃO 22

A Constituição Federal de 1988, no Título II, Capítulo II, seção II que trata da saúde, destaca como competência do Sistema Único de
Saúde (SUS):
a) A execução das ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador.
b) O destino de recursos para as universidades públicas ou privadas que formam os profissionais da área da saúde.
c) O ordenamento da formação de recursos humanos na área de saúde através do financiamento dos cursos superiores de saúde.
d) Colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendida a limpeza e manutenção de córregos e rios, bem como a fiscalização
dos mananciais

QUESTÃO 23

Pode ser considerado como responsabilidade do Ministério da Saúde sobre a política de alta complexidade/custo e traduzido como sua
atribuição pela NOAS - SUS 01/02:
a) Definição de normas nacionais.
b) Financiamento da especialização dos trabalhadores.
c) Controle do cadastro local/municipal dos prestadores de serviços.
d) Manutenção da verticalização e burocratização do sistema de saúde.

QUESTÃO 24

Referem-se às instâncias colegiadas municipais do Sistema Único de Saúde previstas na Lei Federal 8.142/90 do Ministério da Saúde:
a) Câmara Técnica de Saúde e Diretoria Colegiada da Saúde.
b) Diretoria Colegiada da Saúde e Diretoria Técnica da Saúde.
c) Conferência Municipal de Saúde e Diretoria Colegiada da Saúde.
d) Conferência Municipal de Saúde e Conselho Municipal de Saúde.

QUESTÃO 25

O Pacto pela Saúde do SUS está direcionado para três esferas: Pacto pela Vida, Pacto de Gestão, Pacto em Defesa do SUS. No Pacto
pela Vida existem algumas prioridades, tais como, EXCETO:

A) Fortalecimento da média e alta complexidade em hospitais privados.


B) Saúde do Idoso.
C) Controle do câncer de colo do útero e mama.
D) Redução da mortalidade infantil e materna.
E) Fortalecimento da Atenção Primária.

QUESTÃO 26

O Pacto pela Vida é uma ação prioritária do campo da saúde e deverá ser executada com vista a resultados. Analise as assertivas
abaixo que discorrem sobre as prioridades do Pacto pela Vida:

I. Fortalecer a capacidade de resposta do sistema de saúde às doenças emergentes e endemias.


II. Contribuir para a redução da mortalidade por câncer de colo do útero e de mama.
III. Reduzir a mortalidade materna, infantil neonatal, infantil por doença diarréica e por pneumonias.
IV. Consolidar e qualificar a estratégia de Saúde da Família como modelo de Atenção Básica à saúde e como centro ordenador das
redes de atenção à saúde do SUS.
Estão corretas apenas as alternativas:
A) I, II e IV
B) I, II e III
C) I, II, III e IV
D) II, III e IV
E) III e IV

QUESTÃO 27

“A Atenção Básica caracteriza-se por um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que abrangem a promoção e a
proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação e a manutenção da saúde”. (Portaria GM/MS nº
648/2006)
5
São ações de saúde desenvolvidas na atenção básica, EXCETO:
a) Realizar o primeiro atendimento às urgências odontológicas.
b) Desenvolver ações intersetoriais, integrando projetos sociais voltados para a promoção da saúde.
c) Realizar o cuidado em saúde da população da área de abrangência da unidade, efetivando a prática do cuidado familiar.
d) Realizar escuta qualificada das necessidades dos usuários internados na unidade hospitalar, promovendo ações curativas e
participando da prevenção das infecções hospitalares.

QUESTÃO 28

A Atenção Básica caracteriza-se por um conjunto de ações de saúde no âmbito individual e coletivo, que abrange(m):

A) A promoção e a proteção da saúde.


B) A prevenção de agravos.
C) O diagnóstico e o tratamento.
D) A reabilitação e a manutenção da saúde.
E) Todas as alternativas anteriores completam o enunciado.

QUESTÃO 29

A Lei Orgânica da Saúde, Lei Nº 8.080, é incisiva nos seus princípios e diretrizes quando destaca:

1- A universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de assistência.


2- A igualdade de assistência à saúde, sem preconceitos ou privilégios de qualquer espécie.
3- A participação da comunidade.
4- A utilização da epidemiologia na definição de prioridades e orientação no planejamento das ações dos serviços de saúde.
Estão CORRETAS as afirmativas:
a) 1, apenas
b) 1, 2, 3 e 4.
c) 1, 2 e 3, apenas.
d) 1, 2 e 4, apenas.

QUESTÃO 30

“E assim a cada dia renovamos a esperança de que o SUS que temos seja transformado no SUS que queremos” (Sérgio Arouca).
São princípios doutrinários e organizativos do Sistema Único de Saúde, EXCETO:

a) Privatização / Terceirização.
b) Integralidade / Descentralização.
c) Universalização / Hierarquização.
d) Universalização / Regionalização.

