Anda di halaman 1dari 8

RESPIRE! RESPIRE! RESPIRE!

O AR É ENERGIA PURA!
Quantas vezes, numa situação de emergência, você já
ouviu alguém insistir nesta dica: “Respire! Respire
profundamente! Respire devagar!”?

Respirar traz consciência, acalma, alivia o desespero e coloca as


emoções em seus devidos lugares. A respiração traz você de volta
á realidade e lhe dá clareza para tomar decisões, pensar, sentir.

O problema é que a maioria das pessoas não respira corretamente.


Envolvidas pelo ritmo insano do dia-a-dia, mantêm a respiração
curta, quebrada. O ar entra pelas narinas e vai somente até a altura
do peito, quando deveria chegar até o abdômen. Somente aí é que
o ciclo se completa. E assim, a respiração se torna naturalmente
mais longa, mais tranqüila.

O ar é energia pura. O oxigênio alimenta o cérebro, o corpo e


restabelece o ânimo. Portanto, toda vez que se lembrar, concentre-
se por alguns instantes em sua respiração e sinta esse presente
adentrando todo o seu organismo. A respiração correta é capaz de
curar e prevenir doenças, baixar a ansiedade e amenizar os
sintomas de depressão. O melhor de tudo? É de graça. Não custa
nada! Está disponível o tempo todo! Aproveite!

A seguir, selecionamos algumas dicas de especialistas sobre como


se beneficiar do ar que está a seu dispor.

7 EXERCÍCIOS RESPIRATÓRIOS DE CURA

A química, cientista, palestrante e escritora Conceição Trucom


escreve sobre temas voltados para a Alimentação Natural, bem-
estar e qualidade de vida. Ela criou esta série de 7 exercícios
respiratórios que fazem parte integrante de uma prática milenar de
meditação chamada “meditação divina de cura”. Segundo ela, eles
devem ser realizados como abertura da meditação quando
cumprem vários papéis, entre eles o de alongar, expandir pulmões,
ligar os 2 hemisférios do cérebro e criar uma cúpula magnética de
proteção da aura.
“Tal prática era oculta e praticada somente por mestres espirituais
do oriente. Nesta nova Era, época em que todas as ciências ocultas
estão à disposição de todos, este divino trabalho de respiração e
harmonização corporal também ficou liberado. Aprendi e pratiquei
estes exercícios durante uma viagem que fiz para a Índia em 1998 e
têm, até hoje, me causado resultados muito positivos.

Uma boa parte destes exercícios você pode encontrar no livro da


autora “Alimentação Desintoxicante”, Conceição Trucom (página
105 a 109) – Editora Alaúde. O conjunto envolve, além destes
exercícios respiratórios, os movimentos corporais, que provocam
imediato relaxamento, além de mobilização energética.

O IDEAL É PRATICAR ESTA MEDITAÇÃO SEMPRE PELA MANHÃ E POR


UM MÍNIMO DE 30 DIAS SEGUIDOS. SAIR DE CASA COM OS
CIRCUITOS CEREBRAIS LIGADOS E A AULA PROTEGIDA É MUITO
SÁBIO E SAUDÁVEL. APÓS 30 DIAS, VOCÊ JÁ DEVERÁ TER CRIADO
UM MECANISMO MAIS AUTOMÁTICO DE DEFESA ENERGÉTICA. CASO
CONTRÁRIO, CONTINUE PRATICANDO, ESPECIALMENTE QUANDO
FOR TRANSITAR EM AMBIENTES MAIS PESADOS OU DOENTIOS.

VAMOS À PRÁTICA

Recomenda-se praticá-los sempre pela manhã ao ar livre ou de


frente para uma janela aberta. Procure estar num ambiente
silencioso e calmo.

Use roupa leve e solta, pés descalços, pernas abertas na largura


dos quadris, joelhos levemente flexionados, quadril encaixado,
coluna ereta, braços naturalmente soltos na lateral do corpo. Rosto
e ombros relaxados, maxilares soltos. Enfim, postura confortável e
relaxada.

Os olhos podem ficar fechados ou contemplativos, mas não se


distraia com o ambiente externo.

Cada exercício deve ser repetido por 3 vezes, de forma calma e


atenta.

EXERCÍCIOS

( ............... )
Recomenda-se a leitura na íntegra do livro “Alimentação
Desintoxicante” Conceição Trucom, Editora Alaúde, o que
possibilitará a prática desta filosofia de vida com
consciência e responsabilidade. Mais informações, acesse o
site www.docelimao.com.br

MAIS AR, MENOS ANSIEDADE, MAIS ALEGRIA!


