Anda di halaman 1dari 6

O QUE É INTERCESSAO?

INTERCESSÃO significa pedir em favor de alguém, rogar por alguém ou situação.


Significa ser INTERMEDIÁRIO ( INTROMETIDO) junto de DEUS.
O INTERCESSOR é aquele que ora com fé, até formar JESUS, através da oração, na
pessoa por quem é levado pelo ESPÍRITO SANTO a ORAR:

· Abraão pediu por Sodoma ( Gn 18, 23 - 33)


· Daniel orou pela libertação do seu povo ( Dn. 9, 1 - 19)
· PAULO é exemplo de constante INTERCESSOR (Col. 1, 9)

O INTERCESSOR se lança diante de DEUS em esta mesma confiança, pois trás no seu
coração a promessa de JESUS:

" Aquele que crê em mim fará as obras que faço e fará ainda maiores do que estas,
porque vou para junto do Pai " ( Jo. 14, 12)

Importante lembrar que PEDIR é uma coisa, INTERCEDER é outra. INTERCEDER é mais
que pedir, pois nos colocamos entre a necessidade e o necessitado para ser com ele,
sofrer com ele, rogar por ele, suplicar por ele.

O INTERCESSOR reconhece DEUS como : DOADOR

INTERCESSÃO é um ministério, ou seja, um SERVIÇO.

Notamos isto em ÊXODOS 174, - "Então dirigiu Moisés esta prece ao Senhor: que farei a
este povo ? Mais um pouco e irão apedrejar-me"- Moisés se dirige a Deus como
DOADOR.

É de DEUS que depende nossas atitudes. Nele buscamos sabedoria, como Moisés, para
dirigir o povo.

Encontramos ainda na Sagrada Escritura outras passagens, as quais nos leva a


reconhecer total dependência de Deus:

a) JOSUÉ 6, 1
b) I REIS 18, 20
c) JEREMIAS 42, 1- 18
d) A Intercessão de Maria - JOÃO 2. (Bodas de Caná)
e) A Intercessão de Jesus - JOÃO 17, 9 .

O Ministério (serviço) de INTERCESSÃO nos dá sinais e soluções como luz, diante das
súplicas e pedidos. Vejamos isto:
ÊXODOS - 15, 24 - 26.
O Senhor mostrou a Moisés um madeiro que ele jogou na água amarga e ela se tornou
boa para beber.

MAS NOTE.... Moisés clamou a DEUS pela necessidade do povo. Ele colocou-se como
INTROMETIDO, entre as necessidades e o Senhor - (DOADOR)

ASSIM, UM INTERCESSOR DIANTE DA SITUAÇÃO DEVE AGIR PERGUNTANDO :


a) O QUE FAZER ? - ( Êxodos 17,4 )
b) COMO FAZER ? - ( Êxodos 15, 24)
c) ROGAR PELA NECESSIDADE. ( Êxodos 32, 11)
d) FALAR COM DEUS PESSOALMENTE. ( Jeremias 33, 3)
QUAIS SÃO AS CAUSAS QUE DEVEMOS INTERCEDER ?

Devemos interceder:
a) Pela Cura de uma pessoa;
b) Pela libertação de alguém oprimido;
c) Pela mudança de hábitos de alguém;
d) Pela manutenção das coisas de DEUS;
e) Pelo sucesso de algum projeto.

A INTERCESSÃO sendo Ministério ( Serviço) tem a função de rogar em favor de algo, de


alguém ou por uma situação.
O INTERCESSOR deve estar atento sempre, pois a pessoa necessitada, está envolvida
com seus problemas, trazendo consigo tristeza, angústia, dor, medo, perturbação,
ansiedade, etc.
A INTERCESSÃO sendo um Ministério (Serviço) ;e uma graça que recebemos de DEUS.
Então é um Dom. Um DOM do ESPÍRITO SANTO. Um DOM dado pelo batismo no
Espírito.

VEJAMOS O QUE DIZ A IGREJA :


O Concílio Vaticano II diz: "PELO BATISMO TEMOS O SACERDÓCIO DE CRISTO, ASSIM
PELO BATISMO EM JESUS CRISTO, SOMOS TODOS CHAMADOS AO MINISTÉRIO DE
INTERCESSÃO.

