Anda di halaman 1dari 2

Motores para

ambientes explosivos

Ex d À prova de explosão
Ex de À prova de explosão com caixa de
ligação com segurança aumentada
Ex n Não acendível
Ex p Pressurizado
- Baixa, média e alta tensão
- Alto rendimento
- Grupos IIA, IIB e IIC
- Zonas 1-2 (gás) e 21-22 (poeira)
- Conforme exigências normativas
nacionais e internacionais
PRODUTOS WEG CERTIFICADOS PARA ATMOSFERAS EXPLOSIVAS
ÃO Apto a operar com Inversor de Frequência Certificado pelo CLASSIFICAÇÃO ATEX
TENS
BAIXA ONÍVEL Categoria 2G e 3G (gás); Grupo IIA e IIB; T4
ISP
MOTORES À PROVA DE É M D
TAMB ENDIMENT
R
O C INMETRO
uc
CLASSIFICAÇÃO IEC
Zona 1 e 2; Grupo IIA e IIB; T4; Brasil T4 ou T3.
ALTO
90 100 112 132 160 180 200 225 250 280 315 355 CEPEL
EXPLOSÃO COM FREIO - Ex d
CLASSIFICAÇÃO ATEX
NSÃO Categoria 2GD e 3GD; Grupos IIA e IIB; T4 (gás e poeira)
MOTORES À PROVA IA TE
E MÉD CLASSIFICAÇÃO IEC
DE EXPLOSÃO – Ex d BAIXA 355 400 450 Zona 1, 2, 21 e 22; Grupos IIA e IIB; T4 (gás e poeira)

ÃO Certificado pelo
MOTORES À PROVA TENS
DE EXPLOSÃO COM CAIXA BAIXA CLASSIFICAÇÃO ATEX
Categoria 2GD e 3GD; Grupos IIA, IIB e IIC; T4 (gás e poeira)
DE LIGAÇÃO DE SEGURANÇA 90 100 112 132 160 180 200 225 250 280 315 355 400
CLASSIFICAÇÃO IEC
AUMENTADA - Ex de Zona 1, 2 e 22 (zona 21 sob consulta);
(somente Europa) ÃO Grupos IIA, IIB e IIC; T4 (gás e poeira)
TENS
MÉDIA
315 355 400

O
ENSÃ
Certificado pelo

MOTORES DE SEGURANÇA
BAIXA
T
C CLASSIFICAÇÃO ATEX
63 71 80 90 100 112 132 160 180 200 225 250 280 315 CEPEL INMETRO
Nota: Motores da linha Ex e com carca;as
Categoria 2G e 3G; Grupos IIA, IIB e IIC; T4 (gás)
AUMENTADA - Ex e superiores a 160 serão certificados pelo PTB CLASSIFICAÇÃO IEC
(Brasil: somente Zona 1 e 2; Grupos IIA, IIB e IIC; T4 (gás)
NSÃO
Certificado pelo
baixa tensão)
IA TE
E MÉD
BAIXA
315 355 400 450 500 560 630
Brasil / Europa

NOVO
Certificado pelo
Zona 2 Grupos IIA / IIB / IIC - T3
ÃO Apto a operar com Inversor de Frequência

D
TENS
BAIXA ONÍVEL
IS P
C uc CLASSIFICAÇÃO ATEX
M O CEPEL Categoria 3GD; Grupos IIA / IIB / IIC - T3 (gás) / T125°C (poeira)
TAMBÉ ENDIMENT INMETRO
CLASSIFICAÇÃO IEC
R
ALTO 63 71 80 90 100 112 132 160 180 200 225 250 280 315 355
Zona 22; Grupos IIA, IIB e IIC; T3 (gás) / T125°C (poeira)
ATEX
E Declaração de
BAIXA NSÃO conformidade
TE do fabricante
MÉDIA (somente Europa)
315 355 400 450 500 560 630
MOTORES NÃO CLASSIFICAÇÃO ATEX
ACENDÍVEIS - Ex n SÃ O Certificado pelo Categoria 3G; Grupos IIA, IIB e IIC; T3
BAIX A TEN CLASSIFICAÇÃO IEC
Zona 2; Grupos IIA, IIB e IIC; T3
315 355 400 450 500

