Anda di halaman 1dari 2

Radiciao de Complexos

Seja o nmero complexo z = (cos + i . sen ). Para o clculo das razes e-nsimas do complexo z, ou seja, para o clculo de deveremos utilizar a seguinte frmula: ,

onde k = 0,1,2,3, ... , n - 1. Esta frmula aparentemente assustadora, no ?! Vamos ento, por partes. 1 - O ngulo (argumento do complexo) deve ser expresso em graus. Se voc preferir usar a unidade radiano, ao invs de 360.k, dever ser usado 2k , pois 360 graus = 2 radianos. 2 - Como k = 0,1,2,.3, ... , n -1, ento so n valores possveis para a varivel k, o que significa que existem n razes e-nsimas de z. Ou seja: 2 razes quadradas, trs razes cbicas, quatro razes quartas, cinco razes quintas, etc. 3 - Observe que todas as n razes e-nsimas de z possuem o mesmo mdulo. Vamos determinar, como exemplo, as trs razes cbicas da unidade. Seja o nmero complexo z = 1 (unidade). Podemos escrever na forma polar: z = 1 (cos 0 + i . sen 0) Temos ento: mdulo: = 1 argumento: = 0 = 0 rad Substituindo na frmula dada, vem:

Fazendo k = 0, obteremos a primeira raiz, ou seja: z1 = 1(cos 0 + i . sen 0) = 1(1 + i . 0) = 1 Fazendo k = 1, obteremos a segunda raiz, ou seja: z2 = 1(cos 120 + i . sen 120) = -1/2 + i . 3 / 2 Finalmente, fazendo k = 2, obteremos a terceira e ltima raiz: z3 = 1(cos 240 + i . sen 240) = -1 /2 - i . 3 / 2 Um detalhe importante pode ser visualizado no exemplo acima: os argumentos das razes so 0, 120 e 240 , que so termos de uma progresso aritmtica de razo 120. Isto no uma coincidncia! Veja a dica abaixo: As n razes ensimas de um nmero complexo de argumento , possuem argumentos que formam uma Progresso Aritmtica de primeiro termo / n e razo 360 / n.

Sabendo disto, poderemos simplificar o clculo das razes de um nmero complexo.Por exemplo, vamos calcular as razes quadradas da unidade imaginria: Temos z = i ( i = unidade imaginria). Portanto, z = 1(cos 90 + i . sen 90) mdulo: = 1 argumento: = 90 Como queremos as razes quadradas, temos n = 2. Pela dica acima, os argumentos das razes formaro uma P. A . de primeiro termo 90 / 2 = 45 e razo igual a 360 / n = 360 / 2 = 180. Logo, basta determinar a primeira raiz e usar esta informao para calcular a segunda e ltima raiz. Temos:

1 raiz: fazendo k = 0, vem z1 = 1(cos 45 + i . sen 45) = 2 / 2 + i . 2 / 2 2 raiz: z2 = 1(cos 225 + i . sen 225) = - 2 /2 - i . 2 / 2 Observe que 225 = 45 + 180 (180 = 360 / n = 360 / 2 (veja acima). Mais um exerccio resolvido para voc! Resolva a equao z6 - 16z3 + 64 = 0 , onde z C (C = conj. dos nmeros complexos). Vamos comear fazendo z3 = x ; Da, vem z6 = (z3)2 = x2 ; substituindo, fica: x2 - 16x + 64 = 0 (x - 8)2 = 0 x = 8 Como z3 = x , vem z3 = 8 . O problema consiste ento no clculo das razes cbicas de 8. Observe que 8 = 8 + 0. i ( i = unidade imaginria). Portanto:

Sabemos que existem trs razes cbicas; logo, fazendo k = 0, obteremos a primeira raiz: z1 = 2(cos 0 + i . sen 0) = 2(1 + 0.i) = 2 Usando a dica vista acima , vem: z2 = 2(cos 120 + i. sen 120) = 2(- 1 /2 + i . 3 / 2) = - 1 + 3 i z3 = 2(cos 240 + i . sen 240) = 2[- 1 /2 + i . (- 3 / 2) = -1 - 3 i Portanto, o conjunto soluo da equao dada : S = {2; -1 + 3 i; -1 - 3 i} Paulo Marques - Feira de Santana