Vejamos ainda a Palavra: HEBREUS 7, 24 - 25.


" ESTE PORQUE VIVE PARA SEMPRE, POSSUI UM SACERDÓCIO ETERNO . É POR ISSO
QUE LHE É POSSIVEL LEVAR A TERMO A SALVAÇÃO DAQUELES QUE POR ELE VÃO A
DEUS, PORQUE VIVE SEMPRE PARA INTERCEDER EM SEU FAVOR"

QUANDO DEVEMOS NOS UNIR EM ORAÇÃO INTERCESSÓRIA ?


a) Pelos acontecimentos gerais: (Meios de comunicação, etc)
b) Por pessoas e suas necessidades;
c) Pelo sucesso e intenções variadas.

A VIDA DO INTERCESSOR

Se a INTERCESSÃO é um DOM do Espírito Santo, a vida do INTERCESSOR de ser:

1 - VIDA DE ORAÇÃO
A virtude da Oração pessoal é uma graça importante que o cristão deve fazer
acontecer.
A Oração pessoal NÃO deve ser imposta, NÃO deve ser uma OBRIGAÇÃO, mas um
relacionamento, um encontro de amor entre a pessoa que ora e DEUS.
A melhor oração vem da necessidade interior de cada um.
Uma das condições vitoriosas, é que precisamos aproximar-nos de DEUS com um
coração sincero. ( Hebreus 10, 22) - uma vida pessoa de Oração nos leva a descobrir as
riquezas de DEUS que habita as profundezas de nosso coração.
DEUS dá um especial valor a oração, quando ela nos custa algo.
Assim, a oração pela manhã nos coloca na presença do SENHOR que deve ser louvado
desde o nascer ao pôr do sol. Nossa oração deve ser simples, confiante e sem levantar
dúvidas. "PEDI E NÃO RECEBEREIS, PORQUE PEDIS MAL, PARA SATISFAZER VOSSOS
DESEJOS " ( Tiago 4, 3)
VIDA CONTEMPLATIVA.
Nos momentos de nossa Oração pessoal, devemos estar em paz,
em silêncio, num total isolamento com o PAI. DEUS NÃO PODE ESTAR COMIGO, tem que
SER COMIGO. Nos momentos de contemplação devemos exercitar a escuta do que
DEUS quer nos falar até que a Palavra caia por si mesma.

1 - VIDA DE HUMILDADE .
Somente na humildade é que estaremos prontos na escuta do Senhor. Devemos estar
atentos para ouvir o Senhor somente ele e NÃO nossos interesses. A humildade nos
coloca em nosso lugar - SERVOS - .

2 - ATENTOS AOS SINAIS.


Tudo que nos rodeia deve ser observado, pois o SENHOR nos
fala por sinais. Nossa atenção deve estar em todos os sinais, discerni-los, pois eles nos
trazem os meios, as possíveis atuações de DEUS em nossas vidas. O ESPÍRITO SANTO
nos fala, e muitas vezes se manifesta por sinais e acontecimentos diários, que se não
estivermos atentos, não os percebemos.

a) RENÚNCIA
Se não tivermos coragem e humildade de constantemente
fazermos uma sincera renúncia, principalmente da vanglória, nada dará frutos. Todos
aqueles que são usados por DEUS, pela ação do ESPÍRITO SANTO, deve Ter um coração
humilde, para que a vanglória não o corrompa.
Pois esta é uma das artimanhas de Satanás, que nos leva a pensarmos que sabemos
coisas demais.

1 - VIDA DE COMUNHÃO E PERSEVERANÇA


Ninguém pode servir a DEUS, sem uma comunhão com este e com os irmãos.
Uma vida de comunhão com DEUS nos leva a uma participação ativa na EUCARISTIA e
nas CELEBRAÇÕES.
Uma vida de comunhão com os irmãos, nos leva a Ter um coração que perdoa, que
acolhe, que compreende, que reconcilia, sem guardar rancores e mágoas, que
destroem a si mesmos e aos outros.

