Anda di halaman 1dari 2

Contrato de trabalho

Vs.
Contrato de Prestação de Serviços

MÉTODO TIPOLÓGICO
Pressupostos de verificação analisados de acordo com os dados apresentados;

Trabalhador (pessoa física (singular))


 Sujeitos

Empregador (pessoa física ou colectiva)

 Objecto: Actividade para a qual o trabalhador é contratado (111º CT)

 Retribuição: Contrapartida devida pela disponibilização da força do trabalho (249º ss CT)

 Subordinação Jurídica: “Sob autoridade e direcção…” (10º CT)

Concretiza-se na esfera jurídica do …

Trabalhador Empregador

Dever de obediência Poderes


Contrapõe-se o direito de
desobediência legítima
121º/1-d)
Disciplinar
Poder de autoridade
Legitimidade legal da entidade
Direcção empregadora poder aplicar sanção
disciplinar ao trabalhador
(365º ss).

Poder Poder Poder


Determinativo Conformativo Regulamentar
Da Da (153º)
Função Função (regulamentos da empresa)
(151º) (150º)

MÉTODO INDICIÁRIO
 Procede-se à caça de indícios do poder de direcção e do poder disciplinar.

António Manuel de Albuquerque Pereira – 2400030 – Direito – Turma 4N1 – 2007/08


Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa
Contrato de trabalho
Vs.
Contrato de Prestação de Serviços

DEFINIÇÃO

Elementos fundamentais da distinção

CONTRATO DE TRABALHO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO


 Tem que reunir elementos essenciais previstos  1154º CC
no art. 10º CT e 1152º CC; Define Contrato de Prestação de Serviço

Subordinação Jurídica Autonomia


Trabalho heterodeterminado Trabalho autónomo

Retribuição Retribuição
Devida pela força de trabalho Onerosa ou não

Risco Risco
Corre por conta da entidade Corre por conta do prestador de
empregadora serviço

Objecto Objecto
Prestação de uma actividade Pressupõe obtenção de um
resultado

António Manuel de Albuquerque Pereira – 2400030 – Direito – Turma 4N1 – 2007/08


Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa