Anda di halaman 1dari 40

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS

4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

DISCIPLINA:

Carga horária: 30 horas


Período: 17/09/07 a 11/01/08
(15 Semanas)

Profª Isabel Lourenço

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

OBJECTIVOS

Compreender o significado da Bioética


Conhecer as várias declarações de direitos e legislação
portuguesa nas quais se fundamentam as questões da
Bioética
Conhecer os problemas éticos relacionados com a evolução
técnica e científica
Identificar a necessidade e razão de ser da formação ética
dos Profissionais de Saúde
Adquirir competências como Profissional de Saúde a
respeitar a dignidade do ser humano doente
Reflectir sobre as questões fundamentais da Bioética

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

1
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

METODOLOGIA

Expositiva, com auxílio do retroprojector e projector


multimédia
Leitura e análise de textos em grupo
Interactiva, com discussão e reflexão ética sobre algumas
das questões da Bioética

Filme: “Diagnóstico do destino”

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA

— - 1 teste de avaliação de conhecimentos

— - Avaliação contínua sobre as intervenções pertinentes e


o envolvimento do aluno na discussão e reflexão sobre
as várias temáticas, será tida em conta na nota final da
disciplina.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

2
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

PROGRAMA

1. A ÉTICA NA ACTUALIDADE E A TOMADA DE DECISÃO

1.1 - Conceitos e definições


1.2 - A evolução histórica da Bioética
1.3 - A evolução histórica da Bioética em Portugal
1.4 - A dignidade humana
1.4.1 - Declaração Universal dos Direitos Humanos e
outras declarações de direitos
1.4.2 - Convenção sobre os Direitos do Homem e a
Biomedicina
1.4.3 - Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes
1.4.4 – Carta dos Direitos do Doente Internado
1.4.5 - Declaração de Helsínquia
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2. DEONTOLOGIA PROFISSIONAL
2.1- Código Deontológico da Função Pública
2.2 – Princípios éticos do Fisioterapeuta
2.3 – Equipa de Saúde

3. COMISSÕES DE ÉTICA

4. CONSENTIMENTO INFORMADO

5. SIGILO PROFISSIONAL

6. PODERES E LIMITES DA GENÉTICA

7. INVESTIGAÇÃO CLÍNICA

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

3
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

8. REFLEXÃO E ANÁLISE SOBRE ALGUMAS QUESTÕES


ACTUAIS DA BIOÉTICA

8.1 - Aborto / Estatuto do embrião / Diagnóstico pré-natal


8.2 - Engenharia genética / Clonagem reprodutiva e não
reprodutiva
8.3 - Homossexualidade / Transexualidade e mudança de
sexo
8.4 - Eutanásia / Testamento de vida
8.5 - Morrer com dignidade / Medicina Paliativa
8.6 - Transplantes / Doacção de órgãos e produtos
biológicos
8.7 - Qualidade de vida e envelhecimento / Qualidade de
vida em doenças crónicas

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

BIBLIOGRAFIA
Bibliografia principal

ARCHER, Luis (coord); BISCAIA, Jorge (coord.); OSSWALD,Walter (coord.) (1996) – Bioética, Editorial Verbo, Lisboa.

ARCHER, Luis (coord); BISCAIA, Jorge (coord.); OSSWALD,Walter; RENAUD, Michel (coord.) (2001) – Novos desafios à
Bioética, Porto Editora, Porto.

ARCHER, Luis (2006) – Da Genética à Bioética, Gráfica de Coimbra 2, Coimbra .

FR. BERNARDO, O.P. (1988) – Pessoa, Saúde e Ética, Edição dos Amigos do Fr. Bernardo, O.P., Porto.

http://www.cnecv.gov.pt - Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida

http://www.apbioetica.org

JONSEN, Albert R.; SIEGLER, Mark; WINSLADE, William J. (1999) – Ética Clínica – uma abordagem prática de decisões
éticas em medicina clínica, 4.ª ed., McGraw-Hill, Portugal.

MARCOS, Baldeia (1999) – Ética e profissionais de saúde, 1ª ed., Livraria Santos Editora, São Paulo

MORENO, Armando (2004) - Ética em Tecnologias da Saúde, Medilivro, Lisboa

NUNES, Rui Manuel Lopes (2002) – Bioética e Deontologia Profissional, Gráfica de Coimbra, Coimbra

NUNES, Rui; BRANDÂO, Cristina (2007) – Humanização da Saúde, Gráfica de Coimbra 2, Coimbra

SERRÃO, Daniel e NUNES, Rui (1998) – Ética em Cuidados de Saúde, Porto Editora, Porto

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

4
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Bibliografia de apoio e consulta

BROTÉRIA - Cristianismo e Cultura - Revista mensal

CADERNOS DE BIOÉTICA – Edição do Centro de Estudos de Bioética - Revista trimestral

FR. BERNARDO, O.P. (1992) – Bioética e Saúde, Livraria Torre de Marca, Porto.

FRANKL, Viktor E. (1989) - Sede de sentido, Quadrante, São Paulo.

HENNEZEL, Marie de (1997) – Diálogo com a morte, 2ª edição, Notícias editorial, Lisboa.

HENNEZEL, Marie de; LELOUP, Jean-Yves (1998) – A arte de morrer, Notícias editorial, Lisboa.

HENNEZEL, Marie de; LELOUP, Jean-Yves (2001) – Nós não nos despedimos, Notícias editorial, Lisboa.

KUBLER-ROSS, Elizabeth (1990) – Encontro com os moribundos, Associação Católica dos Enfermeiros e Profissionais de Saúde,
Lisboa.

LOURENÇO, Isabel (2004) – A Espiritualidade no processo terapêutico, Quarteto, Coimbra.

NEVES, Maria do Céu Patrão (2003) – Comissões de Ética – das bases teóricas à actividade quotidiana, Gráfica de Coimbra, 2ª ed.,
Coimbra

NEVES, Maria do Céu Patrão (coord.); PACHECO, Susana (coord.) (2004) – Para uma Ética da Enfermagem - desafios, Gráfica de
Coimbra, Coimbra

PINA, J. ª Esperança (1994) – A responsabilidade dos médicos. LIDEL, Edições Técnicas L.da, Lisboa.

QUEIRÓS, Ana Albuquerque (2001) – Ética e Enfermagem, Quarteto Editora, Coimbra

THOMPSON, Ian E.; MELIA, Kath M.; BOYD, Kenneth M. (2004) – Ética em Enfermagem, Lusociência, 4ª ed., Loures

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

ÉTICA:
O exemplo começa em casa

Fr. Bernardo, O.P.


“Dirigir”, nº 0 especial, 1993

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

5
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

6
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

7
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

8
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

9
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

10
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

11
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

12
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

13
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

14
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

15
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

?
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

16
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

É importante criar-se um ambiente ético

Aplicando princípios assentes em teorias éticas

Que levem as pessoas a pensar e agir duma


determinada maneira

Ajudando-as a tomar decisões autónomas em


situações de conflito
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Teorias éticas:
– Teoria ética orientada pelo dever – é um sistema de
pensamento ético orientada que tem por base o conceito
de dever ou obrigação.

Teoria ética orientada pelo dever

Deveres

Direitos

Objectivos

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

17
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

– Teoria ética orientada pelos direitos – é um sistema de


pensamento ético orientada que tem por base o conceito
de direito.
Teoria ética orientada pelos
direitos

Direitos

Deveres

Objectivos

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

– Teoria ética orientada por objectivos – é um sistema de


pensamento ético orientada que tem por base o conceito
de maximização do bem colectivo.

Teoria ética orientada por


objectivos

Objectivos

Deveres Direitos

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

18
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

– Teoria ética intuitiva – é um sistema de pensamento


ético que pondera objectivos, direitos e deveres, de
acordo com a situação.