O médico David Frowley, autor de “Uma Visão Ayurvédica da
Mente, a cura da consciência”, da Editora Pensamento, é
considerado o maior especialista ocidental em terapia ayurvédica.
Segundo ele, nossa energia vem, basicamente, da respiração. “Se
o cérebro não recebe a quantidade certa de oxigênio, não temos a
energia vital suficiente para nos desenvolver e mudar.” O
especialista ensina como pequenas mudanças na respiração
contribuem pra você atingir e manter um estado físico, mental e
emocional com muito mais bem-estar, equilíbrio e energia.

SOPRE A ANSIEDADE PARA LONGE


A receita é imbatível contra tremores pelo que ainda nem
aconteceu, além de bastante eficaz no combate à insônia.

• Separe uns dez minutos do seu dia, não importa o horário –


pode ser, inclusive, no pico de uma situação
superestressante.
• Comece só prestando atenção no ritmo em que o ar entra e
sai dos pulmões.
• Aos poucos, vá controlando este intervalo, até que ele se
torne bem espaçado: tente contar até dez enquanto puxa e,
depois, quando solta a respiração.
• Fazendo inalações mais prolongadas, você fortalece todo o
seu corpo e acalma a mente. Com isso, as preocupações, por
mais terríveis que sejam, acabam amenizadas, já que a
energia passa a circular melhor por todo o organismo.

RESPIRAÇÕES FORTES E INTENSAS


Contornar os sintomas depressivos com a respiração é muito
simples. A falta de disposição desaparece, caso você consiga
manter um ritmo mais intenso enquanto realiza as inalações e as
exalações.
• A idéia não é apenas respirar com grande velocidade, mas
com bastante vigor, puxando e soltando a máxima quantidade
de ar possível a cada tentativa.
• Mantenha o pique por dois minutos e descanse.
• Repita mais duas vezes.
• Não se assuste caso venha a sentir tonturas, a sensação é
normal – e devida ao excesso de oxigênio que, de repente,
passa a percorrer o organismo.

O SEGREDO ESTÁ NO EQUILÍBRIO


Menos razão, mais emoção.
Até para quem não consegue dar um passo à frente sem medir
todos os prós e contras dessa atitude, existe uma respiração ideal.
As pessoas que têm o lado racional extremamente desenvolvido (e
sofrem maquinando sobre tudo o que acontece ao redor) devem
estimular a respiração com a narina esquerda, conectada com a
região do cérebro ligada às emoções.

• Com um dos dedos, tape a narina direita e faça 30


respirações (inalação, seguida de exalação) somente com a
narina esquerda.

O exercício deverá ser seguido de uma sensação de refrescância e


calma.

MENOS EMOÇÃO, MAIS RAZÃO

• Emoção demais, não há quem agüente. Neste caso, vale o


contrário do treino anterior. Se você derrama lágrimas até pela
grama cortada e se descabela por qualquer bobagem, a dica
é estimular um pouco mais o seu lado racional, favorecendo
um estado de equilíbrio entre ele e suas desenvolvidíssimas
emoções.
• Com um dos dedos, tape a narina esquerda e faça 30
respirações (inalação seguida de exalação) apenas com a
narina direita.
• O efeito aquecedor desta prática irá ajudar na busca por
análises mais racionais das situações impostas pelo dia-a-dia.
Fonte:
Revista Geração Saúde – ano 4 – nº 30 – tema: “Energia equilíbrio
e bem-estar”

---------------------------------------

Bem-estar SEGREDOS DO SPA

Respirar ajuda a combater emoções negativas

por Thais Szegö

Respirar profunda e lentamente, levando o ar até o abdômen, pode


aliviar emoções como a ansiedade, a raiva, o medo e a irritação,
que tomam conta da gente e podem nos fazer perder o controle. É
muito fácil. "Inspire por sete segundos, segure a respiração por um,
expire contando até sete, prenda o ar por mais um segundo e
reinicie a seqüência", ensina o terapeuta especializado em terapia
prânica Ricardo Cneio Alves, do Kyron Spa, em São Paulo. "Cinco
minutos de respiração abdominal controlada são suficientes para
domar sentimentos negativos", garante.

Fonte:
Revista Saúde! É Vital – edição 271 – março 2006
http://saude.abril.com.br/edicoes/0271/bem_estar/conteudo_122880
.shtml
-------------------------------------

Ar poluído: adaptações e mudanças

No último século as concentrações de dióxido de carbono no ar


aumentaram 30%, as de metano dobraram e as de óxido nitroso
subiram 15%

O ar nosso de cada dia

Poluição não é exclusividade das metrópoles. Cidades


pequenas também sofrem a ação dos gases venenosos.
Defenda-se dessa ameaça e faça a sua parte para melhorar.

por Anderson Moço,

É no inverno que o ar já tão poluído fica ainda pior. O clima seco, a


temperatura baixa e a pouca quantidade de ventos favorecem a
formação de grandes massas de gases nocivos à saúde, como o
óxido de nitrogênio, o monóxido de carbono e o ozônio. Isso sem
falar nas partículas, liberadas aos montes por carros, ônibus e
motos. Microscópicas, são dez vezes menores do que o diâmetro
de um fio de cabelo. E nem precisa respirar fundo para que sejam
inaladas. Basta o simples e vital ato de inspirar.