CONDIÇÕES:
Para ser um INTERCESSOR é necessário condições como:
1 - AMOR - O INTERCESSOR se identifica com os sentimentos de DEUS em relação a
humanidade.
É o ESPÍRITO SANTO que nos dá a experiência do AMOR de DEUS por nós, e nos leva a
AMÁ-LO acima de todas as coisas
( Romanos 5,5) . Este AMOR nos faz responsáveis pela Obra de DEUS.

2 - COMPAIXÃO - Devemos ter compaixão por aqueles ou aquilo que oramos. JESUS
liberou a cura para os enfermos através da compaixão ( Mt.14,14; Mt 15, 30 s)
Derivada de duas palavras latinas - COM e PATI - COMPAIXÃO significa "sofrer" , "
padecer". As duas palavras juntas descrevem alguém que "sofre com". "padece junto"
.

3 - IDENTIFICAÇÃO - Muitas vezes o INTERCESSOR sentirá exatamente o que sente a


pessoa por quem ele ora.
A identificação nos leva a EMPATIA e não a SIMPATIA.
Na SIMPATIA dizemos: "SINTO MUITO PELO SEU PROBLEMA"
A EMPATIA diz: 'EU SINTO COMO VOCÊ SENTE "
Passamos a nos identificar com o sofrimento do outro, enfrentamos o que ele enfrenta
por meio da INTERCESSÃO.
A EMPATIA nos ajuda a não criticar a pessoa. Estaremos do lado das pessoas, mesmo
quando feridas, sendo canais de cura.

4 - DISCERNIMENTO - Esta é a habilidade especial de se conhecer com segurança se


certo comportamento é DIVINO, HUMANO ou DIABÓLICO.
IMPORTANTE - As revelações que DEUS dá sobre uma
situação ou pessoas não são para serem divulgadas, mas para orientar a
INTERCESSÃO.

5 - AUTORIDADE - Porque somos filhos de DEUS, podemos caminhar através da vida,


respaldados pela AUTORIDADE DE NOSSO PAI. Nós temos autoridade para 'VENCER
TODO PODER DO IMINIGO" ( Lucas 10, 19) Somos representantes pessoais revestidos
da autoridade de JESUS.. No nome de JESUS recebemos autoridade, ela nos é delegada
pelo Senhor.

INTERCESSÃO - DOM DO ESPÍRITO

" Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que
devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com
gemidos inefáveis" ( Romanos 8, 26)
Para bem exercemos o Ministério ( serviço) de INTERCESSÃO, necessitamos do uso dos
DONS do Espírito Santo.

A PROMESSA DE JESUS É ESTA :

1 - JOÃO 15, 26
2 - JOÃO 16, 12 - 15
3 - LUCAS 11, 13

LER E MEDITAR I COR. 12, 4 e I COR. 14, 12.


(Tempo explicativo das Palavras acima)
Para que nossa INTERCESSÃO tenha o êxito que DEUS quer, necessitamos então do uso
dos DONS DE :

a) LÍNGUAS - ( I Cor. 12, 10)


b) DISCERNIMENTO ( I Cor. 12, 10)
c) SABEDORIA - ( I Cor. 12, 8)
d) INTERPRETAÇÃO - ( I Cor. 12, 10)

O uso dos DONS nos leva:


a) Pela variedade de Línguas a edificação própria
b) Pelo Discernimento, conhecer porque orar, como orar, e que fazer para que haja
mudanças na situação.
c) Pela Sabedoria não cometeremos enganos e muito mais, haveremos de acelerar as
mudanças que DEUS quer fazer em variadas situações (Tg 3,17)
d) A Interpretação das Línguas, nos leva a clareza do Espirito Santo para "traduzir" a
mensagem que DEUS nos fala em Espírito; diz a Palavra de Deus que ela necessita de
interprete. ( I Cor. 14, 5)

As armas do INTERCESSOR são as promessas do Poder do ESPÍRITO SANTO, através do


NOME de JESUS ( Fil. 2, 9-19) e do Seu precioso Sangue ( I Pe. 1, 18-19; Roma. 5, 9) .
Devemos então usar estas promessas para:
a) Liberar a Ação de DEUS durante e depois da INTERCESSÃO;
b) Expulsar o inimigo;
c) Defender os planos de DEUS;

Devemos entrar em COMBATE revestidos do ESPÍRITO SANTO e no Nome do SENHOR


JESUS, para que seja instrumento da vitória de DEUS.
O ESPIRITO SANTO é livre, e o INTERCESOR, como Templo do Espírito Santo, tem que
estar totalmente aberto, livre para INTERCEDER. Para isto, deve procurar Ter uma vida
no Espírito, longe das situações do pecado. ( Gal. 5)
Quanto mais cheios do ESPIRITO, mais a vitoria se manifesta, pois quando não
sabemos o que pedir, é o ESPIRITO SANTO QUE ORA EM NÓS.