Teoria ética intuitiva

Deveres Objectivos Direitos

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

19
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

20
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

ÉTICA
– “É a parte da filosofia, que estuda os
valores morais e os princípios que
devem nortear o comportamento
humano; ciência dos princípios da
moral.”
– (Mini-Enciclopédia, 1993, p.290)

– “Conjunto de princípios morais e de


conduta pelos quais se rege o indivíduo
na sua vida ou no desempenho de uma
profissão ou actividade.”
(Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, 2001, p.1109)

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

21
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

22
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Para se criar um ambiente ético, é necessário introduzir


princípios éticos, tais como:

– Fazer o bem

– Ter respeito pelas pessoas

Dentro da prática da organização

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

23
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Os princípios éticos fornecem directrizes para os


membros da organização

Pensarem e agirem de modo moralmente aceitável


Especialmente em situações difíceis

Em que a moral dum membro esteja em


conflito com os regulamentos e as normas da
organização

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

MORAL
– “É a realidade que se apresenta em
conformidade com a norma que rege o
agir do homem livre. Esta realidade tem
de ser analisada nos diversos elementos
que contribuem para a valorização do
acto humano, ou seja, a acção ou
objecto em si, a intenção ou fim e as
circunstâncias.”
– (Mini-Enciclopédia, 1993, p.290)

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

24
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Conjunto das práticas, sentimentos e juízos


relativos ao bem e ao mal e à conduta em geral.
Conjunto de normas de conduta reconhecidas por
um determinado grupo social ou propostas por
uma religião, autor, corrente; sistema particular
de ética.
Conjunto de regras de conduta decorrentes de
uma concepção moral.”
(Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, 2001, p.2523)

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

25
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O Direito versa o lado exterior da conduta, a sua


manifestação externa, o cumprimento da norma. Torna
possível ao indivíduo em sociedade exercer os seus direitos
e cumprir os seu deveres.

Quer o Direito quer a Ética são “duas ordens normativas


que se traduzem em regras de conduta e que são
norteadas por valores, nomeadamente a justiça que é um
valor desde sempre afirmado como comum ao Direito e à
Ética, e que tem em consideração o homem relacionado e
não isolado.”
(Lopes Cardoso, 1996)

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

26
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

NEGLIGÊNCIA E MÁ PRÁTICA
Negligência – é o delito não intencional de acção
ou omissão enquanto pessoa vulgar,
razoável e prudente, produzindo danos
para a pessoa a quem o cuidado era
devido.
O termo legal para a negligência são o
dever, o não cumprimento do dever, a
origem e o dano ou prejuízo.
Má prática – é o termo para a negligência
profissional
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

27
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

28
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A EVOLUÇÃO HISTÓRICA
DA BIOÉTICA

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

29
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O termo Bioética foi proposto pela 1ª vez em 1970, por Van


Rensselaer Potter.

Em 1971 criou-se nos E.U.A., anexo à universidade De


Georgetown em Washigton, um Instituto Mundial de Bioética.

Em 1988, surge em Portugal o Centro de Estudos de Bioética, em


Coimbra.

Até meados do sec. XX, a maior parte dos problemas morais que
se punham à biomedicina podiam ser resolvidos por uma
deontologia profissional e uma ética de inspiração hipocrática,
apoiada apenas em algumas virtudes básicas como a compaixão e
o desinteresse, assim como no princípio que o médico deve agir
sempre e só em benefício do paciente.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Bioética

– Consiste no saber transdicisplinar que planeia as atitudes que


a humanidade deve tomar ao interferir com o nascer, o
morrer, a qualidade de vida e a interdependência de todos os
seres vivos. Bioética é a decisão da sociedade sobre as
tecnologias que lhe convém. É expressão da consciência
pública da humanidade. (ARCHER, 1996)

– São três os factos históricos que desencadeiam uma


nova bioética:
Alguns abusos na experimentação em seres humanos
O surgir das novas tecnologias, que põem questões
inéditas
A percepção da insuficiência dos referenciais éticos
tradicionais

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

30
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Alguns abusos na experimentação em seres humanos