QUESTÃO 31

Uma equipe de saúde da família iniciou suas atividades com a territorialização da área de abrangência.
Além dos programas básicos propostos pela secretaria municipal, a equipe decidiu discutir com as
lideranças comunitárias quais ações poderiam ser priorizadas naquele ano, e de que forma poderiam
conduzir as atividades

Atuando desta forma, que princípio está sendo privilegiado pela equipe?
a) Adscrição da clientela.
b) Equidade.
c) Qualidade da assistência.
d) Integralidade.
e) Participação social.

QUESTÃO 32

O SUS institui uma política pública de saúde que visa à integralidade, à universalidade, ao aumento da eqüidade e à incorporação de
novas tecnologias e especialização dos saberes (BRASIL, Ministério da Saúde. Política Nacional de Humanização, 2004, p. 13).
Apesar dos avanços acumulados no que se refere aos seus princípios norteadores, o SUS hoje ainda enfrenta:
a) muitos dispositivos de fomento à co-gestão.
b) sistema público de saúde desburocratizado.
c) muitos dispositivos de fomento à valorização e inclusão de gestores.
d) precária interação nas equipes e despreparo para lidar com a dimensão subjetiva nas práticas de saúde.

6
QUESTÃO 33
“A integralidade do cuidado só pode ser obtida em rede”. A partir desta reflexão de Cecílio, em seu livro “Inventando a Mudança na Saúde”,
podemos concluir, EXCETO:
A) O cidadão tem o direito de ser atendido desde a prevenção das doenças até o tratamento de uma patologia.
B) O hospital deve ser visto como um componente fundamental na integralidade do cuidado.
C) A organização da porta de entrada no Sistema Único de Saúde se dá através da atenção hospitalar.
D) A organização de equipes de acolhimento nos serviços de saúde garante uma atenção resolutiva e a articulação com os outros serviços de
saúde para a continuidade da assistência, quando necessária.
A Atenção Básica é o primeiro momento da atenção do Sistema Único de Saúde.

QUESTÃO 34

A Atenção Básica caracteriza-se por um conjunto de ações de saúde que abrangem a promoção e a proteção da saúde, no âmbito
individual e coletivo. A partir dessa premissa, a Atenção Básica considera o sujeito:

A) Na integralidade e na inserção sócio-cultural e busca a promoção de sua saúde.


B) Em sua singularidade e na complexidade.
C) A prevenção e tratamento de doenças.
D) A redução de danos ou de sofrimentos que possam comprometer suas possibilidades de viver de modo saudável.
E) Todas as alternativas anteriores completam o enunciado.

QUESTÃO 35

As ações da equipe do PSF devem ser norteadas dentro da lógica da:


a) Vigilância sanitária.
b) Vigilância ambiental.
c) Vigilância epidemiológica.
d) Vigilância à saúde.
e) Maior incidência e prevalência das doenças que acometeram as famílias assistidas pela equipe do PSF.

QUESTÃO 36
São diretrizes gerais do processo de Programação Pactuada e Integrada – PPI – da Assistência, EXCETO:
a) Ser coordenado pelo gestor estadual, e os resultados deverão ser aprovados pela Comissão Intergestora Bipartite – CIB.
b) Integrar o processo geral de planejamento em saúde de cada esfera de governo, coerente com os respectivos planos estadual e
municipal de saúde.
c) Seguir os parâmetros assistenciais para programação definidos pelo Ministério da Saúde.
d) Ser orientado pelo diagnóstico dos principais problemas de saúde, como base para a definição das prioridades.

QUESTÃO 37

Considerando o disposto na Lei Federal nº 8.080/1990 no que se refere às atribuições no âmbito administrativo da União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, analise:

1. Elaboração de proposta orçamentária do SUS, de conformidade com o plano de saúde.


2. Elaboração de normas para regular as atividades de serviços privados de saúde, tendo em vista sua relevância pública.
3. Promover a articulação da política e dos planos de saúde.
4. Realizar pesquisas e estudos na área de saúde.
5. Fomentar, coordenar e executar programas e projetos estratégicos e de atendimento emergencial.
Pode-se afirmar que a quantidade de itens corretos é igual a:

A) 5
B) 4
C) 3
D) 2

QUESTÃO 38
A necessidade de se reduzirem às disparidades sociais e regionais existentes em nosso país por meio, entre outros, das ações e dos
serviços de saúde, define-se pelo conceito de:
A) universalidade;
B) integralidade;
C) regionalização;
7
D) eqüidade;
E) hierarquização.

QUESTÃO 39
A Lei 8.080 que dispõe sobre o Sistema Único de Saúde tem princípios e diretrizes fundamentais:
1 - Universalidade dos serviços de saúde em todos os níveis;
2 - Igualdade de assistência à saúde sem preconceitos ou privilégios de qualquer espécie;
3 - Divulgação de informações face à potencialidade dos serviços de saúde prestados ao usuário;
4 - Regionalização e hierarquização da rede de serviços de saúde.
a) Estão corretas as alternativas 1 e 2;
b) Estão corretas as alternativas 2 e 3;
c) Estão corretas as alternativas 2,3 e 4;
d) Todas as alternativas estão corretas.

QUESTÃO 40

O princípio doutrinário do Sistema Único de Saúde que garante a toda a população brasileira a não-exclusão do acesso às ações e
serviços de saúde, a inclusão do direito à informação relativa ao processo saúde-doença, às leis que regem os serviços e os direitos
enquanto cidadão é:

a) Igualdade.
b) Eqüidade.
c) Resolutividade.
d) Universalização.

QUESTÃO 41

A Constituição Federal de 1988, a Lei Orgânica do SUS (8080/90) e a Lei Federal 8.142/90 são marcos fundamentais no controle
social na saúde. Assinale a alternativa incorreta.

a) Estimular a participação e avaliação dos usuários nos serviços de saúde é meta do Pacto de Gestão.
b) Apoiar os Conselhos de Saúde para que os mesmos possam exercer plenamente suas funções faz parte do controle social.
c) Criar conselhos Gestores para gerenciar programas de saúde.
d) Prestar contas ao Conselho de Saúde trimestralmente é uma das obrigações dos gestores.
e) Avaliar e monitorar o sistema de saúde regularmente, inclusive com pesquisa de satisfação dos usuários do SUS.

QUESTÃO 42
O novo marco jurídico-constitucional do SUS foi discutido e debatido por vários anos, sendo apresentado na Comissão Intergestores
Tripartite (2005), foi posteriormente referendado por Portaria Ministerial. Qual é este instrumento jurídico?
a) Lei Orgânica do SUS (8080/1990).
b) Pacto pela vida, pacto em defesa do SUS e Pacto de Atenção Básica.
c) Pacto de Atenção Básica.
d) PPI da VISA.
e) Pacto pela Saúde – Pacto pela vida, pacto em defesa do SUS e Pacto de Gestão.

QUESTÃO 43

Um secretário municipal de saúde define, com sua equipe, sua estratégia para o atendimento aos idosos.
Sua abordagem inclui uma campanha de educação em saúde nas escolas, capacitação de cuidadores, provisão de recursos para
cuidados domiciliares e medicamentos nas unidades básicas, articulação com a Assistência Social no Município para a
disponibilização de cadeiras de rodas e criação, com a Secretaria de Cultura, de “Círculos de Vida”, onde os idosos compartilham suas
experiências com adolescentes.
Qual o princípio fundamental do Sistema Único de Saúde Brasileiro que está sendo valorizado no
caso em questão?
a) Regionalização e hierarquização da rede de serviços de saúde.
b) Direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua condição de saúde.
c) Integralidade das ações de saúde.

8
d) Igualdade de assistência à saúde.
e) Equidade em saúde.

QUESTÃO 44

O Piso de Atenção Básica Variável – PAB Variável é destinado ao custeio de estratégias no âmbito da Atenção
Básica em Saúde, tal como, EXCETO:

A) Saúde da Família.
B) Transferência de recurso tomando por base o critério per capita.
C) Agentes Comunitários de Saúde.
D) Saúde Bucal.
E) Incentivo à Saúde no Sistema Penitenciário.

QUESTÃO 45

Os Blocos de Financiamento no Pacto pela Saúde compreendem, EXCETO:


A) Assistência Farmacêutica.
B) Gestão do SUS.
C) Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.
D) Vigilância em Saúde.
E) Núcleo de Apoio ao Saúde da Família.

QUESTÃO 46
Acerca da reforma sanitária e dos modelos de assistência à saúde, julgue o item que segue.
( ) A reforma sanitária brasileira deve ser entendida como um movimento de reforma setorial que, promovido pelo segmento ligado à
saúde, engloba as ações dessa natureza. E

QUESTÃO 47
Acerca da reforma sanitária e dos modelos de assistência à saúde, julgue o item que segue.
( ) Entre as intervenções propostas pela reforma sanitária para a reorientação do sistema de serviços de saúde no Brasil, consta o
desenvolvimento de recursos de saúde, incluídos os recursos materiais e humanos, além da gestão do sistema. C

QUESTÃO 48
Acerca da reforma sanitária e dos modelos de assistência à saúde, julgue o item que segue.
( ) Em face da desestruturação do sistema de saúde pública, propõe-se, na reforma sanitária, o financiamento misto para os hospitais
públicos, com verbas governamentais e receitas decorrentes do atendimento a pacientes particulares e convênios. E

QUESTÃO 49
Acerca da reforma sanitária e dos modelos de assistência à saúde, julgue o item que segue.
( ) O modelo assistencial médico privatista tem por base as campanhas sanitárias. E

QUESTÃO 50
Acerca da reforma sanitária e dos modelos de assistência à saúde, julgue o item que segue.
( )Em um modelo assistencial alternativo, podem-se integrar tanto a demanda espontânea de atendimento quanto a busca ativa de
casos de determinado agravo à saúde. C