O QUE É UM GRUPO DE INTERCESSÃO?

Grupo de INTERCESSÃO não é um Grupo de Oração.


É um grupo menor, formado de 12 a 15 pessoas, que se reúne para orar em favor de
algo ou alguém.

OS GRUPOS DE INTERCESSÃO
Se um grupo de Intercessão tem 10 ou 20 pessoas, e cada uma delas tiver uma vida
pessoal e momentos particulares de oração, os objetivos quando reunidas serão
alcançados com alegria e vitórias do Deus que nos AMA.
INTERCESSÃO - Cada grupo de Intercessão, deve ter um mínimo de esquema para seus
momentos e horas de reunião. Para tanto o mais necessário é que siga algumas
orientações.

Devemos começar nossas reuniões de Intercessão com:


1) MOMENTOS DE ADORAÇÃO - Adorando o Senhor, exaltando o Senhor, com
Louvores, reconhecendo-o como Deus que Salva, o Senhor dos Senhores. (Atos 4, 12)

2) CONFISSÃO - Cada um dos membros reconhecendo seus pecados, abrindo seus


corações, despojando-se do homem velho para que haja comunhão na dependência
total do Senhorio de Jesus. (I Jo 1, 9)

3) AGRADECIMENTO - Dar graças por tudo que o Senhor nos provém. A gratidão de
filhos que reconhecem o amor do Pai. (Filipenses 4, 6)

4) SÚPLICAS - Clamar agora pelas necessidades, suplicar a bondade de Deus pelas


intenções da oração. Lembrar que o próprio Jesus nos ensina a batermos na Porta do
Céu, com insistência e perseverança. (Mateus 7, 7-11)

Sabemos que as pessoas nos procuram, nos colocam suas necessidades e situações e
por elas intercedemos, mas devemos sempre lembrar que um Grupo de Intercessão,
pode e deve se reunir para interceder pela situação ou necessidades de sua cidade, do
país e até do mundo.
As reuniões de oração denominadas Cerco de Jericó, devem ser conduzidas com muito
compromisso e Fé, não as tornando motivos de competições pelo tamanho,
convidados, etc... Todo momento de oração, principalmente em grupo deve-se Ter o
coração humilde e cheio de desejo de louvar em primeiro lugar a Deus.
O grupo de Intercessão, deve ser formado por pessoas que sejam compromissadas
com o Senhor, que tenha, suas vidas cheias do Amor a Jesus.

Devem então ser pessoas:


A) Batizadas no Espírito Santo (JOÃO 15, 26)
B) Cheias do Espírito Santo (JOÃO 20, 22 - ATOS 2, 4)
C) Que dêem em suas vidas frutos do Espírito Santo (JOÃO 15, 1-5)
D) Que sejam autênticos servos e servas do Senhor (MATEUS 7, 24-27)

Que nossas vidas sejam de verdadeiros intercessores, lembrando que não são fracos,
os novatos, que pela primeira vez ao Grupo, que devem ficar na Intercessão, mas os
que já tem uma Vida Cristã, pessoas batizadas e cheias do Espírito Santo (ÊXODO 17,
8-13), pessoas que tem suas vidas concentradas em tudo no Senhor, e realizam Sua
vontade. Dele dependem a ELE servem.

Podemos fazer Grupos de Intercessão:


1 - Em nossas casas
2 - Grupos de Oração
3 - Grupos de Partilha da Palavra
4 - Paróquias e Capelas

Confiantes que o Deus da Misericórdia, cheio de Amor pelos seus, haverá de nos dar de
sua graça no tempo favorável. Rogamos a Intercessão de MARIA, junto à JESUS para
que, nosso trabalho na Igreja, "produza frutos, cem por um, sessenta por um, trinta por
um" (Mateus 13, 23).