ÃO
TENS
MÉDIA
Declaração de
conformidade
do fabricante
315 355 400 450 500 (somente Europa)

ÃO CLASSIFICAÇÃO ATEX
TENS
ALTA Categoria 2G e 3G; Grupos IIA, IIB e IIC
MOTORES , MÉ DIA E Sob consulta.
BAIXA CLASSIFICAÇÃO IEC
PRESSURIZADOS – Ex p Zona 1 e 2; Grupos IIA, IIB e IIC

315 355 400 450 500 560 630 710 800 900 1000

NOVO CLASSIFICAÇÃO ATEX


MOTORES ÃO Apto a operar com Inversor de Frequência
TENS O Categoria 2D T125 (poeira)
ZONA 21 BAIXAENDIMENT CLASSIFICAÇÃO IEC
R
ALTO Dust Ignition Proof
Declaração de
conformidade Zona 21; Grupos IIA, IIB e IIC;T125ºC (poeira)
63 71 80 90 100 112 132 160 180 200 225 250 280 315 355 do fabricante
(somente Brasil)

Exemplo da marcação de um motor Ex é:

Código de identificação da Marcação Tipo de proteção contra Casse de Entidade Número do


MarcaçãoCE entidade certificadora Ex Grupo Categoria Gás explosão Grupo temperatura certificadora Ano Diretiva ATEX certificado

BR - Exd Tipo de Proteção


IIB
Grupo de Gases
T4
Classe de Temperatura
CLASSIFICAÇÃO IEC
A norma IEC classifica as áreas de risco em ZONAS e GRUPOS. As Zonas são classificadas de acordo com a freqüência e o período de tempo
que a atmosfera explosiva está presente. A divisão em GRUPOS é baseada na agressividade do ambiente.
DIRETIVA ATEX 94/9/EC
ATmosferas EXplosivas
A Diretiva Atex 94/9EC tornou-se obrigatória desde 30 de junho de 2003.
ZONA 0 - Gás ZONA 1 - Gás ZONA 2 - Gás
Definição Presença permanente Presença incidental Presença apenas por acidente
Equipamentos categorizados para áreas classificadas. Requisitos de segurança essenciais baseados na categorização.
Certifica projeto, fabricação e vendas de equipamentos. ZONA 20 - Poeira ZONA 21 - Poeira ZONA 22 - Poeira

Escopo GRUPOS
Considera equipamentos elétricos e não elétricos, bem como áreas perigosas com poeiras explosivas, sistemas e componentes protetivos. T1 (450°C) T2 (300°C) T3 (200°C) T4 (135°C) T5 (100°C) T6 (85°C)
I MINAS methane

