Anda di halaman 1dari 2

FELA

A música de Fela Kuti sintetiza a experiência histórica Biografia autorizada do gênio da música africana FELA. Esta vida puta, de Carlos Moore, transcende a

CARLOS MOORE
de africanos e afrodescendentes espalhados pelo biografia. Reflete a franqueza e a coragem de seu
mundo pela brutal escravização e colonização. FELA foi um pioneiro incrível. Seu ritmo e sua influência foram absorvidos por grande biografado. A vida e a época deste músico global
Denuncia as suas consequências no presente e, parte da música que se escuta por aí hoje em dia e o mundo musical tem uma dívida ajudam a nos lembrar que os generosos e destemidos
sobretudo, afirma a nossa heroica resistência. de reconhecimento com ele. Stevie Wonder vivem as melhores vidas. O próprio Moore foi
Sueli Carneiro corajoso, ao lidar com uma pessoa tão problemática
FELA. Esta vida puta é um livro fundamental. Quando o li, além de conhecer a quanto Fela. E foi também generoso, ao colocar à
A África é incansável em criar heróis. Fela, que lutou essência desse artista e pensador, também pude compreender melhor as relações disposição sua biografia, dando espaço a sua
pela sua comunidade, pelo seu país, pela igualdade - e que foram formadas ao longo da história com relação às lutas políticas. Mente primeira esposa, Shawna. Ela teve liberdade para
de forma muito elegante! –, espalhou pelo mundo um fortalecida e Afrobeat na veia! Lázaro Ramos escrever e ilustrar um monólogo afro-atlântico
comportamento espiritual dinástico. Ter vinte e sete
Amo muito a música de Fela! Ela é fundamental para nós no Brasil, porque
ESTA VIDA PUTA centrado na voz imaginada de Funmilayo, a falecida
esposas já demonstra o quanto ele era bem mãe de Fela… Moore viu sua biografia inspirar o atual
assessorado pelo pensamento feminino e levado a ser restabelece os laços históricos entre as duas margens do grande "lago" Atlântico Biografia autorizada sucesso da Broadway, FELA!
este líder incansável com uma "arma simples", que é o africano. Zezé Motta Robert Farris Thompson
Afrobeat. Ele era um saxofonista exímio em composição
e sonoridade, que, junto aos seus grandes músicos, FELA. Esta vida puta é único por ser capaz de nos
transportava a cultura nigeriana ao mais alto grau. fornecer alguns insights verdadeiramente notáveis
Quando eu escuto Fela, me reporto às grandes CARLOS MOORE acerca de um célebre gênio criativo para quem até

ESTA VIDA PUTA


tradições de tocadores de rum dos terreiros de mesmo superlativos podem parecer inadequados.
candomblé da Bahia, sobretudo os da linguagem Ijexá. Margaret Busby
Carlinhos Brown
A primeira coisa que se percebe após ler algumas
Filho da África, inventivo e militante, Fela foi um páginas deste livro é que, embora seu tom seja o da
exemplo para todos nós artistas e trabalhadores do estridente – porém autêntica – voz de um rebelde, o
Pan-africanismo, da luta pelos direitos humanos e por drama de seus pormenores é conduzido por uma
uma humanidade mais fraterna e melhor. Prefácio inteligência impecavelmente disciplinada. Carlos
Nei Lopes Gilberto Gil Moore – o autor deste exercício único em biografia –
não interfere nas expressões pessoais de presunção
FELA. Esta vida puta foi meu primeiro livro... Dá gosto ouvir FELA KUTI e sentir toda a sua raiva, toda a sua crítica potente à filosófica que são a marca registrada da voz de FELA
O crescimento espiritual, para mim, começou aqui. como um defensor da transformação social. Ainda
hipocrisia do mundo branco, eurocêntrico, ocidental. É a música de quem não quer
Seun Anikulapo-Kuti assim, sua presença como interrogador implacável
caridade e impõe respeito em sua luta por justiça. E enquanto ela não chega, vai de Fela, suas esposas, sua família e seus amigos, é
fazendo do seu jeito o próprio caminho, com as próprias mãos. Sua música rosna,

FELA
Quem dedicar um tempo para ler este livro encontrará onipresente.
o lado sério, bem humorado, idealista e espiritual de sensual. É música urbana sem limites, improvisada e suingante como a própria vida. Lindsay Barrett
Fela. Além disso, seus fãs terão a chance de vê-lo Chico César
através dos olhos de suas esposas. É UMA LEITURA Fela foi uma rocha inabalável em sua luta contra a
Um ser social em toda sua plenitude. Um músico em toda sua essência. FELA fez de
OBRIGATÓRIA. corrupção. Tendo sobrevivido a inúmeros regimes
Yeni Anikulapo-Kuti sua vida um ventre de transformações políticas e artísticas. Carregou um continente militares imorais, é um milagre que tenha morrido de
dentro do peito. Paulo Lins causas naturais, e não de tortura. Um gênio musical
A biografia de Fela é importante para todos nós, hoje, incrível com um senso de humor estrondoso e, acima
ISBN 978-85-61191-46-7
porque dá a impressão de que ele está falando de tudo, um amigo verdadeiro e leal até o fim.
conosco do lado de lá. Hugh Masekela
Femi Anikulapo-Kuti
Esta vida puta é a incrível história da vida Fela foi um corajoso pan-africanista que
tumultuosa, provocadora, exuberante de enfrentou diversas forças de opressão com o
Fela Kuti, contada em grande parte em suas poder de sua música transformadora imortal.
próprias palavras. Sua música hipnótica, Não temeu ofender os poderosos nem vacilou
suas apresentações vulcânicas e seu estilo em defender os oprimidos. Denunciou o
de vida provocador, renderam a ele uma racismo e a alienação cultural como sendo tão
enorme legião de seguidores em todo o maléficos quanto o imperialismo econômico e
mundo. Mas também lhe infligiram político. Esta biografia exclusiva é uma
experiências terríveis: várias prisões em jornada comovente através da sua sofrida
condições degradantes, constantes batidas alma. E, pela primeira vez em livro, suas
policiais, um brutal ataque por toda uma esposas também se expressam sobre elas e
brigada militar seguida pela queima de sua sobre ele.
residência comunal e a destruição total de Autenticada pelo próprio Fela como sendo o
seus bens. retrato fiel de sua verdadeira cara, Esta vida
Ainda assim, Fela alcançou fama puta é reconhecida por todos como a fonte
internacional em uma onda de controvérsias primária incontornável sobre Fela. Biografia
e de uma postura política intransigente em que choca, incomoda ou inspira, ela se torna
favor dos despossuídos. Mas como ele era tão imortal quanto seu sujeito.
realmente, este homem que podia tão Muitas obras serão consagradas a Fela Kuti nos
facilmente despertar a hostilidade violenta tempos que virão. Porém, podemos ter uma
das elites governantes africanas quanto à certeza: Esta vida puta se manterá inabalável
lealdade inabalável dos oprimidos de todo como o único relato que é o reflexo genuíno de
um continente e mesmo além dele? sua vida extraordinária e tão fora do comum.