Anda di halaman 1dari 3

Discussão das Atividades da AULA 04

Atividade 1: Desenhe a curva da energia E K em função de k , assuma ℏ=1 e


m=1 . (Se você fez o gráfico corretamente você deve ter obtido uma parábola
com o valor mínimo para E K em k=0 .)

2 2
ℏ K
Pela equação E r (K )= obtivemos os seguintes valores na tabela abaixo:
2m

k 0 1 2 3 4
E (K) 0 0,5 2 4,5 8

Portanto, temos o seguinte gráfico:

Atividade 2: Quanto vale V (x) , dada pela equação (4) nos seguintes pontos: (a)
x = 3a / 2 + b , (b) x = 2a + 5b/4 e (c) x= 6a + 4b/3?

Como V(x) = 0 para nc < x <nc +a


e V(x) = V0 para nc+a < x < (n+1)c
onde c=a+b e n é um inteiro.

Assim, na letra (a), 3a/2+b pode ser escrito com c+a/2 que está entre nc e nc
+a, portanto, V(x) = 0.

Na letra (b), 2a+ 5b/4 = c + a + b/4, fica entre c+a e 2c e portanto, V(x) = V 0.

Na letra (c), 6a + 4b/3 = c + 5a + b/3, neste caso para selecionar o intervalo vai
depender da relação a/b.

Por exemplo, V(x) = V0, se nc+a < 6a+4b/3 < (n+1)c,

ou seja, resolvendo as inequações

(3n-4)/(5-n) < a/b < (3n-1)/(5-n). Se convença deste resultado resolvendo as


inequações.

E V(x) = 0, se nc < 6a+4b/3 < nc +a, resolvendo as inequações, obtemos,


(3n-4)/(6-n) < a/b < (3n-4)/(5-n). Se convença deste resultado resolvendo as
inequações.
É interessante notar que para n=1, os valores a/b são negativos, o que não tem
sentido físico.
No entanto para n=2, V(x)=V0, se 2/3 < a/b < 5/3 e V(x) = 0 se 1/2 < a/b < 2/3.

Atividade 3: Explique com suas palavras porque podemos dizer que as faixas
brancas na figura 2 representam os valores de αa que com certeza não serão
soluções da equação (4).

Como cos(ka) , que está no lado direito da equação (4), só pode ter valores no
intervalo de +1 e -1, os valores permitidos de αa são aqueles para os quais o
primeiro termo da equação não saem fora destes dois limites. As faixas brancas
representam os valores fora deste intervalo permitido, por isso não são soluções
da equação (4).

Atividade 4: No contexto de nossa explicação acima, quanto vale a energia em


π
k=
a ?
Como mostrado na figura 7, com mais detalhe, o gráfico E(k) em função de K,
apresenta gaps de energia. Quando k < π/a , o elétron tem energias menores
que EA, e quando k > π/a , energias maiores que EA´. No intervalo entre EA até EA'
não há um só valor de energia disponível para o elétron, isto é, esta região é
π
uma banda de energias proibidas. Portanto no ponto k= há uma
a
singularidade ou indeterminação, neste ponto a energia diverge.

Atividade 5: Observando a figura 8 explique porque em um metal, embora


exista um gap de energia entre a banda onde têm elétrons e a primeira banda
desocupada, ocorre condução de corrente elétrica quando aplicamos nele um
campo elétrico.
Na figura 8, as representações da ocupação de bandas para metais são
mostradas abaixo.

Podemos ver que há duas possíveis formas de ocupação que resulta em


comportamento metálico:
no primeiro caso, a banda de valência está está ocupada parcialmente. Sobre a
ação de um campo elétrico externo, os elétrons desta banda começam a
acelerar e a passar à níveis de energia mais elevados dentro da mesma banda.
Deste modo, os cristais com banda de valência parcialmente ocupada conduzirá
bem corrente elétrica, isto é, estes cristais são metal. Exemplo, o sódio.
No segundo caso, a banda de está ocupada totalmente por elétrons, porém que
se superpõe à banda permitida seguinte não ocupada por eles. Se a este cristal
se aplica um campo elétrico exterior, os elétrons começam a passar aos níveis
da banda livre e se produz corrente. Este cristal também é um metal. Um
exemplo típico de metal com esta estrutura zonal é o magnésio.