CLASSIFICAÇÃO ATEX CLASSIFICAÇÃO DA TEMPERATURA Ácido acético Acetil cetona Bromobutano Acetaldeída
A Diretiva Atex 94/9EC classifica os equipamentos para operar A temperatura mínima que possa causar uma explosão de gás, vapor Acetona Acetil cloreto Butildigol Benzaldeída
em atmosferas explosivas dentro de Grupos e Categorias, ou uma mistura explosiva é denominada temperatura de ignição. Amônia Amyl acetato Butiraldeída Diamil éter
seguindo a mesmas bases de classificação utilizadas pelo CENELEC. Para evitar qualquer risco de explosão, a temperatura da superfície O Anilina Nafta de alcatrão Ditexil éter
Butano
do motor deve sempre permanecer abaixo da temperatura de ignição U Cicloexano Trimetilamina
GRUPO I (Minas) GRUPO II (Superfícies industriais)
da mistura explosiva.A temperatura interna e externa do
Benzeno Butanol
T Benzil cloreto Butil acetato Cicloexilamina
Categorias Categories Zone equipamento elétrico deve ser estritamente seguida para se evitar a
ignição de uma mistura explosiva. Desta forma, o equipamento é R Bromoetano Butilamina Decaidronaftaleno
M1- Equipamento com Equipamento com grau 1G (gás) 0 (gás) Etil mercaptan
presença de atmosferas explosivas
classificado em classes de temperatura, conforme descrito abaixo: A Butil metil cetona Cloroetano
de proteção muito alto 1D (poeira) 20 (poeira)
450 T1
S Clorobenzeno Clorohexanol Hexano
M2 - Equipamento a ser Equipamento com grau 2G (gás) 1 (gás) Heptano
de-energizado no caso de de proteção alto 2D (poeira) 21 (poeira) Temperatura máxima 300 Classificação T2 Clorobutano Ciclohexanono
na superfície (°C) 200 da temperatura T3 A Querosene
haver uma atmosfera explosiva
135 T4 Cloroetano Ciclohexano
Equipamento com grau 3G (gás) 2 (gás)
100 T5 T Cloroetilieno Diaminohexano Metil acetoacetato
de proteção normal 3D (poeira) 22 (poeira)
85 T6 M Clorometano Dicloroetano Metilciclohenaxo
O Cloropropano Dicloroetileno Metilciclohaxanol
PRODUTOS WEG S Cressol Dietilamina Nafta
Designação Objectivo Normas Produtos WEG F Diacetona álcool Paraldeída
Di-isobutileno
E Nonano
Manter uma explosão interna e não Diclorobenzeno Dimetilamina
À prova de
IIA R Paraldeída
Ex d
explosão
permitir que se propague ao Dicloropropano Dimetilanilina
ambiente externo. A Pentano
EN IEC 60079-1 Etano Etanol
S Terebentina
À prova de Manter uma explosão interna e não Etil acetato Etilbenzeno
explosão com caixa permitir que se propague ao ambiente E Etil metil cetona Etil formato
Ex de
de ligação de externo, com cuidado especial
X Metano (ind.) Formaldimetilamida
segurança aumentada à caixa de ligação. Metanol Metilanina
P
L Metil acetado Nitrometano
O Metil formato Pentanol
Garante a não ocorrência de arcos Naftaleno Propanol
EN IEC 60079-7 S
Ex e Segurança ou centelhas em funcionamento Nitrobenzeno Propilamina
aumentada normal ou na partida. I
V Fenol
A Propano
S Propileno
Propil metil cetona
D Piridina
Garante a não ocorrência de arcos EN IEC 60079-15 I Estireno
Ex nA Não acendível Tolueno
ou centelhas em funcionamento F
normal. E Toluidina
R Trimetilbenzeno
E Xileno
N
T Acrilonitrila Butadieno Etoxietanol Dibutil éter Dissulfeto de carbo Etil nitrato
E Monóxido de carbono Buteno Sulfato de hidrogênio Dietil éter
Prevenir formação ou penetração EN IEC 60079-2
Ex p Pressurizado S Cicloprpano Dioxano Metoxietanol Etil metil éter
de uma atmosfera explosiva
no interior do motor. Apoxipropano Tratahidrofurano Nitrato-isopropila
IIB D Etileno Tetrahidrofurfuril álool
E Óxido de etileno
Óxido formaldeúida
M Nitroetano
Evitar a penetração de poeira I Nitropropano
Protegido por combustível no interior do motor e EN IEC 61241-1
tD N Paraformaldeída
Invólucro limitar a temperatura da superfície. A Trioxano
S
IIC

Outras entidades que certificaram os motores WEG Test Safe


ÁFRICA DO SUL AUSTRÁLIA CANADÁ EUA
044.04/062007

WEG MOTORES
Av. Prefeito Waldemar Grubba, 3000
89256-900 - Jaraguá do Sul - SC
Fone (47) 3276-4000
www.weg.net