"Esses poluentes vão direto para os pulmões o tempo todo", conta o


médico Alfésio Luiz Ferreira Braga, do Laboratório de Poluição
Atmosférica da Faculdade de Medicina da Universidade de São
Paulo, a USP. "De lá, boa parte segue viagem rumo à corrente
sangüínea, espalhando-se por cada célula do corpo." E não só
quem está na rua sofre os efeitos das substâncias venenosas. Elas
invadem a sua casa sem a menor cerimônia, sobretudo se você
morar em um local muito movimentado.

A exposição contínua a toda essa sujeira desencadeia inflamações


no organismo inteiro, além de potencializar o processo oxidativo das
células — ou seja, sua degeneração. A tal oxidação, que está por
trás do envelhecimento da pele e de todos os órgãos, também tem
culpa no cartório quando o assunto é câncer. Não à toa, a poluição
mata mais de 2 milhões de pessoas no mundo a cada ano. Só em
São Paulo, são mais de 2,5 mil as vítimas fatais — número superior
ao dos que morrem anualmente por causa do vírus da aids.

É verdade que mudar esse cenário sufocante envolve ações de


longo prazo, mas nem por isso você deve se conformar com a
fumaça que entra pelas narinas. Pequenas atitudes que estão ao
seu alcance podem fazer a diferença. Primeiro para amenizar os
efeitos sobre a saúde. E segundo para dar sua parcela de
contribuição para salvar o planeta, como você verá mais adiante.
"Evite atividades externas em horários de pico de trânsito, quando a
poluição é maior", recomenda, de cara, a médica fisiatra Isabel
Chateaubriand de Salles, do Hospital Sírio Libanês de São Paulo.

De manhã cedo e no fim da tarde, há tantas substâncias nocivas


em suspensão que os pesquisadores pedem a mães de bebês e
também aos idosos, mais suscetíveis às encrencas provocadas
pelo ar de má qualidade, que permaneçam em casa. "O mesmo
vale para cardíacos e pessoas com problemas respiratórios, como
os asmáticos", enfatiza Alfésio Luiz Ferreira Braga.

Os belos dias ensolarados do inverno, um convite para passeios ao


ar livre, também concentram grande quantidade de partículas
nocivas. "Os mais vulneráveis não deveriam pôr os pés fora de casa
entre as 10 da manhã e as 4 da tarde", opina Maria Lúcia Guardani,
da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, a Cetesb,
que é ligada à Secretaria do Meio Ambiente do governo do estado
de São Paulo. Durante esse período, formam-se maiores
quantidades de um gás perigosíssimo, o ozônio. "Ele surge com a
ação da luz do sol sobre outros gases, como o óxido de nitrogênio",
explica."Ao sair de casa você se expõe cinco vezes mais a esse
poluente.

" E pensar que o mesmo ozônio funciona como uma barreira contra
a radiação solar lá na atmosfera, entre 15 e 50 quilômetros de
altitude, enquanto aqui na superfície... "Suas partículas
minúsculas inflamam os pulmões, além de dificultar o
transporte do oxigênio pelo sangue", afirma Helena Ribeiro, do
Departamento de Poluição Ambiental da Faculdade de Saúde
Pública da USP. "Infelizmente esse gás costuma se acumular sobre
as áreas verdes das cidades." Pois é, para os pulmões — que
pena — não é uma boa idéia freqüentar parques nos dias
muito ensolarados.

Fonte:
http://saude.abril.com.br/edicoes/0285/medicina/conteudo_232444.s
html?pag=1

-------------------------------------

Visite o SkyDrive de MaxNel,


com artigos sobre saúde & qualidade de vida:

https://cid-0a52feaf7be37185.skydrive.live.com/home.aspx

No MaxNel você encontra artigos sobre Atividade Física


Terapêutica, Nutrição, Nutrologia, Ortomolecular, Homeopatia,
Homotoxicologia, Medicina Vibracional, Moduladores e Indutores
Frequenciais, Moduladores Hormonais Frequenciais, Sono-
reparador, Medicina Preventiva, Curas Naturais.....

Visita também:
http://www.scribd.com/people/view/2297053-pedez

http://www.scribd.com/people/view/311336-poquelono

------------------------------