– - a seguir à 2ª Guerra Mundial, vieram ao conhecimento


público as experiências em seres humanos efectuadas por
médicos nazis em hospitais de alienados e em campos de
concentração, a consciência colectiva reagiu fortemente. O
Tribunal de Nuremberga, que julgou os crimes de guerra,
redigiu em 1947, um Código que reconhece a dignidade de
toda a pessoa humana e prescreve que nenhuma experiência
seja realizada em seres humanos sem o seu consentimento
livre e esclarecido. Depois em 1948, a ONU seguindo o mesmo
princípio, proclama a Declaração Universal dos Direitos do
Homem. Em 1964, a Associação Médica Mundial aprovou um
conjunto de recomendações destinadas a servir de guia para
cada médico na investigação clínica, conhecida como
Declaração de Helsínquia; tendo sido submetida a várias
alterações, cuja a última ocorreu em Edimburgo em Outubro
de 2000.
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O surgir das novas tecnologias, que põem


questões inéditas

– – o desenvolvimento de tecnologias médicas e


terapêuticas, que foram mais inovadoras nos últimos 25
anos, que nos anteriores 25 séculos e que deram origem
a situações inéditas de decisão moral. A reacção
imediata a todas as questões levantadas pelas novas
tecnologias foi a de constituir comissões de ética
hospitalares, para procurarem resolver os conflitos
éticos que se põem na assistência hospitalar e elaborar
protocolos assistenciais nos casos em que seja
necessária uma política institucional pela dificuldade do
problema ou pela frequência com que ocorre.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

31
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A percepção da insuficiência dos referenciais éticos


tradicionais

– – o código hipocrático baseado numa atitude paternalista do médico


em relação ao doente, não era suficiente numa época em que se
começavam a acentuar os direitos do paciente: o direito à autonomia,
à verdade, à informação e ao consentimento informado. A ética
filosófica era também incapaz de dar resposta às novas questões. A
teologia moral, tradicionalmente baseada no conceito da lei natural,
tinha dificuldade em se adaptar às novas ciências do artificial, e
distanciava-se progressivamente das novas problemáticas. A ética
médica tradicional estava demasiado concentrada nas relações
médico/doente, enquanto agora se buscavam as grandes repercussões
sobre a sociedade em geral. A própria ciência, que levantava as novas
questões, passou a não poder fundamentar uma resposta ética. Ao
desistir de buscar a verdade, a ciência teve de prescindir a partir dos
anos 70 da busca do bem. Ao abandonar os últimos redutos de
vitalismo, a ciência mecanicista teve também de renunciar aos
conceitos de finalidade ou intencionalidade da vida e à pretensão de
poder fundamentar uma ética.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Biodireito

Área nova do conhecimento, “nasce da necessidade que o


legislador sente em compatibilizar o princípio da liberdade
de investigação com a salvaguarda dos bens jurídicos
fundamentais da pessoa tendo, portanto, e nomeadamente,
como objecto o regular a eventual aplicação ao ser humano
dos avanços das Ciências Biomédicas.

Visa, assim, formular normas e princípios jurídicos que


rejam a aplicação daquelas técnicas à vida e abrange um
campo muito amplo e diverso, que compreende problemas
de Direito Constitucional, de Direito Civil e de Direito
Penal.”
(Helena Melo, 2001)

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

32
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A Bioética versa solucionar


problemas de ética da vida e da ética
da saúde.

Os quais são abordados pelos


princípio da autonomia, da não
maleficência, de beneficência e da
justiça.
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Princípio da autonomia, defende o exercício da escolha


pessoal; emana a noção do respeito pelas pessoas, as quais
não devem ser tratadas como coisas e usadas como meios;
defende a ausência de limitações ou incapacidades pessoais
que impedem ou diminuem a liberdade de decisão.

Princípio da não maleficência, significa não infligir dano


a uma pessoa.

Princípio de beneficência, defende a realização do bem.

Princípio da justiça, preconiza que cada pessoa tenha


tudo a que tem direito e seja tratada com equidade.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

33
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A EVOLUÇÃO HISTÓRICA
DA BIOÉTICA
EM PORTUGAL

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Em Portugal, o Centro de Estudos de


Bioética foi a primeira instituição
dedicada à reflexão Bioética, foi
criado em 1988 em Coimbra

Posteriormente, o Conselho Nacional de


Ética para as Ciências da Vida, foi criado
pela lei nº 14/90 de 9 de Junho, e
iniciou a sua actividade em 1991.
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

34
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O CNECV (Conselho Nacional de Ética para


as Ciências da Vida), foi criado pela Lei nº
14/90 de 9 de Junho

O CNECV tem como finalidade:


– analisar os problemas morais suscitados pelos progressos
científicos no âmbito da biologia, da medicina ou da saúde em
geral; emitir pareceres sobre qualquer dos assuntos solicitados

O CNECV deve apresentar:


anualmente um relatório ao 1º Ministro sobre o estado de
aplicação de novas tecnologias à vida humana e respectivas
implicações de natureza ética e social, e realizar reuniões
públicas

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O CNECV, é um conselho de âmbito nacional


constituído por 21 membros, dos quais:

– 1 é o presidente, 7 são personalidades de reconhecido


mérito na área das ciências humanas e sociais, 7 são
personalidades de reconhecido mérito em áreas da
medicina ou da biologia, e 6 são personalidades de
reconhecida qualidade técnica e idoneidade moral, tendo
em conta as principais correntes éticas e religiosas, são
eleitas por mandatos de 5 anos.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

35
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

O CNECV, nos 2 mandatos:

– Emitiu vários pareceres e documentos de


trabalho sobre várias temáticas da actualidade.

– Participou em várias reuniões internacionais

– Realizou vários seminários públicos

– O último concelho terminou o seu mandato em


20/11/2001.
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

– Foi designada pelo Primeiro Ministro a Drª


Paula Martinho da Silva, advogada, como
Presidente do CNECV, que aceitou o convite
em 10 de Dezembro de 2002.

–O novo Conselho, tomou posse no dia


3/09/2003.

htpp:/www.cnecv.gov.pt
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

36
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A Faculdade de Medicina da
Universidade do Porto constituiu o
Serviço de Bioética e Ética Médica em
1996.

Este Serviço tem como funções nucleares


o ensino pré-graduado (licenciatura) e
pós-graduado (mestrado) e também a
investigação no domínio da bioética, ética
médica, ética e psicologia, ética e gestão
da saúde, ética e educação, ética
ambiental, biodireito e biopolítica.
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

A Associação Portuguesa de Bioética foi


fundada em Julho de 2002 por um conjunto de
especialistas nesta área do conhecimento.

O papel do Serviço de Bioética e Ética Médica foi


decisivo para a criação e desenvolvimento desta
associação.

Os seus objectivos essenciais são a investigação,


a promoção e a difusão da bioética enquanto
área científica e de intervenção social.

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

37
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

Em particular, deve ser realçado o papel


da Associação Portuguesa de Bioética na
organização anual do Congresso Nacional
de Bioética e do Observatório Português
de Bioética.

A Associação Portuguesa de Bioética


constituiu formalmente o Observatório
Português de Bioética em Julho de
2004.

http://www.apbioetica.org/
2007/2008 Profª Isabel Lourenço
Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA:


– Artº 16º - Âmbito e sentido dos direitos fundamentais
– Artº 24º - Direito à vida
– Artº 25º - Direito à integridade pessoal
– Artº 26º - Outros direitos pessoais
– Artº 64º - Saúde

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE BIOÉTICA E DIREITOS


HUMANOS DA UNESCO

CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DA CRIANÇA

DIREITOS DO IDOSO

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

38
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

DECLARAÇÃO DOS DIREITOS GERAIS E PARTICULARES


DOS DEFICIENTES MENTAIS

CARTA DOS DIREITOS DO CIDADÃO DEFICIENTE MENTAL

DECLARAÇÃO DE DIREITOS DA PESSOA MORIBUNDA

CARTA DOS DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS

CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DO HOMEM E A


BIOMEDICINA

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS


4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

CARTA DOS DIREITOS E DEVERES DOS DOENTES

CARTA DOS DIREITOS DO DOENTE INTERNADO

CÓDIGO DE NUREMBERGA

DECLARAÇÃO DE HELSÍNQUIA

JURAMENTO DE HIPÓCRATES / DECLARAÇÃO DE GENEBRA

JURAMENTO DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DRº


LOPES DIAS

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

39
ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DRº LOPES DIAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM ANÁLISES CLÍNICAS
4º CURSO DE LICENCIATURA EM FISIOTERAPIA
1º CURSO DE LICENCIATURA EM INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
4º ANO / 3º ANO – 1º SEMESTRE – ANO LECTIVO 2007/2008

2007/2008 Profª Isabel Lourenço


Bioética

40